Ativismo Judicial e Grupos Estigmatizados - Filosofia Constitucional do Reconhecimento

2ª Edição - Revista e Atualizada Maria Eugenia Bunchaft

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 30,00

Versão impressa

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS

Ficha técnica

Autor(es): Maria Eugenia Bunchaft

ISBN v. impressa: 978853625557-6

ISBN v. digital: 978853625606-1

Edição/Tiragem: 2ª Edição - Revista e Atualizada

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 140

Publicado em: 03/02/2016

Área(s): Direito - Constitucional; Direito - Filosofia do Direito

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

Um dos temas mais relevantes no Direito Constitucional é o debate sobre a judicialização da política e seus reflexos sob o ponto de vista da legitimidade democrática. 

A presente obra investiga alguns aspectos da temática relativa às formas de judicialização no Brasil e Estados Unidos, voltadas para concretizar direitos de grupos sexuais estigmatizados cujas demandas não são atendidas pelo processo deliberativo.

Trata-se de uma obra relevante que articula Direito Constitucional e Filosofia do Reconhecimento. À luz de autores como Siegel, Post, Sunstein, Habermas, Honneth e Fraser, esta obra irá contribuir de maneira inovadora para o debate acadêmico sobre formas de judicialização voltadas para a proteção de direitos fundamentais de grupos estigmatizados.

Autor(es)

MARIA EUGENIA BUNCHAFT
Pós-Doutora em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC. Doutora e Mestre em Teoria do Estado e Direito Constitucional pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC Rio. Professora do Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS.

Sumário

I CONSTITUCIONALISMO DEMOCRÁTICO, ATIVISMO JUDICIAL E MINORIAS SEXUAIS: UMA REFLEXÃO À LUZ DA JURISPRUDÊNCIA DA SUPREMA CORTE NORTE-AMERICANA, p. 23

1 Introdução, p. 23

2 O Debate Entre Constitucionalismo Democrático e Minimalismo Judicial, p. 28

3 A Decisão da Suprema Corte Norte-americana em Obergefell v. Hodges, p. 35

3.1 A discussão sobre o direito fundamental ao casamento como um direito fundamental implícito e o papel da tradição, p. 40

3.2 O voto de Justice Roberts: objeção de consciência e a interpretação do backlash ao direito antidiscriminação a partir das críticas de Nejaime e Siegel, p. 53

4 Conclusão, p. 57

5 Referências, p. 61

II A EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS DE TRANSEXUAIS NA JURISPRUDÊNCIA DO STJ: UMA REFLEXÃO SOBRE OS DESAFIOS DA DESPATOLOGIZAÇÃO À LUZ DO DIÁLOGO HONNETH-FRASER, p. 67

1 Introdução, p. 67

2 Do Sexo e da Identidade Sexual, p. 70

3 O Debate Honneth-Fraser, p. 75

4 A Transexualidade, Direito à Saúde e os Desafios da Despatologização à Luz da Ideia de Contrapúblicos Subalternos, p. 88

5 A Jurisprudência do STJ Sobre Transexualidade: Uma Reflexão Sobre os Desafios da Despatologização à Luz do Debate Honneth-Fraser, p. 92

6 Considerações Finais, p. 96

7 Referências, p. 99

III DEMOCRACIA, RECONHECIMENTO E GRUPOS ESTIGMATIZADOS: O DIÁLOGO HABERMAS-FRASER, p. 103

1 Introdução, p. 103

2 A Concepção Habermasiana de Esfera Pública, p. 106

3 As Críticas de Fraser Direcionadas a Habermas, p. 112

4 Esfera Pública Transnacional em Habermas e Fraser, p. 119

5 Considerações Finais, p. 124

6 Referências, p. 126

Índice alfabético

A

  • Ativismo judicial. Constitucionalismo democrático, ativismo judicial e minorias sexuais: uma reflexão à luz da jurisprudência da Suprema Corte Norte-americana, p. 23

C

  • Constitucionalismo democrático, ativismo judicial e minorias sexuais: uma reflexão à luz da jurisprudência da Suprema Corte Norte-americana, p. 23
  • Constitucionalismo democrático, ativismo judicial e minorias sexuais: uma reflexão à luz da jurisprudência da Suprema Corte Norte-americana. Introdução, p. 23
  • Constitucionalismo democrático. Debate entre constitucionalismo democrático e minimalismo judicial, p. 28
  • Constitucionalismo. Decisão da Suprema Corte Norte-americana em Obergefell v. Hodges, p. 35

D

  • Debate entre constitucionalismo democrático e minimalismo judicial, p. 28
  • Debate Honneth-Fraser. Jurisprudência do STJ sobre transexualidade: uma reflexão sobre os desafios da despatologização à luz do debate Honneth-Fraser, p. 92
  • Decisão da Suprema Corte Norte-americana em Obergefell v. Hodges, p. 35
  • Democracia, reconhecimento e grupos estigmatizados: o diálogo Habermas-Fraser, p. 103
  • Democracia, reconhecimento e grupos estigmatizados: o diálogo Habermas-Fraser. Considerações finais, p. 124
  • Democracia, reconhecimento e grupos estigmatizados: o diálogo Habermas-Fraser. Introdução, p. 103
  • Democracia, reconhecimento e grupos estigmatizados: o diálogo Habermas-Fraser. Referências, p. 126
  • Democracia. Constitucionalismo democrático, ativismo judicial e minorias sexuais: uma reflexão à luz da jurisprudência da Suprema Corte Norte-americana, p. 23
  • Diálogo Honneth-Fraser. Efetivação dos direitos de transexuais na jurisprudência do STJ: uma reflexão sobre os desafios da despatologização à luz do diálogo Honneth-Fraser, p. 67
  • Direito à saúde. Transexualidade, direito à saúde e os desafios da despatologização à luz da ideia de contrapúblicos subalternos, p. 88
  • Direito fundamental. Discussão sobre o direito fundamental ao casamento como um direito fundamental implícito e o papel da tradição, p. 40
  • Direitos de transexuais. Efetivação dos direitos de transexuais na jurisprudência do STJ: uma reflexão sobre os desafios da despatologização à luz do diálogo Honneth-Fraser, p. 67
  • Direitos de transexuais. Efetivação dos direitos de transexuais na jurisprudência do STJ: uma reflexão sobre os desafios da despatologização à luz do diálogo Honneth-Fraser. Considerações Finais, p. 96
  • Direitos de transexuais. Efetivação dos direitos de transexuais na jurisprudência do STJ: uma reflexão sobre os desafios da despatologização à luz do diálogo Honneth-Fraser. Introdução, p. 67
  • Direitos de transexuais. Efetivação dos direitos de transexuais na jurisprudência do STJ: uma reflexão sobre os desafios da despatologização à luz do diálogo Honneth-Fraser. Referências, p. 99
  • Direitos de transexuais. O debate honneth-fraser, p. 75
  • Discussão sobre o direito fundamental ao casamento como um direito fundamental implícito e o papel da tradição, p. 40

E

  • Efetivação dos direitos de transexuais na jurisprudência do STJ: uma reflexão sobre os desafios da despatologização à luz do diálogo Honneth-Fraser, p. 67
  • Esfera pública transnacional em Habermas e Fraser, p. 119
  • Esfera pública. Concepção habermasiana de esfera pública, p. 106

F

  • Fraser. Críticas de Fraser direcionadas a Habermas, p. 112
  • Fraser. Democracia, reconhecimento e grupos estigmatizados: o diálogo Habermas-Fraser, p. 103
  • Fraser. Esfera pública transnacional em Habermas e Fraser, p. 119

G

  • Grupos estigmatizados. Democracia, reconhecimento e grupos estigmatizados: o diálogo Habermas-Fraser, p. 103

H

  • Habermas. Concepção habermasiana de esfera pública, p. 106
  • Habermas. Críticas de Fraser direcionadas a Habermas, p. 112
  • Habermas. Democracia, reconhecimento e grupos estigmatizados: o diálogo Habermas-Fraser, p. 103
  • Habermas.Esfera pública transnacional em Habermas e Fraser, p. 119

I

  • Identidade sexual. Sexo e identidade sexual, p. 70

J

  • Jurisprudência do STJ sobre transexualidade: uma reflexão sobre os desafios da despatologização à luz do debate Honneth-Fraser, p. 92

M

  • Minimalismo judicial. Debate entre constitucionalismo democrático e minimalismo judicial, p. 28
  • Minoria sexual. Constitucionalismo democrático, ativismo judicial e minorias sexuais: uma reflexão à luz da jurisprudência da Suprema Corte Norte-americana, p. 23

R

  • Reconhecimento. Democracia, reconhecimento e grupos estigmatizados: o diálogo Habermas-Fraser, p. 103

S

  • Sexo e identidade sexual, p. 70
  • STJ. Efetivação dos direitos de transexuais na jurisprudência do STJ: uma reflexão sobre os desafios da despatologização à luz do diálogo Honneth-Fraser, p. 67
  • Suprema corte norte-americana. Constitucionalismo democrático, ativismo judicial e minorias sexuais: uma reflexão à luz da jurisprudência da Suprema Corte Norte-americana, p. 23
  • Suprema Corte Norte-americana. Decisão da Suprema Corte Norte-americana em Obergefell v. Hodges, p. 35
  • Suprema Corte Norte-americana. Decisão da Suprema Corte Norte-americana em Obergefell v. Hodges. Conclusão, p. 57
  • Suprema Corte Norte-americana. Decisão da Suprema Corte Norte-americana em Obergefell v. Hodges. Referências, p. 61
  • Suprema Corte Norte-americana. Decisão da Suprema Corte Norte-americana em Obergefell v. Hodges. Voto de Justice Roberts: objeção de consciência e a interpretação do backlash ao direito antidiscriminação a partir das críticas de Nejaime e Siegel, p. 53

T

  • Tradição. Discussão sobre o direito fundamental ao casamento como um direito fundamental implícito e o papel da tradição, p. 40
  • Transexualidade, direito à saúde e os desafios da despatologização à luz da ideia de contrapúblicos subalternos, p. 88
  • Transexualidade. Jurisprudência do STJ sobre transexualidade: uma reflexão sobre os desafios da despatologização à luz do debate Honneth-Fraser, p. 92

Recomendações

Capa do livro: Alimentos para o Nascituro, Ana Cecília Rosário Ribeiro

Alimentos para o Nascituro

 Ana Cecília Rosário RibeiroISBN: 978853623341-3Páginas: 188Publicado em: 27/04/2011

Versão impressa

R$ 57,70Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Genocídio Indígena no Brasil, Flávio de Leão Bastos Pereira

Genocídio Indígena no Brasil

 Flávio de Leão Bastos PereiraISBN: 978853627732-5Páginas: 250Publicado em: 13/03/2018

Versão impressa

R$ 99,90Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 69,90Adicionar e-Book
ao carrinho