Propaganda Eleitoral - Comentários Jurídicos - Atualizado pela Emenda Constitucional 111/2021, de 28.09.2021 (Minirreforma Eleitoral)

3ª Edição - Revista e Atualizada Newton Lins

Versão impressa

de R$ 159,90*
por R$ 151,91em 6x de R$ 25,32Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
de R$ 110,90*
por R$ 105,36em 4x de R$ 26,34Adicionar ao carrinho

* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel

Ficha técnica

Autor(es): Newton Lins

ISBN v. impressa: 978652630057-2

ISBN v. digital: 978652630025-1

Edição/Tiragem: 3ª Edição - Revista e Atualizada

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 464grs.

Número de páginas: 374

Publicado em: 05/09/2022

Área(s): Direito - Eleitoral

Versão Digital (eBook)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora - Juruá eBooks - para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 5 ou posterior
  • iOSiOS 8 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite download do livro em formato PDF;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

 • Mídias Sociais • Fake News • Liberdade de Expressão • Igualdade Étnica e de Gênero • Pesquisas Eleitorais • Publicidade de Governo em Ano Eleitoral

O autor, com a vivência de quem já exerceu cargos públicos relevantes e a presidência nacional e estadual de partido político por muitos anos, é advogado atuante nas lides eleitorais.

Nesta 3ª. edição, além dos fundamentos e da doutrina que norteiam a propaganda eleitoral, examina questões polêmicas relativas aos abusos no uso da propaganda institucional e da máquina governamental, mídias sociais, fake news, limites da liberdade de expressão e a questão da igualdade étnica e de gênero.

O autor empresta sua experiência política, na interpretação da legislação, tal como efetivamente ocorre na prática cotidiana, sem se descuidar da pesquisa e do recurso científico, tornando a leitura clara e acessível a todos que participam diretamente do processo eleitoral.

Trata se de um trabalho paciente, elaborado com o empenho de quem atua no ramo, vivenciou a dinâmica interna partidária, e hoje auxilia operadores do direito eleitoral e advoga para candidatos, partidos, dirigentes partidários e empresas de comunicação e imprensa.

Autor(es)

NEWTON LINS

Nascido, em Salvador, Bahia, criou-se em Brasília, onde se graduou em Direito e Engenharia Florestal. Ainda jovem, teve a honra de conviver com expoentes do porte do Deputado Ulysses Guimarães, colaborando na área juvenil de sua campanha para a presidência da república, em 1989, como Coordenador Nacional na Área Juvenil de sua Campanha para a presidência da República. Exerceu presidência estadual de partido político durante 18 anos e nacional por 3 anos e meio, fato que proporcionou experiência em situações, tais como estratégia e planejamento partidário de comunicação, arrecadação de recursos, formulação de ajustes políticos e ainda, a administração de conflitos. A militância partidária, em seus vários níveis, desde 1984, somada ao conhecimento técnico-jurídico, proporcionou-lhe os meios necessários para transitar com desenvoltura e de forma diferenciada no Direito Eleitoral. Advogou em diversas campanhas de candidatos aos cargos de prefeito, deputado estadual, federal, senador e governador.

Sumário

ABREVIATURAS E SIGLAS USADAS, p. 31

1 INTRODUÇÃO, p. 33

A VONTADE DO POVO, p. 33

2 BREVE HISTÓRICO, p. 37

2.1 A DELEGAÇÃO DE PODER COMO PONTO DE PARTIDA, p. 37

2.2 O NASCIMENTO DA DEMOCRACIA E A ATUALIDADE DESSE FENÔMENO, p. 38

2.3 A VONTADE DO CIDADÃO NA DEMOCRACIA DIRETA E NA REPRESENTATIVA, p. 39

2.4 AS CONSULTAS POPULARES, p. 43

2.5 A DEMOCRACIA NO BRASIL E A LEGISLAÇÃO ELEITORAL E PARTIDÁRIA, p. 46

3 A SOBERANIA POPULAR COMO PRINCÍPIO FUNDAMENTAL DO DIREITO ELEITORAL, p. 49

3.1 SUFRÁGIO UNIVERSAL, p. 50

3.2 VOTO DIRETO, p. 52

3.3 VOTO SECRETO, p. 53

3.4 VOTO IGUAL, p. 54

3.5 VOTO LIVRE, p. 54

3.6 IGUALDADE DE CONDIÇÕES ENTRE OS CANDIDATOS, p. 56

4 A PROPAGANDA POLÍTICA, p. 59

4.1 CLASSIFICAÇÃO, p. 59

4.1.1 Propaganda Partidária, p. 61

4.1.2 Propaganda Intrapartidária, p. 63

4.1.3 As Federações de Partidos, p. 64

4.1.4 Propaganda Eleitoral, p. 66

4.1.5 Repercussões da Publicidade Governamental no Processo Eleitoral, p. 67

4.2 PRINCÍPIOS DA PROPAGANDA POLÍTICA, p. 68

4.2.1 Princípio da Legalidade, p. 68

4.2.2 Princípio da Liberdade, p. 69

4.2.3 Princípio da Responsabilidade, p. 69

4.2.4 Princípio da Disponibilidade, p. 70

4.2.5 Princípio do Controle Judicial da Propaganda, p. 70

4.2.6 Princípio Igualitário, p. 72

4.2.6.1 Aspectos gerais do princípio igualitários, p. 72

4.2.6.2 Ações afirmativas e medidas compensatórias, p. 72

4.2.6.2.1 Emenda Constitucional nº 111, de 28 de setembro de 2021, p. 72

4.2.6.2.2 Emenda Constitucional nº 117, de 5 de abril de 2022, p. 90

5 A PROPAGANDA ELEITORAL IRREGULAR E A CRIMINOSA, p. 99

6 ASPECTOS GENÉRICOS DA PROPAGANDA ELEITORAL, p. 101

6.1 PERÍODO DA PROPAGANDA ELEITORAL - CONSIDERAÇÕES, p. 101

6.2 A PROPAGANDA ELEITORAL ANTECIPADA E LIBERDADE DE EXPRESSÃO, p. 104

6.2.1 Considerações Prévias a Respeito do Tema, p. 104

6.2.2 Breve Escopo Histórico de Evolução da Norma, p. 106

6.2.3 Distinção Entre Livre Manifestação e Propaganda Antecipada, p. 110

6.3 OBRIGATORIEDADE DA MENÇÃO DA SIGLA/LEGENDA PARTIDÁRIA, DO USO DA LÍNGUA NACIONAL E OS MEIOS PUBLICITÁRIOS NÃO ADMITIDOS NA PROPAGANDA ELEITORAL, p. 118

6.4 PROPAGANDA POLÍTICA NÃO TOLERADA, p. 121

6.4.1 De Guerra, de Processos Violentos Para Subverter o Regime, a Ordem Política e Social ou de Preconceitos de Raça ou de Classes, p. 123

6.4.2 Que Provoque Animosidade Entre as Forças Armadas ou Contra Elas, ou Delas Contra as Classes e Instituições Civis, p. 124

6.4.3 De Incitamento de Atentado Contra Pessoa ou Bens, p. 125

6.4.4 De Instigação à Desobediência Coletiva ao Cumprimento da Lei de Ordem Pública, p. 126

6.4.5 Que Implique Oferecimento, Promessa ou Solicitação de Dinheiro, Dádiva, Rifa, Sorteio ou Vantagem de Qualquer Natureza, p. 127

6.4.6 Que Perturbe o Sossego Público, com Algazarra ou Abusos de Instrumentos Sonoros ou Sinais Acústicos, p. 128

6.4.7 Por Meio de Impressos ou de Objeto que Pessoa Inexperiente ou Rústica Possa Confundir com Moeda, p. 130

6.4.8 Que Prejudique a Higiene e a Estética Urbana ou Contravenha a Posturas Municipais ou a Outra Qualquer Restrição de Direito, p. 131

6.4.9 Que Caluniar, Difamar ou Injuriar Quaisquer Pessoas, Bem como Órgãos ou Entidades que Exerçam Autoridade Pública, p. 131

6.5 ATOS PÚBLICOS: NÃO DEPENDÊNCIA DE LICENÇA PRÉVIA, p. 135

6.5.1 Recintos Abertos, Recintos Fechados, Locais Abertos ao Público, p. 135

6.5.2 Comícios, Showmícios e Shows para Angariar Fundos de Campanha, p. 136

6.5.2.1 Comícios, p. 136

6.5.2.2 Showmícios, p. 139

6.5.2.3 Shows e "lives" para arrecadação de recursos para campanha eleitoral, p. 140

6.6 NÃO INCIDÊNCIA DE MULTA OU CERCEAMENTO PELO PODER DE POLÍCIA, p. 141

6.7 USO DA IDENTIDADE PÚBLICA, p. 143

6.8 A "LEI DOS BISPOS" - COMBATE À COMPRA DE VOTOS, p. 145

7 OS VÁRIOS MEIOS DE DISSEMINAÇÃO DA PROPAGANDA, p. 149

7.1 CONSIDERAÇÕES SOBRE A PROPAGANDA EM BENS PÚBLICOS, p. 151

7.2 MANIFESTAÇÕES EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR, p. 153

7.3 CONSIDERAÇÕES SOBRE A PROPAGANDA EM BENS PARTICULARES, p. 159

7.4 A IDENTIFICAÇÃO NAS PROPAGANDAS IMPRESSAS, p. 162

7.5 PROPAGANDA ELEITORAL MEDIANTE O USO DE ALTO-FALANTES, p. 163

7.6 PROPAGANDA EM OUTDOOR, p. 163

7.7 LOCAIS DE AFIXAÇÃO DE PROPAGANDA VISUAL, p. 164

7.7.1 Placas Assemelhadas a Outdoors em Terrenos Particulares, p. 164

7.7.2 Leito de Rua ou Rodovia e Barrancos de Corte de Estradas, p. 164

7.7.3 Placas de Trânsito, p. 165

7.7.4 Postes de Iluminação Pública, Viadutos, Passarelas e Pontes, p. 165

7.7.5 Árvores, p. 166

7.7.6 Dependências, Janelas ou Fachadas de Edifícios Públicos, p. 166

7.7.7 Estádios, Ginásios, Cinemas e Casas Públicas e Privadas de Shows, p. 167

7.7.8 Muros e Fachadas, p. 168

7.7.9 Sedes de Partidos e Comitês de Campanha, p. 168

7.7.10 Veículos Particulares, p. 169

7.7.11 Carros Públicos, p. 171

7.7.12 Táxis e Ônibus, p. 171

7.7.13 A Propaganda ao Longo das Vias Públicas, p. 172

7.8 PROPAGANDA ELEITORAL NA IMPRENSA ESCRITA, p. 172

7.8.1 Quanto à Propaganda Paga na Imprensa, p. 173

7.8.2 Sítios da Internet Mantidos por Empresas Jornalísticas, p. 174

7.8.3 Quanto ao Conteúdo Jornalístico: a Liberdade Sem Abusos, p. 178

7.9 AS EMISSORAS DE RÁDIO E TELEVISÃO DURANTE AS ELEIÇÕES, p. 181

7.9.1 Exclusividade do Horário Gratuito como Meio de Propaganda no Rádio e na Televisão, p. 184

7.9.2 Procedimentos Vedados às Emissoras de Rádio e de Televisão com Imposição de Multa, p. 188

7.9.2.1 Disseminar imagens de realização de consulta popular de natureza eleitoral com identificação do entrevistado ou com manipulação de dados, p. 188

7.9.2.2 Usar ou produzir recursos de áudio ou vídeo que degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, bem como veicular programa com esse efeito, p. 189

7.9.2.3 Emitir opinião sobre candidato ou veicular propaganda política, p. 194

7.9.2.4 Privilegiar candidato, partido ou coligação, p. 195

7.9.2.5 Usar de propaganda subliminar na programação, p. 195

7.9.2.6 Divulgar nome que faça referência a candidato escolhido em convenção, seu nome ou variação nominal por ele adotada, p. 197

7.9.2.7 Candidato que exerce atividade de apresentador ou comentarista, p. 198

7.9.2.8 Penalidades, p. 199

7.9.3 A Extensão das Atividades das Emissoras de TV e de Rádio aos Sítios na Internet, p. 200

7.9.4 Debates na Televisão e no Rádio, p. 201

7.9.4.1 A organização do debate, p. 202

7.9.4.2 Quem pode participar do debate, p. 204

7.9.4.3 As ausências, p. 206

7.9.4.4 Subtitulação e audiodescrição, p. 208

7.9.4.5 Proporção de homens e mulheres, p. 210

7.9.4.6 Penalidades, p. 210

7.9.5 Propaganda Eleitoral Gratuita, p. 210

7.9.5.1 Horários reservados à propaganda no rádio e na televisão, p. 213

7.9.5.2 Prazo para entrega das mídias contendo propaganda às emissoras de rádio e televisão, p. 215

7.9.5.3 Distribuição do tempo de propaganda entre os partidos e coligações, p. 216

7.9.5.4 Fusões e incorporações partidárias, p. 217

7.9.5.5 Casos de redistribuição de tempo de propaganda, p. 217

7.9.5.6 Parcelas de tempo inferiores a trinta segundos, p. 219

7.9.5.7 Municípios sem emissora de rádio e de televisão, p. 219

7.9.5.8 Propaganda no segundo turno, p. 220

7.9.5.9 Ordem de veiculação, p. 221

7.9.5.10 A distribuição de tempo para mulheres e pessoas negras, p. 221

7.9.6 Inserções na Televisão e no Rádio, p. 222

7.9.6.1 Divisão do tempo das inserções entre as campanhas e os horários de veiculação, p. 223

7.9.6.2 Vedação de mensagens que degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação, p. 224

7.9.6.3 Plano de mídia, p. 225

7.9.7 Vedações nos Programas Eleitorais Gratuitos, p. 225

7.9.7.1 Cortes e censuras prévias, p. 226

7.9.7.2 Vedação de propaganda que degrade ou ridicularize candidato - com perda do direito à veiculação de propaganda no horário eleitoral do dia seguinte, p. 227

7.9.7.3 Quem pode participar dos programas de rádio e televisão destinados à propaganda eleitoral gratuita, p. 230

7.9.7.4 Vedações aos partidos, coligações ou candidatos com perda de tempo em dobro, p. 231

7.9.7.5 Suspensão da programação de emissora, p. 233

7.9.8 Sistemas de Televisão Sujeitos às Disposições da Lei, p. 234

7.10 PROPAGANDA POR TELEFONE - TELEMARKETING, p. 235

7.11 PROPAGANDA NO DIA DA ELEIÇÃO - "BOCA DE URNA", p. 235

8 PROPAGANDA ELEITORAL NA INTERNET, p. 239

8.1 CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES ACERCA DA PROPAGANDA NA INTERNET, p. 239

8.2 A NASCENTE PREOCUPAÇÃO COM A POLUIÇÃO NOS MEIOS DIGITAIS, p. 242

8.3 TEMAS E CONCEITOS FREQUENTEMENTE ABORDADOS NAS DECISÕES JUDICIAIS ACERCA DA PROPAGANDA ELEITORAL NA INTERNET, p. 244

8.3.1 Rastreamento, Identificação de IP, Compartilhamento, p. 245

8.3.2 Censura Prévia e Monitoramento, p. 248

8.3.3 Anonimato, Pseudônimo, Perfil Falso e Furto de Identidade, p. 251

8.3.4 Pedido Explícito de Voto, p. 255

8.3.5 Menor Interferência Possível e Abuso à Liberdade de Expressão, p. 260

8.3.6 Remoção de Conteúdo, Perda do Objeto e Perecimento do Interesse Processual, p. 262

8.4 A LEI GERAL DE PROTEÇÃO DE DADOS, p. 268

8.4.1 Consentimento para Envio de Propaganda por Mensagens Privadas, p. 269

8.4.2 Descadastramento, p. 270

8.4.3 Política de Privacidade, p. 270

8.4.4 Envio de Mensagens por Pessoa Natural Consensualmente ou em Grupos Restritos, p. 271

8.4.5 Disparo em Massa, p. 271

8.4.6 Doação de Bancos de Dados por Pessoa Natural, p. 271

8.4.7 Finalidade e Reaproveitamento de Bancos de Dados, p. 271

8.4.8 Raspagem de Dados a Partir de Redes Sociais, p. 272

8.4.9 Proteção aos Dados dos Candidatos, p. 272

8.4.10 Ilicitude Decorrente da Não Observância da LGPD, p. 274

8.5 PROPAGANDAS AUTORIZADAS NA INTERNET, p. 275

8.5.1 Blogs e Páginas, p. 276

8.5.2 Mensagens Eletrônicas, p. 277

8.5.3 Mensagens Eletrônicas Instantâneas, p. 277

8.5.4 Impulsionamento, p. 278

8.5.5 Cadastro de Impulsionamento, p. 280

8.6 VEDAÇÕES, p. 281

8.6.1 Sites de Pessoas Jurídicas, Sobretudo Sites Oficiais do Governo, p. 281

8.6.2 Propaganda Paga na Internet, p. 281

8.6.3 Disparo em Massa e Telemarketing, p. 281

8.6.4 Compra e Venda de Cadastros e a LGPD, p. 282

8.6.5 Intermediação Fraudulenta de Propaganda Eleitoral, p. 283

8.6.6 Perfis Falsos, p. 287

8.6.7 Simulacros de Notícias e Matérias Jornalísticas - Fake News, p. 289

8.6.8 Propaganda Antecipada e Antecipada Negativa, p. 293

8.6.9 Impulsionamento Negativo, p. 294

8.7 RECENTES TESES RELATIVAS AO ABUSO DE PODER E USO INDEVIDO DOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO NA INTERNET, p. 295

8.7.1 Breve Escopo Sobre Redes Sociais e Comunicação Social, p. 297

8.7.2 Tese do Poder Sancionador do TSE Frente à Dinâmica Evolutiva dos Meios de Comunicação, p. 309

8.7.3 Aspectos Constitucionais Quanto ao Abuso de Poder Eleitoral no Âmbito da Comunicação Social, p. 314

8.7.3.1 Internet como meio de comunicação social, p. 315

8.7.3.2 Gravidade da conduta vedada, p. 318

8.7.4 Tese do Poder Sancionador do TSE em Face de Ataques ao Sistema Eletrônico de Votação e à Democracia, p. 319

8.8 ATOS NÃO CONSIDERADOS COMO PROPAGANDA ELEITORAL, p. 323

8.8.1 Promoção Pessoal na Internet, p. 323

8.8.2 Manifestação Espontânea na Internet, p. 324

8.8.3 Manifestações da Imprensa, p. 326

9 DIREITO DE RESPOSTA, p. 331

9.1 PREVISÃO LEGAL, p. 331

9.2 LEGITIMIDADE ATIVA E PASSIVA NOS PEDIDOS DE DIREITO DE RESPOSTA, p. 332

9.3 PERÍODO ALCANÇADO E PRAZOS PARA REQUERER, p. 335

9.4 OFENSA POR INTERMÉDIO DA IMPRENSA ESCRITA, p. 336

9.5 OFENSA NA PROGRAMAÇÃO NORMAL DE RÁDIO E TELEVISÃO, p. 337

9.6 OFENSA NO HORÁRIO DA PROPAGANDA ELEITORAL GRATUITA, p. 339

9.7 OFENSA NA INTERNET, p. 341

9.8 NEXO E PROPORCIONALIDADE DA RESPOSTA, p. 342

9.9 DIREITO DE RESPOSTA EM CARÁTER DE URGÊNCIA, p. 344

9.10 RECURSO EM MATÉRIA DE DIREITO DE RESPOSTA, p. 344

9.11 SANÇÕES, p. 345

9.12 A SUSPENSÃO DA VEICULAÇÃO DAS MENSAGENS OFENSIVAS, p. 346

9.13 MENSAGENS FORA DE CONTEXTO, SUBLIMINARES E EDIÇÕES DE IMAGENS E SONS, p. 347

10 PESQUISAS ELEITORAIS, p. 349

10.1 CLASSIFICAÇÃO, p. 350

10.2 REGISTRO PRÉVIO, p. 352

10.3 PUBLICIDADE E ACESSO AOS DADOS DA PESQUISA, p. 353

10.4 PENALIDADES, p. 354

11 A PUBLICIDADE OFICIAL EM ANO ELEITORAL, p. 357

11.1 PUBLICIDADE, PUBLICIDADE COMERCIAL, PROPAGANDA E PROPAGANDA POLÍTICA, p. 358

11.2 A IMPESSOALIDADE DA PUBLICIDADE INSTITUCIONAL, p. 360

11.3 O ORÇAMENTO DESTINADO À PROPAGANDA INSTITUCIONAL GOVERNAMENTAL, p. 362

11.4 JUSTIÇA ELEITORAL E JUSTIÇA COMUM, p. 364

REFERÊNCIAS, p. 367

Recomendações

Capa do livro: Manual das Eleições, Coordenadores: Fernando Gustavo Knoerr e Viviane Coêlho de Séllos-Knoerr

Manual das Eleições

 Coordenadores: Fernando Gustavo Knoerr e Viviane Coêlho de Séllos-KnoerrISBN: 978652630391-7Páginas: 192Publicado em: 06/03/2023

Versão impressa

de R$ 89,90* porR$ 85,41em 3x de R$ 28,47Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 64,70* porR$ 61,47em 2x de R$ 30,73Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Direito Eleitoral Internacional e Comunitário, Rogério Carlos Born

Direito Eleitoral Internacional e Comunitário

3ª Edição Revista e AtualizadaRogério Carlos BornISBN: 978853624764-9Páginas: 160Publicado em: 05/08/2014

Versão impressa

de R$ 79,90* porR$ 75,91em 3x de R$ 25,30Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 57,70* porR$ 54,82em 2x de R$ 27,41Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Eleições Não São Para Principiantes, Coordenador: Adriano Oliveira

Eleições Não São Para Principiantes

 Coordenador: Adriano OliveiraISBN: 978853624736-6Páginas: 286Publicado em: 15/07/2014

Versão impressa

de R$ 129,90* porR$ 103,92em 4x de R$ 25,98Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 89,90* porR$ 71,92em 2x de R$ 35,96Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Corrupção Eleitoral, Evânio Moura

Corrupção Eleitoral

 Evânio MouraISBN: 978853628418-7Páginas: 314Publicado em: 24/10/2018

Versão impressa

de R$ 149,90* porR$ 142,41em 5x de R$ 28,48Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 104,70* porR$ 99,47em 3x de R$ 33,16Adicionar eBook
ao carrinho