Psicologia Social e Antropologia - Simbolismo e Linguagem à Luz de Juan Cuatrecasas

Maristela Kurowski

Leia na Biblioteca Virtual
Versão Impressa:
de: R$ 79,90 * por
Na compra da versão impressa, o e-Book é brinde!
Versão Digital (e-Book):
Disponível para:  Android  iOS  Windows Phone
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Maristela Kurowski
ISBN v. Impressa: 978853625235-3
ISBN v. Digital: 978853626174-4
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 268
Publicado em: 30/06/2015
Área(s): Psicologia - Social
VERSÃO DIGITAL (E-BOOK)
  • Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS, Android ou Windows Phone;
  • Disponível para as plataformas:
    Android Android 4 ou posterior
    iOS iOS 7 ou posterior
    Windows Phone Windows Phone 8 ou posterior
  • Não compatível para leitura em computadores;
  • Compra apenas via site da Juruá Editora.
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

A presente obra examina e avalia a obra psicobiológica de Juan Cuatrecasas, médico espanhol exilado por motivo da guerra civil à Argentina. Cuatrecasas iniciou sua vida científica na Escola de Barcelona sob a tutoria de Augusto Pi Suñer.  No desenvolvimento de sua vida profissional seguiu a linha holística de investigação, característica dessa Escola.

Na Espanha, foi Catedrático da Faculdade de Medicina de Barcelona.  Depois, na Argentina, foi professor titular da Cátedra de Antropologia Cultural da Universidad de La Plata, como também professor honorário da Universidad John F. Kennedy, Buenos Aires. Aí conheceu Christofredo Jakob, neurólogo alemão, que influenciou a linha de investigação do autor nos estudos filogenéticos e ontogenéticos do cérebro humano.

A principal teoria desenvolvida pelo autor é a de que o homem possui um cérebro óptico, resultante de uma linha específica de evolução do sistema nervoso.  A partir dessa concepção desenvolve seus estudos complementares referentes à linguagem, ao simbolismo e à psicologia social, onde aborda questões de socialização, especialmente em relação com o instinto e a agressividade.

Em sua obra, o autor considerou as teorias de autores como Von Monakow, Teillard de Chardin, e as obras clássicas da psicanálise (Freud e Jung).

AUTOR(ES)

MARISTELA KUROWSKI

Doutora em Psicologia – Cognição, Emoção e Estresse pela Universidad Complutense de Madrid – UCM/Universidade de São Paulo – USP. Graduada em Psicologia. Inscrita no Conselho Regional de Psicologia do Paraná. Especialista em Gerência de Recursos Humanos pela Universidade Federal do Paraná – UFPR. Professora Universitária, Psicoterapeuta, Hipnóloga, Escritora e Palestrante. Tem experiência na área de Psicologia, atuando principalmente em: Psicologia Clínica, Teorias e Sistemas em Psicologia, Psicologia Científica, Psicologia Organizacional e do Trabalho; Consultoria em RH e Orientação Profissional. Membro do corpo Editorial do Periódico Revista Electroneurobiología.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

1 - CONTEXTO CIENTÍFICO E INTELECTUAL

1.1 A Psicologia Espanhola Anterior à Guerra Civil

1.2 As Duas Principais Escolas de Psicologia na Espanha nas Primeiras Décadas do Século XX

1.3 As Principais Correntes Psicológicas na Espanha no Século XX

1.4 Psicotécnica na Espanha

1.5 O Impacto da Guerra Civil na Psicologia Espanhola

1.6 A Influência da Escola Catalana na Formação do Pensamento de Juan Cuatrecasas

1.7 A Unidade Funcional

2 - PERFIL BIOGRÁFICO DE JUAN CUATRECASAS

2.1 Anos de Formação

2.2 Primeiros Passos Profissionais

2.3 A Guerra Civil e a Emigração

2.4 As Etapas de seu Desenvolvimento na América Latina

2.5 A Psicologia na Argentina

2.6 A Singularidade da Argentina

2.7 Os Primeiros Desenvolvimentos da Psicologia na Argentina

2.8 Cuatrecasas na América Latina

2.9 Como Viram a Cuatrecasas Seus Contemporâneos?

2.10 Como Viu Cuatrecasas a Seus Contemporâneos?

3 - A TEORIA DO CÉREBRO ÓTICO

3.1 O Homem, Animal Ótico

3.2 A Teoria de Cuatrecasas Sobre o Cérebro Ótico do Homem

3.3 Conclusão

4 - OS ESTUDOS SOBRE SIMBOLISMO E LINGUAGEM

4.1 Simbolismo e Neurobiologia

4.2 Origem da Linguagem

4.3 Teoria de Cuatrecasas Sobre a Origem da Linguagem

4.4 Conceitos Básicos de Sua Interpretação Sobre a Função Simbólica

4.5 Problemas da Linguagem e Seu Valor Cognitivo Sobre a Essência da Função Simbólica

4.6 Aquisição da Linguagem

4.7 Teoria da Aquisição da Linguagem Segundo Cuatrecasas

4.8 Problemas da Linguagem

4.9 Afasia

4.10 Conceitos de Afasia

4.11 Conclusão

5 - INVESTIGAÇÕES EM PSICOLOGIA SOCIAL E ANTROPOLOGIA

5.1 Introdução

5.2 Ideia Geral de sua Psicologia Social

5.3 Os Fatores de Socialização e a Agressão Socializada

5.4 Sua análise do Homem-Massa

5.5 Conclusão

6 - AS INFLUÊNCIAS DOMINANTES EM SUA OBRA

6.1 Ajuriaguerra

6.2 Berkeley

6.3 Broca

6.4 Freud

6.5 Hebb

6.6 Herrera

6.7 Jackson

6.8 Jakob

6.9 Jung

6.10 Lévi-Strauss

6.11 Llull

6.12 Monakow

6.13 Mourgue

6.14 Müller

6.15 Piaget

6.16 Teilhard de Chardin

6.17 Vilanova

6.18 Conclusão

CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

APÊNDICES

Apêndice do Capítulo 3 - A Teoria do Cérebro Oculto

Apêndice do Capítulo 4 - Os Estudos Sobre Simbolismo e Linguagem

Apêndice do Capítulo 5 - Investigações em Psicologia Social e Antropologia

Lista de Tabelas

Tabela 1 - Cursos ministrados em Rosário por Juan Cuatrecasas (1938 -1961)

Tabela 2 - Cursos ministrados na Universidade de La Plata por Juan Cuatrecasas (1959 -1968)

Tabela 3 - Síndromes afásicas e sintomatologia

Tabela 4 - Relação de autores mais citados na obra de Cuatrecasas

Tabela 5 - Relação de trabalhos relacionados com temas sobre o Cérebro Humano

Tabela 6 - Distribuição cronológica das referências de El Hombre, Animal Óptico - 1962

Tabela 7 - Distribuição das referências de El Hombre, Animal Óptico - 1962, segundo o idioma da publicação

Tabela 8 - Referências bibliográficas atuais do livro El Hombre, Animal Óptico, segundo o índice de Price (anos 1958-1962)

Tabela 9 - Distribuição cronológica das referências de Psicología de la Percepción Visual - 1981

Tabela 10 - Distribuição das referências de Psicología de la Percepción Visual - 1981, segundo o idioma da publicação

Tabela 11 - Referências bibliográficas atuais do livro Psicología de la Percepción Visual, segundo o índice de Price (anos 1977-1981)

Tabela 12 - Relação de trabalhos com temas sobre a Linguagem

Tabela 13 - Distribuição cronológica das referências de Psicobiología del Lenguaje - 1958

Tabela 14 - Distribuição das referências de Psicologia del Lenguaje - 1958, segundo o idioma de publicação

Tabela 15 - Referências bibliográficas atuais do livro Psicobiología del Lenguaje, segundo o índice de Price (anos 1953-1957)

Tabela 16 - Relação cronológica das referências de Lenguaje, Semántica y Campo Simbólico - 1972

Tabela 17 - Distribuição das referências de Lenguaje, Semántica y Campo Simbólico - 1972, segundo o idioma da publicação

Tabela 18 - Referências bibliográficas atuais do livro Lenguaje, Semantica y Campo Simbolico, segundo o índice de Price (anos 1968-1972)

Tabela 19 - Relação de trabalhos relacionados com temas sobre Antropologia, Psicologia Social e Ensaio Histórico

Tabela 20 - Distribuição cronológica das referências bibliográficas de Biología y Democracia - 1943

Tabela 21 - Distribuição das referências bibliográficas de Biología y Democracia - 1943, segundo o idioma de publicação

Tabela 22 - Referências bibliográficas atuais, do livro Biología y Democracia, segundo o índice de Price (anos 1939-1943)

Tabela 23 - Distribuição cronológica das referências de Problemas Modernos de Antropogénesis - 1963

Tabela 24 - Distribuição das referências bibliográficas de Problemas Modernos de Antropogénesis - 1963, segundo o idioma de publicação

Tabela 25 - Referências bibliográficas atuais, do livro Problemas Modernos de Antropogénesis, segundo o índice de Price (anos 1958-1962)

Tabela 26 - Distribuição cronológica das referências bibliográficas de La Metamorfosis del Hombre Masa - 1ª edición - 1967, 2ª edición - 1981

Tabela 27 - Distribuição da referência bibliográfica de La Metamorfosis del Hombre Masa - 1ª edição - 1967, 2ª edição - 1981, segundo o idioma de publicação

Tabela 28 - Referências bibliográficas atuais do livro La Metamorfosis del Homem-Masa, segundo o índice de Price (anos 1962-1966)

Tabela 29 - Distribuição cronológica das referências bibliográficas de Ramón Llull - Médico y Filósofo - 1977

Tabela 30 - Distribuição das referências bibliográficas de Ramón Llull - Médico y Filósofo - 1977, segundo o idioma de publicação

Tabela 31 - Referências bibliográficas atuais do livro Ramón Llull, Médico e Filósofo, segundo o índice de Price (anos 1972-1976)

Tabela 32 - Distribuição cronológica das referências bibliográficas de Psicogenia de la Agresión - 1983

Tabela 33 - Distribuição das referências bibliográficas de Psicogenia de la Agresión - 1983, segundo o idioma de publicação

Tabela 34 - Referências bibliográficas atuais do livro Psicogenia de la Agresión, segundo o índice de Price (anos 1978-1982)

Tabela 35 - Distribuição cronológica das referências bibliográficas de Perfil del Hombre - Psicobiología Social y Valores - 1989

Tabela 36 - Distribuição das referências bibliográficas de Psicogenia de la Agresión - 1983, segundo o idioma de publicação

Tabela 37 - Referências bibliográficas atuais do livro Perfil del Homem - Psicobiología Social y Valores, segundo o índice de Price (anos 1985-1989)

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Afasia
  • Afasia. Conceitos de afasia
  • Agressão socializada. Fatores de socialização e a agressão socializada
  • Ajuriaguerra. Influências dominantes em sua obra
  • Antropologia. Investigações em psicologia social e antropologia
  • Apêndice do capítulo 3 - A teoria do cérebro oculto
  • Apêndice do capítulo 4 - Os estudos sobre simbolismo e linguagem
  • Apêndice do capítulo 5 - Investigações em psicologia social e antropolo-gia
  • Apêndices

B

  • Berkeley. Influências dominantes em sua obra
  • Biografia. Perfil biográfico de Juan Cuatrecasas
  • Broca. Influências dominantes em sua obra

C

  • Cérebro ótico. Teoria do cérebro ótico
  • Considerações finais

E

  • Escola Catalana. Influência da escola catalana na formação do pensa-mento de Juan Cuatrecasas
  • Espanha. Duas principais escolas de psicologia na Espanha nas primeiras décadas do século XX
  • Espanha. Principais correntes psicológicas na Espanha no século XX
  • Espanha. Psicotécnica na Espanha
  • Estudos sobre simbolismo e linguagem
  • Estudos sobre simbolismo e linguagem. Conclusão

F

  • Fatores de socialização e a agressão socializada
  • Freud. Influências dominantes em sua obra

H

  • Hebb. Influências dominantes em sua obra
  • Herrera. Influências dominantes em sua obra
  • Homem-massa. Sua análise do homem-massa

I

  • Ideia geral de sua psicologia social
  • Impacto da guerra civil na psicologia Espanhola
  • Influência da escola catalana na formação do pensamento de Juan Cua-trecasas
  • Influências dominantes em sua obra
  • Introdução
  • Investigações em psicologia social e antropologia
  • Investigações em psicologia social e antropologia. Introdução
  • Investigações em psicologia social e antropologia.Conclusão

J

  • Jackson. Influências dominantes em sua obra
  • Jakob. Influências dominantes em sua obra
  • Juan Cuatrecasas. Influência da escola catalana na formação do pensa-mento de Juan Cuatrecasas
  • Juan Cuatrecasas. Influências dominantes em sua obra. Conclusão
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico de Juan Cuatrecasas
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico. Anos de formação
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico. Como viram a Cuatrecasas seus con-temporâneos?
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico. Como viu Cuatrecasas a seus con-temporâneos?
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico. Cuatrecasas na América Latina
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico. Etapas de seu desenvolvimento na América Latina
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico. Guerra civil e a emigração
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico. Primeiros desenvolvimentos da psico-logia na Argentina
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico. Primeiros passos profissionais
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico. Psicologia na Argentina
  • Juan Cuatrecasas. Perfil biográfico. Singularidade da Argentina
  • Jung. Influências dominantes em sua obra

L

  • Lévi-Strauss. Influências dominantes em sua obra
  • Linguagem. Aquisição da linguagem
  • Linguagem. Estudos sobre simbolismo e linguagem
  • Linguagem. Origem da linguagem
  • Linguagem. Problemas da linguagem e seu valor cognitivo sobre a essên-cia da função simbólica
  • Linguagem. Problemas da linguagem
  • Linguagem. Teoria da aquisição da linguagem segundo Cuatrecasas
  • Linguagem. Teoria de Cuatrecasas sobre a origem da linguagem
  • Llull. Influências dominantes em sua obra

M

  • Monakow. Influências dominantes em sua obra
  • Mourgue. Influências dominantes em sua obra
  • Müller. Influências dominantes em sua obra

N

  • Neurobiologia. Simbolismo e neurobiologia

P

  • Perfil biográfico de Juan Cuatrecasas
  • Piaget. Influências dominantes em sua obra
  • Psicologia espanhola anterior à guerra civil
  • Psicologia espanhola. Impacto da guerra civil na psicologia espanhola
  • Psicologia espanhola. Unidade funcional
  • Psicologia social. Contexto científico e intelectual
  • Psicologia social. Ideia geral de sua psicologia social
  • Psicologia social. Investigações em psicologia social e antropologia
  • Psicologia. Duas principais escolas de psicologia na Espanha nas primeiras décadas do século XX
  • Psicologia. Principais correntes psicológicas na Espanha no século XX
  • Psicotécnica na Espanha

R

  • Referências

S

  • Simbolismo e neurobiologia
  • Simbolismo. Conceitos básicos de sua interpretação sobre a função sim-bólica
  • Simbolismo. Estudos sobre simbolismo e linguagem
  • Socialização. Fatores de socialização e a agressão socializada

T

  • Teilhard de Chardin. Influências dominantes em sua obra
  • Teoria de Cuatrecasas sobre a origem da linguagem
  • Teoria do cérebro ótico
  • Teoria do cérebro ótico. Conclusão
  • Teoria do cérebro ótico. Homem, Animal Ótico
  • Teoria do cérebro ótico. Teoria de Cuatrecasas sobre o cérebro ótico do homem

V

  • Vilanova. Influências dominantes em sua obra
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: