Crítica e Genealogia - A Recepção de Nietzsche na Obra de Foucault

Alexandre Alves

Versão impressa

de R$ 99,90*
por R$ 84,92em 3x de R$ 28,31Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
de R$ 69,90*
por R$ 59,42em 2x de R$ 29,71Adicionar ao carrinho

* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel

Ficha técnica

Autor(es): Alexandre Alves

ISBN v. impressa: 978853626844-6

ISBN v. digital: 978853626934-4

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 352grs.

Número de páginas: 284

Publicado em: 25/05/2017

Área(s): Direito - Filosofia do Direito

Versão Digital (eBook)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Toda a obra de Foucault se baseia numa determinada interpretação de temas e conceitos nietzscheanos, como genealogia, sentido histórico, vontade de verdade e além-do-homem. Na fronteira entre filosofia, historiografia e ciências humanas, Foucault fez uma leitura criativa de Nietzsche e partiu dele para elaborar um novo método crítico: a genealogia. Entendida como reformulação do projeto kantiano de uma crítica imanente da racionalidade, a genealogia é um conjunto de ferramentas conceituais úteis para desmontar as racionalizações políticas que fundamentam as práticas de dominação no mundo moderno, revelando os efeitos de poder dos saberes que tomam o homem e seu comportamento como objeto.

Este livro foi dividido em sete capítulos e três partes. A parte I mostra de que forma Foucault utilizou temas e conceitos de Nietzsche para formular uma crítica radical da linguagem do humanismo e da metafísica da subjetividade em que se fundamentaram as ciências humanas. Na parte II, o foco é a relação entre saber, poder e corpo no pensamento de Nietzsche e na analítica do poder de Foucault. A parte III apresenta os temas da individualidade e da ética do cuidado de si do ponto de vista de Nietzsche e de Foucault.

Autor(es)

ALEXANDRE ALVES
Doutor e Mestre em Teoria da História pela Universidade de São Paulo – USP. Realizou Pós-Doutorado em História Cultural pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP e pela Université de Paris VIII. Professor e Pesquisador no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS. Foi Professor na Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP.

Sumário

ABREVIATURAS, p. 9

Obras de Foucault, p. 9

OBRAS DE NIETZSCHE, p. 11

INTRODUÇÃO, p. 13

Uma Recepção Criativa, p. 13

A Recepção de Nietzsche na França, p. 18

Sujeito e Verdade, p. 22

1 GENEALOGIA, CRÍTICA E HISTÓRIA, p. 29

1.1 Genealogia: Crítica da ´Crítica´ da Razão, p. 29

1.2 Crítica Genealógica e Perspectivismo, p. 35

1.3 Genealogia e História, p. 39

PARTE I - O COLAPSO DA SUBJETIVIDADE, p. 47

INTRODUÇÃO, p. 49

2 A LOUCURA E A DESMEDIDA DA RAZÃO, p. 53

2.1 A Razão e Seu Outro, p. 53

2.2 Nietzsche: o Trágico e o Dionisíaco no Nascimento da Tragédia, p. 56

2.2.1 O pessimismo trágico, p. 58

2.2.2 Apolo e Dionísio: dialética entre a medida e a desmedida, p. 60

2.2.3 Declínio e renascimento da tragédia, p. 64

2.3 A Experiência da Loucura, p. 67

2.3.1 A palavra do louco, p. 67

2.3.2 A experiência trágica da loucura, p. 71

2.3.3 O grande internamento, p. 73

2.3.4 O mito da libertação dos loucos, p. 75

2.4 A Loucura de Nietzsche Como Tema Filosófico, p. 80

3 DA MORTE DE DEUS À MORTE DO HOMEM, p. 85

3.1 O Esquecimento do Ser da Linguagem, p. 85

3.2 A Analítica da Finitude, p. 89

3.2.1 Kant e a crítica da metafísica, p. 89

3.2 A Metafísica Humanista, p. 95

3.3 As Ciências Humanas e a Superação do Humanismo, p. 100

3.4 Nietzsche e o Fim do Homem, p. 104

3.4.1 O ser da linguagem e a interpretação infinita, p. 108

PARTE II - DRAMATURGIAS DO PODER, p. 117

4 O CORPO COMO CAMPO DE BATALHA, p. 119

4.1 Sintomatologia e História do Corpo, p. 119

4.2 A Metafísica do Carrasco (Nietzsche), p. 123

4.2.1 A origem do castigo, p. 123

4.3 A Interiorização da Crueldade, p. 127

4.4 A Moralidade do Costume, p. 128

4.5 Genealogia dos Sistemas Punitivos (Foucault), p. 131

4.5.1 O desaparecimento do suplício e a suavização das penas, p. 131

4.5.2 O espetáculo do suplício, p. 133

4.6 O Corpo Disciplinado, p. 135

4.6.1 Os dispositivos disciplinares, p. 135

4.6.2 Os labirintos da alma moderna, p. 138

4.6.3 A interiorização do poder, p. 140

4.7 O Poder Psiquiátrico, p. 143

4.8 A Fabricação da Histeria, p. 145

4.9 O Corpo como Novo Transcendental, p. 151

5 ESTADO, BIOPOLÍTICA E GOVERNAMENTALIDADE, p. 157

5.1 Genealogia do Estado Moderno, p. 157

5.2 Poder Pastoral e Governamentalidade, p. 166

5.3 O Sacerdote Ascético, p. 170

5.4 A Pastoralização do Estado, p. 172

5.5 As Resistências Contra o Poder Pastoral, p. 178

PARTE III - O RETORNO DA SUBJETIVIDADE, p. 183

INTRODUÇÃO, p. 185

6 NIETZSCHE: A CRÍTICA DA MORAL E O CULTIVO DE SI, p. 187

6.1 Genealogia das Morais, p. 187

6.2 Cultura e Cultivo, p. 193

6.3 O Retorno aos Gregos, p. 196

6.4 A Filosofia Como Maneira de Viver, p. 199

6.5 O Estoicismo de Nietzsche, p. 204

6.6 Nietzsche e a Modernidade, p. 208

7 SUBJETIVIDADE E VERDADE, p. 213

7.1 As Problematizações e a História da Verdade, p. 213

7.2 Genealogia do Sujeito Ético, p. 215

7.3 A Coragem de Dizer a Verdade ou Genealogia da Atitude Crítica, p. 227

7.4 A Resistência ao Poder: a Leitura de Deleuze, p. 233

7.5 O Intempestivo e a Questão da Revolução, p. 238

CONCLUSÃO, p. 245

O Significado da Genealogia, p. 245

Figuras de Nietzsche, p. 248

Vontade de Poder e Vontade de Saber, p. 250

REFERÊNCIAS, p. 255

Obras de Nietzsche, p. 255

Obras de Foucault, p. 255

Comentários Sobre Nietzsche, p. 256

Comentários Sobre Foucault, p. 261

Recepção de Nietzsche, p. 265

Outras Referências, p. 266

Índice alfabético

A

  • Abreviaturas, p. 9
  • Alma moderna. Labirintos da alma moderna, p. 138
  • Analítica da finitude, p. 89
  • Apolo e Dionísio: dialética entre a medida e a desmedida, p. 60

B

  • Batalha. Corpo como campo de batalha, p. 119
  • Biopolítica. Estado, biopolítica e governamentalidade, p. 157

C

  • Carrasco. Metafísica do carrasco (Nietzsche), p. 123
  • Castigo. Origem do castigo, p. 123
  • Ciências humanas e a superação do humanismo, p. 100
  • Colapso da subjetividade. Introdução, p. 49
  • Comentários sobre Foucault, p. 261
  • Comentários sobre Nietzsche, p. 256
  • Conclusão, p. 245
  • Coragem de dizer a verdade ou genealogia da atitude crítica, p. 227
  • Corpo como campo de batalha, p. 119
  • Corpo como novo transcendental, p. 151
  • Corpo disciplinado, p. 135
  • Corpo. Sintomatologia e história do corpo, p. 119
  • Costume. Moralidade do costume, p. 128
  • Crítica genealógica e perspectivismo, p. 35
  • Crítica. Genealogia, crítica e história, p. 29
  • "Crítica" da razão. Genealogia: crítica da "crítica" da razão, p. 29
  • Crueldade. Interiorização da crueldade, p. 127
  • Cultura e cultivo, p. 193

D

  • Declínio e renascimento da tragédia, p. 64
  • Deleuze. Resistência ao poder: a leitura de Deleuze, p. 233
  • Desaparecimento do suplício e a suavização das penas, p. 131
  • Deus. Morte de Deus à morte do homem, p. 85
  • Dialética. Apolo e Dionísio: dialética entre a medida e a desmedida, p. 60
  • Dionísio. Apolo e Dionísio: dialética entre a medida e a desmedida, p. 60
  • Dionísio. Nietzsche: o trágico e o dionisíaco no nascimento da tragédia, p. 56
  • Disciplina. Corpo disciplinado, p. 135
  • Disciplina. Dispositivos disciplinares, p. 135

E

  • Espetáculo do suplício, p. 133
  • Esquecimento do ser da linguagem, p. 85
  • Estado, biopolítica e governamentalidade, p. 157
  • Estado. Genealogia do Estado moderno, p. 157
  • Estado. Pastoralização do Estado, p. 172
  • Estoicismo de Nietzsche, p. 204
  • Ética. Genealogia do sujeito ético, p. 215
  • Experiência da loucura, p. 67

F

  • Fabricação da histeria, p. 145
  • Figuras de Nietzsche, p. 248
  • Filosofia como maneira de viver, p. 199
  • Fim do homem. Nietzsche e o fim do homem, p. 104
  • Finitude. Analítica da finitude, p. 89
  • Foucault. Comentários sobre Foucault, p. 261
  • Foucault. Genealogia dos sistemas punitivos (Foucault), p. 131
  • Foucault. Obras de Foucault, p. 9
  • Foucault. Obras de Foucault, p. 255
  • França. Recepção de Nietzsche na França, p. 18

G

  • Genealogia da atitude crítica. Coragem de dizer a verdade ou genealogia da atitude crítica, p. 227
  • Genealogia das morais, p. 187
  • Genealogia do Estado moderno, p. 157
  • Genealogia do sujeito ético, p. 215
  • Genealogia dos sistemas punitivos (Foucault), p. 131
  • Genealogia e história, p. 39
  • Genealogia, crítica e história, p. 29
  • Genealogia. Crítica genealógica e perspectivismo, p. 35
  • Genealogia. Significado da genealogia, p. 245
  • Genealogia: crítica da "crítica" da razão, p. 29
  • Governabilidade. Estado, biopolítica e governamentalidade, p. 157
  • Governabilidade. Poder pastoral e governamentalidade, p. 166

H

  • Histeria. Fabricação da histeria, p. 145
  • História. Genealogia e história, p. 39
  • Histórias. Genealogia, crítica e história, p. 29
  • Homem. Morte de Deus à morte do homem, p. 85
  • Humanismo. Ciências humanas e a superação do humanismo, p. 100
  • Humanismo. Metafísica humanista, p. 95

I

  • Intempestivo e a questão da revolução, p. 238
  • Interiorização da crueldade, p. 127
  • Interiorização do poder, p. 140
  • Interpretação. O ser da linguagem e a interpretação infinita, p. 108

K

  • Kant e a crítica da metafísica, p. 89

L

  • Labirintos da alma moderna, p. 138
  • Linguagem. Esquecimento do ser da linguagem, p. 85
  • Linguagem. O ser da linguagem e a interpretação infinita, p. 108
  • Loucura de Nietzsche como tema filosófico, p. 80
  • Loucura e a desmedida da razão, p. 53
  • Loucura. Experiência da loucura, p. 67
  • Loucura. Experiência trágica da loucura, p. 71
  • Loucura. Grande internamento, p. 73
  • Loucura. Mito da libertação dos loucos, p. 75
  • Loucura. Palavra do louco, p. 67

M

  • Metafísica do carrasco (Nietzsche), p. 123
  • Metafísica humanista, p. 95
  • Metafísica. Kant e a crítica da metafísica, p. 89
  • Moral. Genealogia das morais, p. 187
  • Moral. Nietzsche: a crítica da moral e o cultivo de si, p. 187
  • Moralidade do costume, p. 128
  • Morte de Deus à morte do homem, p. 85

N

  • Nietzsche e a modernidade, p. 208
  • Nietzsche e o fim do homem, p. 104
  • Nietzsche. Comentários sobre Nietzsche, p. 256
  • Nietzsche. Estoicismo de Nietzsche, p. 204
  • Nietzsche. Figuras de Nietzsche, p. 248
  • Nietzsche. Loucura de Nietzsche como tema filosófico, p. 80
  • Nietzsche. Metafísica do carrasco (Nietzsche), p. 123
  • Nietzsche. Obras de Nietzsche, p. 11
  • Nietzsche. Obras de Nietzsche, p. 255
  • Nietzsche. Obras. Introdução, p. 13
  • Nietzsche. Obras. Uma recepção criativa, p. 13
  • Nietzsche. Recepção de Nietzsche, p. 265
  • Nietzsche. Recepção de Nietzsche na França, p. 18
  • Nietzsche. Sujeito e verdade, p. 22
  • Nietzsche: a crítica da moral e o cultivo de si, p. 187
  • Nietzsche: o trágico e o dionisíaco no nascimento da tragédia, p. 56

O

  • O ser da linguagem e a interpretação infinita, p. 108
  • Obras de Foucault, p. 9
  • Obras de Foucault, p. 255
  • Obras de Nietzsche, p. 11
  • Obras de Nietzsche, p. 255
  • Outro. Razão e seu Outro, p. 53

P

  • Pastoralização do Estado, p. 172
  • Perspectivismo. Crítica genealógica e perspectivismo, p. 35
  • Pessimismo trágico, p. 58
  • Pisquiatria. Poder psiquiátrico, p. 143
  • Poder pastoral e governamentalidade, p. 166
  • Poder pastoral. Resistências contra o poder pastoral, p. 178
  • Poder psiquiátrico, p. 143
  • Poder. Interiorização do poder, p. 140
  • Poder. Resistência ao poder: a leitura de Deleuze, p. 233
  • Poder. Vontade de poder e vontade de saber, p. 250
  • Problematizações e a história da verdade, p. 213

R

  • Razão e seu Outro, p. 53
  • Razão. Loucura e a desmedida da razão, p. 53
  • Recepção de Nietzsche, p. 265
  • Recepção de Nietzsche na França, p. 18
  • Referências, p. 255
  • Referências. Outras referências, p. 266
  • Resistência ao poder: a leitura de Deleuze, p. 233
  • Resistências contra o poder pastoral, p. 178
  • Revolução. Intempestivo e a questão da revolução, p. 238

S

  • Saber. Vontade de poder e vontade de saber, p. 250
  • Sacerdote ascético, p. 170
  • Ser da linguagem e a interpretação infinita, p. 108
  • Ser. Esquecimento do ser da linguagem, p. 85
  • Significado da genealogia, p. 245
  • Sintomatologia e história do corpo, p. 119
  • Sistema punitivo. Genealogia dos sistemas punitivos (Foucault), p. 131
  • Suavização das penas. Desaparecimento do suplício e a suavização das penas, p. 131
  • Subjetividade e verdade, p. 213
  • Subjetividade. Retorno aos gregos, p. 196
  • Subjetividade. Retorno da subjetividade. Introdução, p. 185
  • Sujeito éetico. Genealogia do sujeito ético, p. 215
  • Suplício. Desaparecimento do suplício e a suavização das penas, p. 131
  • Suplício. Espetáculo do suplício, p. 133

T

  • Tempo. Intempestivo e a questão da revolução, p. 238
  • Tragédia. Declínio e renascimento da tragédia, p. 64
  • Tragédia. Nietzsche: o trágico e o dionisíaco no nascimento da tragédia, p. 56
  • Tragédia. Pessimismo trágico, p. 58
  • Transcendental. Corpo como novo transcendental, p. 151

V

  • Verdade. Coragem de dizer a verdade ou genealogia da atitude crítica, p. 227
  • Verdade. Problematizações e a história da verdade, p. 213
  • Verdade. Subjetividade e verdade, p. 213
  • Vontade de poder e vontade de saber, p. 250

Recomendações

Capa do livro: Contrato Como Transferência de Direitos em Thomas Hobbes, Gisele Mascarelli Salgado

Contrato Como Transferência de Direitos em Thomas Hobbes

 Gisele Mascarelli SalgadoISBN: 978853622031-4Páginas: 226Publicado em: 12/06/2008

Versão impressa

de R$ 69,90* porR$ 59,42em 2x de R$ 29,71Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 49,90* porR$ 42,42 Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Interpretação Jurídica no Estado Regulador, Gabriel Ferreira da Fonseca

Interpretação Jurídica no Estado Regulador

 Gabriel Ferreira da FonsecaISBN: 978853626332-8Páginas: 168Publicado em: 01/11/2016

Versão impressa

de R$ 59,90* porR$ 50,92em 2x de R$ 25,46Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 40,90* porR$ 34,77 Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Leituras de Filosofia do Direito, Vicente de Paulo Barretto e Fernanda Frizzo Bragato

Leituras de Filosofia do Direito

 Vicente de Paulo Barretto e Fernanda Frizzo BragatoISBN: 978853624057-2Páginas: 332Publicado em: 30/01/2013

Versão impressa

de R$ 99,90* porR$ 84,92em 3x de R$ 28,31Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Interpretação Pragmática do Discurso Jurídico, Roberto Carlos Silva

Interpretação Pragmática do Discurso Jurídico

 Roberto Carlos SilvaISBN: 978853626938-2Páginas: 364Publicado em: 06/06/2017

Versão impressa

de R$ 119,90* porR$ 101,92em 4x de R$ 25,48Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 84,70* porR$ 72,00em 2x de R$ 36,00Adicionar eBook
ao carrinho