Exames de Balanço para Profissionais da Área, Homens de Negócio e Empresários - Teoria e Prática

Rodrigo Antonio Chaves da Silva

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Rodrigo Antonio Chaves da Silva
ISBN: 978853623876-0
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 216
Publicado em: 11/09/2012
Área(s): Contabilidade Geral Aplicada
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

O objetivo desta obra é traduzir a linguagem dos exames de balanço de forma geral, para os diferentes segmentos sociais, e de forma diferenciada, para empresários, investidores e profissionais das mais diversas áreas que queiram melhor conhecer as nuances e especificidades que envolvem o tema.

Por meio de um estudo de balanço simples, demonstra a parte teórica aplicável e a explicativa-prática dos exemplos citados, o que faz deste livro um guia indicado para profissionais e acadêmicos afeitos à área contábil.
 

AUTOR(ES)

Rodrigo Antônio Chaves da Silva é Contador; Especialista em Gestão Econômica de Empresas; Consultor de Empresas nas Áreas de Custos, Finanças, e Diagnóstico Empresarial; Ganhador de Títulos e Homenagens, tais como: Prêmio Internacional de História Martim Noel Monteiro (2007/2008), Prêmio Internacional de Contabilidade Financeira Luiz Chaves de Almeida (2008/2009) e Prêmio Rogério Fernandes Ferreira (2011); Professor de Contabilidade Geral, Co-mercial, Internacional, Custos, Orçamentos, Gestão, e Teoria Contábil desde 2008; Articulista em Revistas de Importantes Universidades e Institutos, como: Universidade do Chile, Colômbia, Portugal, Argentina, Venezuela e Brasil, tendo mais de 100 artigos publicados em sites e revistas; Secretário da ACIN (Associação Científica Internacional Neopatrimonialista) e Membro da Corrente do Neopatrimonialismo Contábil.

PORQUE COMPRAR

APLICAÇÃO
Indicado como guia prático-acadêmico para estudantes, professores e profissionais das áreas empresarial, contábil e de auditoria.

 

SUMÁRIO

Advertência ao Leitor

Capítulo 1 - A Importância do Exame dos Balanços

1.1 Empresas e balanços

1.2 O balanço e o seu exame

1.3 Diferencial dos exames para o empresariado

Capítulo 2 - O Que é um Balanço

2.1 Conceitos de balanço e riqueza

2.2 O que significa a palavra balanço

2.3 A importância dos balanços

2.4 Balanço e decisão

Capítulo 3 - A Divisão do Balanço

3.1 O balanço como conjunto e seus principais aspectos

3.2 O balanço e seu objeto

3.3 Aspecto qualitativo

3.4 Aspecto quantitativo

Capítulo 4 - Para que Examinar um Balanço

4.1 Gestão segura com base nos exames

4.2 Gestão de principais fenômenos

4.3 Verificação da capacidade financeira

4.4 Verificação da capacidade lucrativa

Capítulo 5 - A Estrutura do Balanço a ser Analisada

5.1 O balanço a ser examinado

5.2 O demonstrativo de resultado

Capítulo 6 - Os Métodos de Exames

6.1 O que é o método e a análise

6.2 Uma matemática simples

6.3 Aplicação dos quocientes

6.4 Divisão dos exames de balanço

Capítulo 7 - Analisando a Capacidade de Pagamento

7.1 A primeira capacidade a ser examinada é a financeira

7.2 O que é liquidez

7.3 A liquidez comum

7.4 Liquidez seca

7.5 Entendendo a liquidez e fazendo comparações

Capítulo 8 - Uma Capacidade Geral de Pagamento

8.1 A liquidez a longo prazo

8.2 Liquidez geral

8.3 Entendimentos sobre o quociente

Capítulo 9 - Examinando a Capacidade de o Estoque se Transformar em Dinheiro

9.1 Outro sentido para a capacidade financeira (dinâmica)

9.2 O giro comercial

9.3 O giro dos estoques

9.4 Entendimentos do giro dos estoques

Capítulo 10 - Examinando o Nível de Recebimento

10.1 Visão dos créditos a receber ou faturamento

10.2 Os créditos a receber e alguns aspectos

10.3 A capacidade ou o nível de recebimento

10.4 É bom vender a longo prazo ou a curto prazo?

Capítulo 11 - O Giro dos Fornecedores, Contas a Pagar, e Dívidas Gerais

11.1 As dívidas em geral e seu giro

11.2 Quocientes de giro de fornecedores e dívidas a pagar de modo geral

11.3 Avaliando o giro dos fornecedores

11.4 Avaliando o giro das dívidas gerais

11.5 O tempo de receber e pagar

Capítulo 12 - Imobilizar Muito é Perigoso

12.1 O risco dos imobilizados

12.2 A natureza do imobilizado e o capital de giro

12.3 O quociente de imobilização

12.4 Interpretação sobre a imobilização do capital

Capítulo 13 - As Dívidas em Excesso são Prejudiciais para a Empresa

13.1 Natureza das dívidas

13.2 O endividamento e o capital próprio

13.3 Interpretações diversas relativas ao resultado

Capítulo 14 - As Vendas Devem Transmitir Lucro

14.1 Nova visão do exame dos lucros e importância

14.2 Proveito nas vendas

14.3 Lucratividade das vendas

14.4 Explicações

Capítulo 15 - Os Custos e Despesas são Perigosos

15.1 A causa da lucratividade

15.2 Como manter custos e despesas

15.3 A absorção dos custos

15.4 A absorção das despesas

15.5 Algumas comparações

Capítulo 16 - O Rendimento do Ativo Circulante

16.1 A rentabilidade

16.2 Para que serve o ativo circulante?

16.3 O quociente de rendimento do ativo circulante

16.4 Averiguação em relação aos giros

Capítulo 17 - O Rendimento Natural da Empresa

17.1 A rentabilidade natural

17.2 O capital próprio e sua importância

17.3 A rentabilidade do capital próprio

17.4 Averiguação da rentabilidade e prosperidade geral

Capítulo 18 - Como a Empresa Quebra

18.1 A possibilidade de falência da empresa no diagnóstico do exame

18.2 As doenças empresariais e o exame de balanços

18.3 A insolvência

18.4 A liquidação

18.5 Quociente de solvência

18.6 Interpretação

18.7 A solvência e a conclusão do exame da empresa

Capítulo 19 - Conclusão sobre o Exame de Balanços

Referências

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Absorção das despesas
  • Absorção dos custos
  • Advertência ao leitor
  • Analisando a capacidade de pagamento
  • Análise. O que é o método e a análise
  • Aplicação dosquocientes
  • Ativo circulante. Para que serve o ativo circulante?
  • Ativo circulante. Quociente de rendimento do ativo circulante
  • Ativo circulante. Rendimento do ativo circulante
  • Avaliando o giro dasdívidas gerais
  • Avaliando o giro dos fornecedores
  • Averiguação da rentabilidadee prosperidade geral
  • Averiguação em relação aos giros

B

  • Balanço a ser examinado
  • Balanço como conjunto e seus principais aspectos
  • Balanço e decisão
  • Balanço e oseu exame
  • Balanço e seu objeto
  • Balanço. Aspecto qualitativo
  • Balanço. Aspecto quantitativo
  • Balanço. Conceitos de balanço e riqueza
  • Balanço. Divisão do balanço
  • Balanço. Estrutura do balanço a ser analisada
  • Balanço. Importância dos balanços
  • Balanço. O que é um balanço
  • Balanço. O que significaa palavra balanço
  • Balanço. Para que examinar um balanço
  • Balanços. Empresas e balanços

C

  • Capacidade de pagamento. Analisando
  • Capacidade de pagamento. Primeira capacidade a ser examinada é a financeira
  • Capacidade financeira. Outro sentido para a capacidade financeira (dinâmica)
  • Capacidade financeira. Verificação da capacidade financeira
  • Capacidade geral de pagamento
  • Capacidade lucrativa. Verificação da capacidade lucrativa
  • Capacidade ou o nívelde recebimento
  • Capital de giro. Natureza do imobilizado e o capital de giro
  • Capital próprio e sua importância
  • Capital próprio. Endividamento e o capital próprio
  • Capital próprio. Rentabilidade do capital próprio
  • Causa da lucratividade
  • Comparações. Algumas comparações
  • Comparações. Entendendo a liquidez e fazendo comparações
  • Conceitos de balanço e riqueza
  • Conclusão sobre o exame de balanços
  • Créditos a receber e alguns aspectos
  • Créditos. Visão dos créditos a receber ou faturamento
  • Curto prazo. É bom vender a longo prazo ou a curto prazo?
  • Custos e despesas são perigosos
  • Custos. Absorção dos custos
  • Custos. Como manter custos e despesas

D

  • Decisão e balanço
  • Demonstrativo de resultado
  • Despesas. Absorção das despesas
  • Despesas. Como mantercustos e despesas
  • Diagnóstico do exame. Possibilidade de falência da empresa no diagnóstico do exame
  • Diferencial dos examespara o empresariado
  • Dinheiro. Examinando a capacidade de o estoque se transformar em dinheiro
  • Dívidas em excesso são prejudiciais para a empresa
  • Dívidas em geral e seu giro
  • Dívidas. Avaliando o giro das dívidas gerais
  • Dívidas. Naturezadas dívidas
  • Divisão do balanço
  • Divisão dos exames de balanço
  • Doenças empresariais eo exame de balanços

E

  • Empresa. Como a empresa quebra
  • Empresa. Dívidas em excesso são prejudiciais para a empresa
  • Empresa. Rendimento natural da empresa
  • Empresariado. Diferencial dos exames para o empresariado
  • Empresas e balanços
  • Endividamento e o capital próprio
  • Entendendo a liquidez e fazendo comparações
  • Entendimentos do giro dos estoques
  • Estoque. Entendimentos do giro dos estoques
  • Estoque. Examinando a capacidade de o estoque se transformar em dinheiro
  • Estoque. Girodos estoques
  • Exame da empresa. Solvência e a conclusão do exame da empresa
  • Exame de balanços. Conclusão
  • Exame de balanços. Doenças empresariais e o exame de balanços
  • Exame dos balanços. Importância
  • Exame. Balanço a ser examinado
  • Exame. Balanço eo seu exame
  • Exame. Métodos de exames
  • Exames de balanço. Divisão
  • Exames. Diferencial dos exames para o empresariado
  • Exames. Gestão seguracom base nos exames
  • Examinando a capacidade de o estoque se transformar em dinheiro
  • Examinando o nível de recebimento
  • Explicações

F

  • Falência. Possibilidade de falência da empresa no diagnóstico do exame
  • Faturamento. Visão dos créditos a receber ou faturamento
  • Fenômenos. Gestão de principais fenômenos
  • Fornecedor. Avaliando o giro dos fornecedores
  • Fornecedor. Quocientes de giro de fornecedores e dívidas a pagar de modo geral

G

  • Gestão de principais fenômenos
  • Gestão segura com base nos exames
  • Giro comercial
  • Giro dos estoques
  • Giro dos estoques. Entendimentos do giro dos estoques
  • Giro dos fornecedores, contasa pagar, e dívidas gerais
  • Giro financeiro. Averiguaçãoem relação aos giros
  • Giro financeiro. Dívidas em geral e seu giro

I

  • Imobilizado. Natureza do imobilizado e o capital de giro
  • Imobilizado. Quociente de imobilização
  • Imobilizado. Riscodos imobilizados
  • Imobilizar muito é perigoso
  • Importância do exame dos balanços
  • Importância dos balanços
  • Insolvência
  • Interpretação sobre a imobilização do capital
  • Interpretação
  • Interpretações diversas relativas ao resultado

L

  • Leitor. Advertência ao leitor
  • Liquidação
  • Liquidez a longo prazo
  • Liquidez comum
  • Liquidez geral
  • Liquidez seca
  • Liquidez. Entendendo a liquidez e fazendo comparações
  • Liquidez. O que é liquidez
  • Longo prazo. É bom vender a longo prazo ou a curto prazo?
  • Lucratividade das vendas
  • Lucratividade. Causa da lucratividade
  • Lucro. Vendas devem transmitir lucro
  • Lucros. Nova visão do examedos lucros e importância

M

  • Matemática simples
  • Método. O que é o método e a análise
  • Métodos de exames

N

  • Natureza do imobilizado eo capital de giro
  • Nova visão do exame doslucros e importância

O

  • Objeto. Balançoe seu objeto

P

  • Pagamento. Analisando a capacidade de pagamento
  • Pagamento. Quocientes de giro de fornecedores e dívidas a pagar de modo geral
  • Possibilidade de falência da empresa no diagnóstico do exame
  • Principais aspectos. Balanço como conjunto e seus principais aspectos
  • Prosperidade geral. Averiguação da rentabilidade e prosperidade geral
  • Proveito nas vendas

Q

  • Quociente de imobilização
  • Quociente de rendimentodo ativo circulante
  • Quociente desolvência
  • Quociente. Aplicaçãodos quocientes
  • Quociente. Entendimentos sobre o quociente
  • Quocientes de giro de fornecedores edívidas a pagar demodo geral

R

  • Recebimento. Capacidade ou o nível de recebimento
  • Referências
  • Rendimento do ativo circulante
  • Rendimento naturalda empresa
  • Rentabilidade do capital próprio
  • Rentabilidade natural
  • Rentabilidade
  • Rentabilidade. Averiguação da rentabilidade e prosperidade geral
  • Resultado. Demonstrativo de resultado
  • Resultado. Interpretações diversas relativas ao resultado
  • Riqueza. Conceitos de balanço e riqueza
  • Risco dos imobilizados

S

  • Solvência e a conclusão do exame da empresa
  • Solvência. Quocientede solvência

T

  • Tempo de receber e pagar

V

  • Vendas devem transmitir lucro
  • Vendas. Lucratividade das vendas
  • Vendas. Proveito nas vendas
  • Verificação da capacidade financeira
  • Verificação da capacidade lucrativa
  • Visão dos créditos a receber ou faturamento
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: