Perpetuação das Sociedades - À Luz do Direito Civil - Um Desafio Familiar

Oldoni Pedro Floriani

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

de R$ 77,70*

* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel

Ficha técnica

Autor(es): Oldoni Pedro Floriani

ISBN: 853620983-6

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 254

Publicado em: 08/06/2005

Área(s): Administração; Direito Comercial e Empresarial

Sinopse

Depois de escrever o livro intitulado Empresa Familiar ou... Inferno Familiar?, o autor apresenta mais um conjunto de subsídios aplicáveis a empreendedores, fundadores, herdeiros e sucessores, homens e mulheres, além de contribuir significativamente no meio acadêmico em graduação, pós-graduação e mestrado, principalmente nas áreas de direito, administração e contabilidade.

Dos enfoques de análise da legislação italiana e de comportamento de sociedades familiares da região do Vale do Raja, com modelos sugestivos de vários instrumentos legais, componentes da estrutura jurídica da sociedade familiar apresentados no seu primeiro livro, o autor prossegue em sua missão de reunir as melhores condições para assegurar a continuidade das sociedades no contexto familiar, estando principalmente para os aspectos de capacidade profissional, resultados econômico-financeiros e vocação, em harmonia com os laços familiares.

Porque comprar

Esse livro inicia com analogia de envolvimentos na condução de negócios societários com a responsabilidade de pilotar aeronaves, mostrando que o maior desafio imposto a qualquer negócio é o ser humano, principalmente através de inter-relação causal entre conhecimento, habilidades e atitudes representados por três engrenagens. Neste mesmo livro o autor aborda aspectos relacionados ao direito de família, direito de sucessões e sociedades entre cônjuges, à luz do novo Código Civil, destacando o importante papel da mulher no ambiente negocial, o estatuto da mulher casada e o ciclo vital da família.

Mestre em Administração de Negócios, Professor em Cursos de pós-graduação, o autor reservou desse livro um capítulo para abordagens de problemáticas da sucessão, a partir do novo modelo social e a nova família. Em um capitulo denominado o Empresário e as Sociedades Empresárias, destaca características dos sócios que não se escolhem, a partir do processo sucessório, das sociedades que envolvem famílias, no seu contexto afetivo e emocional, numa problemática da inter-relação Família versus Sociedade. Não poderia deixar de elevar a qualidade do livro através de pontos essenciais, tais como "a ética", partindo para a governança corporativa. O autor finaliza a sua obra com uma série de recomendações inigualáveis, em um capítulo intitulado "Carta aos Herdeiros e Sucessores", destacando desafios das gerações comportamentais de infância, de adolescentes e de jovens, sendo recomendada a leitura aos filhos dos empreendedores, aos pais de adolescentes e jovens que, de alguma forma, participam no meio social, industrial, comercial e de prestação de serviços.

Blumenau - SC
 

Sumário

CAPÍTULO 1 - O COMPLEXO COMANDO DE UMA NAVE CHAMADA "NEGÓCIO"

1.1 A tênue linha que separa a realidade da ficção

1.2 O maior desafio imposto a qualquer negócio: o ser humano

1.3 Conhecimento, habilidade e atitude

1.4 Um exemplo de sucesso baseado no ser humano: a Southwest Airlines

1.4.1 Tudo pode surgir de uma idéia aparentemente maluca

1.4.1.1 O nascimento de uma empresa fadada ao sucesso

1.4.1.2 O sucesso baseado na cultura empresarial - um desafio para a empresa familiar

Questões a responder

CAPÍTULO 2 - DIREITO DE FAMÍLIA, DIREITO DE SUCESSÕES E SOCIEDADE ENTRE CÔNJUGES À LUZ DO NOVO CÓDIGO CIVIL (2002)

2.1 O papel da mulher no âmbito da sociedade primitiva

2.2 O papel da mulher no ambiente negocial

2.2.1 A sociedade entre cônjuges e entre cônjuges e terceiros

2.2.3 A sociedade entre cônjuges e o novo Código Civil (2002)

2.3 Direito de Família

2.3.1 Os conflitos entre o trabalho e a família

2.3.2 Os conflitos no Direito de Família

2.3.3 Os avanços do novo Código Civil (2002)

Questões a responder

CAPÍTULO 3 - UM NEGÓCIO CHAMADO EMPRESA FAMILIAR A PROBLEMÁTICA DA SUCESSÃO

3.1 A nova família e onovo modelo social

3.2 A empresa familiar inserida nesse novo modelo social

3.2.1 A união estável

3.3 Planejamento sucessório

Questões a responder

CAPÍTULO 4 - O EMPRESÁRIO E AS SOCIEDADES EMPRESÁRIAS

4.1 As sociedades

4.2 Os sócios que não se escolhem

4.2.1 O conceito de sociedade em amplo sentido

4.2.1.1 As sociedades comerciais

4.2.1.2 Classificação das sociedades comerciais

4.3 As sociedades empresariais familiares

4.3.1 O ideal da sociedade na empresa familiar

Conclusões

Questões a responder

CAPÍTULO 5 - FUNDAMENTOS DA EMPRESA FAMILIAR - I

Conceitos gerais

5.1 Os componentes da empresa familiar e sua inter-relação forçada

5.1.1 O fundador e seu sonho

5.1.2 O problema da sucessão vs. o papel da liderança do sucessor

5.1.3 O paradigma atual da relação afetiva

5.1.4 Os seis erros capitais da sucessão

5.1.5 O primeiro trabalho das novas gerações

Conclusões

Questões a responder

CAPÍTULO 6 - FUNDAMENTOS DA EMPRESA FAMILIAR - II

6.1 Conceitos gerais

6.1.1 Aspectos da Empresa Familiar Brasileira

6.1.2 A nascente da empresa familiar brasileira

6.1.3 O perfil da empresa familiar brasileira

6.2 A problemática da inter-relação família x empresa

6.3 O que pensam outros autores sobre a empresa familiar

Conclusões

Questões a responder

CAPÍTULO 7 - FAMÍLIA VERSUS EMPRESA: OS DESAFIOS DA SUCESSÃO E AS MODERNAS FERRAMEN TAS PARA EVITAR SEUS CONFLITOS

7.1 Contextualização

7.2 O estigma da autodestruição

7.3 O modelo de três círculos

7.4 A longevidade da empresa familiar

7.4.1 Empresa + família + propriedade + tempo: o modelo de John Davis

7.5 Gerenciamento das transições e o Family Office

7.6 Planejamento estratégico segundo a ótica de John L. Ward

Conclusões

Questões a responder

CAPÍTULO 8 - ÉTICA E OUTROS ASPECTOS CORRELATOS NA EMPRESA FAMILIAR

8.1 Conceitos gerais

8.2 A ética dentro dos contornos do empreendedorismo

8.3 A cidadania da empresa familiar

8.4 O Código de Ética na Empresa Familiar

8.4.1 O teor orientador para o Código de Ética Familiar

Questões a responder

CAPÍTULO 9 - GOVERNANÇA CORPORATIVA NA EMPRESA FAMILIAR

9.1 Considerações gerais

9.2 A Governança Corporativa

9.2.1 O Family Office e a governança corporativa versus empresas familiares

9.2.2 Governança corporativa em amplo sentido

9.3 A empresa familiar e a governança corporativa

9.4 A governança na prática

Questões a responder

APÊNDICE

REFERÊNCIAS

GABARITO

Índice alfabético

A

  • Afetividade. Paradigma atual da relação afetiva
  • Apêndice. Carta aos herdeiros dos empresários.
  • Aspectos da empresa familiar brasileira.
  • Atitude. Figura. Inter-relação causal entre conhecimento, habilidade e atitude.
  • Atitude. Gerenciamento empresarial. Conhecimento, habilidade e atitude.
  • Avanços do novo Código Civil (2002)

C

  • CCB/2002. Avanços do novo Código Civil (2002)
  • CCB/2002. Direito de família, direito de sucessões e sociedade entre cônjuges à luz do novo Código Civil (2002)
  • CCB/2002. Sociedade entre cônjugese o novo Código Civil (2002)
  • Carta aos herdeiros dos empresários. Apêndice.
  • Casamento. Direito de família, direito de sucessões e sociedade entre cônjuges à luz do novo Código Civil (2002).
  • Casamento. Sociedade entre cônjuges e entre cônjuges e terceiros
  • Casamento. Sociedade entre cônjugese o novo Código Civil (2002).
  • Ciclo vital da família. Três passos consecutivos e realimentados. Figura.
  • Cidadania da empresa familiar.
  • Classificação das sociedades comerciais.
  • Código de Ética Familiar. Teor orientador.
  • Código de ética naempresa familiar
  • Complexo comando de uma nave chamada «negócio».
  • Componentes da empresa familiare sua inter-relação forçada
  • Conceito de sociedade em amplo sentido
  • Conceitos gerais. Empresa familiar.
  • Conceitos gerais. Empresa familiar
  • Conceitos gerais. Ética e outros aspectos correlatos na empresa familiar
  • Conflito. Famíliaversus empresa: os desafios da sucessão e as modernas ferramentas para evitar seus conflitos.
  • Conflitos entre o trabalho e a família.
  • Conflitos no Direito de Família
  • Conhecimento. Figura. Formas de abordagens para se alcançar o conhecimento verdadeiro
  • Conhecimento. Figura. Inter-relaçãocausal entre conhecimento, habilidade e atitude.
  • Conhecimento, habilidade e atitude.
  • Cônjuge. Sociedade entre cônjugese entre cônjuges e terceiros
  • Cônjuge. Sociedade entre cônjugese o novo Código Civil (2002)
  • Consciência de que a entidade é uma pessoa com personalidade própria.
  • Considerações gerais. Governança corporativa na empresa familiar.
  • Contextualização. Famíliaversus empresa: os desafios da sucessão e as modernas ferramentas para evitar conflitos
  • Corporação. Governança corporativa na empresa familiar.
  • Cultura empresarial. Sucesso baseado na cultura empresarial. Um desafio para a empresa familiar.

D

  • Descobrir e reforçar os valores da família em cada um dos seus herdeiros.
  • Direito de família.
  • Direito de família.Conflitos. Sociedade.
  • Direito de família, direito de sucessões e sociedade entre cônjuges. CCB/2002. Questões a responder
  • Direito de família, direito de sucessões e sociedade entre cônjuges à luz do novo Código Civil (2002).
  • Direito de sucessões. Direito de família, direito de sucessões e sociedade entre cônjuges à luz do novo Código Civil (2002)

E

  • Empreendedorismo. Ética dentro dos contornos do empreendedorismo
  • Empresa + família + propriedade + tempo: o modelo de John Davis.
  • Empresa. Família. Estigmada autodestruição
  • Empresa. Famíliaversus empresa: os desafios da sucessão e as modernas ferramentas para evitar seus conflitos.
  • Empresa. Famíliaversus empresa: os desafios da sucessão e as modernas ferramentas para evitar seus conflitos.
  • Empresa. Nascimento de uma empresa fadada ao sucesso.
  • Empresa. Problemática da inter-relação famíliaversus empresa
  • Empresa. Sócios devem agir com evidenciação e transparência de seus atos e assim também difundir essa filosofia entre os colaboradores da empresa
  • Empresa. Sócios e suas família devem estar comprometidos com a continuidade da empresa.
  • Empresa deve estar acimados interesses pessoais.
  • Empresa familiar. Cidadania.
  • Empresa familiar. Código deética na empresa familiar.
  • Empresa familiar. Componentes da empresa familiar e sua inter-relação forçada
  • Empresa familiar. Conceitos gerais.
  • Empresa familiar. Conceitos gerais.
  • Empresa familiar. Ética e outros aspectos correlatos na empresa familiar.
  • Empresa familiar. Family Office e governança corporativa versus empresas familiares.
  • Empresa familiar. Fundador e seu sonho
  • Empresa familiar. Fundamentos da empresa familiar I.
  • Empresa familiar. Fundamentos da empresa familiar II
  • Empresa familiar. Governança corporativa na empresa familiar
  • Empresa familiar II. Conclusões
  • Empresa familiar II. Questões a responder
  • Empresa familiar. Ideal da sociedade na empresa familiar
  • Empresa familiar. Longevidade
  • Empresa familiar. Modelode três círculos.
  • Empresa familiar. Planejamento estratégico segundo a ótica de John L. Ward.
  • Empresa familiar. Primeiro trabalho das novas gerações.
  • Empresa familiar. Que pensam outros autores sobre a empresa familiar.
  • Empresa familiar. Sócios e suas família devem estar comprometidos com a continuidade da empresa
  • Empresa familiar. Sucesso baseado na cultura empresarial. Um desafio para a empresa familiar
  • Empresa familiar. Um negócio chamado empresa familiar. A problemática da sucessão.
  • Empresa familiar brasileira. Aspectos.
  • Empresa familiar brasileira. Nascente.
  • Empresa familiar brasileira. Perfil
  • Empresa familiar e governança corporativa.
  • Empresa familiar inserida nesse novo modelo social.
  • Empresário e as sociedades empresárias.
  • Empresário e as sociedades empresárias. Conclusões.
  • Empresário e as sociedades empresárias. Questões a responder.
  • Estar comprometido com a profissionalização.
  • Estigma da autodestruição
  • Ética. Código de ética na empresa familiar
  • Ética. Consciência de que a entidade é uma pessoa com personalidade própria.
  • Ética. Descobrir e reforçar os valores da família em cada um dos seus herdeiros
  • Ética. Empresa deve estar acima dos interesses pessoais
  • Ética. Estar comprometido com a profissionalização
  • Ética. Relações humanas devem ser excelentes nas famílias.
  • Ética. Respeitar as linhas hierárquicas na empresa evitando-se ingerências em chefias e funcionários subordinados
  • Ética. Sócios devem agir com evidenciação e transparência de seus atos e assim também difundir essa filosofia entre os colaboradores da empresa.
  • Ética. Sócios e seus familiares devem estar sempre comprometidos com a excelência da empresa
  • Ética. Unidade familiar deve estar permanentemente investida em suas forças sabendo-se respeitar as diferenças pessoais
  • Ética dentro dos contornos do empreendedorismo
  • Ética e outros aspectos correlatos na empresa familiar.
  • Ética e outros aspectos correlatos na empresa familiar. Conceitos gerais
  • Ética e outros aspectos correlatos na empresa familiar. Questões a respon- der.
  • Exemplo de sucesso baseado no ser humano: a Southwest Airlines

F

  • Família. Conflitos entre o trabalho e a família.
  • Família. Descobrir e reforçar os valores da família em cada em dos seus herdeiros
  • Família. Direitode família.
  • Família. Direito de família, direito de sucessões e sociedade entre cônju- ges à luz do novo Código Civil (2002)
  • Família. Empresa + família + propriedade + tempo: o modelo de John Davis.
  • Família. Empresa. Estigmada autodestruição
  • Família. Empresa familiar inserida nesse novo modelo social
  • Família. Figura. Ciclo vital da família. Três passos consecutivos e realimentados.
  • Família. Ideal da sociedadena empresa familiar
  • Família. Nova família e novo modelo social
  • Família. Problemática da inter-relação família versus empresa.
  • Família. Relações humanas devemser excelentes nas famílias.
  • Família. Respeitar as linhas hierárquicas na empresa evitando-se ingerências em chefias e funcionários subordinados
  • Família. Sociedades empresariais familiares.
  • Família. Sócios e seus familiares devem estar sempre comprometidos com a excelência da empresa.
  • Família. Unidade familiar deve estar permanentemente investida em suas forças sabendo-se respeitar as diferenças pessoais.
  • Famíliaversus empresa: os desafios da sucessão. Conclusões
  • Famíliaversus empresa: os desafios da sucessão. Questões a responder.
  • Famíliaversus empresa: os desafios da sucessão e as modernas ferramentas para evitar seus conflitos
  • Family Office e governança corporativa versus empresas familiares.
  • Family office. Gerenciamento das transições e o family office.
  • Ficção. Tênue linha que separa a realidade da ficção
  • Figura. Ciclo vital da família. Três passos consecutivos e realimentados.
  • Figura. Formas de abordagens para se alcançar o conhecimento verdadeiro
  • Figura. Inter-relação causal entre conhecimento, habilidade e atitude.
  • Formas de abordagens para se alcançar o conhecimento verdadeiro. Figura
  • Fundador e seu sonho. Empresa familiar
  • Fundamentos da empresa familiar I
  • Fundamentos da empresa familiar I. Conclusões.
  • Fundamentos da empresa familiar I. Questões a responder
  • Fundamentos da empresa familiar II.

G

  • Gabarito
  • Gerenciamento das transições e ofamily office.
  • Gerenciamento empresarial. Complexo comando de uma nave chamada «negócio».
  • Gerenciamento empresarial. Conhecimento, habilidade e atitude
  • Gerenciamento empresarial. Maior desafio imposto a qualquer negócio: o ser humano.
  • Gerenciamento empresarial. Tênue linha que separa a realidade da ficção
  • Governança corporativa
  • Governança corporativa. Empresa familiar e governança corporativa.
  • Governança corporativa. Family Office e governança corporativa versus empresas familiares.
  • Governança corporativaem amplo sentido.
  • Governança corporativa na empresa familiar.
  • Governança corporativa na empresa familiar. Considerações gerais
  • Governança corporativa na empresa familiar. Questões a responder.
  • Governança na prática.

H

  • Habilidade. Figura. Inter-relação causal entre conhecimento, habilidade e atitude
  • Habilidade. Gerenciamento empresarial. Conhecimento, habilidade e atitude
  • Hierarquia. Respeitar as linhas hierárquicas na empresa evitando-se ingerências em chefias e funcionários subordinados.

I

  • Ideal da sociedade na empresa familiar
  • Inter-relação causal entre conhecimento, habilidade e atitude. Figura
  • Inter-relação famíliaversus empresa. Problemática

J

  • John Davis. Empresa + família + propriedade + tempo: o modelo de John Davis.
  • John L. Ward. Planejamento estratégico segundo a ótica de John L. Ward

L

  • Liderança. Problema da sucessãoversus o papel da liderança do sucessor.
  • Longevidade da empresa familiar.

M

  • Maior desafio imposto a qualquer negócio: o ser humano
  • Modelo de três círculos.
  • Modelo social. Nova família e o novo modelo social.
  • Mulher. Papel da mulherno ambiente negocial.

N

  • Nascente da empresa familiar brasileira
  • Nascimento de uma empresa fadada ao sucesso.
  • Negócio. Maior desafio imposto a qualquer negócio: o ser humano
  • Negócio. Nascimento de uma empresa fadada ao sucesso
  • Negócio. Tudo pode surgir de uma idéia aparentemente maluca
  • Negócio chamado empresa familiar. A problemática da sucessão.
  • Negócios. Complexo comando de uma nave chamada «negócio».
  • Negócios. Papel da mulherno ambiente negocial.
  • Nova família e o novo modelo social.

P

  • Papel da mulher no ambiente negocial.
  • Papel da mulher no âmbito da sociedade primitiva.
  • Paradigma atual da relação afetiva.
  • Perfil da empresa familiar brasileira
  • Planejamento estratégico segundo aótica de John L. Ward
  • Planejamento sucessório
  • Primeiro trabalho das novas gerações
  • Problema da sucessãoversus o papel da liderança do sucessor
  • Problemática da inter-relação famíliaversus empresa
  • Profissão. Estar comprometidocom a profissionalização.
  • Propriedade. Empresa + família + propriedade + tempo: o modelo de John Davis

Q

  • Que pensam outros autores sobre a empresa familiar
  • Questões a responder. Complexo comando de uma nave chamada «negócio».

R

  • Realidade. Tênue linha que separa a realidade da ficção
  • Referências.
  • Relações humanas devem ser excelentes nas famílias
  • Respeitar as linhas hierárquicas na empresa evitando-se ingerências em chefias e funcionários subordinados

S

  • Seis erros capitaisda sucessão
  • Ser humano. Maior desafio imposto a qualquer negócio: o ser humano.
  • Sociedade. Conflitos no Direito de Família
  • Sociedade. Cônjuge. Avanços donovo Código Civil (2002).
  • Sociedade. Direito de família.
  • Sociedade. Empresa familiar inserida nesse novo modelo social
  • Sociedade. Famíliaversus empresa: os desafios da sucessão e as modernas ferramentas para evitar seus conflitos.
  • Sociedade. Ideal da sociedade na empresa familiar.
  • Sociedade. Nova família eo novo modelo social
  • Sociedade em amplo sentido. Conceito
  • Sociedade entre cônjuges. Direito de família, direito de sucessões e sociedade entre cônjuges à luz do novo Código Civil (2002).
  • Sociedade entre cônjuges e entre cônjuges e terceiros
  • Sociedade entre cônjuges eo novo Código Civil (2002).
  • Sociedades
  • Sociedades comerciais
  • Sociedades comerciais. Classificação.
  • Sociedades empresariais familiares
  • Sociedades empresárias e empresário.
  • Sócios devem agir com evidenciação etransparência de seus atos e assim também difundir essa filosofia entre os colaboradores da empresa
  • Sócios e seus familiares devem estar sempre comprometidos com a excelência da empresa.
  • Sócios e suas família devem estar comprometidos com a continuidade da empresa.
  • Sócios que não se escolhem.
  • Southwest Airlines. Exemplo de sucesso baseado no ser humano: a Southwest Airlines
  • Sucesso baseado na cultura empresarial. Um desafio para a empresa familiar.
  • Sucessor. Paradigma atual da relação afetiva
  • Sucessor. Problema da sucessãoversus o papel da liderança do sucessor.
  • Sucessão. Um negócio chamado empresa familiar. A problemática da sucessão.
  • Sucessão. Famíliaversus empresa: os desafios da sucessão e as modernas ferramentas para evitar seus conflitos.
  • Sucessão. Planejamento sucessório
  • Sucessão. Primeiro trabalho das novas gerações
  • Sucessão. Problema da sucessãoversus o papel da liderança do sucessor
  • Sucessão. Seis erros capitais da sucessão
  • Sucessão. União estável.

T

  • Tempo. Empresa + família + propriedade + tempo: o modelo de John Davis.
  • Tênue linha que separaa realidade da ficção.
  • Teor orientador para o Código de Ética Familiar.
  • Terceiro. Sociedade entre cônjugese entre cônjuges e terceiros
  • Trabalho. Conflitos entre o trabalho e a família.

U

  • Um negócio chamado empresa familiar. A problemática da sucessão.
  • Um negócio chamado empresa familiar. A problemática da sucessão. Questões a responder
  • Unidade familiar deve estar permanentemente investida em suas forças sabendo-se respeitar as diferenças pessoais
  • União estável.

Recomendações

Capa do livro: Narcisismo nas Organizações - O Drama do Individualismo no Mundo do Trabalho, Carlos César Ronchi

Narcisismo nas Organizações - O Drama do Individualismo no Mundo do Trabalho

 Carlos César RonchiISBN: 978853626018-1Páginas: 186Publicado em: 28/07/2016

Versão impressa

R$ 67,70Adicionar ao
carrinho
Versão impressa
+ eBook grátis

Na compra da versão impressa, a versão digital é brinde!


Versão digital

R$ 49,90Adicionar ao
carrinho