Comércio Internacional, Patentes e Saúde Pública - Biblioteca de Direito Internacional - Prefácio de Luiz Otávio Pimentel - Apresentação de Maristela Basso

Mônica Steffen Guise

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 30,00

Versão impressa

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS

Ficha técnica

Autor(es): Mônica Steffen Guise

ISBN v. impressa: 978853621520-4

ISBN v. digital: 978853626996-2

Acabamento: Capa Dura + Sobrecapa

Número de páginas: 160

Publicado em: 17/04/2007

Área(s): Direito - Constitucional; Direito - Internacional; Literatura e Cultura - Saúde

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

O tema central desta obra é a análise da complexa relação entre o comércio internacional, patentes e saúde pública. Em um contexto no qual a inserção de um Estado na ordem multilateral do comércio internacional implica na obrigação de cumprir determinados níveis de proteção à propriedade intelectual, importa analisar, compreender e bem utilizar estas regulamentações, principalmente em sua relação, direta e indireta, com a saúde pública. A pesquisa busca compreender a lógica por trás da regulamentação do comércio internacional que levou à adoção do Acordo sobre Direitos da Propriedade Intelectual relacionados ao Comércio (Acordo TRIPs) e verificar em que medida é possível flexibilizar os direitos de exclusividade conferidos pela patente a seu titular para implementar políticas nacionais de saúde pública que promovam, entre outros objetivos, o acesso a medicamentos, sem com isso descumprir as obrigações assumidas na esfera internacional.

Autor(es)

Mônica Steffen Guise – Mestra em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC; Especialista em Direito e Negócios Internacionais pela UFSC e em Propriedade Industrial pela Universidade de Buenos Aires. Bacharel em Direito pela Universidade Estadual de Londrina – UEL. Atualmente é Pesquisadora da Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (Direito GV) e doutoranda em Direito Internacional pela Universidade de São Paulo – USP.

Sumário

INTRODUÇÃO, p. 19

1 - O ORDENAMENTO JURÍDICO INTERNACIONAL DE PROPRIEDADE INTELECTUAL: AS PATENTES E OS MEDICAMENTOS, p. 23

1.1 A evolução dos acordos internacionais de propriedade intelectual e as patentes de medicamentos, p. 24

1.1.1 Da CUP ao TRIPs, p. 25

1.1.2 Interesses divergentes: países desenvolvidos e países em desenvolvimento, p. 33

1.1.3 O Acordo TRIPs: disposições gerais, princípios e objetivos e as conseqüências para os medicamentos, p. 38

1.2 Interpretação do Acordo TRIPs, p. 48

1.2.1 Regra geral de interpretação dos acordos da OMC, p. 50

1.2.2 Interpretação do Acordo TRIPs no contexto da saúde pública: as patentes de medicamentos, p. 52

2 - SAÚDE PÚBLICA, p. 63

2.1 Saúde, saúde pública e propriedade intelectual, p. 63

2.1.1 Saúde, p. 64

2.1.2 Saúde pública e propriedade intelectual, p. 71

2.2 Políticas de saúde pública no Brasil, p. 72

2.2.1 O programa brasileiro DST/AIDS, p. 76

2.2.2 Política de medicamentos genéricos, p. 81

2.2.3 Plano Nacional de Saúde: um pacto pela saúde no Brasil, p. 84

2.2.4 Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior, p. 86

2.2.5 Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde, p. 87

2.3 Saúde pública e o contexto internacional, p. 90

2.3.1 Outras considerações sobre a Declaração de Doha sobre o Acordo TRIPs e saúde pública, p. 92

3 - O BRASIL E A ORDEM MULTILATERAL DO COMÉRCIO INTERNACIONAL: COMPATIBILIZAÇÃO ENTRE A PROTEÇÃO DE PATENTES E POLÍTICAS NACIONAIS DE SAÚDE PÚBLICA, p. 97

3.1 O Brasil e o Acordo TRIPs, p. 98

3.1.1 Regra geral de incorporação do Acordo TRIPs, p. 98

3.1.2 Brasil: a incorporação do Acordo e seus efeitos para o acesso a medicamentos, p. 102

3.2 Patentes: exceções aos direitos conferidos, p. 110

3.2.1 Exaustão de direitos e importação paralela, p. 115

3.2.2 Exceção Bolar, p. 119

3.3 Patentes: outros usos sem autorização do titular, p. 121

3.3.1 Licenças compulsórias, p. 122

3.3.2 Licenças compulsórias no Brasil, p. 126

3.3.2.1 Falta de exploração local, p. 129

3.3.2.2 Emergência nacional e interesse público, p. 135

CONSIDERAÇÕES FINAIS, p. 139

REFERÊNCIAS, p. 143

Índice alfabético

A

  • AIDS. Programa brasileiro DST/AIDS, p. 76
  • Acordo TRIPs. Brasil: a incorporação do Acordo e seus efeitos para o acesso a medicamentos, p. 102
  • Acordo TRIPs. Brasil e o Acordo TRIPs, p. 98
  • Acordo TRIPs. CUP ao TRIPs, p. 25
  • Acordo TRIPs. Declaração de Doha sobre o Acordo TRIPs e saúde pública. Outras considerações, p. 92
  • Acordo TRIPs. Interpretação do Acordo TRIPs, p. 48
  • Acordo TRIPs. Interpretação do Acordo TRIPs no contexto da saúde pública: as patentes de medicamentos, p. 52
  • Acordo TRIPs: disposições gerais, princípios e objetivos e as conseqüências para os medicamentos, p. 38
  • Acordo internacional. Evolução dos acordos internacionais de propriedade intelectual e as patentes de medicamentos, p. 24

B

  • Brasil. Políticas de saúde pública no Brasil, p. 72
  • Brasil: a incorporação do Acordo e seus efeitos para o acesso a medicamentos, p. 102
  • Brasil e a ordem multilateral do comércio internacional: compatibilização entre a proteção de patentes e políticas nacionais de saúde pública, p. 97
  • Brasil e o Acordo TRIPs, p. 98

C

  • CUP ao TRIPs, p. 25
  • Ciência. Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde, p. 87
  • Comércio exterior. Política industrial, tecnológica e de comércio exterior, p. 86
  • Comércio internacional. Brasil e a ordem multilateral do comércio internacional: compatibilização entre a proteção de patentes e políticas nacionais de saúde pública, p. 97
  • Comércio internacional. Regra geral de interpretação dos acordos da OMC, p. 50
  • Considerações finais, p. 139
  • Contexto internacional. Saúde pública e contexto internacional, p. 90

D

  • DST. Programa brasileiro DST/AIDS, p. 76
  • Declaração de Doha sobre o Acordo TRIPs e saúde pública. Outras considerações, p. 92
  • Doha. Declaração de Doha sobre o Acordo TRIPs e saúde pública. Outras considerações, p. 92

E

  • Emergência nacional e interesse público, p. 135
  • Evolução dos acordos internacionais de propriedade intelectual e as patentes de medicamentos, p. 24
  • Exceção Bolar, p. 119
  • Exploração. Falta de exploração local, p. 129

H

  • Hermenêutica. Interpretação do Acordo TRIPs no contexto da saúde pública: as patentes de medicamentos, p. 52
  • Hermenêutica. Regra geral de interpretação dos acordos da OMC, p. 50

I

  • Indústria. Política industrial, tecnológica e de comércio exterior, p. 86
  • Interesses divergentes: países desenvolvidos e países em desenvolvimento, p. 33
  • Interpretação do Acordo TRIPs, p. 48
  • Interpretação do Acordo TRIPs no contexto da saúde pública: as patentes de medicamentos, p. 52
  • Introdução, p. 19

L

  • Licença compulsória. Emergência acional e interesse público, p. 135
  • Licenças compulsórias, p. 122
  • Licenças compulsórias no Brasil, p. 126

M

  • Medicamento. Acordo TRIPs: disposições gerais, princípios e objetivos e as conseqüências para os medicamentos, p. 38
  • Medicamento. Evolução dos acordos internacionais de propriedade intelectual e as patentes de medicamentos, p. 24
  • Medicamento. Interpretação do Acordo TRIPs no contexto da saúde pública: as patentes de medicamentos, p. 52
  • Medicamento. Ordenamento jurídico internacional de propriedade intelectual: as patentes e os medicamentos, p. 23
  • Medicamento. Política de medicamentos genéricos, p. 81

O

  • OMC. Regra geral de interpretação dos acordos da OMC, p. 50
  • Ordenamento jurídico internacional de propriedade intelectual: as patentes e os medicamentos, p. 23
  • Outras considerações sobre a Declaração de Doha sobre o Acordo TRIPs e saúde pública, p. 92

P

  • Patente. Brasil e a ordem multilateral do comércio internacional: compatibilização entre a proteção de patentes e políticas nacionais de saúde pública, p. 97
  • Patente. Emergência nacional e interesse público, p. 135
  • Patente. Evolução dos acordos internacionais de propriedade intelectual e as patentes de medicamentos, p. 24
  • Patente. Exaustão de direitos e importação paralela, p. 115
  • Patente. Falta de exploração local, p. 129
  • Patente. Interpretação do Acordo TRIPs no contexto da saúde pública: as patentes de medicamentos, p. 52
  • Patente. Ordenamento jurídico internacional de propriedade intelectual: as patentes e os medicamentos, p. 23
  • Patentes: exceções aos direitos conferidos, p. 110
  • Patentes: outros usos sem autorização do titular, p. 121
  • Plano Nacional de Saúde: um pacto pela saúde no Brasil, p. 84
  • Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde, p. 87
  • Política de medicamentos genéricos, p. 81
  • Política industrial, tecnológica e de comércio exterior, p. 86
  • Propriedade intelectual. Interesses divergentes: países desenvolvidos e países em desenvolvimento, p. 33
  • Políticas de saúde pública no Brasil, p. 72
  • Programa brasileiro DST/AIDS, p. 76
  • Propriedade intelectual. Evolução dos acordos internacionais de propriedade intelectual e as patentes de medicamentos, p. 24
  • Propriedade intelectual. Ordenamento jurídico internacional de propriedade intelectual: as patentes e os medicamentos, p. 23
  • Propriedade intelectual. Saúde pública e propriedade intelectual, p. 71
  • Propriedade intelectual. Saúde, saúde pública e propriedade intelectual, p. 63

S

  • Saúde, p. 64
  • Saúde. Plano Nacional de Saúde:um pacto pela saúde no Brasil, p. 84
  • Saúde. Política Nacional de Ciência,Tecnologia e Inovação em Saúde, p. 87
  • Saúde pública, p. 63
  • Saúde pública. Brasil e a ordem multilateral do comércio internacional: compatibilização entre a proteção de patentes e políticas nacionais de saúde pública, p. 97
  • Saúde pública. Declaração de Doha sobre o Acordo TRIPs e saúde pública. Outras considerações, p. 92
  • Saúde pública. Interpretação do Acordo TRIPs no contexto da saúde pública: as patentes de medicamentos, p. 52
  • Saúde pública. Políticas de saúde pública no Brasil, p. 72
  • Saúde pública e contexto internacional, p. 90
  • Saúde pública e propriedade intelectual, p. 71
  • Saúde, saúde pública e propriedade intelectual, p. 63

T

  • TRIPs. Acordo TRIPs: disposições gerais, princípios e objetivos e as conseqüências para os medicamentos, p. 38
  • TRIPs. Brasil: a incorporação do Acordo e seus efeitos para o acesso a medicamentos, p. 102
  • TRIPs. Brasil e o Acordo TRIPs, p. 98
  • TRIPs. CUP ao TRIPs, p. 25
  • TRIPs. Declaração de Doha sobre o Acordo TRIPs e saúde pública. Outras considerações, p. 92
  • TRIPs. Interpretação do Acordo TRIPs, p. 48
  • Tecnologia. Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde, p. 87
  • Tecnologia. Política industrial, tecnológica e de comércio exterior, p. 86
  • Tratado Internacional. CUP ao TRIPs, p. 25

Recomendações

Capa do livro: Direito Constitucional e Neurociências, Damião Alexandre Tavares Oliveira

Direito Constitucional e Neurociências

 Damião Alexandre Tavares OliveiraISBN: 978853627676-2Páginas: 394Publicado em: 05/03/2018

Versão impressa

R$ 139,90Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 99,90Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Relações Diplomáticas entre Argentina e Brasil no Mercosul, As, José Alexandre A. Hage

Relações Diplomáticas entre Argentina e Brasil no Mercosul, As

 José Alexandre A. HageISBN: 853620617-9Páginas: 162Publicado em: 25/02/2004

Versão impressa

R$ 49,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Aborto e Anencefalia, Carolina Alves de Souza Lima

Aborto e Anencefalia

2ª Edição - Revista e AtualizadaCarolina Alves de Souza LimaISBN: 978853624970-4Páginas: 240Publicado em: 10/01/2015

Versão impressa

R$ 69,90Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 49,90Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Valor da Constituição, O, Ivo Dantas

Valor da Constituição, O

3ª EdiçãoIvo DantasISBN: 978853623103-7Páginas: 220Publicado em: 09/09/2010

Versão impressa

R$ 67,70Adicionar ao
carrinho