Infância Ferida - Os Vínculos da Criança Abusada Sexualmente em seus Diferentes Espaços Sociais

Clinaura Maria de Lima

Parcele em até 6x sem juros no cartão.
Parcela mínima de R$ 20,00

Versão impressa

Ficha técnica

Autor(es): Clinaura Maria de Lima

ISBN: 978853622359-9

Acabamento: Brochura

Número de páginas: 134

Publicado em: 23/07/2009

Área(s): Literatura e Cultura - Educação; Psicologia - Social

Sinopse

Esta obra aborda os vínculos das crianças após a situação de abuso sexual, tanto intrafamiliar quanto extrafamiliar, identificando fatores que dificultam o restabelecimento dos vínculos afetivos e emocionais, visualizando o sentimento vivido pela família nas experiências de rompimento destes vínculos, observando as manifestações destes comportamentos nos diferentes espaços de convivência.
A pesquisa foi realizada com várias famílias e apresenta como um dos seus objetivos problematizar questões referentes à infância e à adolescência, no que diz respeito à proteção integral oferecida no âmbito da justiça, da família e do contexto social.
Descreve histórias de vidas marcadas pelo abandono, pela violência, restringindo o acesso às oportunidades socioculturais e aos direitos da criança.

Autor(es)

Clinaura Maria de Lima é Mestra em Psicologia pela Universidade Federal de Brasília – UNB; Psicóloga e Pedagoga formada pela Universidade Católica de Brasília – UCB; Especialista em Psicopedagogia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ; Pesquisadora e Professora universitária. Experiência na área de Psicologia com crianças e adolescentes, ênfase em Psicologia da Saúde Social e Institucional.
 

Porque comprar

Público-Alvo: Profissionais, estudantes, pesquisadores e professores das áreas de Psicologia, Educação, Direito, Serviço Social e Ciências Sociais.

 

Sumário

INTRODUÇÃO

1 REFERENCIAL TEÓRICO

2 REVISÃO DA BIBLIOGRAFIA

2.1 A História da infância e o abuso sexual ao longo do tempo

2.2 O conceito de abuso sexual infantil

2.3 O abuso sexual infantil no contexto familiar

2.4 A significação do abuso sexual infantil nos diferentes espaços sociais

2.5 Construção e reconstrução dos vínculos em crianças abusadas sexualmente

2.6 Importância das redes sociais na proteção e responsabilização do abuso sexual infantil

3 MÉTODO

3.1 Pesquisa qualitativa

3.2 Contexto

3.3 Participantes da pesquisa

3.4 Instrumentos para investigação

3.5 Procedimentos da pesquisa

3.6 Método da análise das informações

4 ANÁLISE E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS

Zonas de sentido

4.1 Zona de sentido 1 - Reconhecendo as consequências do abuso sexual infantil

4.2 Zona de sentido 2 - As diversas faces do sentido da proteção no olhar da família e da criança

4.3 Zona de sentido 3 - Redesenhando a convivência na família, escola, igreja e outros espaços sociais

5 REFLEXÕES FINAIS

REFERÊNCIAS

Índice alfabético

A

  • Abuso sexual ao longo do tempo. História da infância.
  • Abuso sexual infantil no contexto familiar.
  • Abuso sexual infantil. Conceito.
  • Abuso sexual infantil. Construção e reconstrução dos vínculos em crianças abusadas sexualmente.
  • Abuso sexual infantil. Reconhecimento as consequencias. Zona de sentido 1
  • Abuso sexual infantil. Significação nos diferentes espaços sociais.
  • Análise das informações. Método.
  • Análise e discussãodos resultados.
  • Atividade linha do tempo.
  • Autoestima. Oficina 1.

B

  • Bibliografia.Revisão.

C

  • Conceito de abuso sexual infantil.
  • Conceito. Zonas de sentido.
  • Consequencias do abuso sexual infantil. Reconhecimento. Zona de sentido 1.
  • Construção e reconstrução dos vínculos em crianças abusadas sexualmente.
  • Contexto familiar. Abuso sexual infantil.
  • Convivência na família, escola, igreja e outros espaços sociais. Zona de sentido 3.

D

  • Discussão e análisedos resultados.
  • Diversas faces do sentido da proteçãono olhar da família e da criança. Zonas de sentido 2.

E

  • Encontro com as crianças. Observação participante e grupo familiar.
  • Entrevista semiestruturada.
  • Espaço social. Redesenhando a convivência na família, escola, igreja e outros espaços sociais. Zona de sentido 3.
  • Espaço social. Significação do abuso sexual infantil nos diferentes espaços sociais.

F

  • Família. Abuso sexual infantilno contexto familiar.
  • Família. Entrevista semiestruturada.
  • Família. Observação participante e grupo familiar.

H

  • História da infância e o abusosexual ao longo do tempo.

I

  • Importância das redes sociais na proteção e responsabilização do abuso sexual infantil.
  • Infância. História. Abuso sexual ao longo do tempo.
  • Instrumentos para investigação. Pesquisa. Método.
  • Introdução.
  • Investigação. Instrumentos. Método.

M

  • Material produzido pelas crianças no GM.
  • Método de análisedas informações.
  • Método.
  • Método. Contexto.
  • Método. Participantes da pesquisa.
  • Método. Pesquisa qualitativa.
  • Método. Pesquisa. Instrumentos para investigação.
  • Método. Procedimentos da pesquisa.

O

  • Observação participante e grupo familiar.
  • Observação participante e grupo familiar. Encontro com as crianças.
  • Observação participante e grupofamiliar. Primeiro encontro.
  • Observação participante e grupofamiliar. Quarto encontro.
  • Observação participante e grupofamiliar. Segundo encontro.
  • Observação participante e grupofamiliar. Terceiro encontro.
  • Oficina 1. Autoestima.
  • Oficina 2. Retrospectiva dos encontros no grupo das crianças.

P

  • Participantes da pesquisa. Método.
  • Pesquisa qualitativa. Método.
  • Pesquisa. Método. Instrumentos para investigação.
  • Pesquisa. Método. Procedimentos da pesquisa.
  • Pesquisa. Participantes. Método.
  • Prefácio. As crianças precisam de proteção, as famílias de apoio e os pesquisadores de coragem.
  • Primeiro encontro. Observação participante e grupo familiar.
  • Procedimentos da pesquisa. Método.
  • Proteção. Diversas faces do sentido da proteção no olhar da família e da criança. Zonas de sentido 2.
  • Proteção. Importância das redes sociais na proteção e responsabilização do abuso sexual infantil.

Q

  • Quarto encontro. Observação participante e grupo familiar.

R

  • Reconhecendo as consequencias do abuso sexual infantil. Zona de sentido 1.
  • Redes sociais na proteção e responsabilização do abuso sexual infantil. Importância.
  • Redesenhando a convivência na família, escola, igreja e outros espaços sociais. Zona de sentido 3.
  • Referencial teórico.
  • Referências.
  • Reflexões finais.
  • Responsabilização. Importância das redes sociais na proteção e responsabilização do abuso sexual infantil.
  • Resultados. Análise e discussão.
  • Retrospectiva dos encontros no grupo das crianças. Oficina 2.
  • Revisão da bibliografia.

S

  • Segundo encontro. Observação participante e grupo familiar.
  • Sentido da proteção no olhar da família e da criança. Zonas de sentido 2.
  • Significação do abuso sexual infantilnos diferentes espaços sociais.

T

  • Terceiro encontro. Observação participante e grupo familiar.

V

  • Vínculos. Construção e reconstrução dos vínculos em crianças abusadas sexualmente.

Z

  • Zona de sentido 1. Reconhecendo as consequencias do abuso sexual infantil.
  • Zona de sentido 3. Redesenhando a convivência na família, escola, igreja e outros espaços sociais.
  • Zonas de sentido 2. Diversas faces do sentido da proteção no olhar da família e da criança.
  • Zonas de sentido. Conceito.

Recomendações

Capa do livro: Identidade Feminina e a Inserção no Mundo do Poder - Uma Análise Psicopolítica, Betânia Diniz Gonçalves

Identidade Feminina e a Inserção no Mundo do Poder - Uma Análise Psicopolítica

 Betânia Diniz GonçalvesISBN: 978853622204-2Páginas: 146Publicado em: 23/10/2008

Versão impressa

R$ 39,70Adicionar ao
carrinho
Capa do livro: Superdotados - Trajetórias de Desenvolvimento e Realizações, Organizadoras: Denise de Souza Fleith e Eunice M. L. Soriano de Alencar

Superdotados - Trajetórias de Desenvolvimento e Realizações

 Organizadoras: Denise de Souza Fleith e Eunice M. L. Soriano de AlencarISBN: 978853624133-3Páginas: 230Publicado em: 06/03/2013

Versão impressa

R$ 69,90Adicionar ao
carrinho