Amazônia 1616 - Contemporaneidade - História - Globalização - Biblioteca Gursen De Miranda de Direito Amazônico - Coordenadores da Coleção: Gursen De Miranda e Themis Eloana

Gursen De Miranda

Versão impressa

por R$ 109,90em 4x de R$ 27,48Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
por R$ 77,70em 3x de R$ 25,90Adicionar ao carrinho

Ficha técnica

Autor(es): Gursen De Miranda

ISBN v. impressa: 978853628880-2

ISBN v. digital: 978853628898-7

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 272

Publicado em: 15/05/2019

Área(s): Direito - Ambiental

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Amazônia 1616 parte da conquista da foz do rio Amazonas aos espanhóis, por ato dos portugueses, concretizando o Tratado de Tordesilhas de 1494, como consequência da expansão marítima pelos ibéricos, na contemporaneidade a globalização, considerando a produção de açúcar na área pelos holandeses. A criação do Estado do Maranhão e Grão-Pará no ano de 1621 distinto do Estado Brasil reflete consciência sobre a linha imaginária do Tratado, subvertida com a viagem Belém/Quito/Belém de Pedro Teixeira em 1637, fundamento para domínio dos portugueses, conforme Tratado dos Limites de 1750. A construção do anel de fortificações guarnecendo os rios internacionais em face dos espanhóis, franceses, holandeses e ingleses, garantiu esse espaço amazônico aos portugueses, favorecidos pela política de desenvolvimento de Marquês de Pombal para região, quando foram implantadas vilas e cidades com sustentação em produção agrária visando expor­tação à Metrópole somente interrompida com primeiro ciclo da borracha. Mais de um século sedimentou a influência econômica e cultural portuguesa na Amazônia, destacadamente pela im­possibilidade de ingresso de qualquer estrangeiro no território amazônico rompida no Segundo Império por força da exploração da borracha. Essa realidade é complementada pelos projetos do governo federal visando o desenvolvimento da região, após a Segunda Grande Guerra, ampliando-se com o governo militar pós-64, paralelamente há contextualização do estado Brasil.

Autor(es)

GURSEN DE MIRANDA

Professor Decano de Direito (UFRR). Presidente da Academia Brasileira de Letras Agrárias. Titular da União Mundial de Agraristas Universitários (UMAU). Desembargador (TJE/RR – aposentado). Escritor e Conferencista.

BIBLIOTECA GURSEN DE MIRANDA DE DIREITO AMAZÔNICO

GURSEN DE MIRANDA

Professor Decano de Direito (UFRR). Presidente da Academia Brasileira de Letras Agrárias. Titular da União Mundial de Agraristas Universitários (UMAU). Desembargador (TJE/RR – aposentado). Escritor e Conferencista.

THEMIS ELOANA

Advogada. Pós-Doutorado em Direito (US di Messina – Itália). Doutorado em Ciências Jurídicas e Sociais (UMSA – Argentina). Mestrado em Direito Agrário (UFGO) e Escritora.

Sumário

INTRODUÇÃO, p. 17

TEXTOS À PRÉ-COMPREENSÃO, p. 21

I - AMAZÔNIA, p. 23

1.1 AMAZÔNIA E SUA TERMINOLOGIA, p. 23

1.2 AMAZÔNIA GEOPOLÍTICA, p. 26

1.2.1 Pan-Amazônia ou Amazônia Continental, p. 26

1.2.1.1 Amazônia comunitária, p. 26

1.2.2 Amazônia Brasileira ou Amazônia Legal, p. 26

1.2.3 Amazônia Regional ou Amazônia Clássica, p. 28

1.3 AMAZÔNIA GEOGRÁFICA, p. 29

1.3.1 Bacia Amazônica, p. 29

1.3.2 Floresta Amazônica, p. 29

II - GLOBALIZAÇÃO, p. 31

2.1 GLOBALIZAÇÃO E DIREITO INTERNACIONAL, p. 31

2.2 GLOBALIZAÇÃO: ESTRUTURAÇÃO CONCEITUAL, p. 32

2.2.1 Globalização em Marx e Engels, p. 32

2.2.2 Globalização em Habermas, p. 33

2.3 GLOBALIZAÇÃO: CARÁTER HISTÓRICO, p. 34

2.3.1 Globalização na Antiguidade, p. 34

2.3.2 Globalização Intermediária, p. 34

2.3.3 Globalização Moderna, p. 35

2.4 GLOBALIZAÇÃO E SUAS DIMENSÕES, p. 35

2.4.1 Globalização Multidimensional, p. 35

2.4.1.1 Globalização como fenômeno econômico, p. 35

2.4.1.2 Globalização e outros fenômenos, p. 36

2.4.2 Globalização Pluridimensional, p. 37

2.4.2.1 Globalização no plano espacial, p. 37

2.4.2.2 Globalização no plano estatal, p. 37

2.4.2.3 Globalização no plano temporal, p. 37

2.5 GLOBALIZAÇÃO E ESTRATÉGIA ECONÔMICA MUNDIAL, p. 37

2.5.1 Globalização e Estratégia Universal, p. 38

2.5.2 Globalização e Estratégia Regional, p. 38

2.6 GLOBALIZAÇÃO CULTURAL, p. 38

2.6.1 Globalização e Dinâmica Cultural, p. 39

2.6.1.1 Globalização e impacto cultural, p. 39

2.6.2 Globalização e Diversidade Cultural, p. 39

2.6.2.1 Pluralismo cultural, multiculturalismo, interculturalismo, p. 40

2.6.3 Globalização e Mistura Cultural - a Mestiçagem, p. 41

2.6.3.1 Globalização e relativismo cultural, p. 41

2.7 GLOBALIZAÇÃO E SUAS CONSEQUÊNCIAS CULTURAIS, p. 42

2.8 CULTURA: PATRIMÔNIO COMUM DA HUMANIDADE, p. 42

PARTE ÚNICA - A EXPANSÃO MARÍTIMA PORTUGUESA E A COLONIZAÇÃO DA AMAZÔNIA, p. 43

PALCO DA HISTÓRIA, p. 45

Capítulo 1 AMAZÔNIA: CULTURA PRÉ-COLOMBIANA, p. 47

1.1 AMAZÔNIA ANTIGA, p. 47

1.2 AMAZÔNIA: CULTURA DA MANDIOCA - CULTURA DA SELVA TROPICAL - CULTURA CABOCA, p. 49

Capítulo 2 AMAZÔNIA DOS ESPANHÓIS E PRESENÇA DOS FRANCESES, p. 51

2.1 A AMAZÔNIA E O TRATADO DE TORDESILHAS, p. 51

2.1.1 A Conquista do Brasil e a Viagem Precedente, p. 53

2.1.2. As Capitanias Hereditárias no Brasil e os Governos-Gerais, p. 54

2.1.2.1 Capitanias hereditárias, p. 54

2.1.2.2 Governo-geral, p. 55

2.1.2.3 Política indigenista, p. 56

2.2 A AMAZÔNIA ESPANHOLA E A NOVA ANDALUZIA, p. 57

2.2.1 A Expedição de Orellana e o Rio das Amazonas, p. 59

2.2.1.1 O Rio das Amazonas, p. 61

2.2.2 Em Busca do El Dorado, p. 62

2.2.3 Amazônia Conquistada aos Espanhóis, p. 63

2.2.4 A Amazônia e a Invasão Espanhola, p. 64

2.3 AMAZÔNIA E FRANÇA EQUINOCIAL: PARTICIPAÇÃO PORTUGUESA, p. 67

2.4 A UNIÃO IBÉRICA - RESPONSABILIDADE PORTUGUESA, p. 70

Capítulo 3 AMAZÔNIA DOS PORTUGUESES - GLOBALIZAÇÃO MARÍTIMA, p. 73

3.1 A AMAZÔNIA E A FUNDAÇÃO DE BELÉM DO GRÃO-PARÁ, p. 73

3.1.1 A Feliz Lusitânia, p. 74

3.2 AMAZÔNIA: ESTADO AUTÔNOMO, p. 77

3.2.1 Amazônia e Capitanias Hereditárias, p. 79

3.2.2 Amazônia na Viagem de Pedro Teixeira e a Posse Portuguesa, p. 83

3.2.3 Amazônia e Domínio Lusitano, p. 87

3.3 AMAZÔNIA E INTERESSE PORTUGUÊS: ECONOMIA GLOBALIZADA, p. 89

3.3.1 Amazônia: Cultura do Açúcar e "Açúcar Moeda", p. 89

3.3.2 Amazônia e "Drogas do Sertão", p. 92

3.3.3 Amazônia: Tabaco é Mais que Fumaça, p. 94

3.3.4 Amazônia: Economia do Cacau e Moeda, p. 95

3.3.5 Amazônia do "Peixe Moeda", p. 96

3.3.6 Amazônia do Couro de Boi, p. 97

3.3.7 Amazônia Pioneira no Café, p. 97

3.3.8 Amazônia: Lendas de Manoa e El Dorado, p. 98

3.4 AMAZÔNIA: "CATEQUIZAR É CIVILIZAR", p. 99

3.5 AMAZÔNIA E "DESCIMENTOS", p. 101

3.6 AMAZÔNIA: CONCRETUDE DO TRATADO DE LIMITES DAS CONQUISTAS, p. 105

3.6.1 Demarcação do Tratado de Limites, p. 106

3.7 AMAZÔNIA - POLÍTICA DO MARQUÊS DE POMBAL - VISÃO GLOBALIZANTE, p. 109

3.7.1 Amazônia: Estado do Grão-Pará e Maranhão, p. 109

3.7.2 Amazônia: Companhia-Geral do Grão-Pará e Maranhão, p. 110

3.7.3 "Aportuguesamento" da Amazônia, p. 111

3.7.4 Amazônia: Proibição do Uso da Expressão "Caboucolos", p. 112

3.7.5 Amazônia - a Liberdade dos Índios, p. 113

3.7.6 Amazônia: o Escravo da África, p. 113

3.7.7 Amazônia - Diretório dos Índios, p. 114

3.7.8 A Amazônia e o Anel de Fortificações, p. 116

3.8 AMAZÔNIA NA "EXPEDIÇÃO FILOSÓFICA" DE ALEXANDRE RODRIGUES FERREIRA, p. 117

3.8.1 Amazônia nas Observações de Lobo D’Almada, p. 118

3.8.2 Amazônia e as Vias Naturais de Comunicação e Comércio, p. 120

3.9 AMAZÔNIA E MOVIMENTO CONSTITUCIONALISTA DE PORTUGAL, p. 121

3.9.1 Deputados da Amazônia nas Cortes de Lisboa, p. 121

3.10 AMAZÔNIA: TERRITÓRIO EM CONFLITO, p. 122

3.10.1 À Época dos Portugueses, p. 122

3.10.2 À Época dos Brasileiros, p. 131

CENAS DE ESPERANÇA, p. 137

Capítulo 4 AMAZÔNIA BRASILEIRA, p. 139

4.1 AMAZÔNIA E ADESÃO DO GRÃO-PARÁ À INDEPENDÊNCIA DO BRASIL, p. 139

4.2 AMAZÔNIA EM REVOLTA - A CABANAGEM, p. 141

4.3 AMAZÔNIA DA BORRACHA: O APOGEU ECONÔMICO, p. 144

4.3.1 Pré-Ciclo da Borracha - Necessidade do Látex no Mundo Globalizado, p. 147

4.3.2 O "Abrasileiramento" da Amazônia, p. 150

4.3.3 A Borracha Esticou a Fronteira da Amazônia Brasileira, p. 151

4.3.3.1 A "Questão do Acre" e o "Império de Galvez", p. 151

4.3.3.2 Reestruturação espacial da Amazônia brasileira, p. 152

4.3.4 Amazônia e Estratégia de Globalização: Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, p. 153

4.3.5 Amazônia: Casuísmo do Novo "Ciclo da Borracha", p. 155

4.4 AMAZÔNIA: OS TERRITÓRIOS FEDERAIS E OS NOVOS MIGRANTES, p. 156

4.4.1 Território Federal de Rondônia, p. 157

4.4.2 Território Federal do Amapá, p. 159

4.4.3 Território Federal de Roraima, p. 160

4.5 AMAZÔNIA: DESENVOLVIMENTO E GRANDES PROJETOS, p. 161

4.5.1 Amazônia Longe dos Rios: Grandes Rodovias de Integração, p. 167

4.6 AMAZÔNIA E CULTURA OFICIAL, p. 171

Capítulo 5 AMAZÔNIA: ATORES DO PARAÍSO, p. 175

5.1 AMAZÔNIA E SEUS PRINCIPAIS ATORES, p. 175

5.1.1 O Índio, Conhecedor da Amazônia, p. 175

5.1.1.1 Tudo índio, p. 175

5.1.1.2 Amazônia e cultura indígena, p. 179

5.1.2 Branco (Português), o Colono Conquistador, p. 181

5.1.2.1 Os "donos" da lei, p. 183

5.1.2.2 Fazendo economia, p. 183

5.1.2.3 Construindo a cultura na Amazônia, p. 184

5.1.3 Caboco - Típico Ator Amazônida, p. 184

5.1.3.1 Caboco ou caboclo, p. 184

5.1.3.2 O caboco como fruto da cultura portuguesa, p. 185

5.1.3.3 O caboco e sua expressão cultural, p. 188

5.1.3.4 O caboco e o sistema econômico na Amazônia, p. 192

5.2 AMAZÔNIA E SEUS ATORES COADJUVANTES, p. 194

5.2.1 Negro (Africano) - o Escravo, p. 194

5.2.2 Nordestino (Brasileiro), o Brabo, p. 197

5.3 AMAZÔNIA E OUTROS ATORES, p. 198

5.3.1 Amazônia das "Castanholas", p. 204

5.3.2 Amazônia das Pizzas, p. 206

5.3.3 Amazônia das Arábias, p. 209

5.3.4 Amazônia do Sol Nascente, p. 210

5.3.5 Amazônia da Cerveja, p. 212

5.3.6 Amazônia na Belle-Époque, p. 216

5.3.7 Amazônia na Era do Ferro, p. 221

5.4 AMAZÔNIA MULTIÉTNICA, p. 223

Capítulo 6 AMAZÔNIA GLOBAL, p. 225

6.1 AMAZÔNIA E INTERNACIONALIZAÇÃO, p. 225

6.2 AMAZÔNIA: BIODIVERSIDADE / POTENCIAL GENÉTICO, p. 228

6.3 AMAZÔNIA: ONDE O RIO COMANDA A VIDA, p. 229

6.3.1 Amazônia: Água para Navegar, p. 230

6.3.2 Amazônia: Água para Beber, p. 232

6.4 AMAZÔNIA E SEU BRILHO NATURAL, p. 233

6.5 AMAZÔNIA COMUNITÁRIA: O PACTO AMAZÔNICO, p. 234

6.5.1 Amazônia, Globalização e Regionalismo, p. 237

ATO FINAL, p. 239

PANO DE FUNDO: CONTEXTO BRASILEIRO, p. 243

(a) Terra Ignorada, p. 243

(b) O Brilho da Terra, p. 243

(c) A Redescoberta do Brasil, p. 244

(d) Além das Terras Brasilis, p. 244

REFERÊNCIAS, p. 247

Índice alfabético

A

  • Acre. A "Questão do Acre" e o "Império de Galvez", p. 151
  • Açúcar. Amazônia: cultura do açúcar e "açúcar moeda", p. 89
  • Alexandre Rodrigues Ferreira. Amazônia na "expedição filosófica" de Alexandre Rodrigues Ferreira, p. 117
  • Amazônia, p. 23
  • Amazônia antiga, p. 47
  • Amazônia brasileira, p. 139
  • Amazônia brasileira ou Amazônia Legal, p. 26
  • Amazônia comunitária, p. 26
  • Amazônia comunitária: o Pacto Amazônico, p. 234
  • Amazônia conquistada aos espanhóis, p. 63
  • Amazônia da borracha: o apogeu econômico, p. 144
  • Amazônia da cerveja, p. 212
  • Amazônia das arábias, p. 209
  • Amazônia das pizzas, p. 206
  • Amazônia das "castanholas", p. 204
  • Amazônia do couro de boi, p. 97
  • Amazônia do sol nascente, p. 210
  • Amazônia do "peixe moeda", p. 96
  • Amazônia dos espanhóis e presença dos franceses, p. 51
  • Amazônia dos portugueses. Feliz Lusitânia, p. 74
  • Amazônia dos portugueses. Globalização marítima, p. 73
  • Amazônia e "descimentos", p. 101
  • Amazônia e a fundação de Belém do Grão-Pará, p. 73
  • Amazônia e a invasão espanhola, p. 64
  • Amazônia e adesão do Grão-Pará à independência do Brasil, p. 139
  • Amazônia e as vias naturais de comunicação e comércio, p. 120
  • Amazônia e capitanias hereditárias, p. 79
  • Amazônia e cultura indígena, p. 179
  • Amazônia e cultura oficial, p. 171
  • Amazônia e domínio lusitano, p. 87
  • Amazônia e estratégia de globalização: Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, p. 153
  • Amazônia e França equinocial: participação portuguesa, p. 67
  • Amazônia e interesse português: economia globalizada, p. 89
  • Amazônia e internacionalização, p. 225
  • Amazônia e movimento constitucionalista de Portugal, p. 121
  • Amazônia e o anel de fortificações, p. 116
  • Amazônia e o Tratado de Tordesilhas, p. 51
  • Amazônia e outros atores, p. 198
  • Amazônia e seu brilho natural, p. 233
  • Amazônia e seus atores coadjuvantes, p. 194
  • Amazônia e seus principais atores, p. 175
  • Amazônia e sua terminologia, p. 23
  • Amazônia e "drogas do sertão", p. 92
  • Amazônia em revolta. A cabanagem, p. 141
  • Amazônia espanhola e a nova Andaluzia, p. 57
  • Amazônia geográfica, p. 29
  • Amazônia geopolítica, p. 26
  • Amazônia global, p. 225
  • Amazônia longe dos rios: grandes rodovias de integração, p. 167
  • Amazônia multiétnica, p. 223
  • Amazônia na belle-époque, p. 216
  • Amazônia na era do ferro, p. 221
  • Amazônia na viagem de Pedro Teixeira e a posse portuguesa, p. 83
  • Amazônia na "expedição filosófica" de Alexandre Rodrigues Ferreira, p. 117
  • Amazônia nas observações de Lobo D’Almada, p. 118
  • Amazônia pioneira no café, p. 97
  • Amazônia regional ou Amazônia clássica, p. 28
  • Amazônia, globalização e regionalismo, p. 237
  • Amazônia. A liberdade dos índios, p. 113
  • Amazônia. Diretório dos índios, p. 114
  • Amazônia. Em busca do El Dorado, p. 62
  • Amazônia. Expedição de Orellana e o Rio das Amazonas, p. 59
  • Amazônia. O "abrasileiramento" da Amazônia, p. 150
  • Amazônia. Pan-Amazônia ou Amazônia Continental, p. 26
  • Amazônia. Política do Marquês de Pombal. Visão globalizante, p. 109
  • Amazônia. Reestruturação espacial da Amazônia brasileira, p. 152
  • Amazônia. Rio das Amazonas, p. 61
  • Amazônia. "Aportuguesamento" da Amazônia, p. 111
  • Amazônia: água para beber, p. 232
  • Amazônia: água para navegar, p. 230
  • Amazônia: atores do paraíso, p. 175
  • Amazônia: biodiversidade/potencial genético, p. 228
  • Amazônia: casuísmo do novo "Ciclo da Borracha", p. 155
  • Amazônia: Companhia-Geral do Grão-Pará e Maranhão, p. 110
  • Amazônia: concretude do Tratado de Limites das Conquistas, p. 105
  • Amazônia: cultura da mandioca - cultura da selva tropical - cultura caboca, p. 49
  • Amazônia: cultura do açúcar e "açúcar moeda", p. 89
  • Amazônia: cultura pré-colombiana, p. 47
  • Amazônia: desenvolvimento e grandes projetos, p. 161
  • Amazônia: economia do cacau e moeda, p. 95
  • Amazônia: Estado autônomo, p. 77
  • Amazônia: Estado do Grão-Pará e Maranhão, p. 109
  • Amazônia: lendas de Manoa e El Dorado, p. 98
  • Amazônia: o escravo da África, p. 113
  • Amazônia: onde o rio comanda a vida, p. 229
  • Amazônia: os territórios federais e os novos migrantes, p. 156
  • Amazônia: proibição do uso da expressão "caboucolos", p. 112
  • Amazônia: tabaco é mais que fumaça, p. 94
  • Amazônia: território em conflito, p. 122
  • Amazônia: território em conflito. À época dos brasileiros, p. 131
  • Amazônia: território em conflito. À época dos portugueses, p. 122
  • Amazônia: "catequizar é civilizar", p. 99
  • Anel de fortificações. Amazônia e o anel de fortificações, p. 116
  • "Aportuguesamento" da Amazônia, p. 111
  • Ato final, p. 239
  • Atores. Amazônia e outros atores, p. 198

B

  • Bacia Amazônica, p. 29
  • Biodiversidade. Amazônia: biodiversidade/potencial genético, p. 228
  • Borracha esticou a fronteira da Amazônia brasileira, p. 151
  • Borracha. Amazônia da borracha: o apogeu econômico, p. 144
  • Borracha. Amazônia: casuísmo do novo "Ciclo da Borracha", p. 155
  • Borracha. Pré-ciclo da borracha. Necessidade do látex no mundo globalizado, p. 147
  • Branco (português), o colono conquistador, p. 181

C

  • Cabanagem. Amazônia em revolta. A cabanagem, p. 141
  • Caboco como fruto da cultura portuguesa, p. 185
  • Caboco e o sistema econômico na Amazônia, p. 192
  • Caboco e sua expressão cultural, p. 188
  • Caboco ou caboclo, p. 184
  • Caboco. Típico ator amazônida, p. 184
  • Cabouclos. Amazônia: proibição do uso da expressão "caboucolos", p. 112
  • Cacau. Amazônia: economia do cacau e moeda, p. 95
  • Café. Amazônia pioneira no café, p. 97
  • Capitanias hereditárias. Amazônia e capitanias hereditárias, p. 79
  • Catequização. Amazônia: "catequizar é civilizar", p. 99
  • Cenas de esperança, p. 137
  • Colonização da Amazônia. Expansão marítima portuguesa e a colonização da Amazônia. Parte única, p. 43
  • Colono conquistador. Branco (português), o colono conquistador, p. 181
  • Colono conquistador. Construindo a cultura na Amazônia, p. 184
  • Colono conquistador. Fazendo economia, p. 183
  • Colono conquistador. Os "donos" da lei, p. 183
  • Comércio. Amazônia e as vias naturais de comunicação e comércio, p. 120
  • Compreensão. Textos à pré-compreensão, p. 21
  • Comunicação. Amazônia e as vias naturais de comunicação e comércio, p. 120
  • Conceito. Globalização: estruturação conceitual, p. 32
  • Cortes de Lisboa. Deputados da Amazônia nas Cortes de Lisboa, p. 121
  • Couro. Amazônia do couro de boi, p. 97
  • Cultura indígena. Amazônia e cultura indígena, p. 179
  • Cultura pré-colombiana. Amazônia, p. 47
  • Cultura. Globalização cultural, p. 38
  • Cultura. Globalização e suas consequências culturais, p. 42
  • Cultura: patrimônio comum da humanidade, p. 42

D

  • Demarcação do Tratado de Limites, p. 106
  • Deputados da Amazônia nas Cortes de Lisboa, p. 121
  • Dinâmica cultural. Globalização e dinâmica cultural, p. 39
  • Direito internacional. Globalização e direito internacional, p. 31
  • Diretório dos índios. Amazônia, p. 114
  • Diversidade cultural. Globalização e diversidade cultural, p. 39
  • Domínio lusitano. Amazônia e domínio lusitano, p. 87

E

  • Economia globalizada. Amazônia e interesse português: economia globalizada, p. 89
  • Engels. Globalização em Marx e Engels, p. 32
  • Escravo da África. Amazônia, p. 113
  • Espanha. Amazônia conquistada aos espanhóis, p. 63
  • Espanha. Amazônia dos espanhóis e presença dos franceses, p. 51
  • Espanha. Amazônia e a invasão espanhola, p. 64
  • Estado do Grão-Pará. Amazônia: Estado do Grão-Pará e Maranhão, p. 109
  • Estado. Amazônia: Estado autônomo, p. 77
  • Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. Amazônia e estratégia de globalização: Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, p. 153
  • Expansão marítima portuguesa e a colonização da Amazônia. Parte única, p. 43
  • Expedição de Orellana e o Rio das Amazonas, p. 59

F

  • Floresta Amazônica, p. 29
  • França. Amazônia dos espanhóis e presença dos franceses, p. 51
  • França. Amazônia e França equinocial: participação portuguesa, p. 67
  • Fronteira. Borracha esticou a fronteira da Amazônia brasileira, p. 151

G

  • Geopolítica. Amazônia geopolítica, p. 26
  • Globalização, p. 31
  • Globalização como fenômeno econômico, p. 35
  • Globalização cultural, p. 38
  • Globalização e dinâmica cultural, p. 39
  • Globalização e direito internacional, p. 31
  • Globalização e diversidade cultural, p. 39
  • Globalização e estratégia econômica mundial, p. 37
  • Globalização e estratégia regional, p. 38
  • Globalização e estratégia universal, p. 38
  • Globalização e impacto cultural, p. 39
  • Globalização e mistura cultural. A mestiçagem, p. 41
  • Globalização e outros fenômenos, p. 36
  • Globalização e relativismo cultural, p. 41
  • Globalização e suas consequências culturais, p. 42
  • Globalização e suas dimensões, p. 35
  • Globalização em Habermas, p. 33
  • Globalização em Marx e Engels, p. 32
  • Globalização intermediária, p. 34
  • Globalização marítima. Amazônia dos portugueses, p. 73
  • Globalização moderna, p. 35
  • Globalização multidimensional, p. 35
  • Globalização na antiguidade, p. 34
  • Globalização no plano espacial, p. 37
  • Globalização no plano estatal, p. 37
  • Globalização no plano temporal, p. 37
  • Globalização pluridimensional, p. 37
  • Globalização. Amazônia e estratégia de globalização: Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, p. 153
  • Globalização. Amazônia, globalização e regionalismo, p. 237
  • Globalização: caráter histórico, p. 34
  • Globalização: estruturação conceitual, p. 32
  • Grão-Pará. Amazônia e adesão do Grão-Pará à independência do Brasil, p. 139

H

  • Habermas. Globalização em Habermas, p. 33
  • História. Capitanias hereditárias, p. 54
  • História. Capitanias hereditárias no Brasil e os governos-gerais, p. 54
  • História. Conquista do Brasil e a viagem precedente, p. 53
  • História. Governo-geral, p. 55
  • História. Palco da história, p. 45
  • História. Política indigenista, p. 56
  • Histórico. Globalização: caráter histórico, p. 34

I

  • Impacto cultural. Globalização e impacto cultural, p. 39
  • Império de Galvez. A "Questão do Acre" e o "Império de Galvez", p. 151
  • Independência do Brasil. Amazônia e adesão do Grão-Pará à independência do Brasil, p. 139
  • Índio, conhecedor da Amazônia, p. 175
  • Índio. Amazônia. A liberdade dos índios, p. 113
  • Índio. Tudo índio, p. 175
  • Interculturalismo. Pluralismo cultural, multiculturalismo, interculturalismo, p. 40
  • Interesse português. Amazônia e interesse português: economia globalizada, p. 89
  • Internacionalização. Amazônia e internacionalização, p. 225

L

  • Lenda de El Dorado. Amazônia: lendas de Manoa e El Dorado, p. 98
  • Lenda de Manoa. Amazônia: lendas de Manoa e El Dorado, p. 98
  • Lobo D’Almada. Amazônia nas observações de Lobo D’Almada, p. 118

M

  • Maranhão. Amazônia: Estado do Grão-Pará e Maranhão, p. 109
  • Marquês de Pombal. Amazônia. Política do Marquês de Pombal. Visão globalizante, p. 109
  • Marx. Globalização em Marx e Engels, p. 32
  • Mestiçagem. Globalização e mistura cultural. A mestiçagem, p. 41
  • Migrante. Amazônia: os territórios federais e os novos migrantes, p. 156
  • Mistura cultural. Globalização e mistura cultural. A mestiçagem, p. 41
  • Multiculturalismo. Pluralismo cultural, multiculturalismo, interculturalismo, p. 40
  • Mundo globalizado. Pré-ciclo da borracha. Necessidade do látex no mundo globalizado, p. 147

N

  • Negro (africano) - o escravo, p. 194
  • Nordestino (brasileiro), o brabo, p. 197

P

  • Pacto Amazônico. Amazônia comunitária: o Pacto Amazônico, p. 234
  • Palco da história, p. 45
  • Pan-Amazônia ou Amazônia Continental, p. 26
  • Pano de fundo: contexto brasileiro, p. 243
  • Pano de fundo: contexto brasileiro. (a) Terra ignorada, p. 243
  • Pano de fundo: contexto brasileiro. (b) O brilho da terra, p. 243
  • Pano de fundo: contexto brasileiro. (c) A redescoberta do Brasil, p. 244
  • Pano de fundo: contexto brasileiro. (d) Além das terras brasilis, p. 244
  • Parte única. Expansão marítima portuguesa e a colonização da Amazônia, p. 43
  • Patrimônio da humanidade. Cultura: patrimônio comum da humanidade, p. 42
  • Pedro Teixeira. Amazônia na viagem de Pedro Teixeira e a posse portuguesa, p. 83
  • Peixe moeda. Amazônia do "peixe moeda", p. 96
  • Pluralismo cultural, multiculturalismo, interculturalismo, p. 40
  • Portugal. Amazônia dos portugueses. Feliz Lusitânia, p. 74
  • Portugal. Amazônia e França equinocial: participação portuguesa, p. 67
  • Portugal. Amazônia e movimento constitucionalista de Portugal, p. 121
  • Posse portuguesa. Amazônia na viagem de Pedro Teixeira e a posse portuguesa, p. 83
  • Potencial genético. Amazônia: biodiversidade/potencial genético, p. 228
  • Pré-ciclo da borracha. Necessidade do látex no mundo globalizado, p. 147

R

  • Reestruturação espacial da Amazônia brasileira, p. 152
  • Referências, p. 247
  • Regionalismo. Amazônia, globalização e regionalismo, p. 237
  • Relativismo cultural. Globalização e relativismo cultural, p. 41
  • Responsabilidade portuguesa. União Ibérica, p. 70
  • Rodovia. Amazônia longe dos rios: grandes rodovias de integração, p. 167

S

  • Sertão. Amazônia e "drogas do sertão", p. 92

T

  • Tabaco. Amazônia: tabaco é mais que fumaça, p. 94
  • Terminologia. Amazônia e sua terminologia, p. 23
  • Território federal de Rondônia, p. 157
  • Território federal de Roraima, p. 160
  • Território federal do Amapá, p. 159
  • Território federal. Amazônia: os territórios federais e os novos migrantes, p. 156
  • Textos à pré-compreensão, p. 21
  • Tratado de Limites das Conquistas. Amazônia: concretude do Tratado de Limites das Conquistas, p. 105
  • Tratado de Limites das Conquistas. Demarcação do Tratado de Limites, p. 106
  • Tratado de Tordesilhas. Amazônia e o Tratado de Tordesilhas, p. 51

U

  • União Ibérica. Responsabilidade portuguesa, p. 70

Recomendações

Capa do livro: Ação Civil Pública Ambiental Trabalhista, Cristiano Lourenço Rodrigues

Ação Civil Pública Ambiental Trabalhista

 Cristiano Lourenço RodriguesISBN: 978853627987-9Páginas: 298Publicado em: 12/06/2018

Versão impressa

R$ 114,70em 4x de R$ 28,68Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 79,90em 3x de R$ 26,63Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Poluentes Orgânicos Persistentes, Letícia Albuquerque

Poluentes Orgânicos Persistentes

 Letícia AlbuquerqueISBN: 853620681-0Páginas: 199Publicado em: 03/02/2006

Versão impressa

R$ 59,90em 2x de R$ 29,95Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Trabalhador Rural - Uma Análise no Contexto Sociopolítico, Jurídico e Econômico Brasileiro, Coords: Darcy W. Zibetti, Emiliano J. K. Limberger e Lucas Abreu Barroso

Trabalhador Rural - Uma Análise no Contexto Sociopolítico, Jurídico e Econômico Brasileiro

 Coords: Darcy W. Zibetti, Emiliano J. K. Limberger e Lucas Abreu BarrosoISBN: 978853621434-4Páginas: 352Publicado em: 01/12/2006

Versão impressa

R$ 99,70em 3x de R$ 33,23Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Governança Ambiental Global e Direito, Alessandra Lehmen

Governança Ambiental Global e Direito

 Alessandra LehmenISBN: 978853625196-7Páginas: 270Publicado em: 26/06/2015

Versão impressa

R$ 79,90em 3x de R$ 26,63Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 54,70em 2x de R$ 27,35Adicionar e-Book
ao carrinho