Negro no século XXI, O

Luislinda Dias de Valois Santos

Leia na Biblioteca Virtual
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Luislinda Dias de Valois Santos
ISBN: 978853622488-6
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 84
Publicado em: 12/05/2009
Área(s): Direito - Outros; Literatura e Cultura - Política, História e Filosofia
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Com sensibilidade ímpar para entender a necessidade mais básica da alma humana – ser acolhida, a autora compreendeu o real sentido do amor crístico: acolher amorosamente.
Pode parecer até fácil de dizer e entender, mas, acreditem, é algo de difícil prática, principalmente em uma sociedade alicerçada em estereótipos dos mais diversos e ininteligíveis.
Estereótipos que segregam as pessoas e as classificam em aceitáveis ou inaceitáveis, ignorando a verdadeira natureza humana que é a diferenciação.
O ser diferente é inerente à nossa natureza, entretanto a violência segregacionista se instala de forma indelével até mesmo em discursos aparentemente inofensivos e politicamente corretos.
Com uma capacidade intelectual privilegiada, “a nossa Ruy Barbosa de saia”, como já foi apropriadamente classificada, a magistrada Luislinda de Valois lança luzes onde, na rotina do dia a dia, as trevas do discernimento torto ofuscam a verdade.
A verdade, essa senhora de alma pura – mas não necessariamente branca, podendo até mesmo sê-la, porque a brancura não a excluiria dessa qualidade e de nenhuma outra – nos retém, nos faz reduzir o passo e prestar atenção ao que nos acostumamos a ignorar.
A escritora e magistrada há décadas agrega à atividade da magistratura, com recursos próprios e ajuda de amigos, a atenção social às camadas mais carentes da população, notadamente a população negra, com palestras educativas, doações de gêneros alimentícios e de higiene, entre muitos outros cuidados.
Com maestria, de forma direta e objetiva, nos conduz à luz do reconhecimento de uma verdade dolorosa, que se mantém escondida atrás de cortinas imateriais, porém pesadas, à realidade da dor secular que atinge a todo um povo que, refém de leis hipócritas, é mantido de mãos atadas, mesmo com os enferrujados grilhões aparentemente rompidos.
Luislinda de Valois nos põe a refletir, com ânsia de mudança, que é preciso curar as feridas, mas não poderemos esquecer as cicatrizes se elas continuarem a sangrar.

Vereadora Tia Eron - Pastor Márcio Marinho

 

AUTOR(ES)

Luislinda Dias de Valois Santos é Juíza desde 1984, atuando na Bahia, realizou diversos projetos em defesa de seu povo oprimido e discriminado, conquistando respeito e credibilidade, além de vários prêmios. Entre suas realizações estão a criação e instalação de vários juizados (inclusive itinerantes) em várias cidades da Bahia, além de participação no lançamento do Relatório Nacional Brasileiro em cumprimento à CEDAW – Convenção para Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra a Mulher – realizado no Palácio Planalto em Brasília.


 

SUMÁRIO

I - O BRASIL E O NEGRO - O NEGRO E O BRASIL

II - O NEGRO NA SOCIEDADE DO SÉCULO XXI

III - LAZER?

IV - UM POUCO MAIS SOBRE O CARNAVAL EM SALVADOR

V - EDUCAÇÃO E CULTURA

VI - TRABALHO

VII - JUSTIÇA SOCIAL

VIII - POLÍTICAS PÚBLICAS

IX - ADOÇÃO DE CRIANÇAS NEGRAS

X - DEFESA E RESPEITO AOS DIREITOS HUMANOS PARA A CONSECUÇÃO DA PAZ

XI - BENS DE CONSUMO, MÍDIA E DISCRIMINAÇÃO

XII - DA ESCRAVIDÃO AOS DIAS DE HOJE

XIII - RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS

XIV - ÁGUA, SANEAMENTO BÁSICO E MORADIA - O CASO DOS CONDOMÍNIOS FECHADOS

XV - A RAÇA NEGRA E ALGUMAS PECULIARIDADES

XVI - TEMPO DE ELEIÇÃO

XVII - O NEGRO E O ESPORTE

XVIII - ADENDO SOBRE ZUMBI

ANEXOS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • A raça negra e algumas peculiaridades
  • Adendo sobre Zumbi.
  • Adoção de crianças negras
  • Água, saneamento básico e moradia. O caso dos condomínios fechados
  • Anexo. Carta de Teresina
  • Anexo. Lei 10.639, de 09.01.2003 (íntegra).
  • Anexo. Termo de Ajustamento. Lei 10.639/03
  • Anexos.
  • Apartheid escolar. Educação e cultura
  • Atividades. Lazer?
  • Atualidade. Da escravidão aos dias de hoje

B

  • Bens de consumo, mídia e discriminação.
  • Brasil e o negro. O negro e o Brasil

C

  • Capacidade financeira. Entretenimento. Lazer?
  • Capacitação profissional. Trabalho
  • Carnaval. Um pouco mais sobre o carnaval em Salvador
  • Carta de Teresina. Anexo
  • Cidadania. Adoção de crianças negras
  • Condomínio. Água, saneamento básico e moradia. O caso dos condomínios fechados
  • Constituição. Políticas públicas.
  • Consumo. Bens de consumo, mídia e discriminação.
  • Cotas. Sistema de cotas. Educação e cultura
  • Crença. Religiões afro-brasileiras.
  • Criança. Adoção de crianças negras
  • Cultura. Educação e cultura.

D

  • Da escravidão aosdias de hoje.
  • Defesa e respeito aos direitos humanos para a consecução da paz.
  • Direitos constitucionais. Políticas públicas
  • Direitos humanos. Adoção de crianças negras
  • Direitos humanos. Defesa e respeito aos direitos humanos para a consecução da paz
  • Discriminação. Bens de consumo, mídia e discriminação.

E

  • Educação e cultura.
  • Eleição. Tempode eleição.
  • Ensino. Educação e cultura.
  • Entretenimento. Lazer?
  • Escravidão. Da escravidão aos dias de hoje
  • Escravidão. O Brasil e o negro. O negro e o Brasil
  • Esporte. O negro e o esporte.
  • Estado. Políticas públicas
  • Excludente. O negro e o esporte.

F

  • Filiação. Adoção de crianças negras.
  • Formação do negro. Educação e cultura.

I

  • Igualdade de condições. Justiça social
  • Igualdade racial. Adendo sobre Zumbi.
  • Igualdade racial. O Brasil e o negro. O negro e o Brasil
  • Inclusão social. O Brasil e onegro. O negro e o Brasil.
  • Integração social. Um pouco mais sobre o carnaval em Salvador.

J

  • Justiça Social. Adendo sobre Zumbi
  • Justiça social.

L

  • Lazer?
  • Lei 10.639, de 09.01.2003 (íntegra). Anexo.
  • Lei do Sexagenário. Da escravidão aos dias de hoje.
  • Lei do Ventre Livre. Da escravidão aos dias de hoje

M

  • Mídia. Bens de consumo,mídia e discriminação
  • Moradia. Água, saneamento básico e moradia. O caso dos condomínios fechados.

N

  • Necessidades básicas. Água, saneamento básico e moradia. O caso dos condomínios fechados
  • Negro. O Brasil e o negro. O negro e o Brasil.
  • Negro. O negro e o esporte.
  • Negro. O negro na sociedade do século XXI

O

  • O Brasil e o negro. O negro e o Brasil.
  • O negro e o esporte.
  • O negro na sociedade do século XXI
  • Oportunidades. Justiça social

P

  • Participação social. O negro nasociedade do século XXI.
  • Paz. Defesa e respeito aos direitos humanos para a consecução da paz
  • Política. Tempode eleição
  • Política pública. Sistema decotas. Educação e cultura
  • Política pública. Trabalho.
  • Políticas públicas.
  • Potencial. O negro na sociedade do século XXI.
  • Preconceito. Adoção de crianças negras.
  • Preconceito. O negro na sociedade do século XXI.
  • Preparação. Educação e cultura.

R

  • Raça. O Brasil e o negro. O negro e o Brasil.
  • Raça negra e algumaspeculiaridades
  • Racismo. Respeito e defesa aos direitos humanos para a consecução da paz
  • Religiões afro-brasileiras.
  • Respeito e defesa aos direitos humanos para a consecução da paz

S

  • Salvador. Um pouco mais sobre o carnaval em Salvador.
  • Saneamento básico. Água, saneamento básico e moradia. O caso dos condomínios fechados.
  • Saúde. A raça negra e algumas peculiaridades.
  • Século XXI. O negro na sociedade do século XXI
  • Sistema de cotas. Educação e cultura
  • Sistema educacional. Educação e cultura.
  • Sociedade. O negro na sociedade do século XXI.

T

  • Tempo de eleição
  • Termo de Ajustamento. Lei 10.639/03. Anexo
  • Trabalho. Considerações
  • Trabalho. O Brasil e o negro. O negro e o Brasil
  • Tradição. Um pouco mais sobre o carnaval em Salvador

U

  • Um pouco mais sobre o carnaval em Salvador.

Z

  • Zumbi. Adendo sobre Zumbi
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: