Direito Fundamental como Oposição Política - Discordar, fiscalizar e promover alternância política

Lilian Márcia Balmant Emerique

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Lilian Márcia Balmant Emerique
ISBN: 853621275-6
Acabamento: Capa Dura + Sobrecapa
Número de Páginas: 336
Publicado em: 05/06/2006
Área(s): Direito Constitucional; Direito Eleitoral
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

A obra trata do direito de oposição política como um direito fundamental. Assunto pouco explorado pela doutrina pátria, embora a Constituição tenha no direito de oposição um elemento-chave para a construção do Estado Democrático de Direito. O estudo inicia com a noção da Constituição e o elo entre o direito de oposição política e a concretização dos princípios fundamentais da democracia, da cidadania e do pluralismo político. Inclui a abordagem sobre os aspectos gerais dos direitos fundamentais e o exame do significado e alcance da cláusula de abertura, prevista no art. 5º, § 2º, através da qual se admite como direitos materialmente fundamentais os direitos decorrentes do regime e dos princípios adotados pela Constituição de 1988. O direito de oposição política conta com a natureza de direito fundamental porque decorre dos princípios fundamentais da democracia, da cidadania e do pluralismo político, além de satisfazer ao critério de equiparação em conteúdo e importância aos direitos fundamentais expressos constitucionalmente. Por último, identifica-se o estatuto constitucional do direito fundamental de oposição política, cujo núcleo essencial consiste na proteção e garantia de exercício das principais funções da oposição: dissentir, fiscalizar e promover a alternância política.

Importante instrumento de estudo posto à disposição do público jurídico em geral!

AUTOR(ES)

Lilian Márcia Balmant Emerique é bacharela em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ; Mestra em Direito Constitucional e Teoria do Estado pelo programa de pós-graduação em Ciências Jurídicas da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUCRJ; Doutora em Direito do Estado: Direito Constitucional, pelo programa de pós-graduação em Ciências Jurídicas da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUCSP; Professora das disciplinas Ciência Política, Teoria do Estado, Direito Constitucional e Processo Constitucional da Unigranrio – Duque de Caxias/Silva Jardim e Lapa/RJ; Professora das disciplinas Da Ordem Social e Teoria da Constituição no mestrado em Direito Público da Faculdade de Direito de Campos/RJ; Advogada especialista na área cível (família, sucessões, contratos). Prêmio Geraldo Ataliba atribuído pelo Instituto Geraldo Ataliba – IDEPE, pela classificação alcançada no concurso nacional destinado a jovens autores das áreas de Direito Constitucional e Direito Tributário com a monografia O princípio da igualdade e o mínimo existencial: o tratamento no sistema constitucional, 2005.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

Capítulo 1 O ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO, A CIDADANIA E O PLURALISMO POLÍTICO

1.1 Constituição e sistema jurídico

1.2 Os princípios fundamentais

1.3 O princípio democrático: um conceito de democracia

1.4 O princípio constitucional democrático: concretização

1.5 O princípio da cidadania

1.5.1 Aspectos gerais da cidadania

1.5.2 O princípio da cidadania: conceito e concretização constitucional

1.6 O princípio do pluralismo político

1.6.1 Pluralismo: aspectos gerais

1.6.2 O princípio do pluralismo político

Capítulo 2 OS DIREITOS FUNDAMENTAIS

2.1 Noção e características dos direitos fundamentais

2.2 A relevância dos direitos fundamentais nas Constituições

2.3 Os direitos fundamentais nas Constituições brasileiras

2.4 Os direitos fundamentais formam um sistema na Constituição?

2.5 O regime jurídico dos direitos fundamentais na Constituição Brasileira de 1988

Capítulo 3 O ARTIGO 5º, § 2º, DA CONSTITUIÇÃO DE 1988: SIGNIFICADO E ALCANCE

3.1 Considerações gerais sobre a cláusula de abertura, ou da não tipicidade dos direitos fundamentais

3.2 Direitos formais e materialmente fundamentais e a abertura material dos direitos fundamentais na ordem constitucional brasileira

3.3 A busca de um conceito material de direitos fundamentais pautado na Constituição

3.4 Indicadores para identificação e construção de um conceito material de direitos fundamentais

3.4.1 Critérios referenciais possíveis para a aferição da fundamentalidade material de um direito

3.4.2 Outros possíveis critérios referenciais para a estruturação de um conceito material de direitos fundamentais

3.5 Os direitos fundamentais situados fora do catálogo constitucional: as diferentes espécies e a procura por exemplos

3.6 Direitos fundamentais apenas em sentido material: possibilidades e limites dos direitos fundamentais sem assento na Constituição e nos Tratados In- ternacionais

Capítulo 4 O DIREITO DE OPOSIÇÃO POLÍTICA: DIREITO FUNDAMENTAL

4.1 O problema da oposição política

4.1.1 Conceito de oposição política e trajetória histórica

4.1.2 Formas de expressão da oposição: função e estratégias de ação

4.1.3 Tipos ou modelos de oposição

4.2 O direito de oposição como concretização constitucional do Estado Democrático de Direito fundamentado na cidadania e no pluralismo político

4.3 O direito de oposição política

4.4 O direito de oposição política: direito fundamental, nos termos do art. 5º, § 2º da Constituição de 1988

4.5 O estatuto do direito de oposição política

CONCLUSÃO

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Aspectos gerais da cidadania.

B

  • Busca de um conceito material de direitos fundamentais pautado na Constituição

C

  • CF/88. Direito de oposição política: direito fundamental, nos termos do art. 5º, § 2º da Constituição de 1988
  • CF/88, art. 5º, § 2º. Significado e alcance
  • Características e noção dos direitos fundamentais
  • Cidadania. Direito de oposição como concretização constitucional do Estado Democrático de Direito fundamentado na cidadania e no pluralismo político
  • Cidadania. Estado Democrático de Direito, a cidadania e o pluralismo político.
  • Cidadania. Princípio da cidadania
  • Cidadania. Princípio da cidadania: conceito e concretização constitucional
  • Cláusula de abertura. Considerações gerais sobre a cláusula de abertura, ou da não tipicidade dos direitos fundamentais
  • Conceito de oposição política e trajetória histórica
  • Conceito material. Busca de um conceito material de direitos fundamentais pautado na Constituição
  • Conceito material. Indicadores para identificação e construção de um conceito material de direitos fundamentais
  • Conclusão
  • Considerações gerais sobre a cláusula de abertura, ou da não tipicidade dos direitos fundamentais.
  • Constitucional. Princípio constitucional democrático: concretização
  • Constituição. Busca de um conceito material de direitos fundamentais pautado na Constituição
  • Constituição. Direitos fundamentais apenas em sentido material: possibilidades e limites dos direitos fundamentais sem assento na Constituição e nos Tratados Internacionais.
  • Constituição. Direitos fundamentais formam um sistema na Constituição?
  • Constituição. Direitos fundamentais nas Constituições brasileiras
  • Constituição. Regime jurídico dos direitos fundamentais a Constituição Brasileira de 1988
  • Constituição. Relevância dos direitos fundamentais nas Constituições
  • Constituição e sistema jurídico
  • Critério material. Outros possíveis critérios referenciais para a estruturação de um conceito material de direitos fundamentais
  • Critérios referenciais para a estruturação de um conceito material de direitos fundamentais. Outros critérios
  • Critérios referenciais possíveis para a aferição da fundamentalidade material de um direito

D

  • Democracia. Princípio constitucional democrático: concretização
  • Democracia. Princípio democrático: um conceito de democracia
  • Direito de oposição política
  • Direito de oposição política: direito fundamental, nos termos do art. 5º, § 2º da Constituição de 1988
  • Direito de oposição política: direito fundamental
  • Direito de oposição como concretização constitucional do Estado Democrático de Direito fundamentado na cidadania e no pluralismo político
  • Direito fundamental. Artigo 5º, § 2º, da Constituição de 1988: significado e alcance.
  • Direito fundamental. Busca de um conceito material de direitos fundamentais pautado na Constituição
  • Direito fundamental. Considerações gerais sobre a cláusula de abertura, ou da não tipicidade dos direitos fundamentais
  • Direito fundamental. Direito de oposição política: d ireito fundamental
  • Direito fundamental. Direito de oposição política: direito fundamental, nos termos do art. 5º, § 2º da Constituição de 1988
  • Direito fundamental. Direitos formais e materialmente fundamentais e a abertura material dos direitos fundamentais na ordem constitucional brasileira.
  • Direito fundamental. Indicadores para identificação e construção de um conceito material de direitos fundamentais
  • Direito fundamental. Noção e características dos direitos fundamentais
  • Direito fundamental. Outros possíveis critérios referenciais para a estruturação de um conceito material de direitos fundamentais
  • Direito fundamental. Regime jurídico dos direitos fundamentais na Constituição Brasileira de 1988
  • Direito fundamental. Relevância dos direitos fundamentais nas Constituições
  • Direitos formais e materialmente fundamentais e a abertura material dos direitos fundamentais na ordem constitucional brasileira.
  • Direitos fundamentais
  • Direitos fundamentais apenas em sentido material: possibilidades e limites dos direitos fundamentais sem assento na Constituição e nos Tratados Inter- nacionais
  • Direitos fundamentais formam um sistema na Constituição?
  • Direitos fundamentais nas Constituições brasileiras
  • Direitos fundamentais situados fora do catálogo constitucional: as diferentes espécies e a procura por exemplos

E

  • Estado democrático. Direito de oposição como concretização constitucional do Estado Democrático de Direito fundamentado na cidadania e no, pluralismo político
  • Estado Democrático de Direito, a cidadania e o pluralismo político
  • Estatuto do Direito de oposição política

F

  • Formas de expressão da oposição: função e estratégias de ação

I

  • Indicadores para identificação e construção de um conceito material de direitos fundamentais
  • Introdução

N

  • Noção e características dos direitos fundamentais

O

  • Oposição política. Conceito de oposição política trajetória histórica
  • Oposição política. Direito de oposição política
  • Oposição política. Direito de oposição política: direito fundamental
  • Oposição política. Direito de oposição pol ítica: direito fundamental, nos termos do art. 5º, § 2º da Constituição de 1988
  • Oposição política. Direito de oposição como concretização constitucional do Estado Democrático de Direito fundamentado na cidadania e no pluralismo político
  • Oposição política. Estatuto do direito de oposição política.
  • Oposição política. Formas de expressão da oposição: função e estratégias de ação
  • Oposição política. Problema
  • Oposição política. Tipos ou modelos de oposição
  • Ordem constitucional. Direitos formais e materialmente fundamentais e a abertura material dos direitos fundamentais na ordem constitucional brasileira.
  • Outros possíveis critérios referenciais para a estruturação de um conceito material de direitos fundamentais

P

  • Pluralismo: aspectos gerais
  • Pluralismo político. Direito de oposição como concretização constitucional do Estado Democrático de Direito fundamentado na cidadania e no pluralismo político
  • Pluralismo político. Estado Democrático de Direito, a cidadania e o pluralismo político
  • Pluralismo político. Princípio do pluralismo político
  • Pluralismo político. Princípio do pluralismo político
  • Princípio constitucional democrático: concretização
  • Princípio da cidadania
  • Princípio da cidadania: conceito e concretização constitucional.
  • Princípio democrático: um conceito de democracia
  • Princípio do pluralismo político
  • Princípio do pluralismo político
  • Princípios fundamentais
  • Problema da oposição política.

R

  • Referências
  • Regime jurídico dos direitos fundamentais na Constituição Brasileira de 1988
  • Relevância dos direitos fundamentais nas Constituições

S

  • Sistema jurídico. Constituição e sistema jurídico

T

  • Tratado internacional. Direitos fundamentais apenas em sentido material: possibilidades e limites dos direitos fundamentais sem assento na Constituição e nos Tratados Internacionais
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: