História do Pensamento Contábil - Com Ênfase na História da Contabilidade Brasileira

Antonio Carlos Ribeiro da Silva e Wilson Thomé Sardinha Martins

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Antonio Carlos Ribeiro da Silva e Wilson Thomé Sardinha Martins
ISBN: 853621283-7
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 240
Publicado em: 09/06/2006
Área(s): Contabilidade Geral Aplicada
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Estudar a evolução da Contabilidade nas mais variadas épocas é prestar um serviço à classe contábil, onde abrindo no presente as portas do passado, iluminando os caminhos futuros. Esta obra contribui para realizarmos essa viagem no túnel do tempo contábil e entender através dos escritos passados, como essa ciência se desenvolveu e o seu papel preponderante dentro da sociedade no momento de desenvolver o seu comércio e estabelecer os seus sistemas de controles patrimoniais.

Existe pouca literatura a respeito deste tema, principalmente no resgate que fizemos da história do pensamento contábil brasileiro. Este livro está organizado em dez capítulos que abordam desde a contabilidade primitiva até aos nossos dias, assim como apresenta teorias, escolas, correntes de pensamento e em destaque a história da contabilidade brasileira com o relato dos seus maiores pensadores. São relatadas também algumas controvérsias e curiosidades históricas da contabilidade.

Obra de importância histórica e atual para o profissional da área contábil e para todos que pretendem obter um conhecimento mais aprofundado sobre esta importante área de estudo e trabalho!
 

AUTOR(ES)

Wilson Thomé Sardinha Martins é natural de Salvador/BA, graduado em Ciências Contábeis, Ciências Atuariais e Ciências Econômicas pela Universidade Federal da Bahia – UFBA. Professor titular da Faculdade Baiana de Ciências – Fabac, da Faculdade São Salvador, ex-titular da Faculdade de Ciências Contábeis da Universidade Católica de Salvador – UCSAL, e adjunto IV aposentado da Faculdade de Ciências Contábeis da UFBA. Autor de 15 livros sobre – Correção Monetária, Auditoria Fiscal, Contabilidade, História do Pensamento Contábil, Imposto de Renda e outros. Recebeu o título de “Notório Saber Contábil”, conferido pela UFBA em outubro de 2003. Criador da Contabilidade Tributária no Brasil (Revista n. 10 do Conselho Federal de Contabilidade)

Antonio Carlos Ribeiro da Silva é natural de Salvador/BA, é Mestre em Contabilidade e Doutorando em Ciência da Educação na Universidade do Minho em Portugal. Professor assistente da Universidade Estadual de Feira de Santana, da Fundação Visconde de Cairu e da Faculdade Baiana de Ciência – Fabac. E realizou seus estudos em Salvador na Fundação Visconde de Cairu, Faculdade de Educação da Bahia, Uneb e UFBa. Graduou-se em Ciência Contábeis, Pedagogia e Técnicas Comerciais. Especializou-se em Contabilidade Gerencial e Psicopedagogia.
 

SUMÁRIO

Capítulo I - INTRODUÇÃO

1.1 Contextualizando a História

1.2 Definindo a História da Contabilidade

1.3 Objeto da História da Contabilidade

1.4 Importância do Estudo da História da Contabilidade

Capítulo II - A CONTABILIDADE NA ERA PRIMITIVA

2.1 Índia

2.2 China

2.3 Egito

2.4 Fenícia

2.5 Israel

2.6 Pérsia

2.7 Assíria

2.8 Grécia

2.9 Roma

Capítulo III - PERÍODOS HISTÓRICOS DA CONTABILIDADE

3.1 Divisão da História Segundo Federigo Melis

3.2 Divisão da História Segundo Tolstoi C. Klein

3.3 Divisão da História Segundo Francisco D’Áuria

3.4 Divisão da História Segundo Lopes de Sá

Capítulo IV - TEORIAS E ESCOLAS DE CONTABILIDADE

4.1 Teoria das Cinco Contas

4.2 Teoria Personalística

4.3 Teoria Materialística

4.4 Teoria Matemática

4.5 Teoria Econômica

4.6 Teoria Patrimonial

4.7 Teoria Positiva

4.8 Teoria das Funções Sistemáticas

4.9 Escola das Cinco Contas

4.10 Escola Cerboniana

4.11 Escola de Veneza

4.12 Escola Nova

4.13 Escola Patrimonialista

4.14 Escola Norte-Americana

CAPÍTULO V -GRANDES VULTOS MUNDIAIS DA CONTABILIDADE

5.1 Benedetto Cotrugli

5.2 Luca Pacioli

5.3 Giuseppe Cerboni

5.4 Fábio Besta

5.5 Francesco Villa

5.6 Jean Dumarchey

5.7 Eugen Schmalenbach

5.8 Gino Zappa

5.9 Vincenzo Masi

Capítulo VI - HISTÓRIA DA CONTABILIDADE BRASILEIRA

6.1 Divisão da História da Contabilidade Brasileira Segundo Tolstoi C. Klein

6.2 Relatos Importantes sobre a História da Contabilidade Brasileira

6.3 Alguns Autores Brasileiros e suas Obras de Contabilidade no Século XIX

6.4 Século XX - Novo Ciclo da Contabilidade Brasileira

6.5 História dos Congressos Brasileiros de Contabilidade

6.6 O Ensino Superior de Contabilidade no Brasil

6.7 Regulamentação da Profissão Contábil e Criação do Conselho Federal e Regionais de Contabilidade

6.8 Reflexões sobre a Contabilidade Brasileira

6.9 Origem e Evolução do Ensino Comercial Brasileiro

6.10 Instituto dos Auditores Independentes do Brasil

6.11 Comissão de Valores Mobiliários - CVM

Capítulo VII - CORRENTE BRASILEIRA DO ESTUDO CONTÁBIL: TEORIA NEOPATRIMONIALISTA

7.1 Contexto

7.2 Contabilidade Científica no Brasil

7.3 A Evolução do Conhecimento Científico no Brasil

7.4 O Neopatrimonialismo

7.5 Os Sete Sistemas de Funções Patrimoniais

7.6 Axiomas do Neopatrimonialismo

7.7 Teoremas do Neopatrimonialismo

Capítulo VIII -GRANDES VULTOS DA CONTABILIDADE BRASILEIRA

8.1 Alberto Almada Rodrigues

8.2 Américo Matheus Florentino

8.3 Antônio Lopes de Sá

8.4 Carlos de Carvalho

8.5 Francisco D’Áuria

8.6 Frederico Herrmann Júnior

8.7 George Sebastião Guerra Leone

8.8 Hilário Franco

8.9 João Luiz dos Santos

8.10 José Amado Nascimento

8.11 Olivio Koliver

Capítulo IX - CONTROVÉRSIAS E CURIOSIDADES NA CONTABILIDADE

9.1 Partidas Dobradas

9.2 Lucros e Perdas ou Resultado do Exercício?

9.3 Resultados de Exercícios Futuros

9.4 A Contabilidade é Ciência ou Arte?

9.5 Lucro Real ou Lucro Tributável?

9.6 Curiosidades

Capítulo X - CONTABILIDADE E AS DEMAIS CIÊNCIAS

10.1 Direito Comercial

10.2 Direito Tributário e o Contabilista

10.3 A Contabilidade e a Matemática

10.4 A Contabilidade e a Ciência Econômica

10.5 A Contabilidade e a Administração

10.6 A Contabilidade e a Estatística

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Administração. Contabilidade e a administração. Contabilidade e as demais ciências
  • Alberto Almada Rodrigues. Grandes vultos da contabilidade brasileira.
  • Alguns autores brasileiros e suas obras de contabilidade no século XIX
  • Américo Matheus Florentino. Grandes vultos da contabilidade brasileira
  • Antônio Lopes de Sá. Grandes vultos da contabilidade brasileira
  • Assíria. História. Contabilidade
  • Auditor. Instituto dos Auditores Independentes do Brasil
  • Axiomas do neopatrimonialismo

B

  • Benedetto Cotrugli. Grandes vultos mundiais da contabilidade
  • Brasil. Contabilidade. História da contabilidade brasileira.
  • Brasil. Contabilidade científica no Brasil

C

  • CVM. Comissão de Valores Mobiliários - CVM
  • Carlos de Carvalho. Grandes vultos da contabilidade brasileira
  • China. História. Contabilidade
  • Ciência. Contabilidade e as demais ciências
  • Comissão de Valores Mobiliários - CVM
  • Congressos brasileiros de contabilidade. História
  • Conhecimento científico. Evolução do conhecimento científico no Brasil.
  • Conselho profissional. Regulamentação da profissão contábil e criação do Conselho Federal e Regionais de Contabilidade
  • Contabilidade. Brasil. História da contabilidade brasileira
  • Contabilidade. Conselhos regionais e regulamentação da profissão contábil.
  • Contabilidade. Contextualizando a história
  • Contabilidade. Controvérsias e curiosidades
  • Contabilidade. Definindo a história da contabilidade
  • Contabilidade. Escola Cerboniana
  • Contabilidade. Escola Norte-americana
  • Contabilidade. Escola Nova
  • Contabilidade. Escola das Cinco Contas
  • Contabilidade. Escola de Veneza
  • Contabilidade. Escola patrimonialista
  • Contabilidade. Grandes vultos mundiais da contabilidade
  • Contabilidade. Importância do estudo da história da contabilidade
  • Contabilidade. Objeto da história da contabilidade.
  • Contabilidade. Períodos históricos da contabilidade
  • Contabilidade. Teoria das funções sistemáticas
  • Contabilidade. Teoria econômica
  • Contabilidade. Teoria matemática
  • Contabilidade. Teoria materialística
  • Contabilidade. Teoria patrimonial
  • Contabilidade. Teoria personalística
  • Contabilidade. Teoria positiva.
  • Contabilidade. Teorias e escolas de contabilidade.
  • Contabilidade brasileira. Grandes vultos da contabilidade brasileira
  • Contabilidade científica no Brasil
  • Contabilidade e a administração. Contabilidade e as demais ciências
  • Contabilidade e a ciência econômica. Contabilidade e as demais ciências
  • Contabilidade e a estatística. Contabilidade e as demais ciências
  • Contabilidade e a matemática. Contabilidade e as demais ciências
  • Contabilidade e as demais ciências
  • Contabilidade é ciência ou arte?. Contabilidade. Controvérsias e curiosidades
  • Contabilidade na era primitiva.
  • Contabilidade no Brasil. Ensino Superior de Contabilidade no Brasil
  • Contabilidade no Brasil. Reflexões sobre a contabilidade brasileira
  • Contabilidade no século XIX. Alguns autores brasileiros e suas obras
  • Contexto. Corrente brasileira do estudo contábil: teoria neopatrimonialista
  • Contextualizando a história
  • Controvérsias e curiosidades na contabilidade
  • Corrente brasileira do estudo contábil: teoria neopatrimonialista
  • Curiosidades. Contabilidade. Controvérsias e curiosidades.

D

  • Definindo a história da contabilidade
  • Direito Comercial. Contabilidade e as demais ciências
  • Direito Tributário e o contabilista. Contabilidade e as demais ciências
  • Divisão da História da Contabilidade Brasileira s egundo Tolstoi C. Klein
  • Divisão da história segundo Federigo Melis
  • Divisão da história segundo Francisco D’Auria
  • Divisão da história segundo Lopes de Sá
  • Divisão da história segundo Tolstoi C. Klein

E

  • Economia. Contabilidade e a ciência econômica. Contabilidade e as demais ciências
  • Egito. História. Contabilidade
  • Ensino Superior de Contabilidade no Brasil
  • Ensino comercial. Origem e evolução do ensino c omercial brasileiro
  • Escola Cerboniana.
  • Escola Norte-americana
  • Escola Nova
  • Escola das Cinco Contas.
  • Escola de Veneza.
  • Escola patrimonialista
  • Estatística. Contabilidade e a estatística. Contabilidade e as demais ciências
  • Estudo contábil. Corrente brasileira do estudo contábil: teoria neopatrimo- nialista
  • Eugen Schmalenbach. Grandes vultos mundiais da contabilidade
  • Evolução do conhecimento científico no Brasil

F

  • Francesco Villa. Grandes vultos mundiais da contabilidade
  • Francisco D’Áuria. Divisão da história segundo Francisco D’Áuria
  • Francisco D’Áuria. Grandes vultos da contabilidade brasileira.
  • Frederico Herrmann Júnior. Grandes vultos da contabilidade brasileira
  • Função patrimonial. Sete sistemas de funções patrimoniais

G

  • George Sebastião Guerra Leone. Grandes vultos da contabilidade brasileira
  • Gino Zappa. Grandes vultos mundiais da contabilidade.
  • Giuseppe Cerboni. Grandes vultos mundiais da contabilidade.
  • Grandes vultos da contabilidade brasileira
  • Grandes vultos mundiais da contabilidade
  • Grécia. História. Contabilidade

H

  • Hilário Franco. Grandes vultos da contabilidade brasileira
  • História. Contabilidade. Assíria
  • História. Contabilidade. China
  • História. Contabilidade. Egito
  • História. Contabilidade. Fenícia
  • História. Contabilidade. Grécia
  • História. Contabilidade. Índia
  • História. Contabilidade. Israel
  • História. Contabilidade. Pérsia
  • História. Contabilidade. Roma
  • História. Contabilidade na era primitiva
  • História. Contextualizando a história
  • História. Definindo a história da contabilidade
  • História. Divisão da história segundo Francisco D’Auria.
  • História. Divisão da história segundo Lopes de Sá
  • História. Divisão da história segundo Tolstoi C. Klein
  • História. Objeto da história da contabilidade
  • História. Períodos históricos da contabilidade
  • História da contabilidade brasileira
  • História da contabilidade brasileira. Relatos importantes.
  • História dos congressos brasileiros de contabilidade

I

  • Importância do estudo da história da contabilidade
  • Índia. História. Contabilidade
  • Instituto dos Auditores Independentes do Brasil
  • Introdução
  • Israel. História. Contabilidade

J

  • Jean Dumarchey. Grandes vultos mundiais da contabilidade
  • João Luiz dos Santos. Grandes vultos da contabilidade brasileira.
  • José Amado Nascimento. Grandes vultos da contabilidade brasileira

L

  • Lopes de Sá. Divisão da história segundo Lopes de Sá
  • Luca Pacioli. Grandes vultos mundiais da contabilidade.
  • Lucro real ou lucro tributável?. Contabilidade. Controvérsias e curiosidades
  • Lucros e perdas ou resultado do exercício?. Contabilidade. Controvérsias e curiosidades

M

  • Matemática. Contabilidade e a matemática. Contabilidade e as demais ciências

N

  • Neopatrimonialismo
  • Neopatrimonialismo. Axiomas do neopatrimonialismo.
  • Neopatrimonialismo. Teoremas do neopatrimonialismo

O

  • Objeto da história da contabilidade
  • Olivio Koliver. Grandes vultos da contabilidade brasileira
  • Origem e evolução do ensino comercial brasileiro

P

  • Partidas dobradas. Contabilidade. Controvérsias e curiosidades
  • Períodos históricos da contabilidade
  • Pérsia. História. Contabilidade
  • Profissão. Regulamentação da profissão contábil e criação do Conselho Federal e Regionais de Contabilidade

R

  • Referências
  • Reflexões sobre a contabilidade brasileira
  • Regulamentação da profissão contábil e criação do Conselho Federal e Regionais de Contabilidade
  • Relatos importantes sobre a história da contabilidade brasileira
  • Resultados de exercícios futuros. Contabilidade. Controvérsias e curiosidades.
  • Roma. História. Contabilidade

S

  • Século XX. Novo ciclo da contabilidade brasileira
  • Sete sistemas de funções patrimoniais

T

  • Teoremas do neopatrimonialismo
  • Teoria das Cinco Contas
  • Teoria das funções sistemáticas
  • Teoria econômica
  • Teoria matemática
  • Teoria materialística
  • Teoria neopatrimonialista. Corrente brasileira do estudo contábil: teoria neopatrimonialista.
  • Teoria patrimonial.
  • Teoria personalística
  • Teoria positiva
  • Teorias e escolas de contabilidade
  • Tolstoi C. Klein. Divisão da história segundo Tolstoi C. Klein
  • Tributário. Direito Tributário e o contabilista. Contabilidade e as demais ciências

V

  • Vincenzo Masi. Grandes vultos mundiais da contabilidade
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: