Direito Administrativo Municipal

Coordenadores: Fábio Lins de Lessa Carvalho, Filipe Lôbo Gomes, Janaina Helena de Freitas, Ricardo Schneider Rodrigues

Versão impressa

por R$ 189,90em 6x de R$ 31,65Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
de R$ 134,70*
por R$ 114,50em 4x de R$ 28,62Adicionar ao carrinho

* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel

Ficha técnica

Autor(es): Coordenadores: Fábio Lins de Lessa Carvalho, Filipe Lôbo Gomes, Janaina Helena de Freitas, Ricardo Schneider Rodrigues

ISBN v. impressa: 978652630203-3

ISBN v. digital: 978652630129-6

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 538grs.

Número de páginas: 434

Publicado em: 18/10/2022

Área(s): Direito - Administrativo

Versão Digital (eBook)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora - Juruá eBooks - para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 5 ou posterior
  • iOSiOS 8 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite download do livro em formato PDF;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

“Diante dos grandes desafios da gestão pública municipal, o livro Direito Administrativo Municipal enfrenta temas demais instigantes para o leitor que pretende aprofundar muitas dessas questões. O texto foi dividido em relevantes partes, como: i) controle da administração pública municipal; ii) serviços públicos nos municípios; iii) administração pública municipal e finanças; iv) novas tecnologias, inovação, compliance e governança nos municípios; v) ajustes administrativos nos municípios e vi) administração municipal e urbanismo. Como se pode perceber, as escolhas e temas desenvolvidos em cada uma das partes demonstra tratar-se de um livro maduro, instigante e ousado. Meus sinceros cumprimentos a todos os organizadores, autores e autoras por tratarem de modo denso, em linguagem leve e de fácil compreensão, das imbricações entre o Direito Administrativo e o Direito Municipal. O Direito Administrativo Brasileiro merecia essa distinção.”  (Rodrigo Valgas dos Santos, prefaciador do livro).

“No contexto nacional, percebe-se com clareza e lamento a quase total ausência de estudos avançados e específicos sobre o Direito Administrativo Municipal. É exatamente esta lacuna que este livro pretende ocupar: realizar investigações sobre a aplicação das normas e institutos do Direito Administrativo no âmbito da Administração Pública Municipal, que, no Brasil, seja por sua grandiosidade (5.570 municípios), por sua relevância cada vez mais acentuada (especialmente após a Constituição de 1988, que ampliou suas competências) e por suas peculiaridades (jurídicas, administrativas, financeiras, políticas e culturais), exige um tratamento cada vez mais apropriado por parte dos publicistas e administrativistas. O livro que ora se apresenta analisa as temáticas mais atuais do Direito Administrativo Municipal: o papel do controle interno, o Direito Administrativo do Medo, a governança no âmbito municipal, a transferência de concessão de serviço público, o novo marco regulatório do saneamento básico, o princípio da deferência a ser observado pelos órgãos de controle, a competência federativa tripartite, o orçamento participativo eletrônico, a insustentabilidade financeira como critério para extinção de municípios, as smart cities, a inovação e o compliance nos municípios, a capacitação dos servidores públicos municipais, os convênios e contratos administrativos sustentáveis, questões urbanísticas, dentre outras.” (Fábio Lins de Lessa Carvalho, coordenador do livro). 

Autor(es)

COORDENADORES

FÁBIO LINS DE LESSA CARVALHO

Doutor em Direito Administrativo pela Universidad de Salamanca (Espanha). Mestre em Direito Público pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professor Associado da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e do Centro Universitário CESMAC. Procurador do Estado de Alagoas. Presidente do Instituto de Direito Administrativo de Alagoas (IDAA). Advogado.

FILIPE LÔBO GOMES 

Doutor em Estado, Regulação e Tributação Indutora pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professor da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Alagoas e do CESMAC, lecionando na Graduação e no Mestrado. Procurador-Geral do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas. 

JANAINA HELENA DE FREITAS 

Doutoranda em Ciências Jurídicas pela Universidade Federal Fluminense. Mestra em Direito Público pela Universidade Federal de Alagoas. Diretora de Pesquisa e Publicações do Instituto de Direito Administrativo de Alagoas (IDAA). Professora universitária e advogada. 

RICARDO SCHNEIDER RODRIGUES 

Pós-Doutorando pelo Grupo de Pesquisas SmartCitiesBr-EACH da Universidade de São Paulo. Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Mestre em Direito Público pela Universidade Federal de Alagoas. Coordenador Adjunto do Curso de Direito e Professor Titular de Direito do Centro Universitário Cesmac (Graduação, Especialização e Mestrado). Vice-Presidente do Instituto de Direito Administrativo de Alagoas (IDAA). Procurador do Ministério Público de Contas de Alagoas. 

COLABORADORES:

Alberto Eduardo Cavalcante Fragoso

Ana Carla Bliacheriene

Arykoerne Lima Barbosa

Caio Lucas Valença Costa Buarque

Carlos Roberto Lima Marques da Silva

Cláudia Cristina de Melo Pereira

Daniel Allan Miranda Borba

Delano Sobral Rolim

Delson Lyra da Fonseca

Douglas Scoot dos Santos Lessa

Emanuel Victor Duarte Barbosa

Fábio Lins de Lessa Carvalho

Fábio Manoel Fragoso Bittencourt Araújo

Fátima L. S. Nunes

Felipe Bruno Calheiros Costa

Fernanda Karoline Oliveira Calixto

Filipe Lôbo Gomes

Flávia Caroline Amorim

Holmes Nogueira Bezerra Naspolini

Janaina Helena de Freitas

José Franklin Toledo de Lima Filho

José Tenório Nunes Filho

Julio Caio Cesar Rodrigues Vasconcelos Sobrinho

Juniely Batista da Silva

Kézia Sayonara Franco Rodrigues Medeiros

Larissa Helena Correia Silva

Leandro da Silva Monteiro

Lindineide Oliveira Cardoso

Lucas Rosendo Silva

Luciano Vieira de Araújo

Marcus Rômulo Maia de Mello

Natália Purcina Bezerra Reis

Nayanne Lays de Oliveira Lima

Rafael Paiva de Almeida

Rayana Lins Alves

Reinaldo Lessa de Carvalho Neto

Renata Cristina Vasconcelos Pacheco

Ricardo Schneider Rodrigues

Rodrigo Siqueira Cavalcante

Sumário

Primeira Parte - CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL, p. 15

CONTROLES INTERNOS DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL: A INCIDÊNCIA DO CONTROLE CONSENSUAL - Fernanda Karoline Oliveira Calixto, p. 17

A PROCURADORIA MUNICIPAL COMO FUNÇÃO ESSENCIAL AO CONTROLE - Rafael Paiva de Almeida, p. 29

APLICAÇÃO DO PRINCÍPIO DA SEGREGAÇÃO DE FUNÇÕES COMO FERRAMENTA DE CONTROLE INTERNO NO ÂMBITO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL - Larissa Helena Correia Silva / Flávia Caroline Amorim, p. 45

O CONTROLE INTERNO COMO INSTRUMENTO DE AMADURECIMENTO E IMPLANTAÇÃO DA GOVERNANÇA PÚBLICA MUNICIPAL - Arykoerne Lima Barbosa, p. 55

A BUSCA PELA EFICIÊNCIA DO GESTOR PÚBLICO MUNICIPAL E O DEVER DE OBSERVÂNCIA AO PRINCÍPIO DA DEFERÊNCIA ADMINISTRATIVA PELOS ÓRGÃOS DE CONTROLE - Reinaldo Lessa de Carvalho Neto, p. 69

(DES)NECESSIDADE DE DEMONSTRAÇÃO DO ELEMENTO SUBJETIVO (DOLO OU CULPA GRAVE/ERRO GROSSEIRO) PARA A IMPUTAÇÃO DO DEVER DE RECOMPOSIÇÃO DE DANO AO ERÁRIO: ANÁLISE AO POSICIONAMENTO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO - Holmes Nogueira Bezerra Naspolini, p. 83

DIREITO ADMINISTRATIVO DO MEDO E SUAS IMPLICAÇÕES NO ÂMBITO MUNICIPAL - Caio Lucas Valença Costa Buarque / Lucas Rosendo Silva, p. 97

Segunda Parte - SERVIÇOS PÚBLICOS NOS MUNICÍPIOS, p. 109

O NOVO MARCO REGULATÓRIO DO SANEAMENTO E OS RISCOS À AUTONOMIA FEDERATIVA DOS MUNICÍPIOS - Felipe Bruno Calheiros Costa, p. 111

A TRANSFERÊNCIA DE CONCESSÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS E O NOVO ENTENDIMENTO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL - Renata Cristina Vasconcelos Pacheco, p. 123

RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DO CONCESSIONÁRIO PRIVADO: REFLEXÕES À LUZ DO NOVO MARCO LEGAL DO SANEAMENTO BÁSICO - José Franklin Toledo de Lima Filho, p. 135

O SERVIÇO PÚBLICO DE TRANSPORTE COLETIVO DE PASSAGEIROS URBANO E O MUNICÍPIO: QUESTÕES ACERCA DAS INOVAÇÕES LEGISLATIVAS, A PARTIR DE CASOS DO MUNICÍPIO DE MACEIÓ - José Tenório Nunes Filho, p. 149

A COMPETÊNCIA FEDERATIVA TRIPARTITE MODULADA PELO PECULIAR INTERESSE DOS MUNICÍPIOS - Delson Lyra da Fonseca, p. 165

A ATUAÇÃO E A CLASSIFICAÇÃO DOS PROCONS NA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO DE MACEIÓ - Nayanne Lays de Oliveira Lima, p. 177

Terceira Parte - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL E FINANÇAS, p. 189

O ORÇAMENTO PARTICIPATIVO ELETRÔNICO COMO FORMA DE EFETIVAÇÃO E CONTROLE DAS FINANÇAS MUNICIPAIS - Leandro da Silva Monteiro, p. 191

A INSUSTENTABILIDADE FINANCEIRA COMO CRITÉRIO PARA A EXTINÇÃO DE MUNICÍPIOS: UM ESTUDO SOBRE A PEC 188/2019 E SEUS IMPACTOS EM ALAGOAS - Julio Caio Cesar Rodrigues Vasconcelos Sobrinho, p. 201

A NÃO INCLUSÃO DA CONTRIBUIÇÃO DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA NA BASE DE CÁLCULO DO LIMITE DE DESPESA CONSTITUCIONAL DA CÂMARA MUNICIPAL - Rodrigo Siqueira Cavalcante / Rayana Lins Alves, p. 215

Quarta Parte - NOVAS TECNOLOGIAS, INOVAÇÃO, COMPLIANCE & GOVERNANÇA NOS MUNICÍPIOS, p. 233

SMART CITIES E A TRANSIÇÃO DIGITAL DOS GOVERNOS MUNICIPAIS DO BRASIL - Ricardo Schneider Rodrigues / Ana Carla Bliacheriene / Luciano Vieira de Araújo / Fátima L. S. Nunes, p. 235

A NECESSIDADE DE INVESTIMENTOS EM INOVAÇÃO PARA MODERNIZAÇÃO DOS MUNICÍPIOS - Lindineide Oliveira Cardoso / Cláudia Cristina de Melo Pereira, p. 249

COMPLIANCE E OS MECANISMOS DE AÇÃO PROCESSUAL À DISPOSIÇÃO DO CIDADÃO PARA FISCALIZAR E CONTROLAR A MORALIDADE ADMINISTRATIVA - Douglas Scoot dos Santos Lessa, p. 257

FERRAMENTAS DE GOVERNANÇA APLICADAS NA GESTÃO DE OBRAS PÚBLICAS - Juniely Batista da Silva, p. 273

A CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS COMO CONDIÇÃO DE DESENVOLVIMENTO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS - Fábio Lins de Lessa Carvalho, p. 287

O USO DO NUDGE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL: PERSPECTIVAS, IMPLICAÇÕES E INGERÊNCIAS JURÍDICAS - Kézia Sayonara Franco Rodrigues Medeiros, p. 301

Quinta Parte - LICITAÇÕES E AJUSTES ADMINISTRATIVOS NOS MUNICÍPIOS, p. 317

REGIME JURÍDICO DOS CONVÊNIOS ADMINISTRATIVOS: UMA ANÁLISE FULCRADA NO NOVO MARCO REGULATÓRIO DAS TRANSFERÊNCIAS VOLUNTÁRIAS (LEI 13.019/2014) - Filipe Lôbo Gomes / Natália Purcina Bezerra Reis, p. 319

MANUTENÇÃO DO EQUILÍBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO NO SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS - Caio Lucas Valença Costa Buarque / Emanuel Victor Duarte Barbosa, p. 329

CONTRATAÇÃO PÚBLICA SUSTENTÁVEL E ESTRATÉGICA COMO INSTRUMENTO DE FOMENTO ÀS ECONOMIAS LOCAIS E REGIONAIS E A ECONOMIA CIRCULAR - Delano Sobral Rolim, p. 345

A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO TÉCNICO PRELIMINAR NAS CONTRATAÇÕES PÚBLICAS MUNICIPAIS - Carlos Roberto Lima Marques da Silva / Fábio Manoel Fragoso Bittencourt Araújo, p. 357

Sexta Parte - ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL & URBANISMO, p. 373

A EXIGÊNCIA DE ´PERMIT´ PARA A REALIZAÇÃO DE COMPETIÇÕES DESPORTIVAS EM VIAS PÚBLICAS - Marcus Rômulo Maia de Mello, p. 375

ASPECTOS SOBRE AS NORMAS URBANÍSTICAS DO MUNICÍPIO DE MACEIÓ E SUA ADEQUAÇÃO COM A REALIDADE DA CIDADE - Daniel Allan Miranda Borba / Janaina Helena de Freitas, p. 385

OS CONTORNOS DO EXERCÍCIO DO DIREITO À PROPRIEDADE IMOBILIÁRIA EM ÁREAS URBANAS CONSOLIDADAS - Alberto Eduardo Cavalcante Fragoso, p. 397

Índice alfabético

A

  • A atuação e a classificação dos PROCONs na organização administrativa do município de Maceió. Nayanne Lays de Oliveira Lima, p. 177
  • A busca pela eficiência do gestor público municipal e o dever de observância ao princípio da deferência administrativa pelos órgãos de controle. Reinaldo Lessa de Carvalho Neto, p. 69
  • A capacitação dos servidores públicos como condição de desenvolvimento dos municípios brasileiros. Fábio Lins de Lessa Carvalho, p. 287
  • A competência federativa tripartite modulada pelo peculiar interesse dos municípios. Delson Lyra da Fonseca, p. 165
  • A exigência de "permit" para a realização de competições desportivas em vias públicas. Marcus Rômulo Maia de Mello, p. 375
  • A importância do estudo técnico preliminar nas contratações públicas municipais. Carlos Roberto Lima Marques da Silva / Fábio Manoel Fragoso Bittencourt Araújo, p. 357
  • A insustentabilidade financeira como critério para a extinção de municípios: um estudo sobre a PEC 188/2019 e seus impactos em Alagoas. Julio Caio Cesar Rodrigues Vasconcelos Sobrinho, p. 201
  • A não inclusão da contribuição de iluminação pública na base de cálculo do limite de despesa constitucional da Câmara Municipal. Rodrigo Siqueira Cavalcante / Rayana Lins Alves, p. 215
  • A necessidade de investimentos em inovação para modernização dos municípios. Lindineide Oliveira Cardoso / Cláudia Cristina de Melo Pereira, p. 249
  • A Procuradoria Municipal como função essencial ao controle. Rafael Paiva de Almeida, p. 29
  • A transferência de concessão de serviços públicos e o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal. Renata Cristina Vasconcelos Pacheco, p. 123
  • Ação processual. Compliance e os mecanismos de ação processual à disposição do cidadão para fiscalizar e controlar a moralidade administrativa. Douglas Scoot dos Santos Lessa, p. 257
  • Administração municipal & urbanismo, p. 373
  • Administração municipal. Controles internos da administração municipal: a incidência do controle consensual. Fernanda Karoline Oliveira Calixto, p. 17
  • Administração pública municipal e finanças, p. 189
  • Administração pública municipal. Aplicação do princípio da segregação de funções como ferramenta de controle interno no âmbito da administração pública municipal. Larissa Helena Correia Silva / Flávia Caroline Amorim, p. 45
  • Administração pública municipal. Controle, p. 15
  • Administração pública municipal. O uso do nudge na administração pública municipal: perspectivas, implicações e ingerências jurídicas. Kézia Sayonara Franco Rodrigues Medeiros, p. 301
  • Ajuste administrativo. Licitações e ajustes administrativos nos municípios, p. 317
  • Alberto Eduardo Cavalcante Fragoso. Os contornos do exercício do direito à propriedade imobiliária em áreas urbanas consolidadas, p. 397
  • Ana Carla Bliacheriene. Smart cities e a transição digital dos governos municipais do Brasil. Ricardo Schneider Rodrigues / Ana Carla Bliacheriene / Luciano Vieira de Araújo / Fátima L. S Nunes, p. 235
  • Aplicação do princípio da segregação de funções como ferramenta de controle interno no âmbito da administração pública municipal. Larissa Helena Correia Silva / Flávia Caroline Amorim, p. 45
  • Áreas urbanas consolidadas. Os contornos do exercício do direito à propriedade imobiliária em áreas urbanas consolidadas. Alberto Eduardo Cavalcante Fragoso, p. 397
  • Arykoerne Lima Barbosa. O controle interno como instrumento de amadurecimento e implantação da governança pública municipal, p. 55
  • Aspectos sobre as normas urbanísticas do município de Maceió e sua adequação com a realidade da cidade. Daniel Allan Miranda Borba / Janaina Helena de Freitas, p. 385
  • Autonomia federativa. O novo marco regulatório do saneamento e os riscos à autonomia federativa dos municípios. Felipe Bruno Calheiros Costa, p. 111

C

  • Caio Lucas Valença Costa Buarque. Direito administrativo do medo e suas implicações no âmbito municipal. Caio Lucas Valença Costa Buarque / Lucas Rosendo Silva, p. 97
  • Caio Lucas Valença Costa Buarque. Manutenção do equilíbrio econômico-financeiro no sistema de registro de preços. Caio Lucas Valença Costa Buarque / Emanuel Victor Duarte Barbosa, p. 329
  • Câmara Municipal. A não inclusão da contribuição de iluminação pública na base de cálculo do limite de despesa constitucional da Câmara Municipal. Rodrigo Siqueira Cavalcante / Rayana Lins Alves, p. 215
  • Capacitação dos servidores públicos como condição de desenvolvimento dos municípios brasileiros. Fábio Lins de Lessa Carvalho, p. 287
  • Carlos Roberto Lima Marques da Silva. A importância do estudo técnico preliminar nas contratações públicas municipais. Carlos Roberto Lima Marques da Silva / Fábio Manoel Fragoso Bittencourt Araújo, p. 357
  • Cláudia Cristina de Melo Pereira. A necessidade de investimentos em inovação para modernização dos municípios. Lindineide Oliveira Cardoso / Cláudia Cristina de Melo Pereira, p. 249
  • Competência federativa tripartite modulada pelo peculiar interesse dos municípios. Delson Lyra da Fonseca, p. 165
  • Competições desportivas em vias públicas. A exigência de "permit" para a realização de competições desportivas em vias públicas. Marcus Rômulo Maia de Mello, p. 375
  • Compliance e os mecanismos de ação processual à disposição do cidadão para fiscalizar e controlar a moralidade administrativa. Douglas Scoot dos Santos Lessa, p. 257
  • Compliance. Novas tecnologias, inovação, compliance & governança nos municípios, p. 233
  • Concessão de serviço público. A transferência de concessão de serviços públicos e o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal. Renata Cristina Vasconcelos Pacheco, p. 123
  • Consumidor. A atuação e a classificação dos PROCONs na organização administrativa do município de Maceió. Nayanne Lays de Oliveira Lima, p. 177
  • Contornos do exercício do direito à propriedade imobiliária em áreas urbanas consolidadas. Alberto Eduardo Cavalcante Fragoso, p. 397
  • Contratação pública municipal. A importância do estudo técnico preliminar nas contratações públicas municipais. Carlos Roberto Lima Marques da Silva / Fábio Manoel Fragoso Bittencourt Araújo, p. 357
  • Contratação pública sustentável e estratégica como instrumento de fomento às economias locais e regionais e a economia circular. Delano Sobral Rolim, p. 345
  • Controle consensual. Controles internos da administração municipal: a incidência do controle consensual. Fernanda Karoline Oliveira Calixto, p. 17
  • Controle da administração pública municipal, p. 15
  • Controle interno como instrumento de amadurecimento e implantação da governança pública municipal. Arykoerne Lima Barbosa, p. 55
  • Controle interno. Aplicação do princípio da segregação de funções como ferramenta de controle interno no âmbito da administração pública municipal. Larissa Helena Correia Silva / Flávia Caroline Amorim, p. 45
  • Controles internos da administração municipal: a incidência do controle consensual. Fernanda Karoline Oliveira Calixto, p. 17
  • Convênio administrativo. Regime jurídico dos convênios administrativos: uma análise fulcrada no novo marco regulatório das transferências voluntárias (Lei 13.019/2014). Filipe Lôbo Gomes / Natália Purcina Bezerra Reis, p. 319
  • Culpa grave. (Des)necessidade de demonstração do elemento subjetivo (dolo ou culpa grave / erro grosseiro) para a imputação do dever de recomposição de dano ao erário: análise ao posicionamento do Tribunal de Contas da União. Holmes Nogueira Bezerra Naspolini, p. 83

D

  • Daniel Allan Miranda Borba. Aspectos sobre as normas urbanísticas do município de Maceió e sua adequação com a realidade da cidade. Daniel Allan Miranda Borba / Janaina Helena de Freitas, p. 385
  • Dano ao erário. (Des)necessidade de demonstração do elemento subjetivo (dolo ou culpa grave / erro grosseiro) para a imputação do dever de recomposição de dano ao erário: análise ao posicionamento do Tribunal de Contas da União. Holmes Nogueira Bezerra Naspolini, p. 83
  • Delano Sobral Rolim. Contratação pública sustentável e estratégica como instrumento de fomento às economias locais e regionais e a economia circular, p. 345
  • Delson Lyra da Fonseca. A competência federativa tripartite modulada pelo peculiar interesse dos municípios, p. 165
  • Desenvolvimento dos municípios. A capacitação dos servidores públicos como condição de desenvolvimento dos municípios brasileiros. Fábio Lins de Lessa Carvalho, p. 287
  • (Des)necessidade de demonstração do elemento subjetivo (dolo ou culpa grave / erro grosseiro) para a imputação do dever de recomposição de dano ao erário: análise ao posicionamento do Tribunal de Contas da União. Holmes Nogueira Bezerra Naspolini, p. 83
  • Despesa constitucional. A não inclusão da contribuição de iluminação pública na base de cálculo do limite de despesa constitucional da Câmara Municipal. Rodrigo Siqueira Cavalcante / Rayana Lins Alves, p. 215
  • Direito administrativo do medo e suas implicações no âmbito municipal. Caio Lucas Valença Costa Buarque / Lucas Rosendo Silva, p. 97
  • Dolo. (Des)necessidade de demonstração do elemento subjetivo (dolo ou culpa grave / erro grosseiro) para a imputação do dever de recomposição de dano ao erário: análise ao posicionamento do Tribunal de Contas da União. Holmes Nogueira Bezerra Naspolini, p. 83
  • Douglas Scoot dos Santos Lessa. Compliance e os mecanismos de ação processual à disposição do cidadão para fiscalizar e controlar a moralidade administrativa, p. 257

E

  • Economias locais e regionais e a economia circular. Contratação pública sustentável e estratégica como instrumento de fomento às economias locais e regionais e a economia circular. Delano Sobral Rolim, p. 345
  • Eficiência. A busca pela eficiência do gestor público municipal e o dever de observância ao princípio da deferência administrativa pelos órgãos de controle. Reinaldo Lessa de Carvalho Neto, p. 69
  • Emanuel Victor Duarte Barbosa. Manutenção do equilíbrio econômico-financeiro no sistema de registro de preços. Caio Lucas Valença Costa Buarque / Emanuel Victor Duarte Barbosa, p. 329
  • Equilíbrio econômico-financeiro. Manutenção do equilíbrio econômico-financeiro no sistema de registro de preços. Caio Lucas Valença Costa Buarque / Emanuel Victor Duarte Barbosa, p. 329
  • Erro grosseiro. (Des)necessidade de demonstração do elemento subjetivo (dolo ou culpa grave / erro grosseiro) para a imputação do dever de recomposição de dano ao erário: análise ao posicionamento do Tribunal de Contas da União. Holmes Nogueira Bezerra Naspolini, p. 83
  • Exigência de "permit" para a realização de competições desportivas em vias públicas. Marcus Rômulo Maia de Mello, p. 375
  • Extinção dos municípios. A insustentabilidade financeira como critério para a extinção de municípios: um estudo sobre a PEC 188/2019 e seus impactos em Alagoas. Julio Caio Cesar Rodrigues Vasconcelos Sobrinho, p. 201

F

  • Fábio Lins de Lessa Carvalho. A capacitação dos servidores públicos como condição de desenvolvimento dos municípios brasileiros, p. 287
  • Fábio Manoel Fragoso Bittencourt Araújo. A importância do estudo técnico preliminar nas contratações públicas municipais. Carlos Roberto Lima Marques da Silva / Fábio Manoel Fragoso Bittencourt Araújo, p. 357
  • Fátima L. S Nunes. Smart cities e a transição digital dos governos municipais do Brasil. Ricardo Schneider Rodrigues / Ana Carla Bliacheriene / Luciano Vieira de Araújo / Fátima L. S Nunes, p. 235
  • Felipe Bruno Calheiros Costa. O novo marco regulatório do saneamento e os riscos à autonomia federativa dos municípios, p. 111
  • Fernanda Karoline Oliveira Calixto. Controles internos da administração municipal: a incidência do controle consensual, p. 17
  • Ferramentas de governança aplicadas na gestão de obras públicas. Juniely Batista da Silva, p. 273
  • Filipe Lôbo Gomes. Regime jurídico dos convênios administrativos: uma análise fulcrada no novo marco regulatório das transferências voluntárias (Lei 13.019/2014). Filipe Lôbo Gomes / Natália Purcina Bezerra Reis, p. 319
  • Finança. Administração pública municipal e finanças, p. 189
  • Finança. O orçamento participativo eletrônico como forma de efetivação e controle das finanças municipais. Leandro da Silva Monteiro, p. 191
  • Flávia Caroline Amorim. Aplicação do princípio da segregação de funções como ferramenta de controle interno no âmbito da administração pública municipal. Larissa Helena Correia Silva / Flávia Caroline Amorim, p. 45
  • Função essencial ao controle. A Procuradoria Municipal como função essencial ao controle. Rafael Paiva de Almeida, p. 29

G

  • Gestão de obras públicas. Ferramentas de governança aplicadas na gestão de obras públicas. Juniely Batista da Silva, p. 273
  • Gestor público municipal. A busca pela eficiência do gestor público municipal e o dever de observância ao princípio da deferência administrativa pelos órgãos de controle. Reinaldo Lessa de Carvalho Neto, p. 69
  • Governança pública municipal. O controle interno como instrumento de amadurecimento e implantação da governança pública municipal. Arykoerne Lima Barbosa, p. 55
  • Governança. Ferramentas de governança aplicadas na gestão de obras públicas. Juniely Batista da Silva, p. 273
  • Governança. Novas tecnologias, inovação, compliance & governança nos municípios, p. 233

H

  • Holmes Nogueira Bezerra Naspolini. (Des)necessidade de demonstração do elemento subjetivo (dolo ou culpa grave / erro grosseiro) para a imputação do dever de recomposição de dano ao erário: análise ao posicionamento do Tribunal de Contas da União, p. 83

I

  • Iluminação pública. A não inclusão da contribuição de iluminação pública na base de cálculo do limite de despesa constitucional da Câmara Municipal. Rodrigo Siqueira Cavalcante / Rayana Lins Alves, p. 215
  • Ingerência jurídica. O uso do nudge na administração pública municipal: perspectivas, implicações e ingerências jurídicas. Kézia Sayonara Franco Rodrigues Medeiros, p. 301
  • Inovação legislativa. O serviço público de transporte coletivo de passageiros urbano e o município: questões acerca das inovações legislativas, a partir de casos do município de Maceió. José Tenório Nunes Filho, p. 149
  • Inovação. Novas tecnologias, inovação, compliance & governança nos municípios, p. 233
  • Insustentabilidade financeira como critério para a extinção de municípios: um estudo sobre a PEC 188/2019 e seus impactos em Alagoas. Julio Caio Cesar Rodrigues Vasconcelos Sobrinho, p. 201

J

  • Janaina Helena de Freitas. Aspectos sobre as normas urbanísticas do município de Maceió e sua adequação com a realidade da cidade. Daniel Allan Miranda Borba / Janaina Helena de Freitas, p. 385
  • José Franklin Toledo de Lima Filho. Responsabilidade socioambiental do concessionário privado: reflexões à luz do novo marco legal do saneamento básico, p. 135
  • José Tenório Nunes Filho. O serviço público de transporte coletivo de passageiros urbano e o município: questões acerca das inovações legislativas, a partir de casos do município de Maceió, p. 149
  • Julio Caio Cesar Rodrigues Vasconcelos Sobrinho. A insustentabilidade financeira como critério para a extinção de municípios: um estudo sobre a PEC 188/2019 e seus impactos em Alagoas, p. 201
  • Juniely Batista da Silva. Ferramentas de governança aplicadas na gestão de obras públicas, p. 273

K

  • Kézia Sayonara Franco Rodrigues Medeiros. O uso do nudge na administração pública municipal: perspectivas, implicações e ingerências jurídicas, p. 301

L

  • Larissa Helena Correia Silva. Aplicação do princípio da segregação de funções como ferramenta de controle interno no âmbito da administração pública municipal. Larissa Helena Correia Silva / Flávia Caroline Amorim, p. 45
  • Leandro da Silva Monteiro. O orçamento participativo eletrônico como forma de efetivação e controle das finanças municipais, p. 191
  • Lei 13.019/2014. Regime jurídico dos convênios administrativos: uma análise fulcrada no novo marco regulatório das transferências voluntárias (Lei 13.019/2014). Filipe Lôbo Gomes / Natália Purcina Bezerra Reis, p. 319
  • Licitações e ajustes administrativos nos municípios, p. 317
  • Lindineide Oliveira Cardoso. A necessidade de investimentos em inovação para modernização dos municípios. Lindineide Oliveira Cardoso / Cláudia Cristina de Melo Pereira, p. 249
  • Lucas Rosendo Silva. Direito administrativo do medo e suas implicações no âmbito municipal. Caio Lucas Valença Costa Buarque / Lucas Rosendo Silva, p. 97
  • Luciano Vieira de Araújo. Smart cities e a transição digital dos governos municipais do Brasil. Ricardo Schneider Rodrigues / Ana Carla Bliacheriene / Luciano Vieira de Araújo / Fátima L. S Nunes, p. 235

M

  • Manutenção do equilíbrio econômico-financeiro no sistema de registro de preços. Caio Lucas Valença Costa Buarque / Emanuel Victor Duarte Barbosa, p. 329
  • Marco legal. Responsabilidade socioambiental do concessionário privado: reflexões à luz do novo marco legal do saneamento básico. José Franklin Toledo de Lima Filho, p. 135
  • Marco regulatório. O novo marco regulatório do saneamento e os riscos à autonomia federativa dos municípios. Felipe Bruno Calheiros Costa, p. 111
  • Marcus Rômulo Maia de Mello. A exigência de "permit" para a realização de competições desportivas em vias públicas, p. 375
  • Medo. Direito administrativo do medo e suas implicações no âmbito municipal. Caio Lucas Valença Costa Buarque / Lucas Rosendo Silva, p. 97
  • Modernização dos municípios. A necessidade de investimentos em inovação para modernização dos municípios. Lindineide Oliveira Cardoso / Cláudia Cristina de Melo Pereira, p. 249
  • Moralidade administrativa. Compliance e os mecanismos de ação processual à disposição do cidadão para fiscalizar e controlar a moralidade administrativa. Douglas Scoot dos Santos Lessa, p. 257
  • Muncípio. A competência federativa tripartite modulada pelo peculiar interesse dos municípios. Delson Lyra da Fonseca, p. 165
  • Município. Licitações e ajustes administrativos nos municípios, p. 317
  • Município. Novas tecnologias, inovação, compliance & governança nos municípios, p. 233
  • Município. Smart cities e a transição digital dos governos municipais do Brasil. Ricardo Schneider Rodrigues / Ana Carla Bliacheriene / Luciano Vieira de Araújo / Fátima L. S Nunes, p. 235

N

  • Natália Purcina Bezerra Reis. Regime jurídico dos convênios administrativos: uma análise fulcrada no novo marco regulatório das transferências voluntárias (Lei 13.019/2014). Filipe Lôbo Gomes / Natália Purcina Bezerra Reis, p. 319
  • Nayanne Lays de Oliveira Lima. A atuação e a classificação dos PROCONs na organização administrativa do município de Maceió, p. 177
  • Necessidade de investimentos em inovação para modernização dos municípios. Lindineide Oliveira Cardoso / Cláudia Cristina de Melo Pereira, p. 249
  • Normas urbanísticas. Aspectos sobre as normas urbanísticas do município de Maceió e sua adequação com a realidade da cidade. Daniel Allan Miranda Borba / Janaina Helena de Freitas, p. 385
  • Novas tecnologias, inovação, compliance & governança nos municípios, p. 233
  • Nudge. O uso do nudge na administração pública municipal: perspectivas, implicações e ingerências jurídicas. Kézia Sayonara Franco Rodrigues Medeiros, p. 301

O

  • O controle interno como instrumento de amadurecimento e implantação da governança pública municipal. Arykoerne Lima Barbosa, p. 55
  • O novo marco regulatório do saneamento e os riscos à autonomia federativa dos municípios. Felipe Bruno Calheiros Costa, p. 111
  • O orçamento participativo eletrônico como forma de efetivação e controle das finanças municipais. Leandro da Silva Monteiro, p. 191
  • O serviço público de transporte coletivo de passageiros urbano e o município: questões acerca das inovações legislativas, a partir de casos do município de Maceió. José Tenório Nunes Filho, p. 149
  • O uso do nudge na administração pública municipal: perspectivas, implicações e ingerências jurídicas. Kézia Sayonara Franco Rodrigues Medeiros, p. 301
  • Os contornos do exercício do direito à propriedade imobiliária em áreas urbanas consolidadas. Alberto Eduardo Cavalcante Fragoso, p. 397

P

  • PEC 188/2019. A insustentabilidade financeira como critério para a extinção de municípios: um estudo sobre a PEC 188/2019 e seus impactos em Alagoas. Julio Caio Cesar Rodrigues Vasconcelos Sobrinho, p. 201
  • Permit. A exigência de "permit" para a realização de competições desportivas em vias públicas. Marcus Rômulo Maia de Mello, p. 375
  • Princípio de deferência. A busca pela eficiência do gestor público municipal e o dever de observância ao princípio da deferência administrativa pelos órgãos de controle. Reinaldo Lessa de Carvalho Neto, p. 69
  • PROCONs. A atuação e a classificação dos PROCONs na organização administrativa do município de Maceió. Nayanne Lays de Oliveira Lima, p. 177
  • Procuradoria municipal como função essencial ao controle. Rafael Paiva de Almeida, p. 29
  • Propriedade imobiliária. Os contornos do exercício do direito à propriedade imobiliária em áreas urbanas consolidadas. Alberto Eduardo Cavalcante Fragoso, p. 397

R

  • Rafael Paiva de Almeida. A Procuradoria Municipal como função essencial ao controle, p. 29
  • Rayana Lins Alves. A não inclusão da contribuição de iluminação pública na base de cálculo do limite de despesa constitucional da Câmara Municipal. Rodrigo Siqueira Cavalcante / Rayana Lins Alves, p. 215
  • Regime jurídico dos convênios administrativos: uma análise fulcrada no novo marco regulatório das transferências voluntárias (Lei 13.019/2014). Filipe Lôbo Gomes / Natália Purcina Bezerra Reis, p. 319
  • Reinaldo Lessa de Carvalho Neto. A busca pela eficiência do gestor público municipal e o dever de observância ao princípio da deferência administrativa pelos órgãos de controle, p. 69
  • Renata Cristina Vasconcelos Pacheco. A transferência de concessão de serviços públicos e o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal, p. 123
  • Responsabilidade socioambiental do concessionário privado: reflexões à luz do novo marco legal do saneamento básico. José Franklin Toledo de Lima Filho, p. 135
  • Ricardo Schneider Rodrigues. Smart cities e a transição digital dos governos municipais do Brasil. Ricardo Schneider Rodrigues / Ana Carla Bliacheriene / Luciano Vieira de Araújo / Fátima L. S Nunes, p. 235
  • Rodrigo Siqueira Cavalcante. A não inclusão da contribuição de iluminação pública na base de cálculo do limite de despesa constitucional da Câmara Municipal. Rodrigo Siqueira Cavalcante / Rayana Lins Alves, p. 215

S

  • Saneamento básico. Responsabilidade socioambiental do concessionário privado: reflexões à luz do novo marco legal do saneamento básico. José Franklin Toledo de Lima Filho, p. 135
  • Segregação das funções. Aplicação do princípio da segregação de funções como ferramenta de controle interno no âmbito da administração pública municipal. Larissa Helena Correia Silva / Flávia Caroline Amorim, p. 45
  • Serviço público de transporte coletivo de passageiros urbano e o município: questões acerca das inovações legislativas, a partir de casos do município de Maceió. José Tenório Nunes Filho, p. 149
  • Serviço público. A transferência de concessão de serviços públicos e o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal. Renata Cristina Vasconcelos Pacheco, p. 123
  • Servidor público. A capacitação dos servidores públicos como condição de desenvolvimento dos municípios brasileiros. Fábio Lins de Lessa Carvalho, p. 287
  • Sistema de registro de preços. Manutenção do equilíbrio econômico-financeiro no sistema de registro de preços. Caio Lucas Valença Costa Buarque / Emanuel Victor Duarte Barbosa, p. 329
  • Smart cities e a transição digital dos governos municipais do Brasil. Ricardo Schneider Rodrigues / Ana Carla Bliacheriene / Luciano Vieira de Araújo / Fátima L. S. Nunes, p. 235
  • Socioambientalismo. Responsabilidade socioambiental do concessionário privado: reflexões à luz do novo marco legal do saneamento básico. José Franklin Toledo de Lima Filho, p. 135
  • STF. A transferência de concessão de serviços públicos e o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal. Renata Cristina Vasconcelos Pacheco, p. 123
  • Sustentabilidade. Contratação pública sustentável e estratégica como instrumento de fomento às economias locais e regionais e a economia circular. Delano Sobral Rolim, p. 345

T

  • TCU. (Des)necessidade de demonstração do elemento subjetivo (dolo ou culpa grave / erro grosseiro) para a imputação do dever de recomposição de dano ao erário: análise ao posicionamento do Tribunal de Contas da União. Holmes Nogueira Bezerra Naspolini, p. 83
  • Tecnologia. Novas tecnologias, inovação, compliance & governança nos municípios, p. 233
  • Transferência de concessão de serviços públicos e o novo entendimento do Supremo Tribunal Federal. Renata Cristina Vasconcelos Pacheco, p. 123
  • Transferência voluntária. Regime jurídico dos convênios administrativos: uma análise fulcrada no novo marco regulatório das transferências voluntárias (Lei 13.019/2014). Filipe Lôbo Gomes / Natália Purcina Bezerra Reis, p. 319
  • Transição digital. Smart cities e a transição digital dos governos municipais do Brasil. Ricardo Schneider Rodrigues / Ana Carla Bliacheriene / Luciano Vieira de Araújo / Fátima L. S Nunes, p. 235
  • Transporte coletivo. O serviço público de transporte coletivo de passageiros urbano e o município: questões acerca das inovações legislativas, a partir de casos do município de Maceió. José Tenório Nunes Filho, p. 149

U

  • Urbanismo. Administração municipal & urbanismo, p. 373

Recomendações

Capa do livro: Pedágio - Natureza Jurídica, Flávio de Azambuja Berti

Pedágio - Natureza Jurídica

3ª Edição - Revista e AtualizadaFlávio de Azambuja BertiISBN: 978853622288-2Páginas: 206Publicado em: 27/11/2008

Versão impressa

de R$ 89,90* porR$ 71,92em 2x de R$ 35,96Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Responsabilidade por Danos à Imagem da Administração Pública, José Barbosa do Prado Neto

Responsabilidade por Danos à Imagem da Administração Pública

 José Barbosa do Prado NetoISBN: 978652630111-1Páginas: 158Publicado em: 22/11/2022

Versão impressa

R$ 69,90em 2x de R$ 34,95Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 49,90* porR$ 42,42 Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Ilícito Administrativo Disciplinar, Sandro Lucio Dezan

Ilícito Administrativo Disciplinar

2ª Edição - Revista e AtualizadaSandro Lucio DezanISBN: 978853624935-3Páginas: 232Publicado em: 04/12/2014

Versão impressa

R$ 119,90em 4x de R$ 29,98Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 84,70* porR$ 72,00em 2x de R$ 36,00Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Plano Diretor Urbano e Função Social da Propriedade, Priscila Ferreira Blanc

Plano Diretor Urbano e Função Social da Propriedade

 Priscila Ferreira BlancISBN: 853620837-6Páginas: 180Publicado em: 11/11/2004

Versão impressa

R$ 89,90em 3x de R$ 29,97Adicionar ao
carrinho