Filho por Adoção, O - Um Manual para Crianças

Lidia Weber

FICHA TÉCNICA
Autor(es): Lidia Weber
ISBN: 853620727-2
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 28
Publicado em: 16/04/2004
Área(s): Literatura e Cultura - Adoção; Psicologia - Família e Adoção
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Este "pequeno" livro dirigido a crianças é pequeno em tamanho, mas "grandioso" em seu valor terapêutico. Ele constitui, também, um estímulo à adoção de crianças por nossas famílias brasileiras. Cada frase retrata a importância da família, independentemente de sua constituição, para a promoção do desenvolvimento emocional e afetivo das crianças, particularmente daquelas que, por motivos diversos, tiveram que ser adotadas. Maria Auxiliadora Dessen, Professora e Coordenadora do Laboratório de Desenvolvimento Familiar do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília, com pós-doutoramento pela Universidade de Lancaster, Inglaterra, e pelo Instituto Max Planck para o Desenvolvimento Humano, Alemanha. Lidia Weber foi a primeira profissional a unir teoria e prática na pesquisa sobre os múltiplos aspectos da adoção em outras obras. Graças a ela hoje temos um quadro bastante próximo da verdade sobre motivação e perfil de adotantes e adotados. Neste livro dirigido aos filhos por adoção, a autora apresenta a sua contribuição para desvendar os mitos e preconceitos da adoção, mostrando a importância do protagonismo da criança neste processo. Amor, essa é a única moeda com circulação em todo o universo e está presente no processo de adoção. Além de afirmar que contar a verdade é imprescindível, o livro indica a urgência de encontrar mecanismos capazes de romper com a realidade perversa da existência de tantas crianças em abrigos. Luiz Carlos de Barros Figueiredo, Juiz da 2ª Vara da Infância e da Juventude de Recife-PE. Ex-coordenador Executivo Nacional do Projeto SIPIA, módulos II INFOINFRA) e III (INFOADOTE), sendo autor da concepção jurídica de ambos os softwares. Professor da cadeira de Direito da Criança e do Adolescente na Escola Superior de Magistratura do Estado de Pernambuco – ESMAPE. Assim como as crianças não distinguem, até pelo menos os 4 anos de idade, a condição financeira dos pais, importando-lhes antes sua presença, o mesmo ocorre em relação à facilidade delas aceitarem novos amiguinhos, não os distinguindo se adotados ou não, demonstrando que não têm qualquer preconceito especialmente quando a ordem é brincar. O livro de Lídia demonstra, numa linguagem acessível, que se pode criar uma verdadeira "cultura da adoção" no país, começando por disseminar a importância da convivência familiar à todas as crianças, independente de sua condição social, cor, etnia, crença religiosa. É a criança educando o adulto. A obra é didática, necessária, contagiante pelas suas gravuras e mensagens, ganhando com ela a sociedade brasileira. Marta Marília Tonin, Mestre e Doutora em Direito das Relações Sociais (UFPR); Conselheira da OAB/PR, Representante do Conselho Federal da OAB junto ao CONANDA; Professora e Coordenadora do Mestrado em Direito das Faculdades Integradas Curitiba. Adotar é... Adotar não é apenas um ato de amor; Adotar não é apenas um ato de coragem; Adotar é superar preconceitos; Adotar é vencer barreiras; Adotar é mudar mentalidades; Adotar é ter uma nova percepção do mundo; Adotar é a capacidade de libertar os nossos espíritos, e nos deixar ser adotados pelas nossas crianças e adolescentes que precisam de um lar. Cecília Larroid Cardoso, Mãe por adoção, fundadora e ex-presidente do Grupo de Estudos e Apoio à Adoção de Florianópolis – GEAAF; recebeu o prêmio "Mulheres de Destaque" do Clube Soroptmista Internacional de Florianópolis pelo conjunto do trabalho desenvolvido em prol da adoção.

INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: