Psicoterapias e Humor - Sobre os Usos do Humor na Clínica e seus Desdobramentos

Mariana Borges da Fonseca e Valeska Zanello

Versão impressa

por R$ 59,90em 2x de R$ 29,95Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS

Ficha técnica

Autor(es): Mariana Borges da Fonseca e Valeska Zanello

ISBN v. impressa: 978853628921-2

ISBN v. digital: 978853628994-6

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 178grs.

Número de páginas: 144

Publicado em: 01/07/2019

Área(s): Psicologia - Diversos

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Como compreender o fenômeno do humor? Qual é a relação entre humor e práticas psicoterapêuticas? É ver­dade o que dizem: “rir é o melhor remédio”? O humor é um dos fenômenos primários da vida humana, sendo parte integral das atividades e formas de vida das mais diversas culturas e sociedades. É esperado, portanto, que ele surja também na psicoterapia. Desta maneira, é funda­mental que o psicoterapeuta possa compreender o lugar que o fenômeno humorado ocupa nas particularidades do contexto psicoterapêutico, bem como formas de uti­lizá-lo para potencializar processos saudáveis na relação. Este livro aponta e discute os principais processos e qualidades vivenciais do humor; reflete sobre sua relação com os meios, objetivos e condições que caracterizam as psicoterapias de forma geral; e assinala possíveis ferramen­tas no desenvolvimento da sensibilidade e habilidade cômicas do psicoterapeuta. Trata-se de uma obra que não só advoga a importância central de integrarmos o humor no paradigma clínico psicológico, como visa instigar seus leitores a estudar e praticar o humor terapêutico no con­texto acadêmico e profissional.

Autor(es)

MARIANA BORGES DA FONSECA

Psicóloga e mestre pelo Pro­grama de Pós-graduação em Psicologia Clínica e Cultura da Universidade de Brasília. Possui formação em Hipnose e Psico­terapia Ericksoniana pela Milton H. Erickson Foundation (Phoenix, EUA) e pelo Instituto Milton H. Erickson de Brasília. Desde 2010 desenvolve pesquisas acerca das intersecções entre as Ar­tes Dramáticas e a Psicologia. Atualmente, atua como Direto­ra Científica do Instituto Milton H. Erickson de Belo Horizonte e como colaboradora do grupo de pesquisa e criação “Cole­tiva Teatro” da Universidade de Brasília (coletivateatro.unb.br).

VALESKA ZANELLO

Professora do Departamento de Psicologia Clínica da Univer­sidade de Brasília. Orientadora de mestrado e doutorado do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura/ UnB. Coordena o grupo “Saúde Mental e Gênero” do CNPq.

Sumário

Introdução, p. 9

1 ´Está rindo do quê?´: aproximações aos estudos, à natureza e à prática do humor, p. 15

1.1 História do humor, p. 15

1.2 Processos e qualidades presentes no humor: uma articulação possível, p. 18

1.3 A experiência lúdica, p. 23

1.4 A incongruência-resolução, p. 33

1.5 O timing, p. 44

1.6 A qualidade estética, p. 46

1.7 O que vimos até agora?, p. 49

1.8 Considerações finais, p. 52

2 ´Rir é o melhor remédio´?: Aproximações às implicações do uso do humor na psicoterapia, p. 55

2.1 O que é psicoterapia?, p. 58

2.2 Meios psicológicos: relação e experiência, p. 59

2.3 Objetivos gerais da psicoterapia: integração psíquica e empoderamento, p. 61

2.4 Processos psicoterapêuticos: agentes específicos de mudança, p. 67

2.5 Condições fundamentais: fatores comuns a todas as psicoterapias, p. 71

2.6 O uso do humor na psicoterapia, p. 75

2.7 Meios psicológicos e humor: relação e experiência, p. 77

2.8 Objetivos psicoterapêuticos e humor, p. 79

2.9 Processos psicoterapêuticos e humor, p. 88

2.10 Condições fundamentais à psicoterapia e humor, p. 94

2.11 O humor e a mudança de paradigma na clínica psicológica, p. 101

2.12 Considerações finais, p. 103

3 É possível desenvolver o senso de humor do psicoterapeuta? Como?, p. 105

3.1 Treinamentos humorados propostos pela literatura, p. 109

3.2 Treinamento do modo de ser e pensar cômico: As qualidades relacionais terapêuticas e o senso de humor, p. 114

3.3 Supervisão e humor, p. 120

3.4 Considerações finais, p. 122

Considerações Finais: O que aprendemos com o humor?, p. 125

Referências, p. 135

Índice Remissivo, p. 139

Índice alfabético

A

  • Agente específico de mudança. Processos psicoterapêuticos: agentes específicos de mudança, p. 67
  • Articulação possível. Processos e qualidades presentes no humor: uma articulação possível, p. 18

C

  • Clínica psicológica. Humor e a mudança de paradigma na clínica psico-lógica, p. 101
  • Cômico. Treinamento do modo de ser e pensar cômico: As qualidades relacionais terapêuticas e o senso de humor, p. 114
  • Condições fundamentais à psicoterapia e humor, p. 94
  • Condições fundamentais: fatores comuns a todas as psicoterapias, p. 71
  • Considerações finais: O que aprendemos com o humor?, p. 125

E

  • É possível desenvolver o senso de humor do psicoterapeuta? Como? Considerações finais, p. 122
  • Empoderamento. Objetivos gerais da psicoterapia: integração psíquica e empoderamento, p. 61
  • ´Está rindo do quê?´: aproximações aos estudos, à natureza e à prática do humor, p. 15
  • ´Está rindo do quê?´: aproximações aos estudos, à natureza e à prática do humor. Considerações finais, p. 52
  • Estética. Qualidade estética, p. 46
  • Estudos. ´Está rindo do quê?´: aproximações aos estudos, à natureza e à prática do humor, p. 15
  • Experiência lúdica, p. 23
  • Experiência. Meios psicológicos e humor: relação e experiência, p. 77
  • Experiência. Meios psicológicos: relação e experiência, p. 59

F

  • Fato comum. Condições fundamentais: fatores comuns a todas as psico-terapias, p. 71

H

  • História do humor, p. 15
  • Humor e a mudança de paradigma na clínica psicológica, p. 101
  • Humor. Condições fundamentais à psicoterapia e humor, p. 94
  • Humor. Considerações finais: O que aprendemos com o humor?, p. 125
  • Humor. É possível desenvolver o senso de humor do psicoterapeuta? Como?, p. 105
  • Humor. História do humor, p. 15
  • Humor. Meios psicológicos e humor: relação e experiência, p. 77
  • Humor. O que vimos até agora?, p. 49
  • Humor. O uso do humor na psicoterapia, p. 75
  • Humor. Objetivos psicoterapêuticos e humor, p. 79
  • Humor. Processos e qualidades presentes no humor: uma articulação possível, p. 18
  • Humor. Processos psicoterapêuticos e humor, p. 88
  • Humor. Supervisão e humor, p. 120
  • Humor. Treinamento do modo de ser e pensar cômico: As qualidades relacionais terapêuticas e o senso de humor, p. 114
  • Humor. Treinamentos humorados propostos pela literatura, p. 109
  • Humor. ´Está rindo do quê?´: aproximações aos estudos, à natureza e à prática do humor, p. 15
  • Humor. ´Rir é o melhor remédio´?: Aproximações às implicações do uso do humor na psicoterapia, p. 55

I

  • Incongruência-resolução, p. 33
  • Integração psíquica. Objetivos gerais da psicoterapia: integração psíquica e empoderamento, p. 61
  • Introdução, p. 9

L

  • Literatura. Treinamentos humorados propostos pela literatura, p. 109
  • Lúdico. Experiência lúdica, p. 23

M

  • Meios psicológicos e humor: relação e experiência, p. 77
  • Meios psicológicos: relação e experiência, p. 59
  • Mudança. Processos psicoterapêuticos: agentes específicos de mudança, p. 67

N

  • Natureza. ´Está rindo do quê?´: aproximações aos estudos, à natureza e à prática do humor, p. 15

O

  • Objetivos gerais da psicoterapia: integração psíquica e empoderamento, p. 61
  • Objetivos psicoterapêuticos e humor, p. 79

P

  • Paradigma. Humor e a mudança de paradigma na clínica psicológica, p. 101
  • Pensar cômico. Treinamento do modo de ser e pensar cômico: As qualidades relacionais terapêuticas e o senso de humor, p. 114
  • Processos e qualidades presentes no humor: uma articulação possível, p. 18
  • Processos psicoterapêuticos e humor, p. 88
  • Processos psicoterapêuticos: agentes específicos de mudança, p. 67
  • Psicologia. Meios psicológicos e humor: relação e experiência, p. 77
  • Psicologia. Meios psicológicos: relação e experiência, p. 59
  • Psicoterapeuta. É possível desenvolver o senso de humor do psicoterapeuta? Como?, p. 105
  • Psicoterapia. Condições fundamentais à psicoterapia e humor, p. 94
  • Psicoterapia. Condições fundamentais: fatores comuns a todas as psico-terapias, p. 71
  • Psicoterapia. O que é psicoterapia?, p. 58
  • Psicoterapia. O uso do humor na psicoterapia, p. 75
  • Psicoterapia. Objetivos gerais da psicoterapia: integração psíquica e empoderamento, p. 61
  • Psicoterapia. Objetivos psicoterapêuticos e humor, p. 79
  • Psicoterapia. Processos psicoterapêuticos e humor, p. 88
  • Psicoterapia. Processos psicoterapêuticos: agentes específicos de mudança, p. 67
  • Psicoterapia. ´Rir é o melhor remédio´?: Aproximações às implicações do uso do humor na psicoterapia, p. 55

Q

  • Qualidade estética, p. 46
  • Qualidade relacional. Treinamento do modo de ser e pensar cômico: As qualidades relacionais terapêuticas e o senso de humor, p. 114
  • Qualidade. Processos e qualidades presentes no humor: uma articulação possível, p. 18

R

  • Referências, p. 135
  • Relação. Meios psicológicos e humor: relação e experiência, p. 77
  • Relação. Meios psicológicos: relação e experiência, p. 59
  • Remédio. ´Rir é o melhor remédio´?: Aproximações às implicações do uso do humor na psicoterapia, p. 55
  • Resolução. Incongruência-resolução, p. 33
  • ´Rir é o melhor remédio´?: Aproximações às implicações do uso do humor na psicoterapia, p. 55
  • ´Rir é o melhor remédio´?: Aproximações às implicações do uso do humor na psicoterapia. Considerações finais, p. 103

S

  • Senso de humor. É possível desenvolver o senso de humor do psicoterapeuta? Como?, p. 105
  • Senso de humor. Treinamento do modo de ser e pensar cômico: As qualidades relacionais terapêuticas e o senso de humor, p. 114
  • Ser cômico. Treinamento do modo de ser e pensar cômico: As qualidades relacionais terapêuticas e o senso de humor, p. 114
  • Supervisão e humor, p. 120

T

  • Terapia. Treinamento do modo de ser e pensar cômico: As qualidades relacionais terapêuticas e o senso de humor, p. 114
  • ´Timing´, p. 44
  • Treinamento do modo de ser e pensar cômico: As qualidades relacionais terapêuticas e o senso de humor, p. 114
  • Treinamentos humorados propostos pela literatura, p. 109

U

  • Uso do humor na psicoterapia, p. 75

Recomendações

Capa do livro: Psicologia e Ciências do Esporte, Organizador: Gilberto Gaertner

Psicologia e Ciências do Esporte

 Organizador: Gilberto GaertnerISBN: 978853621809-0Páginas: 260Publicado em: 21/11/2007

Versão impressa

R$ 79,90em 3x de R$ 26,63Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Pesquisas Científicas, Roberte Araújo Metring

Pesquisas Científicas

 Roberte Araújo MetringISBN: 978853622121-2Páginas: 206Publicado em: 14/05/2009

Versão impressa

R$ 49,90 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Seu Carro - Sua Casa Sobre Rodas - Que tipo de motorista você é?, Neuza Corassa

Seu Carro - Sua Casa Sobre Rodas - Que tipo de motorista você é?

2ª Edição – Revista e AtualizadaNeuza CorassaISBN: 978853621438-2Páginas: 156Publicado em: 07/12/2006

Versão impressa

R$ 39,90 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Escrita & Autoria - Internet, Literatura e Ontologia, Leonardo Pinto de Almeida

Escrita & Autoria - Internet, Literatura e Ontologia

 Leonardo Pinto de AlmeidaISBN: 978853624874-5Páginas: 178Publicado em: 20/10/2014

Versão impressa

R$ 49,90 Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 34,70 Adicionar e-Book
ao carrinho