Bioética ao Direito, Da - Manipulação Genética & Dignidade Humana

Simone Born de Oliveira

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Simone Born de Oliveira

ISBN: 853620314-5

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 216

Publicado em: 31/10/2002

Área(s): Direito - Teoria Geral do Direito

Sinopse

Neste Volume: A Ética, a Moral, a Bioética, o Ser Humano e o Direito Noções de Ética e Moral Noções de Bioética e de seus Princípios Universais O Ser Humano e a Dignidade Face aos Princípios Universais da Bioética A Situação da Legislação Brasileira para Pesquisas em Genética Bioética e Biodireito O Pontencial da Manipulação Genética Noções Gerais Projetos Desenvolvidos Projetos em Desenvolvimento Os Benefícios – O Potencial Positivo do Desenvolvimento dos Projetos Os Riscos: O Potencial Negativo do Desenvolvimento dos Projetos A Importância da Bioética e de um Biodireito no Desenvolvimento da Pesquisa Científica na Área da Genética Análise Crítica dos Riscos Potenciais da Utilização do Conhecimento Adquirido Através da Manipulação Genética A Seletividade A Redução da Diversidade Humana A Experimentação em Seres Humanos A Violação do Direito à Privacidade Genética A Importância da Bioética e do Biodireito como Redutores dos Riscos

Sumário

APRESENTAÇÃO

GLOSSÁRIO

INTRODUÇÃO

Capítulo 1 - A ÉTICA, A MORAL, A BIOÉTICA, O SER HUMANO E O DIREITO

1.1 Noções de ética e moral

1.2 Noções de bioética e de seus princípios universais

1.3 O ser humano e a dignidade face aos princípios universais da bioética

1.4 A situação da legislação brasileira para pesquisas em genética

1.5 Bioética e biodireito

Capítulo 2 - O POTENCIAL DA MANIPULAÇÃO GENÉTICA

2.1 Noções gerais

2.2 Projetos desenvolvidos

2.3 Projetos em desenvolvimento

2.3.1 Projeto genoma humano

2.4 Os benefícios - o potencial positivo do desenvolvimento dos projetos

2.5 Os riscos: o potencial negativo do desenvolvimento dos projetos

2.6 A importância da bioética e de um biodireito no desenvolvimento da pesquisa científica na área da genética

Capítulo 3 - ANÁLISE CRÍTICA DOS RISCOS POTENCIAIS DA UTILIZAÇÃO DO CONHECIMENTO ADQUIRIDO ATRAVÉS DA MANIPULAÇÃO GENÉTICA

3.1 A seletividade

3.2 A redução da diversidade humana

3.2.1 A eugenia

3.2.2 A eugenia do século XXI

3.3 A experimentação em seres humanos

3.4 A violação do direito à privacidade genética

3.5 A importância da bioética e do biodireito como redutores dos riscos

CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ANEXOS

Índice alfabético

A

  • América Latina. Programa latino-americano do genoma humano (PLAGH
  • Análise crítica dos riscos potenciais da utilização do conhecimento adquirido através da manipulação genética
  • Anexo I. Bases científicas do projeto
  • Anexo II. Três tópicos mais importantes do relatório final da primeira Conferência Sul-Norte do Genoma Humano realizada em Caxambu (MG), de 12 a 15/05/92
  • Anexo III. EUA - discriminação genética
  • Anexo IV. País faz primeiro seqüenciamento genético de ser vivo
  • Anexo IX. Vírus assassino abre caminho para bioarmas
  • Anexo V. O que é ético na experimentação em seres humanos
  • Anexo VI. Biotecnologia deve criar mercado de US$ 9 bilhões em 2003
  • Anexo VII. GDB Central Node
  • Anexo VIII. Vírus letal pode ser usado em terrorismo biológico
  • Anexos
  • Apresentação

B

  • Bases científicas do projeto. Anexo
  • Benefícios: o potencial positivo do desenvolvimento dos projetos
  • Bibliografia. Referências
  • Bioarma. Vírus assassino abre caminho para bioarmas. Anexo IX
  • Biodireito. Importância da bioética e de um biodireito no desenvolvimento da pesquisa científica na área da genética
  • Biodireito. Importância da bioética e do biodireito como redutores dos riscos
  • Bioética e Biodireito
  • Bioética. Ética, moral, bioética, ser humano e direito
  • Bioética. Importância da bioética e de um biodireito no desenvolvimento da pesquisa científica na área da genética
  • Bioética. Importância da bioética e do biodireito como redutores dos riscos
  • Bioética. Noções de bioética e de seus princípios universais
  • Bioética. Ser humano e a dignidade face aos princípios universais da bioética
  • Bioética e Biodireito
  • Biotecnologia deve criar mercado de US$ 9 bilhões em 2003. Anexo VI

C

  • Conhecimento. Análise crítica dos riscos potenciais da utilização do conhecimento adquirido através da manipulação genética
  • Considerações finais

D

  • Dignidade. Ser humano e a dignidade face aos princípios universais da bioética
  • Direito. Ética, moral, bioética, ser humano e direito
  • Discriminação genética. EUA. Anexo III

E

  • EUA - discriminação genética. Anexo III
  • Ética. Noções de ética e moral
  • Ética. O que é ético na experimentação em seres humanos. Anexo V
  • Ética, moral, bioética, ser humano e direito
  • Eugenia
  • Eugenia no século XXI
  • Experimentação em seres humanos

G

  • GDB Central Node. Anexo VII.
  • Genética. Importância da bioética e de um biodireito no desenvolvimento da pesquisa científica na área da genética
  • Genética. País faz primeiro seqüenciamento genético de ser vivo. Anexo IV
  • Genética. Situação da legislação brasileira para pesquisas em genética
  • Genoma humano. Programa latino-americano do genoma humano (PLAGH).
  • Genoma humano. Projeto da diversidade do genoma humano (PDGH)
  • Genoma humano. Projeto genoma humano.
  • Genoma humano. Projeto genoma humano. Breve histórico
  • Genoma humano. Três tópicos mais importantes do relatório final da primeira Conferência Sul-Norte do Genoma Humano realizada em Caxambu (MG), de 12 a 15/05/92. Anexo
  • Glossário

H

  • História. Projeto genoma humano. Breve histórico
  • Humano. Ética, moral, bioética, ser humano e direito
  • Humano. Experimentação em seres humanos
  • Humano. Ser humano e a dignidade face aos princípios universais da bioética

I

  • Importância da bioética e de um biodireito no desenvolvimento da pesquisa científica na área da genética
  • Importância da bioética e do biodireito como redutores dos riscos
  • Introdução

L

  • Legislação. Situação da legislação brasileira para pesquisas em genética

M

  • Manipulação genética. Análise crítica dos riscos potenciais da utilização do conhecimento adquirido através da manipulação genética
  • Manipulação genética. Potencial.
  • Moral. Ética, moral, bioética, ser humano e direito
  • Moral. Noções de ética e moral

N

  • Noções de bioética e de seus princípios universais
  • Noções de ética e moral

O

  • O que é ético na experimentação em seres humanos. Anexo V

P

  • País faz primeiro seqüenciamento genético de ser vivo. Anexo IV
  • Pesquisa científica. Importância da bioética e de um biodireito no desenvolvimento da pesquisa científica na área da genética
  • Pesquisa genética. Situação da legislação brasileira para pesquisas em genética
  • Potencial da manipulação genética
  • Potencial da manipulação genética. Noções gerais
  • Potencial da manipulação genética. Projetos desenvolvidos
  • Potencial da manipulação genética. Projetos em desenvolvimento
  • Potencial negativo do desenvolvimento dos projetos. Riscos
  • Potencial positivo do desenvolvimento dos projetos. Benefícios
  • Princípios universais. Noções de bioética e de seus princípios universais
  • Privacidade genética. Violação do direito à privacidade genética
  • Programa latino-americano do genoma humano (PLAGH)
  • Projeto. Potencial da manipulação genética. Projetos desenvolvidos
  • Projeto. Potencial da manipulação genética. Projetos em desenvolvimento
  • Projeto. Potencial negativo do desenvolvimento dos projetos. Riscos
  • Projeto. Potencial positivo do desenvolvimento dos projetos. Benefícios
  • Projeto da diversidade do genoma humano (PDGH)
  • Projeto genoma humano.
  • Projeto genoma humano. Breve histórico
  • Projeto proteoma
  • Projeto supercélula
  • Proteoma. Projeto proteoma

R

  • Redução da diversidade humana
  • Referências. Bibliografia
  • Risco. Importância da bioética e do biodireito como redutores dos riscos
  • Riscos: o potencial negativo do desenvolvimento dos projetos

S

  • Seletividade
  • Seqüenciamento genético. País faz primeiro seqüenciamento genético de ser vivo. Anexo IV
  • Ser humano e a dignidade face aos princípios universais da bioética
  • Situação da legislação brasileira para pesquisas em genética

T

  • Terrorismo biológico. Vírus letal pode ser usado em terrorismo biológico. Anexo VIII
  • Três tópicos mais importantes do relatório final da primeira Conferência Sul-Norte do Genoma Humano realizada em Caxambu (MG), de 12 a 15/05/92. Anexo II

V

  • Violação do direito à privacidade genética
  • Vírus assassino abre caminho para bioarmas. Anexo IX
  • Vírus letal pode ser usado em terrorismo biológico. Anexo VIII

Recomendações