Meio Ambiente Marinho e Direito - Volume II - A Gestão Sustentável da Investigação, da Exploração e da Explotação dos Recursos Marinhos na Zona Costeira, na Plataforma Continental e nos Fundos Marinhos

Organizadores: Carina Costa de Oliveira, George Rodrigo Bandeira Galindo, Solange Teles da Silva e Tarin Cristino Frota Mont’Alverne

Versão impressa

por R$ 199,90em 6x de R$ 33,32Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
por R$ 139,90em 5x de R$ 27,98Adicionar ao carrinho

Ficha técnica

Autor(es): Organizadores: Carina Costa de Oliveira, George Rodrigo Bandeira Galindo, Solange Teles da Silva e Tarin Cristino Frota Mont’Alverne

ISBN v. impressa: 978853627580-2

ISBN v. digital: 978853627630-4

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 736grs.

Número de páginas: 594

Publicado em: 26/01/2018

Área(s): Direito - Ambiental

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

A presente obra tem como objeto a análise de proble­mas políticos e jurídicos relacionados à investigação, à exploração e à explotação sustentável de recursos vivos e não vivos marinhos. Esse tema é abordado sob a perspectiva nacional, comparada e internacional, a fim de avaliar obrigações e instrumentos adaptáveis e adaptados à gestão sustentável do meio ambiente marinho. A abordagem internacional se justifica em razão das diversas obrigações que têm sido delineadas nas mais diversas or­ganizações internacionais envolvidas em temas marinhos e marítimos.

O estudo abrange áreas sob a jurisdição nacional, como a zona costeira, bem como áreas além da jurisdição nacional como os fundos marinhos. Inicia-se com aspectos me­todológicos e conceituais, como a abordagem ecossistêmi­ca, para avançar em problemas que perpassam diversos setores econômicos, tais como a exploração de petróleo, energias marinhas, navegação e pesca. O fio condutor do livro é evitar o estudo setorial, esforço constante que mo­tivou o artigo de cada autor na busca de uma gestão mais integrada e menos setorial dos recursos marinhos.


Meio Ambiente Marinho e Direito é o resultado de uma ampla pesquisa no direito brasileiro, no direito comparado e no direito internacional sobre a investigação, a exploração e a explotação de recursos vivos e não vivos marinhos.

Eis um livro científico, preciso e interdisciplinar, baseado no problema da regulação setorial dos recursos marinhos, a fim de identificar obrigações e instrumentos adaptados à gestão sustentável dos recursos marinhos e costeiros.

Autor(es)

ORGANIZADORES

CARINA COSTA DE OLIVEIRA
Doutora pela Paris II, Panthéon- -Assas. Professora da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília – UnB. Coordenadora do Grupo de Estudos em Direito, Recursos Natu­rais e Sustentabilidade-Gern-UnB.

GEORGE RODRIGO BANDEIRA GALINDO
Pós-doutorado em direito internacional na Universidade de Bremen e na Universidade de Helsinki. Doutor em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília – UnB. Bolsista de produtividade em pesquisa CNPq. Professor da Facul­dade de Direito da Universidade de Brasília – UnB. Consultor Jurídico do Itamaraty.

SOLANGE TELES DA SILVA
Doutora em Direito Ambiental pela Universidade Paris I – Pantheon- -Sorbonne. Professora do mestrado e do doutorado em Direito Político e Econômico da Universidade Pres­biteriana Mackenzie – UPM. Bolsis­ta de produtividade em pesquisa CNPq. Líder do Grupo de Pesquisa Direito e Desenvolvimento Susten­tável.

TARIN CRISTINO FROTA MONT’ALVERNE
Doutora em Direito Internacional do Meio Ambiente – Université Paris V e Universidade de São Pau­lo. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará – UFC. Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Direito In­ternacional da Universidade Federal do Ceará – UFC (Mundo Direito) e do Grupo de Estudo em Direito e Assuntos Internacionais – linha ambiental (GEDAI).

COLABORADORES

Ana Claudia Farranha

Ana Flávia Barros-Platiau

André Panno Beirão

Carina Costa de Oliveira

Claire Lajaunie

Clio Bouillard

Conrado da Silveira Frezza

Edwiges Coelho Girão

Eve Truilhé-Marengo

Fabrício Ramos Ferreira

Fernanda Castelo Branco Araujo

Gabriela Garcia B. Lima Moraes

Inez Lopes

João Luis Nogueira Matias

João Luis Nogueira Matias Filho

Jorge Aranda Ortega

Larissa Maria Medeiros Coutinho

Liziane Paixão Silva Oliveira

Lucas Noura de Moraes Rêgo Guimarães

Luíz Ricardo Santana de Araújo Júnior

Mariana Barbosa Cirne

Oscar Bittencourt Neto

Patrícia Ramos Barros

Pierre Mazzega

Priscila Pereira de Andrade

Solange Teles da Silva

Tarin Cristino Frota Mont’Alverne

Thiago Carvalho Barros

Tiago V. Zanella

Sumário

1 - ASPECTOS CONCEITUAIS E METODOLÓGICOS, p. 21

A SOBRE GESTÃO SUSTENTÁVEL DOS RECURSOS VIVOS E NÃO VIVOS MARINHOS, p. 23

MAPPING OCEAN-RELATED MAIN ISSUES ONTO DECISIONS OF ENVIRONMENTAL CONFERENCES OF PARTIES, Pierre Mazzega / Fernanda Castelo Branco Araujo / Ana Flávia Barros-Platiau / Carina Costa de Oliveira / Claire Lajaunie, p. 25

DESAFIOS À ADOÇÃO DA ABORDAGEM ECOSSISTÊMICA COMO INSTRUMENTO JURÍDICO PARA A GESTÃO DE RECURSOS MARINHOS NA ZONA COSTEIRA BRASILEIRA, Fernanda Castelo Branco Araujo, p. 61

B - CONCEITOS E TEORIAS RELEVANTES PARA A REGULAÇÃO DOS FUNDOS MARINHOS, p. 85

OBRIGAÇÕES E ´DIREITOS´ DOS ESTADOS PATROCINADORES EM EXPLORAÇÕES NOS FUNDOS MARINHOS, André Panno Beirão, p. 87

A INTERNACIONALIZAÇÃO JURÍDICA NO DIREITO COMPARADO DO CONCEITO DE PROSPECÇÃO E DE BIOPROSPECÇÃO NOS FUNDOS MARINHOS NACIONAIS E INTERNACIONAL, Gabriela Garcia B. Lima Moraes / Thiago Carvalho Barros, p. 119

CONCEITO E NATUREZA JURÍDICA DAS USINAS EÓLICAS OFFSHORE, Lucas Noura de Moraes Rêgo Guimarães, p. 175

2 - A GESTÃO SUSTENTÁVEL DA INVESTIGAÇÃO E DA PROSPECÇÃO DOS RECURSOS MARINHOS, p. 199

A POSSIBILIDADE DE COMPENSAÇÃO AMBIENTAL NA PRODUÇÃO PARA PESQUISA DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL OFFSHORE, Patrícia Ramos Barros / Fabrício Ramos Ferreira, p. 201

INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA MARINHA E ATIVIDADES MILITARES: CONTROVÉRSIAS SOBRE A LEGALIDADE À LUZ DO ART. 240 DA CDM/1982, Oscar Bittencourt Neto, p. 227

3 - A GESTÃO SUSTENTÁVEL DA EXPLORAÇÃO E DA EXPLOTAÇÃO DOS RECURSOS MARINHOS, p. 257

A - ASPECTOS RELACIONADOS ÀS COMPETÊNCIAS INSTITUCIONAIS, p. 259

I - ASPECTOS NACIONAIS, p. 261

TUBARÃO-AZUL: PODE UMA ESPÉCIE EM EXTINÇÃO SER PROTEGIDA NO ÂMBITO MARINHO POR REGRA ESTADUAL? Mariana Barbosa Cirne, p. 263

EXPLORAÇÃO PORTUÁRIA E MEIO AMBIENTE: DESENHO INSTITUCIONAL, COMPETÊNCIAS E DESAFIOS PARA UMA AGENDA DE PESQUISA, Conrado da Silveira Frezza / Ana Claudia Farranha, p. 287

II - ASPECTOS DO DIREITO COMPARADO, p. 323

BREVE ANÁLISE DA LEGISLAÇÃO SANITÁRIA NA AQUICULTURA NO CHILE E NO BRASIL: UMA QUESTÃO SOBRE SUA EFICÁCIA, Jorge Aranda Ortega, p. 325

B - ASPECTOS RELACIONADOS À PREVENÇÃO, p. 355

I - ASPECTOS NACIONAIS, p. 357

ACESSO E REPARTIÇÃO DE BENEFÍCIOS DOS RECURSOS GENÉTICOS MARINHOS BRASILEIROS: INCOMPATIBILIDADE ENTRE O REGIME JURÍDICO INTERNACIONAL E A NOVA LEI DA BIODIVERSIDADE? Tarin Cristino Frota Mont’Alverne / Edwiges Coelho Girão, p. 359

A REGULAMENTAÇÃO DA ÁGUA DE LASTRO NO BRASIL E SEUS REFLEXOS PARA A PROTEÇÃO DO MEIO MARINHO, Tiago V. Zanella, p. 383

BIOCOMBUSTÍVEIS MARINHOS E SUSTENTABILIDADE: A NECESSIDADE DE ADOÇÃO DE UM REGIME JURÍDICO ESPECÍFICO, Priscila Pereira de Andrade, p. 409

II - ASPECTOS INTERNACIONAIS E DE DIREITO COMPARADO, p. 433

QUEL ENCADREMENT JURIDIQUE POUR LES ACTIVITES PETROLIERES OFFSHORE EN DROIT DE L’UNION EUROPÉENNE? Clio Bouillard / Eve Truilhé-Marengo, p. 435

C - ASPECTOS RELACIONADOS À REPARAÇÃO, p. 471

O BRASIL E O REGIME JURÍDICO SOBRE RESPONSABILIDADE CIVIL INTERNACIONAL POR POLUIÇÃO MARINHA POR ÓLEO: A NECESSIDADE DE PARTICIPAÇÃO NAS DEMAIS CONVENÇÕES REGULATÓRIAS, Inez Lopes, p. 473

VANTAGENS DA ADOÇÃO DE UMA ABORDAGEM DE PROBABILIDADE DE RISCO NA AVALIAÇÃO DO NEXO CAUSAL EM CASOS DE RESPONSABILIDADE CIVIL POR POLUIÇÃO MARINHA, Larissa Maria Medeiros Coutinho, p. 511

A EVOLUÇÃO DA RESPONSABILIDADE DO ESTADO POR DANO AMBIENTAL COMO INSTRUMENTO PARA A MAIOR EFICÁCIA DA PROTEÇÃO AO MEIO AMBIENTE MARINHO, João Luis Nogueira Matias / João Luis Nogueira Matias Filho, p. 525

A BIOINVASÃO POR BIOINCRUSTAÇÃO PELO CORAL-SOL E A RESPONSABILIDADE CIVIL AMBIENTAL NO DIREITO BRASILEIRO, Luíz Ricardo Santana de Araújo Júnior / Liziane Paixão Silva Oliveira, p. 541

CONCLUSÃO - PERSPECTIVAS E DESAFIOS DA GESTÃO SUSTENTÁVEL DOS RECURSOS MARINHOS, Solange Teles da Silva / Tarin Cristino Frota Mont’Alverne, p. 563

Índice alfabético

A

  • A bioinvasão por bioincrustação pelo Coral-Sol e a responsabilidade civil ambiental no direito brasileiro. Luíz Ricardo Santana de Araújo Júnior / Liziane Paixão Silva Oliveira, p. 541
  • A evolução da responsabilidade do Estado por dano ambiental como instrumento para a maior eficácia da proteção ao meio ambiente marinho. João Luis Nogueira Matias / João Luis Nogueira Matias Filho, p. 525
  • A gestão sustentável da exploração e da explotação dos recursos marinhos, p. 257
  • A internacionalização jurídica no direito comparado do conceito de prospecção e de bioprospecção nos fundos marinhos nacionais e internacional. Gabriela Garcia B. Lima Moraes / Thiago Carvalho Barros, p. 119
  • A possibilidade de compensação ambiental na produção para pesquisa de petróleo e gás natural offshore. Patrícia Ramos Barros / Fabrício Ramos Ferreira, p. 201
  • A regulamentação da água de lastro no Brasil e seus reflexos para a proteção do meio marinho. Tiago V. Zanella, p. 383
  • Abordagem ecossistêmica. Desafios à adoção da abordagem ecossistêmica como instrumento jurídico para a gestão de recursos marinhos na Zona Costeira brasileira. Fernanda Castelo Branco Araujo, p. 61
  • Acesso e repartição de benefícios dos recursos genéticos marinhos brasileiros: incompatibilidade entre o regime jurídico internacional e a nova lei da biodiversidade? Tarin Cristino Frota Mont’Alverne / Edwiges Coelho Girão, p. 359
  • Água de lastro. A regulamentação da água de lastro no Brasil e seus reflexos para a proteção do meio marinho. Tiago V. Zanella, p. 383
  • Ana Claudia Farranha. Exploração portuária e meio ambiente: desenho institucional, competências e desafios para uma agenda de pesquisa. Conrado da Silveira Frezza / Ana Claudia Farranha, p. 287
  • Ana Flávia Barros-Platiau. Mapping ocean-related main issues onto decisions of environmental conferences of parties. Pierre Mazzega / Fernanda Castelo Branco Araujo / Ana Flávia Barros-Platiau / Carina Costa de Oliveira / Claire Lajaunie, p. 25
  • André Panno Beirão. Obrigações e "direitos" dos Estados patrocinadores em explorações nos fundos marinhos, p. 87
  • Aquicultura. Breve análise da legislação sanitária na aquicultura no Chile e no Brasil: uma questão sobre sua eficácia. Jorge Aranda Ortega, p. 325
  • Aspectos conceituais e metodológicos, p. 21
  • Atividade militar. Investigação científica marinha e atividades militares: controvérsias sobre a legalidade à luz do art. 240 da CDM/1982. Oscar Bittencourt Neto, p. 227

B

  • Biocombustíveis marinhos e sustentabilidade: a necessidade de adoção de um regime jurídico específico. Priscila Pereira de Andrade, p. 409
  • Bioincrustação. A bioinvasão por bioincrustação pelo Coral-Sol e a responsabilidade civil ambiental no direito brasileiro. Luíz Ricardo Santana de Araújo Júnior / Liziane Paixão Silva Oliveira, p. 541
  • Bioinvasão por bioincrustação pelo Coral-Sol e a responsabilidade civil ambiental no direito brasileiro. Luíz Ricardo Santana de Araújo Júnior / Liziane Paixão Silva Oliveira, p. 541
  • Bioprospecção. A internacionalização jurídica no direito comparado do conceito de prospecção e de bioprospecção nos fundos marinhos nacionais e internacional. Gabriela Garcia B. Lima Moraes / Thiago Carvalho Barros, p. 119
  • Brasil e o regime jurídico sobre responsabilidade civil internacional por poluição marinha por óleo: a necessidade de participação nas demais convenções regulatórias. Inez Lopes, p. 473
  • Breve análise da legislação sanitária na aquicultura no Chile e no Brasil: uma questão sobre sua eficácia. Jorge Aranda Ortega, p. 325

C

  • Carina Costa de Oliveira. Mapping ocean-related main issues onto decisions of environmental conferences of parties. Pierre Mazzega / Fernanda Castelo Branco Araujo / Ana Flávia Barros-Platiau / Carina Costa de Oliveira / Claire Lajaunie, p. 25
  • CDM/1982. Investigação científica marinha e atividades militares: controvérsias sobre a legalidade à luz do art. 240 da CDM/1982. Oscar Bittencourt Neto, p. 227
  • Claire Lajaunie. Mapping ocean-related main issues onto decisions of environmental conferences of parties. Pierre Mazzega / Fernanda Castelo Branco Araujo / Ana Flávia Barros-Platiau / Carina Costa de Oliveira / Claire Lajaunie, p. 25
  • Clio Bouillard. Quel encadrement juridique pour les activites petrolieres offshore en droit de l’union européenne? Clio Bouillard / Eve Truilhé-Marengo, p. 435
  • Compensação ambiental. A possibilidade de compensação ambiental na produção para pesquisa de petróleo e gás natural offshore. Patrícia Ramos Barros / Fabrício Ramos Ferreira, p. 201
  • Competência institucional. Aspectos relacionados às competências institucionais, p. 259
  • Competência. Exploração portuária e meio ambiente: desenho institucional, competências e desafios para uma agenda de pesquisa. Conrado da Silveira Frezza / Ana Claudia Farranha, p. 287
  • Conceito e natureza jurídica das usinas eólicas offshore. Lucas Noura de Moraes Rêgo Guimarães, p. 175
  • Conceito. Aspectos conceituais e metodológicos, p. 21
  • Conceitos e teorias relevantes para a regulação dos fundos marinhos, p. 85
  • Conrado da Silveira Frezza. Exploração portuária e meio ambiente: desenho institucional, competências e desafios para uma agenda de pesquisa. Conrado da Silveira Frezza / Ana Claudia Farranha, p. 287
  • Convenção regulatória. O Brasil e o regime jurídico sobre responsabilidade civil internacional por poluição marinha por óleo: a necessidade de participação nas demais convenções regulatórias. Inez Lopes, p. 473

D

  • Dano ambiental. A evolução da responsabilidade do Estado por dano ambiental como instrumento para a maior eficácia da proteção ao meio ambiente marinho. João Luis Nogueira Matias / João Luis Nogueira Matias Filho, p. 525
  • Desafios à adoção da abordagem ecossistêmica como instrumento jurídico para a gestão de recursos marinhos na Zona Costeira brasileira. Fernanda Castelo Branco Araujo, p. 61
  • Direito comparado. A internacionalização jurídica no direito comparado do conceito de prospecção e de bioprospecção nos fundos marinhos nacionais e internacional. Gabriela Garcia B. Lima Moraes / Thiago Carvalho Barros, p. 119

E

  • Edwiges Coelho Girão. Acesso e repartição de benefícios dos recursos genéticos marinhos brasileiros: incompatibilidade entre o regime jurídico internacional e a nova lei da biodiversidade? Tarin Cristino Frota Mont’Alverne / Edwiges Coelho Girão, p. 359
  • Energia. Conceito e natureza jurídica das usinas eólicas offshore. Lucas Noura de Moraes Rêgo Guimarães, p. 175
  • Espécie em extinção. Tubarão-azul: pode uma espécie em extinção ser protegida no âmbito marinho por regra estadual? Mariana Barbosa Cirne, p. 263
  • Eve Truilhé-Marengo. Quel encadrement juridique pour les activites petrolieres offshore en droit de l’union européenne? Clio Bouillard / Eve Truilhé-Marengo, p. 435
  • Evolução da responsabilidade do Estado por dano ambiental como instrumento para a maior eficácia da proteção ao meio ambiente marinho. João Luis Nogueira Matias / João Luis Nogueira Matias Filho, p. 525
  • Exploração portuária e meio ambiente: desenho institucional, competências e desafios para uma agenda de pesquisa. Conrado da Silveira Frezza / Ana Claudia Farranha, p. 287
  • Extinção. Âmbito marinho. Tubarão-azul: pode uma espécie em extinção ser protegida no âmbito marinho por regra estadual? Mariana Barbosa Cirne, p. 263

F

  • Fabrício Ramos Ferreira. A possibilidade de compensação ambiental na produção para pesquisa de petróleo e gás natural offshore. Patrícia Ramos Barros / Fabrício Ramos Ferreira, p. 201
  • Fernanda Castelo Branco Araujo. Desafios à adoção da abordagem ecossistêmica como instrumento jurídico para a gestão de recursos marinhos na Zona Costeira brasileira, p. 61
  • Fernanda Castelo Branco Araujo. Mapping ocean-related main issues onto decisions of environmental conferences of parties. Pierre Mazzega / Fernanda Castelo Branco Araujo / Ana Flávia Barros-Platiau / Carina Costa de Oliveira / Claire Lajaunie, p. 25
  • Fundo marinho. A internacionalização jurídica no direito comparado do conceito de prospecção e de bioprospecção nos fundos marinhos nacionais e internacional. Gabriela Garcia B. Lima Moraes / Thiago Carvalho Barros, p. 119
  • Fundos marinhos. Conceitos e teorias relevantes para a regulação dos fundos marinhos, p. 85
  • Fundos marinhos. Obrigações e "direitos" dos Estados patrocinadores em explorações nos fundos marinhos. André Panno Beirão, p. 87

G

  • Gabriela Garcia B. Lima Moraes. A internacionalização jurídica no direito comparado do conceito de prospecção e de bioprospecção nos fundos marinhos nacionais e internacional. Gabriela Garcia B. Lima Moraes / Thiago Carvalho Barros, p. 119
  • Gestão de recursos marinhos. Desafios à adoção da abordagem ecossistêmica como instrumento jurídico para a gestão de recursos marinhos na Zona Costeira brasileira. Fernanda Castelo Branco Araujo, p. 61
  • Gestão sustentável da exploração e da explotação dos recursos marinhos, p. 257
  • Gestão sustentável da exploração e da explotação dos recursos marinhos. Aspectos internacionais e de direito comparado, p. 433
  • Gestão sustentável da exploração e da explotação dos recursos marinhos. Aspectos relacionados à prevenção, p. 355
  • Gestão sustentável da exploração e da explotação dos recursos marinhos. Aspectos relacionados à reparação, p. 471
  • Gestão sustentável da exploração e da explotação dos recursos marinhos. Competência institucional. Aspectos do direito comparado, p. 323
  • Gestão sustentável da exploração e da explotação dos recursos marinhos. Competência institucional. Aspectos nacionais, p. 261
  • Gestão sustentável da exploração e da explotação dos recursos marinhos. Prevenção. Aspectos nacionais, p. 357
  • Gestão sustentável da investigação e da prospecção dos recursos marinhos, p. 199
  • Gestão sustentável dos recursos marinhos. Conclusão - perspectivas e desafios da gestão sustentável dos recursos marinhos. Solange Teles da Silva / Tarin Cristino Frota Mont’Alverne, p. 563
  • Gestão sustentável. Sobre gestão sustentável dos recursos vivos e não vivos marinhos, p. 23

I

  • Inez Lopes. O Brasil e o regime jurídico sobre responsabilidade civil internacional por poluição marinha por óleo: a necessidade de participação nas demais convenções regulatórias, p. 473
  • Internacionalização jurídica no direito comparado do conceito de prospecção e de bioprospecção nos fundos marinhos nacionais e internacional. Gabriela Garcia B. Lima Moraes / Thiago Carvalho Barros, p. 119
  • Investigação científica marinha e atividades militares: controvérsias sobre a legalidade à luz do art. 240 da CDM/1982. Oscar Bittencourt Neto, p. 227
  • Investigação. Gestão sustentável da investigação e da prospecção dos recursos marinhos, p. 199

J

  • João Luis Nogueira Matias Filho. A evolução da responsabilidade do Estado por dano ambiental como instrumento para a maior eficácia da proteção ao meio ambiente marinho. João Luis Nogueira Matias / João Luis Nogueira Matias Filho, p. 525
  • João Luis Nogueira Matias. A evolução da responsabilidade do Estado por dano ambiental como instrumento para a maior eficácia da proteção ao meio ambiente marinho. João Luis Nogueira Matias / João Luis Nogueira Matias Filho, p. 525
  • Jorge Aranda Ortega. Breve análise da legislação sanitária na aquicultura no Chile e no Brasil: uma questão sobre sua eficácia, p. 325

L

  • Larissa Maria Medeiros Coutinho. Vantagens da adoção de uma abordagem de probabilidade de risco na avaliação do nexo causal em casos de responsabilidade civil por poluição marinha, p. 511
  • Legalidade. Investigação científica marinha e atividades militares: controvérsias sobre a legalidade à luz do art. 240 da CDM/1982. Oscar Bittencourt Neto, p. 227
  • Legislação sanitária. Breve análise da legislação sanitária na aquicultura no Chile e no Brasil: uma questão sobre sua eficácia. Jorge Aranda Ortega, p. 325
  • Lei da biodiversidade. Acesso e repartição de benefícios dos recursos genéticos marinhos brasileiros: incompatibilidade entre o regime jurídico internacional e a nova lei da biodiversidade? Tarin Cristino Frota Mont’Alverne / Edwiges Coelho Girão, p. 359
  • Liziane Paixão Silva Oliveira. A bioinvasão por bioincrustação pelo Coral-Sol e a responsabilidade civil ambiental no direito brasileiro. Luíz Ricardo Santana de Araújo Júnior / Liziane Paixão Silva Oliveira, p. 541
  • Lucas Noura de Moraes Rêgo Guimarães. Conceito e natureza jurídica das usinas eólicas offshore, p. 175
  • Luíz Ricardo Santana de Araújo Júnior. A bioinvasão por bioincrustação pelo Coral-Sol e a responsabilidade civil ambiental no direito brasileiro. Luíz Ricardo Santana de Araújo Júnior / Liziane Paixão Silva Oliveira, p. 541

M

  • Mapping ocean-related main issues onto decisions of environmental conferences of parties. Pierre Mazzega / Fernanda Castelo Branco Araujo / Ana Flávia Barros-Platiau / Carina Costa de Oliveira / Claire Lajaunie, p. 25
  • Mariana Barbosa Cirne. Tubarão-azul: pode uma espécie em extinção ser protegida no âmbito marinho por regra estadual?, p. 263
  • Meio ambiente. Exploração portuária e meio ambiente: desenho institucional, competências e desafios para uma agenda de pesquisa. Conrado da Silveira Frezza / Ana Claudia Farranha, p. 287
  • Metodologia. Aspectos conceituais e metodológicos, p. 21

O

  • O Brasil e o regime jurídico sobre responsabilidade civil internacional por poluição marinha por óleo: a necessidade de participação nas demais convenções regulatórias. Inez Lopes, p. 473
  • Obrigações e "direitos" dos Estados patrocinadores em explorações nos fundos marinhos. André Panno Beirão, p. 87
  • Oscar Bittencourt Neto. Investigação científica marinha e atividades militares: controvérsias sobre a legalidade à luz do art. 240 da CDM/1982, p. 227

P

  • Patrícia Ramos Barros. A possibilidade de compensação ambiental na produção para pesquisa de petróleo e gás natural offshore. Patrícia Ramos Barros / Fabrício Ramos Ferreira, p. 201
  • Pesquisa de petróleo e gás natural offshore. A possibilidade de compensação ambiental na produção para pesquisa de petróleo e gás natural offshore. Patrícia Ramos Barros / Fabrício Ramos Ferreira, p. 201
  • Pesquisa. Exploração portuária e meio ambiente: desenho institucional, competências e desafios para uma agenda de pesquisa. Conrado da Silveira Frezza / Ana Claudia Farranha, p. 287
  • Pierre Mazzega. Mapping ocean-related main issues onto decisions of environmental conferences of parties. Pierre Mazzega / Fernanda Castelo Branco Araujo / Ana Flávia Barros-Platiau / Carina Costa de Oliveira / Claire Lajaunie, p. 25
  • Poluição marinha. O Brasil e o regime jurídico sobre responsabilidade civil internacional por poluição marinha por óleo: a necessidade de participação nas demais convenções regulatórias. Inez Lopes, p. 473
  • Poluição marinha. Vantagens da adoção de uma abordagem de probabilidade de risco na avaliação do nexo causal em casos de responsabilidade civil por poluição marinha. Larissa Maria Medeiros Coutinho, p. 511
  • Porto. Exploração portuária e meio ambiente: desenho institucional, competências e desafios para uma agenda de pesquisa. Conrado da Silveira Frezza / Ana Claudia Farranha, p. 287
  • Possibilidade de compensação ambiental na produção para pesquisa de petróleo e gás natural offshore. Patrícia Ramos Barros / Fabrício Ramos Ferreira, p. 201
  • Priscila Pereira de Andrade. Biocombustíveis marinhos e sustentabilidade: a necessidade de adoção de um regime jurídico específico, p. 409
  • Probabilidade de risco. Vantagens da adoção de uma abordagem de probabilidade de risco na avaliação do nexo causal em casos de responsabilidade civil por poluição marinha. Larissa Maria Medeiros Coutinho, p. 511
  • Prospecção. A internacionalização jurídica no direito comparado do conceito de prospecção e de bioprospecção nos fundos marinhos nacionais e internacional. Gabriela Garcia B. Lima Moraes / Thiago Carvalho Barros, p. 119
  • Prospecção. Gestão sustentável da investigação e da prospecção dos recursos marinhos, p. 199
  • Proteção ao meio ambiente marinho. A evolução da responsabilidade do Estado por dano ambiental como instrumento para a maior eficácia da proteção ao meio ambiente marinho. João Luis Nogueira Matias / João Luis Nogueira Matias Filho, p. 525
  • Proteção ao meio marinho. A regulamentação da água de lastro no Brasil e seus reflexos para a proteção do meio marinho. Tiago V. Zanella, p. 383

Q

  • Quel encadrement juridique pour les activites petrolieres offshore en droit de l’union européenne? Clio Bouillard / Eve Truilhé-Marengo, p. 435

R

  • Recursos genéticos. Acesso e repartição de benefícios dos recursos genéticos marinhos brasileiros: incompatibilidade entre o regime jurídico internacional e a nova lei da biodiversidade? Tarin Cristino Frota Mont’Alverne / Edwiges Coelho Girão, p. 359
  • Recursos marinhos. A gestão sustentável da exploração e da explotação dos recursos marinhos, p. 257
  • Recursos marinhos. Gestão sustentável da investigação e da prospecção dos recursos marinhos, p. 199
  • Recursos marinhos. Conclusão - perspectivas e desafios da gestão sustentável dos recursos marinhos. Solange Teles da Silva / Tarin Cristino Frota Mont’Alverne, p. 563
  • Recursos não vivos marinhos. Sobre gestão sustentável dos recursos vivos e não vivos marinhos, p. 23
  • Recursos vivos marinhos. Sobre gestão sustentável dos recursos vivos e não vivos marinhos, p. 23
  • Regime jurídico internacional. Acesso e repartição de benefícios dos recursos genéticos marinhos brasileiros: incompatibilidade entre o regime jurídico internacional e a nova lei da biodiversidade? Tarin Cristino Frota Mont’Alverne / Edwiges Coelho Girão, p. 359
  • Regime jurídico. Biocombustíveis marinhos e sustentabilidade: a necessidade de adoção de um regime jurídico específico. Priscila Pereira de Andrade, p. 409
  • Regime jurídico. O Brasil e o regime jurídico sobre responsabilidade civil internacional por poluição marinha por óleo: a necessidade de participação nas demais convenções regulatórias. Inez Lopes, p. 473
  • Regulamentação da água de lastro no Brasil e seus reflexos para a proteção do meio marinho. Tiago V. Zanella, p. 383
  • Responsabilidade civil ambiental. A bioinvasão por bioincrustação pelo Coral-Sol e a responsabilidade civil ambiental no direito brasileiro. Luíz Ricardo Santana de Araújo Júnior / Liziane Paixão Silva Oliveira, p. 541
  • Responsabilidade civil internacional. O Brasil e o regime jurídico sobre responsabilidade civil internacional por poluição marinha por óleo: a necessidade de participação nas demais convenções regulatórias. Inez Lopes, p. 473
  • Responsabilidade civil. Vantagens da adoção de uma abordagem de probabilidade de risco na avaliação do nexo causal em casos de responsabilidade civil por poluição marinha. Larissa Maria Medeiros Coutinho, p. 511

S

  • Sobre gestão sustentável dos recursos vivos e não vivos marinhos, p. 23
  • Solange Teles da Silva. Conclusão - perspectivas e desafios da gestão sustentável dos recursos marinhos. Solange Teles da Silva / Tarin Cristino Frota Mont’Alverne, p. 563
  • Sustentabilidade. Biocombustíveis marinhos e sustentabilidade: a necessidade de adoção de um regime jurídico específico. Priscila Pereira de Andrade, p. 409

T

  • Tarin Cristino Frota Mont’Alverne. Acesso e repartição de benefícios dos recursos genéticos marinhos brasileiros: incompatibilidade entre o regime jurídico internacional e a nova lei da biodiversidade? Tarin Cristino Frota Mont’Alverne / Edwiges Coelho Girão, p. 359
  • Tarin Cristino Frota Mont’Alverne. Conclusão - perspectivas e desafios da gestão sustentável dos recursos marinhos. Solange Teles da Silva / Tarin Cristino Frota Mont’Alverne, p. 563
  • Thiago Carvalho Barros. A internacionalização jurídica no direito comparado do conceito de prospecção e de bioprospecção nos fundos marinhos nacionais e internacional. Gabriela Garcia B. Lima Moraes / Thiago Carvalho Barros, p. 119
  • Tiago V. Zanella. A regulamentação da água de lastro no Brasil e seus reflexos para a proteção do meio marinho, p. 383
  • Tubarão-azul: pode uma espécie em extinção ser protegida no âmbito marinho por regra estadual? Mariana Barbosa Cirne, p. 263

U

  • Usina eólica offshore. Conceito e natureza jurídica das usinas eólicas offshore. Lucas Noura de Moraes Rêgo Guimarães, p. 175

V

  • Vantagens da adoção de uma abordagem de probabilidade de risco na avaliação do nexo causal em casos de responsabilidade civil por poluição marinha. Larissa Maria Medeiros Coutinho, p. 511

Recomendações

Capa do livro: Novo Código Florestal & Pagamentos por Serviços Ambientais, Larissa Ambrosano Packer

Novo Código Florestal & Pagamentos por Serviços Ambientais

 Larissa Ambrosano PackerISBN: 978853624953-7Páginas: 268Publicado em: 05/01/2015

Versão impressa

R$ 79,90em 3x de R$ 26,63Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 54,70em 2x de R$ 27,35Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Princípio da Proporcionalidade, Carolina Medeiros Bahia

Princípio da Proporcionalidade

 Carolina Medeiros BahiaISBN: 853621295-0Páginas: 226Publicado em: 26/06/2006

Versão impressa

R$ 69,90em 2x de R$ 34,95Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Teoria Tridimensional da Função da Terra no Espaço Rural, Darcy Walmor Zibetti

Teoria Tridimensional da Função da Terra no Espaço Rural

 Darcy Walmor ZibettiISBN: 853621088-5Páginas: 154Publicado em: 27/10/2005

Versão impressa

R$ 49,70 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Lei Agrária Nova, A - Biblioteca Científica de Direito Agrário, Agroambiental, Agroalimentar e do Agronegócio, Coordenadores: Lucas Abreu Barroso, Elisabete Maniglia e Alcir Gursen de Miranda

Lei Agrária Nova, A - Biblioteca Científica de Direito Agrário, Agroambiental, Agroalimentar e do Agronegócio

 Coordenadores: Lucas Abreu Barroso, Elisabete Maniglia e Alcir Gursen de MirandaISBN: 978853623758-9Páginas: 475Publicado em: 18/05/2012

Versão impressa

R$ 144,70em 5x de R$ 28,94Adicionar ao
carrinho