Getúlio, FHC e Lula - Devoção Popular e Santíssima Trindade

Pedro Ricardo Dória

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Pedro Ricardo Dória

ISBN: 978853622091-8

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 340

Publicado em: 28/08/2008

Área(s): Literatura e Cultura - Personalidades; Literatura e Cultura - Política, História e Filosofia

Sinopse

Compreender, em profundidade, o papel de lideranças do quilate de Getúlio, FHC e Lula, é mais do que meio caminho andado para entender o desenvolvimento político e histórico do Brasil.
Daí a extraordinária importância desta obra única, que proporciona ao leitor um enfoque do que significa e como funciona o carisma destes três brasileiros de proa e de como eles afetaram (e ainda podem afetar) o presente e o futuro deste grande país, que a todos nós compete construir.
Aí se insere a inevitável questão de saber até que ponto os líderes interpretam, representam e/ou sintetizam momentos históricos e até onde pode ir a influência de sua própria vontade, sobrepondo-se a fatores de natureza impessoal ou coletiva.
Sobre isso há muito para refletir nesta obra, rica de constatações e de instigantes desafios.
Concordo plenamente com a afirmativa do autor:
"O Brasil do século XXI – em compasso com os demais parceiros do grupo de países emergentes – precisa aumentar sua capacidade de aprender com a história - cada vez mais um processo global – a fim de não continuar reincidindo em erros cognitivos e em ações desastrosas".
Essa é a possibilidade aberta por este livro.
PEDRO RICARDO DÓRIA - com o que já publicou e com o que vai publicar - inclui-se, seguramente, entre os autores indispensáveis para que possamos melhor compreender o Brasil moderno e para que o Brasil possa se compreender.

Hélio de Freitas Puglielli
Professor da UFPR (1971/96), da PUCPR (1967/78) e ex-editorialista dos jornais curitibanos O Estado do Paraná, Indústria & Comércio e Gazeta do Povo. Autor de PARA COMPREENDER O PARANÁ (1991), entre outros.

Autor(es)

Pedro Ricardo Dória - Com este segundo livro, o autor empreende mais um passo na realização de uma trilogia sobre liderança política, nos âmbitos estadual, nacional e mundial. O primeiro volume também foi publicado pela Juruá: Jaime Lerner: Liderança, autoridade e contexto político. O terceiro livro - que se encontra em fase de planejamento e de pesquisas complementares - focaliza uma seleção de líderes proeminentes no mundo, de modo a cobrir o complexo período do pós-Segunda Guerra Mundial e dos primeiros anos do século XXI, quando prosseguem marcantes transformações da ordem internacional. Há alguns anos, o autor - voltando-se para questionamentos econômicos e políticos - escreveu outro livro que atentou para a crise mundial e as tendências de seus desdobramentos. Nessa obra, frisavam-se aspectos políticos do choque do petróleo ocorrido nos primeiros anos 1970, quando o Brasil viveu o seu período de mais intenso desenvolvimento econômico (Energia no Brasil e dilemas do desenvolvimento – A crise mundial e o futuro, Petrópolis/RJ: Vozes, 1976); Mestre em Sociologia – UFPR; o autor trabalhou – durante mais de 25 anos – junto à presidência da empresa de eletricidade do Governo do Paraná – Copel, atuou como jornalista de assuntos econômico-financeiros e lecionou em Economia, na Faculdade Católica de Administração e Economia. Além de haver realizado os cursos de graduação em Filosofia e em Direito, participou de seminários no exterior (1971 e 1974) e dos seguintes outros cursos: da Comissão Econômica para a América Latina – Cepal/ONU (Curitiba), da Escola Superior de Guerra (Rio de Janeiro) e da Universidade de São Paulo – USP (Faculdade de Administração e Economia/Administração para Executivos).

Sumário

INTRODUÇÃO REVELAÇÃO DA TRAMA POLÍTICA, A RELEVANTE TRINDADE DE LÍDERES E A CONSTRUÇÃO DA DEMOCRACIA

Leituras recomendadas

PARTE I

1 - TRÊS LÍDERES E A CONSTRUÇÃO DA DEMOCRACIA

1.1 Líderes emblemáticos

1.2 Contexto e processo histórico

1.3 Democracia e modernidade

1.4 Brasil: democracia tardia

1.5 A atual etapa e seus antecedentes imediatos

1.6 O Brasil na nova nova ordem mundial e paralelismo com o Reino Unido

Testemunhos (I): Minhas limitações familiares e culturais, num país e num mundo em mudanças

2 - DA FORMAÇÃO DA DEMOCRACIA BRASILEIRA ÀS EXPECTATIVAS DE CONSOLIDAÇÃO NO MUNDO ATUAL

2.1 Formação da democracia: visão ampla e atual

2.2 Síntese da crítica de Lamounier

2.3 Consolidação da democracia no mundo atual, passado colonial e patrimonialismo

2.4 República: "pecado original" do militarismo tornou-se terminal (1889-1930)

Testemunhos (II): Formação política: Ditadura de Getúlio, Segunda Guerra e Guerra Fria

PARTE II

3 - GETÚLIO (I): ORIGEM, ASCENSÃO E SALVACIONISMO MILITARISTA E PERSONALISTA

3.1 Raízes familiares e gaúchas: militarismo e política

3.2 Modernização da aliança liberal,"tenentismo" e Revolução de 30

3.3 Elites e revolução geram líder personalista-salvacionista

3.4 Prestes: origem "tenentista", comunismo e chefia da intentona de 35

3.5 Processos político e econômico: segunda ditadura, industrialização, nacionalismo e ajuda dos Estados Unidos

4 - GETÚLIO (II): "DEMOCRACIA POPULISTA", SUICÍDIO E CRESCIMENTO DO PTB

4.1 Democratização, militarismo e confronto Getulismo vs. Antigetulismo

4.2 Presidência Dutra, guerra fria e anticomunismo

4.3 Personalismo de Getúlio e de outros: fragilidade dos partidos

4.4 Correntes e discursos políticos no pós-guerra: unânime retórica anti-capitalista

4.5 Suspeitas e contestação (1950): Getúlio presidente (PTB-PSP-PSD)

4.6 Queda do prestígio, tentativa de assassinato de oposicionista, intervenções militares e suicídio

4.7 Adversários no poder, mas o suicídio revitalizou o Getulismo

4.8 Hiato: ascensão de Getúlio e crescimento do PTB

PARTE III

5 - CRISES, COLAPSO DA "DEMOCRACIA POPULISTA" E AUTORITARISMO MILITAR E TECNO-BUROCRÁTICO

5.1 Aliança JK-Jango (PSD-PTB): contestação reiterada e contragolpe militar

5.2 Jânio: novo estilo de líderpopulista

5.3 1961: veto dos ministros militares contra Jango (PTB)

5.4 Deposição de Goulart: colapso da "democracia populista"

5.5 Intervenção duradoura: autoritarismo anti-populista, militar e tecno-burocrático

5.6 Características do autoritarismo militar

5.7 Abertura gradual e "novo sindicalismo" - FHC entra na política, com o apoio de Lula

5.8 Anistia e volta do multipartidarismo, com a diferença PT

5.9 Transição para a democracia e nova república

Testemunhos (III): Livro "tendencioso" - pró-democracia

6 - NOVA REPÚBLICA: SOBRESSALTOS E RISCOS

6.1 Morte põe ex-presidente do partido pró-militares na chefia do governo da "aliança democrática"

6.2 Eleição direta: Lula (PT) supera Brizola (PDT), mas vitorioso foi Collor (PRN) - personalismo, populismo e corrupção

6.3 Corrupção e collorgate: propostas de reforma política

6.4 Itamar na presidência, líder controla a inflação e supera descrença

6.5 Avaliações sobre os anos 1980 e 1990: prenúncio da era democrático-FHCLula

Testemunhos (IV): Porque resolvi escrever este livro, ou ameaças à democracia

PARTE IV

7 - FERNANDO HENRIQUE: RUMO À CONSOLIDAÇÃO DA DEMOCRACIA

7.1 Bisavô, avô, pai: atividades políticas emilitares

7.2 Líder recoloca São Paulo na cúpula: controle da inflação e modernização

7.3 Líderes, consolidação da democracia e projeto de FHC (1994-1995)

7.4 Reeleição, fracassos econômicos e reflexos políticos

7.5 Análise dos anos FHC por ele mesmo

7.6 Mudanças no Brasil e o cenário mundial

8 - LULA DA SILVA: SINDICALISTA, OPOSIÇÃO, PRESIDENTE E CORRUPÇÃO

8.1 Eventos biográficos cruciais e lutas políticas

8.2 Após três derrotas, congregando as oposições, Lula conquista a presidência (2002)

8.3 PT: partido com maior crescimento, sobrepujado por Lula e abalado por denúncias

8.4 Presidência: coligações e continuidade

8.5 Caixa 2-corrupção: "pecado capital" do partido dos trabalhadores dilapidou o "patrimôni o ético"

8.6 Presidente do PL: Lula soube do financiamento

8.7 Crise política, economia e sustentação da popularidade

8.8 Surpresa no Brasil e no mundo

8.9 "Explosão" do PT e o personalismo de Lula

8.10 Cientista política desnuda o governo Lula-PT

8.11 Supremo (STF) julga ex-chefe da casa civil e ex-dirigentes do PT por corrupção: democracia avança

8.12 Intelectualidade, FHC, democracia, PT e Lula

PARTE V

9 - ANÁLISES FINAIS: REVOLUÇÃO DE 30, ATUAL DEMOCRACIA E SEGUNDO GOVERNO LULA

9.1 Líderes e contextos:Getúlio, FHC e Lula

9.2 Brasil na onda mundial, duas trocas de grupos, líderes e partidos

9.3 Paralelismos político-partidários

9.4 Multipartidarismo-presidencialismo e bipartidarismo-parlamentarismo: 19452008

9.5 Nova República: rumo à consolidação, apesar dos percalços

9.6 Escândalos, crises, Lula e FHC

9.7 Relações internacionais: nova nova ordem e futurologias

10 - CONCLUSÕES E TENDÊNCIAS

10.1 Esmaecimento ideológico

10.2 Salvacionismo, democracia e escândalos

10.3 Tendências

10.4 Pós-Lulismo: depois do segundo mandato

10.5 Próximos 15 anos: consolidação da democracia em perspectiva

PARTE VI

11 - EPÍLOGO

11.1 Partidos-líderes-partidos: Brasil e modelos do primeiro mundo

11.2 Trama revelada da política

11.3 Dialética de líderes rumo à consolidação democrática

APÊNDICES

APÊNDICE 1 INTRODUÇÃO - LIDERANÇA SEGUNDO CINCO AUTORES: IMPORTÂNCIA NO MUNDO MODERNO E CONCEITUAÇÕES

1 Importância crescente no mundo moderno (Hook)

2 Definição de Weber e três outros autores que se completam

3 Charles T. Lindholm

4 Orazio M. Petracca

5 Maurice Duverger

APÊNDICE 2 Capítulo 1 - LIDERANÇA POLÍTICA NUMA CONCEPÇÃO SOCIOLÓGICA SISTÊMICA

1 Giddens: crítica do materialismo histórico

2 Enfoque de Maurice Duverger

REFERÊNCIAS

Índice alfabético

A

  • Abertura gradual e "novo sindicalismo"? FHC entra na política, com o apoio de Lula.
  • Adversários no poder, mas o suicídio revitalizouo Getulismo.
  • Agro-exportação. Salvacionismo militare atraso estrutural: sociedade agrário-exportadora
  • Ajuda "imperialista" à industrialização.
  • Alcance planetário. Democracia: longo prazo e alcance planetário.
  • Aliança JK-Jango (PSD-PTB): contestação reiterada e contragolpe militar.
  • Aliança democrática. Morte põe ex-presidente do partido pró-militares na chefia do governo da "a liança democrática"
  • Aliança liberal. Modernização da aliança liberal, "tenentismo" e Revolução de 30.
  • Ambiente familiar. Política e ambiente familiar de Fernando
  • América do Sul e Brasil:contexto mais recente
  • Análise dos "anos FHC" por ele mesmo
  • Análises finais: revolução de 30, atual democracia e segundo governo Lula.
  • Anistia e volta do multipartidarismo, com a diferença PT.
  • Anos 1950-1960: posição e voto contra o golpismo.
  • Anticomunismo. Presidência Dutra, guerra fria e anticomunismo.
  • Antigo revolucionário e ditador: presidente na "democracia populista".
  • Apêndice 1. Introdução. Liderança segundo cinco autores: importância no mundo moderno e conceituações
  • Apêndice 2. Liderança política numa concepção sociológica sistêmica
  • Após três derrotas, congregando as oposições, Lula conquista a presidência (2002).
  • Auge democrático. Coisas ou pessoas e o auge democrático da modernidade.
  • Autoridade e liderança.Conceitos e práticas.
  • Autoridade e liderança: elementos das estruturas sociais
  • Autoritarismo. Cientista político recebe apoio do Lula sindicalista: transição autoritarismo/democracia.
  • Autoritarismo anti-populista. Intervenção duradoura: autoritarismo antipopulista, militar e tecno-burocrático.
  • Autoritarismo militar. Características
  • Autoritarismo militar. Crises, colapso da "democracia populista" e autoritarismo militar e tecno-burocrático.
  • Avaliações sobre os anos 1980 e 1990: prenúncio da era democrático-FHCLula
  • Aviso aos responsáveis pelas campanhas: dinheiro não compra votos

B

  • Bipartidarismo. Multipartidarismo-presidencialismo e bipartidarismo-parlamentarismo: 1945-2008
  • "Bipartidarismo" de fato (PT e PSDB) e lulismo
  • Bisavô, avô, pai: atividades políticase militares.
  • Brasil. Consolidação no Brasil.
  • Brasil. Cotejo Brasil-Reino Unido
  • Brasil. Partidos-líderes-partidos:Brasil e modelos do primeiro mundo.
  • Brasil. Surpresa no Brasil e no mundo
  • Brasil após 1945
  • Brasil: democracia tardia
  • Brasil e América do Sul:contexto mais recente
  • Brasil e sua história desde a infância, democracia e socialismo
  • Brasil "maduro" para o socialismo soviético. Moscou. Capitalismo
  • Brasil na "nova" nova ordem mundial e paralelismo com o Reino Unido
  • Brasil na onda mundial, duas trocas de grupos, líderes e partidos

C

  • Caixa 2-corrupção: "pecado capital" do partido dos trabalhadores dilapidou o "patrimônio ético"
  • Campanha. Aviso aos responsáveis pelas campanhas: dinheiro não compra votos.
  • Candidato. Inserção partidária dos líderes candidatos e o primeiro multipartidarismo.
  • Capitalismo. Brasil "maduro" para o so cialismo soviético. Moscou. Capitalismo.
  • Capitalismo. Construção da democracia e construção do Estado-nação democrático-capitalista.
  • "Capitalismo financeiro" e cobrança do socialismo anti-americanista.
  • Características do autoritarismo militar
  • Carisma, marketing e Lula no poder
  • Cenário mundial. Mudanças noBrasil e o cenário mundial.
  • Centrismo democrático. Superação do conflito EUA vs. URSS: rumo ao centrismo democrático.
  • Charles T. Lindholm.
  • Cientista política desnuda o governo Lula-PT.
  • Cientista político. Lula sobo bisturi de FHC: cientista político e adversário
  • Cientista político recebe apoio do Lula sindicalista: transição autoritarismo/democracia
  • Clima internacional. Ditadura, o clima internacional e trabalhismo
  • Coligação. Presidência: coligações e continuidade.
  • Collorgate. Corrupção e collorgate: propostas de reforma política
  • Comunismo. Prestes: origem "tenentista", comunismo e chefia da intentona de 35.
  • Conceito de sociologia à parte II. Estruturas sociais
  • Conclusões e tendências
  • Congresso. Sem pilares no Congresso: corrupção catapulta e "capitão" Zé Dirceu.
  • Consolidação. Formação da democracia brasileira às expectativas de consolidação no mundo atual.
  • Consolidação. Líderes, consolidação da democracia e projeto de FHC (1994-1995).
  • Consolidação da democracia no mundo atual, passado colonial e patrimonialismo.
  • Consolidação democrática. Dialéticade líderes rumo à consolidação democrática.
  • Consolidação democrática. Sobressaltos e riscos: militarismo não afeta consolidação democrática.
  • Consolidação democrática e economia.
  • Consolidaçãono Brasil.
  • Consolidação: probabilidades
  • Construção da democracia e construção do Estado-nação democráticocapitalista
  • Contestação. Suspeitas e contestação (1950): Getúlio presidente (PTB-PSPPSD).
  • Contexto e processo histórico
  • Correntes e discursos políticos no pós-guerra: unânime retórica anticapitalista
  • Corrupção. Caixa 2-corrupção: "pecado capital" do partido dos trabalhadores dilapidou o "pat rimônio ético"
  • Corrupção. Eleição direta: Lula (PT) supera Brizola (PDT), mas vitorioso foi Collor (PRN)? personalismo, populismo e corrupção
  • Corrupção. Lula da Silva: sindicalista, oposição, presidente e corrupção.
  • Corrupção. Sem pilares no Congresso: corrupção catapulta e "capitão" Zé Dirceu.
  • Corrupção,collorgate, impeachment e reformas.
  • Corrupção ecollorgate: propostas de reforma política
  • Cotejo Brasil-Reino Unido
  • Crescimento econômico. Macroeconomia e crescimento econômico
  • Crise ético-política. Lula presidente e crise ético-política.
  • Crise política, economia e sustentação da popularidade.
  • Crises, colapso da "democracia populista" e autoritarismo militar e tecnoburocrático.
  • Cristianismo. Trabalhismos, cristianismo e populismo
  • Cruzamentos e simbioses.

D

  • DEM. PSCB, DEM (ex-PFL) e sistema partidário
  • Decepção, tristeza epoeta marxista
  • Definição de Weber e três outros autores que se completam.
  • Democracia. Análises finais: revolução de 30, atual democracia e segundo governo Lula
  • Democracia. Atual etapa e seus antecedentes imediatos.
  • Democracia. Auge democrático. Coisas ou pessoas e o auge democrático da modernidade.
  • Democracia. Brasil: democracia tardia.
  • Democracia. Brasil e sua história desde a infância, democracia e socialismo.
  • Democracia. Cientista político recebe apoio do Lula sindicalista: transição autoritarismo/democracia.
  • Democracia. Consolidação da democracia no mundo atual, passado colonial e patrimonialismo
  • Democracia. Construção da democracia e construção do Estado-nação democrático-capitalista.
  • Democracia. Estadista de uma das duas democracias e sociólogo.
  • Democracia. Formação da democracia brasileira às expectativas de consolidação no mundo atual
  • Democracia. Ideologias: socialismo e democracia
  • Democracia. Intelectualidade, FHC, democracia, PT e Lula
  • Democracia. Líderes, consolidação da democracia e projeto de FHC (19941995)
  • Democracia. Próximos 15 anos: consolidação da democracia em perspectiva
  • Democracia. Reprovação da ditadura e de Getúlio: opção pela democracia e seus valores
  • Democracia. Revelação da trama política, a relevante trindade de líderes e a construção da democracia.
  • Democracia. Salvacionismo, democracia e escândalos
  • Democracia. Testemunhos (IV): Porque resolvi escrever este livro, ou ameaças à democracia.
  • Democracia. Testemunhos do autor e avanço e retrocesso da democracia.
  • Democracia. Transição para ademocracia e nova república
  • Democracia. Três líderes e aconstrução da democracia.
  • Democracia e modernidade.
  • Democracia: longo prazo e alcance planetário
  • Democracia populista. Antigo revolucionário e ditador: presidente na "democracia populista".
  • Democracia populista. Crises, colapso da "democracia populista" e autoritarismo militar e tecno-burocrático.
  • Democracia populista. Deposição de Goulart: colapso da "democracia populista"
  • Democracia populista. Getúlio (II): "democracia populista", suicídio e crescimento do PTB.
  • "Democracia populista", suicídio e crescimento do PTB
  • Democracia renasce em patamar mais elevado
  • Democrático. Avaliações sobre os anos 1980 e 1990: prenúncio da era democrático-FHC-Lula.
  • Democratização e teste
  • Democratização, militarismo e confronto Getulismovs. Antigetulismo.
  • Democracia. Fernando Henrique: rumoà consolidação da democracia.
  • Denúncia. PT: partido com maior crescimento, sobrepujado por Lula e abalado por denúncias.
  • Depoimentos e livros-documentos
  • Deposição de Goulart: colapso da "democraci a populista"
  • Dialética. Breve dialética histórica
  • Dialética de líderes rumo àconsolidação democrática
  • Dinâmica. Sistemas comdinâmicas diferentes.
  • Dirigente do PT: "O mensalão existiu".
  • Discurso político. Correntes e discursos políticos no pós-guerra: unânime retórica anti-capitalista
  • Ditadura de Getúlio. Testemunhos (II): Formação política: Ditadura de Getúlio, Segunda Guerra e Guerra Fria.
  • Ditadura, o clima internacional e trabalhismo.
  • Documento. Depoimentos e livros-documentos
  • Dutra. Presidência Dutra, guerra fria e anticomunismo.

E

  • EUA. Superação do conflito EUAvs. URSS: rumo ao centrismo democrático.
  • Economia. Crise política, economiae sustentação da popularidade
  • Economia. Vitória da coligação do PT de Lula e ajuda da economia
  • Economia e consolidação democrática
  • Eleição. Lula. Derrotas no primeiro turno para FHC: 1994 e 1998.
  • Eleição. Reeleição de Lula.
  • Eleição direta: Lula (PT) supera Brizola (PDT), mas vitorioso foi Collor (PRN) ? personalismo, populismo e corrupção
  • Eleições. Presidencialismo personalista, atual multipartidarismo, eleições 1989-2006 e dinheiro de campanha.
  • Elites e revolução geram líderpersonalista-salvacionista.
  • Enfoque de Maurice Duverger.
  • Epílogo.
  • Escândalo. Esquerda e escândalos:depoimento de Frei Betto.
  • Escândalo. Lula: escândalos abalaram o símbolo.
  • Escândalos. Salvacionismo, democracia e escândalos.
  • Escândalos, crises, Lula e FHC.
  • Esfera política para oPoder Judiciário.
  • Esfinge do poder desvendada no Palácio
  • Esmaecimento ideológico
  • Esquerda e escândalos: depoimento de Frei Betto.
  • Estadista de uma das duas democracias e sociólogo.
  • Estado. Relações Estado-sociedade: políticas sociais.
  • Estado como causa do capitalismo atrasado.
  • Estado próximo da ruína foi refeito.
  • Estado-nação. Construção da democracia e construção do Estado-nação democrático-capitalista.
  • Estado-nação. Tripé eleitor-partido-candidato no Estado-nação brasileiro
  • Ética. Caixa 2-corrupção: "pecado capital" do partido dos trabalhadores dilapidou o "patrimô nio ético".
  • Ética. Lula presidente e crise ético-política.
  • Eventos biográficos cruciais e lutas políticas.
  • Executivo. Fracionamento partidário: Executivo e Legislativo
  • Experiência brasileira de multipartidarismo e predisposição à instabilidade
  • "Explosão" do PT e o personalismo de Lula

F

  • FHC. Abertura gradual e "novo sindicalismo"? FHC entra na política, com o apoio de Lula.
  • FHC. Apreensãode conjunto.
  • FHC. Escândalos, crises, Lula e FHC
  • FHC. Lula sob o bisturi de FHC: cientista políticoe adversário.
  • FHC. Preparação dogoverno FHC.
  • FHC concorre com o Senado (SP) com o apoio de Lula.
  • Fernando Henrique: rumo à consolidação da democracia.
  • Fernando. Política e ambiente familiar de Fernando
  • Financiamento. Presidente do PL: Lula soube do financiamento.
  • Formação da democracia brasileira às expectativas de consolidação no mundo atual.
  • Formação da democracia:visão ampla e atual
  • Formação profissionale diálogo com o povo.
  • Fracassos econômicos. Reeleição, fracassos econômicos e reflexos políticos
  • Fracionamento partidário: Executivo e Legislativo.
  • Frei Betto. Esquerda e escândalos: depoimento de Frei Betto
  • Futurologia. Relações internacionais: "nova" nova ordem e futurologias.

G

  • Getúlio (I): origem, ascensão e salvacionismo militarista e personalista
  • Getúlio (II): "democracia populista", suicídio e crescimento do PTB
  • Getúlio. Ascendentesmilitares e políticos
  • Getúlio. Hiato: ascensão deGetúlio e crescimento do PTB.
  • Getúlio. Menino, pai narevolução sangrenta
  • Getúlio. Personalismo de Getúlio e de outros: fragilidade dos partidos.
  • Getúlio. Reprovação da ditadura e de Getúlio: opção pela democracia e seus valores.
  • Getúlio. Sem oposição,"pai dos pobres".
  • Getúlio. Suspeitas e contestação (1950): Getúlio presidente (PTB-PSPPSD).
  • Getúlio Vargas. Análise circunstanciada e desenvolvida.
  • Getulismo. Adversários no poder, mas o suicídio revitalizou o Getulismo.
  • Giddens: crítica do materialismo histórico.
  • Goulart. Deposição de Goulart: colapso da "democr acia populista".
  • Governo FHC. Análise dos "anos FHC" por ele mesmo
  • Governo FHC. Estadista de uma das duas democracias e sociólogo.
  • Governo Lula. Análises finais: revolução de 30, atual democracia e segundo governo Lula
  • Governos PSDB e PT
  • Guerra Fria. Testemunhos (II): Formação política: Ditadura de Getúlio, Segunda Guerra e Guerra Fria
  • Guerra fria. Presidência Dutra, guerra fria e anticomunismo.

H

  • Hiato: ascensão de Getúlioe crescimento do PTB
  • Hipótese de transferência paraa oposição e julgamentos do STF.
  • Histórico. Contexto eprocesso histórico.

I

  • Ideologia. Esmaecimento ideológico
  • Ideologias: socialismo e democracia.
  • Imperialismo. Ajuda "imperialista" à industrialização
  • Importância crescenteno mundo moderno (Hook).
  • Industrialização. Ajuda "imperialista" à industrialização.
  • Inflação. Itamar na presidência, líder controla a inflação e supera descrença
  • Inflação. Líder recoloca São Paulo na cúpula: controle da inflação e modernização
  • Inserção partidária dos líderes candidatos e o primeiro multipartidarismo
  • Instabilidade. Experiência brasileira de multipartidarismo e predisposição à instabilidade
  • Intelectualidade, FHC, democracia, PT e Lula.
  • Intervenção duradoura: autoritarismo anti-populista, militar e tecno-burocrático.
  • Intervenção militar. Queda do prestígio, tentativa de assassinato de oposicionista, intervenções militares e suicídio.
  • Introdução
  • Introdução. Liderança segundo cincoautores: importância no mundo moderno e conceituações. Apêndice 1
  • Itamar na presidência, líder controla a inflação e supera descrença.

J

  • Jango. 1961: veto dos ministros militares contra Jango (PTB).
  • Jânio: novo estilo delíder populista.

L

  • Lamounier. Síntese dacrítica de Lamounier
  • Legislativo. Fracionamento partidário: Executivo e Legislativo.
  • Leituras recomendadas
  • Líder político. Revelação da trama política, a relevante trindade de líderes e a construção da democracia
  • Líder populista. Jânio: novo estilo de líderpopulista
  • Líder recoloca São Paulo na cúpula: controle da inflação e modernização.
  • Liderança. Autoridade e liderança: elementos das estruturas sociais.
  • Liderança e autoridade. Conceitos e práticas
  • Liderança política numa concepção sociológica sistêmica. Apêndice 2
  • Líderes, consolidação da democracia e projeto de FHC (1994-1995).
  • Líderes e contextos: Getúlio, FHC e Lula
  • Líderes e partidos na atribulada Nova República
  • Líderes e partidos na atual experiência
  • Líderes emblemáticos
  • Líderes: papéis e contextos. "Santíssima Trindade".
  • Limitação cultural. Testemunhos (I):Minhas limitações familiares e culturais, num país e nummundo em mudanças
  • Livro. Depoimentos e livros-documentos
  • Livros-documentos e depoimentos.
  • Lula (ou seu antípoda) no segundo mandato
  • Lula. Abertura gradual e "novo sindicalismo"? FHC entra na política, com o apoio de Lula.
  • Lula. Após três derrotas, congregandoas oposições, Lula conquista a presidência (2002).
  • Lula. As lutas políticas
  • Lula. Cientista política desnuda o governo Lula-PT.
  • Lula. Derrotas no primeiro turno para FHC: 1994 e 1998
  • Lula. Do novo sindicalismo à fundação do PT.
  • Lula. Eleição direta: Lula (PT) supera Brizola (PDT), mas vitorioso foi Collor (PRN) ? personalismo, populismo e corrupção
  • Lula. Em 2002, com as oposições unidas, Lula chega presidente.
  • Lula. Escândalos, crises, Lula e FHC.
  • Lula. FHC concorre com o Senado (SP) com o apoio de Lula.
  • Lula. Intelectualidade, FHC, democracia, PT e Lula.
  • Lula. Mãe (6 filhos) abandonada pelo marido: de Pernambuco para São Paulo
  • Lula. Novo sindicalismo do ABCD paulista, Lula e PT
  • Lula. PT: partido com maior crescimento, sobrepujado por Lula e abalado por denúncias.
  • Lula. Pós-Lulismo: depois do segundo mandato
  • Lula. Presidente do PL: Lula soube do financiamento
  • Lula. Primeira eleição direta (1989): vitória contra Brizola e derrota para Collor
  • Lula. Reeleição de Lula
  • Lula. Vitória da coligação do PTde Lula e ajuda da economia.
  • Lula "à direita": como entender?
  • Lula da Silva: sindicalista, oposição, presidente e corrupção
  • Lula: escândalos abalaram o símbolo.
  • Lula optou pela "terceira via"
  • Lula presidente e crise ético-política
  • Lula sindicalista. Cientista político recebe apoio do Lula sindicalista: transição autoritarismo/democracia
  • Lula sob o bisturi de FHC: cientista políticoe adversário
  • Lula, o principal protagonista
  • Luta para reformar o Estado e papéis do Congresso.

M

  • Macroeconomia e crescimento econômico.
  • Mandato. Lula (ou seu antípoda) no segundo mandato
  • Mandato. Pós-Lulismo: depois do segundo mandato.
  • Marxismo. Decepção, tristeza e poeta marxista.
  • Marxismo comunista. "Tenentismo" e marxismo comunista.
  • Materialismo histórico. Giddens:crítica do materialismo histórico.
  • Maurice Duverger.
  • Maurice Duverger. Enfoque de Maurice Duverger.
  • "Mensalão". Dirigente do PT: "O mensalão existiu" .
  • Militar. Morte põe ex-presidente do partido pró-militares na chefia do governo da "aliança democrática"
  • Militarismo. República: "pecado original" do militarismo tornou-se terminal (1889-1930).
  • Militarismo. Sobressaltos e riscos: militarismo não afeta consolidação democrática.
  • Militarismo. Superação do militarismo e política econômica.
  • Modernidade. Auge democrático. Coisas ou pessoas e o auge democrático da modernidade
  • Modernidade e democracia
  • Modernização. Líder recoloca São Paulo na cúpula: controle da inflação e modernização
  • Modernização da aliança liberal,"tenentismo" e Revol ução de 30
  • Morte põe ex-presidente do partido pró-militares na chefia do governo da "aliança democrática".
  • Moscou. Brasil "maduro" para o soci alismo soviético. Moscou. Capitalismo
  • Mudanças no Brasil eo cenário mundial.
  • Multipartidarismo. Anistia e volta do multipartidarismo, com a diferença PT.
  • Multipartidarismo. Experiência brasileira de multipartidarismo e predisposição à instabilidade
  • Multipartidarismo. Inserção partidária dos líderes candidatos e o primeiro multipartidarismo
  • Multipartidarismo. Presidencialismo personalista, atual multipartidarismo, eleições 1989-2006 e dinheiro de campanha
  • Multipartidarismo-presidencialismo e bipartidarismo-parlamentarismo: 1945-2008
  • Mundo. Surpresa no Brasil e no mundo

N

  • Nova República. Líderes e partidosna atribulada Nova República
  • Nova República. Transição paraa democracia e nova república
  • Nova República: rumo à consolidação, apesar dos percalços
  • Nova república: sobressaltos e riscos.
  • Novo sindicalismo do ABCD paulista, Lula e PT

O

  • Onda mundial. Partido político. Brasil na onda mundial, duas trocas de grupos, líderes epartidos
  • Oposição. Lula da Silva: sindicalista, oposição, presidente e corrupção.
  • Oposicionismo. Queda do prestígio, tentativa de assassinato de oposicionista, intervenções militares e suicídio.
  • Orazio M. Petracca
  • Ordem mundial. Brasil na "nova" nova ordem mundial e paralelismo com o Reino Unido
  • Origem, ascenção e salvacionismo militarista e personalista.

P

  • PSCB, DEM (ex-PFL) e sistema partidário.
  • PSDB. Governos PSDB e PT.
  • PT. Anistia e volta do multipartidarismo, com a diferença PT
  • PT. Cientista política desnuda o governo Lula-PT
  • PT. Governos PSDB e PT.
  • PT. Novo sindicalismo do ABCD paulista, Lula e PT.
  • PT. Vitória da coligação do PTde Lula e ajuda da economia.
  • PT: partido com maior crescimento, sobrepujado por Lula e abalado por denúncias
  • PTB. "Democracia populista", suic ídio e crescimento do PTB
  • "Pai dos pobres". Getúlio. Sem oposição, "pai dos pobres"
  • Paradigmas, desenvolvimento político e democracia tardia.
  • Paralelismos político-partidários.
  • Parlamentarismo. Multipartidarismo-presidencialismo e bipartidarismo-parlamentarismo: 1945-2008
  • Partidarismo. Fracionamento partidário: Executivo e Legislativo
  • Partidarismo. Paralelismos político-partidários.
  • Partido político. Brasil na onda mundial, duas trocas de grupos, líderes e partidos.
  • Partido político. Líderes e partidos na atual experiência
  • Partido político. Getúlio (II): "democracia populista", suicídio e crescimento do PTB.
  • Partido político. Hiato: ascensão de Getúlio e crescimento do PTB
  • Partido político. Partidos-líderes-partidos: Brasil e modelos do primeiro mundo
  • Partido político. Personalismo de Getúlio e de outros: fragilidade dos partidos.
  • Partido político. Reino Unido: 1945-2009 -líderes epartidos.
  • Partido político. Supremo (STF) julga ex-chefe da casa civil e ex-dirigentes do PT por corrupção: democracia avança.
  • Partidos-líderes-partidos: Brasil e modelos do primeiro mundo.
  • Passado colonial. Consolidação da democracia no mundo atual, passado colonial e patrimonialismo.
  • Patrimonialismo. Consolidação da democracia no mundo atual, passado colonial e patrimonialismo.
  • Patrimônio ético. Caixa 2-corrupção: "pecado capital" do partido dos trabalhadores dilapidou o "patrimônio ético".
  • Personalismo. Eleição direta: Lula (PT) supera Brizola (PDT), mas vitorioso foi Collor (PRN) ? personalismo, populismo e corrupção
  • Personalismo. Elites e revolução geramlíder personalista-salvacionista.
  • Personalismo. Getúlio (I): origem, ascensão e salvacionismo militarista e personalista.
  • Personalismo. Origem, ascenção e salvacionismo militarista e personalista.
  • Personalismo de Getúlio e de outros: fragilidade dos partidos
  • Personalismo de Lula. "Explosão" do PT e o personalismo de Lula.
  • Perspectiva. Próximos 15 anos: consolidação da democracia em perspectiva.
  • Plano Real, descrença, apoio popular e eleição.
  • Poder Judiciário. Esfera política para o Poder Judiciário
  • Poder Judiciário. Supremo (STF) julga ex-chefe da casa civil e ex-dirigentes do PT por corrupção: democracia avança.
  • Poder Judiciário. Supremo: atípicos "empréstimos" ao PT
  • Política. Em 2006: impactode dois relatórios.
  • Política. Lula. Aslutas políticas.
  • Política. Paralelismospolítico-partidários.
  • Política. Trama revelada da política
  • Política e ambiente familiar de Fernando.
  • Política econômica. Superação domilitarismo e política econômica.
  • Política externa e relacionamentos pessoais com Chefes de Estado e governo
  • Política social. Relações Estado -sociedade: políticas sociais
  • Popularidade. Crise política, economiae sustentação da popularidade.
  • Populismo. Eleição direta: Lula (PT)supera Brizola (PDT), mas vitorioso foi Collor (PRN) ? personalismo, populismo e corrupção
  • Populismo. Trabalhismos, cristianismo e populismo.
  • Pós-guerra. Correntes e discursos políticos no pós-guerra: unânime retórica anti-capitalista
  • Pós-Lulismo: depoisdo segundo mandato
  • Pragmatismo e "continuísmo" venceram a ideologia, confirma Mantega.
  • Prenúncio. Avaliações sobre os anos 1980 e 1990: prenúncio da era democrático-FHC-Lula
  • Preparação dogoverno FHC.
  • Presidência. Após três derrotas, congregando as oposições, Lula conquista a presidência (2002)
  • Presidência Dutra, guerra fria e anticomunismo.
  • Presidência. Itamar na presidência, líder controla a inflação e supera descrença
  • Presidência. Lula da Silva: sindicalista, oposição, presidente e corrupção
  • Presidência: coligações e continuidade
  • Presidencialismo. Multipartidarismo-presidencialismo e bipartidarismo-parlamentarismo: 1945-2008
  • Presidencialismo personalista, atual multipartidarismo, eleições 1989-2006 e dinheiro de campanha
  • Presidente do PL: Lula soube do financiamento.
  • Prestes: origem "tenentista", comuni smo e chefia da intentona de 35
  • Pró-democracia. Testemunhos (III): Livro "tendencioso". Pró-democracia.
  • Probabilidade. Consolidação: probabilidades.
  • Processos político e econômico: segunda ditadura, industrialização, nacionalismo e ajuda dos Estados Unidos
  • Profissão. Formação profissional e diálogo com o povo
  • Projeto FHC. Líderes, consolidação da democracia e projeto de FHC (19941995)
  • Próximos 15 anos: consolidação dademocracia em perspectiva

Q

  • Queda do prestígio, tentativa de assassinato de oposicionista, intervenções militares e suicídio.

R

  • Raízes familiares e gaúchas: militarismo e política.
  • Reeleição de Lula
  • Reeleição, fracassos econômicos e reflexos políticos.
  • Referências.
  • Reflexo político. Reeleição, fracassos econômicos e reflexos políticos.
  • Reino Unido: 1945-2009 - líderes e partidos.
  • Reino Unido. Brasil na "nova" nova ordem mundial e paralelismo com o Reino Unido
  • Reino Unido. Cotejo Brasil-Reino Unido.
  • Relação internacional. Enfoques e contribuições teóricos
  • Relações Estado-sociedade: políticassociais
  • Relações internacionais: "nova" nova ordem e futurologias.
  • Relatório. Em 2006: impactode dois relatórios
  • Reprovação da ditadura e de Getúlio: opção pela democracia e seus valores
  • República. Nova República: rumo à consolidação, apesar dos percalços.
  • República. Nova república:sobressaltos e riscos
  • República: "pecado original" do militarismo tornou-se terminal (18891930)
  • Retórica anti-capitalista. Correntes e discursos políticos no pós-guerra: unânime retórica anti-capitalista.
  • Revelação da trama política, a relevante trindade de líderes e a construção da democracia.
  • Revolução de 30. Análises finais: revolução de 30, atual democracia e segundo governo Lula.
  • Revolução de 30. Modernização da aliança liberal, "tenentismo" e Revolução de 30
  • Riscos e sobressaltos: militarismo não afeta consolidação democrática
  • Ruptura institucional, mudanças estruturais e personalismo.

S

  • Salvacionismo. Elites e revolução geramlíder personalista-salvacionista.
  • Salvacionismo. Getúlio (I): origem, ascensão e salvacionismo militarista e personalista.
  • Salvacionismo, democracia e escândalos
  • Salvacionismo: enfoque histórico e atualidade.
  • Salvacionismo militar e atraso estrutural: sociedade agrário-exportadora
  • Salvacionismo militarista. Origem, ascenção e salvacionismo militarista e personalista.
  • "Santíssima Trindade". Líderes: papéis e contextos.
  • Segunda Guerra. Testemunhos (II): Formação política: Ditadura de Getúlio, Segunda Guerra e Guerra Fria.
  • Segunda ditadura. Processos políticoe econômico: segunda ditadura, industrialização, nacionalismo e ajuda dos Estados Unidos
  • Segunda ditadura, Segunda Guerra Mundial e personificação.
  • Sem pilares no Congresso: corrupçãocatapulta e "capitão" Zé Dirceu
  • Simbiose. Cruzamentos e simbioses
  • Sindicalismo. Abertura gradual e "novo sindicalismo" ? FHC entra na política, com o apoio de Lula.
  • Sindicalismo. Cientista político recebeapoio do Lula sindicalista: transição autoritarismo/democracia.
  • Sindicalismo. Lula. Do novo sindicalismo à fundação do PT.
  • Sindicalismo. Novo sindicalismo do ABCD paulista, Lula e PT.
  • Sindicalista. Lula da Silva: sindicalista, oposição, presidente e corrupção.
  • Síntese da críticade Lamounier
  • Sistema partidário. PSCB, DEM (ex-PFL) e sistema partidário
  • Sistemas com dinâmicas diferentes.
  • Sobressaltos e riscos: militarismo nãoafeta consolidação democrática.
  • Socialismo. Brasil e sua história desdea infância, democracia e socialismo
  • Socialismo. Ideologias: socialismo e democracia.
  • Socialismo soviético. Brasil "maduro" para o socialismo soviético. Moscou. Capitalismo
  • Sociedade. Relações Estado-sociedade: políticas sociais
  • Sociedade agrário-exportadora. Salvacionismo militar e atraso estrutural.
  • Sociologia. Conceito de sociologia à parte II. Estruturas sociais.
  • Sociologia, conceitos, metodologia e três partes
  • Sociólogo. Estadista de uma dasduas democracias e sociólogo.
  • Subdesenvolvimento. Evidências do subdesenvolvimento e do desenvolvimento políticos
  • Suicídio. Adversários no poder, mas o suicídio revitalizou o Getulismo.
  • Suicídio. "Democracia populista", suicídio e crescimento do PTB
  • Suicídio. Getúlio (II): "democracia populista", suicídio e crescimento do PTB
  • Suicídio. Queda do prestígio, tentativa de assassinato de oposicionista, intervenções militares e suicídio
  • Superação do conflito EUAvs. URSS: rumo ao centrismo democrático
  • Superação do militarismo e políticaeconômica
  • Supremo (STF) julga ex-chefe da casa civil e ex-dirigentes do PT por corrupção: democracia avança.
  • Supremo: atípicos "empréstimos" ao PT.
  • Surpresa no Brasil e no mundo
  • Suspeitas e contestação (1950): Getúlio presidente (PTB-PSP-PSD).
  • Sustentação da popularidade. Crise política, economia e sustentação da popularidade.

T

  • Tendência. Conclusões e tendências
  • Tendências.
  • Tendências. Grilhões do passado
  • Tendências. não bola de cristal
  • Tenentismo. Modernização da aliança liberal, "tenentismo" e Revolução de 30.
  • Tenentismo. Prestes: origem "tenentista", comunismo e chefia da intentona de 35.
  • "Tenentismo" e marx ismo comunista
  • "Terceira via". Lula opt ou pela "terce ira via".
  • Testemunhos (I): Minhas limitações familiares e culturais, num país e num mundo em mudanças
  • Testemunhos (II): Formação política: Ditadura de Getúlio, Segunda Guerra e Guerra Fria.
  • Testemunhos (III): Livro "tendencioso". Pró-democracia.
  • Testemunhos (IV): Porque resolvi escrever este livro, ou ameaças à democracia.
  • Trabalhismo. Ditadura, o clima internacional e trabalhismo
  • Trabalhismos, cristianismo e populismo
  • Trama política. Revelação da trama política, a relevante trindade de líderes e a construção da democracia.
  • Trama revelada da política
  • Transição para a democracia e nova república
  • Três líderes e a construção da democracia
  • Trilogia. Novo livro completará trilogia
  • Tripé eleitor-partido-candidatono Estado-nação brasileiro.

U

  • URSS. Superação do conflito EUAvs. URSS: rumo ao centrismo democrático

V

  • Vitória da coligação do PT de Lula e ajuda da economia.

Recomendações

Capa do livro: História e Audiovisual no Brasil do Século XXI, Coordenador: Dennison de Oliveira

História e Audiovisual no Brasil do Século XXI

 Coordenador: Dennison de OliveiraISBN: 978853623470-0Páginas: 130Publicado em: 05/09/2011

Versão impressa

R$ 39,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Confissão e Cura - Uma Interlocução entre Foucault e a Psicanálise Freudiano-Lacaniana, Célia Aparecida Ferreira Carta Winter

Confissão e Cura - Uma Interlocução entre Foucault e a Psicanálise Freudiano-Lacaniana

 Célia Aparecida Ferreira Carta WinterISBN: 853621424-4Páginas: 168Publicado em: 14/11/2006

Versão impressa

de R$ 49,90* porR$ 42,42Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Peleador, O - Um Voluntário da Liberdade, Carlos Zatti

Peleador, O - Um Voluntário da Liberdade

 Carlos ZattiISBN: 978853621921-9Páginas: 208Publicado em: 05/03/2008

Versão impressa

R$ 59,90Adicionar ao
carrinho