Tribunal de Contas da União e Controles Estatal e Social da Administração Pública

Jair Lima Santos

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Jair Lima Santos

ISBN: 853620243-2

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 152

Publicado em: 05/06/2003

Área(s): Direito Administrativo

Sinopse

Analisar a interação entre os controles estatal e social da Administração Pública, vislumbrando posicionar o Tribunal de Contas como autêntico elo de ligação entre essas vertentes do controle externo, constituiu o propósito desta obra. Para atingir tal mister, é examinada a ação fiscalizadora exercida pelo TCU e o grau de efetividade da sua atuação, sob a ótica dos preceitos constitucionais vigentes. Prossegue-se com a abordagem do controle social, enfocando-se os mecanismos assecuratórios da legitimidade e da transparência dos atos de gestão, com vistas ao combate à corrupção. Examina-se os instrumentos de apuração de denúncias e representações pela Corte de Contas, visto que constituem eficazes meios de provocação do controle estatal pela participação popular. Reserva-se, ainda, espaço para análise da atuação dos conselhos gestores de políticas públicas e das inovações e perspectivas dos controles estatal e social. Não se descurou, também, da abordagem de relevantes aspectos da Lei de Responsabilidade Fiscal e dos instrumentos de controle disponíveis na rede mundial de computado

Sumário

APRESENTAÇÃO

INTRODUÇÃO

1 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA FEDERAL

1.1 Administração Pública na Constituição Federal

1.2 Administração direta e indireta

1.3 Inovações na organização jurídico-administrativa brasileira

2 CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

2.1 Controle e Estado Democrático de Direito

2.2 Critérios de classificação do controle

2.2.1 Formas

2.2.2 Extensão

2.2.3 Órgãos controladores

3 TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO

3.1 Origem dos órgãos de controle de contas

3.2 Antecedentes históricos

3.3 Natureza jurídica

3.3.1 Decisões do TCU: título executivo judicial ou extrajudicial?

3.4 Organização e composição doTCU na Constituição de 1988

3.4.1 O Ministério Público especializado

3.4.2 Critério de escolha dos Ministros

3.5 Competências e funções

3.6 Mecanismos de atuação

3.6.1 Processos de contas

3.6.2 Processos de fiscalização

3.7 Legitimidade e efetividade do controle exercido pelo TCU

4 CONTROLE SOCIAL DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

4.1 Controle Social e participação popular

4.2 Princípio Participativo

4.3 Conceito de participação e critérios de classificação

4.4 Participação popular na Constituição

4.5 Formas de Participação Popular

4.5.1 Participação na função legislativa

4.5.2 Participação na função jurisdicional

4.5.3 Participação na função administrativa

4.6 Mecanismos de controle social na função administrativa

4.6.1 Responsabilidade fiscal

4.6.2 Terceiro setor

4.6.3 Orçamento participativo

4.6.4 Audiências públicas

4.6.5 Denúncias e representações

4.6.6 Conselhos gestores de políticas públicas

4.7 Controle da gestão dos recursos federais descentralizados

4.7.1 FUNDEF

4.7.2 PNAE

4.7.3 Programas de Renda Mínima

4.7.4 Sistema Único de Saúde

4.8 Inovações e perspectivas nos controles estatal e social

4.8.1 Novas atribuições do TCU em face da LRF

4.8.2 Aperfeiçoamento dos controles pela legislação

4.8.3 Mecanismos de controle pela rede mundial de computadores

4.8.4 Integração sistêmica entreos agentes controladores

4.8.5 Atuação das ONGs e dos conselhos gestores de políticas públicas

CONCLUSÃO

REFERÊNCIAS

Índice alfabético

A

  • Administração Pública. Controle
  • Administração Pública.Controle social
  • Administração Pública Federal. Considerações gerais.
  • Administração Pública naConstituição Federal.
  • Administração direta e indireta
  • Agente controlador. Integração sistêmica entre os agentes controladores
  • Apresentação.
  • Atuação das ONGs e dos conselhos gestores de políticas públicas.
  • Audiências públicas

B

  • Bibliografia. Referências.

C

  • Competências e funções. Ministro. TCU
  • Composição e organização do TCUna Constituição de 1988
  • Conceito de participação e critérios de classificação
  • Conclusão.
  • Conselho gestor de política pública
  • Conselho gestor de política pública e a atuação das ONGs
  • Constituição Federal. AdministraçãoPública na Constituição Federal.
  • Constituição Federal. Organização ecomposição do TCU na Constituição de 1988.
  • Constituição Federal. Participação popular na Constituição
  • Contas. Processos de contas.
  • Controle. Aperfeiçoamento dos controles pela legislação
  • Controle. Classificação. Extensão.
  • Controle. Classificação. Formas
  • Controle. Classificação. Órgãos controladores
  • Controle. Critériosde classificação
  • Controle. Integração sistêmica entre os agentes controladores.
  • Controle. Mecanismos de controle pela rede mundial de computadores
  • Controle da Administração Pública
  • Controle da gestão dos recursosfederais descentralizados.
  • Controle de contas. Origem dos órgãos de controle de contas.
  • Controle e Estado Democrático de Direito
  • Controle estatal. Inovações e perspectivas nos controles estatal e social.
  • Controle social. Inovações e perspectivas nos controles estatal e social
  • Controle social da Administração Pública
  • Controle social e participação popular.
  • Controle social na função administrativa. Mecanismos.
  • Critérios de classificação do controle

D

  • Decisões do TCU: título executivo judicial ou extrajudicial
  • Denúncias e representações

E

  • Efetividade e legitimidade do controle exercido pelo TCU.
  • Estado democrático dedireito e controle.
  • Execução. Decisões do TCU: título executivo judicial ou extrajudicial.
  • Extensão. Controle. Classificação.

F

  • FUNDEF.
  • Fiscalização. Processosde fiscalização
  • Forma. Controle. Classificação.
  • Formas de participação popular.
  • Função administrativa. Mecanismos de controle social.
  • Função administrativa. Participação.
  • Função e competências. Ministro. TCU.
  • Função jurisdicional. Participação

G

  • Gestão dos recursos federais descentralizados. Controle

H

  • História. Tribunal de Contas da União. Antecedentes históricos

I

  • Inovações e perspectivas nos controles estatal e social.
  • Inovações na organização jurídico -administrativa brasileira
  • Integração sistêmica entre osagentes controladores
  • Internet. Mecanismos de controle pela rede mundial de computadores.
  • Introdução

L

  • Legislação. Aperfeiçoamento dos controles pela legislação
  • Legitimidade e efetividade do controle exercido pelo TCU.
  • Lei de Responsabilidade Fiscal. Novas atribuições do TCU em face da LRF
  • Lista de siglas.

M

  • Mecanismos de atuação. Tribunal de Contas
  • Mecanismos de controle pela rede mundial de computadores
  • Mecanismos de controle social na função administrativa
  • Ministério Públicoespecializado
  • Ministro. TCU. Critério deescolha dos Ministros

N

  • Natureza jurídica. Tribunalde Contas da União
  • Novas atribuições do TCU em face da LRF

O

  • ONGs. Atuação das ONGs e dos conselhos gestores de políticas públicas
  • Orçamento participativo
  • Organização e composição do TCU na Constituição de 1988
  • Organização jurídico-administrativa brasileira. Inovações.
  • Órgãos controladores. Controle. Classificação
  • Origem dos órgãos de controle de contas

P

  • PNAE.
  • Participação. Conceito de participação e critérios de classificação
  • Participação. Orçamentoparticipativo.
  • Participação. Princípio participativo.
  • Participação na função administrativa
  • Participação na função jurisdicional
  • Participação na função legislativa.
  • Participação popular. Formas.
  • Participação popular econtrole social
  • Participação popularna Constituição.
  • Perspectivas e inovações nos controles estatal e social.
  • Política pública. Conselhos gestores de políticas públicas
  • Princípio participativo.
  • Processos de contas.
  • Processos de fiscalização
  • Programas de renda mínima.

R

  • Recurso federal. Controle da gestão dos recursos federais descentralizados.
  • Referências. Bibliografia
  • Renda mínima. Programas.
  • Representação edenúncia.
  • Responsabilidade fiscal.

S

  • Sigla. Lista de siglas.
  • Sistema Único de Saúde.

T

  • TCU. Decisões do TCU: título executivo judicial ou extrajudicial.
  • TCU. Legitimidade e efetividade do controle exercido pelo TCU.
  • TCU. Ministro. Competências e funções
  • TCU. Ministro. Critério deescolha dos Ministros
  • TCU. Novas atribuições doTCU em face da LRF.
  • TCU. Organização e composição do TCU na Constituição de 1988
  • Terceiro setor
  • Título executivo. Decisões do TCU: título executivo judicial ou extrajudicial.
  • Tribunal de Contas da União.
  • Tribunal de Contas da União. Antecedentes históricos.
  • Tribunal de Contas da União. Mecanismos de atuação.
  • Tribunal de Contas da União. Natureza jurídica

Recomendações

Capa do livro: Corrupção na Era da Globalização, Patrícia Barcelos Nunes de Mattos Rocha

Corrupção na Era da Globalização

 Patrícia Barcelos Nunes de Mattos RochaISBN: 978853622154-0Páginas: 160Publicado em: 03/04/2009

Versão impressa

R$ 49,90Adicionar ao
carrinho