Proteção Internacional dos Direitos Humanos - A Corte Interamericana e a Implementação de suas Sentenças no Brasil

Rodrigo Meirelles Gaspar Coelho

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Rodrigo Meirelles Gaspar Coelho

ISBN: 978853621781-9

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 216

Publicado em: 08/11/2007

Área(s): Direito Constitucional; Direito Internacional

Sinopse

O livro trata da proteção internacional dos direitos humanos, tendo como foco o sistema interamericano. Após descrever o funcionamento do sistema, passa a avaliar a natureza jurídica das sentenças internacionais e termina por analisar como deverá ocorrer a implementação de sentenças da Corte Interamericana de Direitos Humanos no Brasil. O livro perpassa também temas jurídicos novos e controversos, como os desdobramentos recentes da responsabilidade internacional do Estado e o instituto da jurisdição universal. Ao final, conclui-se que as determinações da Corte poderiam ser cumpridas por ato espontâneo do Estado ou por execução forçada, a ser ordenada pelo Poder Judiciário. Até o momento, apenas dois casos contra o Brasil foram apreciados pela Corte Interamericana, ambos com sentenças de mérito proferidas no segundo semestre de 2006. Em breve, haverá muitos outros submetidos à jurisdição da Corte, pois há mais de 90 processos contra o Estado brasileiro pendentes de apreciação na Comissão Interamericana, órgão da OEA encarregado de realizar exame prévio dos casos que poderão ser encaminhados à Corte Interamericana.

Autor(es)

Rodrigo Meirelles Gaspar Coelho é Diplomata, formado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); pós-graduado em Direito Administrativo e Administração Pública pela Universidade Estácio de Sá – Unesa e Mestre em Diplomacia pelo Instituto Rio Branco (IRBr), em Brasília. Foi bolsista do Programa de Iniciação Científica do CNPq e, antes de ingressar no Itamaraty, trabalhou na Agência Nacional do Petróleo (ANP), no Rio de Janeiro.

Sumário

LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS

INTRODUÇÃO

PARTE I - RESPONSABILIDADE INTERNACIONAL DO ESTADO NO SISTEMA INTERAMERICANO

CAPÍTULO 1 - RESPONSABILIDADE INTERNACIONAL POR VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS

1.1 Noções sobre Responsabilidade Internacional do Estado

1.2 Responsabilidade Internacional do Estado por Violação dos Direitos Humanos

1.3 Da Aplicação do Princípio da Jurisdição Universal

CAPÍTULO 2 - RESPONSABILIDADE DO ESTADO POR VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS NO SISTEMA INTERAMERICANO

2.1 Origens do Sistema Interamericano

2.2 Panorama do Corpus Iuris do Sistema Interamericano

2.3 Funcionamento do Sistema Interamericano

2.3.1 O Papel da Comissão Interamericana de Direitos Humanos

2.3.2 O Papel da Corte Interamericana de Direitos Humanos

CAPÍTULO 3 - PROCEDIMENTOS DE RESPONSABILIZAÇÃO DO ESTADO POR VIOLAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS NO SISTEMA INTERAMERICANO

3.1 Procedimento aplicável a todos os Estados-membros da OEA - partes ou não da Convenção Americana

3.2 Procedimento aplicável somente aos Estados-partes da Convenção Americana

3.2.1 O Trâmite na Comissão Interamericana

3.2.2 O Trâmite na Corte Interamericana

3.3 A Instância Política

PARTE II - O ORDENAMENTO JURÍDICO NACIONAL E AS SENTENÇAS DA CORTE INTERAMERICANA

CAPÍTULO 1 - SENTENÇA INTERNACIONAL VERSUS SENTENÇA ESTRANGEIRA

CAPÍTULO 2 - O PROJETO DE LEI SOBRE OS EFEITOS JURÍDICOS DAS DECISÕES DA CORTE INTERAMERICANA

CAPÍTULO 3 - PRINCIPAIS ESPÉCIES DE REPARAÇÃO PREVISTAS NAS SENTENÇAS DA CORTE INTERAMERICANA

3.1 Da Indenização Compensatória

3.2 Das Demais Obrigações de Fazer e Não-Fazer

3.2.1 Da Restituição na Íntegra ouRestitutio in Integrum

3.2.2 Da Cessação do Ilícito

3.2.3 Da Satisfação

CAPÍTULO 4 - PANORAMA DOS CASOS EM QUE O BRASIL É PARTE NA CORTE INTERAMERICANA

4.1 Caso Damião Ximenes Lopes

4.2 Caso Gilson Nogueira de Carvalho

CAPÍTULO 5 - DAS MEDIDAS PROVISÓRIAS REFERENTES AO BRASIL

5.1 Caso Urso Branco

5.2 Caso das Pessoas Privadas de Liberdade da Penitenciária "Dr. Sebastião Martins Silveira" (Araraquara, São Paulo)

5.3 Caso das Crianças e Adolescentes Privados de Liberdade no "Complexo do Tatuapé" da Febem

PARTE III - DA IMPLEMENTAÇÃO DAS SENTENÇAS DA CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS NO BRASIL

CAPÍTULO 1 - A IMPLEMENTAÇÃO SPONTE PROPRIA DAS SENTENÇAS DA CORTE INTERAMERICANA

1.1 Execução das Indenizações Compensatórias

1.2 Execução das Demais Obrigações de Fazer e Não-Fazer

1.2.1 O Dever do Poder Executivo

1.2.2 O Dever do Poder Legislativo

CAPÍTULO 2 - A IMPLEMENTAÇÃO FORÇADA DAS SENTENÇAS DA CORTE INTERAMERICANA

2.1 O Papel do Poder Judiciário para a Implementação das Sentenças da Corte Interamericana

2.2 O Recurso ao Poder Judiciário

CAPÍTULO 3 - DESAFIOS E PERSPECTIVAS PARA A IMPLEMENTAÇÃO DAS SENTENÇAS DA CORTE INTERAMERICANA NO BRASIL

CONCLUSÕES

REFERÊNCIAS

Índice alfabético

A

  • Abreviatura. Lista de abreviaturas e siglas
  • Adolescentes e crianças privados de liberdade no "Complexo do Tatuapé" da Febem. Casos. Medidas provisórias referentes ao Brasil.
  • Aplicação do princípio dajurisdição universal.

B

  • Brasil. Medidas provisóriasreferentes ao Brasil
  • Brasil. Panorama dos casos em que o Brasil é parte na Corte Interamericana.

C

  • Caso Damião Ximenes Lopes. Casos em que o Brasil é parte na Corte Interamericana. Panorama.
  • Caso Gilson Nogueira de Carvalho. Casos em que o Brasil é parte na Corte Interamericana. Panorama
  • Caso Urso Branco. Medidas provisórias referentes ao Brasil.
  • Caso das crianças e adolescentes privados de liberdade no "Complexo do Tatuapé" da Febem. Medidas provisórias referentes ao Brasil.
  • Caso das pessoas privadas de liberdade da Penitenciária "Dr. Sebastião Martins Silveira" (Araraquara, São Paulo). Medidas provisórias referentes ao Brasil.
  • Casos em que o Brasil é parte na Corte Interamericana. Panorama.
  • Cessação doilícito
  • Comissão Interamericana. Trâmite
  • Comissão Interamericana deDireitos Humanos. Papel.
  • Compensação. Execução das indenizações compensatórias.
  • Compensação. Indenizaçãocompensatória
  • Conclusões
  • Convenção Americana. Procedimento aplicável a todos os Estados-Membros da OEA. Partes ou não da Convenção Americana.
  • Convenção Americana. Procedimento aplicável somente aos EstadosPartes da Convenção Americana
  • Convenção Americana de Direitos Humanos. Dever do Poder Executivo.
  • Convenção Americana de Direitos Humanos. Poder Legislativo. Dever.
  • Corpus Iuris. Panorama do Corpus Iuris do sistema interamericano.
  • Corte Interamericana. Implementaçãodas sentenças da Corte Interamericana de Direitos Humanos no Brasil
  • Corte Interamericana. Implementaçãoforçada das sentenças da Corte Interamericana
  • Corte Interamericana. Implementação sponte própria das sentenças da Corte Interamericana
  • Corte Interamericana. Ordenamento jurídico nacional e as sentenças da Corte Interamericana
  • Corte Interamericana. Panorama dos casos em que o Brasil é parte na Corte Interamericana.
  • Corte Interamericana. Principais espécies de reparação previstas nas sentenças da Corte Interamericana
  • Corte Interamericana. Projeto de lei sobre os efeitos jurídicos das decisões da Corte Interamericana
  • Corte Interamericana. Trâmite.
  • Corte Interamericana no Brasil. Desafios e perspectivas para a implementação das sentenças da CorteInteramericana no Brasil
  • Corte Interamericana deDireitos Humanos. Papel.
  • Crianças e adolescentes privados de liberdade no "Complexo do Tatuapé" da Febem. Casos. Medidas provisórias referentes ao Brasil.

D

  • Damião Ximenes Lopes. Casos em que o Brasil é parte na Corte Interamericana. Panorama
  • Decisão. Projeto de lei sobre os efeitos jurídicos das decisões da Corte Interamericana
  • Desafios e perspectivas para a implementação das sentenças da Corte Interamericana no Brasil.
  • Dever do Poder Executivo. Convenção Americana de Direitos Humanos
  • Dever do Poder Legislativo. Convenção Americana de Direitos Humanos
  • Direitos Humanos. Responsabilidade internacional do Estado por violação dos direitos humanos
  • Direitos humanos. Implementação das sentenças da Corte Interamericana de Direitos Humanos no Brasil.
  • Direitos humanos. Papel da Comissão Interamericana de Direitos Humanos
  • Direitos humanos. Papel da Corte Interamericana de Direitos Humanos
  • Direitos humanos. Procedimentos de responsabilização do Estado por violação dos direitos humanos no sistema interamericano
  • Direitos humanos. Responsabilidade do Estado por violação dos direitos humanos no sistema interamericano
  • Direitos humanos. Responsabilidade internacional por violação dos direitos humanos

E

  • Efeito jurídico. Projeto de lei sobreos efeitos jurídicos das decisões da Corte Interamericana
  • Estado. Procedimentos de responsabilização do Estado por violação dos direitos humanos no sistema interamericano
  • Estado. Responsabilidade do Estado por violação dos direitos humanos no sistema interamericano
  • Estado. Responsabilidade internacional do Estado no sistema interamericano.
  • Estado. Responsabilidade internacional do Estado por violação dos direitos humanos.
  • Estados-Membros. Procedimento aplicável a todos os Estados-Membros da OEA. Partes ou não da Convenção Americana.
  • Estados-Partes. Procedimento aplicável somente aos Estados-Partes da Convenção Americana.
  • Execução das demais obrigações de fazer e não-fazer.
  • Execução das indenizações compensatórias

F

  • Febem. Caso das crianças e adolescentes privados de liberdade no "Complexo do Tatuapé" da Febem. Medidas provisórias referentes ao Brasil
  • Funcionamento do sistema interamericano.

G

  • Gilson Nogueira de Carvalho. Casos em que o Brasil é parte na Corte Interamericana. Panorama

I

  • Ilícito. Cessaçãodo ilícito
  • Implementação das sentenças da Corte Interamericana de Direitos Humanos no Brasil.
  • Implementação forçada das sentenças da Corte Interamericana.
  • Implementaçãosponte propria das sentenças da Corte Interamericana.
  • Indenização. Execução das indenizações compensatórias.
  • Indenização compensatória
  • Instânciapolítica
  • Introdução

L

  • Liberdade. Crianças e adolescentes privados de liberdade no "Complexo do Tatuapé" da Febem. Casos. Medidas provisórias referentes ao Brasil
  • Lista de abreviaturas e siglas.

M

  • Medidas provisórias referentes ao Brasil.

N

  • Noções sobre responsabilidadeinternacional do Estado

O

  • OEA. Procedimento aplicável a todos os Estados-Membros da OEA. Partes ou não da Convenção Americana
  • Obrigação de fazer e não-fazer. Execução das demais obrigações
  • Obrigações de fazer e não-fazer.
  • Ordenamento jurídico nacional e assentenças da Corte Interamericana
  • Origens do sistema interamericano.

P

  • Panorama doCorpus Iuris do sistema interamericano
  • Panorama dos casos em que o Brasil éparte na Corte Interamericana
  • Papel da Comissão Interamericana de Direitos Humanos
  • Papel da Corte Interamericana de Direitos Humanos
  • Papel do Poder Judiciário para a implementação das sentenças da Corte Interamericana
  • Penitenciária "Dr. Sebastião Martins Silveira". Caso das pessoas privadas de liberdade da Penitenciária "Dr. Sebastião Martins Silveira" (Araraquara, São Paulo). Medidas provisórias. Brasil
  • Perspectivas e desafios para a implementação das sentenças da Corte Interamericana no Brasil.
  • Pessoas privadas de liberdade da Penitenciária "Dr. Sebastião Martins Silveira" (Araraquara, São Paulo). Caso. Medidas provisórias referentes ao Brasil.
  • Poder Executivo. Dever. ConvençãoAmericana de Direitos Humanos
  • Poder Judiciário. Recurso
  • Poder Legislativo. Dever. Convenção Americana de Direitos Humanos
  • Principais espécies de reparação previstas nas sentenças da Corte Interamericana
  • Princípio da jurisdição universal. Aplicação
  • Procedimento aplicável a todos os Estados-Membros da OEA. Partes ou não da Convenção Americana
  • Procedimento aplicável somente aosEstados-Partes da Convenção Americana.
  • Procedimentos de responsabilização do Estado por violação dos direitos humanos no sistema interamericano
  • Projeto de lei sobre os efeitos jurídicos das decisões da Corte Interamericana.

R

  • Recurso ao Poder Judiciário
  • Referências.
  • Reparação. Principais espécies de reparação previstas nas sentenças da Corte Interamericana
  • Responsabilidade do Estado por violação dos direitos humanos no sistema interamericano.
  • Responsabilidade internacional do Estado. Noções
  • Responsabilidade internacional do Estado no sistema interamericano.
  • Responsabilidade internacional do Estado por violação dos direitos humanos
  • Responsabilidade internacional porviolação dos direitos humanos.
  • Responsabilização do Estado por violação dos direitos humanos no sistema interamericano. Procedimentos
  • Restituição na íntegra ourestitutio in integrum
  • Restitutio in integrum. Restituição na íntegra ourestitutio in integrum.

S

  • Satisfação
  • Sentença. Desafios e perspectivas para a implementação das sentenças da Corte Interamericana no Brasil.
  • Sentença. Implementação das sentenças da Corte Interamericana de Direitos Humanos no Brasil
  • Sentença. Implementação forçada das sentenças da Corte Interamericana
  • Sentença. Implementaçãosponte propria das sentenças da Corte Interamericana.
  • Sentença. Ordenamento jurídico nacional e as sentenças da Corte Interamericana
  • Sentença. Principais espécies de reparação previstas nas sentenças da Corte Interamericana.
  • Sentença internacionalversus sentença estrangeira
  • Sigla. Lista de abreviaturas e siglas.
  • Sistema interamericano. Funcionamento.
  • Sistema interamericano. Panorama do Corpus Iuris do sistema interamericano
  • Sistema interamericano. Procedimentos de responsabilização do Estado por violação dos direitos humanos no sistema interamericano.
  • Sistema interamericano. Responsabilidade do Estado por violação dos direitos humanos no sistema interamericano.
  • Sistema interamericano. Responsabilidade internacional do Estado no sistema interamericano

T

  • Trâmite na Comissão Interamericana
  • Trâmite na Comissão Interamericana. Fase deliberatória
  • Trâmite na Comissão Interamericana. Fase postulatória
  • Trâmite na Comissão Interamericana. Fase probatória.
  • Trâmite na CorteInteramericana
  • Trâmite na Corte Interamericana. Fase deliberatória.
  • Trâmite na Corte Interamericana. Fase postulatória
  • Trâmite na Corte Interamericana. Fase probatória.

U

  • Urso Branco. Caso. Medidas provisórias referentes ao Brasil.

V

  • Violação dos direitos humanos. Responsabilidade internacional por violação.

Recomendações

Capa do livro: Curso de Direitos Fundamentais, Nelson Flávio Firmino

Curso de Direitos Fundamentais

 Nelson Flávio FirminoISBN: 978853624313-9Páginas: 454Publicado em: 17/07/2013

Versão impressa

R$ 137,70Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Coisa Julgada versus Inconstitucionalidade - Controvérsias e Perspectivas, Rodrigo Esperança Borba

Coisa Julgada versus Inconstitucionalidade - Controvérsias e Perspectivas

 Rodrigo Esperança BorbaISBN: 978853623317-8Páginas: 202Publicado em: 22/03/2011

Versão impressa

R$ 59,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Diálogos entre Culturas - Direito a ter Direito, Coordenadores: Antônio César Bochenek, José Querino Tavares Neto e Orides Mezzaroba

Diálogos entre Culturas - Direito a ter Direito

 Coordenadores: Antônio César Bochenek, José Querino Tavares Neto e Orides MezzarobaISBN: 978853623078-8Páginas: 220Publicado em: 17/08/2010

Versão impressa

R$ 67,70Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Ética, Direito e Cidadania - Brasil Sociopolítico e Jurídico Atual, Ruben de Azevedo Quaresma

Ética, Direito e Cidadania - Brasil Sociopolítico e Jurídico Atual

 Ruben de Azevedo QuaresmaISBN: 978853622003-1Páginas: 496Publicado em: 16/05/2008

Versão impressa

de R$ 149,90* porR$ 127,42Adicionar ao
carrinho