Exame de Suficiência em Contabilidade - Teoria da Contabilidade - Inclui Exercícios e Provas do CFC com Gabaritos - 2ª Edição - Revista e Atualizada

Wilson Alberto Zappa Hoog

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Wilson Alberto Zappa Hoog
ISBN: 978853624226-2
Edição/Tiragem: 2ª Edição - Revista e Atualizada
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 160
Publicado em: 11/07/2013
Área(s): Contabilidade Geral Aplicada
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Esta obra foi especialmente desenvolvida para atender às exigências do programa do exame de suficiência à prova de bacharel em ciências contábeis, fixado pelo Exame de Suficiência 01/2010 do Conselho Federal de Contabilidade.

Contemplando exercícios e testes aplicados pelo CFC nos últimos exames de suficiência, o livro contempla:

• Conceito, Objetivos, Aplicabilidade e Principais Características da Contabilidade;

• Escolas e Doutrinas Contábeis;

• Evolução histórica da Contabilidade;

• Reconhecimento da Mensuração de Ativos, Passivos, Receitas e Despesas, Ganhos e Perdas;

• Capital Físico, Capital Financeiro e sua Manutenção;

• Princípios de Contabilidade;

• Normas Brasileiras de Contabilidade;

• Patrimônio Líquido e suas Teorias;

• Características Qualitativas das Demonstrações Contábeis;

• Legislação Atualizada sobre a Matéria.

Os gabaritos com as respostas das questões propostas completam este excelente referencial de estudo acadêmico-profissional.

AUTOR(ES)

Prof. Msc. Wilson Alberto Zappa Hoog
Mestre em Ciência Jurídica; especialista em Avaliação de Sociedades Empresárias; bacharel em Ciências Contábeis. É Perito-contador, auditor, consultor empresarial e palestrante. Professor doutrinador de Perícia Contábil, Direito Contábil e de Empresas em cursos de pós-graduação de várias instituições de ensino. Escritor e pesquisador de matéria contábil. Mentor intelectual do Método Zappa de Avaliação da Carteira de Clientes e do Método Holístico de Avaliação do Fundo Empresarial, antigo Fundo de Comércio, e do Método de Amortização a Juros Simples - MAJS. Sócio-fundador e administrador da Zappa Hoog e Cia SS. Membro da ACIN - Associação Científica Internacional Neopatrimonialista.

SUMÁRIO

Capítulo 1 - ESTRUTURA CONCEITUAL BÁSICA DA CONTABILIDADE, OBJETIVOS DA CONTABILIDADE, USUÁRIOS E SUAS NECESSIDADES DE INFORMAÇÃO E OS RAMOS DA CONTABILIDADE

1.1 Contabilidade: conceito

1.2 Contabilidade: objeto, finalidade e sua função

1.2.1 Objeto da contabilidade

1.2.2 Objetivo da contabilidade

1.2.3 Finalidade da contabilidade

1.2.4 Função da contabilidade

1.3 Usuários da contabilidade e suas necessidades de informação

1.3.1 As principais necessidades de informação dos usuários

1.4 Os diversos ramos aplicados da contabilidade

1.5 Exercícios

Capítulo 2 - AS ESCOLAS OU DOUTRINAS NA HISTÓRIA DA CONTABILIDADE

2.1 Contismo

2.2 Personalismo

2.3 Controlismo

2.4 Reditualismo

2.5 Patrimonialismo

2.6 Aziendalismo

2.7 Neocontismo

2.8 Universalismo

2.9 Neopatrimonialismo

2.10 Teoria materialista

2.11 Teoria pura da contabilidade

2.12 Exercícios

Capítulo 3 - EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA CONTABILIDADE

3.1 Eras da contabilidade

3.2 As partidas dobradas

3.3 Exercícios

Capítulo 4 - RECONHECIMENTO E MENSURAÇÃO DE ATIVOS E DE PASSIVOS. RECEITAS E DESPESAS, CUSTO, GANHOS E PERDAS. CAPITAL FÍSICO, FINANCEIRO E SUA MANUTENÇÃO

4.1 Critérios de avaliações de ativos

4.2 Critérios de avaliações de passivos

4.3 Outros aspectos ligados à avaliação de ativos e de passivos

4.4 Mensuração dos elementos das demonstrações contábeis

4.5 Reconhecimento e mensuração de receitas

4.6 Reconhecimento e mensuração de despesas

4.7 Reconhecimento e mensuração dos custos

4.8 Reconhecimento e mensuração de ganhos

4.9 Reconhecimento e mensuração de perdas

4.10 Capital e os seus conceitos

4.11 Capital físico

4.12 Capital financeiro

4.13 A manutenção do capital

4.14 Reconhecimento de ativos e passivos nos termos da Resolução CFC 1.374/11

4.15 Exercícios

Capítulo 5 - OS PRINCÍPIOS DE CONTABILIDADE - RESOLUÇÃO CFC 750/93, ATUALIZADA PELA RESOLUÇÃO CFC 1.282/10

5.1 Os princípiosbrasileiros

5.2 Exercícios

Capítulo 6 - PATRIMÔNIO LÍQUIDO E SUAS TEORIAS

6.1 A teoria do patrimônio líquido e ilíquido

6.2 Do proprietário

6.3 Da entidade

6.4 Dos direitos residuais

6.5 Do fundo

6.6 Do comando

6.7 Empresarial

6.8 Relativista

6.9 Positiva

6.10 Exercícios

Capítulo 7 - CARACTERÍSTICAS QUALITATIVAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS

7.1 As características da melhoria das demonstrações contábeis segundo o CFC

7.1.1 Comparabilidade

7.1.2 Verificabilidade

7.1.3 Tempestividade

7.1.4 Compreensibilidade

7.2 Exercícios

Capítulo 8 - TEORIA DA CONTABILIDADE E OS TESTES REALIZADOS PELO CFC. EXAME DE SUFICIÊNCIA PARA A OBTENÇÃO DO REGISTRO DE CONTADOR

8.1 Simulação de um teste para a obtenção do títulode contador

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Avaliação de ativos e depassivos. Outros aspectos
  • Avaliações de ativos. Critérios
  • Avaliações de passivos. Critérios
  • Aziendalismo. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade

C

  • Capital e os seus conceitos
  • Capital financeiro
  • Capital financeiro. Reconhecimento e mensuração de ativos e de passivos. Receitas e despesas, custo, ganhos e perdas. Capital físico, financeiro e sua manutenção
  • Capital físico
  • Capital físico. Reconhecimento e mensuração de ativos e de passivos. Receitas e despesas, custo, ganhos e perdas. Capital físico, financeiro e sua manutenção
  • Capital. A manutenção do capital
  • Características da melhoria das demonstrações contábeis segundo o CFC
  • Características qualitativas dasdemonstrações contábeis
  • Características qualitativas das demonstrações contábeis. Exercícios
  • CFC. Características da melhoria das demonstrações contábeis segundo o CFC
  • CFC. Teoria da contabilidade e os testes realizados pelo CFC. Exame de suficiência para a obtenção doregistro de contador
  • Comparabilidade. Demonstração contábil. Características qualitativas
  • Compreensibilidade. Demonstração contábil. Características qualitativas
  • Conceito. Capital e os seus conceitos
  • Conceito. Contabilidade
  • Conceito. Estrutura conceitual básica da contabilidade, objetivos da contabilidade, usuários e suas necessidades de informação e os ramos da contabilidade
  • Contabilidade. Diversos ramos aplicados da contabilidade
  • Contabilidade. Eras da contabilidade
  • Contabilidade. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Contabilidade. Estrutura conceitual básica da contabilidade, objetivos da contabilidade, usuários e suas necessidades de informação e os ramos da contabilidade
  • Contabilidade. Evolução histórica
  • Contabilidade. Finalidade
  • Contabilidade. Função
  • Contabilidade. Objetivo
  • Contabilidade. Objeto
  • Contabilidade. Teoria da contabilidade e os testes realizados pelo CFC. Exame de suficiência para a obtenção do registro de contador
  • Contabilidade. Usuários da contabilidade e suas necessidades de informação
  • Contabilidade: conceito
  • Contabilidade: objeto, finalidade e sua função
  • Contador. Teoria da contabilidade e os testes realizados pelo CFC. Exame de suficiência para a obtenção do registro de contador
  • Contismo. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Controlismo. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Critérios de avaliações de ativos
  • Critérios de avaliações de passivos
  • Custo. Reconhecimento e mensuração de ativos e de passivos. Receitas e despesas, custo, ganhos e perdas. Capital físico, financeiro e sua manutenção
  • Custos. Reconhecimento e mensuração dos custos

D

  • Demonstração contábil. Característicasda melhoria das demonstrações contábeis segundo o CFC
  • Demonstração contábil. Características qualitativas das demonstrações contábeis
  • Demonstração contábil. Mensuração dos elementos das demonstrações contábeis
  • Despesas. Reconhecimento e mensuração de ativos e de passivos. Receitas e despesas, custo, ganhos e perdas. Capital físico, financeiro e sua manutenção
  • Despesas. Reconhecimento e mensuração de despesas
  • Diversos ramos aplicados da contabilidade

E

  • Eras da contabilidade
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Aziendalismo
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Contismo
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Controlismo
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Exercícios
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Neocontismo
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Neopatrimonialismo
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Patrimonialismo
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Personalismo
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Reditualismo
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Teoria materialista
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Teoria pura da contabilidade
  • Escolas ou doutrinas na história da contabilidade. Universalismo
  • Estrutura conceitual básica da contabilidade, objetivos da contabilidade, usuários e suas necessidades de informação e os ramos da contabilidade
  • Estrutura conceitual básica da contabilidade, objetivos da contabilidade, usuários e suas necessidades de informação e os ramos da contabilidade. Exercícios
  • Evolução históricada contabilidade
  • Evolução histórica da contabilidade. Exercícios
  • Exame de suficiência. Teoria da contabilidade e os testes realizados pelo CFC. Exame de suficiência para a obtenção do registro de contador
  • Exame. Simulação de um teste paraa obtenção do títulode contador

F

  • Finalidade da contabilidade
  • Finalidade. Contabilidade: objeto, finalidade e sua função
  • Função da contabilidade
  • Função. Contabilidade: objeto, finalidade e sua função

G

  • Ganhos. Reconhecimento e mensuração de ativos e de passivos. Receitas e despesas, custo, ganhos e perdas. Capital físico, financeiro e sua manutenção
  • Ganhos. Reconhecimento e mensuração de ganhos

H

  • Histórico. Escolas ou doutrinasna história da contabilidade

I

  • Informação. Necessidade. Estrutura conceitual básica da contabilidade, objetivos da contabilidade, usuários e suas necessidades de informação e os ramos da contabilidade
  • Informação. Principais necessidades de informação dos usuários
  • Informação. Usuários da contabilidade e suas necessidades de informação

M

  • Mensuração de ativos e passivos. Reconhecimento e mensuração de ativos e de passivos. Receitas e despesas, custo, ganhos e perdas. Capital físico, financeiro e sua manutenção
  • Mensuração dos elementos dasdemonstrações contábeis

N

  • Neocontismo. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Neopatrimonialismo. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade

O

  • Objetivo da contabilidade
  • Objetivos da contabilidade. Estrutura conceitual básica da contabilidade, objetivos da contabilidade, usuários e suas necessidades de informação e os ramos da contabilidade
  • Objeto da contabilidade
  • Objeto. Contabilidade: objeto, finalidade e sua função

P

  • Partidas dobradas
  • Patrimônio líquido esuas teorias
  • Patrimônio líquido e suas teorias. Comando
  • Patrimônio líquido e suas teorias. Direitos residuais
  • Patrimônio líquido e suasteorias. Empresarial
  • Patrimônio líquido e suas teorias. Entidade
  • Patrimônio líquido e suasteorias. Exercícios
  • Patrimônio líquido e suas teorias. Fundo
  • Patrimônio líquido e suas teorias. Positiva
  • Patrimônio líquido e suasteorias. Proprietário
  • Patrimônio líquido e suasteorias. Relativista
  • Patrimônio. Teoria do patrimônio líquidoe ilíquido
  • Patrimonialismo. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Perdas. Reconhecimento e mensuração deativos e de passivos. Receitas e despesas, custo, ganhos e perdas. Capital físico, financeiro e sua manutenção
  • Perdas. Reconhecimento e mensuração de perdas
  • Personalismo. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Principais necessidades de informação dos usuários
  • Princípios brasileiros
  • Princípios de contabilidade. Resolução CFC 50/93, atualizada pela Resolução CFC 1.282/10
  • Princípios de contabilidade. Resolução CFC 50/93, atualizada pela Resolução CFC 1.282/10
  • Princípios de contabilidade. Resolução CFC 50/93, atualizada pela Resolução CFC 1.282/10. Exercícios
  • Profissão. Teoria da contabilidade e os testes realizados pelo CFC. Exame de suficiência para a obtenção do registro de contador

R

  • Ramos da contabilidade. Estrutura conceitual básica da contabilidade, objetivos da contabilidade, usuários e suas necessidades de informação e os ramos da contabilidade
  • Receitas. Reconhecimento e mensuração de ativos e de passivos. Receitas e despesas, custo, ganhos e perdas. Capital físico, financeiro e sua manutenção
  • Receitas. Reconhecimento e mensuração de receitas
  • Reconhecimento de ativos e passivos nos termos da Resolução CFC 1.374/11
  • Reconhecimento e mensuração de ativose de passivos. Receitas e despesas, custo, ganhos e perdas. Capital físico, financeiro e sua manutenção
  • Reconhecimento e mensuração de ativose de passivos. Receitas e despesas, custo, ganhos e perdas. Capital físico, financeiro e sua manutenção. Exercícios
  • Reconhecimento e mensuração de despesas
  • Reconhecimento e mensuração de ganhos
  • Reconhecimento e mensuração de perdas
  • Reconhecimento e mensuração de receitas
  • Reconhecimento e mensuração dos custos
  • Reditualismo. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Referências
  • Registro de contador. Teoria da contabilidade e os testes realizados pelo CFC. Exame de suficiência para a obtenção do registro de contador
  • Resolução CFC 1.282/10. Princípios de contabilidade. Resolução CFC 50/93, atualizada pela Resolução CFC 1.282/10
  • Resolução CFC 1.374/11. Reconhecimento de ativos e passivos nos termos da Resolução CFC 1.374/11
  • Resolução CFC 50/93. Princípios de contabilidade. Resolução CFC 50/93, atualizada pela Resolução CFC 1.282/10

S

  • Simulação de um teste para a obtenção do título de contador

T

  • Tempestividade. Demonstração contábil. Características qualitativas
  • Teoria da contabilidade e os testes realizados pelo CFC. Exame de suficiência para a obtenção do registro de contador
  • Teoria do patrimônio líquido e ilíquido
  • Teoria materialista. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Teoria pura da contabilidade. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Teste. Simulação de um teste paraa obtenção do título de contador

U

  • Universalismo. Escolas ou doutrinas na história da contabilidade
  • Usuários da contabilidade e suas necessidades de informação

V

  • Verificabilidade. Demonstração contábil. Características qualitativas
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: