Música e a Ciência se encontram, A - Um Estudo Integrado entre a Música, a Ciência e a Musicoterapia

Reimpressão 2010 Clotilde Espínola Leinig

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 30,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Clotilde Espínola Leinig

ISBN: 978853622048-2

Edição/Tiragem: Reimpressão 2010

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 608

Publicado em: 17/11/2008

Área(s): Literatura e Cultura - Saúde; Psicologia - Diversos

Sinopse

Por ser multidisciplinar esta obra serve como suporte para vários profissionais de áreas distintas como: Sociólogos, Antropólogos, Filósofos, Psicólogos, Médicos, Cantores, Musicistas, Pedagogos, entre outros.
A Profa. Dra. Clotilde Espínola Leining traz neste livro um manual completo sobre a música e todos os aspectos em que ela se insere em nossa vidas, e exatamente por isso temos uma obra tão extensa afinal a música está presente na vida de todos, mesmo que não se tenha a exata medida do que se ouve e de como nosso corpo está reagindo perante estas vibrações.
O leitor encontrará aqui neste tratado sobre a música a história de uma vida dedicada a este tema e a todos os aspectos que ele abrange, seus componentes, sua história, seus efeitos sobre o homem.
Utilizando as palavras do médico e professor Rolando Benezon, que escreve o prólogo da obra: "Mas que un libro, Clotilde ha creado una enciclopedia de consulta para quién necesite conocimientos de cómo se relaciona el ser humano con la música. El complejo corpóreo – sonoro – musical está ampliamente descripto y permite a quien lo desee consultar una extensa bibliografia que ha nutrido este libro.", ou seja o leitor tem aqui uma obra completa.

Autor(es)

Clotilde Espínola Leining graduou-se em Piano e Violino, respectivamente pela Academia de Música do Paraná, AMP e Instituto de Música do Paraná, IMP. Em 1968 cursou aperfeiçoamento em Musicoterapia pela Loyola University - Louisiana/New Orleans, L.U nos Estados Unidos. Ainda naquele país, na University of Rochester, UR, fez aperfeiçoamento em Regência Coral. Atuou em estagios clínicos na School of Medicine and Dentistry and Strong Memorial Hospital (NY), no Delgado Rehabilition Center (New Orleans), “De Paul Hospital” (Private Psichiatric – New Orleans), no Central Louisiana State Hospital (L.A.). Em 1973 na Universidade Del Salvador na Argentina, participou da Jornada de Observação em Musicoterapia na Escola de Disciplinas Paramédicas. Especialista em Canto OrfeônicoAcademia de Música do Paraná, AMP e pelo Conservatório Nacional de Canto Orfeônico, CNCO. Cursou Terapêutica pela Música no Rio de Janeiro, pelo Conservatório Nacional de Canto Orfeônico. Em 2003 recebeu do Conselho de Ensino e Extensão da Universidade Federal do Paraná o título de Doutorado/Notório Saber na área da saúde em Musicoterapia.

Sumário

Nacionalismo (1ª metade do século XIX), p. 49

A MÚSICA NA IDADE CONTEMPORÂNEA, p. 49

Impressionismo (Final da 2ª metade do século XIX), p. 49

Neoclassicismo (1918-1939), p. 49

MODERNISMO (Século XX), p. 50

A Música Dodecafônica e a Serialista (Início do século XX), p. 50

A Música Concreta (Século XX), p. 50

A Música Aleatória (Século XX), p. 50

A Música Eletrônica (Século XX), p. 50

A Música Estocástica (2ª metade do século XX), p. 51

A Música Brasileira, p. 51

Capítulo II - A FÍSICA E A MÚSICA, p. 53

ACÚSTICA, p. 54

AS VIBRAÇÕES, p. 55

Elementos do Movimento Vibratório, p. 55

A IMAGEM DAS VIBRAÇÕES, p. 57

FORMAÇÃO, ESTABILIZAÇÃO E EXTINÇÃO DO SOM, p. 62

Estrutura da Palavra, p. 63

Movimento Ondulatório, p. 63

Velocidade da Propagação do Som, p. 64

Comportamento das Ondas Sonoras, p. 65

Vibração por Influência ou Simpatia, p. 66

Interferência, p. 66

Batimento, p. 67

OUTROS COMPORTAMENTOS DAS ONDAS SONORAS, p. 67

Refração, p. 68

Reflexão e Reverberação, Ressonância, p. 68

Reverberação, p. 69

Ressonância, p. 70

SONS SIMPLES E SONS COMPLEXOS, p. 71

Sons Complexos (sons harmônicos), p. 71

Sons Harmônicos, p. 72

Intervalos originados pela escala dos harmônicos, p. 73

ESTRUTURA DO SOM, p. 74

Altura, p. 74

Intervalos e sua Classificação, p. 74

ESCALA, p. 76

Escala Cromática, p. 78

Escala Enarmônica, p. 79

Escalas Relativas, p. 79

Outras Escalas, p. 80

Geração da Escala Pentatônica, p. 80

Escala Hexafônica ou de Tons Inteiros, p. 81

SISTEMA MODAL, TONAL E ATONAL, p. 82

Sistema Modal, p. 82

ESCALA HEPTATÔNICA (ou de 7 sons), p. 83

Base do Sistema Tonal, p. 73

Sistema Tonal, p. 83

Sistema Atonal, p. 83

MELODIA, p. 84

POLIFONIA, p. 85

TONALIDADE, p. 86

Harmonia, p. 88

Relações Harmônicas, p. 89

INTENSIDADE, p. 89

Ultra-Som, p. 90

Infra-Som, p. 91

TIMBRE, p. 92

DURAÇÃO, p. 95

RITMO, p. 98

RUÍDO, p. 99

O ruído branco e sua aplicação, p. 100

SOM E COR, p. 101

Paralelismo entre a freqüência das cores e a freqüência sonora, p. 101

Audição Colorida, p. 105

REAÇÃO EMOCIONAL NA RELAÇÃO SOM E COR, p. 108

INSTRUMENTOS MUSICAIS, p. 110

VOZ HUMANA, p. 111

TIMBRE, EXTENSÃO, TESSITURA E CLASSIFICAÇÃO DAS VOZES, p. 111

Soprano ligeiro, p. 112

Soprano lírico, p. 112

Soprano dramático, p. 112

Meio soprano, p. 112

Contralto, p. 112

Tenor ligeiro, p. 112

Tenor lírico, p. 113

Tenor dramático, p. 113

Barítono, p. 113

Baixo, p. 114

ORQUESTRA (DO GREGO - ORKHESTRA, DO LATIM - ORCHESTRA), p. 114

ORQUESTRA SINFÔNICA, p. 115

Disposição dos instrumentos em uma orquestra sinfônica, p. 115

ORQUESTRA DE CÂMERA, p. 115

BANDA DE MÚSICA, p. 116

BANDA MARCIAL, p. 117

FANFARRA, p. 118

INSTRUMENTOS ELETRÔNICOS, p. 118

Capítulo III - A QUÍMICA E A MÚSICA, p. 119

HISTÓRIA DA QUÍMICA - PERIODIZAÇÃO, p. 119

Pré-história, p. 119

Idade Antiga, p. 119

Idade Média, p. 119

Idade Moderna, p. 119

Idade Contemporânea, p. 120

BIOQUÍMICA, p. 120

A MÚSICA E AS REAÇÕES QUÍMICAS, p. 121

A adrenalina, p. 122

A MÚSICA E AS EXCITAÇÕES GENÉSICAS, p. 124

Capítulo IV - A MATEMÁTICA E A MÚSICA, p. 127

DEFINIÇÃO - DIVISÃO, p. 127

As Primeiras Noções da Matemática, p. 127

A Música e seus Princípios Matemáticos, p. 128

OS HARMÔNICOS E A MATEMÁTICA, p. 132

Principais observações que se infere da escala dos harmônicos, p. 132

TONALIDADE, p. 133

COMA, p. 134

ENARMONIA, p. 134

AFINAÇÃO, p. 135

LOGARITMOS NA MÚSICA, p. 136

FRAÇÕES NA MÚSICA, p. 137

COMPASSOS, p. 137

RITMO, p. 138

UNIDADES DE MEDIDA DE GRANDEZA SONORA, p. 138

A MATEMÁTICA, A ASTRONOMIA E A MÚSICA, p. 139

Capítulo V - A BIOLOGIA E A MÚSICA, p. 141

Conceito de Biologia, p. 141

Histórico, p. 141

Divisão da Biologia, p. 141

SISTEMA NERVOSO HUMANO, p. 143

Divisão do sistema nervoso, p. 143

Divisão do sistema nervoso com base em critérios anatômicos, p. 143

Divisão do sistema nervoso com base em critérios embriológicos, p. 143

Divisão do sistema nervoso com base em critérios funcionais, p. 144

Divisão do Sistema Nervoso com base na Segmentação ou Metameria, p. 144

A CÉLULA NERVOSA (NEURÔNIO), p. 144

Corpo Celular, p. 145

Dendritos, p. 145

Axônio, p. 146

Membrana, p. 146

SINAPSE, p. 146

Acontecimentos pós-sinápticos, p. 148

NEUROTRANSMISSORES, p. 148

Como foi descoberto o neuropéptido, p. 148

Os neuropéptidos conhecidos - Locais de síntese, p. 149

As funções, p. 149

O NEURO-EIXO, p. 149

Medula Espinhal, p. 150

Estrutura da medula espinhal, p. 152

Termos usados largamente no estudo do SNC, p. 152

As alterações do sistema nervoso segmentar concernentes à medula, p. 153

Alterações da motricidade voluntária, p. 153

Alterações do tônus, p. 153

Alterações dos reflexos, p. 153

Alterações da sensibilidade, p. 154

Lesões da medula espinhal, p. 154

TRONCO ENCEFÁLICO, p. 155

BULBO RAQUÍDIO, p. 155

Formação reticular do bulbo, p. 156

LESÕES BULBARES, p. 157

PONTE DE VARÓLIO, p. 157

Lesões da ponte, p. 157

MESENCÉFALO, p. 157

Lesões do mesencéfalo, p. 158

CEREBELO, p. 158

Lesões do cerebelo, p. 159

DIENCÉFALO, p. 160

Tálamo, p. 160

Lesões talâmics, p. 161

Hipotálamo, p. 161

Hopotálamo - lesões e funções, p. 161

Relações hipotálamo-hipofisárias, p. 162

Subtálamo, p. 162

Epitálamo, p. 163

TELENCÉFALO, p. 163

Ventrículos, p. 163

Ondas cerebrais, p. 164

O líquor, p. 164

A hipertensão intracraniana, p. 164

A vascularização do sistema nervoso, p. 164

Fluxo sangüíneo cerebral, p. 165

Vascularização arterial do encéfalo, p. 165

Vascularização venosa do encéfalo, p. 165

Barreiras encefálicas, p. 166

A localização anatômica da barreira hemo-encefálica, p. 166

NERVOS ESPINHAIS E NERVOS CRANIANOS, p. 167

Nervos espinhais, p. 167

Nervos cranianos, p. 167

Lesão dos nervos periféricos, p. 168

O CÓRTEX CEREBRAL, p. 168

Classificação das áreas corticais, p. 168

Áreas Sensitivas do Córtex, p. 169

• Área visual, p. 169

• Área auditiva, p. 169

• Área vestibular, p. 169

• Área olfatória, p. 169

• Área gustativa, p. 169

Área Motora do Córtex, p. 169

ÁREAS DE ASSOCIAÇÃO DO CÓRTEX, p. 170

Áreas gnósicas, p. 170

Áreas relacionadas com a linguagem, p. 170

O papel do hemisfério direito na música, p. 171

Áreas relacionadas com o esquema corporal, p. 172

Áreas relacionadas com a memória, p. 172

Áreas relacionadas com as emoções, p. 173

Sistema límbico, p. 173

AS GRANDES VIAS EFERENTES E AFERENTES, p. 173

SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO, p. 175

Organização geral do sistema nervoso autônomo, p. 175

O CÉREBRO E A MENSAGEM INTERIOR E EXTERIOR, p. 176

A informação interior, p. 176

A informação exterior, p. 177

SISTEMA RESPIRATÓRIO, FONADOR E AUDITIVO, p. 177

Sistema Respiratório, p. 177

• Faringe, p. 177

• Laringe, p. 177

• Traquéia, p. 178

• Brônquios, p. 178

• Pulmões, p. 178

• Alvéolos, p. 178

• A trajetória do ar no ato respiratório, p. 178

Aparelho Fonador, p. 179

• A trajetória do ar na produção da voz, p. 179

Sistema Auditivo, p. 179

• Ouvido externo, p. 179

• Ouvido médio, p. 179

• Ouvido interno, p. 180

• Canais semicirculares, p. 180

Como a música viaja pelos nossos ouvidos, p. 181

Fisiologia da audição, p. 181

SISTEMA CIRCULATÓRIO, p. 182

Coração, p. 182

SISTEMA HORMONAL, p. 182

SISTEMA REPRODUTOR, p. 184

SISTEMA LOCOMOTOR, p. 184

Miologia, p. 184

Propriedades dos Músculos, p. 185

Fenômenos químicos ligados à contração muscular, p. 185

SISTEMA DIGESTÓRIO, p. 185

A trajetória dos alimentos, p. 185

SISTEMA EXCRETOR, p. 186

SISTEMA SENSITIVO, p. 186

Características e funções de cada parte do globo ocular, p. 187

Função dos anexos do olho, p. 187

SENTIDO DO OLFATO, p. 188

SENTIDO DA GUSTAÇÃO, p. 189

SENTIDO TÁTIL, p. 189

NEUROPATOLOGIA, p. 190

TRANSTORNOS SENSORIAIS, p. 190

Surdez, p. 190

Etiologia da surdez, p. 190

A fala do surdo, p. 192

A linguagem mímica, p. 192

A vida psíquica do surdo, p. 203

Cegueira, p. 204

OS TRANSTORNOS MOTORES, p. 205

Paralisia cerebral, p. 205

Classificação topográfica, p. 206

Causas, p. 206

DOENÇA DE PARKINSON, p. 207

Etiologia, p. 207

O tremor, p. 208

A hipertonia, p. 208

A acinesia, p. 208

O psiquismo do parkinsoniano, p. 209

A terapêutica, p. 209

SÍNDROME TOURETTE (Sinônimo: moléstia dos tiques convulsivos), p. 210

A cura do ST, p. 210

O tratamento, p. 211

SÍNDROME DE RETT, p. 211

OS DÉFICITS DA LINGUAGEM, p. 211

Afasias, p. 212

Causas da afasia, p. 213

Afasia de Broca, p. 213

Afasia de Wernicke, p. 213

TRAUMATISMO, p. 214

A ablação da laringe, p. 214

Amputação e defeitos físicos, p. 215

A BOTÂNICA E A MÚSICA, p. 216

Por que algumas plantas são carnívoras?, p. 217

A reação das plantas à luz, ao som e a outros vários estímulos, p. 218

As plantas e a música, p. 223

A ZOOLOGIA E A MÚSICA, p. 227

HOMEM PELO ESTÍMULO SONORO, p. 231

EFEITOS DOS SONS AGUDOS E GRAVES, p. 233

Os sons isolados, p. 234

Relação dos trabalhos de Charles Feré, p. 235

OS SONS QUE NÃO OUVIMOS, p. 237

Ultra-som e Infra-som, p. 237

Os sons que matam, p. 239

SONS COMPLEXOS - RESSONÂNCIA BIOFÍSICA, p. 239

OS SONS DO CORPO HUMANO, p. 243

OS EFEITOS DA INTENSIDADE SONORA, p. 247

OS EFEITOS DO TIMBRE, p. 248

A INFLUÊNCIA DO RITMO MUSICAL, p. 248

Discordância rítmica, p. 249

A INFLUÊNCIA DA MÚSICA SOBRE O CÉREBRO, p. 250

A INFLUÊNCIA DA MÚSICA SOBRE O CORAÇÃO, p. 252

A INFLUÊNCIA DA MÚSICA SOBRE A RESPIRAÇÃO, p. 254

EFEITOS DA MÚSICA SOBRE A ATIVIDADE GÁSTRICA, p. 256

EFEITOS DA MÚSICA NO METABOLISMO, p. 261

AS GLÂNDULAS ENDÓCRINAS E O ESTÍMULO SONORO, p. 261

A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NA ENERGIA MUSCULAR, p. 263

Ginástica com música, p. 263

A importância da escolha certa da música e do ritmo, p. 264

INFLUÊNCIA DA MÚSICA NA CONDUTIBILIDADE ELÉTRICA DO CORPO, p. 264

A MÚSICA E O REFLEXO PUPILAR, p. 266

Capítulo VII - A PSICOLOGIA E A MÚSICA, p. 267

PSICOLOGIA, p. 267

Principais ramos da Psicologia indicados à investigação básica, p. 267

Os subcampos da Psicologia Aplicada, p. 268

O estudo do comportamento, p. 268

Os processos básicos do comportamento, p. 268

Dados imediatos da consciência, p. 268

Sensação, p. 269

Percepção, p. 269

Motivação, p. 270

Classificação dos motivos, p. 270

Emoção e sentimento, p. 270

Identificação das emoções, p. 271

APRENDIZAGEM, p. 272

Aprendizagem por condicionamento simples, p. 272

Aprendizagem por condicionamento instrumental ou operante, p. 272

Aprendizagem por ensaio-e-erro, p. 273

Aprendizagem por imitação ou observação, p. 273

Aprendizagem por discernimento ou insight, p. 274

Características de aprendizagem por insight, p. 274

Aprendizagem por raciocínio, p. 274

INTELIGÊNCIA, p. 275

Conceitos de inteligência, p. 275

Mensuração da inteligência, p. 275

Classificação pelo QI no Stanford-Binet, p. 276

A INTELIGÊNCIA DE INDIVÍDUOS EXCEPCIONAIS, p. 276

O superdotado, p. 276

O DESENVOLVIMENTO NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA, p. 276

A personalidade, p. 277

Testes projetivos, p. 278

Testes projetivos sonoros, p. 278

Testes projetivos sonoros de Gabrielle Boisser, p. 278

Psicograma musical, p. 279

Estrutura e dinâmica da personalidade, p. 279

O efeito da música sobre os três elementos da personalidade, p. 280

Os níveis da consciência, p. 281

Conflitos, frustrações e ajustamentos, p. 281

PSICOPATOLOGIA, p. 282

Paralelismo entre o comportamento normal e o anormal, p. 282

FENÔMENOS PSÍQUICOS ANORMAIS, p. 282

ALTERAÇÕES DAS SENSAÇÕES E PERCEPÇÕES, p. 283

ALTERAÇÕES DA SÍNTESE PERCEPTIVA, p. 283

ALTERAÇÕES DAS REPRESENTAÇÕES, p. 283

Alucinações auditivas, p. 284

Alucinações visuais, p. 284

Alucinações olfativas e gustativas, p. 284

Alucinações táteis, p. 285

Alucinações do equilíbrio (neurovestibular), p. 285

Alucinações cinestésicas, p. 285

ALTERAÇÕES DOS CONCEITOS, p. 285

ALTERAÇÕES DOS JUÍZOS, p. 286

Delírio de perseguição, p. 286

Delírio de relação, p. 286

Delírio de influência, p. 287

Delírio de ciúme, p. 287

Delírio de grandeza, p. 287

Delírio de ambição, p. 287

Delírio de invenção, p. 287

Delírio de reforma, p. 287

Delírio erótico, p. 288

ALTERAÇÕES DO RACIOCÍNIO, p. 288

Inibição do pensamento, p. 288

Fuga de idéias, p. 289

Perseveração do pensamento, p. 289

Prolixidade, p. 289

Incoerência, p. 289

Compulsão a pensar, p. 289

ALTERAÇÕES DA MEMÓRIA, p. 290

Ilusões mnêmicas, p. 290

Alucinações mnêmicas, p. 290

Fenômeno já visto, p. 291

Fabulações, p. 291

Criptomnésia, p. 291

Valor semiológico, p. 291

ALTERAÇÕES DA ATENÇÃO, p. 292

ALTERAÇÕES DA ORIENTAÇÃO, p. 293

Valor semiológico, p. 293

ALTERAÇÕES DA CONSCIÊNCIA, p. 294

A obnubilação da consciência, p. 295

Delírio oniróide, p. 295

Amência ou confusão mental, p. 295

Estados crepusculares, p. 295

Semiologia, p. 295

Psicoses alcoólicas, p. 296

ALTERAÇÕES DA AFETIVIDADE, p. 296

Hipertimia, p. 296

Hipotimia, p. 297

Apatia ou indiferença afetiva, p. 297

Irritabilidade patológica, p. 297

Tenacidade afetiva, p. 297

Instabilidade afetiva, p. 298

Incontinência emocional, p. 299

Sugestibilidade patológica, p. 299

Angústia e ansiedade, p. 299

Ambivalência afetiva, p. 299

Fobias, p. 299

ALTERAÇÕES DA ATIVIDADE VOLUNTÁRIA, p. 300

Estados de excitação, p. 300

Debilidade da vontade, p. 301

Estupor, p. 301

Negativismo, p. 301

Sugestibilidade volitiva, p. 301

Esteriotipias, p. 302

Tiques, p. 302

ALTERAÇÕES DA LINGUAGEM, p. 302

Patologia e valor semiológico, p. 303

Alterações da linguagem devido a causas orgânicas, p. 303

Disartria, p. 303

Dislalias, p. 303

Afasia, p. 304

Disfemias, p. 304

Disfonias, p. 304

Alterações da linguagem oral devido a causas psíquicas, p. 304

Logorréia, p. 304

Bradilalia, p. 304

Verbigeração, p. 304

Mutismo, p. 305

Mussitação, p. 305

Ecolalia, p. 305

Jargonofasia, p. 305

Esquizofasia, p. 305

Neologismo, p. 305

Estereotipia verbal, p. 305

ALTERAÇÕES DA LINGUAGEM ESCRITA, p. 306

ALTERAÇÕES DOS MOVIMENTOS DE EXPRESSÃO, p. 306

DISTÚRBIOS PSÍQUICOS - NEUROSES E PSICOSES, p. 307

Tipos de Neuroses, p. 308

Hipocondria, p. 310

Bioneurose, p. 310

Neurose de ansiedade, p. 310

PSICOSES, p. 310

Psicose Organo-Cerebral, p. 311

Paralisia geral progressiva, p. 311

Psicose involutiva (ancianidade), p. 311

ALTERAÇÕES ANÁTOMO-PSICOLÓGICAS DA VELHICE, p. 312

Psicoses tóxicas e toxicomania, p. 313

Fatores que têm influenciado no uso e abuso das drogas, p. 314

Drogas seus derivados e efeitos, p. 314

Dados sobre as drogas e seus efeitos - Drogas estimulantes do SNC, p. 315

Cocaína, p. 315

As xantinas, p. 317

Drogas Depressoras do SNC, p. 317

Álcool, p. 317

Tranqüilizantes, p. 317

Hipnóticos e barbitúricos, p. 318

Inalantes e solventes, p. 318

Opiáceos, p. 318

Heroína, p. 319

Drogas Perturbadoras do SNC, p. 319

THC (tetrahidrocanabinol) - Maconha, p. 319

Psilocibina, p. 320

Mescalina, p. 320

LSD25, p. 321

A gíria do viciado, p. 321

Prevenção contra as drogas, p. 324

PSICOSES ENDÓGENAS, p. 325

Esquizofrenia, p. 325

Forma catatônica, p. 326

Estupor, p. 326

Forma hebefrênica, p. 326

Forma paranóide, p. 327

Forma simples, p. 327

Psicose maníaco-depressiva, p. 328

EPILEPSIA, p. 329

A aura, p. 330

A crise, p. 330

AUTISMO INFANTIL, p. 331

DISPOSIÇÕES PSÍQUICAS ANORMAIS, p. 333

Oligofrenia, p. 333

Diagnóstico, p. 334

Características dos diversos graus de deficiência mental, p. 334

Delinqüência, p. 335

Características dos bandos, p. 336

Tratamento, p. 336

Capítulo VIII - A MÚSICA NO ÂMBITO DA PSICOLOGIA, p. 338

AS TRÊS FASES DO CICLO MUSICAL, p. 338

Criação, p. 339

Inspiração, p. 340

Interpretação ou Execução, p. 341

Recepção ou Audição, p. 341

Aspectos observados na apreciação musical, p. 345

APTIDÃO MUSICAL, p. 345

Habilidade musical, p. 345

Memória musical, p. 346

Inteligência musical, p. 347

Talento e gênio musical, p. 348

Inaptidão musical (surdez musical), p. 349

Surdez tonal, p. 349

Amusia, p. 350

A INFLUÊNCIA DA MÚSICA SOB O ASPECTO PSÍQUICO, p. 350

A PSICOFISIOLOGIA DA EMOÇÃO MUSICAL, p. 352

O SENTIMENTO E A MÚSICA, p. 354

SIGNIFICAÇÃO PSICOLÓGICA DE INTERVALOS, ACORDES, FIGURAS E VALORES, p. 356

OS SÍMBOLOS PRINCIPAIS DA LINGUAGEM MUSICAL, p. 357

Capítulo IX - A FILOSOFIA E A MÚSICA, p. 360

CONCEITO E DIVISÃO, p. 360

A ÉTICA E A MÚSICA, p. 364

O ETHOS MUSICAL, p. 365

A ÉTICA DA MÚSICA MODERNA, p. 365

Filosofia da Arte, p. 366

A ESTÉTICA E A MÚSICA, p. 366

O belo e o feio, p. 367

Capítulo X - A ANTROPOLOGIA E A MÚSICA, p. 367

A ANTROPOLOGIA E AS OUTRAS CIÊNCIAS, p. 370

CULTURA, p. 371

Localização da Cultura, p. 371

A essência da cultura, p. 371

Abstrações, p. 372

Comportamentos, p. 372

Função da cultura, p. 372

Traços culturais, p. 372

Outros traços, p. 372

Padrões culturais, p. 372

Áreas culturais, p. 373

Especialidade, p. 373

Alternativas, p. 373

Peculiaridades individuais, p. 373

Qualidade da cultura, p. 373

Processos culturais, p. 373

A origem da humanidade - sua evolução, p. 373

Classificação zoológica do homem, p. 374

O homem e os antropóides, p. 375

Raças humanas, p. 375

Estágios da evolução humana, p. 376

A família, p. 376

Crenças e rituais, p. 376

Cultos, p. 376

Objetos sagrados, p. 377

Objetos rituais, p. 377

Formas de ritual, p. 377

Oração ou prece, p. 377

Oferendas, p. 377

Manifestação, p. 377

Oráculos, p. 378

Santuários, p. 378

Religião, p. 378

Magia, p. 378

As artes, p. 378

Origem da arte, p. 379

Criação, p. 379

Cultura (componentes), p. 379

O Folclore, p. 380

A Música, p. 380

INSTRUMENTOS PRIMITIVOS, p. 383

INSTRUMENTOS PRIMITIVOS DE ORIGEM AFRICANA, p. 384

Instrumentos de percussão, p. 384

Instrumentos de sopro, p. 385

INSTRUMENTOS DE ORIGEM INDÍGENA, p. 385

Instrumentos de percussão, p. 385

Instrumentos de sopro, p. 385

A Dança, p. 386

A MÚSICA E A RELIGIÃO, p. 387

Capítulo XI - A SOCIOLOGIA E A MÚSICA, p. 387

PROCESSOS SOCIAIS, p. 391

Grupos Sociais, p. 392

Cultura e Sociedade, p. 393

Normas de Comportamento Social, p. 393

Estruturação Social - Instituições Sociais, p. 394

Instituição Família e Parentesco, p. 394

Instituições Religiosas, p. 394

Instituições Políticas, p. 394

Instituições Econômicas, p. 395

Divisão do Trabalho, p. 395

Problemas Sociais, p. 395

Desorganização Social, p. 395

AÇÃO SOCIAL - ASSISTÊNCIA SOCIAL - SERVIÇO SOCIAL, p. 396

EDUCAÇÃO, p. 396

A MÚSICA NA EDUCAÇÃO, p. 397

TRABALHANDO COM MÚSICA, p. 397

Música Funcional, p. 398

A PROPAGANDA E A MÚSICA, p. 400

A Propaganda como Ciência e como Arte, p. 401

Forma Musical de Propaganda, p. 401

Capítulo XII - A TERAPÊUTICA E A MÚSICA MUSICOTERAPIA, p. 403

A Musicoterapia, p. 403

Breve resenha histórico-bibliográfica sobre os efeitos da música, p. 404

MUSICOTERAPIA - DEFINIÇÕES, p. 407

FUNDAMENTAÇÃO DA MUSICOTERAPIA, p. 412

A METODOLOGIA GERAL DA MUSICOTERAPIA, p. 412

PARTE I - AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - ETAPAS, p. 413

TESTES PROJETIVOS SONOROS - EXEMPLIFICAÇÃO, p. 415

Teste de indivíduo classificado dentro da normalidade, p. 420

Teste de indivíduo classificado dentro da normalidade, p. 420

PARTE II - TERAPÊUTICA - FASES, p. 421

O aquecimento, p. 421

Catarse, p. 421

Os canais de comunicação, p. 422

A vinculação, p. 423

O enquadramento não-verbal, p. 423

A regressão, p. 423

O DIÁLOGO SONORO, p. 424

O relaxamento, p. 424

O registro das sessões, p. 424

ATIVIDADES SONORO-MUSICAIS NAS SESSÕES TERAPÊUTICAS, p. 425

Área de expressão sonoro musical (relação de atividades), p. 425

Área de movimento e expressão corporal, p. 426

ÁREA DE EXPRESSÃO SONORO-MUSICAL - A DINÂMICA DAS ATIVIDADES, p. 426

A comunicação através do som instrumental e/ou corporal, p. 426

Atividades rítmicas e melódicas simples, p. 427

Cantar e palmear os nomes dos pacientes, p. 430

Intonação de nomes, p. 430

Discriminação Viso-auditiva, p. 431

Série A - Sons do corpo humano, p. 431

Série B - Sons do Meio Ambiente, p. 432

Série C - Sons da Natureza, p. 433

Série D - Voz dos Animais, p. 433

Série E - Instrumentos Musicais, p. 433

Sonorização de situações concretas, p. 435

EXECUÇÃO SONORO- CORPORAL E INSTRUMENTAL, p. 436

A emissão vocal, p. 437

Assobio, p. 437

Grito, p. 437

Riso, p. 438

A voz e o canto, p. 438

Canto, p. 439

Instrumentos musicais, p. 441

Instrumentos eletrônicos, p. 442

Instrumentos criados, p. 442

Improvisação, p. 442

A introjeção e a emersão do ritmo e das funções tonais, p. 444

A percepção das funções tonais, p. 445

Audição de música ao vivo e gravada, p. 446

ÁREA DE MOVIMENTO E EXPRESSÃO, p. 447

A expressão corporal, p. 447

Orientação têmporo-espacial, p. 447

O esquema corporal, p. 448

A linguagem corporal, p. 449

A etapa da sensibilização, p. 450

Som e movimento - Danças, p. 451

Classificação das danças, p. 452

A dança livre (criativa) - Histórico de um caso, p. 453

Danças folclóricas, p. 455

O baile social, p. 456

As danças terapêuticas, p. 457

Efeitos da Psicodança sobre o Sistema Neurovegetativo, p. 458

Como são as sessões de psicodança, p. 461

O transe em psicodança, p. 461

O sistema biodança, p. 464

Danças circulares sagradas, p. 465

MUSICOTERAPIA INDIVIDUAL E GRUPAL, p. 466

Musicoterapia grupal, p. 467

Psicoterapia de grupo e musicoterapia, p. 468

PARTE III - A AVALIAÇÃO FINAL DO TRATAMENTO, p. 470

Finalização do tratamento, p. 471

METODOLOGIA DA MUSICOTERAPIA, p. 471

PARTE I - Avaliação Diagnóstica - Etapas, p. 471

PARTE II - Terapêutica - Sessões (Fases), p. 472

PARTE III - Avaliação Final do Tratamento, p. 472

PESQUISA - SUA IMPORTÂNCIA NA MUSICOTERAPIA, p. 472

Execução da pesquisa, p. 474

Amostragem, p. 474

Técnica de pesquisa, p. 474

Pesquisa bibliográfica, p. 475

Tipos de pesquisa, p. 475

As pesquisas em Musicoterapia, p. 475

Uma pesquisa sui generis, p. 477

O musicoterapeuta de ontem e o de hoje, p. 478

O musicoterapeuta de hoje, p. 479

O TREINAMENTO CLÍNICO, p. 481

O PAPEL DO SUPERVISOR DE ESTÁGIO, p. 482

O RELATÓRIO DE ESTÁGIO, p. 483

A EQUIPE MULTIDISCIPLINAR DE SAÚDE, p. 485

O paciente, p. 486

Capítulo XIII - APLICAÇÕES CLÍNICAS DA MUSICOTERAPIA, p. 487

NOS TRANSTORNOS SENSORIAIS, p. 487

Deficiência auditiva, p. 487

Desenvolvimento da função respiratória - Sua importância na aquisição da fala, p. 488

Desenvolvimento do sentido rítmico, p. 489

Desenvolvimento do sentido auditivo (com uso de aparelhos), p. 489

Desenvolvimento do sentido temporal, p. 490

Deficiência visual, p. 490

NAS PERTURBAÇÕES MOTORAS, p. 491

Paralisia Cerebral, p. 491

As Atividades Musicais, p. 494

O canto, p. 494

O uso de instrumentos, p. 494

MUSICOTERAPIA NA DOENÇA DE PARKINSON, p. 497

AS ATIVIDADES, p. 499

Escutar música, p. 499

Caminhar com música, p. 499

Dançar com música, p. 500

Desenhar com música, p. 500

Os distúrbios psíquicos, p. 500

Reabilitação física e musicoterapia, p. 500

MUSICOTERAPIA NA SÍNDROME DE RETT, p. 501

O que tem de ser trabalhado terapeuticamente com a criança Rett, p. 501

Reeducação do desenvolvimento psicomotor, p. 501

A coordenação do treinamento da marcha, p. 502

A inibição dos movimentos estereotipados de mãos, p. 502

A perda da linguagem expressiva e receptiva, p. 502

O trabalho musicoterapêutico da linguagem com a criança Rett, p. 503

O isolamento, p. 503

O trabalho de uma musicoterapeuta com paciente Rett, p. 504

MUSICOTERAPIA NA SÍNDROME DE TOURETTE, p. 504

Variantes rítmicas improvisadas por esta autora para acompanhar o tique vocal de um ST, p. 505

OS TRANSTORNOS DA LINGUAGEM, p. 505

Perturbações da fala, p. 506

Tartamudez, p. 507

Atividades rítmicas, p. 508

Afasia, p. 508

TRAUMATISMOS, p. 511

A Musicoterapia na reeducação do laringectomizado, p. 511

Como a Musicoterapia poderá ajudar o laringectomizado, p. 512

As atividades correlacionadas à música, p. 512

Deficiência Congênita e Adquirida, p. 513

Deficiência física - Histórico de casos, p. 513

Ortodontopedia, p. 515

MUSICOTERAPIA NOS HOSPITAIS GERAIS, p. 515

A Música nos Centros Cirúrgicos, p. 516

MUSICOTERAPIA NUM HOSPITAL DE CLÍNICAS, p. 519

Histórico de um caso apresentado pela musicoterapeuta Beatriz Agostini, p. 519

Musicoterapia em UTI, p. 522

A agressividade do paciente, p. 523

A SÍNDROME DA UTI, p. 524

A ESTIMULAÇÃO DO CÉREBRO, p. 524

O EMPREGO DA MUSICOTERAPIA EM UTI, p. 524

O MUSICOTERAPEUTA NA UTI, p. 526

A DOR E A ANALGESIA, p. 527

A AUDIOANALGESIA, p. 528

Como aplicar a música na audioanalgesia, p. 531

OBSTETRÍCIA, p. 531

O parto, p. 532

A música no parto, p. 533

MUSICOTERAPIA NOS TRANSTORNOS MENTAIS, p. 533

Neuroses, p. 533

A Musicoterapia, p. 534

PSICOSES, p. 535

PSICOSES EXÓGENAS - MUSICOTERAPIA, p. 535

As sintomáticas, p. 535

A psicose organo-cerebral, p. 535

Psicose involutiva, p. 535

Psicoses tóxicas e toxicomania, p. 537

MANÍACO-DEPRESSIVA), p. 540

Psicose Maníaco-Depressiva, p. 544

Epilepsia, p. 544

Autismo Infantil - Musicoterapia, p. 545

Síndrome de Kluver-Bucy, p. 546

Síndrome de Korsakoff, p. 547

A interpretação psicanalítica do autismo, p. 547

O autista e a música, p. 547

Adaptação metodológica e de técnicas musicoterapêuticas no autismo (Método Benenzon), p. 552

Informe de um caso, p. 552

DISPOSIÇÕES PSÍQUICAS ANORMAIS, p. 555

Deficiência mental (oligofrenia), p. 555

Relação de atividades a serem empregadas, p. 555

Musicoterapia na multideficiência, p. 556

O Centro de Aplicação de Musicoterapia para Multideficientes, no Paraná, p. 557

Como eram desenvolvidos os trabalhos musicoterapêuticos no Centro, p. 558

Histórico de Casos, p. 560

DISTÚRBIOS DE CONDUTA, p. 563

Os efeitos positivos da Musicoterapia aplicada na delinqüência, p. 563

Audição musical, p. 568

Banda rítmica, p. 568

Regência da Banda Rítmica, p. 578

Adequação do repertório da Banda Rítmica, p. 579

Forma, caráter, natureza e procedência do repertório, p. 579

Fanfarra, p. 579

Os instrumentos que compõem uma fanfarra, p. 580

APÊNDICE, p. 585

O Uso de Fichas na Musicoterapia, p. 585

a) Ficha Musicoterapêutica, p. 585

b) Ficha Musicoterapêutica (destinada a pacientes hospitalizados), p. 586

c) Ficha musicoterapêutica destinada a pacientes de hospital psiquiátrico, p. 588

(UBAM), p. 594

REFERÊNCIAS, p. 597

Recomendações

Capa do livro: Alienação Parental às Avessas, Consuelo Taques Ferreira

Alienação Parental às Avessas

 Consuelo Taques FerreiraISBN: 978853628755-3Páginas: 84Publicado em: 08/04/2019

Versão impressa

R$ 19,90Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 14,70Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Musculação, Victor N. Seluianov, Stéfane B. C. D. Dias e Sérgio Luiz F. Andrade

Musculação

 Victor N. Seluianov, Stéfane B. C. D. Dias e Sérgio Luiz F. AndradeISBN: 978853621918-9Páginas: 212Publicado em: 04/03/2008

Versão impressa

R$ 59,70Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Liberte o Velho que Existe em Você, Organizadores: Giselle Massi e Regina Célia Celebrone Lourenço

Liberte o Velho que Existe em Você

 Organizadores: Giselle Massi e Regina Célia Celebrone LourençoISBN: 978853623978-1Páginas: 144Publicado em: 05/02/2013

Versão impressa

R$ 39,90Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 27,70Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Esquizofrenia de Acordo com a Abordagem Comportamental, A, Gina Nolêto Bueno e Ilma A. Goulart de Souza Britto

Esquizofrenia de Acordo com a Abordagem Comportamental, A

 Gina Nolêto Bueno e Ilma A. Goulart de Souza BrittoISBN: 978853624455-6Páginas: 182Publicado em: 18/10/2013

Versão impressa

R$ 49,90Adicionar ao
carrinho