Assim Falaram Nietzsche e Jung

Organizadora: Dulcinéa da Mata R. Monteiro

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 30,00

Versão impressa

Versão digital

Disponível para:AndroidiOSWindows Phone

Ficha técnica

Autor(es): Organizadora: Dulcinéa da Mata R. Monteiro

ISBN v. impressa: 978853628435-4

ISBN v. digital: 978853628470-5

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 224

Publicado em: 06/11/2018

Área(s): Psicologia - Psicanálise

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS, Android ou Windows Phone. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior
  • Windows PhoneWindows Phone 8 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Obra inédita no Brasil, uma primeira leitura comparativa entre esses dois pensadores com suas confluências e também divergências. Usamos uma linguagem objetiva e clara que permite uma compressão de temas, embora, algumas vezes, sejam bem imbricados.

Buscamos articular conceitos básicos destes dois pensadores que penetraram nos recônditos da alma humana com suas potencialidades incontáveis e também com sombrios espaços... Conceitos como Fidelidade ao Si-mesmo; Tornar-se si mesmo/aquilo que se é; Massificação; Vontade de Potência; Amor Fati; Dinâmica de Saúde /Doenças articuladas aos mascaramentos da Persona; Corporeidade e Saúde; Interseções entre a transvaloração dos valores; Niilismo e superação; Intercorrências da moral escrava no eixo ego-self; Psique e Catástrofe; Apolíneo e o Dionisíaco; Niilismo, superação e criação; Do conflito de forças ao Eterno Retorno no eterno agora...

Este livro destina-se a todos aqueles que buscam sondar os recônditos da imensidão da alma humana; que tenham ambições culturais mais amplas no desvelamento de nossas ambivalências, nos impulsionando na força de viver com seus enfrentamentos naturais. E no final nos leva a confirmar: “VALE A PENA.”

Autor(es)

ORGANIZADORA

DULCINÉA DA MATA R. MONTEIRO

Mestre em Educação. Analista Junguiana, membro da AJB – Associação Junguiana do Brasil, da IAAP – International Association for Analytical Psychology. Especialização em Psicossomática, Saúde e Envelhecimento e Psicopedagogia. Graduada em Filosofia, Pedagogia e Psicologia. Estudos em Psicologia Antroposófica e Terapia Comunitária Integrativa. Professora nos cursos: Especialização em Psicologia Junguiana da Universidade Estácio de Sá – UNESA – Bases Filosóficas do Pensamento Junguiano; Especialização em Geriatria e Gerontologia da Universidade Estadual do Rio de Janeiro – UERJ – Psicologia do Envelhecimento e Espiritualidade e Terminalidade. Autora dos livros: Mulher: Feminino Plural, Editora Rosa dos Tempos; Aposentadoria: Ponto de Mutação?, Qualitymark Editora. Organizadora dos livros: Puer – Senex: Dinâmicas Relacionais, Editora Vozes, 2ª ed.; Jung e o Cinema, Juruá Editora; Sonhos: Do Cotidiano ao Arquetípico, WAK Editora; Arte terapia, Arquétipos e Símbolos, WAK Editora; Metanoia e Meia Idade: Trevas e Luz, Editora Paulus; Espiritualidade e Finitude: Aspectos Psicológicos, Editora Paulus; Dimensões do Envelhecer, Editora Revinter; Depressão e Envelhecimento: Saídas Criativas, Editora Revinter.

COLABORADORES:

Alexandre Schmitt
André Dantas
Carlos Antônio São Paulo
Dulcinéa da Mata R. Monteiro
Ermelinda Ganem Fernandes
Felipe Figueras Dable
Fernando Ribeiro Andrade
Henrique de Carvalho Pereira
Joel Fernando Brinco Nascimento
Luiz José Veríssimo
Marco Heleno Barreto
Maria Cristina Amorim Vieira
Nuno Filipe Gonçalves Nunes Ribeiro
Pricilla Buzzachera
Rubens Bragarnich
Sabina Vanderlei Ribeiro Gomes
Simone da Silva Machado

Sumário

Imperativo existencial: tornar-me a melhor versão possível de mim mesmo!, Dulcinéa da Mata R. Monteiro

Tornar-se aquilo que se é - Interseções entre a transvaloração dos valores e o processo de individuação, Fernando Ribeiro Andrade

A confluência entre a tese de Nietzsche sobre o tipo de homem forte e o homem em processo de individuação de Jung, Pricilla Buzzachera

Quando Jung temeu Nietzsche: reflexões sobre o processo de tornar-se, Sabina Vanderlei Ribeiro Gomes / Simone da Silva Machado

A grande saúde e a individuação em Nietzsche e Jung, Maria Cristina Amorim Vieira

De Nietzsche a Jung: corporalidade, si-mesmo e individuação, Marco Heleno Barreto

Niilismo, superação e criação: um estudo envolvendo Nietzsche e Jung, Luiz José Veríssimo

Do conflito de forças ao eterno retorno, André Dantas

Sob o domínio complexo da memória: as intercorrências da moral escrava no eixo ego-self, Felipe Figueras Dable

Jung e Nietzsche: pensando a catástrofe e pensando a psique por meio da catástrofe, Alexandre Schmitt

Perspectivismo e psicologia politeísta, Henrique de Carvalho Pereira / Nuno Filipe Gonçalves Nunes Ribeiro

Diferenciações entre os conceitos Vontade de Potência de F. Nietzsche e Complexo de Poder de C. G. Jung, Rubens Bragarnich

O Apolíneo e o Dionisíaco, Carlos Antônio São Paulo / Ermelinda Ganem Fernandes

Nietzsche e Jung. Um par de opostos?, Joel Fernando Brinco Nascimento

Depoimento de uma jovem jornada extraindo forças das dificuldades

Sobre os autores

Índice remissivo

Índice alfabético

A

  • A confluência entre a tese de Nietzsche sobre o tipo de homem forte e o homem em processo de individuação de Jung. Pricilla Buzzachera
  • A grande saúde e a individuação em Nietzsche e Jung. Maria Cristina Amorim Vieira
  • Alexandre Schmitt. Jung e Nietzsche: pensando a catástrofe e pensando a psique por meio da catástrofe
  • André Dantas. Do conflito de forças ao eterno retorno
  • Apolíneo e o dionisíaco. Carlos Antônio São Paulo / Ermelinda Ganem Fernandes
  • Autores. Sobre os autores

C

  • Carlos Antônio São Paulo. O apolíneo e o dionisíaco. Carlos Antônio São Paulo / Ermelinda Ganem Fernandes
  • Catástrofe. Jung e Nietzsche: pensando a catástrofe e pensando a psique por meio da catástrofe. Alexandre Schmitt
  • Complexo da memória. Sob o domínio complexo da memória: as intercorrências da moral escrava no eixo ego-self. Felipe Figueras Dable
  • Conflito de forças ao eterno retorno. André Dantas
  • Confluência entre a tese de Nietzsche sobre o tipo de homem forte e o homem em processo de individuação de Jung. Pricilla Buzzachera
  • Corporalidade. De Nietzsche a Jung: corporalidade, si-mesmo e individuação. Marco Heleno Barreto
  • Criação. Niilismo, superação e criação: um estudo envolvendo Nietzsche e Jung. Luiz José Veríssimo

D

  • De Nietzsche a Jung: corporalidade, si-mesmo e individuação. Marco Heleno Barreto
  • Depoimento de uma jovem jornada extraindo forças das dificuldades
  • Diferenciações entre os conceitos Vontade de Potência de F. Nietzsche e Complexo de Poder de C. G. Jung. Rubens Bragarnich
  • Dificuldades. Depoimento de uma jovem jornada extraindo forças das dificuldades
  • Dionisíaco. O apolíneo e o dionisíaco. Carlos Antônio São Paulo / Ermelinda Ganem Fernandes
  • Do conflito de forças ao eterno retorno. André Dantas
  • Domínio complexo da memória. Sob o domínio complexo da memória: as intercorrências da moral escrava no eixo ego-self. Felipe Figueras Dable
  • Dulcinéa da Mata R. Monteiro. Imperativo existencial: tornar-me a melhor versão possível de mim mesmo!

E

  • Eixo "ego-self". Sob o domínio complexo da memória: as intercorrências da moral escrava no eixo ego-self. Felipe Figueras Dable
  • Ermelinda Ganem Fernandes. O apolíneo e o dionisíaco. Carlos Antônio São Paulo / Ermelinda Ganem Fernandes
  • Existência. Imperativo existencial: tornar-me a melhor versão possível de mim mesmo! Dulcinéa da Mata R. Monteiro

F

  • Felipe Figueras Dable. Sob o domínio complexo da memória: as intercorrências da moral escrava no eixo ego-self
  • Fernando Ribeiro Andrade. Tornar-se aquilo que se é - interseções entre a transvaloração dos valores e o processo de individuação
  • Forças. Do conflito de forças ao eterno retorno. André Dantas

G

  • Grande saúde e a individuação em Nietzsche e Jung. Maria Cristina Amorim Vieira

H

  • Henrique de Carvalho Pereira. Perspectivismo e psicologia politeísta. Henrique de Carvalho Pereira / Nuno Filipe Gonçalves Nunes Ribeiro

I

  • Imperativo existencial: tornar-me a melhor versão possível de mim mesmo! Dulcinéa da Mata R. Monteiro
  • Individuação de Jung. A confluência entre a tese de Nietzsche sobre o tipo de homem forte e o homem em processo de individuação de Jung. Pricilla Buzzachera
  • Individuação. A grande saúde e a individuação em Nietzsche e Jung. Maria Cristina Amorim Vieira
  • Individuação. De Nietzsche a Jung: corporalidade, si-mesmo e individuação. Marco Heleno Barreto
  • Individuação. Tornar-se aquilo que se é - interseções entre a transvaloração dos valores e o processo de individuação. Fernando Ribeiro Andrade
  • Intercorrências da moral. Sob o domínio complexo da memória: as intercorrências da moral escrava no eixo ego-self. Felipe Figueras Dable

J

  • Joel Fernando Brinco Nascimento. Nietzsche e Jung. Um par de opostos?
  • Jung e Nietzsche: pensando a catástrofe e pensando a psique por meio da catástrofe. Alexandre Schmitt
  • Jung. A confluência entre a tese de Nietzsche sobre o tipo de homem forte e o homem em processo de individuação de Jung. Pricilla Buzzachera
  • Jung. A grande saúde e a individuação em Nietzsche e Jung. Maria Cristina Amorim Vieira
  • Jung. De Nietzsche a Jung: corporalidade, si-mesmo e individuação. Marco Heleno Barreto
  • Jung. Diferenciações entre os conceitos Vontade de Potência de F. Nietzsche e Complexo de Poder de C. G. Jung. Rubens Bragarnich
  • Jung. Nietzsche e Jung. Um par de opostos? Joel Fernando Brinco Nascimento
  • Jung. Niilismo, superação e criação: um estudo envolvendo Nietzsche e Jung. Luiz José Veríssimo
  • Jung. Quando Jung temeu Nietzsche: reflexões sobre o processo de tornar-se. Sabina Vanderlei Ribeiro Gomes / Simone da Silva Machado

L

  • Luiz José Veríssimo. Niilismo, superação e criação: um estudo envolvendo Nietzsche e Jung

M

  • Marco Heleno Barreto. De Nietzsche a Jung: corporalidade, si-mesmo e individuação
  • Maria Cristina Amorim Vieira. A grande saúde e a individuação em Nietzsche e Jung
  • Moral. Sob o domínio complexo da memória: as intercorrências da moral escrava no eixo ego-self. Felipe Figueras Dable

N

  • Nietzsche a Jung: corporalidade, si-mesmo e individuação. Marco Heleno Barreto
  • Nietzsche e Jung. Um par de opostos? Joel Fernando Brinco Nascimento
  • Nietzsche. A confluência entre a tese de Nietzsche sobre o tipo de homem forte e o homem em processo de individuação de Jung. Pricilla Buzzachera
  • Nietzsche. A grande saúde e a individuação em Nietzsche e Jung. Maria Cristina Amorim Vieira
  • Nietzsche. Diferenciações entre os conceitos Vontade de Potência de F. Nietzsche e Complexo de Poder de C. G. Jung. Rubens Bragarnich
  • Nietzsche. Jung e Nietzsche: pensando a catástrofe e pensando a psique por meio da catástrofe. Alexandre Schmitt
  • Nietzsche. Niilismo, superação e criação: um estudo envolvendo Nietzsche e Jung. Luiz José Veríssimo
  • Nietzsche. Quando Jung temeu Nietzsche: reflexões sobre o processo de tornar-se. Sabina Vanderlei Ribeiro Gomes / Simone da Silva Machado
  • Niilismo, superação e criação: um estudo envolvendo Nietzsche e Jung. Luiz José Veríssimo
  • Nuno Filipe Gonçalves Nunes Ribeiro. Perspectivismo e psicologia politeísta. Henrique de Carvalho Pereira / Nuno Filipe Gonçalves Nunes Ribeiro

O

  • O apolíneo e o dionisíaco. Carlos Antônio São Paulo / Ermelinda Ganem Fernandes
  • Opostos. Nietzsche e Jung. Um par de opostos? Joel Fernando Brinco Nascimento

P

  • Perspectivismo e psicologia politeísta. Henrique de Carvalho Pereira / Nuno Filipe Gonçalves Nunes Ribeiro
  • Poder. Diferenciações entre os conceitos Vontade de Potência de F. Nietzsche e Complexo de Poder de C. G. Jung. Rubens Bragarnich
  • Potência. Diferenciações entre os conceitos Vontade de Potência de F. Nietzsche e Complexo de Poder de C. G. Jung. Rubens Bragarnich
  • Pricilla Buzzachera. A confluência entre a tese de Nietzsche sobre o tipo de homem forte e o homem em processo de individuação de Jung
  • Processo de tornar-se. Quando Jung temeu Nietzsche: reflexões sobre o processo de tornar-se. Sabina Vanderlei Ribeiro Gomes / Simone da Silva Machado
  • Psicologia politeísta. Perspectivismo e psicologia politeísta. Henrique de Carvalho Pereira / Nuno Filipe Gonçalves Nunes Ribeiro
  • Psique. Jung e Nietzsche: pensando a catástrofe e pensando a psique por meio da catástrofe. Alexandre Schmitt

Q

  • Quando Jung temeu Nietzsche: reflexões sobre o processo de tornar-se. Sabina Vanderlei Ribeiro Gomes / Simone da Silva Machado

R

  • Retorno. Do conflito de forças ao eterno retorno. André Dantas
  • Rubens Bragarnich. Diferenciações entre os conceitos Vontade de Potência de F. Nietzsche e Complexo de Poder de C. G. Jung

S

  • Sabina Vanderlei Ribeiro Gomes. Quando Jung temeu Nietzsche: reflexões sobre o processo de tornar-se. Sabina Vanderlei Ribeiro Gomes / Simone da Silva Machado
  • Saúde. A grande saúde e a individuação em Nietzsche e Jung. Maria Cristina Amorim Vieira
  • Si-mesmo. De Nietzsche a Jung: corporalidade, si-mesmo e individuação. Marco Heleno Barreto
  • Simone da Silva Machado. Quando Jung temeu Nietzsche: reflexões sobre o processo de tornar-se. Sabina Vanderlei Ribeiro Gomes / Simone da Silva Machado
  • Sob o domínio complexo da memória: as intercorrências da moral escrava no eixo ego-self. Felipe Figueras Dable
  • Sobre os autores
  • Superação. Niilismo, superação e criação: um estudo envolvendo Nietzsche e Jung. Luiz José Veríssimo

T

  • Tornar-se aquilo que se é - interseções entre a transvaloração dos valores e o processo de individuação. Fernando Ribeiro Andrade
  • Transvaloração. Tornar-se aquilo que se é - interseções entre a transvaloração dos valores e o processo de individuação. Fernando Ribeiro Andrade

V

  • Valores. Tornar-se aquilo que se é - interseções entre a transvaloração dos valores e o processo de individuação. Fernando Ribeiro Andrade
  • Vontade. Diferenciações entre os conceitos Vontade de Potência de F. Nietzsche e Complexo de Poder de C. G. Jung. Rubens Bragarnich

Recomendações

Capa do livro: Revista da Associação Psicanalítica de Curitiba - N° 33, Responsável por esta edição: Camila Zoschke Freire

Revista da Associação Psicanalítica de Curitiba - N° 33

 Responsável por esta edição: Camila Zoschke FreireISSN: 1519-8456-00033Páginas: 142Publicado em: 07/07/2017

Versão impressa

R$ 54,70Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Estética, Angústia e Desejo, Sergio Aguiar de Medeiros

Estética, Angústia e Desejo

 Sergio Aguiar de MedeirosISBN: 978853623624-7Páginas: 214Publicado em: 16/02/2012

Versão impressa

R$ 64,70Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 44,70Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Origens de Winnicott, Roberto B. Graña

Origens de Winnicott

2ª Edição - Revista e AtualizadaRoberto B. GrañaISBN: 978853626072-3Páginas: 206Publicado em: 10/08/2016

Versão impressa

R$ 69,90Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 49,90Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Laço Social na Teoria Freudiana, O, Daniel Mograbi

Laço Social na Teoria Freudiana, O

 Daniel MograbiISBN: 978853622259-2Páginas: 114Publicado em: 26/06/2009

Versão impressa

R$ 34,70Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 24,70Adicionar eBook
ao carrinho