Controladoria Jurídica - Para Escritórios de Advocacia e Departamentos Jurídicos

Samantha Albini

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Samantha Albini

ISBN: 978853624561-4

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 276

Publicado em: 13/02/2014

Área(s): Direito - Outros

Sinopse

Os desafios e exigências crescentes do mercado da advocacia demandam inovações em gestão. Este livro traz uma das mais recentes e eficazes ferramentas de gestão da produção jurídica, a Controladoria Jurídica. Implantada adequadamente, a ferramenta proporciona um ganho expressivo em produtividade, qualidade, agilidade e segurança na gestão jurídica.

 

CONFIRA A OPINIÃO DOS GESTORES DE ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA E DEPARTAMENTOS JURÍDICOS DE EMPRESAS DE DIVERSAS REGIÕES DO PAÍS:

 

"Os grandes escritórios de advocacia, sobretudo os que operam no contencioso, com os avanços tecnológicos atuais, aparelharam-se com ferramentas e conceitos de uma verdadeira empresa. Houve uma drástica ruptura na forma de operar o direito dentro dos escritórios. Dezenas de procedimentos e fluxos foram inseridos no dia a dia e o escritório virou uma verdadeira empresa, com diversas ramificações setoriais. Surgiu, daí, a necessidade de estabelecer e padronizar os controles. Nasce, então, a chamada Controladoria Jurídica. Não há gestão, hoje, sem uma área de Controladoria"

Marcio Aguiar, sócio gestor da Corbo, Aguiar e Waise Advogados Associados (RJ/SP/MG/BA)

 

"Com o passar do tempo e em razão das necessidades impostas pelo mercado, os departamentos jurídicos estão constantemente sofisticando os seus controles, de forma a mensurar com maior perfeição os resultados, prever com maior assertividade o orçamento anual e gerir de forma adequada os seus prestadores de serviços jurídicos. Uma das principais iniciativas que os departamentos jurídicos estão adotando é a criação de um setor, a Controladoria Jurídica, que basicamente tem por função o suporte operacional, de auditoria, qualidade, financeiro e estratégico do departamento. Após a especialização destas atividades, com profissionais das mais diversas áreas, certamente poderá ser contatada, através dos próprios resultados, a evolução da forma de gestão do Departamento Jurídico."

Maick Felisberto Dias - Gerente Jurídico Sênior do HSBC Bank Brasil S.A - Banco Múltiplo

 

"A Controladoria Jurídica tem sido relevante ferramenta de gerenciamento e otimização das atividades do escritório, além de nos auxiliar na tomada de decisões estratégicas."

João Rosa, sócio do Didier, Sodré e Rosa - Advocacia e Consultoria (BA)

 

"A implantação da Controladoria Jurídica é de fundamental importância para a organização das informações processuais e dos serviços prestados, a existência de um setor ou de alguém responsável pelo exercício das atividades de controladoria em um escritório de advocacia".

Marcelo Trindade de Almeida, sócio gestor do Trindade & Arzeno Advogados Associados (PR/MG/SP/DF/SC/RS)

 

"A Controladoria Jurídica tem nos auxiliado a aprimorar a gestão de nosso escritório, desempenhado papel essencial para uma adequada distribuição interna dos trabalhos, viabilizando um melhor monitoramento das atividades, e consequentemente aumentando a produtividade, segurança e qualidade dos serviços prestados. Ter contado com a colaboração de uma consultoria especializada na área nos deu maior segurança e agilidade em todo o processo de implantação."

Bárbara Guedert, sócia gestora do Guedert Advogados (SC/PR)

"A Dra. Samantha Albini contribuiu com o desenvolvimento da Controladoria Jurídica em nossa banca, o que nos ajudou a organizar e gerir melhor as nossas atividades. Assim, recomendamos a sua obra, pois sintetiza o caminho certo para alcançar a gestão legal tão almejada nos dias atuais por um escritório jurídico de ponta".

Thaís Malta Bulhóes Campello, sócia gestora de Bulhões e Bulhões Advocacia (AL).

 

"A Controladoria Jurídica, especialmente em departamentos jurídicos onde o contencioso representa uma parte relevante de suas atividades (independente de ser feito interna ou externamente), é fundamental e pode ser decisiva para o sucesso daqueles departamentos. Isso porque, além de liberar os advogados para que pensem nas melhores formas de atuação em juízo e de representação da Campanha - pois assume a responsabilidade por pagamentos, contingenciamento, orçamento e sistemas de controle e processos - pode tratar os dados que controla e fornecer análises que, potencialmente, podem colaborar de forma decisiva para traçar as estratégias que determinarão o sucesso do departamento".

Luís Fernando Radulov Queiroz - Diretor Jurídico da AES Brasil

Autor(es)

Samantha Albini
Consultora especialista em Produção Jurídica. Advogada com experiência no contencioso e consultivo empresariais e de massa, em escritórios de pequeno, médio e grande portes e em departamento jurídico de multinacional. Vivência como Controller Jurídico e gerente jurídico. Experiência na implantação da ISO 9001 em ambiente jurídico. Professora da Escola Superior de Advocacia da OAB/PR nos cursos de Gestão de Processos Jurídicos e Gestão na Advocacia. Mais de 15 anos de experiência na implantação de Controladorias Jurídicas, Reestruturação de Gestão Jurídica e Organização e Métodos na Advocacia. Articulista de revistas voltadas para a área jurídica.

Sumário

INTRODUÇÃO

1 A Evolução da Advocacia

2 A Desconstrução da Advocacia

3 A Profissionalização dos Escritórios de Advocacia e dos Departamentos Jurídicos de Empresas

4 A Advocacia Atual no Brasil

5 O Sucesso na Advocacia

6 Algumas Tendências na Advocacia

7 Advocacia e Gestão Jurídica ou Gestão Legal

8 Gestão Legal e os Departamentos Jurídicos

9 Gestão Legal e Outros Órgãos, Entes e Empresas com Cunho Jurídico

10 Técnicas e Ferramentas de Gestão Legal

10.1 Plano de Negócios

10.2 Posicionamento (ou Reposicionamento) de Mercado: Segmentos e Áreas de Atuação

10.3 Missão, Visão e Valores - e Diferenciais

10.4 Análise SWOT

10.5 Planejamento Estratégico

10.6 Regulamento Interno - Políticas e Regras Gerais

10.7 Plano de Carreira

10.8 Plano de Marketing

10.9 Manuais de Procedimentos e Outras Documentações da Qualidade

10.10 O Organograma - A Distribuição (ou Redistribuição) de Funções

10.11 As Reuniões - Comunicação Integrada

10.12 Análises de Resultado e Indicadores de Desempenho da Gestão Legal

11 A Gestão da Produção Jurídica ou Gestão dos Serviços Jurídicos

12 Técnicas e Ferramentas da Gestão da Produção Jurídica

12.1 O Software de Gestão de Escritório de Advocacia ou Departamento Jurídico

12.2 Manual Jurídico - Os Fluxos e Procedimentos de Gestão da Produção Jurídica

12.3 5 Técnicas de Gestão da Produção Jurídica

13 Gestão da Produção Jurídica e Distribuição do Trabalho

14 Gestão da Produção Jurídica Descentralizada x Centralizada

15 O que é a Controladoria Jurídica

16 Controladoria Jurídica e Paralegal - diferenciação

17 A Controladoria Jurídica no Organograma

18 Composição e Organograma da Controladoria Jurídica

19 Recrutamento e Seleção do Controller Jurídico - Modelo de Descritivo de Função para Recrutamento e Seleção

20 O Perfil do Controller Jurídico

21 Dimensionamento da Controladoria Jurídica

22 Quando Implantar a Controladoria Jurídica

23 Funções da Controladoria Jurídica

23.1 Função de Suporte ao Setor Técnico-jurídico

23.2 Função de Análise de Resultados da Produção Jurídica e os seus Indicadores de Desempenho

23.3 Função de Guarda do Software de Gestão Jurídica

23.4 Função de Setorda Qualidade

24 Abrangência das Funções da Controladoria Jurídica - Ampliação

25 Funções do Setor Técnico-jurídico

26 Posicionamento e Papel da Controladoria Jurídica

27 Vantagens da Controladoria Jurídica

27.1 Mais Eficiência e Produtividade

27.2 Redução de Custos

27.3 Maiores Lucratividade e Rentabilidade

27.4 Diminuição de Riscos Internos - Estratégicos, Gerenciais e Operacionais

27.5 Conquista e Fidelização de Clientes

27.6 A Otimização da Produção Jurídica

28 Inovação: Painel de Indicadores de Desempenho

29 O compliance na Gestão da Produção Jurídica

30 Mais Qualidade: Centro de Excelência Acoplado à Controladoria Jurídica

31 O benchmarking na Gestão da Produção Jurídica

32 A Controladoria Jurídica em Ambientes e Situações Específicos

32.1 A Controladoria Jurídica no Contencioso

32.2 A Controladoria Jurídica no Consultivo

32.3 Controladoria Jurídica em Departamentos Jurídicos

32.4 A Controladoria Jurídica em Promotorias, Procuradorias, Defensorias, Delegacias, Cartórios, Secretarias, Tribunais etc.

32.5 Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia ou Departamentos Jurídicos de Pequeno Porte

32.6 Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia ou Departamentos Jurídicos deMédio Porte

32.7 Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia ou Departamentos Jurídicos de Grande Porte

32.8 A Controladoria Jurídica em Escritórios de AdvocaciaFull Service ou Departamentos Jurídicosde Porte Gigante

32.9 A Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia Abrangentes

32.10 Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia ou Departamentos Jurídicos que Atuam com Contencioso de Volume ou de Massa

32.11 Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia Especializados, Altamente Especializados ou Boutiques

32.12 A Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia que Atuam como Correspondentes

32.13 A Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia com Filiais ou Departamentos Jurídicos com Outras Unidades

32.14 A Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia ou Departamentos Jurídicos Novos

32.15 A Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia ou Departamentos Jurídicos em Atividade

32.16 A Controladoria Jurídica em Escritórios de Advocacia ou Departamentos Jurídicos em Processo de Fusão, Cisão ou Aquisição

33 Plano de Ação para Implantação da Controladoria Jurídica

33.1 A Estrutura Física/Layout da Controladoria Jurídica

33.2 Os Requisitos de TI

33.3 A Seleção do Controller Jurídico

33.4 A Composição da Equipe da Controladoria Jurídica

33.5 O Plano de Ação Específico

33.6 Comunicação, Acompanhamento e Resultados

34 A Conversão do Paralegal em Controladoria Jurídica

35 Implantação da Controladoria Jurídica Após Tentativas Anteriores Malsucedidas

36 A Importância da Busca de Orientação Profissional Especializada na Implantação da Controladoria Jurídica

37 Riscos da Não Implantação da Controladoria Jurídica

38 Perguntas Frequentes

CONCLUSÃO

REFERÊNCIAS

Índice alfabético

A

  • Abrangência das funções da controladoria jurídica. Ampliação
  • Advocacia atualno Brasil
  • Advocacia e gestão jurídica ou gestão legal
  • Advocacia especializada. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia especializados, altamente especializados ou boutiques
  • Advocacia. Algumas tendências na advocacia
  • Advocacia. Controladoria jurídica em escritórios de advocaciafull service ou departamentos jurídicosde porte gigante
  • Advocacia. Controladoria jurídica emescritórios de advocacia ou departamentos jurídicos de grande porte
  • Advocacia. Controladoria jurídica emescritórios de advocacia ou departamentos jurídicos depequeno porte
  • Advocacia. Desconstrução da advocacia
  • Advocacia. Evolução da advocacia
  • Advocacia. Profissionalização dos escritórios de advocacia e dos departamentos jurídicosde empresas
  • Advocacia.Software de gestão de escritório de advocacia ou departamento jurídico
  • Advocacia. Sucessona advocacia
  • Análise SWOT
  • Análises de resultado e indicadoresde desempenho da gestão legal
  • Aquisição. Controladoria jurídica emescritórios de advocacia ou departamentos jurídicos em processo defusão, cisão ou aquisição

B

  • Benchmarking na gestão da produção jurídica

C

  • Carreira. Plano de carreira
  • Cartório. Controladoria jurídica em promotorias, procuradorias, defensorias, delegacias, cartórios, secretarias, tribunais etc
  • Cisão. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos em processo de fusão, cisão ou aquisição
  • Compliance na gestão da produção jurídica
  • Composição e organograma dacontroladoria jurídica
  • Comunicação integrada. Reuniões
  • Conclusão
  • Consultivo. Controladoria jurídica no consultivo
  • Contencioso de volume. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos que atuam com contencioso de volume ou de massa
  • Contencioso. Controladoria jurídica no contencioso
  • Controladoria jurídica e paralegal. Diferenciação
  • Controladoria jurídica em ambientes e situações específicos
  • Controladoria jurídica em departamentos jurídicos
  • Controladoria jurídica em escritórios de advocacia abrangentes
  • Controladoria jurídica em escritórios de advocacia com filiais ou departamentos jurídicos comoutras unidades
  • Controladoria jurídica em escritóriosde advocacia especializados, altamente especializados ou boutiques
  • Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos de grande porte
  • Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos de pequeno porte
  • Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos em atividade
  • Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos em processo de fusão, cisão ou aquisição
  • Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos novos
  • Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos que atuam com contencioso de volume ou de massa
  • Controladoria jurídica em escritóriosde advocacia que atuam como correspondentes
  • Controladoria jurídica em promotorias, procuradorias, defensorias, delegacias, cartórios, secretarias, tribunais etc.
  • Controladoria jurídicano consultivo
  • Controladoria jurídicano contencioso
  • Controladoria jurídicano organograma
  • Controladoria jurídica. Abrangência das funções da controladoria jurídica. Ampliação
  • Controladoria jurídica. Composição daequipe da controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Composição e organograma da controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Comunicação,acompanhamento e resultados
  • Controladoria jurídica. Conversão do paralegal em controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Dimensionamento da controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Estrutura física/ layout da controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Função de suporte ao setor técnico-jurídico
  • Controladoria jurídica. Funçõesda controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Implantação dacontroladoria jurídica após tentativas anteriores malsucedidas
  • Controladoria jurídica. Importância dabusca de orientação profissional especializada na implantação da controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Mais qualidade: centro de excelência acoplado à controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. O que éa controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Plano de ação específico
  • Controladoria jurídica. Plano de ação para implantação da controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Posicionamentoe papel da controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Quando implantar a controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Riscos da não implantação da controladoria jurídica
  • Controladoria jurídica. Vantagens
  • Controladoria jurídica. Vantagens. Conquista e fidelização de clientes
  • Controladoria jurídica. Vantagens. Diminuição de riscos internos. Estratégicos, gerenciais e operacionais
  • Controladoria jurídica. Vantagens. Maiores lucratividade e rentabilidade
  • Controladoria jurídica. Vantagens. Mais eficiência e produtividade
  • Controladoria jurídica. Vantagens. Otimização da produção jurídica
  • Controladoria jurídica. Vantagens. Redução de custos
  • Controller jurídico. Perfil docontroller jurídico
  • Controller jurídico. Recrutamento e seleção docontroller jurídico. Modelo de descritivo de função para recrutamento e seleção
  • Controller jurídico. Seleção docontroller jurídico
  • Correspondente. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia que atuam como correspondentes

D

  • Defensoria. Controladoria jurídica em promotorias, procuradorias, defensorias, delegacias, cartórios, secretarias, tribunais etc.
  • Departamento jurídico. Controladoria jurídica em departamentos jurídicos
  • Departamento jurídico. Controladoriajurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicosde pequeno porte
  • Departamento jurídico. Controladoriajurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos de grande porte
  • Departamento jurídico. Gestão legal e os departamentos jurídicos
  • Departamento jurídico. Profissionalização dos escritórios de advocacia e dos departamentos jurídicos de empresas
  • Desconstrução da advocacia
  • Desempenho. Função de análise de resultados da produção jurídica e os seus indicadores de desempenho
  • Desempenho. Inovação: painel de indicadores de desempenho
  • Diferenciais. Missão, visãoe valores e diferenciais
  • Dimensionamento da controladoria jurídica

E

  • Escritório de advocacia. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia abrangentes
  • Escritório de advocacia. Controladoriajurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos que atuam com contencioso de volume ou de massa
  • Escritório em atividade. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos em atividade
  • Escritório recém-constituído. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos novos
  • Estratégia. Planejamento estratégico
  • Estrutura física/layout da controladoria jurídica
  • Evolução da advocacia

F

  • Ferramentas e técnicas de gestão legal
  • Fidelização de clientes. Controladoriajurídica. Vantagens. Conquista e fidelização de clientes
  • Filial. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia com filiais ou departamentos jurídicos com outras unidades
  • Fluxos. Manual jurídico. Os fluxos e procedimentos de gestão da produção jurídica
  • Full service. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia full service ou departamentos jurídicosde porte gigante
  • Função de análise de resultados da produção jurídica e os seus indicadores de desempenho
  • Função de guarda dosoftware de gestão jurídica
  • Função de setor da qualidade
  • Função. Organograma. A distribuição(ou redistribuição) de funções
  • Funções do setor técnico-jurídico
  • Fusão. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos em processo de fusão, cisão ou aquisição

G

  • Gestão da produção jurídica descentralizada x centralizada
  • Gestão da produção jurídica edistribuição do trabalho
  • Gestão da produção jurídica ou gestão dos serviços jurídicos
  • Gestão da produção jurídica. Manualjurídico. Os fluxos e procedimentos de gestão da produção jurídica
  • Gestão da produção jurídica. Técnicas
  • Gestão de escritório. Software de gestão de escritório de advocacia ou departamento jurídico
  • Gestão jurídica. Advocacia e gestão jurídica ou gestão legal
  • Gestão jurídica.Benchmarking na gestão da produção jurídica
  • Gestão jurídica. Função de guarda dosoftware de gestão jurídica
  • Gestão jurídica. Técnicas e ferramentasda gestão da produção jurídica
  • Gestão legal e os departamentos jurídicos
  • Gestão legal e outros órgãos, entes e empresas com cunho jurídico
  • Gestão legal. Advocacia e gestão jurídica ou gestão legal
  • Gestão legal. Análises de resultado e indicadores de desempenho da gestão legal
  • Gestão legal. Técnicas e ferramentas de gestão legal
  • Grande porte. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos de grande porte

I

  • Inovação: painel de indicadores de desempenho
  • Introdução

L

  • Layout. Estrutura física/layout da controladoria jurídica

M

  • Manuais de procedimentos e outras documentações da qualidade
  • Manual jurídico. Os fluxos e procedimentos de gestão da produção jurídica
  • Marketing. Plano de marketing
  • Médio porte. Controladoria jurídica em escritórios de advocacia ou departamentos jurídicos de médio porte
  • Mercado. Posicionamento (ou reposicionamento) de mercado: segmentos e áreas de atuação
  • Missão, visão e valores e diferenciais

N

  • Negócios. Planode negócios

O

  • Organograma. A distribuição (ouredistribuição) de funções
  • Organograma. Composição e organograma da controladoria jurídica
  • Organograma. Controladoriajurídica no organograma

P

  • Perfil docontroller jurídico
  • Perguntas frequentes
  • Planejamento estratégico
  • Plano de ação para implantaçãoda controladoria jurídica
  • Plano de carreira
  • Plano demarketing
  • Plano de negócios
  • Política. Regulamento interno. Políticas e regras gerais
  • Porte gigante. Controladoria jurídica em escritórios de advocaciafull service ou departamentos jurídicos de porte gigante
  • Posicionamento (ou reposicionamento) de mercado: segmentos e áreas de atuação
  • Posicionamento e papel dacontroladoria jurídica
  • Procuradoria. Controladoria jurídica em promotorias, procuradorias, defensorias, delegacias, cartórios, secretarias, tribunais etc.
  • Produção jurídica.Benchmarking na gestão da produção jurídica
  • Produção jurídica.Compliance na gestão da produção jurídica
  • Produção jurídica. Função de análise de resultados da produção jurídica e os seus indicadores de desempenho
  • Produção jurídica. Gestão da produçãojurídica descentralizada x centralizada
  • Produção jurídica. Gestão da produçãojurídica e distribuição do trabalho
  • Produção jurídica. Técnicas e ferramentas da gestão da produção jurídica
  • Profissionalização dos escritórios deadvocacia e dos departamentos jurídicos de empresas
  • Promotoria. Controladoria jurídica em promotorias, procuradorias, defensorias, delegacias, cartórios, secretarias, tribunais etc.

Q

  • Qualidade. Função desetor da qualidade
  • Qualidade. Manuais de procedimentos eoutras documentações da qualidade

R

  • Recrutamento e seleção docontroller jurídico. Modelo de descritivo de função para recrutamento e seleção
  • Referências
  • Regulamento interno. Políticas e regras gerais
  • Requisitos de TI
  • Reuniões. Comunicação integrada

S

  • Secretaria. Controladoria jurídica em promotorias, procuradorias, defensorias, delegacias, cartórios, secretarias, tribunais etc
  • Segmento profissional. Posicionamento (ou reposicionamento) de mercado: segmentos e áreas de atuação
  • Seleção docontroller jurídico
  • Serviços jurídicos. Gestão da produção jurídica ou gestão dos serviços jurídicos
  • Setor técnico-jurídico. Funçõesdo setor técnico-jurídico
  • Software de gestão de escritório de advocacia ou departamento jurídico
  • Software. Função de guarda do software de gestão jurídica
  • Sucesso na advocacia
  • SWOT. Análise SWOT

T

  • Técnicas de gestão da produção jurídica
  • Técnicas e ferramentas da gestão da produção jurídica
  • Técnicas e ferramentasde gestão legal
  • TI. Requisitos de TI
  • Trabalho. Distribuição. Gestão da produção jurídica e distribuição do trabalho
  • Tribunal. Controladoria jurídica em promotorias, procuradorias, defensorias, delegacias, cartórios, secretarias, tribunais etc

V

  • Vantagens da controladoria jurídica
  • Visão. Missão, visão e valores e diferenciais

Recomendações

Capa do livro: Juris Interessantes - Coisas Extravagantes, Francisco Irineu Brzezinski

Juris Interessantes - Coisas Extravagantes

 Francisco Irineu BrzezinskiISBN: 978853624268-2Páginas: 100Publicado em: 20/06/2013

Versão impressa

R$ 29,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Carnaval - Os Efeitos Jurídicos da Folia, Coordenadoras: Fernanda Schaefer e Karin Cristina Bório Mancia

Carnaval - Os Efeitos Jurídicos da Folia

 Coordenadoras: Fernanda Schaefer e Karin Cristina Bório ManciaISBN: 978853624843-1Páginas: 132Publicado em: 02/10/2014

Versão impressa

R$ 39,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Parto Anônimo, O - À Luz do Constitucionalismo Brasileiro, Olívia Marcelo Pinto de Oliveira

Parto Anônimo, O - À Luz do Constitucionalismo Brasileiro

 Olívia Marcelo Pinto de OliveiraISBN: 978853623433-5Páginas: 164Publicado em: 22/08/2011

Versão impressa

R$ 49,90Adicionar ao
carrinho