Abuso Sexual - Intrafamiliar Recorrente - 2ª Edição - Revista e Atualizada

Patricia Calmon Rangel

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Patricia Calmon Rangel
ISBN: 978853622677-4
Edição/Tiragem: 2ª Edição - Revista e Atualizada
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 194
Publicado em: 04/11/2009
Área(s): Direito Penal; Psicologia - Jurídica
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

O abuso sexual intrafamiliar contra crianças vem sendo objeto de pesquisas cujas contribuições principais são o rompimento da cortina de silêncio que historicamente tem ocultado o fenômeno, o redimensionamento estatístico das ocorrências e a proposição de procedimentos preventivos e de programas assistenciais às vítimas. Neste trabalho, a autora busca identificar, na dinâmica dos relacionamentos entre os membros de uma família onde ocorreu o abuso sexual recorrente contra a criança, os elementos e características implicados na origem das práticas abusivas e na sustentação das recorrências, através de um estudo de caso. O estudo de caso foi realizado por meio de entrevistas com uma vítima de abuso sexual recorrente e seus familiares, na qual foram abordados os seguintes tópicos de informação: a família, a história de vida dos sujeitos e o abuso. Os principais resultados, obtidos a partir da análise de conteúdo, revelaram relações impregnadas por concepções patriarcais, onde conceitos sexistas e adultocêntricos se articulam promovendo a objetificação das crianças e favorecendo a ocorrência das práticas abusivas. Os resultados indicam também a importância do segredo na sustentação das recorrências e da proteção e do apoio familiares para a revelação do abuso, bem como a ausência de sequelas significativas no comportamento da vítima. Verificou-se que, instalado o abuso, o rompimento do segredo que o sustenta vai depender de um ambiente familiar em que a criança vá se sentir protegida após a revelação, ou de um suporte estatal que lhe dê alternativas diversas, que não a submissão ao abuso. O enfrentamento das questões implicadas no abuso sexual intrafamiliar, configuradas nos planos jurídico, social e psicológico, depende de uma abordagem pluridisciplinar voltada para a efetiva proteção da criança e de sua saúde.

AUTOR(ES)

Patricia Calmon Rangel é Promotora de Justiça no Estado do Espírito Santo.
 

SUMÁRIO

PARTE I

INTRODUÇÃO

CRIANÇA: OBJETO OU SUJEITO DE DIREITOS?

O ABUSO SEXUAL INTRAFAMILIAR

A PROIBIÇÃO DO INCESTO

RELAÇÕES FAMILIARES E O ABUSO SEXUAL

PARTE II

PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS DA PESQUISA

APRESENTAÇÃO DAS PERSONAGENS

DESCRIÇÃO DO CASO

História da família

Ana

Abusos sexuais

PARTE III

SOBRE OS DADOS OBTIDOS

I - Do abuso sexual

A revelação e suas consequências

II -Elementos implicados na prática abusiva e em sua recorrência

A dinâmica dos relacionamentos familiares durante o período de recorrência do abuso

As concepções sexistas

Proteção e suporte

O contexto social

O sistema de garantias de direitos - Um sistema em construção

REFLEXÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • A dinâmica dos relacionamentos familiares durante o período de recorrência do abuso
  • A proibição do incesto
  • Abuso. Recorrência. Dinâmica dos relacionamentos familiares durante o período de recorrência do abuso
  • Abuso sexual. A revelaçãoe suas consequências
  • Abuso sexual. Abusos sexuais.
  • Abuso sexual. Doabuso sexual
  • Abuso sexual. Elementos implicados na prática abusiva e em sua recorrência
  • Abuso sexual. Procedimentos metodológicos da pesquisa
  • Abuso sexual. Relações familiares e o abuso sexual
  • Abuso sexual. Sobre os dados obtidos.
  • Abuso sexual intrafamiliar.
  • Apresentação das personagens.
  • As concepçõessexistas

C

  • Comportamento. As concepções sexistas
  • Comportamento. Proteção e suporte.
  • Concepção. As concepções sexistas
  • Criança - Objeto ou sujeito de direitos?

D

  • Dados. Sobre os dados obtidos
  • Descrição do caso.
  • Dinâmica dos relacionamentos familiares durante o período de recorrência do abuso
  • Direito. Criança - Objetoou sujeito de direitos?

E

  • Elementos implicados na práticaabusiva e em sua recorrência

F

  • Família. A proibição do incesto.
  • Família. Abuso sexual. Procedimentos metodológicos da pesquisa.
  • Família. Abuso sexual intrafamiliar
  • Família. Dinâmica dos relacionamentos familiares durante o período de recorrência do abuso.
  • Família. Elementos implicados na prática abusiva e em sua recorrência
  • Família. História. Descrição do caso.
  • Família. O contexto social.
  • Família. Relações familiares e o abuso sexual

H

  • História.Família.
  • História. Família. Descrição do caso.

I

  • Incesto. A proibição do incesto
  • Introdução

M

  • Metodologia. Procedimentos metodológicos da pesquisa

O

  • O abuso sexual intrafamiliar
  • Objeto. Criança - Objetoou sujeito de direitos?

P

  • Personagem. Apresentação das personagens
  • Pesquisa. Procedimentos metodológicos da pesquisa.
  • Procedimentos metodológicos da pesquisa.
  • Proibição. A proibição do incesto.
  • Proteção e suporte.

R

  • Recorrência. Abuso. Dinâmica dos relacionamentos familiares durante o período de recorrência do abuso
  • Referências
  • Reflexões finais
  • Relacionamento. Proteção e suporte.
  • Relações familiarese o abuso sexual.

S

  • Sobre os dados obtidos
  • Sociedade. O contexto social.
  • Sujeito de direitos. Criança - Objeto ou sujeito de direitos?
  • Suporte. Proteçãoe suporte
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: