Pertinência Pública do Ato Psicanalítico, A - Tomo II - A Universidade e a Clínica-Escola de Psicologia

Ubirajara Cardoso de Cardoso

Leia na Biblioteca Virtual
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Ubirajara Cardoso de Cardoso
ISBN: 978853624310-8
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 110
Publicado em: 18/07/2013
Área(s): Psicologia - Diversos
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Este livro, Tomos I e II, aborda elementos conceituais e práticos referentes à formação da Clínica-Escola de Psicologia de orientação psicanalítica. Dois movimentos investigativos principais foram articulados nesta pesquisa.

O primeiro, no Tomo I, estabelece uma relação de solidariedade entre o sujeito do inconsciente e o sujeito da esfera pública. Esse movimento, por um lado, se refere às descrições de Hannah Arendt sobre as diferentes esferas da convivência humana: a privada, a pública e a social, enfatizando-se que a esfera pública é o lugar próprio do sujeito da ação e da enunciação do discurso. Por outro lado, interpreta o sujeito da psicanálise que, conforme S. Freud e J. Lacan, como sujeito do inconsciente, é também um sujeito da enunciação. Sobre este tema são apresentados os critérios pelos quais o ato analítico e o sujeito sobre o qual ele incide podem ser pensados em termos de pertinência na esfera pública, originando um entendimento da extensão do discurso psicanalítico.

O segundo movimento, apresentado no Tomo II, explora o tema do ensino da psicanálise na universidade, centrando-se na formação possibilitada pela Clínica-Escola de Psicologia de orientação psicanalítica. Nessa inflexão da investigação, são descritos os elementos centrais atinentes à formação pretendida pela Clínica- -Escola, considerada a pertinência pública do ato psicanalítico e sua efetividade de transmissão; discute-se qual tipo de saber é formador e situa-se a tensão entre o saber técnico e o saber ético, por meio da interrogação do sentido do termo grego phronesis conforme a leitura de Aristóteles feita por H. G. Gadamer.

O intuito é a proposição da novidade da pertinência pública do ato analítico e, a partir dela, contribuir para um maior conhecimento formativo-profissional no âmbito da Clínica-Escola de Psicologia.

AUTOR(ES)

Ubirajara Cardoso de Cardoso é psicanalista. Mestre em Educação nas Ciências pela Unijui. Especialista em atendimento clínico psicanalítico pela Clínica de Atendimento Psicológico da UFRGS. Especialista em atendimento clínico pelo Conselho Federal de Psicologia. Professor do curso de Psicologia da Unijui. Psicólogo do CAPS Colmeia do Município de Ijui.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO

Capítulo 1

1 A Colocação Freudiana do Problema

2 A Formalização Lacaniana

Capítulo 2

1 A Proposta do Ensino da Psicanálise na Universidade

2 A Phronesis como Saber: Tensão entre Técnica e Ética

CONSIDERAÇÕES FINAIS

ÍNDICE ALFABÉTICO

C

  • Colocação freudiana do problema .
  • Considerações finais .

E

  • Ensino. Proposta do ensino da psicanálise na universidade
  • Ética. Phronesis como saber: tensão entre técnica e ética

F

  • Formalização lacaniana .
  • Freud. Colocação freudiana do problema .

I

  • Introdução .

L

  • Lacan. Formalização lacaniana .

P

  • Phronesis como saber: tensão entre técnica e ética
  • Proposta do ensino da psicanálise na universidade
  • Psicanálise. Proposta do ensino da psicanálise na universidade

S

  • Saber. Phronesis como saber: tensão entre técnica e ética

T

  • Técnica.Phronesis como saber: tensão entre técnica e ética

U

  • Universidade. Proposta do ensino da psicanálise na universidade
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: