Imigração e Fluência Cultural - Dispositivos Cognitivos da Comunicação Entre Culturas Legais - Biblioteca de Filosofia, Sociologia e Teoria do Direito - Coordenação: Fernando Rister de Souza Lima

Marcelo Pereira de Mello

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Marcelo Pereira de Mello

ISBN: 978853624031-2

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 126

Publicado em: 04/12/2012

Área(s): Direito Internacional

Sinopse

Entre tantas possibilidades de abordagem do fenômeno da imigração, a análise apresentada nesta obra se volta para a avaliação do seu impacto na vida cotidiana do imigrante e do nativo da cultura que o recepciona. Aspectos cognitivos e comunicacionais originados em decorrência do contato intercultural inerente ao fenômeno da imigração fazem parte da análise específica do livro. São diversas as disciplinas científicas que se ocupam em abordar o fenômeno da imigração e no interior de cada uma delas há múltiplas perspectivas de análise. Dados agregados sobre fluxos de movimentação de pessoas entre os diversos países fornecem a demógrafos, geógrafos, historiadores, juristas, sociólogos, economistas e a tantos outros especialistas, material em abundância para análise desta experiência humana ancestral que é o fenômeno do deslocamento territorial de pessoas. Movimentos originados pelas mais variadas motivações: fuga de condições naturais adversas, perseguição política, conflitos étnicos, guerras, procura de melhores condições de vida e riqueza material, questões religiosas, familiares, afetivo-sentimentais. As considerações tecidas neste trabalho permitirão que o leitor conclua que a imigração constitui um fenômeno sociológico por excelência, aquele que talvez melhor ilustre a essência da experiência humana que é a transação de subjetividades.

 
BIBLIOTECA DE FILOSOFIA, SOCIOLOGIA E TEORIA DO DIREITO
 
O Brasil, como país periférico no sistema social global, atravessa um período histórico-social conturbado sob o âmago editorial, em que o tecnicismo-dogmático de baixa consistência teórica e o pragmatismo-imediatista desenfreado assentam-se como principais atores do neocapitalismo, a se materializar, no contexto do mercado editorial, numa avalanche de publicações cujo intento é simplificar o insimplificável, com obras de repetição em massa, sem outro propósito qualquer do que atender uma demanda de informação resumida. Sem menoscabo a esse público, a Juruá Editora e o Coordenador desta Biblioteca - o Prof. Fernando Rister de Sousa Lima - saem na contramão dos catálogos a fim de cunhar espaço nesse mercado para trabalhos de verticalidade cognitiva, num diálogo com as disciplinas propedêuticas do Direito. Para tal mister, além de coragem, ousadia e forte sentimento de compromisso social, reclamou-se de guarida de um grupo seleto de intelectuais, que, prontamente, aceitaram formar o Conselho Editorial desta Biblioteca, cada qual, é verdade, com sua característica teórica, porém, todos ligados a uma só família: "a pesquisa jurídica"!

Autor(es)

Marcelo Pereira de Mello - Doutor em Ciências Humanas pelo IUPERJ. Professor Associado da Universidade Federal Fluminense. Professor do Programa de Pós-graduação em Sociologia e Direito. Fundador e Vice-Presidente da Associação Brasileira de Sociologia do Direito (ABRASD). Membro do Comitê Executivo do World Council of Sociology of Law (WCLS).

Sumário

INTRODUÇÃO - IMIGRAÇÃO E FLUÊNCIA CULTURAL: POR UMA PERSPECTIVA ANALÍTICA ETNO-FENOMENOLÓGICA

Capítulo I - FORMALISMO E GENERALIZAÇÃO NAS SOCIOLOGIAS DO ESTRANGEIRO DE SIMMEL E SCHUTZ

1.1 Simmel e Schutz: estrangeiros

1.2 O estrangeiro como tipo: espaço e relação social na descrição de Simmel

1.3 Alfred Schutz: Os impactos da imigração na cognição e na dinâmica dos acervos de conhecimento

1.4 Formalismo e Generalização - A inespecificidade da condição cultural do imigrante nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz

Capítulo II - IMIGRAÇÃO E FLUÊNCIA CULTURAL: A PERSPECTIVA ETNO-FENOMENOLÓGICA DA IMIGRAÇÃO

2.1 Que imigrante e qual imigração

2.2 Imigração e cidadania desde uma perspectiva fenomenológica: duas "reduções" fundamentais

2.3 Aspectos comunicacionais e cognitivos da relação "nativo" e "imigrante": o conceito de fluência cultural

2.4 Das condições de aquisição da fluência cultural pelo imigrante

2.4.1 O trabalho: principal veículo da fluência cultural

2.4.2 Imigração per caso, mas como investimento: mais-trabalho

2.4.3 O efeito cugino (primo)

2.4.4 A Religião: Um problema para a fluência cultural?

2.5 Acerca da comunicação entre "estrangeiros" e "nativos culturais"

Capítulo III - DISPOSITIVOS COGNITIVOS: SOBRE OS MÉTODOS LEIGOS PARA CONHECER O OUTRO E CONVIVER COM ELE

3.1 Recursos cognitivos do imigrante para estabelecer comunicação com a cultura receptora

3.2 Dispositivos cognitivos: cultura como acervo de dispositivos cognitivos.

3.2.1 Expressões de dicionário

3.2.2 Pacotes cognitivos

3.2.3 Dispositivo eu-eles

Capítulo IV - IMIGRAÇÃO E CULTURA LEGAL

4.1 A cultura legal do imigrante

4.2 A distinção entre o legal e o justo

4.3 Não integrados, integrados e semi-integrados

CONCLUSÕES

APÊNDICE METODOLÓGICO

REFERÊNCIAS

Índice alfabético

A

  • Acerca da comunicação entre "estrangeiros" e "nativos culturais"
  • Alfred Schutz: Os impactos da imigração na cognição e na dinâmica dos acervos de conhecimento
  • Apêndice metodológico
  • Aspectos comunicacionais e cognitivos da relação "nativo" e "imigrante": o conceito de fluência cultural

C

  • Cidadania. Imigração e cidadania desde uma perspectiva fenomenológica: duas "reduções" fundamentais
  • Cognição. Aspectos comunicacionais e cognitivos da relação "nativo" e "imigrante": o conceito de fluência cultural
  • Cognição. Dispositivos cognitivos: cultura como acervo de dispositivos cognitivos
  • Cognição. Dispositivos cognitivos: sobre os métodos leigos para conhecer o outro e conviver com ele
  • Cognição. Pacotes cognitivos
  • Comunicação. Acerca da comunicação entre "estrangeiros" e "nativos culturais"
  • Comunicação. Recursos cognitivos do imigrante para estabelecer comunicação com a cultura receptora
  • Conclusões
  • Condição cultural. Formalismo e generalização. A inespecificidade da condição cultural do imigrante nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz
  • Condições de aquisição da fluência cultural pelo imigrante
  • Congnição. Alfred Schutz:Os impactos da imigração na cognição e na dinâmica dos acervos de conhecimento
  • Conhecimento. Alfred Schutz: Os impactos da imigração na cognição e na dinâmica dos acervos de conhecimento
  • Cultura legal do imigrante
  • Cultura legal e imigração
  • Cultura receptora. Recursos cognitivos do imigrante para estabelecer comunicação com a cultura receptora
  • Cultura. Introdução. Imigração e fluência cultural: por uma perspectiva analítica etno-fenomenológica

D

  • Dinâmica. Alfred Schutz: Os impactos da imigração na cognição e na dinâmica dos acervos de conhecimento
  • Dispositivo eu-eles
  • Dispositivos cognitivos: cultura como acervo de dispositivos cognitivos
  • Dispositivos cognitivos: sobre os métodos leigos para conhecer o outro e conviver com ele
  • Distinção entre o legal e o justo

E

  • Efeito cugino (primo)
  • Espaço. Estrangeiro como tipo: espaço erelação social na descrição de Simmel
  • Estrangeiro como tipo: espaço e relação social na descrição de Simmel
  • Estrangeiro. Acerca da comunicação entre "estrangeiros" e "nativos culturais"
  • Estrangeiro. Formalismo e generalização nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz
  • Estrangeiro. Formalismo e generalização.A inespecificidade da condição cultural do imigrante nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz
  • Estrangeiro. Simmel e Schutz: estrangeiros
  • Etnia. Imigração e fluência cultural: a perspectiva etno-fenomenológica da imigração
  • Etnia. Introdução. Imigração e fluência cultural: por uma perspectiva analítica etno-fenomenológica
  • Expressões de dicionário

F

  • Fenomenologia. Imigração e cidadania desde uma perspectiva fenomenológica: duas "reduções" fundamentais
  • Fenomenologia. Imigração e fluência cultural: a perspectiva etno-fenomenológica da imigração
  • Fenomenologia. Introdução. Imigraçãoe fluência cultural: por uma perspectiva analítica etno-fenomenológica
  • Fluência cultural. Aspectos comunicacionais e cognitivos da relação "nativo" e "imigrante": o conceito de fluência cultural
  • Fluência cultural. Imigração e fluência cultural: a perspectiva etno-fenomenológica da imigração
  • Fluência cultural. Introdução. Imigração e fluência cultural: por uma perspectiva analítica etno-fenomenológica
  • Fluência cultural. Condições de aquisiçãoda fluência cultural pelo imigrante
  • Fluência cultural. Religião: Um problema para a fluência cultural?
  • Fluência cultural. Trabalho: principal veículo da fluência cultural
  • Formalismo e generalização nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz
  • Formalismo e generalização. A inespecificidade da condição cultural do imigrante nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz

G

  • Generalização. Formalismo e generalização nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz
  • Generalização. Formalismo e generalização. A inespecificidade da condição cultural do imigrante nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz

I

  • Imigração e cidadania desde uma perspectiva fenomenológica: duas "reduções" fundamentais
  • Imigração e cultura legal
  • Imigração e fluência cultural: por umaperspectiva analítica etno-fenomenológica. Introdução
  • Imigração e fluência cultural: a perspectiva etno-fenomenológica da imigração
  • Imigraçãoper caso, mas como investimento: mais-trabalho.
  • Imigração. Alfred Schutz: Os impactosda imigração na cognição e na dinâmica dos acervos de conhecimento
  • Imigração. Formalismo e generalização. Ainespecificidade da condição cultural do imigrante nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz
  • Imigração. Que imigrante e qual imigração
  • Imigrante. Aspectos comunicacionais e cognitivos da relação "nativo" e "imigrante": o conceito de fluência cultural
  • Imigrante. Condições de aquisição dafluência cultural pelo imigrante
  • Imigrante. Cultura Legal do imigrante
  • Imigrante. Recursos cognitivos do imigrante para estabelecer comunicação com a cultura receptora
  • Introdução. Imigração e fluência cultural: por uma perspectiva analítica etno-fenomenológica
  • Investimento. Imigraçãoper caso, mas como investimento: mais-trabalho

J

  • Justo. Distinção entreo legal e o justo

L

  • Legal. Distinção entreo legal e o justo

M

  • Métodos leigos. Dispositivos cognitivos: sobre os métodos leigos para conhecer o outro e conviver com ele

N

  • Não integrados, integrados e semi-integrados
  • Nativo cultural. Acerca da comunicaçãoentre "estrangeiros" e "nativos culturais"
  • Nativo. Aspectos comunicacionais e cognitivos da relação "nativo" e "imigrante": o conceito de fluência cultural

P

  • Pacotes cognitivos

R

  • Recursos cognitivos do imigrante para estabelecer comunicação com a cultura receptora
  • "Reduções" fundamentais. Imigração ecidadania desde uma perspectiva fenomenológica: duas "reduções" fundamentais
  • Referências
  • Relação social. Estrangeiro como tipo: espaço e relação social na descrição de Simmel
  • Religião: Um problema para a fluência cultural?

S

  • Simmel e Schutz. Formalismo e generalização nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz
  • Simmel e Schutz. Formalismo e generalização. A inespecificidade da condição cultural do imigrante nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz
  • Simmel e Schutz: estrangeiros
  • Simmel. Estrangeiro como tipo: espaço e relação social na descrição de Simmel
  • Sociologia. Formalismo e generalização nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz
  • Sociologia. Formalismo e generalização. A inespecificidade da condição cultural do imigrante nas sociologias do estrangeiro de Simmel e Schutz

T

  • Trabalho. Imigraçãoper caso, mas como investimento: mais-trabalho
  • Trabalho: principal veículo da fluência cultural

Recomendações

Capa do livro: Crise do Modelo Presidencialista no Âmbito do Mercosul, Luís Alexandre Carta Winter

Crise do Modelo Presidencialista no Âmbito do Mercosul

2ª Edição Revista e AtualizadaLuís Alexandre Carta WinterISBN: 853620783-3Páginas: 150Publicado em: 28/08/2004

Versão impressa

R$ 44,70Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Direito de Autor nos Estados-partes do Mercosul - Registro de Obra Intelectual, Alessandra Juttel Almeida

Direito de Autor nos Estados-partes do Mercosul - Registro de Obra Intelectual

 Alessandra Juttel AlmeidaISBN: 853621140-7Páginas: 272Publicado em: 21/12/2005

Versão impressa

R$ 79,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Organizações Internacionais - Teoria Geral - Estudo Monográfico das Principais Organizações Internacionais de que Portugal é Membro, Coordenador: João Mota de Campos
Doutrina Estrangeira

Organizações Internacionais - Teoria Geral - Estudo Monográfico das Principais Organizações Internacionais de que Portugal é Membro

3ª Edição – Revista e ActualizadaCoordenador: João Mota de CamposISBN: 978853621836-6Páginas: 608Publicado em: 09/01/2008

Versão impressa

R$ 184,70Adicionar ao
carrinho