Exames de Balanço para Profissionais da Área, Homens de Negócio e Empresários - Teoria e Prática

Rodrigo Antonio Chaves da Silva

Versão impressa

por R$ 64,70em 2x de R$ 32,35Adicionar ao carrinho

Ficha técnica

Autor(es): Rodrigo Antonio Chaves da Silva

ISBN: 978853623876-0

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 216

Publicado em: 11/09/2012

Área(s): Contabilidade - Contabilidade Geral Aplicada

Sinopse

O objetivo desta obra é traduzir a linguagem dos exames de balanço de forma geral, para os diferentes segmentos sociais, e de forma diferenciada, para empresários, investidores e profissionais das mais diversas áreas que queiram melhor conhecer as nuances e especificidades que envolvem o tema.

Por meio de um estudo de balanço simples, demonstra a parte teórica aplicável e a explicativa-prática dos exemplos citados, o que faz deste livro um guia indicado para profissionais e acadêmicos afeitos à área contábil.
 

Autor(es)

Rodrigo Antônio Chaves da Silva é Contador; Especialista em Gestão Econômica de Empresas; Consultor de Empresas nas Áreas de Custos, Finanças, e Diagnóstico Empresarial; Ganhador de Títulos e Homenagens, tais como: Prêmio Internacional de História Martim Noel Monteiro (2007/2008), Prêmio Internacional de Contabilidade Financeira Luiz Chaves de Almeida (2008/2009) e Prêmio Rogério Fernandes Ferreira (2011); Professor de Contabilidade Geral, Co-mercial, Internacional, Custos, Orçamentos, Gestão, e Teoria Contábil desde 2008; Articulista em Revistas de Importantes Universidades e Institutos, como: Universidade do Chile, Colômbia, Portugal, Argentina, Venezuela e Brasil, tendo mais de 100 artigos publicados em sites e revistas; Secretário da ACIN (Associação Científica Internacional Neopatrimonialista) e Membro da Corrente do Neopatrimonialismo Contábil.

Porque comprar

APLICAÇÃO
Indicado como guia prático-acadêmico para estudantes, professores e profissionais das áreas empresarial, contábil e de auditoria.

 

Sumário

Advertência ao Leitor, p. 13

Capítulo 1 - A Importância do Exame dos Balanços, p. 17

1.1 Empresas e balanços, p. 17

1.2 O balanço e o seu exame, p. 18

1.3 Diferencial dos exames para o empresariado, p. 21

Capítulo 2 - O Que é um Balanço, p. 23

2.1 Conceitos de balanço e riqueza, p. 23

2.2 O que significa a palavra balanço, p. 24

2.3 A importância dos balanços, p. 25

2.4 Balanço e decisão, p. 27

Capítulo 3 - A Divisão do Balanço, p. 29

3.1 O balanço como conjunto e seus principais aspectos, p. 29

3.2 O balanço e seu objeto, p. 30

3.3 Aspecto qualitativo, p. 34

3.4 Aspecto quantitativo, p. 39

Capítulo 4 - Para que Examinar um Balanço, p. 43

4.1 Gestão segura com base nos exames, p. 43

4.2 Gestão de principais fenômenos, p. 44

4.3 Verificação da capacidade financeira, p. 46

4.4 Verificação da capacidade lucrativa, p. 49

Capítulo 5 - A Estrutura do Balanço a ser Analisada, p. 55

5.1 O balanço a ser examinado, p. 55

5.2 O demonstrativo de resultado, p. 59

Capítulo 6 - Os Métodos de Exames, p. 63

6.1 O que é o método e a análise, p. 63

6.2 Uma matemática simples, p. 64

6.3 Aplicação dos quocientes, p. 65

6.4 Divisão dos exames de balanço, p. 67

Capítulo 7 - Analisando a Capacidade de Pagamento, p. 71

7.1 A primeira capacidade a ser examinada é a financeira, p. 71

7.2 O que é liquidez, p. 72

7.3 A liquidez comum, p. 73

7.4 Liquidez seca, p. 76

7.5 Entendendo a liquidez e fazendo comparações, p. 79

Capítulo 8 - Uma Capacidade Geral de Pagamento, p. 81

8.1 A liquidez a longo prazo, p. 81

8.2 Liquidez geral, p. 82

8.3 Entendimentos sobre o quociente, p. 85

Capítulo 9 - Examinando a Capacidade de o Estoque se Transformar em Dinheiro, p. 87

9.1 Outro sentido para a capacidade financeira (dinâmica), p. 87

9.2 O giro comercial, p. 88

9.3 O giro dos estoques, p. 89

9.4 Entendimentos do giro dos estoques, p. 93

Capítulo 10 - Examinando o Nível de Recebimento, p. 95

10.1 Visão dos créditos a receber ou faturamento, p. 95

10.2 Os créditos a receber e alguns aspectos, p. 98

10.3 A capacidade ou o nível de recebimento, p. 100

10.4 É bom vender a longo prazo ou a curto prazo?, p. 105

Capítulo 11 - O Giro dos Fornecedores, Contas a Pagar, e Dívidas Gerais, p. 109

11.1 As dívidas em geral e seu giro, p. 109

11.2 Quocientes de giro de fornecedores e dívidas a pagar de modo geral, p. 111

11.3 Avaliando o giro dos fornecedores, p. 113

11.4 Avaliando o giro das dívidas gerais, p. 115

11.5 O tempo de receber e pagar, p. 117

Capítulo 12 - Imobilizar Muito é Perigoso, p. 127

12.1 O risco dos imobilizados, p. 127

12.2 A natureza do imobilizado e o capital de giro, p. 129

12.3 O quociente de imobilização, p. 134

12.4 Interpretação sobre a imobilização do capital, p. 136

Capítulo 13 - As Dívidas em Excesso são Prejudiciais para a Empresa, p. 139

13.1 Natureza das dívidas, p. 139

13.2 O endividamento e o capital próprio, p. 141

13.3 Interpretações diversas relativas ao resultado, p. 144

Capítulo 14 - As Vendas Devem Transmitir Lucro, p. 147

14.1 Nova visão do exame dos lucros e importância, p. 147

14.2 Proveito nas vendas, p. 148

14.3 Lucratividade das vendas, p. 149

14.4 Explicações, p. 152

Capítulo 15 - Os Custos e Despesas são Perigosos, p. 155

15.1 A causa da lucratividade, p. 155

15.2 Como manter custos e despesas, p. 156

15.3 A absorção dos custos, p. 158

15.4 A absorção das despesas, p. 161

15.5 Algumas comparações, p. 163

Capítulo 16 - O Rendimento do Ativo Circulante, p. 167

16.1 A rentabilidade, p. 167

16.2 Para que serve o ativo circulante?, p. 168

16.3 O quociente de rendimento do ativo circulante, p. 174

16.4 Averiguação em relação aos giros, p. 177

Capítulo 17 - O Rendimento Natural da Empresa, p. 179

17.1 A rentabilidade natural, p. 179

17.2 O capital próprio e sua importância, p. 180

17.3 A rentabilidade do capital próprio, p. 181

17.4 Averiguação da rentabilidade e prosperidade geral, p. 183

Capítulo 18 - Como a Empresa Quebra, p. 187

18.1 A possibilidade de falência da empresa no diagnóstico do exame, p. 187

18.2 As doenças empresariais e o exame de balanços, p. 189

18.3 A insolvência, p. 190

18.4 A liquidação, p. 192

18.5 Quociente de solvência, p. 194

18.6 Interpretação, p. 199

18.7 A solvência e a conclusão do exame da empresa, p. 201

Capítulo 19 - Conclusão sobre o Exame de Balanços, p. 203

Referências, p. 207

Índice alfabético

A

  • Absorção das despesas, p. 161
  • Absorção dos custos, p. 158
  • Advertência ao leitor, p. 13
  • Analisando a capacidade de pagamento, p. 71
  • Análise. O que é o método e a análise, p. 63
  • Aplicação dos quocientes, p. 65
  • Ativo circulante. Para que serve o ativo circulante?, p. 168
  • Ativo circulante. Quociente de rendimento do ativo circulante, p. 174
  • Ativo circulante. Rendimento do ativo circulante, p. 167
  • Avaliando o giro das dívidas gerais, p. 115
  • Avaliando o giro dos fornecedores, p. 113
  • Averiguação da rentabilidade e prosperidade geral, p. 183
  • Averiguação em relação aos giros, p. 177

B

  • Balanço a ser examinado, p. 55
  • Balanço como conjunto e seus principais aspectos, p. 29
  • Balanço e decisão, p. 27
  • Balanço e o seu exame, p. 18
  • Balanço e seu objeto, p. 30
  • Balanço. Aspecto qualitativo, p. 34
  • Balanço. Aspecto quantitativo, p. 39
  • Balanço. Conceitos de balanço e riqueza, p. 23
  • Balanço. Divisão do balanço, p. 29
  • Balanço. Estrutura do balanço a ser analisada, p. 55
  • Balanço. Importância dos balanços, p. 25
  • Balanço. O que é um balanço, p. 23
  • Balanço. O que significa a palavra balanço, p. 24
  • Balanço. Para que examinar um balanço, p. 43
  • Balanços. Empresas e balanços, p. 17

C

  • Capacidade de pagamento. Analisando, p. 71
  • Capacidade de pagamento. Primeira capacidade a ser examinada é a financeira, p. 71
  • Capacidade financeira. Outro sentido para a capacidade financeira (di-nâmica), p. 87
  • Capacidade financeira. Verificação da capacidade financeira, p. 46
  • Capacidade geral de pagamento, p. 81
  • Capacidade lucrativa. Verificação da capacidade lucrativa, p. 49
  • Capacidade ou o nível de recebimento, p. 100
  • Capital de giro. Natureza do imobilizado e o capital de giro, p. 129
  • Capital próprio e sua importância, p. 180
  • Capital próprio. Endividamento e o capital próprio, p. 141
  • Capital próprio. Rentabilidade do capital próprio, p. 181
  • Causa da lucratividade, p. 155
  • Comparações. Algumas comparações, p. 163
  • Comparações. Entendendo a liquidez e fazendo comparações, p. 79
  • Conceitos de balanço e riqueza, p. 23
  • Conclusão sobre o exame de balanços, p. 203
  • Créditos a receber e alguns aspectos, p. 98
  • Créditos. Visão dos créditos a receber ou faturamento, p. 95
  • Curto prazo. É bom vender a longo prazo ou a curto prazo?, p. 105
  • Custos e despesas são perigosos, p. 155
  • Custos. Absorção dos custos, p. 158
  • Custos. Como manter custos e despesas, p. 156

D

  • Decisão e balanço, p. 27
  • Demonstrativo de resultado, p. 59
  • Despesas. Absorção das despesas, p. 161
  • Despesas. Como manter custos e despesas, p. 156
  • Diagnóstico do exame. Possibilidade de falência da empresa no diagnóstico do exame, p. 187
  • Diferencial dos exames para o empresariado, p. 21
  • Dinheiro. Examinando a capacidade de o estoque se transformar em dinheiro, p. 87
  • Dívidas em excesso são prejudiciais para a empresa, p. 139
  • Dívidas em geral e seu giro, p. 109
  • Dívidas. Avaliando o giro das dívidas gerais, p. 115
  • Dívidas. Natureza das dívidas, p. 139
  • Divisão do balanço, p. 29
  • Divisão dos exames de balanço, p. 67
  • Doenças empresariais e o exame de balanços, p. 189

E

  • Empresa. Como a empresa quebra, p. 187
  • Empresa. Dívidas em excesso são prejudiciais para a empresa, p. 139
  • Empresa. Rendimento natural da empresa, p. 179
  • Empresariado. Diferencial dos exames para o empresariado, p. 21
  • Empresas e balanços, p. 17
  • Endividamento e o capital próprio, p. 141
  • Entendendo a liquidez e fazendo comparações, p. 79
  • Entendimentos do giro dos estoques, p. 93
  • Estoque. Entendimentos do giro dos estoques, p. 93
  • Estoque. Examinando a capacidade de o estoque se transformar em di-nheiro, p. 87
  • Estoque. Giro dos estoques, p. 89
  • Exame da empresa. Solvência e a conclusão do exame da empresa, p. 201
  • Exame de balanços. Conclusão, p. 203
  • Exame de balanços. Doenças empresariais e o exame de balanços, p. 189
  • Exame dos balanços. Importância, p. 17
  • Exame. Balanço a ser examinado, p. 55
  • Exame. Balanço e o seu exame, p. 18
  • Exame. Métodos de exames, p. 63
  • Exames de balanço. Divisão, p. 67
  • Exames. Diferencial dos exames para o empresariado, p. 21
  • Exames. Gestão segura com base nos exames, p. 43
  • Examinando a capacidade de o estoque se transformar em dinheiro, p. 87
  • Examinando o nível de recebimento, p. 95
  • Explicações, p. 152

F

  • Falência. Possibilidade de falência da empresa no diagnóstico do exame, p. 187
  • Faturamento. Visão dos créditos a receber ou faturamento, p. 95
  • Fenômenos. Gestão de principais fenômenos, p. 44
  • Fornecedor. Avaliando o giro dos fornecedores, p. 113
  • Fornecedor. Quocientes de giro de fornecedores e dívidas a pagar de mo-do geral, p. 111

G

  • Gestão de principais fenômenos, p. 44
  • Gestão segura com base nos exames, p. 43
  • Giro comercial, p. 88
  • Giro dos estoques, p. 89
  • Giro dos estoques. Entendimentos do giro dos estoques, p. 93
  • Giro dos fornecedores, contas a pagar, e dívidas gerais, p. 109
  • Giro financeiro. Averiguação em relação aos giros, p. 177
  • Giro financeiro. Dívidas em geral e seu giro, p. 109

I

  • Imobilizado. Natureza do imobilizado e o capital de giro, p. 129
  • Imobilizado. Quociente de imobilização, p. 134
  • Imobilizado. Risco dos imobilizados, p. 127
  • Imobilizar muito é perigoso, p. 127
  • Importância do exame dos balanços, p. 17
  • Importância dos balanços, p. 25
  • Insolvência, p. 190
  • Interpretação sobre a imobilização do capital, p. 136
  • Interpretação, p. 199
  • Interpretações diversas relativas ao resultado, p. 144

L

  • Leitor. Advertência ao leitor, p. 13
  • Liquidação, p. 192
  • Liquidez a longo prazo, p. 81
  • Liquidez comum, p. 73
  • Liquidez geral, p. 82
  • Liquidez seca, p. 76
  • Liquidez. Entendendo a liquidez e fazendo comparações, p. 79
  • Liquidez. O que é liquidez, p. 72
  • Longo prazo. É bom vender a longo prazo ou a curto prazo?, p. 105
  • Lucratividade das vendas, p. 149
  • Lucratividade. Causa da lucratividade, p. 155
  • Lucro. Vendas devem transmitir lucro, p. 147
  • Lucros. Nova visão do exame dos lucros e importância, p. 147

M

  • Matemática simples, p. 64
  • Método. O que é o método e a análise, p. 63
  • Métodos de exames, p. 63

N

  • Natureza do imobilizado e o capital de giro, p. 129
  • Nova visão do exame dos lucros e importância, p. 147

O

  • Objeto. Balanço e seu objeto, p. 30

P

  • Pagamento. Analisando a capacidade de pagamento, p. 71
  • Pagamento. Quocientes de giro de fornecedores e dívidas a pagar de mo-do geral, p. 111
  • Possibilidade de falência da empresa no diagnóstico do exame, p. 187
  • Principais aspectos. Balanço como conjunto e seus principais aspectos, p. 29
  • Prosperidade geral. Averiguação da rentabilidade e prosperidade geral, p. 183
  • Proveito nas vendas, p. 148

Q

  • Quociente de imobilização, p. 134
  • Quociente de rendimento do ativo circulante, p. 174
  • Quociente de solvência, p. 194
  • Quociente. Aplicação dos quocientes, p. 65
  • Quociente. Entendimentos sobre o quociente, p. 85
  • Quocientes de giro de fornecedores e dívidas a pagar de modo geral, p. 111

R

  • Recebimento. Capacidade ou o nível de recebimento, p. 100
  • Referências, p. 207
  • Rendimento do ativo circulante, p. 167
  • Rendimento natural da empresa, p. 179
  • Rentabilidade do capital próprio, p. 181
  • Rentabilidade natural, p. 179
  • Rentabilidade, p. 167
  • Rentabilidade. Averiguação da rentabilidade e prosperidade geral, p. 183
  • Resultado. Demonstrativo de resultado, p. 59
  • Resultado. Interpretações diversas relativas ao resultado, p. 144
  • Riqueza. Conceitos de balanço e riqueza, p. 23
  • Risco dos imobilizados, p. 127

S

  • Solvência e a conclusão do exame da empresa, p. 201
  • Solvência. Quociente de solvência, p. 194

T

  • Tempo de receber e pagar, p. 117

V

  • Vendas devem transmitir lucro, p. 147
  • Vendas. Lucratividade das vendas, p. 149
  • Vendas. Proveito nas vendas, p. 148
  • Verificação da capacidade financeira, p. 46
  • Verificação da capacidade lucrativa, p. 49
  • Visão dos créditos a receber ou faturamento, p. 95

Recomendações

Capa do livro: Introdução à Análise de Balanços, Anélio Berti e Jurandir Savi

Introdução à Análise de Balanços

 Anélio Berti e Jurandir SaviISBN: 978853623738-1Páginas: 264Publicado em: 10/04/2012

Versão impressa

R$ 79,90em 3x de R$ 26,63Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Lopes de Sá, Antônio Carlos de Souza Cardoso e Luiz Fernando Coelho da Rocha

Lopes de Sá

 Antônio Carlos de Souza Cardoso e Luiz Fernando Coelho da RochaISBN: 853621235-7Páginas: 66Publicado em: 07/04/2006

Versão impressa

R$ 27,90 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Contabilidade Gerencial Hoteleira, Conceição Gomes, Luís Lima Santos, Ana Rita Faria, Rogério João Lunkes, Cátia Malheiros, Fabricia Silva da Rosa e Catarina Nunes

Contabilidade Gerencial Hoteleira

 Conceição Gomes, Luís Lima Santos, Ana Rita Faria, Rogério João Lunkes, Cátia Malheiros, Fabricia Silva da Rosa e Catarina NunesISBN: 978853627855-1Páginas: 256Publicado em: 24/04/2018

Versão impressa

R$ 99,90em 3x de R$ 33,30Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Moderna Análise de Balanços ao Alcance de Todos, Antônio Lopes de Sá - Atualização: Wilson Alberto Zappa Hoog

Moderna Análise de Balanços ao Alcance de Todos

3ª Edição - Revista e AtualizadaAntônio Lopes de Sá - Atualização: Wilson Alberto Zappa HoogISBN: 978853624785-4Páginas: 314Publicado em: 21/08/2014

Versão impressa

R$ 94,70em 3x de R$ 31,57Adicionar ao
carrinho