Psicologia da Informação e Comunicação - As Matrizes Digitais da Existência

Victor Henrique Visocki

Versão impressa

por R$ 109,90em 4x de R$ 27,48Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
de R$ 77,70*
por R$ 66,05em 2x de R$ 33,02Adicionar ao carrinho

* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel

Ficha técnica

Autor(es): Victor Henrique Visocki

ISBN v. impressa: 978853629639-5

ISBN v. digital: 978853629892-4

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 317grs.

Número de páginas: 256

Publicado em: 13/05/2022

Área(s): Psicologia - Diversos

Versão Digital (eBook)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

A relação coletiva com instrumentos tecnológicos modificou e modifica como concebemos e manejamos nossas realidades. Esse livro aborda as transformações e as influências trazidas pelo fenômeno definidor de nosso tempo (e dos vindouros): a relação humana com a Internet. Com mais de 30 anos de idade, essa tecnologia da informação e comunicação (TIC) se tornou relevante – e protagonista – para a construção e compreensão da humanidade e suas culturas, o que se intensificou em decorrência da pandemia de COVID-19.

A inserção (e centralidade) da Internet em diversas dimensões da vida humana também provocou uma onda de inquietações: o que vivemos na Internet é real ou mera simulação virtual? Estamos adoecidos psicologicamente, socialmente e fisicamente em razão dessa vivência? Estamos produzindo consumidores, dependentes tecnológicos ou cidadãos digitais? Grandes corporações e estados devem mandar na Internet? Como lidar com a violência, desinformação, pós-verdade e fake news? Estamos preparados para conviver em escala global?

Este livro pode ser considerado um diário da jornada que percorri ao explorar tais questionamentos. Tive como produto um conjunto de interpretações e reflexões sobre a situação psicológica de uma humanidade mediada pelas TICs e suas consequências à construção de indivíduos e culturas no início do século XXI. Evitando estragar surpresas, afirmo que neste livro há uma sequência de viragens de raciocínio que revolucionarão suas perspectivas sobre a inserção, manutenção e futuro da Internet em nossas vidas.

A Internet não nos apresenta uma natureza outra, mas sim constitui o pináculo da necessidade humana de criar e expressar seus sensos de realidade. É necessário que incorporemos essas matrizes digitais da existência em nossas vidas. Somente assim conseguiremos tratar de maneira franca e humanizada as problemáticas que insistentemente sobem em nossas telas, mesmo com a pressa de nossos dedos, o desviar de nosso olhar e a vontade de que aquilo não exista.

Autor(es)

VICTOR HENRIQUE VISOCKI

Formado em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná, Victor teve a infância marcada por revistas em quadrinhos, enciclopédias, livros e videogames – o que fez germinar sua paixão pelo desenvolvimento humano por meio de produtos midiáticos, tecnológicos e educação. Em 2020 foi selecionado como embaixador do estado do Paraná no programa nacional “Cidadão Digital”, produzido pela SaferNet Brasil em parceria com a Meta Platforms (antiga Facebook). Desenvolveu e aplicou mediações educacionais sobre direitos humanos, saúde psicológica, tecnologia e cidadania em todo o país – impactando diretamente mais de 10 mil estudantes de redes públicas de ensino, 1.500 educadores, 1.100 familiares e 900 mil espectadores de TV e rádio.

Sumário

PARTE I - EXPANDINDO A FIGURA: A SITUAÇÃO HUMANA MEDIADA POR INSTRUMENTOS TECNOLÓGICOS, p. 27

Capítulo 1 - INSTRUMENTOS TECNOLÓGICOS: CONSTRUTORES DO PASSADO, PRESENTE E FUTURO, p. 29

Instrumentos tecnológicos, Tecnologia e Sociedade, p. 31

I. Tecnologias para informar e comunicar, p. 35

II. A vida em matrizes digitais da Internet, p. 37

Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições, p. 43

I. Medicina, p. 44

II. Sociologia, p. 47

III. Filosofia, p. 48

IV. História, p. 48

V. Comunicação Social, p. 49

VI. Psicologia, p. 50

Pontos-cegos, p. 51

I. Compartimentalização de conhecimentos, p. 53

II. Separação entre indivíduos e mundo, p. 54

III. Escassez de produções psicológicas, p. 56

Uma postura fenomenológica à visibilidade, p. 57

I. Fenomenologia como método, p. 57

II. Fenomenologia como constructo sobre processos de subjetivação, p. 59

III. Fenomenologia como proposta humanista, p. 62

Capítulo 2 - AMBIENTES DIGITAIS: OS LUGARES MAIS FREQUENTADOS DO SÉCULO XXI, p. 65

A lareira, p. 65

O que fala a falta, p. 69

De exploração a introspecção: uma mudança paradigmática da Internet, p. 72

O cômodo de vidro, p. 75

Internet e Narcisismo, p. 77

O falso paradoxo do individualismo, p. 80

Refúgio, p. 82

O mundo presencial, p. 86

Capítulo 3 - PARTE DA FIGURA: INTERESSES E INFLUÊNCIAS INSTITUCIONAIS NAS RELAÇÕES HUMANAS MEDIADAS POR TICS, p. 89

Humanos feitos de pedras. Pedras feitas de humanos, p. 90

Fique à vontade, a casa é sua, p. 94

Paredes transparentes, p. 99

Geleia-real, p. 101

O movimento de marionete, p. 106

As cordas, p. 110

Capítulo 4 - A OUTRA PARTE DA FIGURA: REDES PRESENCIAIS EM DECLÍNIO, p. 115

Desmoronamento das fundações, p. 116

Crise de relações, p. 118

Vagantes em uma realidade inóspita, p. 121

Capítulo 5 - QUEM NÓS SOMOS E SEREMOS: UM PARADOXO PRESENCIAL E DIGITAL, p. 125

No rastro por oásis, p. 126

Insuficiência de apoio constitutivo, p. 128

Tal filho, tal pai, p. 132

Não é um problema de mariposas, p. 134

PARTE II - MATRIZES DIGITAIS DA EXISTÊNCIA: O DIGITAL E O PRESENCIAL EM CONFLUÊNCIA, p. 137

Capítulo 6 - HUMANIDADE FEITA DE MUNDO, MUNDO FEITO DE HUMANIDADE, p. 139

O ser como construção, p. 139

Linguagem como instrumento tecnológico, p. 142

Realidade como construção, p. 144

Sociedade como construção, p. 146

Toda realidade é construção — e vice-versa, p. 148

Versa, p. 154

Capítulo 7 - UMA POSSIBILIDADE DIGITAL, p. 157

O real, incognoscível, p. 157

Pós-modernidade: Fragmentação ou despertar?, p. 158

A realidade tem natureza líquida, p. 161

A ânsia pelo real, o vazio e a vertigem, p. 162

O real pelos olhos digitais, p. 165

Para onde levam os caminhos digitais?, p. 168

Capítulo 8 - O MUNDO EM AMBIENTES DIGITAIS, p. 173

Cibercultura e processos de subjetivação, p. 173

Uma Instituição de bolso, p. 176

O digital como caminho para processos de subjetivação, p. 179

Valor digital, p. 182

Situação no mundo: Digital e presencial, p. 183

Capítulo 9 - VIRTUAL VS. REAL: A NECESSÁRIA QUEBRA DE UMA DICOTOMIA, p. 187

Não há solidez?, p. 188

Não há compromisso?, p. 190

Não há coletivo?, p. 191

Indícios de Criatividade, p. 192

PARTE III - À PARTE DE UMA SÍNDROME POR NOVIDADE: QUAIS SÃO AS MUDANÇAS TRAZIDAS PELA INTERNET?, p. 195

Capítulo 10 - INSEGURANÇA EXISTENCIAL, p. 197

O despertar ao teor criativo da realidade, p. 197

O êxodo às possibilidades de existir, p. 199

Diante da realidade, insegurança existencial, p. 201

Busca por territórios seguros, p. 203

Produtos da insegurança, p. 204

Capítulo 11 - PÓS-VERDADE: A ERA DA CONVICÇÃO, p. 207

Em voga, o clássico, p. 207

Convicto, logo existo, p. 209

Observados, espelhos dos observadores, p. 210

Defesas pelo existir, p. 212

Convicção diante da eterna dúvida, p. 212

Agressividade diante de fraquezas, p. 214

Expressão diante da desimportância, p. 215

Desvínculo do mundo, p. 218

Epílogo, p. 221

CONSIDERAÇÕES FINAIS, p. 223

I - O chamado de Psicologia, p. 224

II - História e Humanismo à relação com instrumentos tecnológicos, p. 227

III - Recuperar a situação no mundo: Não bastam intervenções focalizadas, p. 229

Influências à constituição: Mundo de relações, p. 231

Influências à constituição: Interesses institucionais, p. 232

IV - Éticas das narrativas, p. 236

A Ética do incognoscível, p. 236

A Ética do digital, p. 239

V - O Instrumento tecnológico definitivo: A questão existencial da criação de realidade, p. 240

REFERÊNCIAS, p. 245

Índice alfabético

A

  • Agressividade diante de fraquezas, p. 214
  • Agressividade diante de fraquezas, p. 214
  • Ambiente digital. Mundo em ambientes digitais, p. 173
  • Ambientes digitais. A lareira, p. 65
  • Ambientes digitais. De exploração a introspecção: uma mudança paradigmática da Internet, p. 72
  • Ambientes digitais. Falso paradoxo do individualismo, p. 80
  • Ambientes digitais. Internet e narcisismo, p. 77
  • Ambientes digitais. O cômodo de vidro, p. 75
  • Ambientes digitais. O mundo presencial, p. 86
  • Ambientes digitais. O que fala a falta, p. 69
  • Ambientes digitais. Refúgio, p. 82
  • Ambientes digitais: os lugares mais frequentados do século XXI, p. 65
  • Ânsia pelo real, o vazio e a vertigem, p. 162

B

  • Busca por territórios seguros, p. 203

C

  • Caminhos digitais. Para onde levam os caminhos digitais?, p. 168
  • Cibercultura e processos de subjetivação, p. 173
  • Clássico. Em voga, o clássico, p. 207
  • Coletivo. Não há coletivo?, p. 191
  • Compromisso. Não há compromisso?, p. 190
  • Comunicação. Tecnologias para informar e comunicar, p. 35
  • Considerações finais, p. 223
  • Contribuição. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições, p. 43
  • Convicção diante da eterna dúvida, p. 212
  • Convicto, logo existo, p. 209
  • Criatividade. Indícios de criatividade, p. 192
  • Crise de relações, p. 118

D

  • Defesas pelo existir, p. 212
  • Desmoronamento das fundações, p. 116
  • Despertar ao teor criativo da realidade, p. 197
  • Desvínculo do mundo, p. 218
  • Diante da realidade, insegurança existencial, p. 201
  • Dicotomia. Virtual vs. Real: a necessária quebra de uma dicotomia, p. 187
  • Digital como caminho para processos de subjetivação, p. 179
  • Digital. Matrizes digitais da existência: o digital e o presencial em confluência, p. 137
  • Digital. Mundo em ambientes digitais, p. 173
  • Digital. Para onde levam os caminhos digitais?, p. 168
  • Digital. Quem nós somos e seremos: um paradoxo presencial e digital, p. 125
  • Digital. Real pelos olhos digitais, p. 165
  • Digital. Situação no mundo: digital e presencial, p. 183
  • Digital. Uma possibilidade digital, p. 157
  • Digital. Uma possibilidade digital. O real, incognoscível, p. 157
  • Digital. Valor digital, p. 182
  • Dúvida. Convicção diante da eterna dúvida, p. 212

E

  • Epílogo, p. 221
  • Era da convicção. Pós-verdade: a era da convicção, p. 207
  • Ética do digital. Considerações finais, p. 239
  • Ética do incognoscível. Considerações finais, p. 236
  • Éticas das narrativas. Considerações finais, p. 236
  • Existência. Convicto, logo existo, p. 209
  • Existência. Defesas pelo existir, p. 212
  • Existência. Êxodo às possibilidades de existir, p. 199
  • Existência. Matrizes digitais da existência: o digital e o presencial em confluência, p. 137
  • Êxodo às possibilidades de existir, p. 199
  • Expandindo a figura: a situação humana mediada por instrumentos tecnológicos, p. 27
  • Expressão diante da desimportância, p. 215

F

  • Fenômeno. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições, p. 43
  • Fenomenologia como constructo sobre processos de subjetivação, p. 59
  • Fenomenologia como método, p. 57
  • Fenomenologia como proposta humanista, p. 62
  • Fenomenologia. Uma postura fenomenológica à visibilidade, p. 57
  • Figura. Outra parte da figura: redes presenciais em declínio, p. 115
  • Fraqueza. Agressividade diante de fraquezas, p. 214
  • Fraqueza. Agressividade diante de fraquezas, p. 214
  • Fundações. Desmoronamento das fundações, p. 116
  • Futuro. Instrumentos tecnológicos: construtores do passado, presente e futuro, p. 29

H

  • História e humanismo à relação com instrumentos tecnológicos. Considerações finais, p. 227
  • Humanidade feita de mundo, mundo feito de humanidade, p. 139
  • Humanos feitos de pedras. Pedras feitas de humanos, p. 90

I

  • Importância. Expressão diante da desimportância, p. 215
  • Individualismo. Ambientes digitais. Falso paradoxo do individualismo, p. 80
  • Influências à constituição: Interesses institucionais. Considerações finais, p. 232
  • Influências à constituição: Mundo de relações. Considerações finais, p. 231
  • Informação. Tecnologias para informar e comunicar, p. 35
  • Insegurança existencial, p. 197
  • Insegurança existencial. Diante da realidade, insegurança existencial, p. 201
  • Instituição. Uma instituição de bolso, p. 176
  • Instrumento tecnológico definitivo: A questão existencial da criação de realidade. Considerações finais, p. 240
  • Instrumentos tecnológicos, tecnologia e sociedade, p. 31
  • Instrumentos tecnológicos. Expandindo a figura: a situação humana mediada por instrumentos tecnológicos, p. 27
  • Instrumentos tecnológicos. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições. Comunicação Social, p. 49
  • Instrumentos tecnológicos. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições. Filosofia, p. 48
  • Instrumentos tecnológicos. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições. História, p. 48
  • Instrumentos tecnológicos. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições. Medicina, p. 44
  • Instrumentos tecnológicos. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições. Pontos-cegos, p. 51
  • Instrumentos tecnológicos. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições. Pontos-cegos. Compartimentalização de conhecimentos, p. 53
  • Instrumentos tecnológicos. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições. Pontos-cegos. Escassez de produções psicológicas, p. 56
  • Instrumentos tecnológicos. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições. Pontos-cegos. Separação entre indivíduos e mundo, p. 54
  • Instrumentos tecnológicos. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições. Psicologia, p. 50
  • Instrumentos tecnológicos. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições. Sociologia, p. 47
  • Instrumentos tecnológicos: construtores do passado, presente e futuro, p. 29
  • Internet. À parte de uma síndrome por novidade: quais são as mudanças trazidas pela internet?, p. 195
  • Internet. Vida em matrizes digitais da Internet, p. 37

L

  • Linguagem como instrumento tecnológico, p. 142

M

  • Matrizes digitais da existência: o digital e o presencial em confluência, p. 137
  • Matrizes digitais. Vida em matrizes digitais da Internet, p. 37
  • Mundo em ambientes digitais, p. 173
  • Mundo. Desvínculo do mundo, p. 218

N

  • Narcisismo. Ambientes digitais. Internet e narcisismo, p. 77
  • Natureza líquida. Realidade tem natureza líquida, p. 161

O

  • Observação. Observados, espelhos dos observadores, p. 210
  • Olhos digitais. Real pelos olhos digitais, p. 165
  • Outra parte da figura: redes presenciais em declínio, p. 115

P

  • Paradoxo presencial e digital. Insuficiência de apoio constitutivo, p. 128
  • Paradoxo presencial e digital. Não é um problema de mariposas, p. 134
  • Paradoxo presencial e digital. No rastro por oásis, p. 126
  • Paradoxo presencial e digital. Quem nós somos e seremos: um paradoxo presencial e digital, p. 125
  • Paradoxo presencial e digital. Tal filho, tal pai, p. 132
  • Parte da figura: interesses e influências institucionais nas relações humanas mediadas por TICS, p. 89
  • Passado. Instrumentos tecnológicos: construtores do passado, presente e futuro, p. 29
  • Perspectiva. Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições, p. 43
  • Pós-modernidade: fragmentação ou despertar?, p. 158
  • Pós-verdade: a era da convicção, p. 207
  • Presencial em confluência. Matrizes digitais da existência: o digital e o presencial em confluência, p. 137
  • Presencial. Quem nós somos e seremos: um paradoxo presencial e digital, p. 125
  • Presencial. Situação no mundo: digital e presencial, p. 183
  • Presente. Instrumentos tecnológicos: construtores do passado, presente e futuro, p. 29
  • Produtos da insegurança, p. 204
  • Psicologia. O chamado de Psicologia. Considerações finais, p. 224

Q

  • Quem nós somos e seremos: um paradoxo presencial e digital, p. 125

R

  • Real pelos olhos digitais, p. 165
  • Real, incognoscível, p. 157
  • Real. Ânsia pelo real, o vazio e a vertigem, p. 162
  • Realidade como construção, p. 144
  • Realidade inóspita. Vagantes em uma realidade inóspita, p. 121
  • Realidade tem natureza líquida, p. 161
  • Realidade. Despertar ao teor criativo da realidade, p. 197
  • Realidade. Diante da realidade, insegurança existencial, p. 201
  • Realidade. Toda realidade é construção - e vice-versa, p. 148
  • Recuperar a situação no mundo: Não bastam intervenções focalizadas. Considerações finais, p. 229
  • Redes sociais. Desmoronamento das fundações, p. 116
  • Redes sociais. Outra parte da figura: redes presenciais em declínio, p. 115
  • Referências, p. 245
  • Refúgio. Ambientes digitais, p. 82
  • Relações humanas. As cordas, p. 110
  • Relações humanas. Fique à vontade, a casa é sua, p. 94
  • Relações humanas. Geleia-real, p. 101
  • Relações humanas. O movimento de marionete, p. 106
  • Relações humanas. Paredes transparentes, p. 99
  • Relações humnas. Parte da figura: interesses e influências institucionais nas relações humanas mediadas por TICS, p. 89
  • Relações. Crise de relações, p. 118

S

  • Século XXI. Ambientes digitais: os lugares mais frequentados do século XXI, p. 65
  • Segurança. Produtos da insegurança, p. 204
  • Ser. O ser como construção, p. 139
  • Síndrome por novidade. À parte de uma síndrome por novidade: quais são as mudanças trazidas pela internet?, p. 195
  • Situação no mundo: digital e presencial, p. 183
  • Sociedade como construção, p. 146
  • Sociedade. Instrumentos tecnológicos, tecnologia e sociedade, p. 31
  • Solidez. Não há solidez?, p. 188
  • Subjetivação. Cibercultura e processos de subjetivação, p. 173
  • Subjetivação. Digital como caminho para processos de subjetivação, p. 179

T

  • Tecnologia. Expandindo a figura: a situação humana mediada por instrumentos tecnológicos, p. 27
  • Tecnologia. Instrumentos tecnológicos, tecnologia e sociedade, p. 31
  • Tecnologia. Instrumentos tecnológicos: construtores do passado, presente e futuro, p. 29
  • Tecnologia. Linguagem como instrumento tecnológico, p. 142
  • Tecnologias para informar e comunicar, p. 35
  • Território seguro. Busca por territórios seguros, p. 203
  • TICS. Parte da figura: interesses e influências institucionais nas relações humanas mediadas por TICS, p. 89

U

  • Uma possibilidade digital, p. 157
  • Uma postura fenomenológica à visibilidade, p. 57

V

  • Vagantes em uma realidade inóspita, p. 121
  • Valor digital, p. 182
  • Vasto fenômeno, múltiplas perspectivas e contribuições, p. 43
  • Vazio. Ânsia pelo real, o vazio e a vertigem, p. 162
  • Verdade. Pós-verdade: a era da convicção, p. 207
  • Versa, p. 154
  • Vertigem. Ânsia pelo real, o vazio e a vertigem, p. 162
  • Vida em matrizes digitais da Internet, p. 37
  • Virtual vs. Real: a necessária quebra de uma dicotomia, p. 187
  • Visibilidade. Uma postura fenomenológica à visibilidade, p. 57

Recomendações

Capa do livro: Violência Patrimonial e a Permanência da Mulher no Relacionamento Abusivo, Rafael Rocha de Oliveira Baptista

Violência Patrimonial e a Permanência da Mulher no Relacionamento Abusivo

 Rafael Rocha de Oliveira BaptistaISBN: 978853629653-1Páginas: 132Publicado em: 11/05/2022

Versão impressa

R$ 59,90em 2x de R$ 29,95Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 40,90* porR$ 34,77 Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: O (Psico) Drama do Ser Humano Quixotesco, Arthur Henrique Pereira

O (Psico) Drama do Ser Humano Quixotesco

 Arthur Henrique PereiraISBN: 978853624207-1Páginas: 90Publicado em: 23/04/2013

Versão impressa

R$ 49,90 Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 34,70* porR$ 29,50 Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Dano Psíquico, Juliana Gerent

Dano Psíquico

 Juliana GerentISBN: 978853629625-8Páginas: 152Publicado em: 28/04/2022

Versão impressa

R$ 69,90em 2x de R$ 34,95Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 49,90* porR$ 42,42 Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Bullying e a Superdotação na Escola, Alex Almeida da Silva e Carina Alexandra Rondini

Bullying e a Superdotação na Escola

 Alex Almeida da Silva e Carina Alexandra RondiniISBN: 978853628886-4Páginas: 74Publicado em: 27/06/2019

Versão impressa

R$ 49,90 Adicionar ao
carrinho