Direito ao Esquecimento na Internet - Das Decisões Judiciais no Brasil

Melina Ferracini de Moraes

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 30,00

Versão impressa

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS

Ficha técnica

Autor(es): Melina Ferracini de Moraes

ISBN v. impressa: 978853628204-6

ISBN v. digital: 978853628236-7

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 156

Publicado em: 28/08/2018

Área(s): Direito - Diversos

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

A sociedade atual, pautada no avanço tecnológico, nos compele a pensar uma nova forma de aplicação do Direito. Os indivíduos estão cada vez mais utilizando espaços virtuais para se relacionar, trabalhar, realizar compras e expressar suas opiniões, o que transformou tal espaço em uma nova arena pública de direitos e obrigações.

A partir daí surge a necessidade de debater sobre o direito ao esquecimento na Internet, pois os dados e informações pessoais que não se deseja expor (por causar constrangimento ao portador ou por desejo de proteger sua privacidade) precisam ser definitivamente retirados dos sítios digitais, como forma de proteção ao indivíduo. E a atuação do Poder Judiciário tem sido indispensável na concretização dessa realidade, mesmo que de maneira insuficiente.

Autor(es)

MELINA FERRACINI DE MORAES

Doutoranda e Mestre em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Pós-Graduada em Direito Público com ênfase em Direito Constitucional Aplicado pela Faculdade Damásio de Jesus. Graduada em Direito pelo Centro Universitário Toledo – UniToledo. Advogada. Pesquisadora dos temas de Desenvolvimento Econômico e Social, Inovação Tecnológica e Direitos e Garantias Fundamentais. Integrante dos grupos de pesquisa (CNPq) “Políticas Públicas como Instrumento de Efetivação da Cidadania” e “Direito e Democracia na Teoria Política Contemporânea” promovidos pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e “Direito e Subdesenvolvimento: O Desafio Furtadiano” promovido pela Faculdade de Direito de São Paulo.

Sumário

LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS, p. 13

INTRODUÇÃO, p. 15

1 DIREITO À INFORMAÇÃO NO ORDENAMENTO JURÍDICO, p. 25

1.1 Direito à Informação na Legislação Brasileira, p. 25

1.2 Direitos Constitucionais da Personalidade na Sociedade Tecnológica, p. 33

1.3 Privacidade: Tentativa de Conceituação e Abrangência, p. 36

1.4 Sociedade da Informação: a Proteção de Dados como Fundamento do Direito à Privacidade, p. 40

1.5 Panorama Nacional e Internacional de Proteção de Dados, p. 47

2 DIREITO AO ESQUECIMENTO, p. 55

2.1 Contornos Gerais e Conceito, p. 55

2.2 Leading Cases Estrangeiros Relevantes, p. 60

2.3 Discussão do Tema no Direito Brasileiro: o Direito ao Esquecimento nos Casos da Chacina e da Jovem Brutalmente Assassinada, p. 66

2.4 Direito ao Esquecimento na Internet: Debates Recentes na Jurisprudência e na Doutrina, p. 88

3 DESAFIOS PARA REGULAMENTAR O DIREITO AO ESQUECIMENTO NA INTERNET EM UMA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO, p. 109

3.1 As Esferas Pública e Privada na Sociedade da Informação, p. 109

3.2 Autodeterminação Informativa e Controle de Dados na Sociedade de Vigilância, p. 114

3.3 O Poder Judiciário e o Desafio da Efetivação do Direito ao Esquecimento, p. 127

CONCLUSÃO, p. 133

REFERÊNCIAS, p. 141

Índice alfabético

A

  • Abrangência. Privacidade: tentativa de conceituação e abrangência, p. 36
  • Abreviatura. Lista de abreviaturas e siglas, p. 13
  • Autodeterminação informativa e controle de dados na sociedade de vigilância, p. 114

C

  • Casos. Leading cases estrangeiros relevantes, p. 60
  • Chacina. Discussão do tema no direito brasileiro: o direito ao esquecimento nos casos da chacina e da jovem brutalmente assassinada, p. 66
  • Conceito. Privacidade: tentativa de conceituação e abrangência, p. 36
  • Conclusão, p. 133
  • Controle de dados. Autodeterminação informativa e controle de dados na sociedade de vigilância, p. 114
  • Crime. Discussão do tema no direito brasileiro: o direito ao esquecimento nos casos da chacina e da jovem brutalmente assassinada, p. 66

D

  • Desafios para regulamentar o direito ao esquecimento na internet em uma sociedade da informação, p. 109
  • Direito à informação na legislação brasileira, p. 25
  • Direito à informação no ordenamento jurídico, p. 25
  • Direito à privacidade. Sociedade da informação: a proteção de dados como fundamento do direito à privacidade, p. 40
  • Direito ao esquecimento, p. 55
  • Direito ao esquecimento na internet: debates recentes na jurisprudência e na doutrina, p. 88
  • Direito ao esquecimento. Contornos gerais e conceito, p. 55
  • Direito ao esquecimento. Desafios para regulamentar o direito ao esquecimento na internet em uma sociedade da informação, p. 109
  • Direito ao esquecimento. Discussão do tema no direito brasileiro: o direito ao esquecimento nos casos da chacina e da jovem brutalmente assassinada, p. 66
  • Direito ao esquecimento. Poder Judiciário e o desafio da efetivação do direito ao esquecimento, p. 127
  • Direito brasileiro. Discussão do tema no direito brasileiro: o direito ao esquecimento nos casos da chacina e da jovem brutalmente assassinada, p. 66
  • Direitos constitucionais da personalidade na sociedade tecnológica, p. 33
  • Discussão do tema no direito brasileiro: o direito ao esquecimento nos casos da chacina e da jovem brutalmente assassinada, p. 66
  • Doutrina. Direito ao esquecimento na internet: debates recentes na jurisprudência e na doutrina, p. 88

E

  • Esferas pública e privada na sociedade da informação, p. 109
  • Esquecimento. Direito ao esquecimento, p. 55
  • Esquecimento. Direito ao esquecimento na internet: debates recentes na jurisprudência e na doutrina, p. 88

I

  • Informação. Autodeterminação informativa e controle de dados na sociedade de vigilância, p. 114
  • Informação. Direito à informação na legislação brasileira, p. 25
  • Informação. Direito à informação no ordenamento jurídico, p. 25
  • Informação. Sociedade da informação: a proteção de dados como fundamento do direito à privacidade, p. 40
  • Internet. Desafios para regulamentar o direito ao esquecimento na internet em uma sociedade da informação, p. 109
  • Internet. Direito ao esquecimento na internet: debates recentes na jurisprudência e na doutrina, p. 88
  • Introdução, p. 15

J

  • Jurisprudência. Direito ao esquecimento na internet: debates recentes na jurisprudência e na doutrina, p. 88

L

  • Leading cases estrangeiros relevantes, p. 60
  • Legislação brasileira. Direito à informação, p. 25
  • Lista de abreviaturas e siglas, p. 13

O

  • Ordenamento jurídico. Direito à informação no ordenamento jurídico, p. 25

P

  • Panorama nacional e internacional de proteção de dados, p. 47
  • Personalidade. Direitos constitucionais da personalidade na sociedade tecnológica, p. 33
  • Poder Judiciário e o desafio da efetivação do direito ao esquecimento, p. 127
  • Privacidade. Sociedade da informação: a proteção de dados como fundamento do direito à privacidade, p. 40
  • Privacidade: tentativa de conceituação e abrangência, p. 36
  • Proteção de dados. Panorama nacional e internacional de proteção de dados, p. 47
  • Proteção de dados. Sociedade da informação: a proteção de dados como fundamento do direito à privacidade, p. 40

R

  • Referências, p. 141
  • Regulação. Desafios para regulamentar o direito ao esquecimento na internet em uma sociedade da informação, p. 109

S

  • Sigla. Lista de abreviaturas e siglas, p. 13
  • Sociedade da informação. Desafios para regulamentar o direito ao esquecimento na internet em uma sociedade da informação, p. 109
  • Sociedade da informação. Esferas pública e privada na sociedade da informação, p. 109
  • Sociedade da informação: a proteção de dados como fundamento do direito à privacidade, p. 40
  • Sociedade de vigilância. Autodeterminação informativa e controle de dados na sociedade de vigilância, p. 114
  • Sociedade tecnológica. Direitos constitucionais da personalidade na sociedade tecnológica, p. 33

V

  • Vigilância. Autodeterminação informativa e controle de dados na sociedade de vigilância, p. 114

Recomendações

Capa do livro: Direito e Justiça - Ano III - Número V - 2º Semestre 2017, Organizador: David Vallespín Pérez

Direito e Justiça - Ano III - Número V - 2º Semestre 2017

 Organizador: David Vallespín PérezISBN: 978853627605-2Páginas: 298Publicado em: 22/12/2017

Versão impressa

R$ 99,70Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 69,90Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Horizonte Regional do Brasil, O, Leandro Freitas Couto

Horizonte Regional do Brasil, O

 Leandro Freitas CoutoISBN: 978853622548-7Páginas: 180Publicado em: 20/07/2009

Versão impressa

R$ 49,90Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Constitucionalismo Cosmopolita - Um Novo Nomos Jurídico?, Vicente Higino Neto

Constitucionalismo Cosmopolita - Um Novo Nomos Jurídico?

 Vicente Higino NetoISBN: 978853624640-6Páginas: 242Publicado em: 30/04/2014

Versão impressa

R$ 74,70Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 51,90Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Criminologia Midiática, Raphael Boldt

Criminologia Midiática

 Raphael BoldtISBN: 978853624070-1Páginas: 196Publicado em: 06/02/2013

Versão impressa

R$ 59,90Adicionar ao
carrinho