Pai, O - Uma história viva da longa caminhada dos relacionamentos familiares

Capa do livro: Pai, O - Uma história viva da longa caminhada dos relacionamentos familiares, Carlos Alberto Sanches

Carlos Alberto Sanches

FICHA TÉCNICA
Autor(es): Carlos Alberto Sanches
ISBN: 857394572-9
Acabamento: Brochura
Número de Páginas: 144
Publicado em: 12/09/2000
Área(s): Literatura e Cultura - Auto-Ajuda, Esotérico e Religião
CONFIRA TAMBÉM
SINOPSE

Carlos.Carlão.Calão.Carlos Alberto.Sanchão.Portuga.Carlos Alberto Sanches.Poucas criaturas conheci com tantos nomes.Como se não bastasse o apelido. Na foto antiga, aos quinze anos, é apenas isso:magro, quase esquelético, muito alto perto dos moleques que formam o time do internato. Cabelos grossos e negros arredondam ainda mais a cabeça que oscila meio marota, meio sádica, no alto do pescoço seco e curvo. Dois olhos acesos, alertas, de quem sobrevoa.O nariz a tudo domina:Calão é chefe de quadrilha, capitão do time, dono da bola e fareja longe quem for de gangue adversária.Aos inimigos, a porrada.O apelido colou irretocável:Urubu.O que era apenas um registro quase perdido da década de 1950, na foto do time que terminou em último lugar no campeonato do colégio Santo Antônio, Blumenau, agora revive em forma de literatura, neste belo mosaico que oferece a mesma mutabilidade plurifacetada do autor:o pai, a mãe, o caçula, a caçula, o primogênito, a avó, o tio.Uma investigação em espiral que conjulga com maestria a forma literária e a matéria tratada.Possibilidades que não caberiam num único nome, como acontece com seu autor Carlão.Calão.Carlos Alberto.Carlos Sanches.Sanchão.Portuga.Carlos Alberto Sanches.Urubu.

AUTOR(ES)

Carlos Alberto Sanches é natural de Portugal, brasileiro naturalizado. Chegou ao Brasil em 1952 e estudou com os padres franciscanos e maristas. Formou-se em Direito pela Universidade Federal do Paraná em 1968. Dedicou-se inteiramente ao ensino, especialmente de língua portuguesa e literatura.

 

Participou do incipiente movimeno Concretista do Paraná com Paulo Leminski. Fundou e dirigiu várias instituições de ensino, como o Instituto de Ensino Camões, o qual deixou em 1982. Fundou o IBEL - Instituto Brasileiro de Ensino e Linguagem, especializado no ensino da língua e literatura luso-brasileira. Atualmente dirige o CEPS-Centro Educacional Profº Sanches, sucessor do IBEL. Como filólogo foi eleito em 1998 pela Academia Paranaense de Letras para ocupar a cadeira 19.

INDIQUE ESSA OBRA

Indique essa obra para um amigo:

De:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez

Para:

Nome:

E-mail:

Informe apenas 1 email por vez


Mensagem: