Manual de Conciliação

2ª Edição Revista e Atualizada Francisco Luiz Macedo Junior e Antonio Marcelo Rogoski Andrade

Versão impressa

por R$ 79,90em 3x de R$ 26,63Adicionar ao carrinho

Ficha técnica

Autor(es): Francisco Luiz Macedo Junior e Antonio Marcelo Rogoski Andrade

ISBN: 857394273-8

Edição/Tiragem: 2ª Edição Revista e Atualizada

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 320grs.

Número de páginas: 238

Publicado em: 30/10/2001

Área(s): Direito - Civil - Direito de Família

Sinopse

Neste volume:

ASPECTOS JURÍDICOS

  • Introdução
  • Filosofia: O "COMO" X O "PORQUÊ"
  • Procedimento: O "COMO" & O "PORQUÊ"
  • Atuação ética
  • Os Acordos
  • Acordos de Família
  • Termos e Formulários
  • Anexos
    Termo de acordo com homologação
    Termo de acordo sem homologação
    Termo de arquivamento (Ação Penal Incondicionada)
    Termo de aguardo da queixa-crime
    Termo de Transação Penal
    Organograma dos termos/formulários
    Organograma de possibilidades no trâmite
    Lista de infrações mais ocorrentes

ASPECTOS PSICOLÓGICOS

  • Introdução
  • Um pouco da história deste livro
  • O Conceito de conflito de fundo
  • Condutas do conciliador que promovem a aproximação dele com as partes
  • Momentos Psicológicos de uma audiência de conciliação
  • Criando e mantendo um ambiente propício à conciliação
  • Tipos de intervenções
  • A inter-relação das partes
  • O conciliador e as partes: depositações cruzadas de papéis psicológicos
  • A linguagem não-verbal
  • As emoções mais intensas
  • Postura do Conciliador
  • Afinal, como se aprende a conciliar?
  • O que amas de verdade?

Sumário

1. Introdução, p. 15

2. A Filosofia: o ´COMO´ x o ´PORQUÊ´, p. 17

3. O Procedimento: o ´COMO´ & o ´PORQUÊ´, p. 33

3.1 O ´PORQUÊ, p. 34

3.2 O ´COMO´, p. 38

4. A atuação ética, p. 47

4.1 Regras éticas, p. 48

5. Os Acordos, p. 55

5.1 Composição civil, p. 56

5.2 Problema de fundo, p. 58

5.3 Acordos patrimoniais, p. 65

5.4 Acordos personalíssimos, p. 66

6. Acordos de Família, p. 69

6.1 Guarda, p. 70

6.2 Pensão alimentícia, p. 71

6.3 Direito de visitas, p. 73

7. Os Termos e Formulários, p. 75

7.1 Regras, p. 79

7.2 Redação, p. 80

Anexos - Aspectos Jurídicos, p. 87

Termo de acordo com homologação, p. 89

Termo de acordo sem homologação, p. 90

Termo de arquivamento (Ação Penal Incondicionada), p. 91

Termo de aguardo da queixa-crime, p. 92

Termo de Transação Penal, p. 93

Organograma dos termos/formulários, p. 94

Organograma de possibilidades no trâmite criminal, p. 96

Lista de infrações mais ocorrentes, p. 97

ASPECTOS PSICOLÓGICOS, p. 99

1. Introdução, p. 101

2. Um pouco da história deste livro, p. 105

3. O conceito de conflito de fundo, p. 107

4. Condutas do conciliador que promovem a aproximação dele com as partes:, p. 119

4.1 Estado emocional de calma, p. 119

4.2 Uso de nomes próprios ou nomeação do outro pertinente a cada situação, p. 121

5. Momentos Psicológicos de uma audiência de conciliação, p. 123

6. Criando e mantendo um ambiente propício à conciliação, p. 127

6.1 Linguagem, p. 127

6.1.1 Clareza e simplicidade, p. 127

6.2 Confiança e cooperação, p. 128

7. Tipos de intervenções, p. 131

7.1 Técnicas de mediação, p. 131

7.1.1 Dando informações, p. 131

7.1.2 Fazendo perguntas, p. 132

7.1.3 Incentivando a expressão verbal, p. 137

7.1.4 Ajudando uma das partes a escutar a outra, p. 139

7.1.5 Colocando-se no lugar do outro, p. 140

7.1.6 Reformulação, p. 141

7.1.7 Escuta ativa (ou espelhando sentimentos), p. 143

7.1.8 Mudança de perspectiva, p. 145

7.1.9 Marcadores verbais e não-verbais, p. 172

7.1.10 Resumindo, p. 173

7.1.11 Silenciando, p. 174

7.1.12 Dando direcionamento às partes, p. 174

7.2 Quantidade de intervenções, p. 175

7.2.1 Nem excesso nem déficit, p. 175

7.2.2 Cuidados na contextualização jurídica, p. 176

8. A inter-relação das partes, p. 179

8.1 Percebendo o que se passa em cada um, p. 179

8.2 Como vejo o outro e como o outro me vê, p. 179

9. O conciliador e as partes: depositações cruzadas de papéis psicológicos, p. 181

10. A linguagem não-verbal, p. 193

11. As emoções mais intensas:, p. 195

11.1 A raiva, p. 195

11.2 O medo e a inibição, p. 196

12. Postura do conciliador, p. 199

12.1 Neutralidade ativa, p. 199

12.2 Flexibilidade, p. 209

12.3 Equilíbrio entre função analítica e sintética, p. 215

12.4 Funções de estruturação cognitiva e emocional da audiência, p. 221

13. Afinal, como se aprende à conciliar?, p. 223

14. O que amas de verdade?, p. 227

Bibliografia comentada, p. 229

Índice alfabético

A

  • Ação penal privada, p. 98
  • Ação penal pública condicionada (representação), p. 97
  • Ação penal pública incondicionada, p. 97
  • Acordos, p. 55
  • Acordos. Composição civil, p. 56
  • Acordos. Problema de fundo, p. 58
  • Acordos. Redação, p. 80
  • Acordos de família, p. 69
  • Acordos patrimoniais, p. 65
  • Acordos personalíssimos, p. 66
  • Afinal, como se aprende a conciliar?, p. 223
  • Alimentos. Pensão alimentícia, p. 71
  • Ambiente. Criando e mantendo um ambiente propício à conciliação, p. 127
  • Amor. O que amas de verdade?, p. 227
  • Apresentação, p. 7
  • Ariana B. da Rocha Loures. O conciliador e as partes: depositações cruzadas de papéis psicológicos, p. 181
  • Aspectos psicológicos, p. 99
  • Aspectos psicológicos. Introdução, p. 101
  • Atuação ética, p. 47
  • Audiência. Funções de estruturação cognitiva e emocional da audiência, p. 221
  • Audiência. Momentos psicológicos de uma audiência de conciliação, p. 123
  • Audiência. O «como», p. 43

B

  • Bibliografia comentada, p. 229

C

  • Calma. Estado emocional de calma, p. 119
  • Celeridade. O «porquê», p. 37
  • Colocando-se no lugar do outro, p. 140
  • Como vejo o outro e como o outro me vê, p. 179
  • Composição civil, p. 56
  • Conceito. O conceito de conflito de fundo, p. 107
  • Conciliação. Ajudando uma das partes a escutar a outra, p. 139
  • Conciliação. Criando e mantendo um ambiente propício à conciliação, p. 127
  • Conciliação. O conciliador e as partes: depositações cruzadas de papéis psicológicos, p. 181
  • Conciliador. Atuação somente nas audiências conciliatórias, p. 45
  • Conciliador. Condutas do conciliador que promovem a aproximação dele com as partes, p. 119
  • Conciliador. Postura do conciliador, p. 199
  • Conciliador. Técnicas de mediação, p. 131
  • Conciliador. Uso de nomes próprios ou nomeação do outro pertinente a cada situação, p. 121
  • Conclusões. O «porquê», p. 37
  • Condutas do conciliador que promovem a aproximação dele com as partes, p. 119
  • Confiança e cooperação, p. 128
  • Conflito. O conceito de conflito de fundo, p. 107
  • Contextualização jurídica. Cuidados na contextualização jurídica, p. 176
  • Cooperação e confiança, p. 128

D

  • «Déficit». Nem excesso nem déficit, p. 175
  • Delegacia. O «como», p. 39
  • Direcionamento. Dando direcionamento às partes, p. 174
  • Direito de visita, p. 73

E

  • Economia processual. O «porquê», p. 36
  • Emoção mais intensa, p. 195
  • Equilíbrio entre função analítica e sintética, p. 215
  • Escuta ativa (ou espelhando sentimentos), p. 143
  • Estado emocional de calma, p. 119
  • Ética. Atuação ética, p. 47
  • Ética. Regras éticas, p. 48
  • Expressão verbal. Incentivando a expressão verbal, p. 137

F

  • Família. Acordos de família, p. 69
  • Filosofia. A filosofia: o «como» & o «porquê», p. 17
  • Flexibilidade, p. 209
  • Formulário e termo, p. 75
  • Funções de estruturação cognitiva e emocional da audiência, p. 221

G

  • Guarda. Filho menor, p. 70

H

  • História. Um pouco da história deste livro, p. 105

I

  • Informalidade. O «porquê», p. 35
  • Inibição. Emoção mais intensa, p. 196
  • Inter-relação das partes, p. 179
  • Intervenção. Quantidade de intervenções, p. 175
  • Intervenção. Tipos de intervenção, p. 131
  • Introdução, p. 15

J

  • Juizado Especial. Possibilidades no trâmite criminal. Lei 9.099/95, p. 96
  • Juizado. O «como», p. 41
  • Júlia Del Valle Mañez. O conciliador e as partes: depositações cruzadas de papéis psicológicos, p. 181

L

  • Lei 9.099/95. Juizado Especial. Possibilidades no trâmite criminal. Quadro sinóptico, p. 96
  • Linguagem, p. 127
  • Linguagem não-verbal, p. 193

M

  • Marcadores verbais e não-verbais, p. 172
  • Mediação. Técnicas de intervenção, p. 131
  • Medo. Emoção mais intensa, p. 196
  • Menor. Direito de visita, p. 73
  • Menor. Guarda. Filho menor, p. 70
  • Modelo. Termo de acordo com homologação, p. 89
  • Modelo. Termo de acordo sem homologação, p. 90
  • Modelo. Termo de aguardo da queixa-crime, p. 92
  • Modelo. Termo de arquivamento (ação incondicionada), p. 91
  • Modelo. Termo de transação penal, p. 93
  • Momentos psicológicos de uma audiência de conciliação, p. 123

N

  • Não-verbal. Marcadores verbais e não-verbais, p. 172
  • Neutralidade ativa, p. 199
  • Nome. Uso de nomes próprios ou nomeação do outro pertinente a cada situação, p. 121

O

  • O conciliador e as partes: depositações cruzadas de papéis psicológicos, p. 181
  • Oralidade. O «porquê», p. 34
  • Organograma dos termos/formulários, p. 94

P

  • Parte. Inter-relação das partes, p. 179
  • Pensão alimentícia, p. 71
  • Percebendo o que se passa em cada um, p. 179
  • Pergunta. Fazendo pergunta, p. 132
  • Perspectiva. Mudança de perspectiva, p. 145
  • Possibilidades no trâmite criminal. Juizado Especial. Lei 9.099/95, p. 96
  • Postura do conciliador, p. 199
  • Procedimento. O procedimento: o «como» & o «porquê», p. 33
  • Psicologia. Aspectos psicológicos, p. 99
  • Psicologia. O conciliador e as partes: depositações cruzadas de papéis psicológicos, p. 181

Q

  • Quadro sinóptico. Possibilidades no trâmite criminal. Juizado Especial. Lei 9.099/95, p. 96
  • Quantidade de intervenções, p. 175

R

  • Raiva. Emoção mais intensa, p. 195
  • Redação. Acordos, p. 80
  • Referência bibliográfica. Bibliografia comentada, p. 229
  • Reformulação, p. 141
  • Regras, p. 79
  • Resumindo, p. 173

S

  • Silenciando, p. 174
  • Sumário, p. 9

T

  • Técnicas de mediação, p. 131
  • Termo de acordo com homologação. Modelo, p. 89
  • Termo de acordo sem homologação. Modelo, p. 90
  • Termo de aguardo da queixa-crime. Modelo, p. 92
  • Termo de arquivamento (ação incondicionada). Modelo, p. 91
  • Termo de transação penal. Modelo, p. 93
  • Termo e formulário, p. 75
  • Tipos de intervenção, p. 131

U

  • Um pouco da história deste livro, p. 105
  • Uso de nomes próprios ou nomeação do outro pertinente a cada situação, p. 121

V

  • Vera Just. O conciliador e as partes: depositações cruzadas de papéis psicológicos, p. 181
  • Visita. Menor. Direito de visita, p. 73

Recomendações

Capa do livro: Adoção, Da, Simone Franzoni Bochnia

Adoção, Da

 Simone Franzoni BochniaISBN: 978853623023-8Páginas: 320Publicado em: 22/06/2010

Versão impressa

R$ 109,90em 4x de R$ 27,48Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 77,70em 3x de R$ 25,90Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Separação Judicial, Daniel Meira e Silva Meira

Separação Judicial

 Daniel Meira e Silva MeiraISBN: 857394053-0Páginas: 144Publicado em: 01/06/1998

Versão impressa

R$ 44,70 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Apontamentos Críticos para o Direito Civil Brasileiro Contemporâneo, Coordenadores: Eroulths Júnior, Jussara Meirelles, Luiz Fachin e Paulo Nalin

Apontamentos Críticos para o Direito Civil Brasileiro Contemporâneo

 Coordenadores: Eroulths Júnior, Jussara Meirelles, Luiz Fachin e Paulo NalinISBN: 978853621732-1Páginas: 320Publicado em: 17/10/2007

Versão impressa

R$ 109,90em 4x de R$ 27,48Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Comentários à Nova Lei Nacional da Adoção - Lei 12.010 de 2009, Luiz Carlos de Barros Figueiredo

Comentários à Nova Lei Nacional da Adoção - Lei 12.010 de 2009

 Luiz Carlos de Barros FigueiredoISBN: 978853622726-9Páginas: 180Publicado em: 10/12/2009

Versão impressa

R$ 69,90em 2x de R$ 34,95Adicionar ao
carrinho