Guerra dos Judeus - Livro VI

Flávio Josefo - Tradução e Adaptação A. C. Godoy

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Na compra da versão impressa, o e-Book é brinde!

Versão digital

Disponível para:AndroidiOSWindows Phone

Ficha técnica

Autor(es): Flávio Josefo - Tradução e Adaptação A. C. Godoy

ISBN v. impressa: 857394973-2

ISBN v. digital: 978853625326-8

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 101

Publicado em: 14/02/2003

Área(s): Literatura e Cultura - Política, História e Filosofia

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS, Android ou Windows Phone;

Disponível para as plataformas:

  • Android Android Android 4 ou posterior
  • iOSiOS iOS 7 ou posterior
  • Windows Phone Windows Phone Windows Phone 8 ou posterior

Não compatível para leitura em computadores;

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Flavius Josephus, em hebraico: Lossef ben Matitahu ha-Cohen, nasceu em 37 E.C. (Era Comum), e faleceu por volta do ano 100 E.C. Nascido em Jerusalém e de família sacerdotal, foi criado na melhor tradição judaica, recebendo boa educação, para os padrões da época. Segundo sua autobiografia, seu conhecimento era minucioso quanto aos ensinamentos nos textos tradicionais da Torá, sendo que mais tarde, Josefo procurou, por iniciativa própria, os ensinamentos dos saduceus, fariseus e essênios, optando por ter sua verdadeira iniciação vivendo, na qualidade de discípulo, durante três anos no deserto, alimentando-se de frutas e lavando-se com água fria várias vezes ao dia e à noite para purificar o espírito.

Ainda jovem, chegou a ser um dos líderes do reduzido exército que se rebelou contra os invasores romanos. Depois da derrota, entregou-se aos romanos, caindo nas graças de Vespasiano – comandante das legiões romanas – ao profetizar que este se tornaria imperador. Como sua profecia se confirmou, ele tornou-se protegido do imperador romano, recebeu o título de cidadão e foi nomeado Flávio, o nome da dinastia romana dominante na época. Flavius Lossef – Flávio Josefo, como é conhecido hoje – passou a residir em Roma e escreveu algumas obras históricas, entre elas “A Guerra dos Judeus”, “Antiguidades Judaicas” e “Antiguidades dos Judeus - Contra Apion”. Terminou seus dias em Roma, onde, como testemunha ocular, dedicou-se à história da catástrofe nacional, a destruição do Segundo Templo, despovoamento da Judeia e a saga monumental de uma nação vencida, mas altiva, que tem para si a Antiguidade, e, portanto, a nobreza.

Sumário

Os Romanos levantam novas terraplenagens

Os Judeus fracassam em seu ataque

A queda da Torre Antônia

Tito discursa para seus soldados.

O sírio Sabino escala a muralha

Os Soldados Romanos Avançam até o Templo.

O Centurião Juliano.

Fim do sacrifício perpétuo. Discursode Josefo aos judeus cercados

Deserções Judias.

Novas Exortações de Tito.

Ataque Noturno dos Romanos. Novas Terraplenagens

Ofensiva Judia

O Cavaleiro Pedânio.

Incêndio dos pórticos do Templo

Jonatan e Pudente

Estratégia Judia.

Heroísmo de Longo e Antônio.Incêndio do Pórtico Norte

A Fome se Apodera dos Sitiados. Caso de Antropofagia

Reação de Tito e seus soldados diante destas atrocidades

Fracasso do ataque romano ao muro do Templo

Tito ordena colocar fogo nas portas.

Conselho de guerra romano.

Os Judeus fracassam em seu assalto

O incêndio do Templo. Tito tenta apagá-lo

As Calamidades do Incêndio do Templo e seus Arredores

Presságios e Oráculos sobre a Catástrofe de Jerusalém

O falso profeta Jesus, filho de Ananias

Tito é proclamado imperador. Execução dos sacerdotes.

Discurso de Tito aos vencidos

Tito decide destruir a cidade

A família do rei Izate se entrega.

Os rebeldes assaltam o palácio real.

Incêndio da Cidade Baixa

Os judeus se refugiam nas galerias subterrâneas.

Os Romanos se dispõem a assaltar a Cidade Alta.

Os idumeus tentam render-se

Os tesouros do Templo são entregues aos romanos

A Cidade Alta cai nas mãos romanas.

Vitória total de Tito sobre a cidade

Tito entra em Jerusalém

Mortos e prisioneiros judeus

Os refugiados nos subterrâneos. João de Giscala é capturado.

Cronologia da história de Jerusalém

Recomendações