Maternidade e Feminilidade na Psicanálise - Impasses do Feminino nas Doenças Raras - Prefácio de Rita Maria Manso de Barros - Posfácio de Rosa Marini Mariotto

Lucélia Maria Gonçalves

Versão impressa

por R$ 74,70em 2x de R$ 37,35Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
de R$ 54,70*

* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel

Ficha técnica

Autor(es): Lucélia Maria Gonçalves

ISBN v. impressa: 978655605523-7

ISBN v. digital: 978655605661-6

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 231grs.

Número de páginas: 186

Publicado em: 17/05/2021

Área(s): Psicologia - Psicanálise

Versão Digital (eBook)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Afinal, o que sustenta o desejo de ser mãe? Uma mulher é o mesmo que ser mãe?

Se em Freud (2010 [1931]) a maternidade se organiza em torno de uma equação falo-bebê como uma saída feminina para o encontro com a feminilidade, encontramos em Lacan (2008 [1972-73]) formulações teóricas que apontam para uma limitação a essa equação, uma vez que a maternidade relança a pergunta sobre o que é ser mulher, e o feminino se apresenta como um continente aberto.

Este livro, cujo desdobramento teórico percorre as obras de Sigmund Freud e Jacques Lacan, aborda a maternidade como uma experiência irredutível ao campo biológico e genético, por se tratar de uma escolha balizada pelo desejo inconsciente. A prática clínica no Laboratório de Genética Humana abriu o campo para a elaboração desse estudo, a partir da escuta de mulheres afetadas ou com o risco genético para uma doença rara e incapacitante, tendo como ponto de partida o sofrimento decorrente da probabilidade de seus filhos também serem afetados, e, apesar disso, a decisão de terem filhos.

Apostamos no dispositivo psicanalítico para a direção da escuta do sujeito do inconsciente, cuja técnica traduz os modos como cada um se relaciona com a falta e se coloca no laço social. Uma mulher caminha ao lado de um excesso e da falta, pois nasce marcada pela privação de um símbolo que responda ao que é ser uma mulher, assim, uma a uma inventa um modo de habitar o feminino para tecer um corpo que experimenta um gozo que nada sabe dizer. A maternidade pode ser uma das escolhas de realização na busca de uma essência feminina. Mas, nesse sentido, na experiência de maternidade se impõe um desencontro com a feminilidade, pois, ao se deparar com outras satisfações para além do filho, a pergunta sobre o que é ser mulher se relança ao sujeito que habita na mãe.

Se a mãe experimenta um gozo no corpo, o sujeito que habita o corpo feminino é ultrapassado por um gozo que nada sabe dizer. Assim, com a experiência de um corpo em degenerescência revestido de discursos sobre a doença, evoca a experiência de uma dupla perda: de um corpo feminino que pode ser investido pelo olhar do Outro e de um corpo que pulsa a vida. Então, a maternidade pode ser para uma mulher com o corpo marcado pela doença rara uma direção na construção de um saber sobre si enredado na relação com o Outro materno, calcado na busca de uma invenção de sentido para a ausência da essência feminina, para que também recubra o inapreensível do gozo feminino e a proteja do horror da morte. Portanto, a maternidade é uma forma de se manter viva.

Autor(es)

LUCÉLIA MARIA GONÇALVES

Psicanalista. Membro do Laço Analítico | Escola de Psicanálise (RJ) – Núcleo de Cacoal, Rondônia. Graduada em Psicologia pela PUCPR. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Rondônia – UNIR. Pesquisadora do Laboratório de Genética Humana da Universidade Federal de Rondônia.

Sumário

INTRODUÇÃO, p. 19

1 AS DOENÇAS RARAS (DNR), p. 25

1.1 O LABORATÓRIO DE GENÉTICA HUMANA DA UNIR, p. 25

1.2 DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS RARAS E O ACONSELHAMENTO GENÉTICO, p. 27

1.3 DOENÇA DE HUNTINGTON, p. 31

1.4 ATAXIA ESPINOCEREBELAR, p. 34

2 PSICANÁLISE, PESQUISA E O SUJEITO DO INCONSCIENTE, p. 37

2.1 O MÉTODO PSICANALÍTICO DE PESQUISA, p. 47

3 MATERNIDADE E FEMINILIDADE NA PSICANÁLISE, p. 53

3.1 OS DISCURSOS SOBRE A MULHER E A MATERNIDADE, p. 54

3.2 O FALO E A CASTRAÇÃO, p. 58

3.3 FEMININO E MASCULINO: DESTINOS DA PULSÃO, p. 63

3.4 LACAN E A PREVALÊNCIA DO FALO, p. 65

3.5 DA TRANSMISSÃO DA FALTA AO DESEJO, p. 68

3.6 O FALO E O OBJETO A, p. 73

3.7 AS MODALIDADES DE MANIFESTAÇÃO DA FALTA, p. 78

3.8 A RELAÇÃO MÃE-FILHA: O LAÇO PRÉ-EDÍPICO E A MATERNIDADE, p. 81

3.9 A MULHER, OS SEMBLANTES, O FEMININO E O AMOR, p. 87

3.10 O MAIS ALÉM DO FALO: OS MODOS DE GOZOS, p. 97

3.11 UMA MULHER, A MATERNIDADE E OS MODOS DE GOZOS, p. 103

3.12 DEVASTAÇÃO: A RELAÇÃO MÃE E FILHA E AS CONSEQUÊNCIAS DO NÃO-TODO, p. 107

3.13 MATERNIDADE: GOZO E PULSÃO DE MORTE, p. 117

4 MULHERES E SEUS DESTINOS, p. 123

4.1 LYGIA, UMA FILHA PERDIDA E A BUSCA INFINITA, p. 124

4.2 CECÍLIA, A MÃE - DE MENINA À MULHER, p. 133

4.3 SARA E O FILHO DA PROMESSA, p. 141

5 ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE OS CASOS, p. 155

CONSIDERAÇÕES FINAIS, p. 165

REFERÊNCIAS, p. 173

POSFÁCIO, p. 179

Índice alfabético

A

  • Aconselhamento genético. Doenças neurodegenerativas raras e o aconselhamento genético, p. 27
  • Algumas considerações sobre os casos, p. 155
  • Amor. Mulher, os semblantes, o feminino e o amor, p. 87
  • Ataxia espinocerebelar, p. 34

C

  • Caso. Cecília, a mãe. De menina à mulher, p. 133
  • Caso. Lygia, uma filha perdida e a busca infinita, p. 124
  • Caso. Sara e o filho da promessa, p. 141
  • Casos. Algumas considerações sobre os casos, p. 155
  • Castração. Falo e a castração, p. 58
  • Considerações finais, p. 165

D

  • Desejo. Transmissão da falta ao desejo, p. 68
  • Destino. Mulheres e seus destinos, p. 123
  • Devastação: a relação mãe e filha e as consequências do não-todo, p. 107
  • Discursos sobre a mulher e a maternidade, p. 54
  • DNR. Doenças raras (DNR), p. 25
  • Doença de Huntington, p. 31
  • Doenças neurodegenerativas raras e o aconselhamento genético, p. 27
  • Doenças raras (DNR), p. 25

F

  • Falo e a castração, p. 58
  • Falo e o objeto A, p. 73
  • Falo. Lacan e a prevalência do falo, p. 65
  • Falo. Mais além do falo: os modos de gozos, p. 97
  • Falta. Modalidades de manifestação da falta, p. 78
  • Feminilidade. Maternidade e feminilidade na psicanálise, p. 53
  • Feminino e masculino: destinos da pulsão, p. 63
  • Feminino. Mulher, os semblantes, o feminino e o amor, p. 87

G

  • Genética. Doenças neurodegenerativas raras e o aconselhamento genético, p. 27
  • Genética. Laboratório de Genética Humana da UNIR, p. 25
  • Gozo. Mais além do falo: os modos de gozos, p. 97
  • Gozo. Maternidade: gozo e pulsão de morte, p. 117
  • Gozo. Uma mulher, a maternidade e os modos de gozos, p. 103

H

  • Huntington. Doença de Huntington, p. 31

I

  • Introdução, p. 19

L

  • Laboratório de Genética Humana da UNIR, p. 25
  • Lacan e a prevalência do falo, p. 65
  • Laço pré-edípico. Relação mãe-filha: o laço pré-edípico e a maternidade, p. 81

M

  • Mais além do falo: os modos de gozos, p. 97
  • Masculino. Feminino e masculino: destinos da pulsão, p. 63
  • Maternidade e feminilidade na psicanálise, p. 53
  • Maternidade. Devastação: a relação mãe e filha e as consequências do não-todo, p. 107
  • Maternidade. Discursos sobre a mulher e a maternidade, p. 54
  • Maternidade. Relação mãe-filha: o laço pré-edípico e a maternidade, p. 81
  • Maternidade. Uma mulher, a maternidade e os modos de gozos, p. 103
  • Maternidade: gozo e pulsão de morte, p. 117
  • Método psicanalítico de pesquisa, p. 47
  • Modalidades de manifestação da falta, p. 78
  • Mulher, os semblantes, o feminino e o amor, p. 87
  • Mulher. Discursos sobre a mulher e a maternidade, p. 54
  • Mulher. Uma mulher, a maternidade e os modos de gozos, p. 103
  • Mulheres e seus destinos, p. 123

N

  • Não-todo. Devastação: a relação mãe e filha e as consequências do não-todo, p. 107
  • Neurodegenerativo. Doenças neurodegenerativas raras e o aconselhamento genético, p. 27

O

  • Objeto. Falo e o objeto A, p. 73

P

  • Pesquisa. Método psicanalítico de pesquisa, p. 47
  • Pesquisa. Psicanálise, pesquisa e o sujeito do inconsciente, p. 37
  • Posfácio, p. 179
  • Psicanálise, pesquisa e o sujeito do inconsciente, p. 37
  • Psicanálise. Maternidade e feminilidade na psicanálise, p. 53
  • Psicanálise. Método psicanalítico de pesquisa, p. 47
  • Pulsão de morte. Maternidade: gozo e pulsão de morte, p. 117
  • Pulsão. Feminino e masculino: destinos da pulsão, p. 63

R

  • Referências, p. 173
  • Relação mãe-filha: o laço pré-edípico e a maternidade, p. 81

S

  • Semblante. Mulher, os semblantes, o feminino e o amor, p. 87
  • Sujeito do inconsciente. Psicanálise, pesquisa e o sujeito do inconsciente, p. 37

T

  • Transmissão da falta ao desejo, p. 68

U

  • Uma mulher, a maternidade e os modos de gozos, p. 103
  • UNIR. Laboratório de Genética Humana da UNIR, p. 25

Recomendações

Capa do livro: Da Razão ao Delírio, Fabrício Junio Rocha Ribeiro

Da Razão ao Delírio

 Fabrício Junio Rocha RibeiroISBN: 978853623032-0Páginas: 174Publicado em: 30/03/2011

Versão impressa

R$ 59,70em 2x de R$ 29,85Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 40,90* porR$ 34,77 Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Revista da Associação Psicanalítica de Curitiba - N° 21, Responsável por esta edição: Wael de Oliveira - Organizadora: Dayse Stoklos Malucelli - Colaboradora: Rosane Weber Licht

Revista da Associação Psicanalítica de Curitiba - N° 21

 Responsável por esta edição: Wael de Oliveira - Organizadora: Dayse Stoklos Malucelli - Colaboradora: Rosane Weber LichtISSN: 1519-8456-00021Páginas: 92Publicado em: 26/11/2010

Versão impressa

R$ 37,40 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Depressão e Lógica do Desespero na Contemporaneidade, Issa Damous

Depressão e Lógica do Desespero na Contemporaneidade

 Issa DamousISBN: 978853624006-0Páginas: 252Publicado em: 21/11/2012

Versão impressa

R$ 89,70em 3x de R$ 29,90Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 64,70* porR$ 55,00em 2x de R$ 27,50Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Luto Materno na Clínica Psicanalítica, Luciana Tiemi Kurogi e Maria Virginia Filomena Cremasco

Luto Materno na Clínica Psicanalítica

 Luciana Tiemi Kurogi e Maria Virginia Filomena CremascoISBN: 978655605285-4Páginas: 180Publicado em: 16/09/2020

Versão impressa

R$ 79,90em 3x de R$ 26,63Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 57,70* porR$ 49,05 Adicionar eBook
ao carrinho