Estratégias no Jogo pelo Poder - A Arte da Sobrevivência - Semeando Livros

Samuel Waxman

Leia na Biblioteca Virtual
Versão Impressa:
Versão Digital (e-Book):
Disponível para:  Android  iOS  Windows Phone
Parcele em até 6x sem juros no cartão. Parcela mínima de R$ 20,00
FICHA TÉCNICA
Autor(es): Samuel Waxman
ISBN v. Impressa: 978853625046-5
ISBN v. Digital: 978853625134-9
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 184
Publicado em: 19/03/2015
Área(s): Literatura e Cultura - Auto-Ajuda, Esotérico e Religião
VERSÃO DIGITAL (E-BOOK)
  • Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS, Android ou Windows Phone;
  • Disponível para as plataformas:
    Android Android 4 ou posterior
    iOS iOS 7 ou posterior
    Windows Phone Windows Phone 8 ou posterior
  • Não compatível para leitura em computadores;
  • Compra apenas via site da Juruá Editora.
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

O leitor irá encontrar nos oito capítulos que compõem a presente obra técnicas e estratégias para sobrenadar e sobreviver às diversas armadilhas da sorte adversa que o podem engolir durante o curso da vida. Mais que técnicas de atitudes mentais de simulação e de dissimulação, o autor demonstra como uma pessoa saída do nada, apenas com o uso da inteligência e da sagacidade aprimorada, pode triunfar no meio de tantas adversidades e adversários.

O mundo é "um caos de desejos e de necessidades que se chocam e se repelem entre si"? É "tumultuoso e vazio"? Mas por que se queixar? Esse caos e essa desordem permitem a invenção, a aventura e tornam tudo possível para um indivíduo sagaz e munido das estratégias corretas.

Alpinismo social, jogo pelo poder, uso inteligente das palavras aliado à clara interpretação da linguagem não verbal, articulação de estratégias, autodomínio, neutralização do medo, saber escolher e não subestimar os inimigos são algumas das técnicas que, sem falso moralismo, o autor fornece para destravar a disposição para ver o mundo como ele é, e não como desejamos que seja.

SUMÁRIO

Capítulo I - ESTUDE A SI E AO SEU ADVERSÁRIO

1 Estude a natureza humana

2 Mantenha-se em guarda contra você mesmo - O seu maior inimigo é você

3 Saiba escolher os seus inimigos

4 Não subestime o inimigo

5 Um ex-amigo pode se tornar o pior inimigo

6 Articule as estratégias - Tente prever o futuro e antecipar as jogadas dos inimigos

7 Maximize a amizade e minimize a inimizade

8 Mantenha os amigos próximos e os inimigos mais próximos ainda

9 Amigos reconciliados, inimigos disfarçados

10 Instinto da jugular

11 Não provoque mais diabos do que você pode esconjurar

12 O favor gera amigos: a verdade, ódio

Capítulo II - AUTODOMÍNIO

1 Reprima a raiva e o ódio - Aja com calma e frieza - Domine asemoções -Mantenha a calma enquanto os outros explodem

2 Controle rigoroso da expressão, dos sorrisos e das manifestaçõesde mau humor bem como de euforia

3 Jamais demonstre frustração em público

4 Não fale mal, não louve, não acuse ninguém, salvo quando necessário para se proteger

5 Seja discreto - Não fale de si - Fale pouco e apenas o necessário

6 Disfarce as intenções

7 Suavize as palavras e conquiste o mundo

8 Tente disfarçar ou neutralizar o medo

9 Manter a justa medida tanto na crítica quanto no elogio

10 É perigoso ter muita ânsia de poder

11 Não seja triste ou melancólico

Capítulo III -ATENÇÃO ÀS APARÊNCIAS

1 Cuidado com as aparências

2 Não hesite - Não se mostre inseguro - Faça parecer que tem todas as respostas

3 Sua aparência "fala" por você

4 Não revele suas fragilidades ou defeitos

5 Muito trovão é sinal de pouca chuva

6 Cultive uma atitude autêntica

Capítulo IV -MANTENHA-SE ATENTO

1 Desconfie dos bajuladores, dos elogios gratuitos e frequentes

2 Fique atento aos detalhes, às pequenas coisas, pois daí podem sair grandes verdades

3 Atenção à linguagem não verbal

4 Saiba reconhecer aquele que faz jogo duplo

5 As pessoas devem ser julgadas por atos e fatos, não pelo que falam

6 Quem para ti fala dos defeitos alheios, com alguém fala dos teus

7 Aprenda com os próprios erros e com os dos outros

8 Aprenda a reconhecer uma mentira

9 A raposa muda de pelo, mas não de natureza

10 Lembra-te de desconfiar

11 Discurso de humildade para disfarçar o orgulho

12 Louca a ovelha que se confessa ao lobo

13 É bom saber de que lado sopra o vento

14 Bons mentirosos contam meias-verdades

Capítulo V -TRAÇANDO AS ESTRATÉGIAS

1 Desenvolva um banco de dados de nomes pessoais e sintonize-se

2 Usar a afabilidade, a polidez e a cortesia como defesa e ataque

3 Fingir-se de tolo, em certas ocasiões, é sabedoria

4 Mexer na água para melhor pegar o peixe

5 Não diga tudo o que você sabe, nem faça tudo o que você pode, Evite chamar muita atenção

6 O desafio só deve ser aceito quando a vitória for certa

7 Use as palavras de forma inteligente

8 Triste do rato que só conhece um buraco

9 Transforme a sua estratégia numa cruzada, numa causa justa

10 Antes um asno que me carregue que um cavalo que me derrube

11 Ao subir destrua o degrau

12 São preferíveis necessitados do que agradecidos

13 Perca a fruta, mas preserve a semente

14 A melhor defesa é o ataque

Capítulo VI -COMPORTAMENTO ADEQUADO

1 Não seja o dono da moral e da virtude

2 Não se esforce por agradar demasiadamente a todos

3 Respeite a autoestima e a vaidade alheias

4 Adote o distanciamento adequado

5 Evite criticar os amigos em público

6 Como reagir às críticas

7 Não mostre os dentes se você não pode morder

8 Dar a entender sem se pronunciar ou se manifestar

9 As uvas estão verdes

10 Se cair, lute de joelhos

11 Antes torcer que quebrar

Capítulo VII -DEIXE O TEMPO AGIR

1 Apresse-se lentamente

2 O mal por si só se destrói

3 Semear sempre

Capítulo VIII -RECONHECENDO VALORES POSITIVOS

1 Como reconhecer a verdadeira amizade

2 Transformando valores negativos em positivos

3 Não tema o futuro, nem idolatre o passado

4 Pense grande e adote atitudes positivas

REFERÊNCIAS

ÍNDICE ALFABÉTICO

A

  • Adversário. Estude a si e ao seu adversário
  • Aparência. Atenção às aparências
  • Aparência. Cuidado com as aparências
  • Aparência. Cultive uma atitude autêntica
  • Aparência. Muito trovão é sinal de pouca chuva
  • Aparência. Não hesite. Não se mostre inseguro. Faça parecer que tem todas as respostas
  • Aparência. Não revele suas fragilidades ou defeitos
  • Aparência. Sua aparência "fala" por você
  • Atenção à linguagem não verbal
  • Atenção. Aprenda a reconhecer uma mentira
  • Atenção. Aprenda com os próprios erros e com os dos outros
  • Atenção. Bons mentirosos contam meias-verdades
  • Atenção. Desconfie dos bajuladores, dos elogios gratuitos e frequentes
  • Atenção. Discurso de humildade para disfarçar o orgulho
  • Atenção. É bom saber de que lado sopra o vento
  • Atenção. Fique atento aos detalhes, às pequenas coisas, pois daí podem sair grandes verdades
  • Atenção. Lembra-te de desconfiar
  • Atenção. Louca a ovelha que se confessa ao lobo
  • Atenção. Mantenha-se atento
  • Atenção. Pessoas devem ser julgadas por atos e fatos, não pelo que falam
  • Atenção. Quem para ti fala dos defeitos alheios, com alguém fala dos teus
  • Atenção. Raposa muda de pelo, mas não de natureza
  • Atenção. Saiba reconhecer aquele que faz jogo duplo
  • Autodomínio
  • Autodomínio. Controle rigoroso da expressão, dos sorrisos e das manifestações de mau humor bem como de euforia
  • Autodomínio. É perigoso ter muita ânsia de poder
  • Autodomínio. Jamais demonstre frustração em público
  • Autodomínio. Manter a justa medida tanto na crítica quanto no elogio
  • Autodomínio. Não fale mal, não louve, não acuse ninguém, salvo quando necessário para se proteger
  • Autodomínio. Não seja triste ou melancólico
  • Autodomínio. Reprima a raiva e o ódio. Aja com calma e frieza. Domine as emoções. Mantenha a calma enquanto os outros explodem
  • Autodomínio. Suavize as palavras e conquiste o mundo
  • Autodomínio. Tente disfarçar ou neutralizar o medo

C

  • Calma. Reprima a raiva e o ódio. Aja com calma e frieza. Domine as emoções. Mantenha a calma enquanto os outros explodem
  • Competição. Estude a si e ao seu adversário
  • Competição. Mantenha-se em guarda contra você mesmo. O seu maior inimigo é você
  • Comportamento adequado
  • Comportamento. Adote o distanciamento adequado
  • Comportamento. Antes torcer que quebrar
  • Comportamento. As uvas estão verdes
  • Comportamento. Como reagir às críticas
  • Comportamento. Dar a entender sem se pronunciar ou se manifestar
  • Comportamento. Evite criticar os amigos em público
  • Comportamento. Não mostre os dentes se você não pode morder
  • Comportamento. Não se esforce por agradar demasiadamente a todos
  • Comportamento. Não seja o dono da moral e da virtude
  • Comportamento. Respeite a autoestima e a vaidade alheias
  • Comportamento. Se cair, lute de joelhos
  • Controle rigoroso da expressão, dos sorrisos e das manifestações de mau humor bem como de euforia

D

  • Discrição. Não fale mal, não louve, não acuse ninguém, salvo quando necessário para se proteger
  • Discrição. Seja discreto. Não fale de si. Fale pouco e apenas o necessário

E

  • Emoções. Reprima a raiva e o ódio. Aja com calma e frieza. Domine as emoções. Mantenha a calma enquanto os outros explodem
  • Estratégia. A melhor defesa é o ataque
  • Estratégia. Antes um asno que me carregue que um cavalo que me derrube
  • Estratégia. Ao subir destrua o degrau
  • Estratégia. Articule as estratégias. Tente prever o futuro e antecipar as jogadas dos inimigos
  • Estratégia. Desafio só deve ser aceito quando a vitória for certa
  • Estratégia. Desenvolva um banco de dados de nomes pessoais e sintonize-se
  • Estratégia. Fingir-se de tolo, em certas ocasiões, é sabedoria
  • Estratégia. Mexer na água para melhor pegar o peixe
  • Estratégia. Não diga tudo o que você sabe, nem faça tudo o que você pode. Evite chamar muita atenção
  • Estratégia. Perca a fruta, mas preserve a semente
  • Estratégia. São preferíveis necessitados do que agradecidos
  • Estratégia. Traçando as estratégias
  • Estratégia. Transforme a sua estratégia numa cruzada, numa causa justa
  • Estratégia. Triste do rato que só conhece um buraco
  • Estratégia. Usar a afabilidade, a polidez e a cortesia como defesa e ataque
  • Estratégia. Use as palavras de forma inteligente
  • Estude a natureza humana
  • Estude a si e ao seu adversário
  • Euforia. Controle rigoroso da expressão, dos sorrisos e das manifestações de mau humor bem como de euforia

F

  • Frieza. Reprima a raiva e o ódio. Aja com calma e frieza. Domine as emoções. Mantenha a calma enquanto os outros explodem
  • Frustração. Jamais demonstre frustração em público

H

  • Humor. Controle rigoroso da expressão, dos sorrisos e das manifestações de mau humor bem como de euforia

I

  • Inimizade. Amigos reconciliados, inimigos disfarçados
  • Inimizade. Articule as estratégias. Tente prever o futuro e antecipar as jogadas dos inimigos
  • Inimizade. Favor gera amigos: a verdade, ódio
  • Inimizade. Instinto da jugular
  • Inimizade. Mantenha os amigos próximos e os inimigos mais próximos ainda
  • Inimizade. Mantenha-se em guarda contra você mesmo. O seu maior inimigo é você
  • Inimizade. Maximize a amizade e minimize a inimizade
  • Inimizade. Não provoque mais diabos do que você pode esconjurar
  • Inimizade. Não subestime o inimigo
  • Inimizade. Saiba escolher os seus inimigos
  • Inimizade. Um ex-amigo pode se tornar o pior inimigo
  • Intenção. Disfarce as intenções

M

  • Mantenha-se em guarda contra você mesmo. O seu maior inimigo é você
  • Moral. Não seja o dono da moral e da virtude

N

  • Natureza humana. Estude a natureza humana

R

  • Raiva. Reprima a raiva e o ódio. Aja com calma e frieza. Domine as emoções. Mantenha a calma enquanto os outros explodem
  • Reconhecendo valores positivos
  • Referências

S

  • Seja discreto. Não fale de si. Fale pouco e apenas o necessário

T

  • Tempo. Apresse-se lentamente
  • Tempo. Deixe o tempo agir
  • Tempo. O mal por si só se destrói
  • Tempo. Semear sempre

V

  • Valor positivo. Como reconhecer a verdadeira amizade
  • Valor positivo. Não tema o futuro, nem idolatre o passado
  • Valor positivo. Pense grande e adote atitudes positivas
  • Valor positivo. Reconhecendo valores positivos
  • Valor positivo. Transformando valores negativos em positivos
  • Virtude. Não seja o dono da moral e da virtude
INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: