Autoetnografia Colaborativa e Investigação Autobiográfica - A Casa, os Silêncios e os Pertencimentos Familiares - Coleção Família e Interdisciplinaridade

Organizadoras: Elaine Pedreira Rabinovich, Ana Cecília de Sousa Bastos, Maria Angélica Vitoriano da Silva e Teresa Cristina Merhy Leal

Versão impressa

por R$ 129,90em 5x de R$ 25,98Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
por R$ 89,90em 3x de R$ 29,97Adicionar ao carrinho

Ficha técnica

Autor(es): Organizadoras: Elaine Pedreira Rabinovich, Ana Cecília de Sousa Bastos, Maria Angélica Vitoriano da Silva e Teresa Cristina Merhy Leal

ISBN v. impressa: 978853626170-6

ISBN v. digital: 978853626236-9

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 381

Publicado em: 19/09/2016

Área(s): Psicologia - Família e Adoção

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

O álbum de família, o nome e a nomeação, a infância, a casa e outras histórias e imagens, compõem o itinerário do grupo FABEP, lugar de pertença e partilha na construção social do conhecimento. Conhecimento de si, do outro e da realidade. Não o conhecimento excludente, partido, fragmentado, que sabota o sentir e os sentidos, mas aquele no qual o eixo é a poética. Há alguns aspectos sutis e fundamentais nesse processo grupal de aprendizagem chamado de “autoetnografia colaborativa” em que, através dos relatos autobiográficos, se resgata processos essenciais do humano, a apropriação da existência a partir da “revivecência” do que fomos/somos e do que podemos vir a ser. Essa vivência nos permite abrir mão das ilusões, nos impele à verdade de nós próprios e nos impede de morrer, porque no olhar poético, morrer significa recusar ser o que somos.

Resgatar essa dimensão do humano a partir das narrativas de cada um e do grupo, tendo a memória da infância como ponto de partida, permite retomar e reforçar a condição da vida, vida desprovida de ausências, afinal “repõe em vida, as vidas que não foram”. Histórias de vida que registram suas identidades num processo permanente de transformação. Nessa rota/caminhada/trajetória/ itinerário, falar de si é também falar do outro e é também silenciar. O silêncio que revela por si só e que ecoa no interior, no exterior, na casa, no quintal, no rural, no urbano, no espaço, em um país, em nossas origens e raízes. Resgatar-se a si próprio através do outro e da poética é o que há de mais urgente num mundo de crises, tecnologias, tempos invisíveis e “valores” fixados pelo mercado. Por esta razão é necessário, de tempos em tempos, repensar valores, retornar a si mesmo, trazer à memória a infância, visitar o passado, dar voz aos silêncios, para que não nos tornemos naturalmente invisíveis a nós próprios, aos outros e ao mundo.

Maura Espinheira Avena
Mestre em Família na Sociedade Contemporânea pela Universidade Católica do Salvador – UCSal.

Autor(es)

ORGANIZADORAS

ELAINE PEDREIRA RABINOVICH
Realizou Pós-Doutorado pela Faculdade de Filosofia, Ciên­cias e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo – FFCL-USP/RP. Realizou Pós- -Doutorado (FAPESP) pelo Instituto de Psicologia da Univer­sidade de São Paulo – IPUSP. Doutora, Mestre e Psicóloga formada pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo – IPUSP. Professora Assistente do Programa de Pós-Graduação em Família na Sociedade Contemporânea. Coordenadora do GP-FAPEP.

ANA CECÍLIA DE SOUSA BASTOS
Doutora em Psicologia pela Universidade de Brasília – UnB. Mestre em Saúde Coletiva e Psicóloga formada pela Univer­sidade Federal da Bahia – UFBA. Realizou Estágio Pós-Doutoral na Clark University, EUA. Profes­sora Aposentada da UFBA e Pro­fessora Adjunta do Programa de Pós-Graduação em Família na Sociedade Contemporânea da Universidade Católica do Salva­dor – UCSal. Foi coordenadora de inúmeros artigos publicados nacional e internacionalmente.

MARIA ANGÉLICA VITORIANO DA SILVA
Mestre em Família pela Univer­sidade Católica do Salvador – UCSal. Pedagoga. Psicóloga Clínica. Docente e Supervisora de Estágio no Curso de Psicologia da Faculdade Ruy Barbosa. Membro do Grupo de Pesquisa (Auto) Biografia e Poética – UCSal.

TERESA CRISTINA MERHY LEAL
Doutoranda e Mestre em Família na Sociedade Contemporânea pela Universidade Católica do Salvador – UCSal. Especialista em Metodologia do Ensino Superior pela Faculdade Batista Brasileira. Pedagoga formada pela Faculdade de Educação da Bahia. Formação em Psicologia Social. Coordenadora do Grupo Operativo na linha de Pichon Rivière (NPSBa). Coordenadora do Curso de Licenciatura em Pedagogia e Professora da Graduação e Pós-Graduação da Faculdade D. Pedro II – FDPII. Membro do Grupo de Pesquisa FABEP/UCSal.

COLABORADORES

Alda Britto da Motta

Aldo José Morais Silva

Ana Cecília de Sousa Bastos

Carla Verônica Albuquerque Almeida

Ceneide Maria de Oliveira Cerveny

Cinthia Barreto Santos Souza

Cristiane Cavalcanti Moreira

Eda Terezinha de Oliveira Tassara

Elaine Pedreira Rabinovich

Eliana Sales Brito

Ester Nunes Praça

Fábio Nieto Lopez

Francisco Assis de Sousa Lima

Glenn E. Rucker

Isaias de Carvalho Santos Neto

Joana D´Arc Silva Santos

Juliana Viana Freitas

Júlio Cézar Barbosa

Lorena Márcia Nascimento Cardoso

Marcio Augusto S. Dórea

Maria Angélica Gonçalves Coutinho

Maria Angélica Vitoriano da Silva

Maria Auxiliadora Coiahy Rocha

Maria de Lourdes S. Ornellas

Maria Lúcia Garcia Rosas

Marina Marcondes Machado

Maura Espinheira Avena

Ogvalda Devay de Sousa Tôrres

Priscila Brito Colombo

Rita da Cruz Amorim

Rosa Maria da Motta Azambuja

Sinara Dantas Neves

Sumaia Midlej Pimentel Sá

Teresa Cristina Merhy Leal

Vanderlay Santana Reina

Wanderlene Cardozo Ferreira Reis

Sumário

Apresentação - Percurso, Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos, p. 15

PARTE I - TEORIA E MÉTODO EM DIÁLOGO, p. 23

Capítulo 1 - Rotas Metodológicas de um Barco à Deriva, Cinthia Barreto Santos Souza / Cristiane Cavalcanti Moreira / Eliana Sales Brito / Juliana Viana Freitas / Maria Lúcia Garcia Rosas / Rita da Cruz Amorim / Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 25

Capítulo 2 - História da Formação do Povo Brasileiro: Processos de Nossa Formação, Joana D’Arc Silva Santos / Wanderlene Cardozo Ferreira Reis / Maria Angélica Gonçalves Coutinho / Ogvalda Devay de Sousa Tôrres, p. 37

Capítulo 3 - Entre a Identidade e a Diferença: Breves Notas, Marcio Augusto S. Dórea / Júlio Cézar Barbosa, p. 43

Capítulo 4 - Identidade, Diferença e Alguns Lembretes, Aldo José Morais Silva, p. 51

Capítulo 5 - Narrativas Autobiográficas e sua Matéria: Construções, Rupturas e Transições, Ana Cecília de Sousa Bastos / Elaine Pedreira Rabinovich / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva / Maura Espinheira Avena / Carla Verônica Albuquerque Almeida, p. 61

Capítulo 6 - Rural e Urbano, Negritude e Orfandade: Um Relato Etnopoético, Francisco Assis de Sousa Lima, p. 73

Capítulo 7 - Canto do Brincar Imaginativo, Marina Marcondes Machado, p. 89

Capítulo 8 - Afeto (Des)Encontrado: Que Veux-tu? Maria de Lourdes S. Ornellas, p. 93

Capítulo 9 - Memória de Mulheres, Alda Britto da Motta, p. 101

Capítulo 10 - A Expressão Poética, Elaine Pedreira Rabinovich / Eda Terezinha de Oliveira Tassara, p. 109

Capítulo 11 - Trajetória como Narrativa da Experiência para a Reinvenção de Si Mesmo, Fábio Nieto Lopez, p. 115

Capítulo 12 - Os Vazios da Origem e Outros Vazios, Ceneide Maria de Oliveira Cerveny / Maria Auxiliadora Coiahy Rocha, p. 139

Capítulo 13 - A Cerca, Isaias de Carvalho Santos Neto, p. 155

PARTE II - MODOS DE PERTENCER E MORAR, p. 161

Capítulo 14 - Entre Dois, Ana Cecília de Sousa Bastos, p. 163

Capítulo 15 - Menina Adulta na Infância: Reminiscências de Família, Carla Verônica Albuquerque Almeida, p. 177

Capítulo 16 - As Cartas., Cinthia Barreto Santos Souza, p. 183

Capítulo 17 - A Minha Infância Querida, Cristiane Cavalcanti Moreira, p. 187

Capítulo 18 - Canto e Cantos, Elaine Pedreira Rabinovich, p. 191

Capítulo 19 - Memórias de Infância na Casa onde o Céu era Iluminado por Vagalumes, Eliana Sales Brito, p. 199

Capítulo 20 - O ´F´ de Familiarizar e Feminizar: A ´Letra´ que Não Faltou, Ester Nunes Praça, p. 203

Capítulo 21 - Um Universo para Nós, Glenn E. Rucker, p. 207

Capítulo 22 - Recordações, Joana D´Arc Silva Santos, p. 215

Capítulo 23 - Os Quintais da Minha Infância, Juliana Viana Freitas, p. 219

Capítulo 24 - Ainda Bem que Não Esqueci, Júlio Cézar Barbosa, p. 223

Capítulo 25 - Brincando de Cuidar, Lorena Márcia Nascimento Cardoso, p. 229

Capítulo 26 - Por Uma Caneta, Maria Angélica Gonçalves Coutinho, p. 233

Capítulo 27 - Minhas Casas, Maria Angélica Vitoriano da Silva, p. 237

Capítulo 28 - Momento de Vida: A Casa que Ficou na Lembrança, Maria Lúcia Garcia Rosas, p. 243

Capítulo 29 - O Cheiro do Banco, Marcio Augusto S. Dórea, p. 249

Capítulo 30 - Transformar-se para Pertencer, Maura Espinheira Avena, p. 253

Capítulo 31 - Um Aniversário Especial em Minha Infância, Ogvalda Devay de Sousa Tôrres, p. 263

Capítulo 32 - A Casa da Infância, Priscila Brito Colombo, p. 271

Capítulo 33 - A Melhor Casa do Mundo: Minhas Memórias de Infância, Rita da Cruz Amorim, p. 275

Capítulo 34 - O Sobrado de Esquina, Rosa Maria da Motta Azambuja, p. 283

Capítulo 35 - Onde Você Mora? Impossível!, Sinara Dantas Neves, p. 289

Capítulo 36 - ´A Reza Dela é Mais Forte!´, Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 297

Capítulo 37 - Casas da Infância - Ruptura e Tessitura de Vínculos de Pertencimento, Teresa Cristina Merhy Leal, p. 303

Capítulo 38 - O Entardecer: Quem é a Menina que Queria Nascer na Minha Canoa?, Vanderlay Santana Reina, p. 307

Capítulo 39 - Lembranças da Casa como Lembranças da Infância, Wanderlene Cardozo Ferreira Reis, p. 315

PARTE III - VOZES DO SILÊNCIO VISLUMBRANDO MATRIZES SOCIAIS NO ESPELHO DE SI MESMO, p. 325

Capítulo 40 - Morar, Brincar, Pertencer, Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva, p. 327

Capítulo 41 - As Vozes do Silêncio: Notas Conclusivas, Grupo de Pesquisa Família, (Auto) Biografia e Poética, p. 353

Sobre os Autores, p. 363

Índice alfabético

A

  • A casa da infância. Priscila Brito Colombo, p. 271
  • A cerca. Isaias de Carvalho Santos Neto, p. 155
  • A expressão poética. Elaine Pedreira Rabinovich / Eda Terezinha de Oli-veira Tassara, p. 109
  • A melhor casa do mundo: minhas memórias de infância. Rita da Cruz Amorim, p. 275
  • A minha infância querida. Cristiane Cavalcanti Moreira, p. 187
  • "A reza dela é mais forte!". Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 297
  • Adulto. Menina adulta na infância: reminiscências de família. Carla Ve-rônica Albuquerque Almeida, p. 177
  • Afeto (des)encontrado: que veux-tu? Maria de Lourdes S. Ornellas, p. 93
  • Ainda bem que não esqueci. Júlio Cézar Barbosa, p. 223
  • Alda Britto da Motta. Memória de mulheres, p. 101
  • Aldo José Morais Silva. Identidade, diferença e alguns lembretes, p. 51
  • Ana Cecília de Sousa Bastos. Entre dois, p. 163
  • Ana Cecília de Sousa Bastos. Morar, brincar, pertencer. Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva, p. 327
  • Ana Cecília de Sousa Bastos. Narrativas autobiográficas e sua matéria: construções, rupturas e transições. Ana Cecília de Sousa Bastos / Elaine Pedreira Rabinovich / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitori-ano da Silva / Maura Espinheira Avena / Carla Verônica Albuquerque Almeida, p. 61
  • Ana Cecília de Sousa Bastos. Percurso. Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos, p. 15
  • Aniversário. Um aniversário especial em minha infância. Ogvalda Devay de Sousa Tôrres, p. 263
  • As cartas. Cinthia Barreto Santos Souza, p. 183
  • As vozes do silêncio: notas conclusivas. Grupo de pesquisa família, (auto) biografia e poética, p. 353
  • Autobiografia. Narrativas autobiográficas e sua matéria: construções, rupturas e transições. Ana Cecília de Sousa Bastos / Elaine Pedreira Rabi-novich / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva / Maura Espinheira Avena / Carla Verônica Albuquerque Almeida, p. 61
  • Autores. Sobre os autores, p. 363

B

  • Banco. O cheiro do banco. Marcio Augusto S. Dórea, p. 249
  • Brincar. Canto do brincar imaginativo. Marina Marcondes Machado, p. 89
  • Brincando de cuidar. Lorena Márcia Nascimento Cardoso, p. 229
  • Brincar. Morar, brincar, pertencer. Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecí-lia de Sousa Bastos / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitori-ano da Silva, p. 327

C

  • Canto do brincar imaginativo. Marina Marcondes Machado, p. 89
  • Canto e cantos. Elaine Pedreira Rabinovich, p. 191
  • Carla Verônica Albuquerque Almeida. Narrativas autobiográficas e sua matéria: construções, rupturas e transições. Ana Cecília de Sousa Bastos / Elaine Pedreira Rabinovich / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva / Maura Espinheira Avena / Carla Verônica Albuquer-que Almeida, p. 61
  • Carla Verônica Albuquerque Almeida. Menina adulta na infância: remi-niscências de família, p. 177
  • Casa da infância. Priscila Brito Colombo, p. 271
  • Casas da infância. Ruptura e tessitura de vínculos de pertencimento. Teresa Cristina Merhy Leal, p. 303
  • Ceneide Maria de Oliveira Cerveny. Os vazios da origem e outros vazios. Ceneide Maria de Oliveira Cerveny / Maria Auxiliadora Coiahy Rocha, p. 139
  • Cinthia Barreto Santos Souza. As cartas, p. 183
  • Cinthia Barreto Santos Souza. Rotas metodológicas de um barco à deri-va. Cinthia Barreto Santos Souza / Cristiane Cavalcanti Moreira / Eliana Sales Brito / Juliana Viana Freitas / Maria Lúcia Garcia Rosas / Rita da Cruz Amorim / Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 25
  • Conclusão. As vozes do silêncio: notas conclusivas. Grupo de pesquisa família, (auto) biografia e poética, p. 353
  • Crença. "A reza dela é mais forte!". Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 297
  • Cristiane Cavalcanti Moreira. A minha infância querida, p. 187
  • Cristiane Cavalcanti Moreira. Rotas metodológicas de um barco à deriva. Cinthia Barreto Santos Souza / Cristiane Cavalcanti Moreira / Eliana Sa-les Brito / Juliana Viana Freitas / Maria Lúcia Garcia Rosas / Rita da Cruz Amorim / Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 25
  • Cuidar. Brincando de cuidar. Lorena Márcia Nascimento Cardoso, p. 229

D

  • Diferença. Entre a identidade e a diferença: breves notas. Marcio Augusto S. Dórea / Júlio Cézar Barbosa, p. 43
  • Diferença. Identidade, diferença e alguns lembretes. Aldo José Morais Silva, p. 51
  • Dois. Entre dois. Ana Cecília de Sousa Bastos, p. 163

E

  • Eda Terezinha de Oliveira Tassara. A expressão poética. Elaine Pedreira Rabinovich / Eda Terezinha de Oliveira Tassara, p. 109
  • Elaine Pedreira Rabinovich. A expressão poética. Elaine Pedreira Rabino-vich / Eda Terezinha de Oliveira Tassara, p. 109
  • Elaine Pedreira Rabinovich. Canto e cantos, p. 191
  • Elaine Pedreira Rabinovich. Morar, brincar, pertencer. Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva, p. 327
  • Elaine Pedreira Rabinovich. Narrativas autobiográficas e sua matéria: construções, rupturas e transições. Ana Cecília de Sousa Bastos / Elaine Pedreira Rabinovich / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitori-ano da Silva / Maura Espinheira Avena / Carla Verônica Albuquerque Almeida, p. 61
  • Elaine Pedreira Rabinovich. Percurso. Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos, p. 15
  • Eliana Sales Brito. Memórias de infância na casa onde o céu era ilumina-do por vagalumes, p. 199
  • Eliana Sales Brito. Rotas metodológicas de um barco à deriva. Cinthia Barreto Santos Souza / Cristiane Cavalcanti Moreira / Eliana Sales Brito / Juliana Viana Freitas / Maria Lúcia Garcia Rosas / Rita da Cruz Amorim / Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 25
  • Entardecer: quem é a menina que queria nascer na minha canoa? Van-derlay Santana Reina, p. 307
  • Entre a identidade e a diferença: breves notas. Marcio Augusto S. Dórea / Júlio Cézar Barbosa, p. 43
  • Entre dois. Ana Cecília de Sousa Bastos, p. 163
  • Espelho de si mesmo. Vozes do silêncio vislumbrando matrizes sociais no espelho de si mesmo, p. 325
  • Esquecimento. Ainda bem que não esqueci. Júlio Cézar Barbosa, p. 223
  • Ester Nunes Praça. O "f" de familiarizar e feminizar: a "letra" que não faltou, p. 203
  • Expressão poética. Elaine Pedreira Rabinovich / Eda Terezinha de Olivei-ra Tassara, p. 109

F

  • Fábio Nieto Lopez. Trajetória como narrativa da experiência para a rein-venção de si mesmo, p. 115
  • Família. Menina adulta na infância: reminiscências de família. Carla Verônica Albuquerque Almeida, p. 177
  • Familiarizar. O "f" de familiarizar e feminizar: a "letra" que não faltou. Ester Nunes Praça, p. 203
  • Feminizar. O "f" de familiarizar e feminizar: a "letra" que não faltou. Ester Nunes Praça, p. 203
  • Francisco Assis de Sousa Lima. Rural e urbano, negritude e orfandade: um relato etnopoético, p. 73

G

  • Glenn E. Rucker. Um universo para nós, p. 207
  • Grupo de pesquisa família, (auto) biografia e poética. As vozes do silên-cio: notas conclusivas. Grupo de pesquisa família, (auto) biografia e poé-tica, p. 353

H

  • História da formação do povo brasileiro: processos de nossa formação. Joana D’Arc Silva Santos / Wanderlene Cardozo Ferreira Reis / Maria An-gélica Gonçalves Coutinho / Ogvalda Devay de Sousa Tôrres, p. 37

I

  • Identidade, diferença e alguns lembretes. Aldo José Morais Silva, p. 51
  • Identidade. Entre a identidade e a diferença: breves notas. Marcio Augus-to S. Dórea / Júlio Cézar Barbosa, p. 43
  • Imaginação. Canto do brincar imaginativo. Marina Marcondes Machado, p. 89
  • Infância. A casa da infância. Priscila Brito Colombo, p. 271
  • Infância. A melhor casa do mundo: minhas memórias de infância. Rita da Cruz Amorim, p. 275
  • Infância. A minha infância querida. Cristiane Cavalcanti Moreira, p. 187
  • Infância. Casas da infância. Ruptura e tessitura de vínculos de pertenci-mento. Teresa Cristina Merhy Leal, p. 303
  • Infância. Lembranças da casa como lembranças da infância. Wanderle-ne Cardozo Ferreira Reis, p. 315
  • Infância. Memórias de infância na casa onde o céu era iluminado por vagalumes. Eliana Sales Brito, p. 199
  • Infância. Menina adulta na infância: reminiscências de família. Carla Verônica Albuquerque Almeida, p. 177
  • Infância. O entardecer: quem é a menina que queria nascer na minha canoa? Vanderlay Santana Reina, p. 307
  • Infância. Os quintais da minha infância. Juliana Viana Freitas, p. 219
  • Infância. Um aniversário especial em minha infância. Ogvalda Devay de Sousa Tôrres, p. 263
  • Isaias de Carvalho Santos Neto. A cerca, p. 155

J

  • Joana D´Arc Silva Santos. Recordações, p. 215
  • Joana D’Arc Silva Santos. História da formação do povo brasileiro: pro-cessos de nossa formação. Joana D’Arc Silva Santos / Wanderlene Car-dozo Ferreira Reis / Maria Angélica Gonçalves Coutinho / Ogvalda Devay de Sousa Tôrres, p. 37
  • Juliana Viana Freitas. Os quintais da minha infância, p. 219
  • Juliana Viana Freitas. Rotas metodológicas de um barco à deriva. Cinthia Barreto Santos Souza / Cristiane Cavalcanti Moreira / Eliana Sales Brito / Juliana Viana Freitas / Maria Lúcia Garcia Rosas / Rita da Cruz Amorim / Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 25
  • Júlio Cézar Barbosa. Ainda bem que não esqueci, p. 223
  • Júlio Cézar Barbosa. Entre a identidade e a diferença: breves notas. Mar-cio Augusto S. Dórea / Júlio Cézar Barbosa, p. 43

L

  • Lembrança. Momento de vida: a casa que ficou na lembrança. Maria Lúcia Garcia Rosas, p. 243
  • Lembranças da casa como lembranças da infância. Wanderlene Cardozo Ferreira Reis, p. 315
  • Lorena Márcia Nascimento Cardoso. Brincando de cuidar, p. 229

M

  • Marcio Augusto S. Dórea. Entre a identidade e a diferença: breves notas. Marcio Augusto S. Dórea / Júlio Cézar Barbosa, p. 43
  • Marcio Augusto S. Dórea. O cheiro do banco, p. 249
  • Maria Angélica Gonçalves Coutinho. História da formação do povo brasi-leiro: processos de nossa formação. Joana D’Arc Silva Santos / Wander-lene Cardozo Ferreira Reis / Maria Angélica Gonçalves Coutinho / Ogval-da Devay de Sousa Tôrres, p. 37
  • Maria Angélica Gonçalves Coutinho. Por uma caneta, p. 233
  • Maria Angélica Vitoriano da Silva. Minhas casas, p. 237
  • Maria Angélica Vitoriano da Silva. Morar, brincar, pertencer. Elaine Pe-dreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva, p. 327
  • Maria Angélica Vitoriano da Silva. Narrativas autobiográficas e sua maté-ria: construções, rupturas e transições. Ana Cecília de Sousa Bastos / Elaine Pedreira Rabinovich / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva / Maura Espinheira Avena / Carla Verônica Albuquer-que Almeida, p. 61
  • Maria Auxiliadora Coiahy Rocha. Os vazios da origem e outros vazios. Ceneide Maria de Oliveira Cerveny / Maria Auxiliadora Coiahy Rocha, p. 139
  • Maria de Lourdes S. Ornellas. Afeto (des)encontrado: que veux-tu?, p. 93
  • Maria Lúcia Garcia Rosas. Momento de vida: a casa que ficou na lem-brança, p. 243
  • Maria Lúcia Garcia Rosas. Rotas metodológicas de um barco à deriva. Cinthia Barreto Santos Souza / Cristiane Cavalcanti Moreira / Eliana Sa-les Brito / Juliana Viana Freitas / Maria Lúcia Garcia Rosas / Rita da Cruz Amorim / Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 25
  • Marina Marcondes Machado. Canto do brincar imaginativo, p. 89
  • Maura Espinheira Avena. Narrativas autobiográficas e sua matéria: cons-truções, rupturas e transições. Ana Cecília de Sousa Bastos / Elaine Pe-dreira Rabinovich / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva / Maura Espinheira Avena / Carla Verônica Albuquerque Almei-da, p. 61
  • Maura Espinheira Avena. Transformar-se para pertencer, p. 253
  • Melhor casa do mundo: minhas memórias de infância. Rita da Cruz Amorim, p. 275
  • Memória de mulheres. Alda Britto da Motta, p. 101
  • Memórias de infância na casa onde o céu era iluminado por vagalumes. Eliana Sales Brito, p. 199
  • Menina adulta na infância: reminiscências de família. Carla Verônica Albuquerque Almeida, p. 177
  • Metodologia. Rotas metodológicas de um barco à deriva. Cinthia Barreto Santos Souza / Cristiane Cavalcanti Moreira / Eliana Sales Brito / Juliana Viana Freitas / Maria Lúcia Garcia Rosas / Rita da Cruz Amorim / Su-maia Midlej Pimentel Sá, p. 25
  • Metodologia. Teoria e método em diálogo, p. 23
  • Minha infância querida. Cristiane Cavalcanti Moreira, p. 187
  • Minhas casas. Maria Angélica Vitoriano da Silva, p. 237
  • Modos de pertencer e morar, p. 161
  • Momento de vida: a casa que ficou na lembrança. Maria Lúcia Garcia Rosas, p. 243
  • Morar, brincar, pertencer. Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva, p. 327
  • Morar. Modos de pertencer e morar, p. 161
  • Mulheres. Memória de mulheres. Alda Britto da Motta, p. 101

N

  • Narrativa. Trajetória como narrativa da experiência para a reinvenção de si mesmo. Fábio Nieto Lopez, p. 115
  • Narrativas autobiográficas e sua matéria: construções, rupturas e transi-ções. Ana Cecília de Sousa Bastos / Elaine Pedreira Rabinovich / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva / Maura Espi-nheira Avena / Carla Verônica Albuquerque Almeida, p. 61
  • Negritude. Rural e urbano, negritude e orfandade: um relato etnopoético. Francisco Assis de Sousa Lima, p. 73

O

  • O cheiro do banco. Marcio Augusto S. Dórea, p. 249
  • O entardecer: quem é a menina que queria nascer na minha canoa? Van-derlay Santana Reina, p. 307
  • O sobrado de esquina. Rosa Maria da Motta Azambuja, p. 283
  • O "f" de familiarizar e feminizar: a "letra" que não faltou. Ester Nunes Praça, p. 203
  • Ogvalda Devay de Sousa Tôrres. História da formação do povo brasileiro: processos de nossa formação. Joana D’Arc Silva Santos / Wanderlene Cardozo Ferreira Reis / Maria Angélica Gonçalves Coutinho / Ogvalda Devay de Sousa Tôrres, p. 37
  • Ogvalda Devay de Sousa Tôrres. Um aniversário especial em minha in-fância, p. 263
  • Onde você mora? Impossível! Sinara Dantas Neves, p. 289
  • Orfandade. Rural e urbano, negritude e orfandade: um relato etnopoético. Francisco Assis de Sousa Lima, p. 73
  • Os quintais da minha infância. Juliana Viana Freitas, p. 219
  • Os vazios da origem e outros vazios. Ceneide Maria de Oliveira Cerveny / Maria Auxiliadora Coiahy Rocha, p. 139

P

  • Percurso. Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos, p. 15
  • Pertencer. Modos de pertencer e morar, p. 161
  • Pertencer. Morar, brincar, pertencer. Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva, p. 327
  • Pertencer. Transformar-se para pertencer. Maura Espinheira Avena, p. 253
  • Pertencimento. Casas da infância. Ruptura e tessitura de vínculos de pertencimento. Teresa Cristina Merhy Leal, p. 303
  • Poesia. A expressão poética. Elaine Pedreira Rabinovich / Eda Terezinha de Oliveira Tassara, p. 109
  • Por uma caneta. Maria Angélica Gonçalves Coutinho, p. 233
  • Povo brasileiro. História da formação do povo brasileiro: processos de nossa formação. Joana D’Arc Silva Santos / Wanderlene Cardozo Ferreira Reis / Maria Angélica Gonçalves Coutinho / Ogvalda Devay de Sousa Tôrres, p. 37
  • Priscila Brito Colombo. A casa da infância, p. 271

Q

  • Quintais da minha infância. Juliana Viana Freitas, p. 219

R

  • Recordações. Joana D´Arc Silva Santos, p. 215
  • Reinvenção de si mesmo. Trajetória como narrativa da experiência para a reinvenção de si mesmo. Fábio Nieto Lopez, p. 115
  • Rita da Cruz Amorim. A melhor casa do mundo: minhas memórias de infância, p. 275
  • Rita da Cruz Amorim. Rotas metodológicas de um barco à deriva. Cinthia Barreto Santos Souza / Cristiane Cavalcanti Moreira / Eliana Sales Brito / Juliana Viana Freitas / Maria Lúcia Garcia Rosas / Rita da Cruz Amorim / Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 25
  • Rosa Maria da Motta Azambuja. O sobrado de esquina, p. 283
  • Rotas metodológicas de um barco à deriva. Cinthia Barreto Santos Souza / Cristiane Cavalcanti Moreira / Eliana Sales Brito / Juliana Viana Freitas / Maria Lúcia Garcia Rosas / Rita da Cruz Amorim / Sumaia Midlej Pimen-tel Sá, p. 25
  • Rural e urbano, negritude e orfandade: um relato etnopoético. Francisco Assis de Sousa Lima, p. 73

S

  • Silêncio. As vozes do silêncio: notas conclusivas. Grupo de pesquisa famí-lia, (auto) biografia e poética, p. 353
  • Silêncio. Vozes do silêncio vislumbrando matrizes sociais no espelho de si mesmo, p. 325
  • Sinara Dantas Neves. Onde você mora? Impossível!, p. 289
  • Sobrado de esquina. Rosa Maria da Motta Azambuja, p. 283
  • Sumaia Midlej Pimentel Sá. "A reza dela é mais forte!", p. 297
  • Sumaia Midlej Pimentel Sá. Rotas metodológicas de um barco à deriva. Cinthia Barreto Santos Souza / Cristiane Cavalcanti Moreira / Eliana Sa-les Brito / Juliana Viana Freitas / Maria Lúcia Garcia Rosas / Rita da Cruz Amorim / Sumaia Midlej Pimentel Sá, p. 25

T

  • Teoria e método em diálogo, p. 23
  • Teresa Cristina Merhy Leal. Casas da infância. Ruptura e tessitura de vínculos de pertencimento, p. 303
  • Teresa Cristina Merhy Leal. Morar, brincar, pertencer. Elaine Pedreira Rabinovich / Ana Cecília de Sousa Bastos / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitoriano da Silva, p. 327
  • Teresa Cristina Merhy Leal. Narrativas autobiográficas e sua matéria: construções, rupturas e transições. Ana Cecília de Sousa Bastos / Elaine Pedreira Rabinovich / Teresa Cristina Merhy Leal / Maria Angélica Vitori-ano da Silva / Maura Espinheira Avena / Carla Verônica Albuquerque Almeida, p. 61
  • Trajetória como narrativa da experiência para a reinvenção de si mesmo. Fábio Nieto Lopez, p. 115
  • Transformar-se para pertencer. Maura Espinheira Avena, p. 253

U

  • Um aniversário especial em minha infância. Ogvalda Devay de Sousa Tôrres, p. 263
  • Um universo para nós. Glenn E. Rucker, p. 207
  • Urbano. Rural e urbano, negritude e orfandade: um relato etnopoético. Francisco Assis de Sousa Lima, p. 73

V

  • Vanderlay Santana Reina. O entardecer: quem é a menina que queria nascer na minha canoa?, p. 307
  • Vazios da origem e outros vazios. Ceneide Maria de Oliveira Cerveny / Maria Auxiliadora Coiahy Rocha, p. 139
  • Vida. Momento de vida: a casa que ficou na lembrança. Maria Lúcia Garcia Rosas, p. 243
  • Vozes do silêncio vislumbrando matrizes sociais no espelho de si mesmo, p. 325

W

  • Wanderlene Cardozo Ferreira Reis. História da formação do povo brasilei-ro: processos de nossa formação. Joana D’Arc Silva Santos / Wanderlene Cardozo Ferreira Reis / Maria Angélica Gonçalves Coutinho / Ogvalda Devay de Sousa Tôrres, p. 37
  • Wanderlene Cardozo Ferreira Reis. Lembranças da casa como lembran-ças da infância, p. 315

Recomendações

Capa do livro: Família e Sociedade - Passo a Passo - Volume III, Coordenadora: Rosa Graciéla de Campos Lopes

Família e Sociedade - Passo a Passo - Volume III

 Coordenadora: Rosa Graciéla de Campos LopesISBN: 978853627516-1Páginas: 258Publicado em: 11/12/2017

Versão impressa

R$ 99,90em 3x de R$ 33,30Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 69,90em 2x de R$ 34,95Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Pais e Filhos por Adoção no Brasil - Características, Expectativas e Sentimentos, Lidia Weber

Pais e Filhos por Adoção no Brasil - Características, Expectativas e Sentimentos

 Lidia WeberISBN: 857394812-4Páginas: 274Publicado em: 04/05/2001

Versão impressa

R$ 79,90em 3x de R$ 26,63Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Amor, Cuidado e Educação, Rogério Thaddeu

Amor, Cuidado e Educação

 Rogério ThaddeuISBN: 978853625943-7Páginas: 82Publicado em: 28/06/2016

Versão impressa

R$ 39,90 Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 29,90 Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Adoção, Hália Pauliv de Souza e Renata Pauliv de Souza Casanova

Adoção

4ª TiragemHália Pauliv de Souza e Renata Pauliv de Souza CasanovaISBN: 978853623112-9Páginas: 134Publicado em: 09/04/2012

Versão impressa

R$ 39,90 Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 27,70 Adicionar e-Book
ao carrinho