Metodologia do Trabalho Científico - Normas Técnicas para Redação de Trabalho Científico - 2ª Edição – Revista e Atualizada

Waldir de Pinho Veloso

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Waldir de Pinho Veloso
ISBN: 978853623285-0
Edição/Tiragem: 2ª Edição – Revista e Atualizada
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 366
Publicado em: 18/02/2011
Área(s): Direito - Outros; Literatura e Cultura - Educação
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Os cursos de graduação e de pós-graduação (mestrado e doutorado) trazem, como condição para o seu término, a necessária redação de um trabalho científico que pode receber nomes como trabalho de conclusão de curso, monografia, dissertação ou tese. Para a normalização da redação desses trabalhos científicos, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) fixa, em diversas e variadas Normas, um conjunto elástico de padronizações. Essas devem ser obrigatoriamente seguidas quando da elaboração de trabalhos de cunho científico, ou seja, os trabalhos de conclusão de curso em seus diversos matizes. As Normas sofrem modificações permanentes, em acomodações que implicam em novos e necessários conhecimentos da área metodológica. Entender as Normas em assunto é tarefa que exige técnicas de interpretação, exegese ou hermenêutica e uma dose de entrosamento com a prática da redação tanto literária quanto científica. Em função das também amplas técnicas de hermenêutica, a simples leitura do texto seco de uma Norma da ABNT pode trazer ao graduando ou pós-graduando alguma dúvida. Em acréscimo, há uma natural dificuldade em interpretar o inteiro teor de uma lei e transcodificar as regras para transformá-las em um modelo prático. Por último, a bibliografia brasileira na área da Metodologia Científica costuma se apresentar carregada de dificuldade de reunir, em único exemplar, tanto as regras bem interpretadas quanto modelos confiáveis e aplicáveis aos cânones contidos na legislação. Com o pensamento em tamanhas dificuldades, que perturbam tanto alunos quanto professores, o autor, que é Advogado militante, Professor Universitário acostumado com a matéria, e escritor, elaborou esse trabalho que se mostra recheado de boa vontade em oferecer segurança nas informações, simplicidade na oferta das palavras e, em apoio adicional, em sequência concebida para facilitar o estudo.

AUTOR(ES)

Waldir de Pinho Veloso é Mestre em Linguística pela Universidade Federal de Uberlândia; Pós-graduado em Direito Econômico e Empresarial pela Universidade Estadual de Montes Claros; Graduado em Direito pela Universidade Estadual de Montes Claros; Advogado; Escritor; Professor universitário; Consultor para assuntos de Língua Portuguesa e Linguística da Universidade Aberta do Brasil, programa de Formação de Professores do Ministério da Educação.

Obras do Autor
DIREITO:
• Nova lei de organização e divisão judiciárias do Estado de Minas Gerais. Belo Horizonte: Del Rey, 2001. • Lei de organização e divisão judiciárias do Estado de Minas Gerais. Belo Horizonte: Del Rey, 2001. • Constituição do Estado de Minas Gerais. Belo Horizonte: Del Rey, 2001. • Essência do direito comercial. Montes Claros: Ed. Unimontes, 2002. • Filosofia do direito. São Paulo: IOB Thomson, 2005. • Comentários aos direitos reais no código civil. São Paulo: IOB Thomson, 2007.
LITERATURA:
• Condromalácia e outras crônicas. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1990. • Sabor acre da vida. Belo Horizonte: Cuatiara, 1992. • Farnôt. Belo Horizonte: Cuatiara, 1994.
EDUCAÇÃO:
• A língua portuguesa renovada. São Paulo: Hucitec, 2009.

SUMÁRIO

Capítulo 01 - TÓPICOS EM LEITURA E ESCRITA

1 INTRODUÇÃO

2 A EVOLUÇÃO DA ESCRITA

3 A LEITURA

4 OS PERGAMINHOS

5 A INVENÇÃO DA IMPRENSA

6 A CRIAÇÃO DOS ÓCULOS, DA LUZ ARTIFICIAL E OUTRAS TÉCNICAS ESPECÍFICAS DA MODERNIDADE

7 A LEITURA, NOS DIAS ATUAIS

8 EPÍLOGO

Capítulo 02 - PESQUISA CIENTÍFICA

1 PRIMEIRAS PALAVRAS, CONCEITO E DEFINIÇÕES

2 FINALIDADE

3 CLASSIFICAÇÃO

3.1 Pesquisas de Laboratório

3.2 Pesquisa de Campo

3.3 Pesquisa Bibliográfica

4 OS PASSOS DA PESQUISA

4.1 A Delimitação do Assunto

Capítulo 03 - PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

1 GENERALIDADES

2 BIBLIOGRAFIA E PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

3 FASES DA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA

3.1 Leitura

3.1.1 Tipos de Leitura

3.1.2 Tipos de Fontes de Leitura

3.1.3 Durante e após a Leitura

3.2 Outras fases da Pesquisa Bibliográfica

4 DIFERENÇA BÁSICA ENTRE REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA E BIBLIOGRAFIA CONSULTADA

Capítulo 04 - PROJETO DE PESQUISA

1 INTRODUÇÃO

2 ELEMENTOS ESTRUTURAIS

2.1 A Escolha do Tema

2.2 Justificativa da Escolha do Tema

2.3 Fundamentação Teórica

2.4 Objetivos

2.4.1 Objetivo Geral

2.4.2 Objetivos Específicos

2.5 Levantamento do Problema da Pesquisa

2.6 Levantamento da Hipótese da Pesquisa

2.7 Metodologia da Pesquisa

2.8 Bibliografia

2.9 Cronograma

2.10 Previsão de Custos

3 ELEMENTOS TEXTUAIS E EXTRATEXTUAIS

Capítulo 05 - OS PASSOS PARA ELABORAÇÃO DE UM PROJETO DE PESQUISA

1 NOTAS INICIAIS

2 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

3 ELEMENTOS TEXTUAIS

3.1 Tema

3.1.1 Delimitação do Tema

3.2 Justificativa da Escolha do Tema

3.3 Fundamentação Teórica

3.4 Objetivos

3.4.1 Objetivo Geral

3.4.2 Objetivos Específicos

3.5 O Problema da Pesquisa

3.6 A Hipótese da Pesquisa

3.7 Metodologia da Pesquisa

3.8 Bibliografia

3.9 Cronograma

3.10 Previsão de Custos

4 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS

Capítulo 06 - A PESQUISA EM SI

1 INTRODUÇÃO

2 LEITURA DA BASE TEÓRICA

3 ANOTAÇÕES

4 COLETA DOS DADOS

5 DEFINIÇÃO DAS PALAVRAS-CHAVE OU UNITERMOS

6 ANÁLISE DOS DADOS COLETADOS

7 INTERPRETAÇÃO DOS DADOS COLETADOS

8 TABULAÇÃO DOS DADOS COLETADOS

9 COMPILAÇÃO

10 PREPARAÇÃO PARA A REDAÇÃO

Capítulo 07 - FICHAMENTO TRADICIONAL E FICHAMENTO COMPUTADORIZADO

1 INTRODUÇÃO

2 FICHAMENTO TRADICIONAL

2.1 Ficha Analítica

2.2 Ficha Bibliográfica

2.3 Ficha de Citação

2.4 Ficha de Rascunho

2.5 Ficha de Resumo

2.6 Observações Finais Sobre Fichamento Tradicional

3 FICHAMENTO COMPUTADORIZADO OU ELETRÔNICO

3.1 Substituição das Fichas por Digitação

3.2 A Página Padronizada e a Pasta

3.3 Os Capítulos

3.4 A Pesquisa

3.5 Comunicações e Afins

3.6 Arquivos de Segurança

Capítulo 08 - REDAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS

1 REGRAS GERAIS

2 REGRAS COMPLEMENTARES

2.1 Datas

2.2 Divisão de Texto

2.3 Espacejamento

2.4 Ilustrações, Quadros e Figuras

2.5 Letra e Fonte

2.6 Notas de Rodapé

2.7 Numeração das Páginas

2.8 Numerais

2.9 Papel a ser Utilizado na Impressão

2.10 Siglas e Abreviaturas

2.10.1 As Principais Abreviaturas Utilizadas nos Textos Científicos

2.10.2 Abreviaturas de Meses

2.11 Tabelas

2.12 Gráficos

2.13 Títulos

2.14 Títulos Correntes

Capítulo 09 - RELATÓRIO CIENTÍFICO OU DE QUALIFICAÇÃO

Capítulo 10 - MONOGRAFIA, DISSERTAÇÃO, TESE E TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

1 INTRODUÇÃO

2 MONOGRAFIA, DISSERTAÇÃO, TESE E TCC

2.1 Partes Textuais Essenciais de um Texto Acadêmico

2.1.1 Desenvolvimento

2.1.2 Conclusão

2.1.3 Introdução

2.2 Os Demais Elementos

Capítulo 11 - OS PASSOS PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIA, DISSERTAÇÃO, TESE E TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

1 INTRODUÇÃO

2 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS

2.1 Capa

2.2 Lombada

2.3 Folha de Rosto

2.4 Ficha Catalográfica

2.5 Errata

2.6 Folha de Aprovação

2.7 Folha de Dedicatória

2.8 Folha de Agradecimentos

2.9 Epígrafe

2.10 Lista de Ilustrações

2.11 Lista de Tabelas

2 12 Lista de Siglas e Abreviaturas

2.13 Resumo

2.14 Sumário

3 ELEMENTOS TEXTUAIS

4 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS

4.1 Abstract, Résumé ou Resumen

4.2 Bibliografia

4.3 Apêndice

4.4 Anexo

4.5 Índices

4.6 Glossário

4.7 Colofão

EXPLICAÇÕES PARA FEITURA DE UMA CAPA DE PROJETO DE PESQUISA, MONOGRAFIA, DISSERTAÇÃO OU TESE

EXPLICAÇÕES PARA FEITURA DE UMA FOLHA DE ROSTO DE MONOGRAFIA, DISSERTAÇÃO OU TESE

Capítulo 12 - NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE CITAÇÕES

1 INTRODUÇÃO

2 CLASSIFICAÇÃO

2.1 Citação Curta

2.2 Citação de Citação

2.2.1 Palavras ou Expressões que, no Texto Transcrito que será Transcrito, já se Encontravam entre Aspas

2.3 Citação de Origem Eletrônica

2.4 Citação Direta

2.5 Citação Indireta, Livre ou Conceitual

2.6 Citação Longa

2.7 Citação Verbal, de fonte não Impressa ou Obtida de Documento em fase de elaboração

2.8 Citação da Bíblia Sagrada

3 LOCALIZAÇÃO DA CITAÇÃO

3.1 Citação no Corpo do Texto

3.1.1 Ponto final após a Citação

4 SUPRESSÃO DE PARTE DA CITAÇÃO

5 INTERPOLAÇÃO

6 NOTAS DE RODAPÉ E COMENTÁRIOS

7 ÊNFASE E DESTAQUE NAS CITAÇÕES

8 TRADUÇÃO PRÓPRIA

9 ERROS E GRAFIAS ORIGINAIS DAS CITAÇÕES

10 SISTEMAS DE CHAMADA

10.1 Citação pelo sistema autor-data

10.2 Citação pelo sistema numérico

10.3 Nome de um autor

10.4 Nome de um autor, com indicação de parentesco

10.5 Mais de um autor com o mesmo nome (sobrenome)

10.6 Mais de uma obra do mesmo autor

10.7 Citação direta de mais de uma obra do mesmo autor, no mesmo ano

10.8 Citação indireta de mais de uma obra do mesmo autor, no mesmo ano

10.9 Nomes de dois ou mais autores

11 ESPECIFICAÇÕES FINAIS

Capítulo 13 - NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1 INTRODUÇÃO

2 REGRAS GERAIS

3 REFERÊNCIAS COM NOMES DE AUTORES

3.1 Autor pessoa física individual

3.1.1 Autor Pessoa Física Individual com Sobrenome que contém Desinência de Parentesco

3.1.2 Nome Consagrado de Autor como Pessoa Física

3.1.3 Nome Tradicional de Autor como Pessoa Física

3.1.4 Pseudônimo de Autor como Pessoa Física

3.1.5 Nome de Autor Pessoa Física, Composto de Substantivo mais Adjetivo

3.1.6 Nome Composto de Autor Pessoa Física

3.1.7 Nome Estrangeiro de Autor como Pessoa Física

3.1.7.1 Nome Estrangeiro de Autor Pessoa Física com partículas

3.2 Dois Autores (pessoas físicas)

3.3 Três Autores (pessoas físicas)

3.4 Quatro ou mais Autores (Pessoas Físicas) em Condições Igualitárias

3.4.1 Quatro ou mais Autores (Pessoas Físicas) com Indicação de Prevalência

3.5 Autoria desconhecida

4 TRADUTORES, REVISORES, ILUSTRADORES E OUTROS PARTICIPANTES DA OBRA

5 SEPARATA

6 TESES, DISSERTAÇÕES , MONOGRAFIAS

7 OUTROS ACRÉSCIMOS ESCLARECEDORES

8 REFERÊNCIAS COM NOMES DE ENTIDADES GOVERNAMENTAIS

8.1 Entidades Administrativas Restritas

8.2 Entidades e Órgãos que têm Jurisdição Definida

8.3 Órgão Subordinado a uma Instituição

9 CONGRESSOS, SEMINÁRIOS, SIMPÓSIOS, CONFERÊNCIAS E OUTROS

10 BÍBLIA

11 LEGISLAÇÃO OU DOCUMENTO JURÍDICO

11.1 Constituição e Emendas à Constituição

11.2 Leis Infraconstitucionais

11.3 Códigos

12 DECISÕES DOS TRIBUNAIS (JURISPRUDÊNCIAS)

13 DOUTRINA DE TEMAS JURÍDICOS

13.1 Doutrina de Temas Jurídicos Disponíveis em Meio Eletrônico

14 TRABALHOS APRESENTADOS EM EVENTOS

14.1 Resultados de Eventos Disponíveis em Meio Eletrônico

15 PUBLICAÇÃO PERIÓDICA (REVISTA, FASCÍCULO E OUTROS)

15.1 Publicações como um todo

15.2 Partes de Revistas

15.3 Artigos, Reportagens, Ensaios, Opiniões etc. Publicados em Revistas Impressas

15.4 Partes de Revistas em Meios Eletrônicos (Artigos, Reportagens, Ensaios, Opiniões, etc.)

16 ARTIGO PUBLICADO EM PERIÓDICO IMPRESSO (JORNAL)

16.1 Artigo Disponível em Jornal Virtual

17 OUTROS TIPOS DE MEIO DE DIVULGAÇÃO

17.1 Imagem em Movimento

17.2 Documento Iconográfico

17.3 Documento Cartográfico Impresso

17.3.1 Documento Cartográfico em Meios Eletrônicos

17.4 Documento Sonoro como um todo

17.4.1 Documento Sonoro em parte

17.5 Partitura Impressa

17.5.1 Partitura em Meio Eletrônico

17.6 Documento Tridimensional

17.6.1 Documento Tridimensional em Meio Eletrônico

17.7 Base de Dados e outros Documentos Acessados Exclusivamente por Meio Eletrônico

18 TÍTULO E SUBTÍTULO

18.1 Títulos e Subtítulos Longos

18.2 Título em mais de uma Língua

18.3 Título de Periódico como um todo

18.4 Título Genérico de Periódico

18.5 Trabalhos sem Títulos

19 INFORMAÇÕES QUANTO A PRODUTORES, DIRETORES, TRADUTORES, REVISORES, ILUSTRADORES E OUTROS PARTICIPANTES DA OBRA

20 EDIÇÃO

20.1 Obra Estrangeira

20.2 Acréscimos

20.2.1 Acréscimos com Relaçãoa Documentos Eletrônicos

21 LOCAL DA EDITORA

21.1 Mais de um Local de uma mesma Editora

21.2 Mais de uma Localidade e mais de uma Editora

21.3 Local Identificável, mas não Constante da Ficha Catalográfica

21.4 Local não Identificável

22 EDITORA

22.1 Duas Editoras

22.2 Três ou mais Editoras

22.3 Sem Editora Identificável

22.4 Editora e Instituição Responsável pela Publicação ou Publicação Independente

23 SEM NOTAS TIPOGRÁFICAS

24 DATA

24.1 Data de Periódicos

25 NÚMERO DE PÁGINAS OU FOLHAS

25.1 Páginas ou Folhas não Contínuas

25.2 Publicação não Paginada ou com Numeração Irregular

26 PUBLICAÇÃO EM MAIS DE UM VOLUME

27 NOTAS ADICIONAIS NAS REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

28 LOCALIZAÇÃO DAS REFERÊNCIAS

28.1 Sistema Numérico

28.2 Sistema Alfabético

28.3 Alinhamento e espaços Interlineares

28.4 Referências Sequenciais a mais de uma Obra do mesmo Autor

28.5 Referências Sequenciais a mais de uma Citação de uma mesma Obra do mesmo Autor

Capítulo 14 - PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS

1 INTRODUÇÃO

2 PUBLICAÇÕES

2.1 Artigo Científico

2.2 Artigo-Relatório

2.3 Comunicação Científica Escrita ouPaper

2.4 Ensaio

2.5 Informe Científico

Capítulo 15 - DIVULGAÇÕES CIENTÍFICAS

1 INTRODUÇÃO

2 TIPOS DE DIVULGAÇÕES CIENTÍFICAS

3 EVENTOS EM QUE SE FAZEM AS DIVULGAÇÕES CIENTÍFICAS

3.1 Congresso

3.2 Semana

3.3 Jornada

4 ATIVIDADES EM QUE SE FAZEM AS DIVULGAÇÕES CIENTÍFICAS

4.1 Comunicação Oral e Comunicação Coordenada

4.2 Conferência ou Palestra

4.3 Curso e Minicurso

4.4 Fórum

4.5 Painel

4.6 Mesa-Redonda

4.7 Oficina ou Workshop

4.8 Simpósio

5 SEMINÁRIO

Capítulo 16 - TRABALHOS ACADÊMICOS

1 INTRODUÇÃO

2 CURRÍCULO DE VIDA

3 MEMORIAL

4 PORTA-FÓLIO

4.1 Porta-Fólio Eletrônico

4.2 Porta-Fólio fora do Âmbito Acadêmico

5 RELATÓRIO

5.1 Relatório de Pesquisas Científicas

5.2 Relatório de Atividades Escolares

5.3 Relatório Comercial

5.4 Relatório Administrativo

5.5 Relatório de Prestação de Contas

5.6 Classificação dos Relatórios

6 RESENHA

7 RESUMO

8 SEMINÁRIO COMO TRABALHO ACADÊMICO

9 SINOPSE

10 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS EM PÚBLICO

Capítulo 17 - REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: