Nova Advocacia Pública e Decisão Jurídica - Legalidade, Legitimidade e Atuação

Alexandre Moreira de Souza Anaguchi

Versão impressa

por R$ 59,90em 2x de R$ 29,95Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS

Ficha técnica

Autor(es): Alexandre Moreira de Souza Anaguchi

ISBN v. impressa: 978655605769-9

ISBN v. digital: 978655605722-4

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 154grs.

Número de páginas: 124

Publicado em: 16/08/2021

Área(s): Direito - Administrativo; Direito - Diversos; Internacional

Versão Digital (eBook)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Apresentação de Rafael Lazzarotto Simioni.

Prefácio de Rodrigo Murad do Prado.

A questão central desta obra é problematizar a atuação da advocacia pública de Estado, tradicionalmente pensada sob um agir estratégico, para entendê-la como um ator promovedor de ação comunicativa.

Conceitos tradicionais de legalidade e de vinculação dos atos administrativos construíram a ideia de que a advocacia pública de Estado deveria atuar como uma máquina autômata de legalidade, baseada em juízos formais de subsunção e em um agir de natureza instrumental-estratégico aos interesses do Estado.

Entretanto, esse tipo de conceito da atuação da advocacia pública de Estado não dá conta da complexidade, contingência e risco das decisões jurídicas no mundo contemporâneo. Se antigamente a legitimidade da atuação estava baseada na legalidade, hoje, contudo, a legitimidade baseia-se na necessidade de mediação, entendimento e consenso entre os possíveis afetados pelas decisões.

Assim, pretende-se reconstruir o sentido da advocacia de Estado como uma forma de promover a mediação entre os poderes, a esfera pública e o cidadão (afetado) com maiores graus de legitimidade e redução dos prejuízos, riscos e perigos.

O presente livro não teve a pretensão de esgotar o tema, e sim causar inquietação no mundo jurídico e nos profissionais que exercem a função de advogados públicos de Estado.

Autor(es)

ALEXANDRE MOREIRA DE SOUZA ANAGUCHI

Procurador do Estado de Minas Gerais. Doutorando em Direito pela FADISP com ênfase em Função Social do Direito. Mestre em Direito pela Faculdade de Direito do Sul de Minas Gerais com ênfase em Constitucionalismo e Democracia. Professor de cursos preparatórios para concursos e prova da OAB. Professor Universitário e em cursos de Pós-graduação. Cursa Pós-graduação em Advocacia Pública pela Escola Superior da Advocacia Geral da União. Especialista em Direito Público pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e Especialista em Direito do Trabalho pela Universidade Cândido Mendes/RJ. Aprovado em concurso para Defensoria Pública de Minas Gerais, Procuradoria do Município de Belo Horizonte, entre outros.

Porque comprar

"O futuro da Advocacia Pública de Estado está delineado nas páginas desta obra. Para nós é uma grande alegria poder participar do início desse projeto de reconstrução do sentido da Advocacia Pública nas democracias constitucionais, brilhantemente inaugurado por Alexandre Anaguchi e do qual temos a honra de apresentar a toda comunidade jurídica do Brasil e da América Latina"

Dr. Rafael Lazzarotto Simioni

"Nesta obra estão abordadas as concepções mais notáveis sobre o tema, percorrendo desde a formação história da advocacia pública de Estado, até a inevitabilidade do agir comunicativo na construção da decisão jurídica com a inclusão dos afetados, que é intrinsecamente responsável pela diminuição de riscos e prejuízos, podendo até mesmo ser implementador de direitos".

Dr. Rodrigo Murad do Prado

Sumário

INTRODUÇÃO, p. 21

1 AS ADVOCACIAS PÚBLICAS, p. 29

1.1 A ADVOCACIA PÚBLICA NA DEFESA DA SOCIEDADE, p. 33

1.2 A ADVOCACIA PÚBLICA NA DEFESA DOS HIPOSSUFICIENTES, p. 36

1.3 A ADVOCACIA PÚBLICA NA DEFESA DO ESTADO, p. 41

2 AS ADVOCACIAS PÚBLICAS NO DIREITO COMPARADO E A FORMAÇÃO HISTÓRICA DA ADVOCACIA PÚBLICA DE ESTADO NO BRASIL, p. 47

2.1 AS ADVOCACIAS PÚBLICAS NO ÂMBITO DA AMÉRICA DO SUL, p. 48

2.2 AS ADVOCACIAS PÚBLICAS NO DIREITO COMPARADO DOS ESTADOS UNIDOS, CANADÁ E EUROPA, p. 53

2.3 A ADVOCACIA DE ESTADO NO DIREITO BRASILEIRO: ESTRUTURA E FORMAÇÃO HISTÓRICA, p. 56

3 AS FORMAS DE ATUAÇÃO DA ADVOCACIA DE ESTADO NO BRASIL, p. 65

3.1 A ATUAÇÃO PRÉVIA, SISTÊMICA E PROATIVA DA ADVOCACIA DE ESTADO: CLASSIFICAÇÃO CONFORME BINENBOJM (2012) E OLIVEIRA (2014), p. 68

3.2 OUTRAS FORMAS DE ATUAÇÃO DESCRITAS NA LITERATURA, p. 73

3.3 OUTROS ESPAÇOS A SEREM EXPLORADOS: A ADVOCACIA DE ESTADO INTERFEDERATIVA E ATUAÇÕES RELEVANTES, p. 78

4 A ADVOCACIA DE ESTADO COMO ORGANIZAÇÃO SOCIAL, A DECISÃO JURÍDICA, A CONSIDERAÇÃO DOS RISCOS, A INCLUSÃO DOS AFETADOS E O AGIR COMUNICATIVO, p. 83

4.1 ADVOCACIA DE ESTADO, DECISÃO JURÍDICA E RISCO, p. 89

4.2 A NECESSÁRIA INCLUSÃO DOS AFETADOS, p. 95

4.3 A ADVOCACIA PÚBLICA DE ESTADO E O AGIR COMUNICATIVO, p. 98

CONCLUSÃO, p. 101

REFERÊNCIAS, p. 105

Índice alfabético

A

  • Advocacia de Estado como organização social, decisão jurídica, a consideração dos riscos, a inclusão dos afetados e o agir comunicativo, p. 83
  • Advocacia de Estado no direito brasileiro: estrutura e formação histórica, p. 56
  • Advocacia de Estado, decisão jurídica e risco, p. 89
  • Advocacia de Estado. Atuação prévia, sistêmica e proativa da advocacia de Estado: classificação conforme Binenbojm (2012) e Oliveira (2014), p. 68
  • Advocacia de Estado. Formas de atuação da advocacia de Estado no Brasil, p. 65
  • Advocacia de Estado. Outras formas de atuação descritas na literatura, p. 73
  • Advocacia de Estado. Outros espaços a serem explorados: a advocacia de Estado interfederativa e atuações relevantes, p. 78
  • Advocacia pública de Estado e o agir comunicativo, p. 98
  • Advocacia pública na defesa da sociedade, p. 33
  • Advocacia pública na defesa do Estado, p. 41
  • Advocacia pública na defesa dos hipossuficientes, p. 36
  • Advocacias públicas, p. 29
  • Advocacias públicas no âmbito da América do Sul, p. 48
  • Advocacias públicas no direito comparado dos Estados Unidos, Canadá e Europa, p. 53
  • Advocacias públicas no direito comparado e a formação histórica da advocacia pública de Estado no Brasil, p. 47
  • Afetados. Advocacia de Estado como organização social, decisão jurídica, a consideração dos riscos, a inclusão dos afetados e o agir comunicativo, p. 83
  • Afetados. Necessária inclusão dos afetados, p. 95
  • Agir comunicativo. Advocacia de Estado como organização social, decisão jurídica, a consideração dos riscos, a inclusão dos afetados e o agir comunicativo, p. 83
  • Agir comunicativo. Advocacia pública de Estado e o agir comunicativo, p. 98
  • América do Sul. Advocacias públicas no âmbito da América do Sul, p. 48
  • Atuação prévia, sistêmica e proativa da advocacia de Estado: classificação conforme Binenbojm (2012) e Oliveira (2014), p. 68

B

  • Binenbojm. Atuação prévia, sistêmica e proativa da advocacia de Estado: classificação conforme Binenbojm (2012) e Oliveira (2014), p. 68

C

  • Canadá. Advocacias públicas no direito comparado dos Estados Unidos, Canadá e Europa, p. 53
  • Conclusão, p. 101

D

  • Decisão jurídica. Advocacia de Estado como organização social, decisão jurídica, a consideração dos riscos, a inclusão dos afetados e o agir comunicativo, p. 83
  • Decisão jurídica. Advocacia de Estado, decisão jurídica e risco, p. 89
  • Defesa da sociedade. Advocacia pública na defesa da sociedade, p. 33
  • Defesa do Estado. Advocacia pública na defesa do Estado, p. 41
  • Defesa dos hipossuficientes. Advocacia pública na defesa dos hipossuficientes, p. 36
  • Direito brasileiro. Advocacia de Estado no direito brasileiro: estrutura e formação histórica, p. 56
  • Direito comparado. Advocacias públicas no direito comparado dos Estados Unidos, Canadá e Europa, p. 53
  • Direito comparado. Advocacias públicas no direito comparado e a formação histórica da advocacia pública de Estado no Brasil, p. 47

E

  • Estado. Advocacia pública de Estado e o agir comunicativo, p. 98
  • Estado. Advocacia pública na defesa do Estado, p. 41
  • Estado. Advocacias públicas no direito comparado e a formação histórica da advocacia pública de Estado no Brasil, p. 47
  • Estado. Atuação prévia, sistêmica e proativa da advocacia de Estado: classificação conforme Binenbojm (2012) e Oliveira (2014), p. 68
  • Estados Unidos. Advocacias públicas no direito comparado dos Estados Unidos, Canadá e Europa, p. 53
  • Estrutura. Advocacia de Estado no direito brasileiro: estrutura e formação histórica, p. 56
  • Europa. Advocacias públicas no direito comparado dos Estados Unidos, Canadá e Europa, p. 53

F

  • Formas de atuação da advocacia de Estado no Brasil, p. 65

H

  • Hipossuficiência. Advocacia pública na defesa dos hipossuficientes, p. 36
  • Histórico. Advocacia de Estado no direito brasileiro: estrutura e formação histórica, p. 56
  • Histórico. Advocacias públicas no direito comparado e a formação histórica da advocacia pública de Estado no Brasil, p. 47

I

  • Interfederativo. Outros espaços a serem explorados: a advocacia de Estado interfederativa e atuações relevantes, p. 78
  • Introdução, p. 21

O

  • Oliveira. Atuação prévia, sistêmica e proativa da advocacia de Estado: classificação conforme Binenbojm (2012) e Oliveira (2014), p. 68
  • Organização social. Advocacia de Estado como organização social, decisão jurídica, a consideração dos riscos, a inclusão dos afetados e o agir comunicativo, p. 83

P

  • Proatividade. Atuação prévia, sistêmica e proativa da advocacia de Estado: classificação conforme Binenbojm (2012) e Oliveira (2014), p. 68

R

  • Referências, p. 105
  • Risco. Advocacia de Estado, decisão jurídica e risco, p. 89
  • Riscos. Advocacia de Estado como organização social, decisão jurídica, a consideração dos riscos, a inclusão dos afetados e o agir comunicativo, p. 83

S

  • Sociedade. Advocacia pública na defesa da sociedade, p. 33

Recomendações

Capa do livro: Direito e Justiça - Ano V - VIII - 1º Semestre 2019 - Estudos Contemporâneos, Organizadores: José Manuel Almudí Cid e Ignacio García Vitoria

Direito e Justiça - Ano V - VIII - 1º Semestre 2019 - Estudos Contemporâneos

 Organizadores: José Manuel Almudí Cid e Ignacio García VitoriaISBN: 978853628996-0Páginas: 578Publicado em: 28/06/2019

Versão impressa

R$ 229,90em 6x de R$ 38,32Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 159,90em 6x de R$ 26,65Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Acceso a la Justicia y Debido Proceso - Teoría y Práctica, Gerardo Bernales Rojas
Doutrina Estrangeira

Acceso a la Justicia y Debido Proceso - Teoría y Práctica

 Gerardo Bernales RojasISBN: 978853628940-3Páginas: 576Publicado em: 19/06/2019

Versão impressa

R$ 219,90em 6x de R$ 36,65Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 154,70em 6x de R$ 25,78Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Teoria do Ato Administrativo, André Parmo Folloni

Teoria do Ato Administrativo

 André Parmo FolloniISBN: 853621284-5Páginas: 138Publicado em: 11/09/2006

Versão impressa

R$ 49,90 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Direito Administrativo Disciplinar - Volume I, Sandro Lucio Dezan

Direito Administrativo Disciplinar - Volume I

 Sandro Lucio DezanISBN: 978853624335-1Páginas: 370Publicado em: 29/07/2013

Versão impressa

R$ 139,90em 5x de R$ 27,98Adicionar ao
carrinho