Assédio - Do Moral ao Psicossocial - Desvendando os Enigmas da Organização do Trabalho

Carlos Eduardo Carrusca Vieira

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 30,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Carlos Eduardo Carrusca Vieira

ISBN: 978853621933-2

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 196

Publicado em: 07/05/2008

Área(s): Psicologia - Organizacional e do Trabalho; Psicologia - Social

Sinopse

Este livro se insere no campo de estudos da Psicologia do Trabalho e apresenta análises sobre os impactos do trabalho na saúde mental dos trabalhadores, particularmente aqueles que compõem a categoria dos vigilantes bancários.
Inspirada nos princípios da Análise Ergonômica e Psicossocial do Trabalho, esta obra resgata a dimensão da atividade de trabalho, com ênfase para valores em jogo e para as estratégias criadas pelos trabalhadores para evitar e/ou amenizar possíveis conflitos que não poderiam ser contornados pelo simples uso dos “procedimentos padrões”.
No estudo do caso de Ricardo, analisamos a sua trajetória ocupacional em busca da compreensão dos fatores que determinaram o seu adoecimento. Embora tenha sido afastado pelo Transtorno de Estresse Pós-Traumático, após um assalto ao banco onde trabalhou por mais de 10 anos, o trabalhador atribuiu à deterioração do relacionamento com os funcionários do banco o estatuto de fator determinante em seu adoecimento.
O assalto, entretanto, foi visto por ele como a “gota d’ água”. E esse ponto do estudo se mostra particularmente importante e enigmático por reclamar a compreensão de como os relacionamentos interpessoais e a organização do trabalho contribuíram para o desgaste mental e adoecimento.
Sob uma nova perspectiva, as análises feitas neste livro nos permitem propor uma redefinição do “assédio moral” para “assédio psicosocial” que, para além da análise das relações intersubjetivas, inclui a análise da organização do trabalho e de seus efeitos sobre as relações humanas.
As situações de trabalho conflitivas e os paradoxos advindos no trabalho real são apontados como geradores de sofrimento psíquico dos trabalhadores, afetando inclusive as relações no âmbito familiar.

Autor(es)

Carlos Eduardo Carrusca Vieira é Psicólogo e Mestre em Psicologia Social pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atua como Professor vinculado ao Laboratório de Psicologia Organizacional e do Trabalho da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, e como Coordenador/Pesquisador em pesquisas na área da Psicologia do Trabalho.

Sumário

Apresentação

CAPÍTULO I - PERCURSO METODOLÓGICO

1. Introdução

1.1 A análise da atividade de trabalho

1.1.1 Procedimentos de coleta de dados na análise da atividade

1.2 O estudo de caso

1.2.1 A organização do material empírico do estudo de caso

CAPÍTULO II - RESGATANDO UMA DIMENSÃO ESQUECIDA

2. Introdução

2.1 As situações de conflito no cotidiano do trabalho

2.2 Os imprevistos, as estratégias e competências para ladear situações passíveis de conflitos

2.3 A saúde mental: percepções, vivências e sentimentos diante da atividade

2.4 Estratégias defensivas: estratégias para lidar com o sofrimento e medo relacionados ao trabalho

CAPÍTULO III - ATIVIDADE AMPUTADA, DESAUTORIZAÇÃO E CONFLITO: o caso de Ricardo, um vigilante afastado por estresse pós-traumático

3. Introdução

3.1 A história do último trabalho de Ricardo

3.2 A introdução das novas normas de segurança: as mudanças na relação de trabalho

3.3 A gestação do conflito: as contradições presentes na organização do trabalho

3.4 Assédio moral (Psicossocial): deboche, humilhação, rupturas, isolamento, desamparo e a fragilização da identidade

3.4.1 Da injunção paradoxal à identificação de um "modo de ser obstinado"

3.4.2 Ridicularização e desmoralização: os caminhos da violência psicossocial

3.4.3 O desamparo e isolamento

3.4.4 Convivendo com a insegurança e instabilidade

3.5 "A gota d’água que faltava para entornar"

3.5.1 As incidências dos assaltos no Banco Capital

3.5.2 Os juízos da conduta e o sentimento de culpa

3.6 O desenvolvimento do Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT)

3.6.1 O invisível da dor: a trajetória de Ricardo após o afastamento e adoecimento

4. Discussão do caso

4.1 Identidade e trabalho: o sentido do trabalho modulando os sentidos de si

4.2 A Mobilização subjetiva e o reconhecimento

4.3. Entre o prazer e o sofrimento no trabalho

4.4 Discutindo uma hipótese: o baixo suporte psicossocial, a deterioração da auto-estima e a sua relação com a vulnerabilidade ao trauma e à cronificação do TEPT

4.4.1 A etiologia do transtorno de estresse pós-traumático

4.4.2 Recuperando e compreendendo a trajetória

4.4.3 O vínculo com o trabalho: aspectos da história de vida

4.4.4 O lugar do trabalho na vida de Ricardo

4.4.5 Desgaste nas relações interpessoais e o trauma: o adoecimento como fruto de uma trajetória

4.4.6 Suportes psicossociais

CAPÍTULO IV - CONSIDERAÇÕES FINAIS

Considerações finais

Referências

Índice alfabético

A

  • A gota d’água que faltava para entornar. Caso Ricardo.
  • Adoecimento. Desgaste nas relações interpessoais e o trauma. O adoecimento como fruto de uma trajetória.
  • Adoecimento. Trajetória de Ricardo após o afastamento e adoecimento. Invisível da dor.
  • Afastamento. Trajetória de Ricardo após o afastamento e adoecimento. Invisível da dor.
  • Análise da atividade de trabalho.
  • Análise da atividade de trabalho. Procedimentos de coleta de dados na análise da atividade.
  • Análise da atividade. Coleta de dados. Procedimentos.
  • Apresentação.
  • Aspectos da história de vida. Vínculo com o trabalho.
  • Assalto. Incidências dos assaltos no Banco Capital. Caso Ricardo.
  • Assédio moral (psicossocial). Deboche, humilhação, rupturas, isolamento, desamparo e fragilização da identidade.
  • Atividade amputada, desautorização e conflito. Caso de Ricardo, um vigilante afastado por estresse pós-traumático.
  • Auto-estima O baixo suporte psicossocial, a deteriorização da auto-estima e a sua relação com a vulnerabilidade ao trauma e à cronificação do TEPT.

B

  • Baixo suporte psicossocial, a deteriorização da auto-estima e a sua relação com a vulnerabilidade ao trauma e à cronificação do TEPT. Discutindo uma hipótese.

C

  • Caminhos da violência psicossocial. Ridicularização e desmoralização.
  • Caso Ricardo. A gota d’água que faltava para entornar.
  • Caso Ricardo. A gota d’água que faltava para entornar.
  • Caso Ricardo. Discussão.
  • Caso Ricardo. Incidências dos assaltos no Banco Capital.
  • Caso Ricardo. Lugar do trabalho na vida de Ricardo.
  • Caso Ricardo. Trajetória após o afastamento e adoecimento. Invisível da dor.
  • Caso de Ricardo, um vigilante afastado por estresse pós-traumático. Atividade amputada, desautorização e conflito.
  • Caso de Ricardo. História do último trabalho de Ricardo.
  • Caso. Estudo de caso.
  • Coleta de dados. Procedimentos. Análise da atividade.
  • Competência. Estratégias, imprevistos e competências para ladear situações passíveis de conflitos.
  • Conduta. Juízos de conduta e o sentimento de culpa.
  • Conflito. Atividade amputada, desautorização e conflito. Caso de Ricardo, um vigilante afastado por estresse pós-traumático.
  • Conflito. Gestação. Contradições presentes na organização do trabalho.
  • Conflito. Imprevistos, estratégias e competências para ladear situações passíveis de conflitos.
  • Conflito. Situações de conflito no cotidiano do trabalho.
  • Considerações finais.
  • Contradições presentes na organização do trabalho. Gestação do conflito.
  • Convivendo com a insegurança e instabilidade.
  • Cotidiano de trabalho. Situações de conflito.
  • Culpa. Juízos de conduta e o sentimento de culpa.

D

  • Dado. Procedimentos de coleta de dados na análise da atividade.
  • Deboche, humilhação, rupturas, isolamento, desamparo e fragilização da identidade. Assédio moral (psicossocial).
  • Desamparo e isolamento. Violência psicossocial.
  • Desamparo, deboche, humilhação, rupturas, isolamento e fragilização da identidade. Assédio moral (psicossocial).
  • Desautorização. Atividade amputada, desautorização e conflito. Caso de Ricardo, um vigilante afastado por estresse pós-traumático.
  • Desenvolvimento do transtorno de estresse pós-traumático (TEPT).
  • Desgaste nas relações interpessoais e o trauma. O adoecimento como fruto de uma trajetória.
  • Desmoralização e ridicularização. Caminhos da violência psicossocial.
  • Discussão do caso Ricardo.
  • Discutindo uma hipótese. O baixo suporte psicossocial, a deteriorização da auto-estima e a sua relação com a vulnerabilidade ao trauma e à cronificação do TEPT.
  • Doença. Desgaste nas relações interpessoais e o trauma. O adoecimento como fruto de uma trajetória.
  • Dor. Invisível da dor. Trajetória de Ricardo após o afastamento e adoecimento.

E

  • Entre o prazer e o sofrimento no trabalho.
  • Estratégias defensivas. Estratégias para lidar com o sofrimento e medo relacionados ao trabalho.
  • Estratégias para lidar com o sofrimento e medo relacionados ao trabalho. Estratégias defensivas.
  • Estratégias, imprevistos e competências para ladear situações passíveis de conflitos.
  • Estresse pós-traumático. Atividade amputada, desautorização e conflito. Caso de Ricardo, um vigilante afastado por estresse pós-traumático.
  • Estresse pós-traumático. Desenvolvimento do transtorno de estresse pós-trau-mático (TEPT).
  • Estresse pós-traumático. Etiologia.
  • Estresse pós-traumático. História do último trabalho de Ricardo.
  • Estudo de caso.
  • Estudo de caso. Material empírico. Organização.
  • Etiologia do estresse pós-traumático.

F

  • Fragilização da identidade. Deboche, humilhação, rupturas, isolamento e desamparo. Assédio moral (psicossocial).

G

  • Gestação do conflito. Contradições presentes na organização do trabalho

H

  • Hipótese. O baixo suporte psicossocial, a deteriorização da auto-estima e a sua relação com a vulnerabilidade ao trauma e à cronificação do TEPT.
  • História de vida. Vínculo com o trabalho.
  • História do último trabalho de Ricardo.
  • Humilhação, rupturas, isolamento, desamparo, deboche e fragilização da identidade. Assédio moral (psicossocial).

I

  • Identidade e trabalho. Sentido do trabalho modulando os sentidos dentro de si.
  • Identidade. Fragilização. Deboche, humilhação, rupturas, isolamento e desamparo. Assédio moral (psicossocial).
  • Imprevistos, estratégias e competências para ladear situações passíveis de conflitos.
  • Incidências dos assaltos no Banco Capital. Caso Ricardo.
  • Injunção paradoxal à identificação de um ‘modo de ser obstinado’.
  • Insegurança e instabilidade. Convivência.
  • Instabilidade e insegurança. Convivência.
  • Introdução das novas normas de segurança. Mudanças na relação de trabalho.
  • Introdução. Percurso metodológico.
  • Introdução. Resgatando uma dimensão esquecida.
  • Invisível da dor. Trajetória de Ricardo após o afastamento e adoecimento.
  • Isolamento e desamparo. Violência psicossocial.
  • Isolamento, desamparo, deboche, humilhação, rupturas e fragilização da identidade. Assédio moral (psicossocial

J

  • Juízos de conduta e o sentimento de culpa.

L

  • Lugar do trabalho na vida de Ricardo.

M

  • Material empírico. Organização. Estudo de caso.
  • Medo. Estratégias para lidar com o sofrimento e medo relacionados ao trabalho. Estratégias defensivas.
  • Metodologia. Análise da atividade de trabalho.
  • Metodologia. Organização do material empírico do estudo de caso.
  • Metodologia. Percurso metodológico.
  • Mobilização subjetiva e reconhecimento.
  • Mudanças na relação de trabalho. Introdução das novas normas de segurança.

N

  • Normas de segurança. Mudanças na relação de trabalho.

O

  • Organização do material empírico do estudo de caso.
  • Organização do trabalho. Contradições. Gestação do conflito.

P

  • Percepções, vivências e sentimentos diante da atividade. Saúde mental.
  • Percurso metodológico.
  • Percurso metodológico. Introdução.
  • Prazer. Entre o prazer e o sofrimento no trabalho.
  • Procedimentos de coleta de dados na análise da atividade. Análise da atividade de trabalho.
  • Psicossocial. Suportes psicossociais.

R

  • Reconhecimento e mobilização subjetiva.
  • Recuperando e compreendendo a trajetória.
  • Referências.
  • Relação de trabalho. Mudanças. Introdução das novas normas de segurança.
  • Relação interpessoal. Desgaste nas relações interpessoais e o trauma. O adoecimento como fruto de uma trajetória.
  • Resgatando uma dimensão esquecida. Introdução
  • Resgatando uma dimensão esquecida. Trabalho.
  • Ridicularização e desmoralização. Caminhos da violência psicossocial.
  • Rupturas, isolamento, desamparo, deboche, humilhação e fragilização da identidade. Assédio moral (psicossocial).

S

  • Saúde mental. Percepções, vivências e sentimentos diante da atividade.
  • Segurança. Mudanças na relação de trabalho. Introdução das novas normas de segurança.
  • Sentido do trabalho modulando os sentidos dentro de si. Identidade e trabalho.
  • Sentimentos, percepções e vivências diante da atividade. Saúde mental.
  • Situações de conflito no cotidiano do trabalho.
  • Situações passíveis de conflito. Imprevistos, estratégias e competências para ladear situações passíveis de conflitos.
  • Sofrimento. Entre o prazer e o sofrimento no trabalho.
  • Sofrimento. Estratégias para lidar com o sofrimento e medo relacionados ao trabalho. Estratégias defensivas.
  • Suportes psicossociais.

T

  • TEPT. Desenvolvimento do transtorno de estresse pós-traumático.
  • Trabalho. Análise da atividade de trabalho.
  • Trabalho. Entre o prazer e o sofrimento no trabalho.
  • Trabalho. Estratégias para lidar com o sofrimento e medo relacionados ao trabalho. Estratégias defensivas.
  • Trabalho. História do último trabalho de Ricardo.
  • Trabalho. Juízos de conduta e o sentimento de culpa.
  • Trabalho. Lugar do trabalho na vida de Ricardo.
  • Trabalho. Reconhecimento e mobilização subjetiva.
  • Trabalho. Resgatando uma dimensão esquecida.
  • Trabalho. Saúde mental. Percepções, vivências e sentimentos diante da atividade.
  • Trabalho. Sentido do trabalho modulando os sentidos dentro de si. Identidade e trabalho.
  • Trabalho. Situações de conflito no cotidiano do trabalho.
  • Trabalho. Vínculo. Aspectos da história de vida.
  • Trajetória de Ricardo após o afastamento e adoecimento. Invisível da dor.
  • Trauma. Desgaste nas relações interpessoais e o trauma. O adoecimento como fruto de uma trajetória.

V

  • Vínculo com o trabalho. Aspectos da história de vida
  • Violência psicossocial. Desamparo e isolamento.
  • Violência psicossocial. Ridicularização e desmoralização.
  • Vivências, percepções e sentimentos diante da atividade. Saúde mental.

Recomendações

Capa do livro: Vulnerabilidade e Direitos Humanos – Prevenção e Promoção da Saúde – Livro IV, Coordenadores: Vera Paiva, Ivan França Jr. e Artur O. Kalichman

Vulnerabilidade e Direitos Humanos – Prevenção e Promoção da Saúde – Livro IV

 Coordenadores: Vera Paiva, Ivan França Jr. e Artur O. KalichmanISBN: 978853624043-5Páginas: 316Publicado em: 04/12/2012

Versão impressa

R$ 89,90Adicionar ao
carrinho
Versão impressa
+ eBook grátis

Na compra da versão impressa, a versão digital é brinde!


Versão digital

** GRÁTIS **Eu quero o
eBook GRÁTIS!
Capa do livro: Manual de Longevidade, Organizadora: Ceneide Maria de Oliveira Cerveny

Manual de Longevidade

 Organizadora: Ceneide Maria de Oliveira CervenyISBN: 978853625397-8Páginas: 338Publicado em: 18/09/2015

Versão impressa

R$ 99,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Sujeito no Trabalho, O – Entre a Saúde e a Patologia, Álvaro Roberto Crespo Merlo, Ana Magnólia Mendes e Rosângela Dutra de Moraes

Sujeito no Trabalho, O – Entre a Saúde e a Patologia

 Álvaro Roberto Crespo Merlo, Ana Magnólia Mendes e Rosângela Dutra de MoraesISBN: 978853624094-7Páginas: 292Publicado em: 07/02/2013

Versão impressa

R$ 89,90Adicionar ao
carrinho
Versão impressa
+ eBook grátis

Na compra da versão impressa, a versão digital é brinde!


Versão digital

R$ 61,90Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Consciência Social & Relações de Trabalho, Antônio Fernando Gomes Alves

Consciência Social & Relações de Trabalho

 Antônio Fernando Gomes AlvesISBN: 978853624841-7Páginas: 220Publicado em: 01/10/2014

Versão impressa

R$ 67,70Adicionar ao
carrinho
Versão impressa
+ eBook grátis

Na compra da versão impressa, a versão digital é brinde!


Versão digital

R$ 47,70Adicionar eBook
ao carrinho