Manual Prático de Medicina Legal no Laboratório - • Pelos Humanos (Novo) • Prova Pericial • Análises dos Fluidos do Corpo • Quesitos e Laudos - 2ª Edição – Revista e Atualizada

Maria Cristina Toledo Sawaya e Maria Regina Sawaya Rolim

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Maria Cristina Toledo Sawaya e Maria Regina Sawaya Rolim
ISBN: 978853622613-2
Edição/Tiragem: 2ª Edição – Revista e Atualizada
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 230
Publicado em: 11/12/2009
Área(s): Direito - Medicina Legal; Direito Penal; Direito Processual Penal
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Manual Prático de Medicina Legal no Laboratório foi escrito de maneira clara e didática e é uma obra de referência para os peritos que atuam em laboratório, além de ser um guia para professores e estudantes.

Indicado, também, para outros profissionais que atuam na área criminal, como juízes, promotores, delegados de polícia, advogados e médicos legistas, ajudando na interpretação de laudos e na solicitação de exames laboratoriais.

Seu conteúdo, como na primeira edição, abrange análises laboratoriais de fluidos orgânicos em Medicina Legal, voltados principalmente para a identificação do corpo de delito em crimes sexuais.

Esta nova edição contém um novo capítulo sobre perícia em pelos humanos. Inclui a análise das características micro e macroscópicas, a classificação das fases de crescimento do pêlo e das características morfológicas das raízes e sua avaliação para tipagem de DNA nuclear ou mitocondrial. Contém, também, fotografias de pelos humanos e de alguns animais para auxiliar o perito na identificação dos mesmos.
 

AUTOR(ES)

Maria Cristina Toledo Sawaya e Maria Regina Sawaya Rolim - As autoras são Engenheiras Químicas formadas pela UFPR e Pós-graduadas em Genética Humana pela PUCPR. Peritas oficiais, atuando como Químicas Legais nos Laboratórios de Química Legal e Sexologia Forense no Instituto Médico Legal do Paraná, desde 1979. Professoras em cursos de formação de Perito Oficiais.

SUMÁRIO

PARTE I HISTÓRICO E FUNDAMENTO DAS TÉCNICAS - SANGUE E SÊMEN

CAPÍTULO 1 - SANGUE

1.1 IDENTIFICAÇÃO DE SANGUE

A) Testes de orientação

B) Testes de certeza

1.2 DETERMINAÇÃO DA ORIGEM

A) Testes da precipitina

B) Teste da antiglobulina humana (Teste de Coombs)

C) Teste imunocromatográfico para hemoglobina humana

D) Influência de fatores externos nos testes para determinação da origem

1.3 TIPAGEM SANGUÍNEA

A) Estrutura e formação dos antígenos A, B, e H

B) Antissoros do sistema ABO

C) Determinação de antígenos "MN" e do fator " Rho"

D) Métodos para determinação dos grupos sanguíneos em manchas

E) Influência de fatores externos na determinação dos antígenos " A, B, H"

Referências

CAPÍTULO 2 - SÊMEN

2.1 IDENTIFICAÇÃO DE SÊMEN

A) Teste microscópico

B) Testes químicos

C) Teste imunológico

2.2 TIPAGEM EM SECREÇÕES

A) Substâncias grupo-específicas nas secreções

B) Sistema Lewis

C) Método para determinação dos antígenos ABH nas secreções

D) Influência de fatores externos na determinação de antígenos ABH nas secreções

Referências

PARTE II TÉCNICAS DE LABORATÓRIO - SANGUE E SÊMEN

CAPÍTULO 3 - TÉCNICAS PARA SANGUE

3.1 IDENTIFICAÇÃO DE SANGUE

A) Testes de orientação

B) Testes de certeza

3.2 DETERMINAÇÃO DA ORIGEM

A) Testes da precipitina

B) Testes da antiglobulina humana

C) Imunocromatografia para hemoglobina humana

3.3 TIPAGEM SANGUÍNEA EM MANCHAS

Referências

CAPÍTULO 4 - TÉCNICAS PARA SÊMEN

4.1 IDENTIFICAÇÃO DE SÊMEN

A) Microscopia

B) Teste químico

C) Teste Imunológico

4.2 TIPAGEM DE SECREÇÕES

Referências

CAPÍTULO 5 - COLETA, ACONDICIONAMENTO, CONSERVAÇÃO E PRESERVAÇÃO DE MATERIAIS DESTINADOS À PERÍCIA

A) Coleta

B) Acondicionamento e conservação

C) Preservação

PARTE III PELOS HUMANOS

CAPÍTULO 6 - PELOS HUMANOS

6.1 COMPOSIÇÃO QUÍMICA

6.2 ESTRUTURA

6.3 HISTOGÊNESE

6.4 CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS DA HASTE

6.5 FASES DE CRESCIMENTO DO PELO - CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS DAS RAÍZES

6.6 ANÁLISE DE CARACTERÍSTICAS MACROSCÓPICAS

6.7 ANÁLISE DE CARACTERÍSTICAS MICROSCÓPICAS

A. Fibra ou pelo

B. Diferenciação entre pelo humano e animal

C. Tratamento químico

D. Danos

E. Doenças

F. Origem racial e determinação da região do corpo

G. Raízes: análise, classificaçãoe avaliação para tipagem de DNA nuclear ou mitocondrial

6.8 COMPARAÇÕES ENTRE PELOS

6.9 EFEITOS DE ALTERAÇÕES BIOLÓGICAS E AMBIENTAIS NA MICROSCOPIA E ANÁLISE DE DNA

6.10 PROTOCOLO E TÉCNICAS PARA PERÍCIA DE PELOS

A. Análise de características observadas macroscopicamente

B. Análise de características observadas microscopicamente

C. Técnicas

D Preservação e/ou encaminhamento das amostras para DNA

E. Coleta

Referências

PARTE IV QUESITOS E LAUDOS

CAPÍTULO 7 - FORMULAÇÃO DE QUESITOS

CAPÍTULO 8 - COMENTÁRIOS E MODELOS DE LAUDOS DE LABORATÓRIO

GLOSSÁRIO

APÊNDICE

Referências

INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: