Direitos Humanos e Justiça de Transição - Obstáculos para o Cumprimento da Sentença do Caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil

Felipe José Nunes Rocha

Versão impressa

de R$ 99,90*
por R$ 84,92em 3x de R$ 28,31Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
de R$ 69,90*
por R$ 59,42em 2x de R$ 29,71Adicionar ao carrinho

* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel

Ficha técnica

Autor(es): Felipe José Nunes Rocha

ISBN v. impressa: 978853628715-7

ISBN v. digital: 978853628752-2

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 300grs.

Número de páginas: 242

Publicado em: 19/03/2019

Área(s): Direito - Internacional; Internacional

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Esta obra tem como objeto principal a sentença da Corte Interamericana de Direitos Humanos proferida no caso Gomes Lund e outros Vs. Brasil, que versou sobre a Guerrilha do Araguaia, ocorrida no período da ditadura militar, e cujo estudo se mostrou de grande relevância pelas grandes contribuições que essa sentença tem trazido para a implementação de medidas de justiça de transição no Brasil e para o combate às violações de direitos humanos praticadas pelo Estado brasileiro.

Além de fazer uma abordagem teórica acerca dos direitos humanos e da justiça de transição, que passa por aspectos históricos relacionados tanto ao desenvolvimento do Sistema Interamericano de Direitos Humanos quanto ao regime ditatorial e ao processo de redemocratização vivenciados no Brasil, a pesquisa também traz uma análise das principais sentenças da Corte Interamericana relativas à justiça de transição e das decisões daquele tribunal internacional que foram proferidas contra o Brasil, até a prolação da sentença do caso Gomes Lund e outros Vs. Brasil. Análise esta que não apenas apresenta os casos e as decisões, mas também traz as medidas que foram ou vêm sendo adotadas para o cumprimento de tais decisões.

Autor(es)

FELIPE JOSÉ NUNES ROCHA

Mestre em Direito e Instituições do Sistema de Justiça pela Universidade Federal do Maranhão – UFMA. Especialista em Direito Constitucional com Formação para o Magistério Superior pela Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL. Graduado em Direito pela UFMA. Advogado e Professor Universitário do Curso de Direito da Estácio de São Luís/MA e do Centro Universitário Dom Bosco – UNDB. Ministra as disciplinas de Direito Internacional Privado, Proteção Internacional dos Direitos Humanos, Ética Geral e Profissional e Prática Constitucional. Sua produção bibliográfica tem como tema principal o Direito Internacional dos Direitos Humanos.

Sumário

LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS, p. 19

INTRODUÇÃO, p. 21

1 O SISTEMA INTERAMERICANO DE DIREITOS HUMANOS E A LITIGÂNCIA DO BRASIL NA CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS, p. 27

1.1 ESCLARECIMENTOS CONCEITUAIS E TEÓRICOS ACER-CA DOS DIREITOS HUMANOS, p. 27

1.1.1 Considerações Acerca da Teoria Tradicional dos Direitos Humanos, p. 28

1.1.2 Considerações Sobre a Teoria Crítica dos Direitos Humanos de Joaquín Herrera Flores, p. 33

1.2 OS PRINCIPAIS MARCOS HISTÓRICOS RELATIVOS À FORMAÇÃO DO SISTEMA INTERAMERICANO DE DIREITOS HUMANOS, p. 38

1.2.1 Breves Considerações Sobre o Desenvolvimento do Direito Internacional dos Direitos Humanos, p. 38

1.2.2 A Formação e a Estrutura do Sistema Interamericano de Direitos Humanos, p. 40

1.2.3 Uma Análise Crítica do Funcionamento do Sistema Interamericano de Direitos Humanos, p. 45

1.3 A LITIGÂNCIA DO BRASIL NO ÂMBITO DA CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS, p. 49

1.3.1 As Medidas Provisórias Concedidas pela Corte Interamericana de Direitos Humanos Contra o Estado Brasileiro, p. 49

1.3.2 O Caso Ximenes Lopes vs. Brasil, p. 52

1.3.3 O Caso Nogueira de Carvalho e Outro vs. Brasil, p. 58

1.3.4 O Caso Escher e Outros vs. Brasil, p. 60

1.3.5 O Caso Garibaldi e Outros vs. Brasil, p. 62

2 O CONCEITO DE JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO E O SEU DESEN-VOLVIMENTO NO ÂMBITO DA CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS, p. 67

2.1 ANÁLISE CRÍTICA DO CONCEITO DE JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO, p. 67

2.1.1 Considerações Iniciais Sobre a Transitologia e a Consolidologia, p. 68

2.1.2 O Conceito e a Origem da Justiça de Transição, p. 74

2.1.3 A Genealogia da Justiça de Transição, p. 76

2.1.4 Os Eixos Centrais da Justiça Transicional, p. 79

2.1.5 As Críticas à Abordagem Normativo-Institucional da Justiça de Transição e às Limitações do Seu Enfoque, p. 82

2.2 A JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO NO ÂMBITO DA CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS, p. 90

2.2.1 A Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos Acerca da Justiça de Transição, p. 91

2.2.1.1 O caso Velásquez Rodriguez vs. Honduras, p. 93

2.2.1.2 O caso Barrios Altos vs. Peru, p. 94

2.2.1.3 O caso Almonacid Arellano e outros vs. Chile, p. 97

2.2.1.4 O caso Gelman vs. Uruguai, p. 100

2.2.2 As Críticas à Atuação da Corte Interamericana de Di-reitos Humanos no Campo da Justiça de Transição, p. 103

3 A JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO NO BRASIL ATÉ O JULGA-MENTO DO CASO GOMES LUND E OUTROS VS. BRASIL, p. 107

3.1 A DITADURA MILITAR BRASILEIRA, p. 108

3.1.1 O Contexto Histórico do Golpe Militar de 1964, p. 108

3.1.2 As Fases da Ditadura Militar Brasileira, p. 111

3.1.3 A Criação da Lei 6.683, de 28.08.1979, p. 118

3.2 AS PRIMEIRAS MEDIDAS DE JUSTIÇA DE TRANSIÇÃO PROMOVIDAS PELO ESTADO BRASILEIRO, p. 124

3.3 A GUERRILHA DO ARAGUAIA E O CASO GOMES LUND E OUTROS VS. BRASIL, p. 135

3.3.1 A Guerrilha do Araguaia, p. 135

3.3.2 O Contato dos Familiares das Vítimas da Guerrilha do Araguaia com o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, p. 141

3.3.3 A Tramitação do Caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil Perante a CIDH e a CORTEIDH, p. 145

4 A SENTENÇA DO CASO GOMES LUND E OUTROS VS. BRASIL E OS OBSTÁCULOS PARA O SEU CUMPRIMENTO, p. 153

4.1 AS EXCEÇÕES PRELIMINARES SUSCITADAS PELO ESTADO BRASILEIRO E A ANÁLISE DO MÉRITO PELA CORTE, p. 153

4.2 AS CONDENAÇÕES IMPOSTAS AO ESTADO NA SEN-TENÇA DO CASO GOMES LUND E OUTROS VS. BRASIL, p. 160

4.2.1 Apresentação da Documentação que Confirme a Data do Óbito das Pessoas que Faleceram ou podem Ter Falecido antes de 10.12.1998, p. 161

4.2.2 A Publicação da Sentença, p. 162

4.2.3 A Abertura do Prazo de Seis Meses para Solicitação de Indenização a Familiares de Vítimas Reconhecidas pela Lei 9.140/1995 Junto à CEMDP, p. 163

4.2.4 A Publicação de Edital para Identificação e Habilitação de Familiares de Oito Vítimas que Não Haviam Sido Reconhecidas pelo Estado Através da Lei 9.140/1995 ou da CEMDP, p. 164

4.2.5 Realização de Ato Público de Reconhecimento de Responsabilidade Internacional, p. 165

4.2.6 Curso de Direitos Humanos para as Forças Armadas, p. 166

4.2.7 O Pagamento de Indenização por Dano Material e Imaterial e Restituição de Custas e Gastos, p. 168

4.2.8 Tratamento Médico e Psicológico ou Psiquiátrico às Vítimas, p. 170

4.2.9 Tipificação e Julgamento Efetivo do Delito de Desa-parecimento Forçado, p. 173

4.2.10 Determinação do Paradeiro das Vítimas Desaparecidas e Identificação e Entrega dos Restos Mortais aos Familiares, p. 178

4.2.11 Continuação das Iniciativas de Busca, Siste-matização, Publicação e Acesso de Informações Relativas à Guerrilha do Araguaia e a Outras Violações de Direitos Humanos Ocor-ridas na Ditadura Militar, p. 182

4.2.12 Investigação e Determinação das Correspon-dentes Responsabilidades Penais, p. 186

4.2.12.1 O julgamento da ADPF 153 pelo Supremo Tribunal Federal, p. 187

4.2.12.2 O comportamento do MPF em face da obrigação de investigar e punir os agentes estatais pelos crimes pra-ticados durante a ditadura militar, p. 191

4.2.12.3 A resistência do Poder Judiciário em cumprir a obrigação de investigar e punir os agentes estatais pelos crimes praticados durante a ditadura militar, p. 196

4.2.12.4 Análise dos elementos que dificultam a responsabilização judicial dos agentes estatais que perpetraram graves violações de direitos humanos durante a ditadura militar, p. 203

CONCLUSÃO, p. 213

REFERÊNCIAS, p. 221

ÍNDICE REMISSIVO, p. 231

Índice alfabético

A

  • Abreviatura. Lista de abreviaturas e siglas, p. 19
  • Análise crítica do conceito de justiça de transição, p. 67

B

  • Breves considerações sobre o desenvolvimento do Direito Internacional dos Direitos Humanos, p. 38

C

  • Caso Escher e Outros vs. Brasil, p. 60
  • Caso Garibaldi e Outros vs. Brasil, p. 62
  • Caso Gomes Lund. Guerrilha do Araguaia e o caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil, p. 135
  • Caso Gomes Lund. Justiça de transição no Brasil até o julgamento do caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil, p. 107
  • Caso Gomes Lund. Tramitação do Caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil perante a CIDH e a CORTEIDH, p. 145
  • Caso Nogueira de Carvalho e Outro vs. Brasil, p. 58
  • Caso Ximenes Lopes vs. Brasil, p. 52
  • CIDH. Tramitação do Caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil perante a CIDH e a CORTEIDH, p. 145
  • Conceito de justiça de transição e o seu desenvolvimento no âmbito da Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 67
  • Conclusão, p. 213
  • Condenações impostas ao Estado na sentença do caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil, p. 160
  • Condenações impostas ao Estado. A resistência do Poder Judiciário em cumprir a obrigação de investigar e punir os agentes estatais pelos crimes praticados durante a ditadura militar, p. 196
  • Condenações impostas ao Estado. Abertura do prazo de seis meses para solicitação de indenização a familiares de vítimas reconhecidas pela Lei 9.140/1995 junto à CEMDP, p. 163
  • Condenações impostas ao Estado. Análise dos elementos que dificultam a responsabilização judicial dos agentes estatais que perpetraram graves violações de direitos humanos durante a ditadura militar, p. 203
  • Condenações impostas ao Estado. Apresentação da documentação que confirme a data do óbito das pessoas que faleceram ou podem ter falecido antes de 10.12.1998, p. 161
  • Condenações impostas ao Estado. Continuação das Iniciativas de Busca, Sistematização, Publicação e Acesso de Informações Relativas à Guerrilha do Araguaia e a outras Violações de Direitos Humanos Ocorridas na Ditadura Militar, p. 182
  • Condenações impostas ao Estado. Curso de Direitos Humanos para as Forças Armadas, p. 166
  • Condenações impostas ao Estado. Determinação do Paradeiro das Vítimas Desaparecidas e Identificação e Entrega dos Restos Mortais aos Familiares, p. 178
  • Condenações impostas ao Estado. Investigação e Determinação das Correspondentes Responsabilidades Penais, p. 186
  • Condenações impostas ao Estado. O comportamento do MPF em face da obrigação de investigar e punir os agentes estatais pelos crimes praticados durante a ditadura militar, p. 191
  • Condenações impostas ao Estado. O julgamento da ADPF 153 pelo Supremo Tribunal Federal, p. 187
  • Condenações impostas ao Estado. Pagamento de indenização por dano material e imaterial e restituição de custas e gastos, p. 168
  • Condenações impostas ao Estado. Publicação da sentença, p. 162
  • Condenações impostas ao Estado. Publicação de edital para identificação e habilitação de familiares de oito vítimas que não haviam sido reconhecidas pelo Estado através da Lei 9.140/1995 ou da CEMDP, p. 164
  • Condenações impostas ao Estado. Realização de ato público de reconhecimento de responsabilidade internacional, p. 165
  • Condenações impostas ao Estado. Tipificação e Julgamento Efetivo do Delito de Desaparecimento Forçado, p. 173
  • Condenações impostas ao Estado. Tratamento médico e psicológico ou psiquiátrico às vítimas, p. 170
  • Considerações acerca da teoria tradicional dos direitos humanos, p. 28
  • Considerações iniciais sobre a transitologia e a consolidologia, p. 68
  • Considerações sobre a Teoria Crítica dos Direitos Humanos de Joaquín Herrera Flores, p. 33
  • Consolidologia. Considerações iniciais sobre a transitologia e a consolidologia, p. 68
  • Contato dos familiares das vítimas da Guerrilha do Araguaia com o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, p. 141
  • Corte Interamericana de Direitos Humanos. Conceito de justiça de transição e o seu desenvolvimento no âmbito da Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 67
  • Corte Interamericana de Direitos Humanos. Críticas à atuação da Corte Interamericana de Direitos Humanos no campo da justiça de transição, p. 103
  • Corte Interamericana de Direitos Humanos. Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos acerca da justiça de transição, p. 91
  • Corte Interamericana de Direitos Humanos. Justiça de transição no âmbito da Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 90
  • Corte Interamericana de Direitos Humanos. Litigância do Brasil no âmbito da Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 49
  • Corte Interamericana de Direitos Humanos. Medidas Provisórias concedidas pela Corte Interamericana de Direitos Humanos contra o Estado Brasileiro, p. 49
  • Corte Interamericana de Direitos Humanos. Sistema Interamericano de Direitos Humanos e a litigância do Brasil na Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 27
  • CORTEIDH. Tramitação do Caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil perante a CIDH e a CORTEIDH, p. 145

D

  • Direito Internacional dos Direitos Humanos. Breves considerações sobre o desenvolvimento, p. 38
  • Direitos Humanos. Esclarecimentos conceituais e teóricos acerca dos direitos humanos, p. 27
  • Direitos Humanos. Sistema Interamericano de Direitos Humanos e a litigância do Brasil na Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 27
  • Ditadura militar brasileira, p. 108
  • Ditadura militar. Fases da ditadura militar brasileira, p. 111

E

  • Esclarecimentos conceituais e teóricos acerca dos direitos humanos, p. 27
  • Estado brasileiro. Medidas Provisórias concedidas pela Corte Interamericana de Direitos Humanos contra o Estado Brasileiro, p. 49
  • Estado brasileiro. Primeiras medidas de justiça de transição promovidas pelo Estado brasileiro, p. 124
  • Exceções preliminares suscitadas pelo estado brasileiro e a análise do mérito pela corte, p. 153

F

  • Formação e a estrutura do Sistema Interamericano de Direitos Humanos, p. 40

G

  • Golpe militar. Contexto histórico do golpe militar de 1964, p. 108
  • Guerrilha do Araguaia, p. 135
  • Guerrilha do Araguaia e o caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil, p. 135
  • Guerrilha do Araguaia. Contato dos familiares das vítimas da Guerrilha do Araguaia com o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, p. 141

I

  • Introdução, p. 21

J

  • Joaquín Herrera Flores. Considerações sobre a Teoria Crítica dos Direitos Humanos de Joaquín Herrera Flores, p. 33
  • Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos acerca da justiça de transição, p. 91
  • Justiça de transição no âmbito da Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 90
  • Justiça de transição no Brasil até o julgamento do caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil, p. 107
  • Justiça de transição. Análise crítica do conceito, p. 67
  • Justiça de transição. Conceito de justiça de transição e o seu desenvolvimento no âmbito da Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 67
  • Justiça de transição. Conceito e a origem, p. 74
  • Justiça de transição. Críticas à abordagem normativo-institucional da justiça de transição e às limitações do seu enfoque, p. 82
  • Justiça de transição. Críticas à atuação da Corte Interamericana de Direitos Humanos no campo da justiça de transição, p. 103
  • Justiça de transição. Eixos centrais da justiça transicional, p. 79
  • Justiça de transição. Genealogia, p. 76
  • Justiça de transição. Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos acerca da justiça de transição, p. 91
  • Justiça de transição. Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos. Caso Almonacid Arellano e Outros vs. Chile, p. 97
  • Justiça de transição. Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos. Caso Barrios Altos vs. Peru, p. 94
  • Justiça de transição. Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos. Caso Gelman vs. Uruguai, p. 100
  • Justiça de transição. Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos. Caso Velásquez Rodriguez vs. Honduras, p. 93
  • Justiça de transição. Primeiras medidas de justiça de transição promovidas pelo Estado brasileiro, p. 124

L

  • Lei 6.683, de 28.08.1979. Criação, p. 118
  • Lista de abreviaturas e siglas, p. 19
  • Litigância do Brasil no âmbito da Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 49
  • Litigância. Sistema Interamericano de Direitos Humanos e a litigância do Brasil na Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 27

M

  • Medidas Provisórias concedidas pela Corte Interamericana de Direitos Humanos contra o Estado Brasileiro, p. 49

P

  • Primeiras medidas de justiça de transição promovidas pelo Estado brasileiro, p. 124
  • Principais marcos históricos relativos à formação do Sistema Interamericano de Direitos Humanos, p. 38

R

  • Referências, p. 221

S

  • Sentença do caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil e os obstáculos para o seu cumprimento, p. 153
  • Sigla. Lista de abreviaturas e siglas, p. 19
  • Sistema Interamericano de Direitos Humanos e a litigância do Brasil na Corte Interamericana de Direitos Humanos, p. 27
  • Sistema Interamericano de Direitos Humanos. Contato dos familiares das vítimas da Guerrilha do Araguaia com o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, p. 141
  • Sistema Interamericano de Direitos Humanos. Formação e a estrutura, p. 40

T

  • Teoria Crítica dos Direitos Humanos. Considerações sobre a Teoria Crítica dos Direitos Humanos de Joaquín Herrera Flores, p. 33
  • Teoria tradicional dos direitos humanos. Considerações acerca, p. 28
  • Tramitação do Caso Gomes Lund e Outros vs. Brasil perante a CIDH e a CORTEIDH, p. 145
  • Transitologia. Considerações iniciais sobre a transitologia e a consolidologia, p. 68

U

  • Uma Análise Crítica do Funcionamento do Sistema Interamericano de Direitos Humanos, p. 45

Recomendações

Capa do livro: Direito Internacional do Meio Ambiente, Mariane Morato Stival

Direito Internacional do Meio Ambiente

 Mariane Morato StivalISBN: 978853628476-7Páginas: 236Publicado em: 30/11/2018

Versão impressa

de R$ 89,90* porR$ 76,42em 3x de R$ 25,47Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 64,70* porR$ 55,00em 2x de R$ 27,50Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Corrupção Sistêmica e Direitos Humanos, João Paulo Salles Pinto

Corrupção Sistêmica e Direitos Humanos

 João Paulo Salles PintoISBN: 978853628138-4Páginas: 144Publicado em: 27/07/2018

Versão impressa

de R$ 57,70* porR$ 49,05 Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 39,90* porR$ 33,92 Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Recorribilidade das Decisões Interlocutórias, Ana Laura González Poittevin

Recorribilidade das Decisões Interlocutórias

 Ana Laura González PoittevinISBN: 978853622223-3Páginas: 148Publicado em: 27/10/2008

Versão impressa

de R$ 44,70* porR$ 38,00 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Migrações, Coordenadores: Caroline Proner, Estefânia Maria de Queiroz Barboza e Gabriel Gualano de Godoy

Migrações

 Coordenadores: Caroline Proner, Estefânia Maria de Queiroz Barboza e Gabriel Gualano de GodoyISBN: 978853625068-7Páginas: 448Publicado em: 31/03/2015

Versão impressa

de R$ 127,70* porR$ 108,55em 4x de R$ 27,14Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 89,90* porR$ 76,42em 3x de R$ 25,47Adicionar e-Book
ao carrinho