Compliance e Boa Governança - Pública e Privada - Coleção FGV Direito Rio

Claudio Carneiro e Milton de Castro Santos Junior

Versão impressa

por R$ 99,90em 3x de R$ 33,30Adicionar ao carrinho

Versão digital

Disponível para:AndroidiOS
por R$ 69,90em 2x de R$ 34,95Adicionar ao carrinho

Ficha técnica

Autor(es): Claudio Carneiro e Milton de Castro Santos Junior

ISBN v. impressa: 978853628387-6

ISBN v. digital: 978853628416-3

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 258

Publicado em: 15/10/2018

Área(s): Direito - Administrativo

Versão Digital (e-Book)

Para leitura em aplicativo exclusivo da Juruá Editora para Smartphones e Tablets rodando iOS e Android. Não compatível KINDLE, LEV, KOBO e outros e-Readers.

Disponível para as plataformas:

  • AndroidAndroid 4 ou posterior
  • iOSiOS 7 ou posterior

Em computadores a leitura é apenas online e sem recursos de favoritos e anotações;
Não permite a impressão e cópia do conteúdo.

Compra apenas via site da Juruá Editora.

Sinopse

A presente obra aborda o Compliance e a Boa Governança, temas atuais e de grande relevância tanto para a Administração Pública quanto para a iniciativa privada.

Buscando desenvolver o assunto de forma didática, os autores partiram da evolução histórica do Compliance no mundo e a chegada dos institutos ao Brasil. Dedicaram um capítulo inteiro aos sistemas de gestão de Compliance e Antissuborno com base nas normativas internacionais da International Standartization Organization e, posteriormente, abordaram a normatização no sistema brasileiro, especialmente a Lei 12.846/2013 e a Lei 13.303/2016 com os seus respectivos Decretos Regulamentadores.

Acompanhando o momento histórico em que vive o Brasil, os autores buscaram contextualizar o Compliance com o Neoconstitucionalismo e, em seguida, buscaram desenvolver o risk assessment, que é um pilar muito significativo dos sistemas de combate à corrupção e ao suborno. Ainda, dentro da temática afeta à gestão, os autores se preocuparam em aprofundar temas importantes como o whistleblowing Program, auditoria e controle (interno e externo), aspectos do monitoramento, medição, avaliação, análise e planejamento tributário.

Enfim, trata-se de uma obra atual, robusta e didática que em muito irá contribuir para o estudo do Programa de Integridade.

Autor(es)

CLAUDIO CARNEIRO

Pós-Doutor pela Universi­dade Nova de Lisboa, Portu­gal. Doutor em Direito Público e Evolução Social. Mestre em Direito Fiscal. Professor da Fundação Getulio Vargas – FGV. Coordenador do Curso de Planejamento Tributário e Processo Tributário Estraté­gico e do Curso de Compliance da FGV. Professor do Curso de Doutorado da Universidade Autônoma de Lisboa, Portu­gal; do Curso de Mestrado da UniFG/BA; da Escola da Magistratura do Rio de Janeiro e de diversos cursos de pós-gradua­ção das principais instituições do país. Membro do Grupo de Pesquisa da União Europeia sobre Análise Econômica do Di­reito, Boa Governança e Juris­dição Constitucional. Advogado especializado em Compliance e Direito Fiscal, Sócio-Fundador do escritório Claudio Carneiro Advogados Associados. Consul­tor e Auditor Líder de Compliance e Antissuborno. Avaliador Es­pecialista em Compliance do In­metro. Membro da Comissão Antissuborno da ABNT/CEE-278 e da Comissão de Governança das Organizações da ABNT/CCE-309. Presidente da Comissão de Di­reito à Educação e Membro da Comissão de Assuntos Tribu­tários da OAB/RJ. Presidente (Triênio 2016-2018) e foi Dire­tor da Escola Superior da Advo­cacia da 57ª Subseção da OAB/ RJ (Triênio 2013/2015). Diretor Executivo do Instituto Brasileiro de Compliance – IBC. Mem­bro e Presidente da Comissão de Compliance e Governança do Instituto dos Advogados Brasileiros – IAB. Palestrante e Conferencista. Autor de várias obras jurídicas no Brasil e no Exterior.

MILTON DE CASTRO SANTOS JUNIOR

Advogado e Consultor de Compliance. Auditor Líder em Compliance pela ABNT. Especializado em Compliance com diversos cursos na área, entre eles o de Compliance Avançado ministrado pelo Instituto Brasileiro de Com­pliance – IBC. Pós-Graduado em Direito Privado. Bacharel em Direito. Bacharel em Teologia. Professor de Compliance e Antissuborno na Escola Su­perior de Advocacia da 57ª Subseção da OAB/RJ e no Curso de Compliance Avan­çado ministrado na FGV Rio. Procurador e Membro da Comissão de Compliance e Antissuborno da 57ª Sub­seção da OAB/RJ. Membro da Comissão de Direito à Educação da OAB/RJ. Revi­sor de obras jurídicas. Sócio- -Fundador da empresa R. F. Store, da empresa Dolce Car­ta e da empresa Sr. Mordida.

Sumário

GLOSSÁRIO, p. 15

INTRODUÇÃO, p. 19

Capítulo 1 EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO COMPLIANCE, p. 23

1 ESSÊNCIA DO COMPLIANCE, p. 23

2 EVOLUÇÃO INTERNACIONAL, p. 27

2.1 Security and Exchanges Commission, p. 34

2.2 FCPA (Foreign Corrupt Practices Act) e U.K. Bribery (United Kingdom Bribery Act), p. 34

2.3 SOX - Sarbanes-Oxley Act, p. 40

2.4 Dodd-Frank Act, p. 40

3 EVOLUÇÃO NO BRASIL, p. 41

Capítulo 2 SISTEMAS DE GESTÃO DE COMPLIANCE E ANTISSUBORNO, p. 47

1 BREVES CONSIDERAÇÕES, p. 47

2 INTERNATIONAL STANDARDIZATION ORGANIZATION, p. 47

3 ORIGEM DOS SISTEMAS, p. 49

4 POLÍTICAS DE COMPLIANCE, p. 51

5 PILARES DE UM PROGRAMA DE INTEGRIDADE, p. 55

6 PROGRAMA DE INTEGRIDADE E PROGRAMA ANTISSUBORNO, p. 60

7 CÓDIGO DE ÉTICA, p. 66

8 TERMINOLOGIAS UTILIZADAS EM ÂMBITO INTERNACIONAL, p. 68

8.1 Escopo, p. 68

8.2 Organização, p. 69

8.3 Parte Interessada, p. 70

8.4 Conselho de Administração, p. 70

8.5 Empregado, p. 70

8.6 Stakeholders, p. 70

9 COMPLIANCE OFFICER, p. 73

9.1 Funções do Compliance Officer, p. 76

9.1.1 Prevenção, p. 78

9.1.2 Detecção, p. 78

9.1.3 Informação, p. 79

9.1.4 Funções previstas na ISO 19.600 e na ISO NBR 37.001, p. 79

9.2 Características dos Profissionais de Compliance, p. 80

10 FRONTEIRAS DO COMPLIANCE, p. 81

11 TREINAMENTO, p. 83

12 DUE DILIGENCE PERIÓDICO, p. 83

13 COMUNICAÇÃO, p. 84

14 COMPROMETIMENTO DA ALTA DIREÇÃO, p. 87

15 RISK ASSESSMENT, p. 89

Capítulo 3 NORMAS ANTICORRUPÇÃO E ANTISSUBORNO, p. 91

1 NORMAS ANTICORRUPÇÃO E A LEI 12.846/2013, p. 91

1.1 Previsão Expressa de Compliance, p. 92

1.2 Responsabilidades, p. 93

1.3 Sanções, p. 95

2 ACORDO DE LENIÊNCIA E COLABORAÇÃO PREMIADA, p. 98

Capítulo 4 BOA GOVERNANÇA, p. 103

1 BREVES CONSIDERAÇÕES, p. 103

2 O COMPLIANCE À LUZ DO NEOCONSTITUCIONALISMO, p. 103

3 GOVERNANÇA CORPORATIVA NO SETOR PRIVADO, p. 108

3.1 A Importância do Compliance Fiscal para a Prevenção de Fraudes, p. 113

3.2 Auditoria Interna e Controle Interno, p. 115

3.3 Análise de Riscos e a Estrutura Organizacional dos Órgãos do Controle Interno, p. 120

3.4 Conceituação de Risco e de Controle dos Riscos, p. 127

3.5 Diferenças entre Auditoria (Interna e Independente) e Outras Áreas de Controle de Riscos, p. 131

3.6 Evolução da Auditoria Interna e sua Importância, p. 133

3.7 Missão, Crenças e Valores da Auditoria Interna, p. 135

3.7.1 Princípio da integridade, p. 135

3.7.2 Princípio da objetividade, p. 136

3.7.3 Princípio da confidencialidade, p. 137

3.7.4 Princípio da competência, p. 138

3.8 Tipos e Especializações de Auditoria Interna, p. 138

3.8.1 Auditoria contábil, p. 139

3.8.2 Auditoria operacional, p. 139

3.8.3 Auditoria do ciclo de negócios da entidade, p. 139

3.8.4 Auditoria de tecnologia, p. 140

3.8.5 Auditoria de tesouraria, p. 140

3.8.6 Auditoria de derivativos, p. 141

3.8.7 Auditoria da gestão, p. 141

3.8.8 Auditoria de continuidade dos negócios, p. 141

3.8.9 Auditoria de gestão da prevenção à lavagem de dinheiro e a corrupção, p. 142

3.8.10 Inspetoria, p. 143

3.8.11 Auditorias especiais, p. 143

3.8.12 Auditoria de compliance, p. 143

3.8.13 Auditoria da eficácia da gestão estratégica, p. 144

3.8.14 Auditoria de atividades terceirizadas, p. 144

4 GOVERNANÇA NO SETOR PÚBLICO, p. 144

4.1 Breves Considerações, p. 144

4.2 Origem, p. 148

4.3 A Legislação de Regência, p. 150

4.4 Compliance Público e a Lei 13.303/2016, p. 153

4.5 Boa Governança no Setor Público, p. 164

4.6 Gestão de Riscos, p. 166

Capítulo 5 COMPLIANCE FISCAL, p. 173

1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS, p. 173

2 SISTEMA TRIBUTÁRIO BRASILEIRO, p. 175

3 SPED, p. 177

4 OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA, p. 179

4.1 Obrigação Tributária Principal e Acessória, p. 181

4.2 Fato Gerador, p. 183

4.3 Responsabilidade Tributária, p. 188

5 CRÉDITO TRIBUTÁRIO E LANÇAMENTO, p. 189

5.1 Conceito, p. 191

5.2 Modalidades de Lançamento, p. 192

6 PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO, p. 202

6.1 Combate ao Planejamento Ilícito, p. 204

6.2 Elisão Fiscal, p. 204

6.3 Evasão Fiscal, p. 205

6.4 Elusão Fiscal, p. 205

6.5 Abuso de Forma x Simulação x Abuso do Direito, p. 205

6.6 Norma Antielisiva, p. 207

7 O SIMPLES NACIONAL, p. 210

Capítulo 6 WHISTLEBLOWING PROGRAM, p. 213

1 CONCEITO, p. 213

2 BREVE HISTÓRICO, p. 214

3 O WHISTLEBLOWING PROGRAM NO MUNDO, p. 215

4 O WHISTLEBLOWING PROGRAM NO BRASIL, p. 218

5 WHISTLEBLOWING VERSUS DELATOR, p. 219

6 WHISTLEBLOWING E A BOA-FÉ, p. 220

7 ASPECTOS CONTROVERSOS DO WHISTLEBLOWING, p. 221

8 WHISTLEBLOWING E UMA NORMATIZAÇÃO EFETIVA, p. 222

Capítulo 7 MONITORAMENTO, MEDIÇÃO, ANÁLISE E AVALIAÇÃO, p. 225

1 INTRODUÇÃO, p. 225

2 ABORDAGEM ESTRUTURAL, p. 227

3 OS ASPECTOS DO MONITORAMENTO E MEDIÇÃO, p. 229

4 DA AVALIAÇÃO E ANÁLISE, p. 231

4.1 Análise e Remediação da Má Conduta, p. 232

4.2 Administração Sênior e Média, p. 233

4.3 Autonomia e Recursos, p. 233

4.4 Políticas e Processos, p. 234

4.5 Avaliação de Risco (Risk Assessment), p. 236

4.6 Treinamentos e Comunicações (Training and Communications), p. 236

4.7 Reporte Confidencial e Investigação (Confidential Reporting and Investigation), p. 237

4.8 Incentivos e Medidas Disciplinares (Incentives and Disciplinary Measures), p. 238

4.9 Melhoria Contínua, Testes Periódicos e Revisão (Continuous Improvement, Periodic Testing and Review), p. 239

4.10 Gerenciamento de Terceiros (Third Party Management), p. 239

4.11 Fusões e Aquisições (Mergers and Acquisitions - M&A), p. 240

5 MODELO DE REGISTRO, p. 241

REFERÊNCIAS, p. 243

Índice alfabético

A

  • Abuso de forma x simulação x abuso do direito, p. 205
  • Acordo de leniência e colaboração premiada, p. 98
  • Análise. Avaliação e análise, p. 231
  • Análise. Monitoramento, medição, análise e avaliação, p. 225
  • Anticorrupção. Normas anticorrupção e a Lei 12.846/2013, p. 91
  • Anticorrupção. Normas anticorrupção e antissuborno, p. 91
  • Antissuborno. Normas anticorrupção e antissuborno, p. 91
  • Antissuborno. Programa de integridade e programa antissuborno, p. 60
  • Antissuborno. Sistemas de gestão de compliance e antissuborno, p. 47
  • Auditoria da eficácia da gestão estratégica, p. 144
  • Auditoria da gestão, p. 141
  • Auditoria de atividades terceirizadas, p. 144
  • Auditoria de compliance, p. 143
  • Auditoria de continuidade dos negócios, p. 141
  • Auditoria de derivativos, p. 141
  • Auditoria de gestão da prevenção à lavagem de dinheiro e a corrupção, p. 142
  • Auditoria de tecnologia, p. 140
  • Auditoria de tesouraria, p. 140
  • Auditoria do ciclo de negócios da entidade, p. 139
  • Auditoria interna. Evolução da auditoria interna e sua importância, p. 133
  • Auditoria interna. Governança corporativa no setor privado. Missão, crenças e valores da auditoria interna, p. 135
  • Auditoria interna. Governança corporativa no setor privado. Princípio da competência, p. 138
  • Auditoria interna. Governança corporativa no setor privado. Princípio da confidencialidade, p. 137
  • Auditoria interna. Governança corporativa no setor privado. Princípio da integridade, p. 135
  • Auditoria interna. Governança corporativa no setor privado. Princípio da objetividade, p. 136
  • Auditoria interna. Tipos e especializações, p. 138
  • Auditoria interna. Tipos e especializações. Auditoria contábil, p. 139
  • Auditoria operacional, p. 139
  • Auditorias especiais, p. 143
  • Avaliação e análise, p. 231
  • Avaliação. Monitoramento, medição, análise e avaliação, p. 225

B

  • Boa governança, p. 103
  • Boa governança. Compliance à luz do neoconstitucionalismo, p. 103
  • Boa governança no setor público, p. 164
  • Boa governança. Breves considerações, p. 103

C

  • Código de Ética, p. 66
  • Colaboração premiada. Acordo de leniência e colaboração premiada, p. 98
  • Compliance e antissuborno. Conselho de Administração, p. 70
  • Compliance e antissuborno. Empregado, p. 70
  • Compliance e antissuborno. Escopo, p. 68
  • Compliance e antissuborno. Organização, p. 69
  • Compliance e antissuborno. Parte interessada, p. 70
  • Compliance e antissuborno. Pilares de um programa de integridade, p. 55
  • Compliance e antissuborno. Terminologias utilizadas em âmbito internacional, p. 68
  • Compliance e antissuborno. Stakeholders, p. 70
  • Compliance fiscal, p. 173
  • Compliance fiscal. Considerações iniciais, p. 173
  • Compliance fiscal. Fato gerador, p. 183
  • Compliance fiscal. Obrigação tributária, p. 179
  • Compliance fiscal. Obrigação tributária principal e acessória, p. 181
  • Compliance fiscal. Sistema tributário brasileiro, p. 175
  • Compliance fiscal. SPED, p. 177
  • Compliance officer, p. 73
  • Compliance officer. Funções do compliance officer, p. 76
  • Compliance officer. Funções previstas na ISO 19.600 e na ISO NBR 37.001, p. 79
  • Compliance officer. Funções. Detecção, p. 78
  • Compliance officer. Funções. Informação, p. 79
  • Compliance officer. Funções. Prevenção, p. 78
  • Compliance público e a Lei 13.303/2016, p. 153
  • Compliance. Comprometimento da alta direção, p. 87
  • Compliance. Comunicação, p. 84
  • Compliance. Essência do compliance, p. 23
  • Compliance. Evolução histórica do compliance, p. 23
  • Compliance. Evolução no Brasil, p. 41
  • Compliance. Security and Exchanges Commission, p. 34
  • Compliance. Sistemas de gestão de compliance e antissuborno, p. 47
  • Crédito tributário e lançamento, p. 189
  • Crédito tributário e lançamento. Conceito, p. 191

D

  • Dodd-Frank Act, p. 40
  • Due diligence periódico, p. 83

E

  • Elisão fiscal, p. 204
  • Elusão fiscal, p. 205
  • Essência do compliance, p. 23
  • Evasão fiscal, p. 205
  • Evolução histórica do compliance, p. 23
  • Evolução internacional, p. 27

F

  • FCPA (Foreign Corrupt Practices Act) e U.K. Bribery (United Kingdom Bribery Act), p. 34
  • Fronteiras do compliance, p. 81

G

  • Gestão de riscos, p. 166
  • Gestão. Sistemas de gestão de compliance e antissuborno, p. 47
  • Glossário, p. 15
  • Governança corporativa no setor privado, p. 108
  • Governança corporativa no setor privado. Análise de riscos e a estrutura organizacional dos órgãos do controle interno, p. 120
  • Governança corporativa no setor privado. Auditoria interna e controle interno, p. 115
  • Governança corporativa no setor privado. Conceituação de risco e de controle dos riscos, p. 127
  • Governança corporativa no setor privado. Diferenças entre auditoria (interna e independente) e outras áreas de controle de riscos, p. 131
  • Governança corporativa no setor privado. Importância do compliance fiscal para a prevenção de fraudes, p. 113
  • Governança no setor público, p. 144
  • Governança no setor público. Breves considerações, p. 144
  • Governança no setor público. Legislação de regência, p. 150
  • Governança no setor público. Origem, p. 148

I

  • Inspetoria, p. 143
  • Integridade. Programa de integridade e programa antissuborno, p. 60
  • International Standardization Organization, p. 47
  • Introdução, p. 19

L

  • Lançamento. Combate ao planejamento ilícito, p. 204
  • Lançamento. Crédito tributário e lançamento, p. 189
  • Lançamento. Modalidades de lançamento, p. 192
  • Lançamento. Planejamento tributário, p. 202
  • Lei 12.846/2013. Normas anticorrupção e a Lei 12.846/2013, p. 91
  • Leniência. Acordo de leniência e colaboração premiada, p. 98

M

  • Má conduta. Análise e remediação da má conduta, p. 232
  • Mediação. Monitoramento, medição, análise e avaliação, p. 225
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação, p. 225
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Abordagem estrutural, p. 227
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Administração sênior e média, p. 233
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Análise e remediação da má conduta, p. 232
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Aspectos do monitoramento e medição, p. 229
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Autonomia e recursos, p. 233
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Avaliação de risco (risk assesssment), p. 236
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Fusões e aquisições (Mergers and Acquisitions - M&A), p. 240
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Gerenciamento de terceiros (third party management), p. 239
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Incentivos e medidas disciplinares (incentives and disciplinary measures), p. 238
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Introdução, p. 225
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Melhoria contínua, testes periódicos e revisão (continuous improvement, periodic testing and review), p. 239
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Modelo de registro, p. 241
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Políticas e processos, p. 234
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Reporte confidencial e investigação (confidential reporting and investigation), p. 237
  • Monitoramento, medição, análise e avaliação. Treinamentos e comunicações (training and communications), p. 236

N

  • Norma antielisiva, p. 207
  • Normas anticorrupção e a Lei 12.846/2013, p. 91
  • Normas anticorrupção e antissuborno, p. 91
  • Normas anticorrupção e antissuborno. Previsão expressa de compliance, p. 92
  • Normas anticorrupção e antissuborno. Responsabilidades, p. 93
  • Normas anticorrupção e antissuborno. Sanções, p. 95

P

  • Políticas de compliance, p. 51
  • Profissionais de compliance. Características, p. 80
  • Programa de integridade e programa antissuborno, p. 60

R

  • Referências, p. 243
  • Responsabilidade tributária, p. 188
  • Risk assessment, p. 89

S

  • Simples nacional, p. 210
  • Sistemas de gestão de compliance e antissuborno, p. 47
  • Sistemas de gestão de compliance e antissuborno. Breves considerações, p. 47
  • Sistemas de gestão de compliance e antissuborno. Origem dos sistemas, p. 49
  • SOX - Sarbanes-Oxley Act, p. 40

T

  • Treinamento, p. 83

W

  • Whistleblowing e a boa-fé, p. 220
  • Whistleblowing e uma normatização efetiva, p. 222
  • Whistleblowing Program no mundo, p. 215
  • Whistleblowing Program, p. 213
  • Whistleblowing Program no Brasil, p. 218
  • Whistleblowing Program. Aspectos controversos do whistleblowing, p. 221
  • Whistleblowing Program. Breve histórico, p. 214
  • Whistleblowing Program. Conceito, p. 213
  • Whistleblowing versus delator, p. 219

Recomendações

Capa do livro: Município - Autonomia na Federação Brasileira, Giovani da Silva Corralo

Município - Autonomia na Federação Brasileira

2ª Edição - Revista e AtualizadaGiovani da Silva CorraloISBN: 978853624863-9Páginas: 270Publicado em: 16/10/2014

Versão impressa

R$ 79,90em 3x de R$ 26,63Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 54,70em 2x de R$ 27,35Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Arbitragem nos Contratos de Concessão de Serviços Públicos e de Parceria Público-Privada, Vagner Fabricio Vieira Flausino

Arbitragem nos Contratos de Concessão de Serviços Públicos e de Parceria Público-Privada

 Vagner Fabricio Vieira FlausinoISBN: 978853624998-8Páginas: 150Publicado em: 11/02/2015

Versão impressa

R$ 47,70 Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 34,70 Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Indisponibilidade do Interesse Público, Fernando Machado

Indisponibilidade do Interesse Público

 Fernando MachadoISBN: 978853625953-6Páginas: 146Publicado em: 04/07/2016

Versão impressa

R$ 49,90 Adicionar ao
carrinho

Versão digital

R$ 34,70 Adicionar e-Book
ao carrinho
Capa do livro: Direito Humano Fundamental à Moradia Digna, O, Odoné Serrano Júnior

Direito Humano Fundamental à Moradia Digna, O

 Odoné Serrano JúniorISBN: 978853623965-1Páginas: 238Publicado em: 16/10/2012

Versão impressa

R$ 69,90em 2x de R$ 34,95Adicionar ao
carrinho