Estado Plurinacional e Direito Internacional - Coleção Para Entender - Coordenador da Coleção: Leonardo Nemer C. Brant

José Luiz Quadros de Magalhães

Leia na Biblioteca Virtual
FICHA TÉCNICA
Autor(es): José Luiz Quadros de Magalhães
ISBN: 978853623900-2
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 104
Publicado em: 31/10/2012
Área(s): Direito - Coleções; Direito Internacional
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE
 
É com grande satisfação que apresentamos a Coleção Para Entender, a qual visa analisar, de forma abrangente e atualizada, os principais temas ligados ao Direito Internacional e às Relações Internacionais. Tal iniciativa responde à necessidade de compreensão dos desafios colocados por um cenário internacional cada vez mais dinâmico e integrado. Diante desse novo contexto, o Direito Internacional vem assistindo a um movimento de crescente expansão e afirmação. Essa lógica, contudo, não se desenvolve de maneira uniforme e a fragmentação do Direito Internacional exige a compreensão de suas áreas de especialização. É por esta razão que a Coleção Para Entender guarda toda sua atualidade. A diversidade dos temas abordados, a natureza direta da linguagem adotada, bem como o enfoque interdisciplinar, permitem ao leitor um conjunto acessível e didático de análise da realidade internacional. Esta realização é resultante do fundamental apoio concedido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, pela Fundação Alexandre de Gusmão - FUNAG, e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais - FAPEMIG, o qual agradecemos.
 
Leonardo Nemer Caldeira Brant
Coordenador da Coleção Para Entender
 
Neste Volume:
 
  • INTRODUÇÃO
  • DA UNIFORMIZAÇÃO À PLURALIDADE
  • SUPERANDO HEGEMONIAS
  • PLURALISMO EPISTEMOLÓGICO
  • UM SISTEMA PLURIJURÍDICO
  • OUTROS EIXOS: PARA CONTINUAR A DISCUSSÃO
  • REFERÊNCIAS
AUTOR(ES)
José Luiz Quadros de Magalhães - Mestre e Doutor em Direito Constitucional pela UFMG; Professor do programa de Pós-graduação em Direito da PUC-Minas; Coordenador do programa de Mestrado em Direito da FDSM; Professor dos cursos de Direito e Ciências do Estado da Universidade Federal de Minas Gerais; Professor convidado do Doutorado em Direito da Universidad de Buenos Aires e Pesquisador do projeto PAPIIT do Centro de Investigaciones Jurídicas da Universidad Nacional Autónoma de México.
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

Capítulo 1 - DA UNIFORMIZAÇÃO À PLURALIDADE

1.1 A Superação da Modernidade na Construção de um Novo Sistema Mundo

1.2 A Modernidade: Origens

1.2.1 1492: Invasão

1.2.2 A expulsão

1.3 O Estado Moderno na Europa

1.4 O Estado Moderno na América

1.5 O Dispositivo Moderno: Nós x Eles

1.6 Duas Perguntas sobre o Direito Moderno

1.6.1 Em que medida a grande novidade do final do século XX, a União Europeia, rompe com o dispositivo moderno? Adiantando o final da resposta: em nada. A União Europeia reproduz o sistema moderno

1.6.2 Outra pergunta: Em que medida o direito internacional moderno rompe com o dispositivo de encobrimento e exclusão do outro? Alguma coisa começa a acontecer

1.7 O Estado Plurinacional como uma Alternativa para uma Nova Ordem Nacional Constitucional e Internacional (Mundial) Democrática

1.8 Direito Internacional e Direito Plurinacional

Capítulo 2 - SUPERANDO HEGEMONIAS

2.1 Constituição e Democracia: o Constitucionalismo Liberal e a Conquista do Voto Igualitário

2.2 Democracia Versus Constituição

2.3 Os Problemas da Democracia Majoritária

2.4 A Democracia Consensual Plural do Novo Constitucionalismo Latino-Americano

Capítulo 3 - PLURALISMO EPISTEMOLÓGICO

Capítulo 4 - UM SISTEMA PLURIJURÍDICO

4.1 Sistemas Monojurídicos Descentralizados

4.2 O Direito Comunitário: Mais do Mesmo

4.3 O Direito Internacional: Mais do Mesmo?

4.4 O que é um Sistema Plurijurídico: a Bolívia

4.5 Os Tribunais Internacionais e os Tribunais Plurinacionais

Capítulo 5 - OUTROS EIXOS: PARA CONTINUAR A DISCUSSÃO

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • América Latina. Democracia consensual plural do novo constitucionalismo latino-americano
  • América. Estado Moderno na América

B

  • Bolívia. Sistema plurijurídico. O que é um sistema plurijurídico: a Bolívia

C

  • Capitalismo. Em que medida a grande novidade do final do século XX, a União Europeia, rompe com o dispositivo moderno? A União Europeia reproduz o sistema moderno
  • Capitalismo. Histórico. 1492: invasão
  • Constitucional. Estado plurinacional como uma alternativa para uma nova ordem nacional constitucional e internacional (mundial) democrática
  • Constitucionalismo liberal. Constituição e democracia: o constitucionalismo liberal e a conquista do voto igualitário
  • Constitucionalismo. Democracia consensual plural do novo constitucionalismo latino-americano
  • Constituição e democracia: o constitucionalismo liberal e a conquista do voto igualitário
  • Constituição. Democraciaversus Constituição

D

  • Democracia consensual plural do novo constitucionalismo latino-americano
  • Democracia majoritária. Problemas
  • Democracia versus Constituição
  • Democracia. Constituição e democracia: o constitucionalismo liberal e a conquista do voto igualitário
  • Descentralização. Sistemas monojurídicos descentralizados
  • Direito Comunitário: mais do mesmo
  • Direito Internacional e Direito Plurinacional
  • Direito Internacional Moderno. Outros eixos: para continuar a discussão
  • Direito Internacional: mais do mesmo?
  • Direito Internacional Moderno. Outra pergunta: Em que medida o direito internacional moderno rompe com o dispositivo de encobrimento e exclusão do outro? Alguma coisa começa a acontecer
  • Dispositivo moderno. Em que medida a grande novidade do final do século XX, a União Europeia, rompe com o dispositivo moderno? A União Europeia reproduz o sistema moderno
  • Dispositivo moderno: nós x eles
  • Diversidade. Tribunais Internacionais e os Tribunais Plurinacionais
  • Duas perguntas sobre o Direito Moderno

E

  • Eles. Dispositivo moderno: nós x eles
  • Em que medida a grande novidade do final do século XX, a União Europeia, rompe com o dispositivo moderno? A União Europeia reproduz o sistema moderno
  • Encobrimento. Outra pergunta: Em que medida o direito internacional moderno rompe com o dispositivo de encobrimento e exclusão do outro? Alguma coisa começa a acontecer
  • Epistemologia. Pluralismo epistemológico
  • Estado Moderno na América
  • Estado Moderno na Europa
  • Estado moderno. Expulsão
  • Estado plurinacional como uma alternativa para uma nova ordem nacional constitucional e internacional (mundial) democrática
  • Estado plurinacional. Outros eixos: para continuar a discussão
  • Europa. Estado Moderno na Europa
  • Exclusão. Outra pergunta: Em que medida o direito internacional moderno rompe com o dispositivo de encobrimento e exclusão do outro? Alguma coisa começa a acontecer
  • Expulsão

H

  • Hegemonia. Superando hegemonias
  • Histórico. 1492: invasão

I

  • Identidade nacional. Superação da modernidade na construção de um novo sistema mundo
  • Introdução
  • Invasão. Histórico. 1492: invasão

M

  • Modernidade. Dispositivo moderno: nós x eles
  • Modernidade. Expulsão
  • Modernidade. Histórico. 1492: invasão
  • Modernidade. Superação da modernidade na construção de um novo sistema mundo
  • Modernidade: origens
  • Monojurídico. Sistemas monojurídicos descentralizados

N

  • Nomeação. Dispositivo moderno: nós x eles
  • Nós. Dispositivo moderno: nós x eles
  • Nova ordem nacional. Estado plurinacional como uma alternativa para uma nova ordem nacional constitucional e internacional (mundial) democrática
  • Novo constitucionalismo. Democracia consensual plural do novo constitucionalismo latino-americano
  • Novo sistema mundo. Superação da modernidade na construção de um novo sistema mundo

O

  • Ordem nacional democrática. Estado plurinacional como uma alternativa para uma nova ordem nacional constitucional e internacional (mundial) democrática
  • Ordem nacional. Estado plurinacional como uma alternativa para uma nova ordem nacional constitucional e internacional (mundial) democrática
  • Origem. Modernidade: origens
  • Outra pergunta: Em que medida o direito internacional moderno rompe com o dispositivo de encobrimento e exclusão do outro? Alguma coisa começa a acontecer
  • Outro. Outra pergunta: Em que medida o direito internacional moderno rompe com o dispositivo de encobrimento e exclusão do outro? Alguma coisa começa a acontecer
  • Outros eixos: para continuar a discussão

P

  • Pluralidade. Superação da modernidade na construção de um novo sistema mundo
  • Pluralidade. Uniformização à pluralidade
  • Pluralismo epistemológico
  • Pluralismo. Democracia consensual plural do novo constitucionalismo latino-americano
  • Plurijurídico. Sistema plurijurídico
  • Plurinacional. Direito Internacional e Direito Plurinacional
  • Plurinacional. Tribunais Internacionais e os Tribunais Plurinacionais
  • Problemas da democracia majoritária

R

  • Referências

S

  • Século XX. Em que medida a grande novidade do final do século XX, a União Europeia, rompe com o dispositivo moderno? A União Europeia reproduz o sistema moderno
  • Sistema jurídico. Direito Comunitário: mais do mesmo
  • Sistema moderno. Em que medida a grande novidade do final do século XX, a União Europeia, rompe com o dispositivo moderno? A União Europeia reproduz o sistema moderno
  • Sistema mundo. Superação da modernidade na construção de um novo sistema mundo
  • Sistema plurijurídico
  • Sistema plurijurídico. O que é um sistema plurijurídico: a Bolívia
  • Sistemas monojurídicos descentralizados
  • Superação da modernidade na construção de um novo sistema mundo
  • Superando hegemonias

T

  • Tribunais Internacionais e os Tribunais Plurinacionais

U

  • União Europeia. Em que medida a grande novidade do final do século XX, a União Europeia, rompe com o dispositivo moderno? A União Europeia reproduz o sistema moderno
  • Uniformização à pluralidade

V

  • Voto igualitário. Constituição e democracia: o constitucionalismo liberal e a conquista do voto igualitário
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: