Trabalho e Dor na Agricultura - Análise Ergonômica do Arranquio de Feijão

Magali Costa Guimarães

Versão impressa

de R$ 89,90*
por R$ 80,91em 3x de R$ 26,97Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
de R$ 61,90*
por R$ 55,71em 2x de R$ 27,86Adicionar ao carrinho

* Desconto não cumulativo com outras promoções, incluindo P.A.P. e Cliente Fiel

Ficha técnica

Autor(es): Magali Costa Guimarães

ISBN v. impressa: 978853622314-8

ISBN v. digital: 978853627522-2

Acabamento: Brochura

Formato: 15,0x21,0 cm

Peso: 408grs.

Número de páginas: 304

Publicado em: 18/05/2010

Área(s): Psicologia - Organizacional e do Trabalho

Versão Digital (eBook)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Fruto das evoluções do ‘saber’ e fazer’ humanos, a Ergonomia vem contribuindo para que, cada vez mais, este ‘saber-fazer’ favoreça a humanização no espaço organizacional. A democratização dos conhecimentos acumulados por esta disciplina se faz no momento em que este é estendido aos diversos contextos produtivos e setores da economia, tornando possível a melhoria das condições de trabalho e de vida dos trabalhadores. A pesquisa apresentada neste livro busca seguir este caminho ou premissa. Mesmo sendo fruto de uma pesquisa para fins de doutoramento, seguindo o formato e o rigor necessários a um trabalho de tese, a autora apresenta em uma linguagem clara, objetiva e acessível as contradições e exigências impostas à trabalhadores rurais pela sua atividade de trabalho (o arranquio de feijão) e pelas características do contexto produtivo. Numa abordagem crítica são analisados os diferentes aspectos do trabalho que levam dor e sofrimento aos trabalhadores. Não só apresenta os resultados de um relevante estudo, mas a autora busca traçar o “estado da arte” dos estudos ergonômicos neste setor; apresenta um histórico sobre a origem e desenvolvimento da Ergonomia e realiza uma discussão sobre as diferentes abordagens ergonômicas existentes. Tendo como supor te teórico a Ergonomia da Atividade, a autora delineia, ainda, as características centrais desta abordagem, sua forma de conceber o homem e o trabalho e constructos essenciais que deram supor te ao estudo e que permitem entender melhor e profundamente a relação homem-trabalho.

Autor(es)

Magali Costa Guimarães é  Doutora em Psicologia pela Universidade de Brasília na área de concentração Psicologia Social e do Trabalho. Possui mestrado em Administração, pós-graduação lato sensu em Didática do Ensino Superior e graduação em Psicologia. Atua como Professora em cursos de pós-graduação e graduação, lecionando disciplinas ligadas à Psicologia Organizacional e do Trabalho, Gestão de Pessoas, Ergonomia e à Pesquisa. Possui extensa produção científica ligada à sua área de atuação. É integrante do ECoS – Núcleo de Ergonomia da Atividade, Cognição e Saúde (UnB).

Sumário

1 - INTRODUÇÃO, p. 21

1.1 Relevância do Tema e Justificativa, p. 21

1.1.1 O Campo da Pesquisa, p. 27

1.1.2 O Objeto da Pesquisa, p. 30

1.2 Apresentação da Problemática, p. 31

Questões de Pesquisa, p. 38

1.3 Hipótese de Trabalho, p. 38

1.4 Objetivos: Geral e Específicos, p. 39

1.5 Estrutura da Obra, p. 40

2 - QUADRO TEÓRICO DE REFERÊNCIA, p. 43

2.1 História, Conceito e Abordagens Ergonômicas, p. 43

2.1.1 Evolução Histórica da Ergonomia, p. 43

2.1.2 Conceito e Abordagens Ergonômicas, p. 47

2.2 Ergonomia da Atividade - Conceitos Básicos e Dimensões Analíticas, p. 55

2.2.1 Concepção de Ser Humano e de Trabalho, p. 55

2.2.2 O Contexto de Produção de Bens e Serviços - CPBS, p. 59

2.2.3 As Estratégias de Mediação Individual e Coletiva, p. 65

2.2.4 Custo Humano e Vivências de Bem-Estar e Mal-Estar no Trabalho, p. 66

2.3 Características e Especificidades do Locus de Produção Rural, p. 70

2.3.1 Características do Mercado de Trabalho e dos Trabalhadores Rurais, p. 73

2.3.2 Condições, Organização do Trabalho e Relações Socioprofissionais no Contexto Produtivo Rural, p. 75

2.4 A Ergonomia no Contexto Produtivo Rural, p. 80

3 - ABORDAGEM METODOLÓGICA, p. 101

3.1 Características e Pressupostos da Análise Ergonômica do Trabalho - AET, p. 101

3.1.1 Configuração da Demanda/Situação-Problema, p. 106

3.1.2 Instrumentos e Procedimentos para Coleta e Análise de Dados, p. 107

3.1.2.1 Contatos Iniciais, p. 107

3.1.2.2 Análise Documental, p. 108

3.1.2.3 Entrevistas Semiestruturadas, p. 109

3.1.2.4 Discussões Livres, p. 115

3.1.2.5 Análise Postural, p. 116

3.1.2.6 Observações Livres e Sistemáticas, p. 119

4 - APRESENTAÇÃO E ANÁLISE DOS RESULTADOS, p. 125

4.1 Condomínio de Empregadores - Uma Nova Forma de Contratação no Campo, p. 126

4.1.1 Condomínio Rural Verde Grão - O Contexto Produtivo, p. 128

4.1.1.1 Perfil dos Trabalhadores Rurais, p. 133

4.1.1.2 A Colheita do Feijão - ´Pior, pior mesmo é a ‘ranca’ de feijão, porque essa é brava!´, p. 138

4.1.1.3 Características das Condições de Trabalho - ´Ah, isso aí [.] é muitas coisas, ainda falta muitas coisas pra gente ter mais conforto pro nosso trabalho´, p. 142

4.1.1.4 Características da Organização do Trabalho - ´[.] se dá a César o que é de César, se eu pago, eles também tem que me pagar´, p. 161

4.1.1.5 Características das Relações Socioprofissionais Estabelecidas no Contexto Produtivo - ´é no meio dos outros, dos colega meu de serviço, é uma coisa que eu me sinto mais feliz´, p. 178

4.2 Custo Humano do Trabalho - CHT, p. 184

4.2.1 Análise Postural e a Dimensão Física do Custo Humano do Trabalho - ´eu acho que é uma das piores ginásticas que a gente faz; pior do que nadar e pior do que trabalhar de chapa [.]´, p. 185

4.2.2 Dimensão Afetiva do Custo Humano do Trabalho - ´[.] tem que ter coragem, porque se não tiver coragem, força de vontade, ninguém faz este serviço não´, p. 208

4.2.3 Dimensão Cognitiva do Custo Humano do Trabalho e Estratégias de Mediação - ´Qualquer brechinha que dá tem que durmir pra recuperar´, p. 214

4.3 Vivências de Bem-estar e Mal-estar no Trabalho - ´[.] a gente faz porque a gente é da roça, é braçal mesmo, mas num é uma boa profissão não.´, p. 224

4.4 Recomendações, p. 237

5 - CONCLUSÃO, p. 241

REFERÊNCIAS, p. 247

APÊNDICES, p. 263

Apêndice A - Roteiro de entrevista: gestores (presidente e gerente) e técnico de segurança do trabalho do Condomínio Rural Verde Grão, p. 265

Apêndice B - Roteiro de entrevista com líderes do Condomínio Rural Verde Grão, p. 266

Apêndice C - Roteiro de entrevista com trabalhadores do Condomínio Rural Verde Grão, p. 267

Apêndice D - Diário de campo, p. 268

Apêndice E - Diagrama das áreas dolorosas, p. 269

Apêndice F - Planilha de observação sistemática, p. 271

Apêndice G - Quadro ilustrativo - primeiro passo para a análise de conteúdo, p. 272

Apêndice H - Quadro para análise de conteúdo - categorização, p. 273

ANEXO - Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura - NR 31 (Portaria 86, de 03.03.2005 - DOU de 04.03.2005), p. 277

Índice alfabético

A

  • Abordagem metodológica, p. 101
  • Abordagens e conceito ergonômicas, p. 47
  • Afetividade. Dimensão afetiva do custo humano do trabalho, p. 208
  • Análise de dados. Instrumentos e procedimentos para coleta e análise de dados, p. 107
  • Análise postural e a dimensão física do custo humano do trabalho, p. 185
  • Anexo. Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura - NR 31 (Portaria 86, de 03.03.2005 - DOU de 04.03.2005), p. 277
  • Apêndice A. Roteiro de entrevista: gestores (presidente e gerente) e técnico de segurança do trabalho do Condomínio Rural Verde Grão, p. 265
  • Apêndice B. Roteiro de entrevista com líderes do Condomínio Rural Verde Grão, p. 266
  • Apêndice C. Roteiro de entrevista com trabalhadores do Condomínio Rural Verde Grão, p. 267
  • Apêndice D. Diário de campo, p. 268
  • Apêndice E. Diagrama das áreas dolorosas, p. 269
  • Apêndice F. Planilha de observação sistemática, p. 271
  • Apêndice G. Quadro ilustrativo. Primeiro passo para a análise de conteúdo, p. 272
  • Apêndice H. Quadro para análise de conteúdo. Categorização, p. 273
  • Apêndices, p. 263
  • Apresentação da problemática, p. 31
  • Atividade. Ergonomia da atividade. Conceitos básicos e dimensões analíticas, p. 55

B

  • Bem-estar. Custo humano e vivências de bem-estar e mal-estar no trabalho, p. 66
  • Bem-estar. Vivências de bem-estar e mal-estar no trabalho, p. 224
  • Bens e serviços. Contexto de Produção de Bens e Serviços - CPBS, p. 59

C

  • CHT. Custo Humano do Trabalho - CHT, p. 184
  • CPBS. Contexto de Produção de Bens e Serviços - CPBS, p. 59
  • Campo da pesquisa, p. 27
  • Características da organização do trabalho, p. 161
  • Características das condições de trabalho, p. 142
  • Características das relações socioprofissionais estabelecidas no contexto produtivo, p. 178
  • Características do mercado de trabalho e dos trabalhadores rurais, p. 73
  • Características e Pressupostos da Análise Ergonômica do Trabalho - AET, p. 101
  • Características e especificidades do «locus» de produção rural, p. 70
  • Cognitividade. Dimensão cognitiva do custo humano do trabalho e estratégias de mediação, p. 214
  • Coleta de dados. Instrumentos e procedimentos para coleta e análise de dados, p. 107
  • Coleta e análise de dados. Análise documental, p. 108
  • Coleta e análise de dados. Análise postural, p. 116
  • Coleta e análise de dados. Apresentação e análise dos resultados, p. 125
  • Coleta e análise de dados. Contatos iniciais, p. 107
  • Coleta e análise de dados. Discussões livres, p. 115
  • Coleta e análise de dados. Entrevistas semiestruturadas, p. 109
  • Coleta e análise de dados. Observações livres e sistemáticas, p. 119
  • Colheita do feijão, p. 138
  • Conceito e abordagens ergonômicas, p. 47
  • Conceitos básicos. Ergonomia da atividade. Conceitos básicos e dimensões analíticas, p. 55
  • Concepção de ser humano e de trabalho, p. 55
  • Conclusão, p. 241
  • Condições de trabalho. Características, p. 142
  • Condições, organização do trabalho e relações socioprofissionais no contexto produtivo rural, p. 75
  • Condomínio de empregadores. Uma nova forma de contratação no campo, p. 126
  • Condomínio rural verde grão. O contexto produtivo, p. 128
  • Configuração da demanda/situação-problema, p. 106
  • Contexto de Produção de Bens e Serviços - CPBS, p. 59
  • Contratação no campo. Condomínio de empregadores. Uma nova forma de contratação no campo, p. 126
  • Custo Humano do Trabalho - CHT, p. 184
  • Custo humano. Análise postural e a dimensão física do custo humano do trabalho, p. 185
  • Custo humano. Dimensão afetiva do custo humano do trabalho, p. 208
  • Custo humano. Dimensão cognitiva do custo humano do trabalho e estratégias de mediação, p. 214
  • Custo humano e vivências de bem-estar e mal-estar no trabalho, p. 66

D

  • Demanda situação/problema. Configuração, p. 106
  • Diagrama das áreas dolorosas. Apêndice E, p. 269
  • Diário de campo. Apêndice D, p. 268
  • Dimensão afetiva do custo humano do trabalho, p. 208
  • Dimensão cognitiva do custo humano do trabalho e estratégias de mediação, p. 214
  • Dimensões analíticas. Ergonomia da atividade. Conceitos básicos e dimensões analíticas, p. 55

E

  • Empregadores. Condomínio de empregadores. Uma nova forma de contratação no campo, p. 126
  • Ergonomia. Conceito e abordagens ergonômicas, p. 47
  • Ergonomia da atividade. Conceitos básicos e dimensões analíticas, p. 55
  • Ergonomia no contexto produtivo rural, p. 80
  • Especificidades e características do «locus» de produção rural, p. 70
  • Estratégias de mediação individual e coletiva, p. 65
  • Estrutura da obra, p. 40
  • Estudo. Apresentação da problemática, p. 31
  • Estudo. Estrutura da obra, p. 40
  • Estudo. Objetivos: geral e específicos, p. 39
  • Estudo. Relevância do tema e justificativa, p. 21
  • Evolução histórica da ergonomia, p. 43

H

  • Hipótese de trabalho, p. 38
  • História, conceito e abordagens ergonômicas, p. 43

I

  • Instrumentos e procedimentos para coleta e análise de dados, p. 107
  • Introdução, p. 21

L

  • «Locus» de produção rural. Características e especificidades do «locus» de produção rural, p. 70

M

  • Mal-estar. Custo humano e vivências de bem-estar e mal-estar no trabalho, p. 66
  • Mal-estar. Vivências de bem-estar e mal-estar no trabalho, p. 224
  • Mediação. Dimensão cognitiva do custo humano do trabalho e estratégias de mediação, p. 214
  • Mediação. Estratégias de mediação individual e coletiva, p. 65
  • Mercado de trabalho. Características do mercado de trabalho e dos trabalhadores rurais, p. 73
  • Metodologia. Abordagem metodológica, p. 101

N

  • Norma Regulamentadora de Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura - NR 31 (Portaria 86, de 03.03.2005 - DOU de 04.03.2005). Anexo, p. 277

O

  • Objetivos: geral e específicos, p. 39
  • Objeto da pesquisa, p. 30
  • Obra. Estrutura da obra, p. 40
  • Organização do trabalho. Características, p. 161
  • Organização do trabalho. Condições, organização do trabalho e relações socioprofissionais no contexto produtivo rural, p. 75

P

  • Perfil dos trabalhadores rurais, p. 133
  • Pesquisa. Campo da pesquisa, p. 27
  • Pesquisa. Objeto da pesquisa, p. 30
  • Pesquisa. Questões de pesquisa, p. 38
  • Planilha de observação sistemática. Apêndice F, p. 271
  • Problemática. Apresentação da problemática, p. 31
  • Procedimentos e instrumentos para coleta e análise de dados, p. 107
  • Produção rural. Características e especificidades do «locus» de produção rural, p. 70
  • Produção. Contexto de Produção de Bens e Serviços - CPBS, p. 59
  • Produção rural. Características das relações socioprofissionais estabelecidas no contexto produtivo, p. 178
  • Produção rural. Condições, organização do trabalho e relações socioprofissionais no contexto produtivo rural, p. 75
  • Produção rural. Condomínio rural verde grão. O contexto produtivo, p. 128
  • Produção rural. Ergonomia no contexto produtivo rural, p. 80

Q

  • Quadro ilustrativo. Primeiro passo para a análise de conteúdo. Apêndice G, p. 272
  • Quadro para análise de conteúdo. Categorização. Apêndice H, p. 273
  • Quadro teórico de referência, p. 43
  • Questões de pesquisa, p. 38

R

  • Recomendações, p. 237
  • Referência. Quadro teórico de referência, p. 43
  • Referências, p. 247
  • Relações socioprofissionais. Condições, organização do trabalho e relações socioprofissionais no contexto produtivo rural, p. 75
  • Relações socioprofissionais. Características das relações socioprofissionais estabelecidas no contexto produtivo, p. 178
  • Relevância do tema e justificativa, p. 21
  • Roteiro de entrevista com líderes do Condomínio Rural Verde Grão. Apêndice B, p. 266
  • Roteiro de entrevista com trabalhadores do Condomínio Rural Verde Grão. Apêndice C, p. 267
  • Roteiro de entrevista: gestores (presidente e gerente) e técnico de segurança do trabalho do Condomínio Rural Verde Grão. Apêndice A, p. 265

T

  • Tema. Relevância do tema e justificativa, p. 21
  • Trabalhador rural. Características do mercado de trabalho e dos trabalhadores rurais, p. 73
  • Trabalhador rural. Perfil dos trabalhadores rurais, p. 133
  • Trabalho. Análise postural e a dimensão física do custo humano do trabalho, p. 185
  • Trabalho. Custo Humano do Trabalho - CHT, p. 184
  • Trabalho. Custo humano e vivências de bem-estar e mal-estar no trabalho, p. 66
  • Trabalho. Dimensão afetiva do custo humano do trabalho, p. 208
  • Trabalho. Dimensão cognitiva do custo humano do trabalho e estratégias de mediação, p. 214
  • Trabalho. Vivências de bem-estar e mal-estar no trabalho, p. 224

V

  • Vivências de bem-estar e mal-estar no trabalho, p. 224

Recomendações

Capa do livro: Trabalho & Sofrimento - Práticas Clínicas e Políticas, Organizadores: Ana Magnólia Mendes, Rosângela Dutra de Moraes e Álvaro Roberto Crespo Merlo

Trabalho & Sofrimento - Práticas Clínicas e Políticas

 Organizadores: Ana Magnólia Mendes, Rosângela Dutra de Moraes e Álvaro Roberto Crespo MerloISBN: 978853624677-2Páginas: 260Publicado em: 02/06/2014

Versão impressa

de R$ 79,90* porR$ 71,91em 2x de R$ 35,96Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 54,70* porR$ 49,23 Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Clínica Psicodinâmica do Trabalho – O Sujeito em Ação, Ana Magnólia Mendes e Luciane Kozicz Reis Araujo

Clínica Psicodinâmica do Trabalho – O Sujeito em Ação

 Ana Magnólia Mendes e Luciane Kozicz Reis AraujoISBN: 978853623829-6Páginas: 156Publicado em: 04/07/2012

Versão impressa

de R$ 47,70* porR$ 42,93 Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 34,70* porR$ 31,23 Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Identidade e Subjetividade na Gestão de Pessoas, Coordenadores: Adriane Vieira e Íris Barbosa Goulart

Identidade e Subjetividade na Gestão de Pessoas

 Coordenadores: Adriane Vieira e Íris Barbosa GoulartISBN: 978853621719-2Páginas: 296Publicado em: 09/10/2007

Versão impressa

R$ 89,90em 3x de R$ 29,97Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 61,90em 2x de R$ 30,95Adicionar eBook
ao carrinho
Capa do livro: Assédio Moral, Roberto Heloani e Margarida Barreto

Assédio Moral

 Roberto Heloani e Margarida BarretoISBN: 978853627868-1Páginas: 200Publicado em: 25/04/2018

Versão impressa

de R$ 79,90* porR$ 71,91em 2x de R$ 35,96Adicionar ao
carrinho

Versão digital

de R$ 57,70* porR$ 51,93em 2x de R$ 25,97Adicionar eBook
ao carrinho