Laertes Munhoz - O Mestre Sublime

Túlio Vargas

Leia na Biblioteca Virtual
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Túlio Vargas
ISBN: 853621383-3
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 102
Publicado em: 02/10/2006
Área(s): Literatura e Cultura - Personalidades; Literatura e Cultura - Política, História e Filosofia
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

"Ninguém melhor que o autor, advogado, homem público e historiador de escol, poderia escrever com naturalidade, precisão, beleza e sentimento sobre o grande tribuno, jurista de imensa erudição, que foi Laertes Munhoz. O retrato, que saiu da sua pena, é de assinalada profundidade psicológica. Das páginas do livro, escritas com muita afeição, surgem bem nítidos os traços inconfundíveis de quem foi orador exemplar, conferencista e advogado militante. Ouso apontar entre as circunstâncias a influir na sua decisão de escrever essa biografia, o fato de ter ouvido de primeira mão o testemunho de seu pai, deputado Rivadávia Vargas, também outro homem público de exemplar conduta parlamentar, correligionário e contemporâneo do biografado."

Mário Diney Bittencourt
Advogado

AUTOR(ES)

Túlio Vargas, natural de Piraí do Sul/PR; filho do deputado Rivadávia Vargas e Dalila Rolim Vargas, e bisneto do célebre sertanista, político, etnógrafo e revolucionário Telêmaco Borba; Bacharel em Direito, radicou-se em Maringá/PR a partir de 1955. Deputado em 1962, reeleito na legislatura seguinte. Igualmente eleito, em 1970, e reeleito deputado federal. Ocupou outros cargos relevantes: Secretário de Estado da Justiça, Presidente do BRDE, Procurador Geral do Estado junto ao Tribunal de Contas do Paraná e governador distrital de Lions Clube Internacional. Preside atualmente a Academia Paranaense de Letras. É Cidadão Benemérito do Paraná (Lei 12.986, de 24/11/2000).

Outros livros do autor: 
O Indomável Republicano, 1970;
A Última Viagem do Barão do Serro Azul, 1973;
Discursos Parlamentares, 1975;
Tempo de Secretaria (I), 1976;
Tempo de Secretaria (II), 1976;
Senhor Senador, Senhor Ministro, 1976;
O Conselheiro Zacarias, 1977;
Começo de um novo humanismo, 1979;
O Tempo de Meu Pai, 1980;
O Juiz Integral (parceria), 1982;
Pé Vermelho, 1986;
Sérgio de Castro (parceria), 1987;
Porta-retrato (08 volumes.), 1988-93;
História Biográfica da República (parceria), 1994;
Memórias do Lions Clube Curitiba-Centro, 1995;
Biobibliografia da Academia Paranaense de Letras (parceria), 1995;
Breve Memória do Banestado, 1996;
2ª Biobibliografia da Academia Paranaense de Letras (parceria), 2001;
O Maragato, 2001;
Textos Aleatórios, 2002;
O Promotor de Obras, 2003;
A Última Viagem do Barão do Serro Azul (2ª ed.), 2004;
Radiografia da Ética, 2004 (02 edições);
O Tribuno da Liberdade, 2004;
Biobibliografia da Academia Paranaense de Letras (parceria), 2006.

SUMÁRIO

Introdução

Família

Procurador Geral de Justiça, Advogado e Consultor Geral do Estado

Advogado

Professor

Escritor

Político

Conclusão

Iconografia

Discursos

Na solenidade judiciária de 1940

Na sessão especial da Academia Paranaense de Letras, a 27 de novembro de 1941, 30º dia do falecimento de Hugo Simas

Nos funerais do professor Otávio do Amaral, maio de 1942

Ao 30º dia do falecimento de Ulisses Vieira, 17 de julho de 1942, em sessão especial da Academia Paranaense de Letras

Na comemoração do centenário do nascimento de Generoso Marques, a 13 de janeiro de 1944

Na homenagem à memória do Dr. Caetano Munhoz da Rocha, a 23 de maio de 1944, promovida pelo Círculo de Estudos Bandeirantes

Num jantar oferecido a Plácido e Silva, a 11 de julho de 1949

Referências

INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: