Estupro - Uma Interpretação Sociológica da Violência no Cárcere

Gessé Marques Junior

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Gessé Marques Junior

ISBN: 978853622580-7

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 168

Publicado em: 21/08/2009

Área(s): Sociologia

Sinopse

“Estupro – Uma Interpretação Sociológica da Violência no Cárcere” é uma análise sobre práticas e regras internas recorrentes nos cárceres brasileiros que oprimem e violentam aqueles que são condenados por estupro. A partir delas, o livro expõe como a condição do estuprador repercute no processo de decisão, de interpretação e na profissão jurídica, relacionando o dever ser da doutrina e teoria jurídicas com dados sociológicos. Por meio de pesquisa de campo e aplicação de questionários entre juízes(as) e promotores(as) da região de Campinas, SP, tem por objetivo descrever e analisar como as práticas da Execução Penal criam uma moldura de entendimento que envolve as ações profissionais e pessoais desses operadores do direito. E, a partir desses dados, revela um sentimento de “frustração” que percorre as dificuldades na aplicação das normas de direito na sociedade. O livro percorre problemas do direito com olhar sociológico, utiliza uma linguagem acessível a profissionais de Direito e de Ciências Sociais, e desenvolve uma metodologia de pesquisa que amplia os horizontes das investigações sobre as práticas jurídicas.

Autor(es)

Gessé Marques Junior é Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo – USP; Doutorado “Sandwich” na University of California, San Diego; Mestre em Antropologia Social na Universidade Estadual de Campinas – Unicamp; Mestre em Direito na Universidade Metodista de Piracicaba. Professor de Sociologia Jurídica e Metodologia de Pesquisa em Direito na Unimep; graduado em Ciências Sociais.