FICHA TÉCNICA
Autor(es): Cíntia Marassi Barros
ISBN: 978853622317-9
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 112
Publicado em: 17/07/2009
Área(s): Psicologia - Psicanálise
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

A religião que Freud presenciou tinha como característica a renúncia ao gozo. Já a religião contemporânea, pode ser definida como terapia. A verdade que a religião traz perde espaço, e o que se sobressai são seus efeitos de bem-estar. A cada dia são “inventadas” novas Igrejas e seitas de diversas orientações. Contudo, todas parecem atuar no mesmo ponto: prometem dar conta de toda vida do sujeito, e operam numa esfera antes não explorada. A promessa recai diretamente na resolução da angústia e do sofrimento humano, e também na melhora das condições de vida do sujeito.
Miller, diante da religião, hoje sugere que temos então na religião as condições prévias do que temos na clínica. Consideramos o estudo do sujeito religioso como algo que pode nos acrescentar sobre o gozo e, consequentemente, pode nos dizer muito sobre o sujeito que atendemos no consultório. Como a religião opera sobre o gozo na contemporaneidade? O que causa a forte irrupção de gozo hoje? O estudo do sujeito religioso pode nos dizer algo sobre o sujeito que atendemos nos consultórios? São essas questões abordadas na dissertação de mestrado e que tenho a satisfação agora de compartilhá-las neste livro.

AUTOR(ES)

Cíntia Marassi Barros é Mestra em Teoria Psicanalítica na Universidade Federal do Rio de Janeiro; graduada em Psicologia pela Universidade Estácio de Sá em Resende; Psicanalista e atua em consultório nas cidades de Barra Mansa, Volta Redonda e Resende.

 

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

I INDIVIDUALISMO, TRADIÇÃO E "SURTO DE ACONSELHAMENTOS"

1.1 A ideologia individualista e a ideia de indivíduo

1.1.1 O corte da ciência

1.2 A compulsão e o víciono lugar da tradição

1.3 Bauman e o "surto de aconselhamentos"

II CONSIDERAÇÕES ACERCA DA RELIGIÃO EM FREUD

2.1 A religião como rito

2.1.1 Religião e renúncia pulsional

2.1.2 A religião como perpetuação do complexo edípico

2.1.3 O sentimento oceânico

2.1.4 A religião como sedativo

2.1.5 A religião como Weltanschauung

2.1.6 A ciência moderna

III O GOZO: DO GOZO INTERDITADO AO MAIS-DE-GOZAR

3.1 Das Ding

3.1.2 O projeto: Freud e Das Ding

3.1.3 Kant com Sade e os mitos freudianos

3.2 Do paradoxo do gozo ao paradoxo de Freud

IV LACAN E A RELIGIÃO

4.1 A religião como véu

4.2 Ciência e verdade

4.3 O Nome-do-Pai

4.3.1 Os Nomes-do-Pai

V MILLER E A RELIGIÃO

5.1 Da ética ao avesso

5.2 Religião e gozo

5.3 Terapização da religião

CONCLUSÃO

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Apresentação.

B

  • Bauman e o "surto de aconselhamentos".

C

  • Ciência e verdade. Lacan e a religião.
  • Ciência moderna. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Ciência. Deus. Corte da ciência.
  • Complexo de Édipo. Religião como perpetuação do complexo edípico. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Compulsão e o vício nolugar da tradição.
  • Conclusão.
  • Conselho. Bauman e o "surto de aconselhamentos".
  • Conselho. Surto de Aconselhamentos. Individualismo. Tradição.
  • Considerações acerca dareligião em Freud.
  • Considerações acerca da religião emFreud. Religião como perpetuação do complexo edípico.
  • Considerações acerca da religião em Freud. Religião como sedativo.
  • Considerações acerca da religião em Freud. Religião como Weltanschauung
  • Considerações acerca da religião em Freud. Religião e renúncia pulsional.
  • Considerações acerca da religião emFreud. Sentimento oceânico.
  • Corte da ciência. Deus.

D

  • Da ética ao avesso. Miller e a religião.
  • Das Ding. Freud. Projeto.
  • Das Ding. Gozo.
  • Deus. Corte da ciência.
  • Do paradoxo do gozo ao paradoxo de Freud.

E

  • Édipo. Religião como perpetuação do complexo edípico. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Ética. Da ética ao avesso. Miller e a religião.

F

  • Freud e Das Ding. Projeto.
  • Freud. Ciência moderna. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Freud. Considerações acerca da religião em Freud. Religião como perpetuação do complexo edípico.
  • Freud. Considerações acerca da religião em Freud. Religião como sedativo
  • Freud. Considerações acerca da religiãoem Freud. Sentimento oceânico.
  • Freud. Das Ding. Gozo.
  • Freud. Do paradoxo do gozo ao paradoxo de Freud.
  • Freud. Kant com Sade e os mitos freudianos. Gozo.
  • Freud. Religião como rito. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Freud. Religião como Weltanschauung. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Freud. Religião e renúncia pulsional. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Freud. Religião. Considerações acerca da religião em Freud.

G

  • Gozo e religião. Miller e a religião.
  • Gozo interditado ao mais-de-gozar.
  • Gozo. Das Ding.
  • Gozo. Do paradoxo do gozo ao paradoxo de Freud.
  • Gozo. Gozo interditado ao mais-de-gozar.
  • Gozo. Kant com Sade e os mitos freudianos.

I

  • Ideia de indivíduo. Ideologia individualista.
  • Ideologia individualista ea ideia de indivíduo.
  • Individualismo. Ideologia individualista e a ideia de indivíduo.
  • Individualismo. Tradição. Surto de Aconselhamentos.
  • Indivíduo. Ideologia individualista e a ideia de indivíduo.
  • Indivíduo. Surto de Aconselhamentos. Individualismo. Tradição.
  • Indivíduo. Vício e compulsão no lugar da tradição.
  • Introdução.

K

  • Kant com Sade e os mitos freudianos. Gozo.

L

  • Lacan e a religião.
  • Lacan e a religião. Ciência e verdade.
  • Lacan e a religião.O Nome-do-Pai.
  • Lacan e a religião. Os Nomes-do-Pai.
  • Lacan e a religião. Religião como véu.

M

  • Mais-de-gozar. Gozo interditado ao mais-de-gozar.
  • Miller e a religião.
  • Miller e a religião. Daética ao avesso.
  • Miller e a religião.Religião e gozo.
  • Miller e a religião. Terapização da religião.
  • Mito. Kant com Sade e os mitos freudianos. Gozo.

O

  • O Nome-do-Pai. Lacan e a religião.
  • O projeto: Freud e Das Ding.
  • Os Nomes-do-Pai. Lacan e a religião.

P

  • Pai. O Nome-do-Pai. Lacan e a religião.
  • Paradoxo. Do paradoxo do gozo ao paradoxo de Freud.
  • Prefácio.
  • Projeto: Freud e Das Ding.

R

  • Referências.
  • Religião como perpetuação do complexo edípico. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Religião como rito. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Religião como sedativo. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Religião como véu. Lacan e a religião.
  • Religião como Weltanschauung. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Religião e gozo. Miller e a religião.
  • Religião e renúncia pulsional. Considerações acerca da religião em Freud
  • Religião. Ciência moderna. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Religião. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Religião. Considerações acerca da religião em Freud. Sentimento oceânico
  • Religião. Indivíduo. Surto de Aconselhamentos. Individualismo. Tradição
  • Religião. Lacane a religião.
  • Religião. Millere a religião.
  • Religião. Miller e a religião. Da ética ao avesso.
  • Religião. Miller e a religião. Terapização da religião.
  • Religião. O Nome-do-Pai. Lacan e a religião.
  • Religião. Os Nomes-do-Pai. Lacan.
  • Religião. Verdade e ciência. Lacan e a religião.
  • Renúncia pulsional. Religião. Considerações acerca da religião em Freud.
  • Rito. Religião como rito. Considerações acerca da religião em Freud.

S

  • Sade. Kant com Sade e os mitos freudianos. Gozo.
  • Sedativo. Religião. Consideraçõesacerca da religião em Freud.
  • Sentimento oceânico. Consideraçõesacerca da religião em Freud.
  • Sociedade. Vício e compulsãono lugar da tradição.
  • Surto de aconselhamentos. Bauman e o "surto de aconselhamentos".
  • Surto de Aconselhamentos. Individualismo. Tradição.

T

  • Terapia. Miller e a religião.Terapização da religião.
  • Terapização da religião.Miller e a religião.
  • Tradição. Compulsão e o vício no lugar da tradição.
  • Tradição. Surto de Aconselhamentos. Individualismo.

V

  • Verdade e ciência. Lacan e a religião.
  • Vício e compulsão no lugar da tradição.

W

  • Weltanschauung. Religião. Considerações acerca da religião em Freud.
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: