Carreiras - Novo Olhar Socioconstrucionista para um Mundo Flexibilizado

Marcelo Afonso Ribeiro

Leia na Biblioteca Virtual
Preço:
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Marcelo Afonso Ribeiro
ISBN: 978853624886-8
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 196
Publicado em: 03/11/2014
Área(s): Psicologia - Organizacional e do Trabalho; Psicologia - Social
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

A carreira tradicionalmente foi definida como sequência de cargos e ocupações de uma pessoa no interior de uma empresa, entretanto, o mundo do trabalho vem sofrendo um processo contínuo e gradativo de flexibilização, heterogeneização e complexificação, o que tem transformado a carreira em algo não dependente das empresas e construída nas várias relações que uma pessoa estabelece com as possibilidades de trabalho existentes, dentro e fora da empresa, como uma trajetória sociolaboral mais individualizada.

Esta situação introduz problemas teóricos (como entender o que seria uma carreira hoje em dia?) e práticos (como desenvolver planos de cargos e salários numa empresa? Como pensar o planejamento e a gestão das carreiras dos funcionários? Como auxiliar pessoas interessadas em uma orientação de carreira?). Neste sentido, o presente livro visa analisar um constructo teórico e prático importante para a vida de trabalho, que é a carreira, e oferecer uma nova compreensão e operacionalização ao mesmo a partir de uma perspectiva construcionista social na tentativa de oferecer bases teóricas e conceituais para o enfrentamento da complexidade do mundo do trabalho atual.

A leitura deste livro irá oferecer um convite à reflexão sobre as possibilidades e limites da compreensão das carreiras contemporâneas, bem como das práticas que têm como base de intervenção as carreiras, entre elas, a Psicologia Organizacional e do Trabalho e a Orientação Profissional e de Carreira.

AUTOR(ES)

MARCELO AFONSO RIBEIRO

Livre Docente em Psicologia Social e do Trabalho; doutor em Psicologia Social; mestre em Psicologia do Desenvolvimento Humano; especialista em Orientação Profissional e graduado em Psicologia pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, onde é docente na graduação e pós-graduação, pesquisador e coordenador do CPAT - Centro de Psicologia Aplicada ao Trabalho. Professor visitante na Universidad Del Valle, Colômbia e Université de Savoie, França. Membro titular da ESVDC - European Society for Vocational Designing and Career Counseling. Representante brasileiro da UNESCO Chair of Lifelong Guidance and Counseling. Atua nas áreas de Psicologia do Trabalho e das Organizações e Orientação Profissional e de Carreira, onde desenvolve pesquisas na interface entre Trabalho, Identidade, Trajetórias de Trabalho, Carreira, Vulnerabilidade Psicossocial e Orientação de Carreira. Autor do livro Psicologia e Gestão de Pessoas, 2009, e um dos organizadores do Compêndio de Orientação Profissional e de Carreira - Vol. 1 e 2, 2011.

SUMÁRIO

Capítulo I PERCURSO TEÓRICO PARA CONSTRUÇÃO DA CONCEPÇÃO DE CARREIRA PSICOSSOCIAL: ANTECEDENTES

1.1 A escolha vocacional

1.2 Da escolha vocacional ao projeto profissional

1.2.1 Caminho 1: proposta funcionalista do desenvolvimento vocacional (carreira subjetiva)

1.2.2 Caminho 2: proposta sociocognitiva da construção do projeto vocacional

1.2.3 Caminho 3: proposta da concepção de projeto e de identidade profissional através da articulação Psicanálise-Materialismo Dialético

1.2.4 Caminho 4: proposta da concepção de escolha e de projeto profissional através da articulação Psicanálise-Estruturalismo Praxio-lógico

1.2.5 Síntese dos caminhos apresentados

1.3 Aproximações teóricas para uma leitura psicossocial do projeto de vida de trabalho e da carreira

1.3.1 Principais concepções emergentes

1.3.1.1 Discurso, narrativa, história e memória

1.3.1.2 Trabalho e vida cotidiana contemporânea

1.3.1.3 Projetos de vida profissional, projetos de vida de trabalho, contratualidade social e intermediário

1.3.1.4 Projeto de vida de trabalho como projeto de identidade: estratégias identitárias, desidentidade e redes

1.3.1.5 Projeto de estado e projeto de ação

1.3.1.6 Temporalidades contemporâneas - Chronos e Kairós

1.4 Síntese

Capítulo II A DELIMITAÇÃO DO CAMPO DE ESTUDOS DA CARREIRA

2.1 Gênese e consolidação da carreira

2.2 Principais definições de carreira e seus respectivos autores

2.3 O campo contemporâneo de estudos da carreira

2.3.1 A função do trabalho para a realização humana e a estruturação do mundo do trabalho

2.3.1.1 Sistema Emprego-Desemprego como estruturador do mundo do trabalho tradicional

2.3.1.2 Sistema Trabalho Estável - Trabalho Vulnerável - Não- -Trabalho como estruturador do mundo do trabalho contemporâneo

2.3.2 Estudos contemporâneos da carreira no campo das Ciências da Gestão

2.3.3 Estudos contemporâneos da carreira no campo das Ciências do Trabalho

2.3.4 Ampliação e diversificação do escopo da análise no campo de estudos da carreira

2.4 Por que manter a concepção de carreira?

2.5 Proposta do livro: uma abordagem psicossocial da carreira com base no Construcionismo Social

Capítulo III A PROPOSTA TEÓRICA DE UMA ABORDAGEM PSICOSSOCIAL DA CARREIRA COM BASE NO CONSTRUCIONISMO SOCIAL

3.1 Proposta do livro

3.2 A proposta socioconstrucionista e suas contribuições para o estudo das carreiras

3.2.1 Por que o Construcionismo Social como base epistemológica?

3.2.2 Princípios gerais do Construcionismo Social

3.2.2.1 Perspectiva ontológica

3.2.2.2 Perspectiva epistemológica

3.2.2.3 Perspectiva metodológica

3.2.2.4 Horizonte ético-político

3.2.3 Principais concepções teóricas do Construcionismo Social

3.2.3.1 Concepção de ser humano e realidade psicossocial

3.2.3.2 Concepção de construção psicossocial

3.2.3.3 Concepção de relação, relacional e psicossocial

3.2.3.4 Concepção de posicionamentos, significados e sentidos

3.2.3.5 Concepção de discursos, narrativas e práticas

3.2.3.6 Concepção de self e identidade

3.3 Formas de estruturação e análise da carreira na contemporaneidade através de suas dimensões constitutivas

3.3.1 A dimensão constitutiva dos projetos de vida de trabalho

3.3.1.1 Planos de ação de trabalho

3.3.1.2 Construções identitárias de trabalho

3.3.1.2.1 Identidade vocacional

3.3.1.2.2 Identidade profissional e identidade ocupacional

3.3.1.2.3 Identidade organizacional

3.3.1.2.4 Identidade de carreira

3.3.1.2.5 Identidade de trabalho

3.3.2 A dimensão constitutiva das trajetórias de vida de trabalho

3.4 A carreira psicossocial

3.4.1 A proposta de compreensão da carreira através da análise de cinco continuapsicossociais

3.4.1.1 Continuum subjetivo-social

3.4.1.2 Continuum estabilidade-flexibilidade

3.4.1.3 Continuum organizações-redes

3.4.1.4 Continuum permanência-mudança

3.4.1.5 Continuum fechamento-abertura

3.4.2 As possibilidades de construção das carreiras na contemporaneidade

3.4.2.1 Extremo da estabilidade moderna

3.4.2.2 Extremo da estabilidade contemporânea

3.4.3 A concepção da carreira psicossocial como categoria analítica

Capítulo IV SISTEMATIZAÇÃO DAS PRINCIPAIS NARRATIVAS PRODUZIDAS SOBRE CARREIRA NA LITERATURA ESPECIALIZADA: EXEMPLO PRÁTICO DA ABORDAGEM PSICOSSOCIAL DA CARREIRA COM BASE NO CONSTRUCIONISMO SOCIAL

4.1 Apresentação das sistematizações propostas pelos autores analisados

4.1.1 Michael Berzonsky - Estilos de construção de projetos de vida

4.1.2 Mary Douglas - Formas de cultura que dariam base ao posicionamento no mundo

4.1.3 Stuart Hall - Concepções construídas de sujeito pelo mundo

4.1.4 Robert Castel - Proteções e vulnerabilidades para os posicionamentos na realidade sociolaboral

4.1.5 Alain Touraine - Posições relacionais diante da realidade socio-laboral

4.1.6 Manuel Castells - Posicionamentos na realidade sociolaboral

4.1.7 Gudela Grote e Sabine Raeder - Continuidade biográfica e construção identitária de trabalho

4.1.8 Claude Dubar e Didier Demazière - Modos genéricos de identificação com o mundo do trabalho

4.1.9 M'Hamed Dif - Estratégias de socialização e construção de projetos de vida de trabalho

4.1.10 Fernando Marhuenda, Ignacio Martínez e Almudena Navas - Discursos formados sobre a identidade de vida de trabalho

4.1.11 Donald Super - Tipos básicos de trajetórias de vida de trabalho

4.1.12 Michael Driver - Tipos básicos de trajetórias de vida de trabalho

4.1.13 Jean François Chanlat - Tipos básicos de carreiras

4.2 Sistematização das produções narrativas sobre as construções de vida de trabalho

4.2.1 Discurso da Nostalgia

4.2.2 Discurso do Fechamento

4.2.3 Discurso da Possibilidade

4.2.4 Discurso da Instrumentalidade

CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Ação. Projeto de estado e projeto de ação
  • Alain Touraine. Posições relacionais diante da realidade sociolaboral
  • Almudena Navas. Fernando Marhuenda, Ignacio Martínez e Almudena Navas. Discursos formados sobre a identidade de vida de trabalho
  • Ampliação e diversificação do escopo da análise no campo de estudos da carreira
  • Aproximações teóricas para uma leitura psicossocial do projeto de vida de trabalho e da carreira

C

  • Caminho 1. Proposta funcionalista do desenvolvimento vocacional (carreira subjetiva)
  • Caminho 2. Proposta sociocognitiva da construção do projeto vocacional
  • Caminho 3. Proposta da concepção de projeto e de identidade profissional através da articulação Psicanálise-Materialismo Dialético
  • Caminho 4. Proposta da concepção de escolha e de projeto profissional através da articulação Psicanálise-Estruturalismo Praxiológico
  • Carreira psicossocial
  • Carreira psicossocial. Concepção da carreira psicossocial como categoria analítica
  • Carreira psicossocial. Percurso teórico para construção da concepção de carreira psicossocial: antecedentes
  • Carreira. Ampliação e diversificação do escopo da análise no campo de estudos da carreira
  • Carreira. Aproximações teóricas para uma leitura psicossocial do projeto de vida de trabalho e da carreira
  • Carreira. Caminho 1. Proposta funcionalista do desenvolvimento vocacional (carreira subjetiva)
  • Carreira. Campo contemporâneo de estudos da carreira
  • Carreira. Construcionismo social. Apresentação das sistematizações propostas pelos autores analisados
  • Carreira. Delimitação do campo de estudos da carreira
  • Carreira. Estudos contemporâneos da carreira no campo das ciências da gestão
  • Carreira. Estudos contemporâneos da carreira no campo das ciências do trabalho
  • Carreira. Formas de estruturação e análise da carreira na contemporaneidade através de suas dimensões constitutivas
  • Carreira. Gênese e consolidação da carreira
  • Carreira. Por que manter a concepção de carreira?
  • Carreira. Possibilidades de construção das carreiras na contemporaneidade
  • Carreira. Principais definições de carreira e seus respectivos autores
  • Carreira. Sistematização das principais narrativas produzidas sobre carreira na literatura especializada: exemplo prático da abordagem psicossocial da carreira com base no construcionismo social
  • Chronos. Temporalidades contemporâneas - Chronos e Kairós
  • Claude Dubar e Didier Demazière. Modos genéricos de identificação com o mundo do trabalho
  • Concepção da carreira psicossocial como categoria analítica
  • Considerações finais
  • Construções de vida de trabalho. Sistematização das produções narrativas sobre as construções de vida de trabalho
  • Construcionismo social. Por que o Construcionismo Social como base epistemológica?
  • Construcionismo social. Principais concepções teóricas. Concepção de construção psicossocial
  • Construcionismo social. Principais concepções teóricas. Concepção de discursos, narrativas e práticas
  • Construcionismo social. Principais concepções teóricas. Concepção de posicionamentos, significados e sentidos
  • Construcionismo social. Principais concepções teóricas. Concepção de relação, relacional e psicossocial
  • Construcionismo social. Principais concepções teóricas. Concepção de ser humano e realidade psicossocial
  • Construcionismo social. Principais concepções teóricas do Construcionismo Social
  • Construcionismo social. Principais concepções teóricas. Concepção de selfe identidade
  • Construcionismo social. Princípios gerais do Construcionismo Social
  • Construcionismo social. Princípios gerais. Horizonte ético-político
  • Construcionismo social. Princípios gerais. Perspectiva epistemológica
  • Construcionismo social. Princípios gerais. Perspectiva metodológica
  • Construcionismo social. Princípios gerais. Perspectiva ontológica
  • Construcionismo social. Proposta do livro. Uma abordagem psicossocial da carreira com base no construcionismo social
  • Construcionismo social. Proposta socioconstrucionista e suas contribuições para o estudo das carreiras
  • Construcionismo social. Proposta teórica de uma abordagem psicossocial da carreira com base no construcionismo social
  • Construcionismo social. Sistematização das principais narrativas produzidas sobre carreira na literatura especializada: exemplo prático da abordagem psicossocial da carreira com base no construcionismo social
  • Construções identitárias de trabalho
  • Continua psicossociais. Proposta de compreensão da carreira através da análise de cinco continua psicossociais
  • Continuum estabilidade-flexibilidade
  • Continuum fechamento-abertura
  • Continuum organizações-redes
  • Continuum permanência-mudança
  • Continuum subjetivo-social
  • Contratualidade. Projetos de vida profissional, projetos de vida de trabalho, contratualidade social e intermediário

D

  • Delimitação do campo de estudos da carreira
  • Desemprego. Sistema emprego-desemprego como estruturador do mundo do trabalho tradicional
  • Desidentidade. Projeto de vida de trabalho como projeto de identidade: estratégias identitárias, desidentidade e redes
  • Dimensão constitutiva das trajetórias de vida de trabalho
  • Dimensão constitutiva dos projetos de vida de trabalho
  • Discurso da Instrumentalidade
  • Discurso da Nostalgia
  • Discurso da Possibilidade
  • Discurso do Fechamento
  • Donald Super. Tipos básicos de trajetórias de vida de trabalho

E

  • Emprego. Sistema emprego-desemprego como estruturador do mundo do trabalho tradicional
  • Escolha vocacional ao projeto profissional
  • Escolha vocacional
  • Estabilidade contemporânea. Extremo da estabilidade contemporânea
  • Estabilidade moderna. Extremo da estabilidade moderna
  • Estado. Projeto de estado e projeto de ação
  • Estratégia identitária. Projeto de vida de trabalho como projeto de identidade: estratégias identitárias, desidentidade e redes
  • Estudos contemporâneos da carreira no campo das ciências da gestão
  • Estudos contemporâneos da carreira no campo das ciências do trabalho
  • Extremo da estabilidade moderna

F

  • Fechamento. Discurso do Fechamento
  • Fernando Marhuenda, Ignacio Martínez e Almudena Navas. Discursos formados sobre a identidade de vida de trabalho
  • Função do trabalho para a realização humana e a estruturação do mundo do trabalho

G

  • Gênese e consolidação da carreira
  • Gestão. Estudos contemporâneos da carreira no campo das ciências da gestão
  • Gudela Grote e Sabine Raeder. Continuidade biográfica e construção identitária de trabalho

I

  • Identidade de carreira
  • Identidade de trabalho
  • Identidade organizacional
  • Identidade profissional e identidade ocupacional
  • Identidade profissional. Caminho 3. Proposta da concepção de projeto e de identidade profissional através da articulação Psicanálise-Materialismo Dialético
  • Identidade vocacional
  • Identidade. Construções identitárias de trabalho
  • Identidade. Projeto de vida de trabalho como projeto de identidade: estratégias identitárias, desidentidade e redes
  • Ignacio Martínez. Fernando Marhuenda, Ignacio Martínez e Almudena Navas. Discursos formados sobre a identidade de vida de trabalho
  • Instrumentalidade. Discurso da Instrumentalidade

J

  • Jean François Chanlat. Tipos básicos de carreiras

K

  • Kairós. Temporalidades contemporâneas - Chronos e Kairós

L

  • Livro. Proposta do livro

M

  • Manuel Castells. Posicionamentos na realidade sociolaboral
  • Mary Douglas. Formas de cultura que dariam base ao posicionamento no mundo
  • Michael Berzonsky. Estilos de construção de projetos de vida
  • Michael Driver. Tipos básicos de trajetórias de vida de trabalho
  • M’Hamed Dif. Estratégias de socialização e construção de projetos de vida de trabalho
  • Mundo do trabalho. Função do trabalho para a realização humana e a estruturação do mundo do trabalho

N

  • Nostalgia. Discurso da Nostalgia

P

  • Percurso teórico para construção da concepção de carreira psicossocial: antecedentes
  • Percurso teórico para construção da concepção de carreira psicossocial: antecedentes. Síntese
  • Planos de ação de trabalho
  • Possibilidade. Discurso da Possibilidade
  • Profissão. Escolha vocacional ao projeto profissional
  • Profissão. Percurso teórico para construção da concepção de carreira psicossocial: antecedentes
  • Projeto de estado e projeto de ação
  • Projeto de vida de trabalho como projeto de identidade: estratégias identitárias, desidentidade e redes
  • Projeto de vida de trabalho. Aproximações teóricas para uma leitura psicossocial. Principais concepções emergentes
  • Projeto de vida de trabalho. Dimensão constitutiva dos projetos de vida de trabalho
  • Projeto de vida de trabalho. Discurso, narrativa, história e memória
  • Projeto de vida de trabalho. Trabalho e vida cotidiana contemporânea
  • Projeto de vida. Aproximações teóricas para uma leitura psicossocial do projeto de vida de trabalho e da carreira
  • Projeto profissional. Caminho 4. Proposta da concepção de escolha e de projeto profissional através da articulação Psicanálise-Estruturalismo Praxiológico
  • Projeto vocacional. Caminho 2. Proposta sociocognitiva da construção do projeto vocacional
  • Projetos de vida profissional, projetos de vida de trabalho, contratualidade social e intermediário
  • Proposta da concepção de escolha e de projeto profissional através da articulação Psicanálise-Estruturalismo Praxiológico. Caminho 4
  • Proposta da concepção de projeto e de identidade profissional através da articulação Psicanálise-Materialismo Dialético. Caminho 3
  • Proposta de compreensão da carreira através da análise de cinco continua psicossociais
  • Proposta do livro. Uma abordagem psicossocial da carreira com base no construcionismo social
  • Proposta funcionalista do desenvolvimento vocacional (carreira subjetiva). Caminho 1
  • Proposta sociocognitiva da construção do projeto vocacional. Caminho 2
  • Proposta teórica de uma abordagem psicossocial da carreira com base no construcionismo social
  • Psicossocial. Carreira psicossocial

R

  • Realização humana. Função do trabalho para a realização humana e a estruturação do mundo do trabalho
  • Redes. Projeto de vida de trabalho como projeto de identidade: estratégias identitárias, desidentidade e redes
  • Referências
  • Robert Castel. Proteções e vulnerabilidades para os posicionamentos na realidade sociolaboral

S

  • Síntese dos caminhos apresentados
  • Sistema emprego-desemprego como estruturador do mundo do trabalho tradicional
  • Sistema trabalho estável. Trabalho vulnerável. Não-trabalho como estruturador do mundo do trabalho contemporâneo
  • Sistematização das principais narrativas produzidas sobre carreira na literatura especializada: exemplo prático da abordagem psicossocial da carreira com base no construcionismo social
  • Sistematização das produções narrativas sobre as construções de vida de trabalho
  • Stuart Hall. Concepções construídas de sujeito pelo mundo

T

  • Temporalidades contemporâneas - Chronos e Kairós
  • Trabalho. Aproximações teóricas para uma leitura psicossocial do projeto de vida de trabalho e da carreira
  • Trabalho. Construções identitárias de trabalho
  • Trabalho. Dimensão constitutiva das trajetórias de vida de trabalho
  • Trabalho. Estudos contemporâneos da carreira no campo das ciências do trabalho
  • Trabalho. Planos de ação de trabalho
  • Trabalho. Projeto de vida de trabalho como projeto de identidade: estratégias identitárias, desidentidade e redes
  • Trabalho. Projetos de vida profissional, projetos de vida de trabalho, contratualidade social e intermediário
  • Trabalho. Sistema emprego-desemprego como estruturador do mundo do trabalho tradicional

V

  • Vocação. Escolha vocacional ao projeto profissional
  • Vocação. Escolha vocacional
  • Vocação. Identidade vocacional
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: