Planejamento & Contabilidade Estratégica no Setor Público

Raimundo Nonato de Oliveira

Versão impressa

por R$ 69,90em 2x de R$ 34,95Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS

Ficha técnica

Autor(es): Raimundo Nonato de Oliveira

ISBN v. impressa: 978853624510-2

ISBN v. digital: 978853628843-7

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 306grs.

Número de páginas: 246

Publicado em: 06/01/2014

Área(s): Contabilidade - Contabilidade Geral Aplicada

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Esta obra contempla estudo teórico-prático acerca da presença da Contabilidade Estratégica na Gestão Pública sob a perspectiva da utilização de artefatos técnicos na gestão pública estadual brasileira, a partir da elaboração e execução do planejamento estratégico dessa gestão.

No mundo hodierno, as exigências sociais e políticas são cada vez mais presentes no dia a dia dos gestores públicos brasileiros. A sociedade se manifesta cada vez mais exigindo transparência, eficiência, probidade e competência gerencial dos atos dos mandatários do país. Nesse sentido, as organizações públicas necessitam de visão estratégica para atender as necessidades coletivas emanadas do meio social e serem mais eficientes e produtivas.

Autor(es)

Raimundo Nonato de Oliveira

Mestre em Contabilidade e Controladoria pela UFAM - Universidade Federal do Amazonas (2011). Especialista em Direito Tributário pela UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina (2004). Especialista em Auditoria Contábil pela UFAM (1997). Graduado em Ciências Contábeis pelo CIESA - Centro Integrado de Ensino Superior do Amazonas (1992) e em Ciências Econômicas pela UFAM (1993). Professor de graduação e pós-graduação do curso de Ciências Contábeis.

Sumário

Introdução, p. 25

Capítulo 1 - A Origem do Estado, p. 29

1.1 A Evolução do Estado, p. 33

Capítulo 2 - A Administração Pública no Brasil: Estrutura e Evolução, p. 37

2.1 A Gestão Pública Estratégica nos Estados Brasileiros, p. 41

Capítulo 3 - Planejamento Estratégico: Fundamentos, p. 45

3.1 Formulação da Estratégia, p. 58

Capítulo 4 - Planejamento Estratégico: Artefatos, p. 67

4.1 Tableau de Bord (TB), p. 67

4.2 Balanced Scorecard (BSC), p. 74

4.3 Mapas Estratégicos (Strategic Maps), p. 79

4.4 Análise SWOT, p. 81

4.5 SIG - Sistema de Informações Gerenciais, p. 83

4.6 Benchmarking, p. 86

4.7 Outros Artefatos do Planejamento Estratégico, p. 89

Capítulo 5 - Contabilidade Estratégica: Fundamentos, p. 97

Capítulo 6 - Contabilidade Estratégica: Artefatos, p. 113

6.1 Sistema de Informações Contábil - SIC, p. 114

6.2 Plano de Contas Estratégico, p. 119

6.3 Custeio Baseado em Atividades (Activity-Based Costing) - ABC, p. 124

6.4 Valor Econômico Adicionado (Economic Value Added) - EVA, p. 133

6.5 Custos Estratégicos (Strategic Costs), p. 136

6.5.1 Custos no Setor Público, p. 142

Capítulo 7 - Confluência do Planejamento Estratégico e da Contabilidade Estratégica, p. 147

7.1 Inserção dos Artefatos Contábeis Estratégicos na Gestão Governamental, p. 155

7.2 O Papel das Normas Internacionais de Contabilidade para o Setor Público (NICSP), p. 158

Capítulo 8 - Caso Estudado: Minas Gerais (Caso Piloto), p. 165

8.1 Resultado da Pesquisa: O Caso Piloto - Minas Gerais, p. 167

Capítulo 9 - Caso Estudado: Pernambuco, p. 175

9.1 Resultado da Pesquisa: Pernambuco, p. 176

Capítulo 10 - Casos Estudados: Ceará, p. 183

10.1 Resultado da Pesquisa: Ceará, p. 184

Capítulo 11 - Caso Estudado: Amazonas, p. 191

11.1 Resultado da Pesquisa: Amazonas, p. 193

Capítulo 12 - Visão Geral dos Resultados da Pesquisa, p. 199

12.1 Cruzamento dos Casos (Estados) Estudados, p. 199

12.2 Análise e Interpretação da Pesquisa, p. 202

Conclusões, p. 207

1 Da Pesquisa, p. 207

2 Contribuições da Pesquisa, p. 211

3 Limitações da Pesquisa, p. 212

4 Estudos Futuros, p. 213

Referências, p. 215

Apêndices, p. 223

Índice alfabético

A

  • Ações estratégicas cíclicas nas organizações x Perspectivas do BSC (grifos nossos). Quadro 11, p. 76
  • Activity-Based Costing. Custeio Baseado em Atividades (Activity-Based Costing). ABC, p. 124
  • Administração Pública no Brasil: estrutura e evolução, p. 37
  • Análise e interpretação da pesquisa, p. 202
  • Análise SWOT, p. 81
  • Apêndices, p. 223
  • Artefatos contábeis estratégicos. Inserção dos artefatos contábeis estratégicos na gestão governamental, p. 155
  • Artefatos. Contabilidade estratégica: artefatos, p. 113
  • Artefatos. Outros artefatos do planejamento estratégico, p. 89
  • Artefatos. Planejamento estratégico: artefatos, p. 67

B

  • Balanced Scorecard (BSC), p. 74
  • Benchmarking, p. 86
  • Breves distinções entre TB (Cuadro de Mando) e BSC (Cuadro de Mando Integral). Quadro 7, p. 69

C

  • Cálculos da taxa de custo da capacidade alocado com alteração de demanda. Quadro 27, p. 132
  • Cálculos da taxa de custo da capacidade com base no quadro 23. Quadro 26, p. 132
  • Cálculos do ABC com base no quadro 23. Quadro 24, p. 131
  • Cálculos do TDABC com base no quadro 23. Quadro 25, p. 131
  • Características do BSCe do TB. Quadro 9, p. 71
  • Caso estudado. Resultado da pesquisa: Amazonas, p. 193
  • Caso estudado. Resultadoda pesquisa: Ceará, p. 184
  • Caso estudado. Resultado da pesquisa: o caso piloto. Minas Gerais, p. 167
  • Caso estudado. Resultado da pesquisa: Pernambuco, p. 176
  • Caso estudado: Amazonas, p. 191
  • Caso estudado: Minas Gerais (Caso Piloto), p. 165
  • Caso estudado: Pernambuco, p. 175
  • Casos estudados: Ceará, p. 183
  • Casos estudados X Questionários X Documentos X Literatura X Conclusões. Quadro 49, p. 205
  • Comparação dos indicadores de geração de riqueza. Quadro 28, p. 135
  • Comparação entre as abordagens tradicional e estratégica de custos. Quadro 29, p. 137
  • Comparação entre paradigmas tradicional e estratégico da gestão de custos. Quadro 30, p. 138
  • Comparativo de procedimentos do ABC e TDABC. Quadro 23, p. 129
  • Conceitos de contabilidade estratégica na literatura. Quadro 13, p. 100
  • Conclusões, p. 207
  • Confluência do planejamento estratégico e da contabilidade estratégica, p. 147
  • Contabilidade estratégica. Confluência do planejamento estratégico e da contabilidade estratégica, p. 147
  • Contabilidade estratégica: artefatos, p. 113
  • Contabilidade estratégica: fundamentos, p. 97
  • Contabilidade gerencial X Contabilidade estratégica. Quadro 15, p. 105
  • Contabilidade tradicional X Contabilidade estratégica. Quadro 14, p. 102
  • Cruzamento dos casos (Estados) estudados, p. 199
  • Custeio Baseado em Atividades (Activity-Based Costing). ABC, p. 124
  • Custos Estratégicos (Strategic Costs), p. 136
  • Custos no setor público, p. 142

E

  • Economic Value Added. Valor Econômico Adicionado (Economic Value Added). EVA, p. 133
  • Estado. Evolução, p. 33
  • Estado. Gestão pública estratégica nos Estados brasileiros, p. 41
  • Estado. Origem, p. 29
  • Estratégia. Contabilidade estratégica: artefatos, p. 113
  • Estratégia. Contabilidade estratégica: fundamentos, p. 97
  • Estratégia. Formulação da estratégia, p. 58
  • Estratégia. Gestão pública estratégica nos Estados brasileiros, p. 41
  • Estratégia. Planejamentoestratégico: artefatos, p. 67
  • Estratégia. Planejamentoestratégico: fundamentos, p. 45
  • Estratégia. Plano de contas estratégico, p. 119
  • Estrutura. Administração Públicano Brasil: estrutura e evolução, p. 37
  • Estudos futuros, p. 213
  • Evolução do Estado, p. 33
  • Evolução do pensamento estratégico. Quadro 4, p. 61
  • Evolução. Administração Pública no Brasil: estrutura e evolução, p. 37

F

  • Formulação daestratégia, p. 58
  • Fundamento. Planejamento estratégico: fundamentos, p. 45

G

  • Gestão governamental. Inserção dos artefatos contábeis estratégicos na gestão governamental, p. 155
  • Gestão pública estratégicanos Estados brasileiros, p. 41

I

  • Implicações da nova administração pública na gestão financeira. Quadro 31, p. 146
  • Inserção dos artefatos contábeis estratégicos na gestão governamental, p. 155
  • Instrumentos pesquisados X Casos estudados X Questionário X Documentos. Quadro 48, p. 205
  • Instrumentos pesquisados X Questionário X Documentos. Casos estudados. Quadro 47, p. 201
  • Integração do PMDI/PPAG/LOA. Quadro 35, p. 172
  • Introdução, p. 25

M

  • Mapas estratégicos (Strategic Maps), p. 79
  • Matriz SWOT X Perspectivas do BSC. Quadro 12, p. 82

N

  • NICSP. Papel das Normas Internacionais de Contabilidade para o Setor Público (NICSP), p. 158
  • Níveis e tipos de planejamento. Quadro 2, p. 55
  • Normas internacionais de contabilidade. Papel das Normas Internacionais de Contabilidade para o Setor Público (NICSP), p. 158
  • Nova estrutura do plano de contas público. Quadro 21, p. 124

O

  • Origem do Estado, p. 29

P

  • Papel das Normas Internacionais de Contabilidade para o Setor Público (NICSP), p. 158
  • Pesquisa, p. 207
  • Pesquisa. Análise e interpretação da pesquisa, p. 202
  • Pesquisa. Contribuições da pesquisa, p. 211
  • Pesquisa. Limitações da pesquisa, p. 212
  • Planejamento estratégico. Confluência do planejamento estratégico e da contabilidade estratégica, p. 147
  • Planejamento estratégico. Outros artefatos do planejamento estratégico, p. 89
  • Planejamento estratégico: artefatos, p. 67
  • Planejamento estratégico: fundamentos, p. 45
  • Plano de contas estratégico, p. 119
  • Programas e Ações governamentais do PPAG 2008-2011. MG. Quadro 36, p. 174
  • Proposições X Objetivos específicos X Resultados da pesquisa. Casos estudados. Quadro 50, p. 208
  • Proposições X Questionário X Documentos. Amazonas. Quadro 45, p. 196
  • Proposições X Questionário X Documentos. Caso piloto MG. Quadro 34, p. 171
  • Proposições X Questionário X Documentos. Casos estudados. Quadro 46, p. 199
  • Proposições X Questionário X Documentos. Casos estudados. Quadro 51, p. 210
  • Proposições X Questionário X Documentos. Ceará. Quadro 42, p. 187
  • Proposições X Questionário X Documentos. Pernambuco. Quadro 39, p. 179

Q

  • Quadro 1. Tipos de Estadosprimitivos e suas fases, p. 29
  • Quadro 2. Níveis e tipos de planejamento, p. 55
  • Quadro 3. Visão das escolas sobre formulação da estratégia, p. 60
  • Quadro 4. Evolução do pensamento estratégico, p. 61
  • Quadro 5. Sistema de integração do planejamento e sua execução, p. 64
  • Quadro 6. Visões de autores sobre oTableau de Bord, p. 68
  • Quadro 7. Breves distinções entre TB (Cuadro de Mando) e BSC (Cuadro de Mando Integral), p. 69
  • Quadro 8. Síntese histórica econceitual do TB e BSC, p. 70
  • Quadro 9. Características do BSC e do TB, p. 71
  • Quadro 10. Visão múltipla das perspectivas do BSC, p. 75
  • Quadro 11. Ações estratégicas cíclicas nas organizações x Perspectivas do BSC (grifos nossos), p. 76
  • Quadro 12. Matriz SWOT X Perspectivas do BSC, p. 82
  • Quadro 13. Conceitos de contabilidade estratégica na literatura, p. 100
  • Quadro 14. Contabilidade tradicional X Contabilidade estratégica, p. 102
  • Quadro 15. Contabilidade gerencial X Contabilidade estratégica, p. 105
  • Quadro 16. Técnicas de SMA (Strategic Management Accounting), p. 107
  • Quadro 17. Técnicas de SMA (Strategic Management Accounting), p. 109
  • Quadro 18. Visão atual da informação contábil, p. 115
  • Quadro 19. Visão de um SIC, p. 116
  • Quadro 20. Visão do sistema e subsistemas da contabilidade pública, p. 119
  • Quadro 21. Nova estrutura do plano de contas público, p. 124
  • Quadro 22. Relação dos processos de gestão com objetivos e indicadores de custos, p. 125
  • Quadro 23. Comparativo de procedimentos do ABC e TDABC, p. 129
  • Quadro 24. Cálculos do ABCcom base no quadro 23, p. 131
  • Quadro 25. Cálculos do TDABC com base no quadro 23, p. 131
  • Quadro 26. Cálculos da taxa de custo da capacidade com base no quadro 23, p. 132
  • Quadro 27. Cálculos da taxa de custo da capacidade alocado com alteração de demanda, p. 132
  • Quadro 28. Comparação dos indicadores de geração de riqueza, p. 135
  • Quadro 29. Comparação entre as abordagens tradicional e estratégica de custos, p. 137
  • Quadro 30. Comparação entre paradigmas tradicional e estratégico da gestão de custos, p. 138
  • Quadro 31. Implicações da nova administração pública na gestão financeira, p. 146
  • Quadro 32. Resultados da pesquisa. Caso piloto MG. 1ª versão do questionário, p. 168
  • Quadro 33. Resultados da pesquisa. Caso piloto MG. Proposições X Questionário, p. 169
  • Quadro 34. Proposições X Questionário X Documentos. Caso piloto MG, p. 171
  • Quadro 35. Integração do PMDI/PPAG/LOA, p. 172
  • Quadro 36. Programas e Ações governamentais do PPAG 2008-2011. MG, p. 174
  • Quadro 37. Resultados da pesquisa. Pernambuco. Com questionário definitivo, p. 176
  • Quadro 38. Resultados da pesquisa. Pernambuco. Proposições X Questionário definitivo, p. 177
  • Quadro 39. Proposições X Questionário X Documentos. Pernambuco, p. 179
  • Quadro 40. Resultados da pesquisa. Ceará. Com questionário definitivo, p. 185
  • Quadro 41. Resultados da pesquisa. Ceará. Proposições X Questionário definitivo, p. 186
  • Quadro 42. Proposições X Questionário X Documentos. Ceará, p. 187
  • Quadro 43. Resultados da pesquisa. Amazonas. Com questionário definitivo, p. 194
  • Quadro 44. Resultados da pesquisa. Amazonas. Proposições X Questionário definitivo, p. 195
  • Quadro 45. Proposições X Questionário X Documentos. Amazonas, p. 196
  • Quadro 46. Proposições X QuestionárioX Documentos. Casos estudados, p. 199
  • Quadro 47. Instrumentos pesquisados X Questionário X Documentos. Casos estudados, p. 201
  • Quadro 48. Instrumentos pesquisados X Casos estudados X Questionário X Documentos, p. 205
  • Quadro 49. Casos estudados X Questionários X Documentos X Literatura X Conclusões, p. 205
  • Quadro 50. Proposições X Objetivos específicos X Resultados da pesquisa. Casos estudados, p. 208
  • Quadro 51. Proposições X QuestionárioX Documentos. Casos estudados, p. 210

R

  • Referências, p. 215
  • Relação dos processos de gestão comobjetivos e indicadores de custos. Quadro 22, p. 125
  • Resultados da pesquisa. Amazonas. Comquestionário definitivo. Quadro 43, p. 194
  • Resultados da pesquisa. Amazonas. Proposições X Questionário definitivo. Quadro 44, p. 195
  • Resultados da pesquisa. Caso piloto MG. 1ª versão do questionário. Quadro 32, p. 168
  • Resultados da pesquisa. Caso piloto MG. Proposições X Questionário. Quadro 33, p. 169
  • Resultados da pesquisa. Ceará. Com questionário definitivo. Quadro 40, p. 185
  • Resultados da pesquisa. Ceará. Proposições X Questionário definitivo. Quadro 41, p. 186
  • Resultados da pesquisa. Pernambuco. Com questionário definitivo. Quadro 37, p. 176
  • Resultados da pesquisa. Pernambuco. Proposições X Questionário definitivo. Quadro 38, p. 177

S

  • Setor público. Custosno setor público, p. 142
  • Setor público. Papel das Normas Internacionais de Contabilidade para o Setor Público (NICSP), p. 158
  • SIG. Sistema de Informações Gerenciais, p. 83
  • Síntese histórica e conceitual do TB e BSC. Quadro 8, p. 70
  • Sistema de Informações Contábil. SIC, p. 114
  • Sistema de integração do planejamento e sua execução. Quadro 5, p. 64
  • Strategic Costs. Custos Estratégicos (Strategic Costs), p. 136
  • SWOT. Análise SWOT, p. 81

T

  • Tableau de Bord (TB), p. 67
  • Técnicas de SMA (Strategic Management Accounting). Quadro 16, p. 107
  • Técnicas de SMA (Strategic Management Accounting). Quadro 17, p. 109
  • Tipos de Estados primitivos e suas fases. Quadro 1, p. 29

V

  • Valor Econômico Adicionado (Economic Value Added). EVA, p. 133
  • Visão atual da informaçãocontábil. Quadro 18, p. 115
  • Visão das escolas sobre formulação da estratégia. Quadro 3, p. 60
  • Visão de um SIC. Quadro 19, p. 116
  • Visão do sistema e subsistemas dacontabilidade pública. Quadro 20, p. 119
  • Visão geral dos resultados da pesquisa, p. 199
  • Visão múltipla das perspectivas do BSC. Quadro 10, p. 75
  • Visões de autores sobre oTableau de Bord. Quadro 6, p. 68

Recomendações

Capa do livro: Controle Gerencial dos Custos, Rodrigo Antonio Chaves da Silva

Controle Gerencial dos Custos

 Rodrigo Antonio Chaves da SilvaISBN: 978853624521-8Páginas: 166Publicado em: 13/01/2014

Versão impressa

R$ 49,90 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Contabilidade ao Alcance de Todos, Luiz Carlos de Souza

Contabilidade ao Alcance de Todos

2ª Edição - Revista e AtualizadaLuiz Carlos de SouzaISBN: 978853623365-9Páginas: 204Publicado em: 31/05/2011

Versão impressa

R$ 59,90em 2x de R$ 29,95Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Gestão Pública Responsável, Maria Clara Cavalcante Bugarim, Juarez Domingues Carneiro, José Joaquim Boarin, José Odilon Faustino

Gestão Pública Responsável

 Maria Clara Cavalcante Bugarim, Juarez Domingues Carneiro, José Joaquim Boarin, José Odilon FaustinoISBN: 978853623429-8Páginas: 109Publicado em: 05/09/2011

Versão impressa

R$ 34,90 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Normas Nacionais e Internacionais de Contabilidade, Everson Luiz Breda Carlin, Wilson Alberto Zappa Hoog

Normas Nacionais e Internacionais de Contabilidade

4ª Edição - Revista e AtualizadaEverson Luiz Breda Carlin, Wilson Alberto Zappa HoogISBN: 978853627624-3Páginas: 616Publicado em: 09/02/2018

Versão impressa

R$ 199,70em 6x de R$ 33,28Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 139,90em 5x de R$ 27,98Adicionar e-Book
ao carrinho