Gestão de Custos - Uma Abordagem sob o Enfoque do Processo Competitivo e da Estratégia

Miguel Juan Bacic

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Miguel Juan Bacic
ISBN: 978853622269-1
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 276
Publicado em: 11/11/2008
Área(s): Administração; Contabilidade Geral Aplicada
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Este livro traz para a análise dos custos da empresa os conceitos de concorrência e estratégia e analisa a “visão de mundo econômico” que as principais metodologias de custos (custeio por absorção, custeio variável e custeio por atividades) implicitamente adotam. A análise identifica três grandes esferas da gestão de custos (com objetivos e graus de precisão diferentes no que se refere à determinação de custos). A primeira esfera é a da construção de determinada situação competitiva; a segunda é a de manutenção (em termos de adequação estratégica); a terceira é a otimização do que já existe ou do que se está decidindo. As três esferas devem ser entendidas como interdependentes, devendo, tanto as ações como as decisões na área de custos, considerar os impactos que sofrem. A interdependência surge da própria dinâmica competitiva, que conduz à prática de estratégias de distinta natureza (inovadoras e de adequação) nos diferentes momentos que o processo competitivo empresarial apresenta.
 

AUTOR(ES)

Miguel Juan Bacic é Doutor em Administração (UNS, Argentina, 1998); Mestre em Economia (Unicamp, 1990); Professor associado do Instituto de Economia e Pesquisador do Núcleo de Economia Industrial e da Tecnologia do Instituto de Economia da Unicamp, junto à área de Economia de Empresas; Livre-Docente em Economia de Empresas (Unicamp, 2002); Docente nas disciplinas de Gestão de Custos, Finanças das Empresas, Estratégia Empresarial e Economia Solidária no curso de graduação em Economia e em cursos de especialização e de mestrado na Unicamp. Desenvolve trabalhos e pesquisas na área de gestão de custos, estratégia empresarial, economia das pequenas empresas, arranjos produtivos locais, empreendedorismo, desenvolvimento local e economia solidária. Foi Presidente do Instituto Internacional de Custos (2003-2007), rede que agrupa pesquisadores e profissionais da área de custos de países da América Latina e Europa. Foi membro-fundador e Presidente da Associação Brasileira de Custos (1996-1998).
 

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

CAPÍTULO I INTERPRETAÇÕES DA CONCORRÊNCIA

1.1 Percepção da concorrência por homens de negócios

1.2 Conceito de concorrência em Economia

1.2.1 A concorrência como força ordenadora que se manifesta no mercado

1.2.2 A concorrência como fenômeno impessoal que leva ao equilíbrio

1.2.3 A concorrência como um amplo fenômeno influenciado por fatores estruturais

1.2.4 A concorrência como um jogo que se desenvolve em um ambiente com regras determinadas

1.2.5 A concorrência como um fenômeno dinâmico que abala o sistema capitalista

1.3 Conclusão

CAPÍTULO II ESTRATÉGIA EMPRESARIAL: A TENSÃO ENTRE ADEQUAÇÃO E RUPTURA

2.1 A estratégia abordada a partir da ótica racional

2.2 A estratégia vista com predominância de elementos volitivos e inovadores

2.3 Os dois enfoques de estratégia: uma compatibilização

CAPÍTULO III A GESTÃO DE CUSTOS FRENTE À CONCORRÊNCIA E À ESTRATÉGIA EMPRESARIAL

3.1 Competitividade empresarial

3.2 Da rigidez à flexibilidade produtiva: as mudanças na gestão

3.3 Como pensar a gestão de custos frente aos desafios da competitividade?

CAPÍTULO IV CUSTOS PARA COORDENAÇÃO E MANUTENÇÃO DA SITUAÇÃO COMPETITIVA E PARA AVALIAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE SITUAÇÕES DADAS

4.1 Custos para coordenação e manutenção da situação competitiva

4.1.1 Custos, estratégia e microeconomia: convenções e mark-up

4.1.2 Sistemas de custeio e coordenação no oligopólio: recuperação do custo total no longo prazo

4.2 Custos para avaliar e otimizar situações dadas

4.3 Conclusão

CAPÍTULO V CUSTOS PARA AUMENTAR A COMPETITIVIDADE

5.1 Custo-kaizen (custo para a melhoria)

5.2 Controle dos custos da não-qualidade: o papel da gestão pela Qualidade Total

5.3. Custo-meta

5.4 Administração do custo do ciclo de vida do Produto

5.5 Sistema de atividades gerador de valor: a cadeia de valor

5.6 Custeio ABC e gestão de atividades

5.7 Gestão estratégica de custos

5.8 Gestão do capital intelectual

5.9 Gestão das relações em rede

5.10 Conclusão

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Administração do custo do ciclo de vida do Produto
  • Administração do custo do ciclo de vida do Produto

C

  • Capital intelectual. Gestão
  • Competitividade empresarial
  • Competitividade. Custos para aumentar a competitividade
  • Conceito de concorrência em economia
  • Concorrência como amplo fenomeno infl uenciado por fatores estruturais
  • Concorrência como fenômeno impessoal que leva ao equilíbrio
  • Concorrência como força ordenadora que se manifesta no mercado
  • Concorrência como um fenômeno dinâmico que abala o sistema capitalista
  • Concorrência que se desenvolve em um ambiente com regras determinadas
  • Concorrência. Conceito de concorrência em economia
  • Concorrência. Gestão de custos frente à concorrência e a estratégia empresarial
  • Concorrência. Interpretações da concorrência
  • Concorrência. Percepção da concorrência por homens de negócios
  • Controle dos custos da não-qualidade: o papel da gestão pela qualidade total
  • Custeio ABC e gestão de atividades
  • Custo-kaizen (custo para a melhoria)
  • Custo-meta
  • Custo. Administração do custo do ciclo de vida do Produto
  • Custos para aumentar a competitividade
  • Custos para avaliar e otimizar situações dadas
  • Custos para coordenação e manutenção da situação competitiva e para avaliação e otimização de situações dadas
  • Custos, estratégia e microeconomia: convenções e «mark-up»
  • Custos. Como pensar a gestão de custos frente aos desafi os da competitividade?
  • Custos. Controle dos custos da não-qualidade: o papel da gestão pela qualidade total
  • Custos. Gestão de custos frente à concorrência e a estratégia empresarial
  • Custos. Gestão estratégia de custos
  • Custos. Sistema de custeio e coordenação no oligopólio: recuperação do custo total no longo prazo

E

  • Economia. Conceito de concorrência em economia
  • Estratégia empresarial abordada a partir da ótica racional
  • Estratégia empresarial vista com predominância de elementos volitivos e inovadores
  • Estratégia empresarial: dois enfoques e uma compatibilização
  • Estratégia empresarial: Tensão entre a adequação e a ruptura
  • Estratégia empresarial. Gestão de custos frente à concorrência e a estratégia empresarial
  • Estratégia. Custos, estratégia e microeconomia: convenções e «mark-up»

G

  • Gestão das relações em rede
  • Gestão de capital intelectual
  • Gestão de custos frente à concorrência e a estratégia empresarial
  • Gestão estratégia de custos
  • Gestão. Como pensar a gestão de custos frente aos desafi os da competitividade?
  • Gestão. Controle dos custos da não-qualidade: o papel da gestão pela qualidade total
  • Gestão. Da rigidez àfl exibilidade produtiva: as mudanças de gestão

H

  • Homens de negócios. Percepção da concorrência por homens de negócios

I

  • Interpretações da concorrência
  • Introdução

M

  • Mercado. Concorrência como força ordenadora que se manifesta no mercado
  • Microeconomia. Custos, estratégia e microeconomia: convenções e «mark-up»

P

  • Percepção da concorrência por homens de negócios

R

  • Referências
  • Relações em rede. Gestão

S

  • Sistema de atividades gerador de valor: a cadeia de valor
  • Sistema de custeio e coordenação no oligopólio: recuperação do custo total no longo prazo
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: