Internet - Macrocriminalidade e Jurisdição Internacional

Érica Lourenço de Lima Ferreira

Versão impressa

por R$ 59,90em 2x de R$ 29,95Adicionar ao carrinho

Ficha técnica

Autor(es): Érica Lourenço de Lima Ferreira

ISBN: 978853621451-1

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Número de páginas: 204

Publicado em: 04/01/2007

Área(s): Direito - Internacional; Direito - Penal

Sinopse

Os últimos anos demonstraram claramente a nova visão e característica da criminalidade mundial; uma criminalidade transnacional com interesses à superação dos limites territoriais, possibilidade cada vez mais tranqüila com o advento da internet, acarretando a desconstituição dos Estados-nações que impede ou dificulta a detecção, o processamento e a punição de tais crimes que integram esta macrocriminalidade. A internet criou uma nova espécie de delinqüente, surgido na segurança do anonimato e em camadas sociais distintas do criminoso clássico, além da discussão acerca da responsabilidade penal dos intermediários, que, na qualidade de possíveis co-autores ou meros partícipes, poderiam estar evitando, ou dificultando, as condutas ilícitas demonstradas e que alimentam a macrocriminalidade existente. Alcançar uma simbiose entre o pensador do Direito Penal e o do Direito Internacional é o objetivo para se conviver com a tipificação de crimes supranacionais, julgados por um Tribunal Internacional com jurisdição metaterritorial. A Convenção sobre Cibercrime fortalece a conclusão de que nenhuma nação do mundo demonstrou ter a plena e isolada capacidade de garantir de forma eficaz a segurança da informação e da navegação no ciberespaço.

Autor(es)

Érica Lourenço de Lima Ferreira é Mestra em Direito (área de Relações Internacionais e Criminalidade) pela Universidade do Sul de Santa Catarina; Especialista em Direito Processual Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina e Professora das disciplinas de Direito Penal, Interpretação Jurisprudencial e Prática Processual Penal no curso de graduação. Já participou de diversos cursos, dentre eles na Universidade de Alicante/Espanha e Especialização em Direito Penal Empresarial/Univali, incluindo participação como palestrante no X e XI Encontro Internacional de Direito da América do Sul. É autora do livro: Criminalidade Econômica Empresarial e Cibernética: o empresário como delinqüente econômico e os crimes cometidos através da Internet, fascículos do livro Manual do Aprovado – Exame de Ordem e Concursos, além de diversos artigos científicos publicados em revistas jurídicas nacionais; membro do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais e do Instituto VoxLegem.

Sumário

INTRODUÇÃO, p. 19

CAPÍTULO I - O FENÔMENO DA MACROCRIMINALIDADE FRENTE À EVOLUÇÃO DOS TEMPOS, p. 23

1.1 GLOBALIZAÇÃO E AS RELAÇÕES INTERNACIONAIS, p. 23

1.2 DIREITO INTERNACIONAL E O SISTEMA DE HIERARQUIA DAS NORMAS, p. 30

1.2.1 A teoria de Hans Kelsen, p. 31

1.2.2 A evolução da teoria frente aos países do Mercosul, p. 36

1.2.3 Incorporação de normas internacionais ao direito interno brasileiro, p. 39

1.3 SISTEMA DE ACORDOS INTERNACIONAIS, p. 41

1.4 SOBERANIA, JURISDIÇÃO E COMPETÊNCIA INTERNACIONAL, p. 51

1.4.1 A soberania frente ao direito internacional, p. 52

1.4.2 A jurisdição internacional, p. 58

1.4.2.1 Cortes de jurisdição internacional, p. 61

1.4.3 Competência internacional e eficácia da lei penal brasileira no espaço, p. 63

1.5 CRIMINALIDADE CONTEMPORÂNEA, p. 69

CAPÍTULO II - COMÉRCIO ELETRÔNICO AO DELITO INFORMÁTICO ATRAVÉS DO SISTEMA DA INTERNET, p. 73

2.1 COMÉRCIO ELETRÔNICO VIA INTERNET, p. 74

2.2 A GÊNESE DA REDE INTERNET, p. 80

2.3 BEM JURÍDICO, p. 85

2.4 SUJEITO ATIVO E PERFIL CRIMINOLÓGICO - CO-RESPONSABILIDADE DOS INTERMEDIÁRIOS (OPERADORES DE REDE E PROVEDORES DE ACESSO), p. 90

2.4.1 A personalidade criminológica do internauta, p. 91

2.4.2 A co-responsabilidade e necessidade dos intermediários no ato de navegação na Internet, p. 97

2.5 DELITOS INFORMÁTICOS, p. 100

2.5.1 Conceito e classificação, p. 100

2.5.2 Condutas identificadas e tipificadas, p. 104

2.5.3 Conclusão, p. 124

CAPÍTULO III - JURISDIÇÃO NO CIBERESPAÇO E A POSSIBILIDADE DE CONTROLE ATRAVÉS DE UMA JURISDIÇÃO METATERRITORIAL, p. 131

3.1 SISTEMAS DE SEGURANÇA DIANTE DOS RISCOS APRESENTADOS PELOS DELITOS INFORMÁTICOS E A RESPONSABILIDADE PENAL DOS INTERMEDIÁRIOS, p. 131

3.1.1 Sistemas de segurança, p. 133

3.1.2 Responsabilidade penal dos intermediários, p. 138

3.2 CIBERESPAÇO, p. 147

3.3 LEGISLAÇÕES PENAIS E PROCESSUAIS, BRASILEIRA E ESTRANGEIRA, p. 151

3.4 METATERRITORIALIDADE: EXTRATERRITORIALIDADE INTERNACIONAL, p. 158

3.5 CONCLUSÃO, p. 168

CONSIDERAÇÕES FINAIS, p. 173

REFERÊNCIAS, p. 179

GLOSSÁRIO, p. 191

Índice alfabético

A

  • Acordos internacionais. Sistema, p. 41

B

  • Bem jurídico, p. 85

C

  • Ciberespaço, p. 147
  • Ciberespaço. Jurisdição no ciberespaço e a possibilidade de controle através de uma jurisdição meta territorial, p. 131
  • Co-responsabilidade e necessidade dos intermediários no ato de navegação na internet, p. 97
  • Comércio eletrônico e delito informático através do sistema da internet, p. 73
  • Comércio eletrônico e delito informático através do sistema da internet. Conclusão, p. 124
  • Comércio eletrônico via internet, p. 74
  • Competência internacional. Soberania; jurisdição e competência internacional, p. 51
  • Competência internacional e eficácia da lei penal brasileira no espaço, p. 63
  • Conclusão, p. 168
  • Condutas identificadas e tipificadas. Delitos informáticos, p. 104
  • Considerações finais, p. 173
  • Cortes de jurisdição internacional, p. 61
  • Criminalidade contemporânea, p. 69

D

  • Delito informático. Comércio eletrônico e delito informático através do sistema da internet, p. 73
  • Delitos informáticos, p. 100
  • Delitos informáticos. Conceito e classificação, p. 100
  • Delitos informáticos. Condutas identificadas e tipificadas, p. 104
  • Direito internacional. Soberania frente ao direito internacional, p. 52
  • Direito internacional e o sistema de hierarquia das normas, p. 30
  • Direito interno. Incorporação de normas internacionais ao direito interno brasileiro, p. 39

E

  • Eficácia. Competência internacional e eficácia da lei penal brasileira no espaço, p. 63
  • Evolução da teoria frente aos países do Mercosul, p. 36
  • Evolução dos tempos. Fenômeno da macro criminalidade frente à evolução dos tempos, p. 23
  • Extraterritorialidade internacional. Meta territorialidade: extraterritorialidade internacional, p. 158

F

  • Fenômeno da macro criminalidade frente à evolução dos tempos, p. 23

G

  • Gênese da rede internet, p. 80
  • Globalização e as relações internacionais, p. 23
  • Glossário, p. 191

H

  • Hermenêutica. Competência internacional e eficácia da lei penal brasileira no espaço, p. 63
  • Hierarquia das normas. Direito internacional e o sistema de hierarquia das normas, p. 30
  • Hierarquia das normas. Teoria de Hans Kelsen, p. 31

I

  • Incorporação de normas internacionais ao direito interno brasileiro, p. 39
  • Informática. Comércio eletrônico e delito informático através do sistema da internet, p. 73
  • Informática. Delitos informáticos, p. 100
  • Intermediário. Co-responsabilidade e necessidade dos intermediários no ato de navegação na internet, p. 97
  • Intermediário. Responsabilidade penal dos intermediários, p. 138
  • Intermediário. Sujeito ativo e perfil criminológico. Co-responsabilidade dos intermediários (operadores de rede e provedores de acesso), p. 90
  • Internauta. Personalidade criminológica do internauta, p. 91
  • Internet. Co-responsabilidade e necessidade dos intermediários no ato de navegação na internet, p. 97
  • Internet. Comércio eletrônico e delito informático através do sistema da internet, p. 73
  • Internet. Comércio eletrônico via internet, p. 74
  • Internet. Gênese da rede internet, p. 80
  • Introdução, p. 19

J

  • Jurisdição internacional, p. 58
  • Jurisdição internacional. Cortes de jurisdição internacional, p. 61
  • Jurisdição meta territorial. Jurisdição no ciberespaço e a possibilidade de controle através de uma jurisdição meta territorial, p. 131
  • Jurisdição no ciberespaço e a possibilidade de controle através de uma jurisdição meta territorial, p. 131
  • Jurisdição. Soberania; jurisdição e competência internacional, p. 51

K

  • Kelsen. Teoria de Hans Kelsen, p. 31

L

  • Legislações penais e processuais, brasileira e estrangeira, p. 151
  • Lei penal brasileira. Competência internacional e eficácia da lei penal brasileira no espaço, p. 63

M

  • Macro criminalidade. Fenômeno da macro criminalidade frente à evolução dos tempos, p. 23
  • Mercosul. Evolução da teoria frente aos países do Mercosul, p. 36
  • Meta territorialidade: extraterritorialidade internacional, p. 158

N

  • Norma internacional. Incorporação de normas internacionais ao direito interno brasileiro, p. 39

O

  • Operador de rede. Sujeito ativo e perfil criminológico. Co-responsabilidade dos intermediários (operadores de rede e provedores de acesso), p. 90

P

  • Personalidade criminológica do internauta, p. 91
  • Processo. Legislações penais e processuais, brasileira e estrangeira, p. 151
  • Provedor de acesso. Sujeito ativo e perfil criminológico. Co-responsabilidade dos intermediários (operadores de rede e provedores de acesso), p. 90

R

  • Rede. Provedores de acesso. Sujeito ativo e perfil criminológico. Co- responsabilidade dos intermediários, p. 90
  • Referências, p. 179
  • Relação internacional. Globalização e as relações internacionais, p. 23
  • Responsabilidade penal dos intermediários, p. 138

S

  • Segurança. Sistemas de segurança, p. 133
  • Sistema de acordos internacionais, p. 41
  • Sistemas de segurança, p. 133
  • Sistemas de segurança diante dos riscos apresentados pelos delitos informáticos e a responsabilidade penal dos intermediários, p. 131
  • Soberania frente ao direito internacional, p. 52
  • Soberania, jurisdição e competência internacional, p. 51
  • Sujeito ativo e perfil criminológico. Co-responsabilidade dos intermediários (operadores de rede e provedores de acesso), p. 90

T

  • Teoria das normas. Evolução da teoria frente aos países do Mercosul, p. 36
  • Teoria de Hans Kelsen, p. 31
  • Tipificação. Condutas identificadas e tipificadas. Delitos informáticos, p. 104

Recomendações

Capa do livro: Extradição - Brasil e Mercosul, Joelíria Vey de Castro

Extradição - Brasil e Mercosul

 Joelíria Vey de CastroISBN: 853620367-6Páginas: 102Publicado em: 19/05/2003

Versão impressa

R$ 29,90 Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Ministério Público e Política Criminal, Antonio Henrique Graciano Suxberger

Ministério Público e Política Criminal

 Antonio Henrique Graciano SuxbergerISBN: 978853623086-3Páginas: 294Publicado em: 17/08/2010

Versão impressa

R$ 87,70em 3x de R$ 29,23Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Tráfico de Pessoas no Brasil, Gleyce Anne Cardoso

Tráfico de Pessoas no Brasil

 Gleyce Anne CardosoISBN: 978853626913-9Páginas: 114Publicado em: 01/06/2017

Versão impressa

R$ 44,70 Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 30,90 Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Ato Infracional, Klelia Canabrava Aleixo

Ato Infracional

 Klelia Canabrava AleixoISBN: 978853623974-3Páginas: 216Publicado em: 23/10/2012

Versão impressa

R$ 64,70em 2x de R$ 32,35Adicionar ao
carrinho